Tempos Modernos - NY by Night

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Qui Jun 14, 2018 11:45 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE



   'Aparentemente tudo está dando certo. Mas tudo isso apenas para saber o que esse Ezequiel já poderia ter me contado. O que ele faz tanta questão que eu veja com meus próprios olhos, afinal de contas?'

   Simplesmente me dirijo na direção apontada pelo segurança, e com o número do contêiner em mãos, procuro pelo local. Mas vou cauteloso, observando se há mais alguém cuidando do local, vigiando ou protegendo o contêiner.
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Sex Jun 15, 2018 9:34 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

O galpão revelava uma típica garagem de aluguel, porém diferente dessas garagens de aluguel comum, cada garagem tratava-se de um container, dezenas e dezenas de containeres alinhados minuciosamente, formando varias galerias de armazenagem, Theon cruzava por algumas docas quando por fim parava de frente o numero indicado no papel, uma tranca leve guardava o interior daquele objeto de mistério,  uma forte iluminação branca era revelado assim que Theon adentrava aquele container, um piso branco e paredes revestidas de azuleio branco revelavam uma garagem extremamente limpa e imaculada, na lateral desta especie de garagem dentro do container uma porta, que revelava que de certa forma os cointeneres estariam vinculados uns aos outros, formando uma especia de construção disfarçada dentre dos containeres, o ar condicionado estava gelado, beirando os 15°,  o interior era de certa forma claustrofóbico, frio e emitia um eco característico de quem estivesse preso dentro de uma porta-malas.

Assim que adentrava a porta lateral revelando uma imensa sala de igual características da anterior, fria, branca, abafada, porém esta estava preenchida de oito macas hospitalares, todas cobertas por lençóis brancas, apenas 6 pareciam esconder alguma espécie de cadáver por detrás dos lençóis,  duas delas permanecia intactas e com uma perfeição da arrumação que agradaria qualquer TOC. Alguns utensílios médicos eram vistos em algumas bancadas feita de aço cirúrgicos. Um ambiente perturbador e isolado, talvez enconde-se tantos segredos quantos os lençóis que cobriam os cadáveres.



STATUS
PS 10/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Sex Jun 15, 2018 10:31 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE



   'A curiosidade me domina, o que isso tudo significa!?'

   Observo minuciosamente a sala, procurando por câmeras, ou indícios de que mais alguém está ali. Sendo seguro, vou até os corpos, e olho um por um, erguendo os lençóis. Depois, procuro entender o que aquilo significa, procurando por papeis, gravações, anotações, ou o que for que possa me explicar aquilo!

  (Caso haja indicio de que fui descoberto, ou que fui flagrado, eu coloco minhas ||Garras|| para fora.)
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Sex Jun 15, 2018 11:02 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

A Gangrel varria com os olhos para tentar identificar se haviam mais câmeras dentro daquele laboratório disfarçado mas nada era encontrado, o ambiente limpo e minimalista revelaria algum objeto como uma câmera com facilidade e não era esse o caso.

Algumas respostas, ou mais dúvidas poderiam surgir. Averiguando os corpos um-a-um Theon começava identificar coisas que poderiam soar um tanto quanto estranhas, todos os corpos carregavam uma estaca de madeira no coração, os corpos permaneciam intactos e belos, mórbidos mas intactos, alguns rostos inclusive ele até conhecia, eram membros da Camarilla, inclusive membros com um certo privilegio hierárquico. Travam-se das harpias Bricmont e Norfolk e outros 4 rostos desconhecidos para Theon.

A voz de Ezequiel rompia mais uma vez a solitária mente de Theon, como se ele habitasse dentro de sua mente -"-Vítimas de seu próprio Pincipe, a quem você jura lealdade... Miro fez isso e fará com todos nessa cidade a quem a besta se revelar atormentada."

Dentro daquele laboratório Theon revirava os olhos, procurando por Ezequiel, mas nada além dos próprios passos eram ouvido, Theon havia certeza que a voz vinha de dentro de sua mente, e Ezequiel sabia exatamente o que Theon havia de encontrar por debaixo daqueles lençóis.  "-Quanto mais latente a marca da Wyrm for em uma alma amaldiçoada, mais ela atrapalhará os planos de Miro, foi assim que conseguimos te detectar em seu refúgio, e Miro o encontraria mais cedo ou mais tarde... mas graças ao colar que carregas de meu acólito sua marca permanecerá invisível aos olhos famintos de Miro, assim como nós sua besta estará furtiva dentro deste artefato enquanto você o portar.... poderá esconder-se nas sombras ou decidir enfrentar a verdade antes que ela o encontre, ai voce será apenas mais um debaixo desses lençóis;"

STATUS
PS 10/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Sex Jun 15, 2018 12:25 pm

THEÔNIOS ALBUQUERQUE



   'Me esconder? De baixo desses lençóis? Nem um e nem outro. Não sou de fugir, e nem de perder! Não sei o que tu tem em mente para mim, Ezequiel, mas se tá na minha cabeça, deve tá ouvindo meus pensamentos. Se não estiver, foda-se também! Eu estou numa sala com os corpos empalados da porra da Camarilla inteira aqui! Uma porra de uma harpia, e ninguém, ninguém sabe! Excerto você, Ezequiel! O que tu quer que eu faça? Termine de mata-los? Os liberte? Deixe-os aqui? Eu sou um soldado, um assassino, uma besta destruidora. Não sei o que é essa Wyrm, mas com certeza ela me tocou, porque a besta e eu estamos muito ligadas. Eu converso com ela o tempo todo! E a tenho alimentada por todos esses anos. É ela que me dá minhas forças, me orienta, me transformou no que sou. Sou um instrumento dela. Controla-la? Até poderia tentar, mas apenas para revelar ela quando eu precisar, afinal, por que eu anularia em mim o que me manteve vivo todos esses anos? E quanto à esses monte de merdas aqui, o que eles fizeram para merecer isso? Agiram como eu? Foram leais ao "meu Príncipe" ou, será, que... ouviram a tua voz na cabeça deles e foram manipulados, como você está fazendo comigo agora? FILHO DA PUTA SAI DA MINHA CABEÇA!'

   Enquanto penso, eu observo atentamente os corpos, e toco em um deles, esperando que seus olhos se abram. Como se estivessem despertos, mas imoveis.

     'Empalados... Conduzido para cá... mais duas mesas vazias... espera aí!?'

  Nessa hora pego um dos virotes que eu guardei comigo, e comparo com os objetos que empalam os moribundos deitados ali, e me aproximo para ver se há algum simbolo nas estacas. Revistos os corpos deles, e procuro por alguma coisa.

  — "Vocês podem me ouvir?"

  (Se não encontrar nada, e ninguém me responder, procuro por mais pistas do que está acontecendo ali, revistando os corpos, o local, e se há mais portas que não entrei...)
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Sex Jun 15, 2018 1:51 pm

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

As possibilidades, as meias-verdades, o desejo, a fúria... os sentimentos do cainita remoíam-se frente ao turbilhão de duvidas que se apresentavam diante de seus olhos, a voz de Ezequiel em sua mente e um debate sobre as bestas... todas os possibilidades estavam aptas ao Gangrel.

Na duvida sobre a origem de como aqueles cainitas haviam parado ali, Theon comparava o virote com as estacas no peito dos vampiro dispostos naquelas macas, nenhuma semelhança era notada, os corpos completamente nus não continham nenhuma cicatriz nem mesmo vestígios de esconder algo, pelo contrario, estavam imaculados, e mesmo quando Theon os tocavam nem mesmo os olhos abriam, estavam inertes, preso no torpor do empalamento.

Theon questionava a Ezequiel e a si mesmo, tentado e posto á duvidas clamava para que Ezequiel o deixasse em paz, clamava pelas verdades. -Vosso Príncipe quem provocastes isto, são amaldiçoados como você, vitimas da própria fome, tentados pelo desejo do sangue, experimentados por Miro e depois jogados aqui... empalados pois as bestas descontroladas os mantem presos á maldição privando-os do livre arbítrio... se é isso que você quer, siga em frente, comunga-se com a besta e deleite-se... apenas saiba que alguém o encontrará e fara o mesmo com você, se Miro não o fizer eu farei antes, Miro precisa da força de vossas bestas para fortalecer-lhe, quanto mais bestial, mais apetitoso você será para Miro...


STATUS
PS 10/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Black Thief em Sex Jun 15, 2018 2:28 pm

No final de tudo, Guilherme estava atormentado com essa situação toda. Não podia negar para si mesmo, tinha medo, mas não podia mostrar aos demais. Se, seja lá o que fosse, essa coisa estranha que assola os sonhos, ela estava vindo pegar a Guilherme, Miguel conseguiu resistir, aparentemente, mas não saiu ileso e isto era certo.

O Tremere fitava o vidro do carro, seus olhos os repassavam e ele observava a podridão que era o mundo. Não o julgava, as coisas são como são e elas podiam ser piores... Sempre há como piorar. Por agora, Guilherme tinha de ficar de olho nas coisas, em Persephone, em Johnny Sem-Mãe, e o mais difícil e arriscado de todos, no Príncipe. Naturalmente, a Regente também não lhe passa despercebido, vigiá-la poderia ser o mais fácil e o mais arriscado visto que ambos já mantém contato, já quanto a Persephone, precisaria de informações sobre elas e não podia arriscar envolver muito a Miguel nessa investigação sobre ela, eles tinham muito contato e Miguel parecia ainda ter alguma ingenuidade e descuido quando se trata dos Membros.

Assim, eles iam chegando à Capela Tremere e coincidentemente logo quando Persephone saía com seu carro. Guilherme observou a partida dela com o canto dos olhos até que ele finalmente saía do carro.

Miguel escreveu:Será que ela esconde algo a mais de todos?.

- Todos nós escondemos, os anciões mais que os demais, e como sabe... Persephone não é um livro aberto, vide que ela tinha aquele contêiner servindo de necrotério.

Miguel escreveu: -Seguirei ela, voce trate de ligar os pontos dessas loucuras que ouvirmos de Jhonny... se alguem sabe alguma coisa, esse alguem é Hermione e Persephone.

Logo, Guilherme respondia:

- Acredito que seja arriscado demais. Persephone é uma anciã, eu sempre tento pensar em todas as possibilidades, ela faz o mesmo e já vivenciou mais para ir além. Ela já confia em você o suficiente para lhe contar coisas que esconde de outros, coisas perigosas, não vamos arriscar quebrar esta confiança. Sugiro que continue como está, ganhe mais ainda a confiança dela e me mantenha informado de um modo indireto. Está certo que você, irmão, a conhece melhor que eu devido a sua convivência, mas lembre-se que ela o conhece ainda melhor, pois o observou desde que era um mortal até as noites malditas de hoje. Mais tarde bolaremos um código pessoal que só nos dois saibamos.

Assim, se Miguel simplesmente concordasse, Guilherme iria até a sala da Regente onde educadamente bateria na porta antes de entrar.
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Outis em Sex Jun 15, 2018 2:40 pm

— Ah sim, entendo. Seremos apenas nós contra o mundo então, perfeito! - Se existisse alguém que eu pudesse chamar de próximo, essa pessoa certamente não me reconheceria agora. Bajulando, idolatrando, desejando e até mesmo me arriscando pela Regente... e ainda há pessoas que dizem que vampiros não possuem emoções, que piada. — Realmente, é uma excelente oportunidade minha ama. Apenas por curiosidade, o que esse artefato faz?

Nota mental: evitar pensamentos comprometedores na presença de Miro. Independente da resposta de Hermione, continuo prestando atenção em cada palavra que ela fala. Todo e qualquer detalhe será importante nessa missão, afinal, estaremos no covil do Príncipe e um erro pode custar caro, pode custar tudo.

— Certo. - Apenas aceno com a cabeça concordando com a Regente e então finalizo. — Vamos então.

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 27
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Sex Jun 15, 2018 2:44 pm

THEÔNIOS ALBUQUERQUE




  Sabendo que Ezequiel me ouviria, continuo pensando com ele em minha mente:

   'Qual a diferença sua para o Príncipe? Você e ele querem acabar com a Besta de todos? Ambos vão me caçar se eu destruir esses pobres coitados! Qual a diferença dele e você? Você quer controlar tudo, como ele também quer! Não me venha com esse papo que quer me ajudar, por que, afinal até agora você apenas me deixou mais confuso! E repito a pergunta: você quer que eu os deixe aqui e vá me embora? O que faço com esses corpos aqui? E, afinal, se você odeia tanto a Camarilha, não vê com o próprio Príncipe está fazendo o mesmo que você, caçando quem é dominado pela Besta, assim como eu sou, ou pelo menos era, antes de tu foder minha mente! Estou pensando em libertar esses caras...'
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Qui Jun 21, 2018 9:22 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

Dúvidas, anseios, mistérios e aspirações. Um turbilhão de sentimentos remexiam o coração rígido do Gangrel, e como um lunático, conversava com sua mente, conversa com quem habitava seu penamentos, divagava com Ezequiel, digladiando entre as verdades e as incertezas.

-Sim, assim como vosso Príncipe eu caço as bestas. Faço á séculos, e continuarei fazendo. Não possuo forças para lidar diretamente com Miro, mas posso arruinar os planos dele, evitar que ele consiga trazer de volta os tempos tempestuosos e sombrio que assolaram o primeiro mundo.

-Eu não quero que faça nada com essas pobres almas, apenas o trouxe aqui para demonstrar-lhe um pingo dos planos desse ser das trevas, ele contraria os dogmas vampíricos de vossa seita, não respeita nada nem ninguém para obter o que almeja. Se não fosse por nós, Miro já teria trazido tanto caos e perdição para esse mundo, que nem você, nem seus antepassados estariam aqui... Não me julgue criança, antes de você sequer existir, eu já travava essa batalha obscura á séculos.

-Cada dura decisão que tomei, saiba que foi com pesar, mas sempre visando um bem maior, seguindo o rastro desse maldito pelas sombras, sem que ele desconfiasse de minha existencia, e assim deverá ser, pois se este mundo ainda perdura, deve-se a mim, e a meus sacrifícios...


Aquele comodo imaculado ainda revelava os corpos nus dos cainitas empalados, o calçado do Gangrel ecoava no mais furtivo passo, mas a voz e Ezequiel não cruzava os ares, não gerava eco, chegava seca e opaca na mente de Theon, clara como uma nascente, e reveladora, como sempre.

STATUS
PS 10/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Qui Jun 21, 2018 9:39 am

Capella Tremere

GUILHERME VIANNA    +    OWEN "OUTIS" THOREAU

Dentro da Sala de Hermione o vinculo estabelecia o advento capaz e de evitar falhas de seu soldado, porém as dúvidas ainda existiam, era um vassalo perfeito, com sensor crítico, inteligente e sagaz.
Guilherme cruzava os corredores úmidos e fétidos daquela masmorra, seus passos revelavam certa urgência, e Miguel, decido a contribuir com os mistérios que envolviam sua mentora, seus contatos e sua própria sanidade, acompanhava Guilherme.

A porta da sala da regente ainda estava aberta revelando seu interior, e logo estavam os 4 em companhia um do outro,  Hermione vestia um casaco e estava de costa para todos, Outis segurava uma urna. e avistava quando os dois irmãos Guilherme e Miguel apontavam debaixo do batente.

-Hermione: Ótima Pergunta Senhor Thoreau, O que este artefato faz? Creio que nosso irmão Vianna possa nos fornecer mais dados do que ja possuímos, acrescentarei algo se julgar necessário... A regente propositalmente ajeitava o casaco sobre os ombros lentamente, ainda permanecia de costa para todos, os demais se entreolhavam, receosos. -Entre e feche a porta, queira compartilhar conosco o que lhe foi revelado sobre o artefato... Algo lhe foi revelado, certo Sr. Vianna?

Hermione agora voltava-se para os dois que acabaram de chegar, seu olhar era sério e reprovador, Guilherme sabia do que se tratava, afinal chegou de mãos vazias.  Miguel tomava ar, para poder explicar-se mas notoriamente esperava por seu irmão, pois a ele havia sido lhe dirigido a palavra.


Última edição por Guidim em Qui Jun 21, 2018 11:03 am, editado 1 vez(es)

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Qui Jun 21, 2018 10:55 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE




  Eu decidi o que fazer, e então, sem pensar muito ajo:

  Vou até o exterior, e busco o segurança, como ele está sob efeito de meu poder não terei dificuldades em trazer ele. Deixo-o em um canto da sala anterior à dos corpos.

  Vou até o corpo da harpia Bricmont, e olhando nos olhos, faço um pequeno corte em meu antebraço, usando minhas ||Garras||, e derramo um bocado (um gole) de minha Vitae na boca dela, e depois faço o mesmo com Norfolk, e em seguida,, removo a estaca do coração de Norfolk. Aguardo o pior, preparado e em prontidão...
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Qui Jun 21, 2018 12:18 pm

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

Os pensamentos poderiam lhe trair, Ezequiel em sua mente não era o bastante... Afinal, aquele Careca falava verdades realmente? Certo que agindo seria a melhor maneira de poder ligar os fatos que colocaram Theon naquele depósito de corpos empalados, o Gangrel preparava-se para começar agir, a seu modo, e á sua curiosidade.

O Segurança ainda tomado pela complacência de sua besta acalmada não fornecia resistência, e acompanhava de bom grado Theon de volta ao pseudo necrotério, aguardava onde fora informado, e então Theon partia para sua próprias descobertas, as garras lhe rasgavam os pulsos e o vitae rubro escoria pela sua pele gélida até tocar os lábios mórbidos de ambas as harpias, primeiro Bricmont, Theon havia de forças as pálpebras teimosas em se fechar para que o contato visual fosse estabelecido, e enquanto a fornecia o vitae os olhos mórbidos de Bricmont fitavam o infinito, vazios e sem vida.

O processo se repetia com Vivian Norfolk, o vitae doado, mas dessa vez, após o "ritual de ressuscitação", Theon removia aquela estaca que empalava o coração da Harpia.. num impeto reativo, a vampira enchia seus pulmões de ar, uma respiração vigorosa inflava e retraia seu tórax de uma maneira perturbadoramente desritmada, mesmo sem precisar, a imortal respirava, um provável reflexo por sair daquele torpor provocado pelo empalamento... gradualmente a respiração diminuía o ritmo, até cessar-se por completo, o eco das unhas de Norfolk rangiam pelo laboratório, como se procura-se algo para se apoiar, numa tentativa frustada de tentar levantar-se e manter-se ereta.

Theon observava com uma certa proximidade, pronto para o pior, quando por alguns minutos a Harpia enfia conseguia se dispor ereta, sentada cobre a maca e completamente nua, seu olhar ainda carregava o mesmo vazio do olhar de Bricmont, parecia letárgica assim como o segurança, ela abria os lábios revelando os caninos modestos, seus olhos fitavam a jugular de Theon, mas nenhuma reação era esboçada pro Norfolk...

STATUS
PS 7/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Sex Jun 22, 2018 12:33 pm

THEÔNIOS ALBUQUERQUE


  'Como esperado, a Besta dela veio reclamar sua fome! Mas eu estou preparado. Mas antes, preciso saber, até onde ela ainda controla sua mente? Vou descobrir!'

  — "Calma, tem um mortal na outra sala, vá até lá, apenas não o mate!"

   E aponto a direção da sala anterior, onde está o segurança apenas esperando para ser sugado.

  De qualquer forma, me mantenho pronto para um bote dela, e minhas garras continuam à mostra!




  (Se ela me atacar, tento imobilizar ela, e conduzir ela até a outra sala, para ela atacar o segurança...)
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Black Thief em Sex Jun 22, 2018 6:42 pm

Miguel resolvera não seguir Persephone e correr o risco de ser pego pondo tudo por água abaixo, não necessariamente aquilo também fora um convite para que seu irmão ainda estivesse em sua companhia, mas não se incomodava com sua presença. Os Membros seguiram pelo caminho da Capella, um caminho desagradável, sujo, que fazia o Tremere pensar que mais um pouco e estariam em uma capela Nosferatu, e tal coisa seria deveras desnecessária da parte da regente, não seria uma má ideia se ela designasse algum servo para limpar esta espelunca pelo menos uma vez. Guilherme já via ao fundo que a porta da regente estava aberta e ela tinha algum outro convidado. Guilherme finalmente chegara na companhia de seu irmão, Guilherme via o novo convidado segurando uma urna e de prontidão o Tremere tentou identificá-la. A regente estava de costas, o vampiro à mesa acabara de fazer alguma pergunta à ela. A porta já estava aberta então Guilherme a manteria assim, porém a Regente já lhe pedia para que entrasse e fechasse à porta e depois mostrava em seu tom e em seu gesto um certo desagrado, certamente porque Johnny não estava com ele, o que diga-se de passagem, a regente deveria ficar aliviada, embora não fosse essa a ideia inicial.

Certamente Miguel estava intimidado pela Regente e teoricamente Guilherme também deveria estar mas não o estava porque já tinha em mente o que falar, além de que, Guilherme não se permitiria perder a compostura diante da regente, ou seja lá quem mais for.

Guilherme então respondia:

- Uma boa noite Regente Kengsington e senhor Thoreau. Sou Guilherme Vianna da casa Tremere, e este é Miguel Vianna, da casa da Rosa.

Dizia indicando Miguel. A Regente poderia não se importar com os modos a qual a Camarilla tanto prezava, mas Guilherme sim prezava e o restante dos Membros também.

- Sobre o artefato, Regente Kensingtom, trago estas palavras de Johnny Sem-Mãe: "Não há verdades a serem reveladas deste objeto, há apenas escolhas, caos e destruição, escolha irmãos. Encarem a realidade e organizem a verdade fragmentada dentre os afetados ou brinde com a realidade e contemple a nova era ou destrua para conter a destruição. A víbora de areia reivindicará tudo para ela, como viu em seu sonho, só não sabemos quando. Escolham, apenas escolham."

Guilherme dava uma pausa e continua:

- O Instável Malkaviano negou-se a sair de seu refúgio, um acordo que ele estabeleceu com o próprio Príncipe Miro. Desacredito que estas sejam palavras aleatórias pois Johnny foi assertivo quanto ao meu sonho esta noite, assunto do qual não citei em momento algum em nossa conversa, entretanto, devo alertá-la, regente Kesingntom, Johnny Sem-Mãe agora é um diablerista viciado, sua aura está mais amaldiçoada que seu corpo, ameaçando a enlouquecer a mim e ao senhor Vianna a todo momento. Este novo vício deve estar mexendo com sua cabeça e somando-se à maldição do Sangue de Malkav. Johnny é perigoso demais para que procuremos seu auxilio direto novamente. Somando a isso... Como Johnny está sob a influência do Principe Miro, acredito veemente que o Príncipe já deve estar ciente de nossa visita e nosso propósito para com Johnny.

Ainda não falaria também do acordo quebrado que o Malkavian teve com o clã pois estava na frente de um estranho que Guilherme não sabia se pertencia ao clã ou não, além de que, ainda assim Miguel estava presente e esse era um assunto do clã Tremere e sendo seu irmão ou não, Membros de outro clã não devem estar presentes.



avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Seg Jun 25, 2018 8:48 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

A Harpia Norfolk, completamente nua, revelava parte de sua beleza, mesmo aparentando ser abraçada com uma idade avançada, o corpo esbelto marcado pelas leves rugas era atraente e pálido, como deveria de ser.

Theon a indicava que uma "lanche" a aguardava na sala ao lado, mas curiosamente ela não parecia tão faminta, seus caninos expostos sugeriam sua maldição, mas Norfolk permanecia ali, sentada, os olhos fitando o vazio e os lábios tentavam balbuciar algo.

Os braços finos e delicados lentamente apoiavam sobre a maca, os pés vacilavam pelos ares numa tentativa fútil de tocar o chão, esta ação se repetiu por alguns minutos,quando por fim o chão era tocado pelos seus pés delicados com unhas adornadas com esmalte vermelho. Os passos eram difíceis, ela custava a manter seu equilíbrio, parecia uma objeto inanimado que ganhava vida, seus passos autômatos eram perturbadores, como uma criança que estivesse aprendendo a andar... depois de alguns segundos ela por fim chocava-se contra o segurança, quando tentava o agarrar suas pernas vacilavam, e ela junto com o segurança se estiraçaram ao chão.

O Segurança tão letárgico quanto a Harpia, piscava lentamente olhando para Theon, como se tentava dizer algo, como se sua alma pedisse socorro. A Harpia deslizava-se pelo chão, agora parecia mais rápida, pois engatinhar parecia mais simples que andar, não tardava até que ela se posicionasse para sugar a jugular do pobre homem, as presas dela rasgavam a carne do homem, o gado ainda de olhos abertos revirava-os de prazer, uma ereção revelava-se sob as calças do homem, e não tardava para os suspiros dele se tornasse algo perturbador e hediondo... Claramente a harpia estava secando o homem por completo, as pernas e a cabeça do homem começavam a se debater convulsivamente, as mãos delgadas da harpia apertavam a carne do homem cada vez mais com forte, tentado impedir seus movimentos involuntários,  conforme a convulsão aumentava de intensidade, a força da harpia aumentava de igual proporção, quando por fim o estrondo de ossos estalando ecoavam por aquele estranho laboratório, os movimentos do segurança por fim cessavam, e lentamente a harpia punha-se a levantar... dessa vez mais viril e determinada, os caninos retraídos, o corpo todo lambuzado pelo sangue do segurança e os mesmos olhos famintos e profundos fitando o infinito.

Ela permanecia parada, sem reação, com a mesma letargia que apresentava antes da alimentação, porém nitidamente mais fortalecida.

STATUS
PS 7/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Outis em Seg Jun 25, 2018 9:55 am

Assim que termino a pergunta, noto a chegada de dois sujeitos, pelo visto a Regente está com a agenda cheia hoje... por segundos não pudemos sair sem sermos interrompidos. Apesar do fato infortuno, Hermione indica que um deles pode esclarecer a função deste artefato, talvez sirvam de algo afinal, apesar do tom e olhar da Regente não ter sido dos melhores.

— Boa noite sr. Vianna. - Comprimento o Tremere e após isso me calo, apenas observando e escutando o que o irmão tem a dizer.

Após ele terminar, sinto que realmente era melhor ter partido antes da chegada dos irmãos Vianna. Esses malditos lunáticos nunca falam nada com nada, sempre colocando as informações atrás de frases sem sentido e enigmas complexos. Porém, o que mais me preocupa é o fato de que o Príncipe Miro pode estar ciente que buscaram informações sobre o artefato, é uma questão de tempo até descobrir a cópia em seu refúgio, se já não tiver descoberto.

— Mais problemas... - Assim como Hermione, minha face é tomada pela reprovação. Continuo calado, agora aguardando a resposta da Regente.

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 27
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Seg Jun 25, 2018 10:18 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE



  'Mas que porra tá acontecendo!? Por que esse demônio não responde!? O que ela tem!?'

  Me sento, mas sem desfazer minhas garras, e sem baixar muito a guarda. Então tento falar com ela:

  — "Norfolk, não é? O que você tem? Consegue me compreender? O que fizeram contigo?"

   Aguardo ela responder, e não deixo ela sair caso ela tente, quero tentar extrair algo dela!
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Seg Jun 25, 2018 12:36 pm

Capella Tremere

GUILHERME VIANNA    +    OWEN "OUTIS" THOREAU

Dentro da Capella, os irmãos de clã juntavam informações, Hermione parecia, como sempre, esconder algo, como se ela sempre soubesse de algo além. Poderia ser o jeito misterioso e e didático dela, sempre querendo extrair o melhor de seus acólitos, forçando-os a oferecer sempre o melhor.

Com aquele olhar decepcionado, todos naquela sala ainda não sabiam o porque de tanto indignação, Hermione Completava. -Depois de anos, finalmente o membros se encontrarão, um arconte chegou á cidade e Miro junto do visitante, convocastes esta conclave... creio que Persephone o aguarda ansiosamente para estre Conclave, jovem Miguel.

Uma leve e elegante escorraçada era dirigida á Miguel, o único a quem não representava o clã dos feiticeiros, talvez algo mais ligado a família teria de ser discutido, e seus serviços para a Capella haviam finalizados por hora.

Miguel, assentia com a cabeça com um sorriso elegante no rosto, reverenciava a regente e dava um leve tapas nas costas do irmão, como se despedisse e desse uma boa sorte.

Após a porta fechar nas costas dos três Tremeres ali dentro, Hermione removia o casaco subitamente, ela estava prestes a sair, mas algo mais importante a prenderia ali, naquela sala por mais alguns instantes....

Indicava para que ambos os Tremeres sentassem ao redor da mesa, com cenho interrogativo pincelava os dedos ao longo de seu rosto, como se essas pequenas caricias fossem lhe iluminar com a verdade, ou mesmo faze-la pensar melhor.

-Então, Jhonny esta afundado no vicio do amaranto? Por que Miro o manteria marginalizado ás leis da Torre? Por que simplesmente o manter vivo? Qual o sentido disso? Um transgressor... Um forte soco era desferido pela Regente na mesa maciça e inabalável da sala. -Deve haver um motivo para que o Príncipe o mantenha entre os vivos, um criminoso, reincidente inclusive... o ultimo filho de Malkav na cidade... bom, pelo menos voce conseguiu algumas das palavras desconexas dele, tenha a bondade de repeti-las, por favor.

GUILHERME escreveu:"Não há verdades a serem reveladas deste objeto, há apenas escolhas, caos e destruição, escolha irmãos. Encarem a realidade e organizem a verdade fragmentada dentre os afetados ou brinde com a realidade e contemple a nova era ou destrua para conter a destruição. A víbora de areia reivindicará tudo para ela, como viu em seu sonho, só não sabemos quando. Escolham, apenas escolham."

A Regente ouvia atentamente as palavras que Guilherme ressonava, seus olhos fechados davam um tom de concentração ampliada, Hermione pragmaticamente repetia as palavras que julgava mais importantes dentro das palavras desconexas de Jhonny.  -Artefatos! Destrua para Conter Destruição! Víbora de Areia! Escolham!

Ao término de Guilherme, a Regente contribuía: -Então temos mais artefatos? Sim, Faz sentido. Destrua... será que seria destruir o artefato? Não, tem muita coisa nebulosa ainda, Víbora de areia, o que seria? A Regente fazia um longo monólogo tentando organizar seus pensamentos, tentando organizar o que havia ouvido de Jhonny por intermédio de Guilherme. -Não, ele nunca mente, não há possibilidades de Jhonny estar errado... mas as escolhas deverão ser tomados por nós, sãos...

-Estávamos nos preparando para uma jornada... eu e Sr. Thoreau, mas agora não tenho certeza se será a melhor opção... será que existem outros artefatos como esse?

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Seg Jun 25, 2018 1:45 pm

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

Ainda preparado para qualquer inconveniente, Theon portava suas garras, receoso, o Gangrel tentava uma abordagem.

Theon escreveu: — "Norfolk, não é? O que você tem? Consegue me compreender? O que fizeram contigo?"

A Harpia virava o rosto lentamente, o sangue escorria de sua boca pingando gota-a-gota no chão, as piscadas desnecessárias eram longas e mórbidas, mas nenhuma semblante era estampado em seu rosto. Theon já estava acostumado a lidar com indivíduos catatônicos daquele jeito, mas jamais havia notado tamanho letargia em um membro, de certa forma a alimentação ainda era algo necessário para Norfolk, visto que ela secou o pobre homem, mas a ausência de sentimento era notória, a Harpia parecia uma casca seca, sem alma.

STATUS
PS 7/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Ter Jun 26, 2018 10:57 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE


  'Tô começando a ficar sem paciência pra essa retardada! Mais um pouco e vou abandonar essa vadia sem ânimo!'

  Aguardo por mais alguns minutos pela recuperação da harpia, e se não tiver melhoras, ameaço ataca-la, com movimentos rápidos com a garra na direção dela, rosnando, mostrando meus caninos. Na esperança que o instinto de sobrevivência dela reaja! Tento falar mais com ela. E então eu digo:

  — "Tem algum desses aí que não está lerdo igual você?" Digo na esperança de que ela aponte para algum dos corpos nas macas. Já demonstrando minha impaciência e total falta de saco para esse tempo perdido aqui.

  Se ainda não tiver nada de interessante, eu lambo a ferida do segurança morto, e carrego ele para a guarita. Mas sem descuidar de estar sendo observado por alguém.

  Olho no relógio, as horas.
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Qua Jun 27, 2018 7:46 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

Os movimentos pretensiosos de Theon tentavam arrancar alguma reação da Harpia de uma maneira frustante. A Vampira não reagia, permanecia parada, a cicatriz em seu peito, onde estava a estaca, caprichosamente começava a se fechar.

Definitivamente ela parecia uma objeto inanimado, movida apenas pela fome, sem criatividade, sem alma, sem feições, como se a alma da Harpia tivesse deixado aquela carcaça morta-viva, como se a besta não habita-se mais aquele corpo.

Spoiler:
Thron rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 6 para percepção + prontidão que resultou 2, 7 - Total: 1 Sucessos

Atento enquanto arrastava o corpo do segurança já devidamente "esterilizado", o Fera não percebia nenhum movimento estranho, nem mesmo a voz de Ezequiel em sua mente, apenas o eco de seus calçados ressonando pelo laboratório.

STATUS
PS 7/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Qua Jun 27, 2018 4:32 pm

THEÔNIOS ALBUQUERQUE


  'Preciso pensar, o que fazer com essa múmia pelada!? Vou ter que coloca-la empalada novamente! Mata-la é a melhor solução, mas o Ezequiel já disse que me caçará se eu fizer isso. Então não me restam muitas alternativas.'

  Coloco o corpo moribundo do homem sobre meus ombros, e o levo até sua guarita. Depois retorno para o laboratório, para decidir o que fazer com aqueles empalados.
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Guidim em Qui Jun 28, 2018 7:55 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE

Theon organizava toda a cena do crime á seu capricho, despachando o corpo do segurança para a guarita certificando-se que estaria sem mas marcas da alimentação de Norfolk. De volta ao laboratório, a múmia sem alma de Norfolk permanecia estática, olhos profundo e famintos fitando o infinito, o relógio indicava 2:00am.... o tempo passava e Theon ainda não tinha uma resposta, nem mesmo um rumo, afinal o que o Gangrel teria a ver com tudo isso que havia ocorrido essa noite?

Vampiros do alto escalão empalados, caçadores pela cidade... algo muito maior estava prestes a acontecer, Theon portava um grande enigma em sua cabeça... ficar no olho da tormenta ou deixar a cidade antes que a mesma se arruíne sozinha? Era como se a Jyhad convidasse o Neófito para seus prazerosos jogos.

STATUS
PS 7/10
FV 2/3
VIT - OK

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Lipe em Qui Jun 28, 2018 9:18 am

THEÔNIOS ALBUQUERQUE


  'Os efeitos da dominação sobre a minha mente ainda surtiam efeitos, e eu estava calmo e reflexivo. Seja lá o que Ezequiel tenha feito, eu podia pensar como um estrategista melhor, por enquanto.'

  Desfaço minhas Garras. Pego o corpo do segurança, e carrego de volta para o laboratório, coloco em uma maca vazia, pego uma dos virotes da besta que ainda está comigo, dou um gole de minha Vitae, e logo em seguida cravo o virote no peito do segurança, o cubro, e o deixo ali, com os outros. "Conduzo" a harpia de volta para a maca, e calmamente enfiaria a estaca em seu peito, novamente, para deixa-la empalada. Dou um gole de minha Vitae para outros dois vampiros empalados, que ainda não tenham provado meu sangue. E vou refazendo meus passos, de trás para frente, apagando todas as pistas de que estive ali, cobrindo os corpos, apagando as luzes, trancando as portas, e ocultando esse laboratório. E procurando apagar qualquer indícios que pudessem levar a policia para aquele galpão, quando de manhã, o segurança fizesse falta. E, por fim, vou tentar invadir outros dois contêiner, e levar alguma coisa comigo, para justificar, para simular uma cena de assalto. Mas deixo o portão devidamente trancado, apesar da cena de destruição dentro da guarita, levo alguma coisa aparentemente de valor dali também.

  E, em seguida, caço algum animal, ou humano, se não achar animais, para repor meu pouco Vitae. (Uso: ||Sussurros Selvagens||, ||Chamado||, ||Acalmar a Besta|| e ||Olhos da Besta|| se necessários, para facilitar a caçada.)

  E, conseguindo repor parte de meu Vitae, procuro um local muito bem resguardado, dentro dos cercados deste local, mas que fique longe de possíveis intervenções de polícia, animais, caçador, ou outro vampiro. Talvez dentro de algum contêiner, ou por baixo de lixeiras, ou num esgoto, e me ||fundo com a terra||.
avatar
Lipe

Data de inscrição : 20/09/2017
Idade : 32
Localização : Itapema - Santa Catarina - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tempos Modernos - NY by Night

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum