The Red Race

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

The Red Race

Mensagem por Blackwood em Dom Maio 13, 2018 3:43 pm

THE RED RACE



Tipo de aventura: política, estratégia e investigação.
Número de vagas: 3
Seita: Camarilla
Tipo de ficha: Neófito

Fragmento de carta encontrado nos escombros da capela tremere, após o incêndio que matou o Regente Dimitri e sua prole:

"Estimado Justicar Anastasz Di Zagreb, escrevo-lhe esta carta para lhe deixar a par da presença de Ângelo em Detroit, o mesmo cainita contemplado nas linhas da lista vermelha e caçado por nosso clã..."

Por algum motivo, este fragmento de carta nunca chegou as mãos de seu destinatário.

Detroit é uma cidade relativamente pequena, permitindo um baixo número de indivíduos mortos-vivos. Guardando as devidas proporções, a região abriga cerca de sete imortais OFICIALMENTE conhecidos. A estrutura política, apesar de frágil e defasada pela falta de membros da região, não vem enfrentando grandes adversidades durante sua gestão.

Vampiros de Detroit:


Príncipe: Bruce Crowford

Clã: ventrue
... Do complexo de prédios Renaissance Center, Crowford controla a cidade inteira. Raramente gasta o caro solado de seus sapatos nas ruas, porém vez ou outra figura em alguns eventos importantes. Crowford é conhecido pelo seu traço comportamental de um megalomaníaco.
-----------------------------------------------------------

Primigênie: Francesca Chevallier

Clã: Nosferatu
Misteriosa e poderosa. Até mesmo Crowford se sente desconfortável na presença de Chevallier, pois ele sabe quão antiga é tal criatura e detentora de grande poder. Apesar de ser o vampiro mais antigo da cidade, Chevallier não almeja o cargo de príncipe de Detroit, muito pelo contrario, a vampira gosta de se manter no anonimato deixando seu nome soar como uma lenda na boca das outras criaturas noturnas enquanto se dedica aos seus interesses desconhecidos por todos. Seu refúgio é desconhecido, mas rumores variam entre o zoológico e o cemitério. 


-----------------------------------------------------------

Primigênie/Zelador do Elísio: Gary Mitchell

Clã: Malkaviano
Talvez seja o mais “simpático” (na medida do possível) dos imortais de Detroit. Mitchell exerce suas funções com paixão, talvez ele tenha se agarrado a tais atividades, para fugir do eterno tédio que aflige alguns vampiros nas noites atuais. Mas deduções a parte, ele tem se mostrado um excelente anfitrião, imparcial nas decisões o que cativou o respeito da maioria dos membros de Detroit, exceto do príncipe que faz pouco do malkaviano numa tentativa de diminuir o prestigio do mesmo. Talvez isso seja movido pela frustração de não poder controlá-lo como faz com todos. Mitchell também é conhecido por sua paixão pela a arte. O vampiro coleciona toda forma de expressão da arte, e as ostenta e sua mansão, onde o excêntrico malkaviano mantém um restaurante fino onde toda a sociedade de alto escalão se faz presente.

-----------------------------------------------------------

Primigênie: Helena Johnson

Clã: Toreador
Fútil, diletante, clichê? Talvez. Porem jamais deve ser subestimada. Johnson tem a sociedade mortal na palma da sua mão. Colecionadora de amantes poderosos, muitas vezes solicitada por Crowford que enxerga nela um atalho para alcançar seus objetivos políticos e econômicos mais rapidamente, gozando da influência da toreadora. Johnson é figura constante na mansão de Mitchell.

-----------------------------------------------------------

Senescal: Charlie Mackenzie

Mackenzie vem sendo o braço direito de Crowford desde o início de seu governo. (...) Ele gosta de se manter a par de todos os assuntos da cidade e para isso mantém uma rede de contatos e aliados maior até mesmo que a do príncipe. Más línguas dizem que ele almeja o lugar do príncipe. Essas pessoas esperam pelo dia em que Mackenzie mostrará sua verdadeira face. Mas é seguro dizer que isso não passa de especulações, que não existem provas que questione sua lealdade. 


-----------------------------------------------------------

Primigênie/Xerife: Eliot Foster

Clã: Brujah
Não precisa ser um bom observador para deduzir a insatisfação de Foster com o atual cenário da cidade, apesar do mesmo se manter reservado e cumprir fielmente as atividades que seu cargo lhe conferi.

-----------------------------------------------------------

Aspirante a harpia: Isaac Hall

Clã: Toreador
Prole de Johnson, porém rejeitado por sua criadora. Mesmo assim, o jovem vampiro é capaz de qualquer coisa para impressioná-la. De modo informal, Hall assumiu o papel de harpia, se auto intitulando dono cargo. Os outros vampiros o ignoram e até se divertem assistindo o seu esforço considerado tolo em agradar os mais poderosos, porém suas informações não são totalmente ignoradas, apesar de não valorizadas.

-----------------------------------------------------------

Carniçal: Jacob (exceção do spoiler)

Carniçal de Francesca Chevallier
Dono de um bar dentro do mercado Eastern Market, local este que se transformou num ponto de encontro para todo tipo de pessoas com as mais diversas intenções. Local sugerido para se conseguir informações necessárias.

-----------------------------------------------------------

Anátema: Ângelo

Clã: Irmão de sangue
Geração: Oitava


Alguns locais importantes:


Renaissance Center


Eastern Market, Detroit


Mansão de Gary Mitchell




Última edição por Blackwood em Dom Maio 13, 2018 5:11 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Seg Maio 14, 2018 9:16 pm

FOX THEATRE




A atmosfera de Detroit estava mais fria e pesada nessa noite. Uma inquietação silenciosa, afligia os corações dos mortos-vivos da cidade. A muito tempo o príncipe Crowford não orquestrava uma corte para seus súditos, mas hoje seria diferente. Quase Todos estavam reunidos no grande e exuberante Fox Thatre, palco de muitos consertos regidos por maestros renomados e peças de teatros mundialmente conhecidas. Local onde as emoções do público eram atenuadas pelas melodias clássicas que ecoava pela edificação. Enquanto os demais membros não chegavam, um casal ao centro do palco, "afagava" os ouvidos dos ali presentes com melodias clássicas tocadas num belíssimo piano de cauda e extraídas das cordas de um violoncelo...

Finalmente todos os membros esperados se faziam presente. O Senescal Mackenzie, olhava para o príncipe que estava sentado na primeira fileira de cadeiras e os dois acenavam positivamente com a cabeça. Mackenzie se levantava batendo palmas e caminhando em direção ao palco para encerrar a apresentação do casal. Alguns membros ali torciam os narizes ao contemplar Charlie Mackenzie, sem dúvidas, o Senescal não era muito cativo por ali. Mackenzie liberava o palco para que Crowford pudesse iniciar aquela corte o quanto antes. Além dos vampiros mais antigos da cidade, estavam também Lincoln e Helen. Aquela era a primeira corte em que os dois figuravam depois da corte de apresentação a alguns meses atrás.

Finalmente o príncipe dava início a reunião. Primeiro, Crowford tratava de alguns assuntos locais e de interesse comum, nada além do esperado, nada diferente do corriqueiro, mas logo a reunião atinge o seu ponto esperado...

Crowford - Meus estimados irmão! Esta noite eu também os convoquei para que todos estejam a par da presença de um anátema em nossas terras. Falo de Ângelo, o irmão de sangue que tem seu nome contemplado nas temidas páginas da lista vermelha. Tenho fortes motivos para acreditar que o assassinato de Dimitri foi efetuado por esse terrível anátema. Porém, o seu objetivo em nossa cidade ainda não foi completado... Ângelo está em busca de sangue, e ainda não está saciado.

O príncipe pausava suas palavras para dar espaço as conversações paralelas que inflamavam nas confortáveis cadeiras aveludadas do grande Fox Theatre. Os mortos-vivos discutiam entre si num misturado de reações distintas em relação a informação compartilhada por Crowford. Perguntas eram feitas pelos membros e respondida pelo príncipe, até que todos se deparavam com a atual situação de Detroit, uma caçada de sangue. Ninguém estava seguro naquelas terras, alguns falavam até em sair até que a situação seja resolvida, outros sugeriam pedir ajuda as demais cidades, porém, quando ouviu isso, Crowford quase ficava furioso...

Crowford - NÃO!... digo,... não faremos isso. Detroit vem sido ignorada do resto do mundo, passamos por grandes dificuldades econômicas e sociais e o que nossos "irmãos" nos ofereceu? Temos um trunfo nas mãos, nós vamos resolver sozinhos, e depois, reclamar nosso devido reconhecimento ao círculo interno. O príncipe andava de um lado para o outro no palco de forma lenta, com as mãos se encontrando nas suas costas. Ele observava cada face diante dele com um olhar analítico, se preparando para continuar a falar.

Novamente as conversas paralelas, porém desta vez mais contidas.

Crowford - Todos sabem o quão defasada é nossa sociedade em Detroit. Alguns cargos estão para ser preenchidos e junto a eles privilégios. Me tragam Ângelo, e suas vidas iram melhorar bastante. Aos que já possuem cargos, eu ofereço mais poder!

O político discurso inflamava os corações de alguns mas não de todos. Ali havia membros que gozavam de tanto poder que uma caçada de sangue não poderia lhes proporcionar muita coisa além de uma distração temporária. Crowford explicava que precisava de Ângelo estacado para poder negociar seu corpo com o circulo interno em troca de favores que beneficiaria a todos os vampiros em Detroit, e sem muitas delongas a corte era encerrada. Pouco a pouco os imortais deixavam o local para se dedicar as suas não-vidas ou a caçada de sangue declarada. 
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Ter Maio 15, 2018 8:41 am

Bryan "Kim" Mills


Ps: 10/10
Fv: 05/05
V: ok



Mais uma noite o gangrel despertava para a sua sina da imortalidade. O seu Bunker afastava o perigo externo e fazia com que Bryan se sentisse seguro. Um típico cidadão americano fanático por artigos de guerra. Tal Residência fora comprada a poucos dias e Bryan ainda era um desconhecido na cidade, na verdade ele não sabia de nada a respeito daquele local. Enquanto o gangrel se arrumava para fazer o que pretendia, seu telefone tocava. Bryan conhecia bem aquele número, era Douglas, o funcionário do haras em que o cavalo de Bryan estaria hospedado. O vampiro atendia ao telefone e a conversa se iniciava...


Douglas - Alô, Sr Mills? aqui é o Douglas. Estou de ligando para lhe avisar de uma situação estranha que anda acontecendo aqui no haras. Essa manhã quando cheguei para iniciar o meu expediente, alguns cavalos estavam mortos. E o mais estranho foi a maneira em que os achei, eles estavam em pedaços! Com o seu cavalo não aconteceu nada senhor, mas achei que gostaria de saber senhor.


Bryan ja estava acostumado com essa bajulação, talvez toda pessoa rica tivesse a mesma sina. Mas por mais que o funcionário estivesse com segundas intenções, a informação não era de se ignorar. Bryan tem um apreço por seu animal, sem falar no valor em verdinhas do mesmo...
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Lipe em Ter Maio 15, 2018 11:34 am

Bryan "Kim" Mills






   — Boa noite senhor Douglas. Obrigado por me avisar, eu posso comparecer agora a noite para ver minha égua? Fiquei preocupado com ela, quero ver pessoalmente como ela está, se possível. Obrigado.

   Desligo o telefone e paro para pensar um pouco, o que será que pode ter acontecido!? Animais despedaçados, e apenas a minha viva!? Que tipo de mensagem é essa? Terei que ir pessoalmente averiguar isso.

   Tranco a entrada de meu bunker, vou me arrumar, visto minha roupa, pego minhas coisas: uma agenda, minha caneta, o celular (verifico se esta devidamente carregado), me olho no espelho e vou atrás de Olivier:

   — Boa noite Olivier. Como está? Tudo seguro por aqui? . . . Preciso que me leve em um lugar, pode deixar a segurança à cargo de algum responsável e me levar de carro? Vamos no haras, ver meu cavalo, parece que todos os cavalos morreram, menos a Epona.

   Vamos até o carro, e pelo caminho vou perguntando sobre as coisas que Oliver tem visto na cidade, se já fechou acordo com alguma agencia de seguranças e como anda o treinamento dos cães de guarda.

   — Não se esqueça que você deve ser o Alfa do grupo, e torne um cão o Beta, assim você terá como comandar eles com mais facilidade. Qualquer duvida sobre o seu dom de falar com animais, me pergunte, estou aqui para ajuda-lo.

   Chegando no haras, peço que Oliver tranque o carro e fique de prontidão, e no caso de apuro, não fique, saia dali com o carro e espere as coisas se acalmarem. Falo com o responsável lá, e vou ver a situação, observo os cavalos mortos, e tento perceber que tipo de ataque foi esse, se foi de natureza Gangrel, ou de vampiro (Investigação), e por fim, vou ver minha égua. Conseguindo ficar à sós com ela (peço que qualquer mortal ali saia, ou vá pegar algo, como os equipamentos para eu montar Epona), pergunto para ela o que aconteceu (Sussurros Selvagens), e escuto a sua explicação.


Última edição por Lipe em Ter Maio 15, 2018 11:03 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Romullus em Ter Maio 15, 2018 3:39 pm

Helen observava bem tudo que estava sendo retratado na reunião dos maiorais, prestando atenção a cada um que estava lá, à medida do alcance dela, e ao assunto tratado, mas de uma forma distante e desinteressada; não era pra sua alçada. Então, ela meio que virou para Lincoln, ao seu lado, como num impulso de curiosidade, a fim de ver como ele reagia ao evento, então, voltou a atenção ao grande evento. Helen sentiu uma agitação na parte que mencionam caçada, se imaginando em ação... mas entortou a boca, imaginando que ela precisaria muito mais que só sua imaginação. Helen sente inquietação. Esse assunto a  lembrou que ela poderia estar fazendo sua caçada pessoal, ao invés de estar ali, ouvindo um monte de Seres discutindo o que não lhe interessava. Ela pensa em sair, nesse momento.
avatar
Romullus

Data de inscrição : 07/12/2017
Idade : 37
Localização : Ainda no planeta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qua Maio 16, 2018 12:02 pm

Bryan "Kim" Mills
 
 
Ps: 10/10
Fv: 05/05
V: ok
 
 
Bryan deixava o seu refúgio fortemente protegido beirando a paranóia até. O gangrel não era uma criatura com inimigos potenciais, entretanto, achava necessário todo aquele cuidado. O vampiro solicitava os serviços de Olivier, sua carniçal responsável pela segurança particular, Bryan pedia que Olivier o acompanhasse até o haras, a carniçal é claro não apresentou nenhuma objeção ao pedido de seu sire.
 
No caminho, Bryan perguntava se Olivier teria presenciado algo de atípico na cidade que fosse de relevância ser compartilhado, mas a carniçal não tinha muito que falar. Havia pouco tempo em que ambos se instalaram na cidade e muito tinham a descobrir sobre o local. Este fato intrigava mais ainda a cabeça de Bryan, por que o ataque ao haras? Será que teria alguma coisa haver com a sua pessoa? Perguntas e mais perguntas enchiam a cabeça do recém-chegado gangrel.
 
Chegando ao haras, Bryan logo pode ver Douglas, que parecia esperar o vampiro. O gangrel se aproximava e pede para ser levado até o local do acontecimento, o funcionário atendia o seu pedido de imediato. Quando mais perto chegavam do estábulo, mais um cheiro de morte invadia as narinas de Bryan. Apesar da limpeza já ter sido feita pelas equipes competentes, demoraria algum tempo até esse odor de sangue deixar o local.
 
Bryan se aproxima de epona, sua égua premiada de pelagem negra. Ao ver seu dono, o animal se assusta e se descontrola no seu alojamento no estábulo. A égua relinchava e dava coices agitando assim os outros animais remanescentes do ataque. Bryan tinha pedido para ficar a sós com o seu animal, apesar de achar estranho, os funcionários do haras não protestaram ricos tem cada mania! Pensavam eles. Mas o exaltar dos animais relinchando simultaneamente chamou a atenção dos demais que correram para ver o que estava acontecendo...
 
Mas algo além da compreensão do rebanho era notado por Bryan, além da sua égua, os outros eqüinos falavam a mesma coisa... VÁ EMBORA! VÁ EMBORA! Aquilo sem dúvidas deixava o gangrel mais intrigado do que antes.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qua Maio 16, 2018 12:04 pm

Hellen Desirré
 
 
Ps: 10/10
Fv: 06/06
V: ok
 
 
Hellen seguia a reunião mais por obrigação do que por vontade. A vampira começava a ficar entediada com os problemas da sociedade local, apesar da palavra caçada ter feito seu coração morto pulsar por um instante. Caçada, isso para ela é mais um sentimento do que o próprio significado. Sentimento esse que se compara as excitações mundanas do rebanho. A malkaviana simplesmente se levantava e saía do local. Claro, essa atitude chamou a atenção de todos ali presentes, não de maneira positiva. Antes que Helen pudesse sair, o príncipe Crowford lhe interrompia...
 
Crowford – Algum problema srta. Hellen Desirré? Nossas questões lhe enfada a ponto de cometer à indelicadeza de nos virar as costas?
 
Agora sim, a malkaviana se tornava o centro das atenções, até mesmo os mais distraídos se viravam e esperavam uma resposta da vampira.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Romullus em Qua Maio 16, 2018 3:12 pm

Crowford – Algum problema srta. Hellen Desirré? Nossas questões lhe enfada a ponto de cometer à indelicadeza de nos virar as costas?
 
Agora sim, a malkaviana se tornava o centro das atenções, até mesmo os mais distraídos se viravam e esperavam uma resposta da vampira.[/quote]

Helen para e fita o Prícipe Crowford no olhos e estica um sorriso simpático, dizendo: não, senhor Crowford. De jeito nehum. Helen olha sobre os ombros do Príncipe e, em volta, franzindo a testa, como se procurasse alguém, mantendo o seu disfarce.
avatar
Romullus

Data de inscrição : 07/12/2017
Idade : 37
Localização : Ainda no planeta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Lipe em Qua Maio 16, 2018 5:04 pm

Bryan "Kim" Mills






    Observo aquela situação inusitada, e mantenho a calma. Não posso quebrar a Máscara, mas ainda posso agir sem ser descoberto. Me aproximo de minha égua, enquanto ergo a mão aberta, e ando com uma perna atrás e outra na frente. E então uso Sussurros Selvagens para me comunicar com os equinos, primeiro com minha égua, e depois com os outros. Mas faço de um jeito que pareça que estou relinchando, como um adestrado faria, e depois, se conseguir tocar em Epona, eu continuo conversando mentalmente com eles, e aparento estar acariciando o rosto da égua enquanto vou tentando entender o que está acontecendo:

    — Eu não vim fazer mal, sou amigo. Epona me conhece. Por favor, me digam o que aconteceu aqui? Quem fez isso com nossos amigos?
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qua Maio 16, 2018 8:50 pm

Hellen Desirré


Ps: 10/10
Fv: 06/06
V:   ok

Helen controlava sua vontade de partir dali devido a intervenção do príncipe Crowford, a vampira olhava em volta como se estivesse procurando alguém e então tornava se sentar e ficar até o fim da reunião. Não demora muito e a corte era encerrada e enfim Hellen podia seguir seu caminho. O olhar de reprovação dos cainitas pesavam sobre a malkaviana, porém, a tempos ela tinha se tornado um ser independente e não precisava da aprovação de ninguém. 

Saindo do teatro, Hellen seguia em direção a esquina e a dobrava seguindo na rua paralela do teatro. A rua estava erma, o único movimento era de alguns ratos que atravessavam de uma calçada para outra e de alguns papeis que rolavam seguindo a direção do vento. Um poste queimado deixava a atmosfera do local ainda mais sinistra, bem, mas não para Hellen que estava acostumada a passar por situações extremas de adrenalina que suas caçadas lhe proporcionavam. Mais a frente, a vampira percebia duas pessoas conversando, uma delas era conhecida, se tratava de Charlie Mackenzie, o antipático senescal. A outra, além de ser estranha a memória de Hellen, era um tanto suspeita. Hellen deduzia ser um homem pela altura, por que seu rosto estava coberto por um capuz. 

Mackenzie parecia entregar algo de importante para a pessoa, pois o senescal estava nitidamente nervoso olhando para todos os lados. Ele só não percebeu Hellen ainda pelo fato da vampira estar bem embaixo do poste com defeito, ela estava num ponto totalmente escuro e atrás de uma caçamba de lixo. Os dois continuavam a falar mas a vampira não conseguia ouvir por causa da distância.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qua Maio 16, 2018 9:04 pm

Bryan "Kim" Mills


Ps: 10/10
Fv: 05/05
V:   ok

Apesar do alvoroço dos animais, Bryan se mantinha calmo e usava de seus dons cainitas para manter contato com os animais e gradativamente os ânimos foram sendo controlados e Bryan foi conquistando a confiança dos equinos. As pessoas ali observavam o gangrel relinchando (ou pelo menos tentando) e trocavam olhares entre si se esforçando para segurar um riso, como não queriam deixar o digníssimo cliente constrangido, novamente eles deixavam o local e só agora Bryan conseguia manter um contato sólido para conversar com Epona. 

Apesar de Epona não ter a inteligência necessária para formar frases complexas, O vampiro conseguia extrair aos poucos as informações de que precisava. Após alguns minutos de "conversação", Bryan descobre que o ataque foi feito não só por um, mas por um bando de aproximadamente quatro homens. Pela natureza do ataque, Bryan deduzia ter sido obra de semelhantes a ele.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Romullus em Qui Maio 17, 2018 3:29 am

antipático senescal. A outra, além de ser estranha a memória de Hellen, era um tanto suspeita. Hellen deduzia ser um homem pela altura, por que seu rosto estava coberto por um capuz. 

Mackenzie parecia entregar algo de importante para a pessoa, pois o senescal estava nitidamente nervoso olhando para todos os lados. Ele só não percebeu Hellen ainda pelo fato da vampira estar bem embaixo do poste com defeito, ela estava num ponto totalmente escuro e atrás de uma caçamba de lixo. Os dois continuavam a falar mas a vampira não conseguia ouvir por causa da distância.[/quote]

Helen se mantém parada sob a sombra do poste com defeito e observa, por um breve momento, ambos conversando, fazendo a sentir aquela  curiosidade  de escutar o que ambos estavam falando, quem seria essa pessoa que o Senescal estava conversando e o que esse cara estava recebendo. Depois de ponderar por 3 segundos, Helen ativa seu segundo nível de Ofuscação, se aproxima mais um pouco, talvez, mais 2 metros em direção aos dois, de modo que ela pudesse observar melhor o rosto  desse "cara",  mas faz isso, usando as sombras como seu subterfúgio, e, ao mesmo tempo, usando possíveis obstáculos da rua; (ou carros/motos/ caminhão, ou um próximo poste- sE esse, também, estiver apagado-, um outro latão de lixo, amontoados de lixo, tipo sacos grandes, etc. Obs: e se não tiver nenhum desses obstáculos entre ela e os alvos, ela vai se agachando bastante, usando só as sombras mesmo). Chegando na distância desejada, ela ativa, agora, o primeiro nível de Auspícios, aguçando sua audição e sua visão, a fim de ouvir melhor a conversa e observar melhor, e se possível, o rosto do "cara".
avatar
Romullus

Data de inscrição : 07/12/2017
Idade : 37
Localização : Ainda no planeta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Lipe em Qui Maio 17, 2018 9:46 am

Bryan "Kim" Mills





   Após ouvir o que os cavalos dizem, enquanto disfarçava estar apenas tentando uma aproximação, e acariciando o rosto de minha égua, eu me viro de costas para os cavalos, pego um cigarro, acendo, e vou em direção à Douglas, ou outro funcionário do haras ali perto, e mantendo a calma, e com um ar investigativo, digo:

   — Tem alguma coisa gravada?" (aguardo resposta) . . . (Se SIM: peço para arrumarem os vídeos para eu ver; se NÃO, continuo falando) "Já avisaram a policia?" (aguardo resposta) . . . "O que vocês sabem sobre isso tudo, me digam tudo!".



Off:
   Continuo fumando enquanto ouço o relatório sobre o ocorrido, e apos isso, eu mesmo vou observar atentamento o local, analisando o que restou do sangue ou pedaços de carne. (Se há vídeo para assistir, vou agora vê-lo). Por fim, usando as informações coletadas até agora, vou investigar o local, atrás de pistas para clarear mais a minha mente sobre o que aconteceu ali neste dia.
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qui Maio 17, 2018 10:26 am

Hellen Desirré


Ps: 10/10
Fv: 06/06
V:   ok

A malkaviana se interessava na conversa suspeita de Mackenzie, a vampira se aproximava o mais sorrateiro possível, utilizando de todos os objetos presentes ali na rua. Além disso, Hellen utilizava dos seus dons cainitas para se manter sobre o véu da invisibilidade e aumentando os seus sentidos da visão e audição para captar melhor a conversa. O mais próximo que ela conseguia chegar com segurança era cerca de 50m, Pois o ultimo obstaculo era um carro estacionado ali, depois dele a linha de visão era livre para os dois. Porém, isso não a impedia de escutar a conversa como estivesse ao lado dos dois devido o uso do auspícios.

Mackenzie - Você está se precipitando porra, olha a bagunça que seu bando fez no haras! eu já te disse, tudo tem a hora certa, não vá com tanta sede ao pote Lúcio. Esse pendrive contém todas as informações de que precisa para que prosseguir o nosso plano...

Sem dizer nada, o homem encapuzado que Mackenzie chamava pelo nome de Lúcio, virava sua cabeça em direção de Hellen como se procurasse algo. Mackenzie parava de falar e também olhava, mais por curiosidade do que por ter detectado algo. Então, Lúcio se virava para Mackenzie e dizia:

Lúcio - Este local não é mais seguro, nossa conversa se encerra aqui, farei contato quando for necessário. Adeus Charlie...

Então o misterioso Lúcio entrava em um beco fora da linha de visão de Hellen. Manckenzie ficava parado por alguns segundos, olhando na mesma direção em que Lúcio olhou, porém desisti rapidamente. O senescal começava a andar na direção oposta de Hellen até sumir ao final da rua que dava numa avenida movimentada.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qui Maio 17, 2018 10:40 am

Bryan Mills


Ps: 10/10
Fv: 05/05
V:   ok

Com as informações colhidas, bryan traçava um plano de ação na sua cabeça. O vampiro recorria até Douglas, o funcionário prestativo que lhe avisou sobre o ocorrido, para fazer algumas perguntas. 

-Tem alguma coisa gravada?

Douglas - Temos sim senhor, nosso haras conta com um sistema de segurança avançado senhor Mills!

Dizia o orgulhoso funcionário.

-Já avisaram a policia?


Douglas - Já sim senhor Mills, pode ficar despreocupado, as autoridades já estão trabalhando no caso. Logo logo eles nos darão uma resposta a respeito do caso... E eu lhe avisarei é claro!

-O que vocês sabem sobre isso tudo? Me digam tudo!


Douglas - Como te disse senhor, a polícia esta trabalhando no caso, nós ainda não sabemos de nada.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Lipe em Qui Maio 17, 2018 11:27 am

Bryan "Kim" Mills



   Solto a fumaça enquanto fito atentamente nos olhos do Douglas, e falo, demonstrando raiva contida, e bancando postura de cowboy:

    — Vocês têm uma cópia da gravação? Quero ver. E tenho direito à isso, alias, se minha égua ficar com alguma sequela emocional, vocês serão processador até terem que vender as cuecas! Agora ande, deixe-me ver esse vídeo!

Se poder ver o vídeo:
    Então continuo fumando, e vou ver o vídeo, se me deixarem. Presto atenção em todos os detalhes, e o vídeo quantas vezes for necessário para pegar todas as pistas possíveis para identificar esses vampiros, o que queriam, porque a brutalidade, e para onde foram.

   (Após isso, volto para o local aberto,) e começo a investigar e procurar pistas, como sangue, pêlo, marcas de pneu carro em locais inusitados, ou o que for que eu ache relevante. (Caso tenha visto o vídeo, uso isso para ir em locais onde possa encontrar algum rastro.)

   O tempo todo, mantenho postura de cowboy, andando com as pernas largas, e parando com a perna estendidas.
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qui Maio 17, 2018 3:38 pm

Bryan Mills


Ps: 10/10
Fv: 05/05
V:   ok

Bryan parece não ter ficado contente com o fato de terem entregado a gravação de segurança as autoridades. Mas ele sabia que era uma atitude instintiva do rebanho, por isso não tomava atitudes mais extremas. O vampiro insistia com Douglas para que o deixasse assistir o vídeo, inclusive com ameaças até.

- Vocês têm uma cópia da gravação? Quero ver. E tenho direito à isso, alias, se minha égua ficar com alguma sequela emocional, vocês serão processador até terem que vender as cuecas! Agora ande, deixe-me ver esse vídeo!

Mas nem mesmo tais ameaças eram eram efetivas, pois não se tratava da vontade de Douglas, ou de alguém ali, pelo menos era isso que o funcionário do haras tentava explicar para o gangrel.

Douglas - Oh meu caro, eu gostaria muito de atender o pedido do senhor, mas infelizmente isso não está ao meu alcance. A fita de segurança é de posse da empresa de segurança, e como eu te disse, os mesmos já enviaram a gravação da noite passada para as devidas autoridades, eu sinto muito senhor.

Bryan não tinha muito o que fazer com Douglas, o mortal estava sendo sincero no que dizia, então o vampiro voltava a cena do crime em busca de alguma pista que o ajudasse a chegar a uma conclusão, ou pelo menos o norteasse.

Bryan era minucioso em sua procura, ele não tinha pressa e analisava cada detalhe que pudesse lhe trazer alguma informação útil. Ele olhava os estábulos onde os animais foram ceifados, ele olhava o corredor entre os estábulos e até mesmo as pilastras de madeiras que sustentam o telhado. Em uma delas, algo lhe chamava a atenção, marcas de garras que com certeza foram feitas por alguma criatura sobrenatural, garras que o gangrel conhecia bem. Além disso, numa parte um pouco afastada do local onde ficava os animais, mas ainda dentro da propriedade do haras, Bryan percebe um crachá ao chão. O vampiro o pegava e constatava se tratar de um funcionário de um posto de gasolina.



Rolagem de dados:

Teste de investigação dificuldade 6: [10 - 9 - 3 - 5 - 5 - 10] = 3 sucessos
+ 2 dados de especialização: [5 - 2] = 0 sucessos
Total do teste: 3 sucessos
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Lipe em Qui Maio 17, 2018 5:03 pm

Bryan Mills



   Passo a mão sobre as marcas das garras, e invejo os Gangrel criados livres, do jeito que tem que ser, vivendo à margem dessa selvageria que a civilização é, e soltos para gozarem de sua imortalidade. O meu Senhor e Mentor têm Garras, mas eu fui Abraçado para um objetivo, e usei o meu tempo para outra atividade que não é aproveitar a não-vida, mas igualmente mortal para o inimigo: dinheiro. Eu sei que sou uma ferramenta para meu Senhor e Mentor, mas não tenho condições de contrariar a decisão deles, por enquanto. E esse desvaneio me faz ficar imaginando o quão útil para um vaqueiro é ter garras como os outros iguais à mim. E então volto minha atenção para o agora, e tento imaginar quem deve ter feito essas marcas alí. E a primeira coisa que me vêm à cabeça é: "preciso ir me apresentar à Camarilla local!"

   Então escondo comigo esse crachá, e vou até Douglas:

   — "Mantenha-me informado, e quero saber sobre o laudo da polícia. Vocês terão que conquistar minha confiança de novo!"

   Vou até Epona, e peço para algum funcionário trazer as rédeas e outros equipamentos de Epona para eu levar ela dali. Selo ela, monto e vou até Olivier, e falo pra ela:

   — "Vá na frente, e prepare o estábulo. Epona ficará conosco, por enquanto."


Última edição por Lipe em Qui Maio 17, 2018 7:24 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Romullus em Qui Maio 17, 2018 5:25 pm

Lúcio - Este local não é mais seguro, nossa conversa se encerra aqui, farei contato quando for necessário. Adeus Charlie... Então o misterioso Lúcio entrava em um beco fora da linha de visão de Hellen. Manckenzie ficava parado por alguns segundos, olhando na mesma direção em que Lúcio olhou, porém desisti rapidamente.===Helen aperta a boca, contrariada, pq ainda não estava saciada. Queria mais respostas. Sentindo que a conversa estava terminando e que ambos iriam partir, Helen pensa em tentar arrancar mais respostas, nem que seja uma pistazinha a mais, e, então, apela para outra de suas habilidades. Sabendo da natureza de morto-vivo do Senescal, ela se concentra, (gastando, assim, um ponto de F.V.), aproveitando que o Senescal ainda permanece no local, por uns poucos segundos, aí, começa a escrutinar a mente do alvo.
avatar
Romullus

Data de inscrição : 07/12/2017
Idade : 37
Localização : Ainda no planeta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qui Maio 17, 2018 9:56 pm

Bryan Mills


Fv: 10/10
Fv: 05/05
V:   ok

Bryan temia deixar seu animal de estimação no haras. O vampiro pedia a Douglas que preparasse a égua para cavalgada. Enquanto o rapaz atendia prontamente o pedido de Bryan, O vampiro caminhava até lá fora onde tinha mandado Olivier esperar, para dar novas instruções a sua lacaia.

- Vá na frente, e prepare o estábulo. Epona ficará conosco, por enquanto.

Olivier - sim, senhor Bryan, quando chegar já vai estar tudo como deseja!

Olivier caminhava em direção do carro e tirava um rádio telecomunicador de um suporte acoplado em seu cinto. Ela perguntava se tinha alguém na escuta e logo que teve um retorno, começou a delegar as ordens de seu sire e patrão Bryan Mills. A carniçal entrava no veículo, dava partida e seguia em direção ao refúgio.

Enquanto observava a cena, Bryan ouvia Douglas o chamar. Ele se virava e via o rapaz se aproximando com a égua devidamente preparada como solicitado e sendo puxada gentilmente por Douglas através de uma corda.

Douglas - Aqui está Senhor Mills, como solicitado. Assim que tivermos uma resposta sobre o caso, o contatarei imediatamente. Preciso voltar lá pra dentro, tenho muito trabalho a fazer, se me permite.

O funcionário se virava e voltava para o haras, Bryan montava em sua égua e calmamente cavalgava pela estrada de terra, até chegar no asfalto.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Qui Maio 17, 2018 10:11 pm

Hellen Desirré


Ps: 10/10
Fv: 05/06
V:   ok

A conversa terminou rápida demais, ou talvez, Hellen tenha chegado tarde demais, mas o fato é que a vampira não estava satisfeita com o que escutou, ela achou pouco e queria descobrir mais sobre o que estava acontecendo ali. Hellen não agiu diferente de muitos que estaria na posição de vantagem em que ela está. 

A vampira se concentrava para invadir a mente do senescal, mas talvez não tenha sido o suficiente. Por mais que Hellen tentasse, a mente de Mackenzie se mantinha fechada a invasores, pelo menos naquele momento. E tendo seu esforço em vão, só restava a vampira contemplar o seu alvo indo embora sem nem imaginar que por pouco sua mente não foi arrombada pela malkaviana.

Agora, somente os ratos faziam companhia para a vampira, enquanto ela absorvia a cena em que tinha presenciado.

Rolagem de dados:

Teste para telepatia dificuldade X: [2 | 2 | 1 | 9 | 7 | 1] = 0 sucessos
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Romullus em Qui Maio 17, 2018 10:53 pm

Helen fica mUito frustrada por ter tentando tanto sem nenhum resultado, e pensa: "ah, é??", franzindo a testa e com olhar de raiva. Ao ver os Senescal que parecia cauteloso na noite, se afastando, faz Helen se apressar atrás dele, ainda ofuscada e usando as sombras como seu subterfúgio, só que, dessa vez, ela corre, mas, ao mesmo tempo, com mUito cuidado ao cruzar com as faixas e áreas de luz, se esquivando e freiando para evitá-las, contornando-as pelas sombras, e, em seguida, acelerando, de novo. Helen, nesse momento, estava concentrada para alcançar seu objetivo.
Off: Quero fazer um teste de Destreza, gastando um ponto de FV, pra garantir um sucesso.


Última edição por Romullus em Sex Maio 18, 2018 7:45 am, editado 2 vez(es)
avatar
Romullus

Data de inscrição : 07/12/2017
Idade : 37
Localização : Ainda no planeta.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Lipe em Qui Maio 17, 2018 11:47 pm

Bryan Mills



   "Es o meu estado natural: montado, cavalgando, sentindo o vento no rosto enquanto minha égua trotava. Às vezes corria o máximo que dava, e às vezes devagar e elegante. É ótima a sensação!"

   E enquanto isso, conversava com a égua durante toda a viagem. Sem bater ou chutar, e nem usava o freio. Basta pedir que ela entende. Corri para fazer o trajeto até a casa o mais rápido possível. Evitando o centro e áreas povoadas.

   — Estamos indo para casa, Epona. Lá estarás segura. E eu vou me encarregar de descobrir quem atacou seus amigos. Mas me diga, por que não te atacaram? E você percebeu mais alguma coisa daqueles monstros?" ||Sussurros Selvagens|| (Relinchando, e usando termos que ela conhece.)

   Além disso, não baixo a guarda, e vou cuidando das pessoas por quais passo. E evito os bairros perigosos.
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Sab Maio 19, 2018 9:54 am

Hellen Desirré


Ps: 10/10
Fv: 04/06
V:   ok





Apesar da falha na tentativa de empregar o poder telepático conferido pelo alto nível de auspicios da vampira, Hellen não desistia de ler a mente de Mackenzie e usando as sombras como manto de invisibilidade, a vampira avançava rapidamente em direção do senescal. Ela já tinha o perido de vista quando o mesmo dobrou a esquina, porém, ela calculava dar tempo de alcança-lo, e estava certa. Chegando na esquina, Hellen teve uma ultima visão de seu alvo, e ela não iria desperdiçar. Mackenzie estava entrando em um Rolls Royce Preto, mas ainda era um alvo de Hellen.

Novamente a vampira tentava invadir a mente do senescal sem sucesso, parece que aquela noite era a noite de sorte de Mackenzie. A malkaviana via o vampiro acabando de entrar no veículo e bater a porta. As luzes da lanterna traseira se acendiam e o barulho do motor funcionando era ouvido pela vampira que observava o carro partindo na avenida se misturando aos demais veículos de Detroit...

Rolagem de dados:
Teste para telepatia dificuldade x: [6 | 10 | 1 | 3 | 1 | 9] = 0 sucessos
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Blackwood em Sab Maio 19, 2018 10:23 am

Bryan Mills

Ps: 10/10
Fv: 05/05
V:   ok


Bryan estava na sua zona de conforto, cavalgando sua égua Epona sobre as estradas de Detroit. Poderia ser melhor se fosse em sua terra natal. O gangrel fazia o possível para não se expor muito, evitando as zonas mais movimentadas como o centro. Ele margeava pelos subúrbios até conseguir atravessar a área urbana sem maiores problemas. Agora ele estava de volta a área rural, não demoraria muito e ele estaria na segurança de seu refúgio junto com Epona. 

O vampiro aproveitava a cavalgada para tirar mais algumas dúvidas sobre o caso, por que Epona não foi atacada? Pensava ele. O que ela teria de especial? Porém, na troca de informações com sua querida égua, ele chegava a conclusão de que tudo não passou de um golpe de sorte, pois devido ao relato de animal, as criaturas estavam saciadas, e por isso foram embora deixando Epona e mais alguns animais remanescentes. A conversa fluía quando algo chama a atenção de Bryan. A calmaria daquela estrada de terra era interrompida por uma luz de faróis e uma música alta que se aproximavam de Bryan e Epona.




Não demorava muito e o carro alcança os dois na estrada. O motorista não parava ao alcançar Bryan e Epona, ele puxava o freio de mão fazendo o carro rodopiar na estrada levantando uma enorme nuvem de poeira, e então ficava girando em volta do gangrel e Epona, impedindo qualquer chance de fuga dos mesmos. Risos frenéticos eram ouvido de dentro do carro, risos esses que causaram um desespero em Epona. O animal empinava e relinchava e logo Bryan deduzia estar na presença dos assassinos que atacaram o haras.

O carro parava bem a frente de Bryan, e as portas se abriam. Bryan não conseguia ver quem descia do veículo, pois além do farol ofuscar a sua visão, a nuvem de poeira levantada pelo carro agia como uma barreira que impedia a visão do gangrel. Epona paralisava de medo e sua respiração ficava ofegante, Bryan sentia o medo do animal florescendo na pele, e aquilo o incomodava bastante.

? - Quem é você, e o que faz aqui forasteiro?

Dizia uma voz, entre risadas de outras vozes, vinda de uma silhueta por de trás da cortina de poeira. Com dificuldades, Bryan deduzia se tratar de quatro ou cinco indivíduos.
avatar
Blackwood

Data de inscrição : 24/07/2016
Idade : 29
Localização : Betim - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: The Red Race

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum