Independentes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Independentes

Mensagem por Cain em Qua Mar 10, 2010 12:00 am

OS INDEPENDENTES


Desde o fim da Idade Média, a perigosa pavanne dançada pela Camarilla e pelo Sabá tem moldado a sociedade dos Membros. O sangrento conflito tem ceifado milhões de vidas humanas e modelado histórias secretas em cidades por todo o mundo.
Obviamente, existem clãs que preferem observar ambas as seitas pularem sobre a garganta uma da outra em nome da Jyhad — e decidirem ficar de fora, dizendo "não obrigado". Apesar de certamente possuírem a genealogia de verdadeiros clãs (ao contrário das muitas linhagens mestiças que ocasionalmente aparecem), os quatro clãs independentes compartilham de uma forte aversão quanto a "escolherem um lado" na Jyhad. Obviamente, alguns dos mais jovens membros de cada clã podem ser encontrados tanto entre a Camarilla como entre o Sabá. Contudo, os anciões dos clãs independentes planejam em prol de seus próprios objetivos imperscrutáveis, objetivos que seriam retardados por conceitos insensatos como o da submissão às seitas.
Seria tolo assumir que o membro padrão de um destes clãs não classificados é de alguma forma absolutamente submisso aos ideais de seu clã. Como todos os outros Membros, os independentes são vampiros em primeiro lugar e depois são membros de um clã.
Muitos destes Cainitas estão primeiramente preocupados com seus objetivos pessoais, não importa se eles coincidem (ou servem) ou não com os do seu clã. Este fato só serve para perturbar ainda mais a visão de quem está de fora; um vampiro independente é geralmente um coringa, desprovido tanto de políticas de seita quanto de regras de clã como diretrizes básicas para se predizer seus comportamentos.
Mas ainda assim... Ainda assim, existem rumores de que os anciões dos clãs independentes estão despertos e são mais numerosos do que os de qualquer outra linhagem. Um dos clãs se desfez de uma magia antiga que os mantinha em xeque, provavelmente devido à intervenção direta de seus antepassados. Outro clã, o mais jovem entre eles, supostamente tem desfrutado do patronato de seus fundadores desde a Renascença. O terrível e impiedoso Matusalém de um terceiro clã parece estar saindo debaixo das terras com as quais as eras o cobriram e vem convocando suas crianças. E o quarto clã... Mas apesar de tais boatos, as crianças de cada um dos clãs independentes continuam suas atividades como se tudo estivesse bem, sendo tão leais aos seus clãs como sempre foram. Se eles são na verdade peões de seus senhores Antediluvianos, aparentemente ignoram o fato — ou pior, estão totalmente cientes e plenamente de acordo.
avatar
Cain

Data de inscrição : 06/03/2010

http://vampiros-a-mascara.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Independentes

Mensagem por Cain em Qua Mar 10, 2010 12:03 am

OS CLÃS NÃO CLASSIFICADOS

Os quatro clãs independentes têm pouco em comum, salvo pelo desdém que possuem pelas seitas. Cada um busca seus próprios objetivos e cada um define diferentemente seu papel dentro da Jyhad. Desconfiados até mesmo uns dos outros, eles mantêm suas próprias leis em meio às Tradições da Camarilla e o caos do Sabá.

Os Assamitas são um clã de vampiros predadores, sediados no Oriente Médio. Por eras eles têm atuado como contratantes independentes e assassinos de aluguel para qualquer um que lhes possa fornecer sangue. Agora, com o cancelamento de sua antiga maldição, eles estão provando ser inimigos de todos os clãs, à medida que buscam saciar sua sede sem fim por vitae Cainita. De todos os independentes, os Assamitas são os mais temidos. O papel do clã dentro da Jyhad, outrora como mercenários, mudou bruscamente. Ninguém pode dizer com quem estará a lealdade dos Assamitas em mais ou menos uma década — ou como suas novas práticas irão afetar a Jyhad.

Os Seguidores de Set desprezam as seitas por diferentes razões.
Eles se dizem herdeiros de uma tradição muito mais antiga do que a Camarilla e o Sabá e desdenham da idéia de deixarem de lado suas incumbências hereditárias por uma moda passageira de meros séculos. As doutrinas da sombria fé do clã são supostamente datadas das primeiras noites da civilização e esta genealogia tem precedência sobre assuntos meramente políticos.
Os "Setitas", como eles se chamam, não são contra participarem deste jogo entre as seitas. O clã oferece seus conhecimentos acumulados e favores sinistros a qualquer vampiro... Por um preço.
Muitos anciões de outros clãs vêem com desconfiança as permutas Setitas; parece bastante possível que para cada transação completada, o Clã da Serpente dê um novo passo em direção a qualquer que seja ó objetivo que o seu fundador Antediluviano fixou para o grupo.

Os Giovanni são tanto uma família quanto um clã; a maioria de seus neófitos são Abraçados dentre os descendentes mortais dos membros do clã. Os necromantes exclusivistas avidamente perseguem dois objetivos: acumular poder e riquezas materiais e aprender os segredos da própria Morte.
Os Giovanni, assumidamente, não enxergam a necessidade das seitas. Eles efetivamente regulam sua própria hierarquia, tendo sobrevivido silenciosamente à Inquisição, sem a necessidade da ajuda de outros Membros. Eles têm todos os aliados que precisam na forma de sua família, e podem sempre buscar essa ajuda quando necessário. Tudo o que eles precisam é que sejam deixados a sós para alcançarem seus objetivos — e a perspectiva de seu sucesso é certamente assustadora.

Finalmente, os Ravnos, são conduzidos pela compulsão inerente ao clã de furtar e iludir, assim como pelo forte desejo de viajar.
Estes mestres da ilusão, primariamente de origem Indiana e Cigana, devem obediência em primeiro lugar a si próprios e em segundo ao seu clã, e a absolutamente ninguém mais. Certamente o mais desorganizado dos clãs não classificados, os nômades Ravnos estão espalhados por todo o mundo. Eles viajam livremente dentro dos territórios da Camarilla e do Sabá, pois a maioria dos príncipes já aprendeu que é mais difícil manter um Ravnos fora de uma cidade do que esperar que o problemático vampiro se torne entediado e vá embora.
Os Ravnos são totalmente indiferentes quanto à política das seitas e a maioria dos vampiros já os dispensou por serem incapazes de terem qualquer participação importante dentro da Jyhad. Eles parecem muito caóticos e indisciplinados para servirem até mesmo aos Matusaléns — e os Ravnos se aproveitam desta reputação. O clã sobreviveu alegremente ao último milênio sem nenhuma responsabilidade ou dever e não vê nenhuma razão para mudar. Contudo, o futuro próximo pode mostrar que afinal os Ravnos estão trabalhando por um só propósito...


A VISÃO DE QUEM ESTÁ DE FORA


A CAMARILLA

Como se nós já não tivéssemos preocupações suficientes, estas víboras fazem questão de jogar ambos os lados um contra o outro. E certo que eles têm más intenções; o que mais poderia convencê-los de que eles podem sobreviver sem aliados! Eles são perfeitamente capazes de pesar na balança da ]yhad e sabem disso muito bem. Eu rezaria para que eles tomem a decisão certa — se eu acreditasse que alguém está me ouvindo.
— Anne Bowesley, Príncipe de Londres

O SABÁ

Eles são muito fracos para ameaçar nosso poder — mas também fortes demais para se dobrarem facilmente sob nossas botas.
Algumas vezes perdemos um bando, ou mais, por idiotice; só um tolo tentaria arrancar uma serpente de seu refúgio, ou vencer um daqueles malditos Giovanni em seu próprio jogo. Mas nós aprendemos com essas coisas. Aprendemos onde os chamados "clãs livres" são fortes e onde não são. E eles não serão tão fortes quando a terra se abrir e o sol se tornar vermelho. Isso eu garanto.
— Cicatriz, Bispo de Tijuana

- Fonte: Vampiros - A Mascara (3º Edição)
- Agradecimentos: Katrine
avatar
Cain

Data de inscrição : 06/03/2010

http://vampiros-a-mascara.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum