Lucas Dalion - Gangrel - Independente

Ir em baixo

Lucas Dalion - Gangrel - Independente

Mensagem por Songette em Seg Jan 03, 2011 12:57 am

Nome: Ricardo Strympl
Personagem: Lucas Dalion
Clã: Gangrel
Natureza: Sobrevivente
Comportamento: Solitario
Geração: 10°
Refugio: Casa de classe media baixa em N.Y
Conceito: Lutador de rua


Experiência:


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos
- Força: 3
- Destreza: 5 (reflexos de felino, reflexos rapidos)
- Vigor: 2

Sociais
- Carisma: 3
- Manipulação: 1
- Aparência: 2

Mentais
- Percepção: 4 (atento)
- Inteligência: 2
- Raciocínio: 2


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos
- Prontidão: 4 (Ruidos) (2ptb)
- Esportes: 2
- Briga: 5 (Karatê (estilo shotokan), Imobilização e submissão) (4ptb)
- Esquiva: 4 (Esquivar-se) (2ptb)
- Empatia:
- Expressão:
- Intimidação: 2
- Liderança:
- Manha:
- Lábia:

Perícias
- Empatia c/ Animais: 3
- Ofícios:
- Condução:
- Etiqueta:
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:
- Performance:
- Segurança:
- Furtividade: 3
- Sobrevivência: 3

Conhecimentos
- Acadêmicos:
- Computador:
- Finanças:
- Investigação: 2
- Direito:
- Lingüística:
- Medicina: 2
- Ocultismo: 1
- Política:
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
Geração: 3
Lacaios 2
Mentor 2
Spoiler:

Ficha dos Lacaios

Nomes: Mukai e Cadoc ambos pitbulls rednouse brancos, com rabos normais e orelhas cortadas

Fisicos
Força 4
Destreza 3

Talentos, Perícias e Conhecimentos .

Prontidão 3
Briga 3
Esquiva 3
Esportes 2
Empatia 2
Intimidação 3
Furtividade 2

Disciplinas
Potencia 1, Fortitude 1

Força de vontade 5

Niveis de vitalidade ok, -1, -1, -2, -2, -5
Ataques: Mordida 5 patada 4
-------------

DISCIPLINAS(3)
Metamorfose 2
Animalismo 1
Rapidez 1
-------------



Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção: 1

- Autocontrole ou Instinto: 4

- Coragem: 5


HUMANIDADE: 5

FORÇA DE VONTADE: 5

PONTOS DE SANGUE: 13

QUALIDADES e DEFEITOS
Sentidos aguçados (Audição, visão, olfato) (-3ptb)
Noção do perigo (-2ptb)
Cabeça quente (+2ptb)
Odio (Humilhação) (+3ptb)
Intolerancia (Pessoas da classe alta da sociedade, burgueses e filhinhos de papai) (+1ptb)
Excesso de confiança (+1ptb)
OBS:


PRELÚDIO
__________Historico
___Lucas cresceu em uma família pobre e para sobreviver começou a trabalhar aos 8 anos como ajudando em uma academia de artes marciais, aos 10 começou a treinar La de graça (sua amizade com o dono lhe rendeu bons frutos). Lucas começou pelo karatê, sempre meio desengonçado pra fazer todos aqueles Katars e Lucas era franzino e sempre acabava esparramado no tatame. Aos 15 perdeu sua família e um incêndio que matou sua mãe e seus irmãos e acabou indo parar nas ruas onde viu a face da tristeza e da dor. Aos 16 voltou a treinar duro quando seu professor lhe achou e percebeu que deveria trabalhar mais sua agilidade que era grande, aos 17 ficou perfeita, Lucas era tão ágil quanto seu professor e sua percepção tão boa quanto. Aos 18 anos participou de torneios pela academia e ficou em 1° lugar arrecadando 700 U$, Lucas estava muito agradecido pela vitoria, que devia unica e exclusivamente ao seu sensei Kiosaka Haruno. Aos 23 atingiu o 1 dan do Karatê estilo shotokan, tudo patrocinado pela academia que lucrava com suas vitorias.

_____ Logo Lucas percebeu que tinha que expandir suas técnicas pra lutar nos vale tudo da vida, junto com o estilo shotokan ele se aperfeiçoou em jiu-jítsu (Submissão e Imobilização) aos 25 anos ficou em 3° em um campeonato de vale tudo pesos pena. Mas foi desde da i que sua carreira começou a desmoronar. Quando a academia teve sua administração mudada nos meses seguintes começou a dar sinal de falência e isso mudou muito Lucas, deixou-o amargurado com os ricos, que ao invez de ajudar uma instituição que retirava os jovens das ruas acabaram por fechando suas portas um ano depois. Lucas acabou nas ruas de novo encontrou vícios, mas também encontrou virtudes, sobreviver era o lema tinha que sobreviver a tudo a quilo e se reerguer. Pena que a sorte não ouviu e Lucas acabou lutando em rixas, era tudo ou nada, a humilhação batia cada vez mais forte toda vez que tentava arranjar comida de forma honesta, depois de um ano isso tomou forma em um ódio irracional, chegou até a agredir vários playboys que o acordaram a base de ponta pés. Seus reflexos ficaram maiores e sua percepção também, tudo pra sobreviver às lutas e as ruas. Podia ouvir um gatilho de arma na esquina e ver alguém bisbilhotando no escuro, tinha uma percepção que beirava o sobrenatural. Até que um dia quando voltava pro seu muquifo com um leve soco no rosto, foi emboscado por um cachorro enorme que de alguma forma Lucas não teve idéia de como tinha vindo parar ali, porque não ouviu nada e nem sentiu o cheiro do fedorento. O cachorro avançou tão rápido que os reflexos de Lucas não serviram pra nada.

"- Acorde Lucas, vejo que você esta se sentindo bem" A voz era doce e aveludada e fazia Lucas imaginar quem era a dona dessa linda voz. Quando abriu os olhos Lucas percebeu que estava longe da cidade, estava no meio do mato rodeado de cães "Mas que... O que ta acontecendo? Porque me trouxe aqui e porque tem tantos cães?" Suas perguntas saíram de forma veloz e automática, mas quando notou a dona daquela linda voz logo parou e ficou de queixo caído
"- Meu nome é Eleonor Frange, sou errrr uma vampira e você agora também é, se perceber não precisa mais respirar e também não corre mais sangue em suas veias e..." Lucas estava pasmo *mais que porra ela ta falando, vampiro? Ela ta... Hã não sinto falta de ar !! Meu deus o que aconteceu?* "- O que você... Porque você fez isso? Eu... eu merecia ter uma opção de morrer pelo menos" Sua fala dramática é dissolvida pela voz firme de Eleonora "- Você tinha uma vidinha miserável, vivendo dos restos e tento que lutar noite apos noite para literalmente obter o seu sustento, e quando não tinha luta era um dia sem comer. Eu lhe dei muito mais do que você pode agüentar, talvez devesse mesmo termina com essa sua existência patética" Lucas ficou parado no meio da ação de se levantar quando Eleonora disse isso, e os cachorros começaram a rosnar "- C-como você sabe de tudo isso? Eu sobrevivi a tudo isso e a muito mais você não sabe da metade. Considerava-me um cara de sorte por ter o que tinha, sabia lutar e sobreviver, e isso me bastava" Eleonor continuou sentada calmamente ouvindo Lucas
"- Então você acha que não conheço seu "sofrimento"? Eu tenho muito mais do verdadeiro sofrimento do que você pode imaginar. Um deles é ver uma cria pedir pra morrer" Lucas parou e pensou, *Bom talvez eu sobreviva a isso tudo. Não sou um covarde, tempos de desespero pedem medidas desesperadas* "- Não eu não quero simplesmente morrer, quero lutar pelo que me resta da vida. Mas mesmo assim gostaria de ter sido informado dos pros e dos contras" Eleonor quase riu do que Lucas tinha falado "- Então você agora aceita, hummm. Esta bem, venha vou lhe ensinar a como fazer...". Assim Eleonor ensinou Lucas a como transformar seus olhos para poder enxergar no escuro, e a como criar garras afiadas, isso e durante cinco anos ensinou a como falar com os animais e a como ser rápido também. Na terceira noite ela lhe mostrou um refugio seguro em N.Y e lhe ofereceu 1 dos seus cachorros como carniçais "- Ele ainda tem 2 anos então cuide bem dele e ensine os alguns truques.Se ele morrerer vamos fazer 2 covas... Entendeu?" Lucas engoliu em seco e falou "- Como vou arranjar comida para ele e para eu?" Eleonor riu baixinho e disse "- Nem tudo é de graça garoto, você vai ter que se virar. Já vou lhe dar alojamento. Hummm tive uma idéia porque não continua lutando? Assim você não precisa necessariamente comer elem de beber sangue e com o dinheiro compra comida para ele. Ah escolha o nome..." E então Eleonor foi embora somente deixando o endereço da casa e documentos falsos junto com as carteirinhas de vacinação dos dois cachorros "- Mais que filha da...


BANCO DE XP
-----

BANCO DE DADOS
-----

ULTIMA ATUALIZAÇÃO: -----
avatar
Songette

Data de inscrição : 07/03/2010
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

http://www.nborges.weebly.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum