Yankee Stadium

Página 5 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Ignus em Dom Maio 22, 2011 2:06 pm

OFF: Gam, meu plano era iniciar uma conversa com o manda-chuva do lugar que envolve dizer que o cara com quem ele conversou há pouco era do Sabá e perigoso.

Penso que pelo desenrolar do que meu PJ viu acho razoável ele presumir que o cainita que pôs medo no chefe do lugar era do Sabá, mas como eu posso ler tudo que está acontecendo e não gostaria de cometer meta-game, solicito um teste para ver se meu PJ poderia ter essa idéia com base no que viu antes prosseguir.

Em tempo, desculpe pelo post exclusivamente com conteúdo off.
avatar
Ignus

Data de inscrição : 12/03/2011
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Gam em Sex Maio 27, 2011 3:09 am

@Morphys
[Atualização de ficha]
Novo Defeito:
Presunçoso

Você tem orgulho de seu novo status e clã - tanto orgulho que já abriu sua boca para se gabar e acabou criando alguns inimigos. Vampiros mais sábios riem de você e relacionam sua grosseria à juventude, mas outros o consideram arrogante e insultuoso. Esses inimigos tomarão atitudes para envergonhá-lo e prejudicá-lo. Além disso, a dificuldade de todos os testes Sociais contra qualquer vampiro que você já tenha afastado com suas queixas aumenta em 2.
A critério do Narrador, você também pode ter que ser bem sucedido num teste de Força de Vontade (dificuldade 6) para ficar com a boca calada sempre que surgir uma oportunidade de se gabar sobre sua linhagem, clã ou status.


Morphys, dominado por seu próprio orgulho, abriu a boca no lugar errado e na hora errada. No Domínio de um respeitado Brujah da Camarilla (Old Yankee Stadium), em meio a um evento em especial quando estavam reunidos vampiros de todo o mundo e membros da Camarilla dos mais variados escalões, ele vangloriou-se de seu status de Bispo do Sabá de peito aberto, distribuindo ameaças e zombando da cara da Torre de Marfim no meio do covil inimigo. Graças a um blefe preciso, conseguiu sair dali sem qualquer arranhão, mas o Brujah foi seriamente ofendido e fez seus telefonemas. Morphys ignora o fato, mas o Xerife já está alerta de sua presença na cidade. Inimigos estão sendo conquistados rapidamente e logo não será tão seguro andar por aí com um crachá do Sabá na testa.

Ao contrário do que Morphys esperava, ninguém foi mandado para seguí-lo. Ao menos ninguém que ele tenha notado.
Ele não imagina, mas o Xerife foi alertado e convocado com reforços. Para sua sorte, por algum motivo ele não apareceu. Caso contrário o Bispo estaria em péssimos lençóis.

(Caso vá deixar o cenário, lembre-se de deixar um aviso aqui dizendo para onde está indo e um aviso no cenário de destino avisando que veio daqui.)

@Isaac
-1 pds
-1 FV
Fascínio
Carisma + Performance = 2 / FV / Dif = 7
7, 6 = 1 sucesso + 1 = 2 sucessos

O uso da disciplina de nada serviu. Mesmo se funcionasse, em nada atrapalharia a investida do inimigo. Mas, de qualquer forma, não funcionou. Ao menos não nele.
Isaac não sabe e nem saberá, mas dois cainitas em especial da platéia de repente estão gritando mais alto e torcendo efusivamente por ele.

O Caitiff avança com suas presas e Isaac instintivamente tenta uma esquiva.

Mordida
Destreza+Briga+1 = 6 / Dif = 6
2, 5, 4, 2, 5, 6 = 1 sucesso

Esquiva
Destreza + Esquiva = 8 / Dif = 6
10 ( 5 ), 3, 1 ( x ), 8, 3, 7, 9, 3 = 3 sucessos

Com facilidade, ele move-se lateralmente e sai do caminho do Caitiff, trocando de lugar com ele na arena.

- Faça como ele! Invista em golpes mais mortais. Estes contusivos não vão te levar muito longe! - Uma voz conhecida grita em meio a multidão. Isaac reconhece como seu mentor.

(Todos os seus atributos físicos estão no 5 agora. Conforme combinado, estou parando de fazer o gasto de pds automático. Mas saiba que o nível máximo para aumentar atributos é 6. Dá até pra passar e chegar no 10, mas esses extras só durarão 3 turnos)

[OFF]
@Ignus
Ué, pode iniciar uma conversa! É só interpretar suas falas. XD
Se quiser podemos fazer o papo todo por MSN pra agilizar. É só me procurar lá, gam1822.

Nada te impede de chutar que ele é do Sabá, mas seria mais digerível para todo mundo se você se contivesse em presumir simplesmente que ele não é da Camarilla.
Na prática não vai fazer diferença, já que o Royce (manda-chuva) vai eventualmente te revelar essa informação. Mas é sempre bom evitar acusações embaraçosas de meta-game. n____n

[STATUS]
Henry
pds 15 / 15
FV 4 / 4

Isaac
pds 8 / 13
FV 7 / 8
Vigor +2
Força +2
Destreza +1
Isaac Vitalidade -1 (Escoriado)

Julian
pds 13 / 13
FV 8 / 8

Morphys
pds 15 / 15
FV 9 / 10

_________________
... só pode ser os nóia!
avatar
Gam

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Convidad em Ter Maio 31, 2011 5:11 am

saindo: Yankee Stadium
indo: boate freedon

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Akira Toriyama em Ter Maio 31, 2011 5:46 am

Por um momento, Isaac jurou que estaria perdido. Presença não funcionara em nada contra o Caitiff, talvez por que ele estava meio inconsciente, dominado pela Besta.

O oponente avançou contra ele, que conseguiu desviar com certa facilidade. Ambos trocaram de lado no ringue, e novamente, Isaac se via diante de uma situação difícil.

- Faça como ele! Invista em golpes mais mortais. Estes contusivos não vão te levar muito longe! - Uma voz conhecida grita em meio a multidão. Isaac reconhece como seu mentor.

Ele não olhou para o mentor naquele momento, por que não devia tirar os olhos do oponente. Por um segundo, pensou na possibilidade. O Caitiff parecia estar em frenesi, mas ele ainda estava completamente são. Poderia se aproveitar do sangue que direcionara para seus músculos para poder ter mais força e do fato de ainda ter consciência.

Era hora de agir com mais selvageria. Isaac sacou as presas e partiu para cima do oponente.
avatar
Akira Toriyama

Data de inscrição : 15/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Gam em Sex Jun 03, 2011 2:48 am

@Isaac
Iniciativa
Isaac 8+5 = 13
Caitiff 5+9 = 14

Mordida
Destreza+Briga+1 = 6 / Dif = 6
3, 10 ( 3 ), 8, 6, 9, 2 = 4 sucessos

Dano
Força+1+Sucessos Adicionais = 10 / Agravado / Dif = 6
5, 10, 7, 10, 7, 8, 3, 1, 10, 9 = 7 sucessos

Fortitude = 3 / Dif = 6
2, 8, 3 = 1 sucesso

Quando Isaac decide atacar com o que ele tem de melhor, já é tarde demais. O Caitiff, aproveitando a breve fração de segundo que ele levou para ativar os caninos retráteis, volta com as presas ainda mais escancaradas e abocanha seu braço com todos os dentes. A dor é lacinante conforme ele torce a cabeça e rasga carne, tendões e parte seu osso. Dói muito mais do que qualquer coisa que ele já tenha sentido. O dano agravado das presas vampíricas é místico, tornando impossível a regeneração rápida. A dor é dez vezes pior, queimando e latejando incessantemente como o açoite do inferno.
O braço esquerdo inteiro de Isaac é arrancado fora, indo parar no meio da multidão. Banhados em sangue, dois ou três da platéia perdem o controle e partem para cima do membro como hienas famintas. Um tumulto gera-se ali, mas é rápido. Só durou o bastante até que não sobrasse nenhum vestígio do braço decepado.

Normalmente isso seria o bastante para derrubar um cainita, mas este Ventrue antitribu ainda tem o orgulho de um guerreiro nas veias. Ele consegue tentar um ataque antes de ceder à dor. Aproveitando a distração do Caitiff, é a vez de Isaac testar suas presas.

Mordida
Briga+Destreza+1 = 9 / Dif = 6
4, 9, 10 ( 10 ( 10 ( 6 ) ) ), 9, 2, 3, 5, 9, 9 = 8 sucessos

Dano
Força+1+Sucessos Adicionais = 13 / Agravado / Dif = 6
4, 8, 5, 5, 9, 5, 5, 8, 10, 4, 2, 9, 6 = 6 sucessos

Ele pega no abdômem, numa generosa bocada. Quando levanta o corpo, puxa a cabeça trazendo consigo pele, músculos, vísceras e muito, mas muito sangue. Tripas dilaceradas pelos afiadíssimos dentes vampíricos esparramam-se pela arena, caindo com sons úmidos no rosto da platéia ensandecida. Urros verdadeiramente bestiais deixam claro que é exatamente isso que eles vieram ver hoje.

Mas a sesação de vitória é muito breve. Isaac cai sobre um joelho, apoiando-se precariamente no chão com o braço que lhe resta. Suor vermelho pinga de sua testa e muito sangue é perdido pelo ferimento onde outrora estava seu braço, jorrando como uma pequena catarata. Sem supotar mais, ele cai. Seu rosto acerta a arena num baque surdo. O ouvido direito, agora no chão, incomoda-se com o som das várias pancadas que a multidão dá na base da arena conforme grita e torce por ele. Mas ele não pode se mexer... É ruim demais para suportar. Difícil demais...
Seu inimigo não está num estado muito melhor. Isaac pode vê-lo caído de frente com a face contra o chão, uma poça de sangue crescendo exponencialmente sob ele. Mas ele percebe que ele está vivo. Nota-se que está ofegando e, com as mãos trêmulas, tentando inutilmente levantar-se dali.

Isaac Vitalidade -7 Incapacitado (6 Agravados, impossível executar ações)
Isaac -3 pds
Caitiff Vitalidade -7 Incapacitado (6 Agravados, impossível executar ações)
Caitiff -3 pds


(O dano agravado não pode ser recuperado com gasto de pds agora, mas aquele nível de vitalidade que perdeu para o soco pode. O gasto de 1 FV permite que seu personagem ignore as penalidades de dano durante um turno.)

[STATUS]
[STATUS]
Henry
pds 15 / 15
FV 4 / 4

Isaac
pds 5 / 13
FV 7 / 8
Vigor +2
Força +2
Destreza +1
Vitalidade -7 Incapacitado (6 Agravados, impossível executar ações)

Julian
pds 13 / 13
FV 8 / 8

_________________
... só pode ser os nóia!
avatar
Gam

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Akira Toriyama em Sab Jun 04, 2011 11:44 am

Isaac decidiu partir para a luta de verdade tarde demais. Não devia ter pensado duas vezes. Agora, que se via sem seu braço, imaginava que poderia ser tarde demais. Rodrick se decepcionaria com ele, e seu orgulho mais ainda. Ele não podia deixar que tal coisa acontecesse. Tinha que lutar. Tinha que continuar em pé.

Tal impulso o segurou por alguns segundos, possibilitando uma generosa mordida no abdômem do Caitiff. Sangue, carne e vísceras se espalharam pelo chão da arena.

Caído no chão, o Cavaleiro viu que seu oponente estava incapacitado, assim como ele. Porém, algo lhe dizia que ele ainda tinha chance, e que se não aproveitasse aquele momento, conheceria a Morte Final. Com orgulho, claro, mas ele era muito mais do que aquilo para se entregar tão facilmente à um sem-clã. Ele tinha sangue dos Ventrue Antitribu. Tinha o orgulho e a confiança que todos os seus ancestrais tiveram. Iria esmagar a Camarilla junto com sua seita. Iria destruir cada Antideluviano que restava, e beberia de seu sangue. O mundo precisava ver isso antes que Isaac Hiesel conhecesse a Morte Final.

Reunindo todas as forças que ainda lhe restavam, ele se levantou e se arrastou até seu oponente. Não iria prolongar sua dor, mas não iria matá-lo. Aquilo era uma luta, e Isaac não queria que tomasse proporções maiores. Não que tivesse pena do Caitiff, mas não estava em plenas condições de matá-lo agora. Iria apenas se reabastecer e depois dar um fim na luta.

OFF: Vou gastar 1 ponto de Força de Vontade para poder fazer essa ação, e depois gostaria de um teste para mordida. Isaac vai apenas se reabastecer e deixá-lo inconsciente para dar um fim na luta. Se for preciso mais FV para fazer isso, considere os valores corretos.
avatar
Akira Toriyama

Data de inscrição : 15/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Ter Jun 07, 2011 12:27 pm

*chega de carro sozinho no Yankee stadium, procura uma vaga... estaciona...*

- o que diabos anda rolando aqui?
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Julian Belmont em Ter Jun 07, 2011 7:01 pm

- Crap... O bonitão resolveu amarelar, eh?! – acompanhava-o com o olhar, ainda disfarçando. Aquele esquisito, que há minutos atrás peitava tudo e todos... Sua movimentação nem era difícil de prever... Tinha quase estampado em sua testa a palavra “saída”. O único questionamento mais exato a se fazer seria: “o que diabos eu faço agora?”. Beleza, tinha prometido ficar de olho no badguy, mas e aí? Ninguém imaginava que ia baixar um mijones nele, e o valentão ia dar no pé logo quando a situação que ele fomentou tanto entraria no instante clímax. Quer saber? Nem vou persegui-lo... Desde o início evidenciei que apenas agiria caso fosse BEM necessário. Sou detetive, não gambé ocioso da Camarilla, pra sair caçando desordeiros posers.

- Melhor ir avisar ao Crown... Considerando a velocidade em que o caboclo apressou o passo aos tremeliques, enquanto fico nesse monólogo besta aqui o garotão já deve estar do outro lado da cidade – fui caminhando lentamente, um pouco desanimado rumo ao banheiro. A notícia nem seria das melhores, provável que o carequinha ficasse frustrado, ou até mesmo emputecido. Mas fazer o que? O neguinho broxou.
avatar
Julian Belmont

Data de inscrição : 10/04/2011
Idade : 29
Localização : BH

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Stoth (Guil Barcelos) em Qua Jun 08, 2011 9:03 pm

__DIAS ATRÁS__


O Gangrel dormia quando acordou com uma ave batendo na janela de sua humilde cabana. Ele se levantou sem pressa, abriu a janela, o passaro, que ele reconheceu como sendo um Estrelador do Norte. Não entendeu como um passaro daquele especie estava ali, sendo que ele habitava mais lugares como a Amazonia e paises vizinhos. Mas não ligou para isso, na pata do pequeno passaro havia um papel que fora dobrado muitas e muitas vezes, que ele pegou e começou a ler (sem notar que o passaro já havia partido após ele ter pego o papel):

"Olá Guil,"

Logo ele reconheceu como sendo uma carta de uma antiga amiga sua, cujo já não tinha contato há muito tempo, Alicia, uma antiga membro da tribo de seu mentor;

"...Como estão as coisas na floresta? hehe
Espero que esteja tudo bem... Faz tempo que não o vejo e confesso que estou com saudades..."


Quando leu a carta, o primeiro penssamento que passou pela mente do cainita foi: "Que estranho, ela está sendo tão meiga na carta.."
Pensamento que logo sumiria quando ele lesse a carta até o fim.

"...Mas enfim, isso não vem ao caso. Bom, to entrando em contato pois tenho uma informação que talvez seja de seu interesse.
Amigos Cainitas estão me dizendo que está acontecendo um tipo de arena cainita livre em baixo do Estadio dos Yankees, talvez seja de seu interesse dar uma passada lá, afinal pelo o que sei a seu respeito faz tempo que não participa de uma luta de verdade.
E apesar de escrever, contar histórias e todas essas baboseiras ser legal, um poquinho de pancadaria é sempre melhor. Enfim, espero que vá..

Esperando que saia de lá vivo
Alicia

PS: Primeiramente.. O que achou do passarinho? Legal né? Novo truque que aprendi.. hehe..
E bom.. SE CONTAR QUE ESTOU SENDO MEIGA PARA ALGUM OUTRO MEMBRO JURO QUE O CAÇAREI COM TODAS AS MINHAS FORÇAS E ARRANCAREI METADE DE SEU PESCOÇO SOMENTE COM UMA MORDIDA DE MEUS CANINOS! E ENQUANTO VOCÊ NÃO MORRER O FAREI SOFRER COMO NUNCA SOFREU ANTES.
Beijinhos Guil! *-*"


"Essa sim é a Alicia que conheço" pensou Guil ao terminar sua carta


__DIAS ATUAIS__

Guil estava encostado em uma das janelas, descançava tranquilamente quando um homem gritou:
- SENHORES E SENHORAS PASSAGEIROS, LOGO O METRO ESTARA CHEGANDO PROXIMO AO YANKEE STADIUM, FAZENDO SUA ULTIMA PARADA DA NOITE NO PONTO. OBRIGADO POR SUA ATENÇÃO.
"Acho que é meu ponto.." pensou Guil enquanto se levantava.
Logo já estava na rua, indo em direção ao Stadio, sem pressa... A noite para ele, era uma criança.

avatar
Stoth (Guil Barcelos)

Data de inscrição : 24/05/2010
Idade : 21
Localização : Santos

http://www.orkut.com.br/Main#Home

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Quimera em Qui Jun 09, 2011 8:09 pm

*Chegando a pé no estacionamento do estadio, seus cães andando um em cada lado, sem guias, mas fieis ao seu mestre. Avista um carro ainda procurando uma vaga e um individuo vestido de forma... peculiar... Resolve se aproximar do carro, que acabava de estacionar e tentar entender melhor o que se passava naquele lugar. Depois de tantos anos afastado da sociedade, não sabia muito bem o que tinha acontecido fora de seu mundo.

Se aproximando do carro, os cães sentados a dois passos de distancia, Trevor, com seu corpo atarracado e meio gorducho (uma das aparencias que preferia ao sair de sua toca), olha para o motorista bem vestido.

-Boa noite, camarada. Tem um cigarro para um velho esquentar as entranhas? - Sua voz suave e educada costumava ajudar nas conversas, tentou começar com algo simples, sem saber se poderia confiar ou não no estranho.
avatar
Quimera

Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : Santos

http://atocadaquimera.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Qui Jun 09, 2011 10:00 pm

* olha fixamente os cães por alguns segundos*

-não tenho cigarros, não fumava e nem pretendo fumar... rsrsrs, meio tarde para ver o jogo não acha?
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Quimera em Qui Jun 09, 2011 10:44 pm

-Jogo? Ah sim... não, não estou aqui para ver o jogo mesmo... E parece que você também não... Algo interessante acontecendo por aqui ultimamente? - Enquanto falava, se recostava no carro, olhando para as luzes do estadio.
avatar
Quimera

Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : Santos

http://atocadaquimera.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Sex Jun 10, 2011 7:57 am

*olha para a parte de baixo do estádio como se realmente tivesse algo embaixo do estádio*

- Sim... eu vim ver os... "eventos" esportivos de um círculo fechado denominado de Cainitas, conhece?
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Quimera em Sex Jun 10, 2011 10:33 pm

Percebendo que pode confiar (ao menos um pouco) em seu interlocutor, Trevor fica de cocoras, acariciando seus cães ao notar o interesse do estranho neles.

-Cainitas... bah... detesto essas denominações... Somos Vampiros. É assim que todos nos conhecem e é assim que deviamos nos apresentar. Falando em apresentações. - Então levanto os olhos para fixa-los nos do estranho. - Eu sou o Doutor Trevor, e esses são Odim e Thor, meus únicos e fieis companheiros... - Após um tapa amistoso no pescoço de Thor, Trevor se levanta e estende a mão ao homem a seu lado. - E como devo chama-lo?
avatar
Quimera

Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : Santos

http://atocadaquimera.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Sex Jun 10, 2011 10:48 pm

*estende a mão e cumprimenta o velho*

- Pode me chamar de Derryl Hirt... pois bem, o senhor me parece amistoso, sabe o que rola ai embaixo? dizem algo sobre uma arena de luta livre
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Quimera em Sab Jun 11, 2011 12:49 pm

Olhando para o local apontado pelo seu novo "amigo", Trevor fala sem muito interesse

-Luta livre, hein? E eu pensando que estávamos um passo acima dos mortais... bom... não tenho nada para fazer por aqui, então... por que não dar uma olhada? Eles vendem vinho ai embaixo não vendem? - Pergunta olhando novamente para Darryl
avatar
Quimera

Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : Santos

http://atocadaquimera.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Sab Jun 11, 2011 5:09 pm

*o sujeito de terno negro afrouxa a gravata, tranca seu carro e faz sinal com a cabeça para que Trevor o siga*

- Sei lá... vim dar uma sondada nesse lugar, mas não sei se vendem vinho, em todo o caso deve haver mais o que fazer lá, mais gente... mas me diga Dr. Trevor... a que clã pertence?

*vai caminhando até a entrada da arena*
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Gam em Sab Jun 11, 2011 10:47 pm

@Isaac
Iniciativa
Isaac 8+1 = 9
Caitiff 5+10 = 15

-1 FV

O Caitiff, com muito esforço, começa a levantar-se. Sua testa, que estava avermelhada e inchada após o soco que recebeu de Isaac, agora voltou ao normal. Parece que só isso foi o bastante para que ele se concentra-se e recuperasse o fôlego.

Caitiff -1 pds
Caitiff Vitalidade -6 Aleijado (Agravados / -5 dados)


Indo contra todas as probabilidades, Isaac levanta-se num impulso heróico e caminha até o oponente.

Mordida
Destreza+Briga+1-5 = 1 / Dif = 6
5 = 0 sucessos

Como uma fera que não vê saída a não ser continuar a luta, o Caitiff ainda tenta uma mordida no inimigo que se aproxima. Ele erra, mastiga o ar. Sangue escorre por suas gengivas devido ao esforço que fez para isso.

Com o braço que lhe resta, Isaac apoia-se num ombro do oponente e morde o outro. A mordida é calculada. Não é indolor, mas forte o bastante apenas para quebrar-lhe a clavícula. Ele sabe que a mística agravada de suas presas seria o bastante para matar aquele cainita, mas um guerreiro honrado não mata sem necessidade. E não há necessidade agora, já que a batalha já está ganha.

Caitiff Vitalidade -7 Incapacitado (Agravados / Inconsciente)

O corpo dele amolece, rendido. O sem-clã está domado, e a multidão berra e comemora a vitória de Isaac. Ele pode ouvir alguns gritando para finalizá-lo, mas sua honra fala mais forte que seu orgulho. Ele não fará isso só para agradar uma platéia.

Ainda com a boca no ombro do inimigo derrotado, ele recupera o que consegue tirar dele. A quantidade que o Caitiff ainda tinha era exatamente o que ele precisava. Mas seu braço ainda dói e o sangue continua escorrendo num fluxo contínuo.

+5 pds
-3 pds


Destruído e sem sangue para se recuperar, o sem-clã entra em Torpor. Podem levar de meses há décadas até que ele acorde de novo, mas não está morto.

Caitiff Vitalidade -8 (Torpor)

Com a luta terminada, seu mentor invade a arena e arranca a camisa, usando-a para estancar o sangue que escorre. Ele parece um tanto preocupado, mas Isaac nota pela direção de seu olhar que a preocupação não é com o braço perdido, mas com a platéia que olha para todo aquele sangue com fome nos olhos.

- Você foi muito bem, garoto. Vamos sair daqui. - E ele o encaminha para fora da arena, rumo ao banheiro.

[Atualização de Ficha]
Ganho do Defeito "Um Só Braço"
Este é um defeito temporário. O braço direito, perdido por dano agravado, vai demorar para regenerar-se completamente. Caso Isaac não houvesse perdido o membro amputado, a recuperação ainda seria mais rápida. Mas regenerar a partir do zero levará tempo.
Em termos técnicos, este defeito irá durar durante o resto deste ciclo, e só nos cenários da cidade.

Ganho do Antecedente Status 1 (Sanguinário honrado)
Diferente do antecedente Status comum, este status não rende respeito político na Camarilla nem no Sabá. É uma pequena fama herdada entre todos os vampiros que presenciaram ou ouviram falar de sua sangrenta vitória na arena do Yankee Stadium. Fama essa que irá repercurtir entre membros de ambas as Seitas, independentes ou mesmo estrangeiros, dada a lotação que estava o local.
Isaac terá o reconhecimento quando o avistarem, mas seu nome verdadeiro não acenderá nada na mente dos cainitas. Ele lutou sob a alcunha falsa Roger Polanska, escolhida arbitrariamente por seu mentor.

Ganho de um nível em Trilha (indo para o 6)
A atitude de Isaac durante a batalha foi honrada e digna, de acordo com os preceitos da Trilha do Acordo Honrado. Não ter desistido quando tudo parecia perdido e a Morte Final era uma possibilidade e não ter matado desnecessariamente seu oponente para conseguir a vitória lhe renderam uma ascenção pessoal na filosofia que segue na não-vida.
Com este maior entendimento interior, também vêm mais responsabilidades. Confira a lista de pecados da trilha para continuar mantendo um comportamento a caráter se quiser manter este nível.

Isaac recupera 2 FV por produzir algo útil e duradouro. (Natureza Arquiteto)

@Henry, Julian e Isaac
Antes que o provável manda-chuva deixe o banheiro, Henry o interpela para uma conversa:
-por favor me perdoe pela abordagem inusitada e em um banheiro, mas eu preciso de um minuto da sua atencao

O Brujah se vira, mas não solta palavra. Para pessoas como ele que vivem entre os brutos, apenas virar para uma pessoa e mostrar que ela tem sua atenção já basta. Palavras podem ser economizadas.

Henry se pergunta por um momento se sua abordagem inicial foi bem sucedida
"bom de uma forma ou de outra, esse é o começo que consegui"
-eu acredito que sua arena recebeu hoje a visita de um cainita nocivo à Camarilla - Crow permite uma pequena pausa e entao emenda -nao, melhor dizendo, um cainita nocivo à Mascara e perigoso para a Camarila

Se Crow tinha alguma dúvidas sobre a impressão que havia causado ao camarada, agora ele sabe que definitivamente não deixou uma boa imagem. Dando um ameaçador e pesado passo a frente, o cara subitamente parece desconfiado:
- O que você sabe sobre isso? Se você for um dos caras do bando dele, eu te juro que você fez uma péssima escolha em me seguir até aqui. - Ele fala devagar, mas sua irritação transparece.

"Bando? Hmmm parece que o sujeito realmente ameaçou o manda-chuvas do lugar"
Henry cogita dar um passo para trás para se afastar do sujeito a sua frente, mas achou melhor manter-se parado, tentando passar uma postura firme. Ele não queria parecer amedrontado.
-Não sou integrante do bando dele. Pelo contrário, vim até aqui foi para te avisar sobre a erva daninha que estava no seu jardim. Pela sua menção a um bando, contudo, acho que vc já tem uma idéia do que vim te contar...

- Hum... - O homem ajeita a própria postura, mas parece matutar se deve ou não confiar em Henry Crow. - E como você sabe disso?

-Bem, espero que o Sr. entenda que não posso revelar minhas fontes de informação se quiser continuar desfrutando delas. Mas como sei que confiar em um desconhecido que o aborda num banheiro seira temerario, permita-me me apresentar e dizer porque estou investigando potenciais inimigos da CAmarilla na cidade.
-Meu nome é Henry Crow e eu pertenço ao cla Ventrue. Milito como advogado tanto na sociedade mortal como na cainita e estou pensando em expandir minha atuação profissional para NY. Por conta disso andei buscando informações sobre a cidade antes de vir para cá. Foi nessa minha investigação preliminar que me deparei com o cainita com quem vc estava conversando há pouco.

- Hum... Eu sou Royce Gracie. - Ele se apresenta, mais por obrigação moral. Não há aperto de mãos. - O que você sabe sobre ele? - E dá uma chance de provar seu valor.

Henry se recorda das impressoes transmitidas a ele por seu recem feito amigo Julian.
"Quem quer que o esquisitao seja, ele colocou o Sr. Gracie para sair com o rabo entre as pernas depois de uma breve conversa. Não sei o que ele disse, mas a julgar pelo porte do chefe do lugar, deve ter sido algo bem pesado. Bem, acho que terei de falar algo que embora seja crível, soe adequado"

-Não sei o nome verdadeiro do cainita em questão, mas pela descrição que recebi de meu contato sobre as prováveis fontes de problemas para a cidade em um futuro proximo estou convicto de que se trata de um batedor do Sabá que está transitando pela cidade para colher dados para sua seita.

- Hum... - Ele não parece muito impressionado. - Me diga se souber de mais alguma coisa. - Ele se vira para sair do banheiro, mas então volta-se para ele novamente. - Você já se apresentou pra Blair?

"Que pergunta mais desgraçada. Estive no Elysium mais cedo, mas como não encontrei a Príncipe não me desimcumpi de meu dever. Será que devo abrir o jogo ou será que devo tentar ocultar minha falta de apresentação?"

- Estive no Elysium no início da noite, antes de vir conhecer o estádio, mas infelizmente a Príncipe não estava disponível para me receber.

Antes que o outro dê uma opinião sobre o assunto, a conversa é cortada pela porta do banheiro se abrindo.
Julian coloca a cabeça para dentro com um olhar um tanto preocupado. Se ele está mais preocupado com o fato do Sabá ter fugido ou com o fato de estar em cima da hora pro jogo começar, só ele saberia dizer.
Ele está com alguns respingos de sangue no rosto. Fruto da chuva de violência que caiu sobre toda a platéia enquanto ele estava ali perto da arena.

Uma nova surpresa. Antes que Julian possa avisar sobre o ocorrido, ele é empurrado por um homem sem camisa de shorts curtos e tênis de caminhada, carregando um outro sem um braço, com uma camiseta ensanguentada estancando o sangue de onde outrora havia um membro.
Todos o reconhecem como um dos lutadores que estava na arena. Se ganhou ou perdeu, ninguém ali sabe dizer. Não estavam assistindo à luta.
O homem que o está carregando o coloca sentado ao lado da pia, lava as mãos rapidamente e dá uma averiguada no fermiento por baixo do estancamento precário.

- Eu preciso de outra camisa. Me dê alguma, rápido! - Ele diz grosseiramente aos desconhecidos no banheiro, sem olhar para ninguém em específico.
- Concentre-se! - Ele grita para Isaac, cuja consciência oscila. Um tapa do mentor o faz recobrar os sentidos por alguns instantes. - Você precisa focar em fechar este sangramento. É um ferimento agravado, vai precisar de concentração e muito sangue, mas é estritamente necessário. Vamos! Pegue meu sangue para manter a Besta. - Cortando o pulso com a própria presa, o mentor derrama o sangue na boca da Cria, dividindo com ele.

Isaac +4 pds

(Recuperar um nível de dano agravado requer 1 FV e 5 pds, e a regeneração não é instantânea como as outras. Leva uma noite inteira)

@Trevor e Derryl
Dois cainitas encontram-se no estacionamento do Estádio. Utilizando-se de sutileza, eles logo reconhecem-se como membros da noite.
Conversando, eles aproximam-se do estádio. O acesso à arena subterrânea é lá dentro, então eles precisam comprar ingressos para o jogo antes de chegarem lá.
O rapaz, atrás da grade da bilheteria, avisa assim que avista a dupla chegando com os cachorros:
- Não é permitida a entrada de animais, senhor.

@Trevor, Derryl e Guil
Guil encontra dois homens acompanhados de dois cachorros na bilheteria do estádio. Lhe ocorre que ele precisará de dinheiro para entrar e ter acesso à arena. Um luxo que a vida selvagem não lhe concede...

@Todos
O jogo em breve irá começar. O barulho das torcidas preenche o ambiente. Quem está na arena subterrânea, contudo, dentre o barulho que já havia lá dentro, não tem noção do que acontece lá fora.
Quem está do lado de fora presencia em primeira mão o início do ocorrido.

Sirenes.
Várias delas.

Vindo de todas as ruas, fechando o estádio por todas as direções, várias viaturas policiais fazem uma batida repentina antes do início da grande final de baseball.
Dentre os helicópteros e dirigíveis que cruzam o céu, um em especial aproxima-se a partir do horizonte e pousa no meio da rua. É preto, militar. Uma equipe especializada desce armada e bem organizada.

Policiais saem das viaturas e, com pressa, correm rumo ao Estádio.
Três deles vêm correndo em direção a Guil, Derryl e Trevor. Eles estão armados, mas não apontam para eles. Os cachorros rosnam. Um dos policiais chega a apontar a arma para um deles.

- Senhores, contenham seus cachorros e coloquem as mãos na cabeça, por favor. Estamos numa situação crítica. - O policial mais equilibrado dentre eles consegue dizer.

Por todas as entradas do estádio, os policiais entram com pressa. Tem alguma coisa errada acontecendo lá dentro.
Será que descobriram a arena?

[STATUS]
Henry
pds 15 / 15
FV 4 / 4

Isaac
pds 11 / 13
FV 8 / 8
Vitalidade -7 Incapacitado (6 Agravados, impossível executar ações)

Julian
pds 13 / 13
FV 8 / 8

Guil
pds 15 / 15
FV 6 / 6

Derryl
pds 15 / 15
FV 4 / 4

Dr. Trevor
pds 15 / 15
FV 5 / 5

_________________
... só pode ser os nóia!
avatar
Gam

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Sab Jun 11, 2011 11:24 pm

*olho para Trevor*

- segure seus cães um momento companheiro, esses homens não pretendem nos fazer mal... ainda...

*por um instante a apreensão toma conta da expressão de Derryl, que quase que instantaneamente a desfaz e volta ao rosto sereno de sempre... olha em volta tentando entender o que os policiais pretendem, coloca as mãos na cabeça como o pedido pelo "gentil" homem da lei, mas se em algum momento tentarem algema-lo, ativação de Tenebrosidade nv 2... A MORTALHA DAS TREVAS, mas só se tentarem algema-lo*
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Stoth (Guil Barcelos) em Dom Jun 12, 2011 9:43 am

Guil caminhava lentamente em direção ao Estadio. Só então se da conta de que não estava com dinheiro, havia gastado seus ultimos tustões com o metro.
"Droga..." pensava Guil "Bom... Talvez aquele senhor com os cachorrinhos tenha algum dinheiro."
Ele se aproxima dos dois senhores e olhando para os cachorros mais de perto, logo nota que aqueles senhores não podiam ser normais. "Cachorros mais fortes do que o normal, aparencia assustadora... Creio que estou no lugar certo"
- Boa noite... - diz o Gangrel se aproximando com um sorriso no rosto - Como estão nessa agradavel noite? Vieram ver o jogo ou...

Sua fala é interrompida pelo barulho de sirenes.
"Merda.."

- Senhores, contenham seus cachorros e coloquem as mãos na cabeça, por favor. Estamos numa situação crítica.

Antes que o policial saisse, Guil, colocando as mãos na cabeça, fala se dirigindo a ele:

- O que diabos está acontecendo? Aconteceu algo no jogo?

OFF:
Aparencia: Usa uma calça Jeans um pouco rasgada, sapato marrom, uma camisa preta e por cima um casaco marom com capuz e alguns rasgos. O capuz cobre a maior parte de seu rosto mas a parte a mostra, que seria somente de sua boca até seu queijo, nota-se que é coberta por uma barba um tanto comprida, mas não uma barba comum. Não é nada muito chamativo, mas se olhassem bem sua barba pareceria mais pelos de animais do que uma barba humana. O mesmo ocorre em sua mão, que tambem é coberta por uma fina camada de pelos.
(Não é nada que vá me dar o redutor nas caracteristicas sociais, mas como quando se entra em Frenesi o Gangrel adquire caracteristicas animais e no meu preludio citei que ele entrou em frenesi, essa é uma caracteristica que ele tem.)
avatar
Stoth (Guil Barcelos)

Data de inscrição : 24/05/2010
Idade : 21
Localização : Santos

http://www.orkut.com.br/Main#Home

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Quimera em Dom Jun 12, 2011 1:19 pm

Vendo Thor rosnando e os policiais se aproximando, Trevor se afasta da entrada, dando espaço para os homens passarem.

-Thor, Odim, Junto! - Fala para os cães, que logo obedecem ao comando e se sentam, um de cada lado de seu mestre. Então, olhando para Derryl. - Parece que as coisas estão bem interessantes lá dentro...
avatar
Quimera

Data de inscrição : 20/05/2010
Idade : 26
Localização : Santos

http://atocadaquimera.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Ignus em Dom Jun 12, 2011 7:22 pm

"Esse sujeito está todo ferrado e se esvaindo em sangue. Pelo que seu companheiro acaba de falar, além disso tudo, foi ferimento agravado que ele recebeu. Ele vai precisar de vitae para se reestabelecer e eu acho que posso ajudá-lo. A formação do primeiro grau de um laço de sangue deve ser uma recompensa pelo bom samaritanismo."

Crow se adianta até o cainita ferido no chão e fala para seu companheiro:

-Teu amigo vai precisar de litros de vitae para sair dessa. Mais do que um pedaço de pano, ele vai precisar de mais uma fonte de sangue.

A seguir, a menos que o cainita que está ajudando o vampiro ferido faça algo para impedí-lo, Crow também usará suas presas para abrir seu próprio pulso e fornecer um pouco de seu sangue (por um turno) ao combatente tombado, derrubando o líquido na boca de Isaac.
avatar
Ignus

Data de inscrição : 12/03/2011
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Seg Jun 13, 2011 6:30 am

*ainda com as mãos na cabeça, olha para Trevor e indica com a cabeça para o segundo Cainita barbudo que havia chegado*

- olá barbudinho... o que faz aqui? também conhece o seleto grupo de Cain?
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Stoth (Guil Barcelos) em Seg Jun 13, 2011 7:59 am

O Gangrel espera que os guardas não estejam ao seu redor para responder ao cainita:
- Barbudinho você diz? - o Gangrel da uma risada sarcastica - nunca ouvi essa antes. Sim conheço; Mas tenho um pequeno problema que espero que você, senhor engomadinho, possa me ajudar. Mas creio que seja melhor deixarmos isso para depois que isso esvaziar um pouco.
avatar
Stoth (Guil Barcelos)

Data de inscrição : 24/05/2010
Idade : 21
Localização : Santos

http://www.orkut.com.br/Main#Home

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Dylan Dog em Ter Jun 14, 2011 6:41 am

*olhando para o barbudinho*

- É... tem razão. Prazer... Derryl Hirt. Só não lhe estendo a mão por motivos judiciais, rsrsrs

*Derryl era simpático com o Gangrel afim de puxar assunto e se entreter*
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 25
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yankee Stadium

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum