William Larkin - Ventrue - Camarilla

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

William Larkin - Ventrue - Camarilla

Mensagem por Regicide em Qui Jan 04, 2018 8:49 pm

1. Dados

Nome: Regicide
Personagem:  William Larkin
Clã: Ventrue
Natureza:  Autrocrata
Comportamento: Capitalista
Geração: 12a
Refúgio:  Cobertura Triplex de Luxo em Nova York
Conceito:  CEO da Larkin Ind.

Saldo de XP: 0/0

________________________________________

2. Atributos

Físicos (3)
- Força:  2
- Destreza:  2
- Vigor:  2

Sociais (7)
- Carisma:  4 (Distinto)
- Manipulação: 4 (Bom argumentador)
- Aparência: 2

Mentais (5)
- Percepção:  2
- Inteligência:  3
- Raciocínio:  3

________________________________________

3. Habilidades

Talentos (13)
- Prontidão: 1  
- Esportes:
- Briga:  
- Esquiva:  1
- Empatia:  1
- Expressão:  2
- Intimidação: 3
- Liderança: 4 (+2PB) (Autoridade)
- Manha:  
- Lábia:  2

Perícias (9)
- Empatia c/ Animais:  
- Ofícios:  
- Condução:  2
- Etiqueta:  3
- Armas de Fogo:  3
- Armas Brancas:  1
- Performance:  
- Segurança:
- Furtividade:  
- Sobrevivência:

Conhecimentos (5)
- Acadêmicos:  
- Computador:  1
- Finanças:  3
- Investigação:  
- Direito:  
- Linguística:  
- Medicina:  
- Ocultismo:  
- Política:  2 (+2PB)
- Ciências:  

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes (5)
Geração (1)
Mentor (3)
Recursos (5)
Influência (3)
Lacaio (1) (Lance Larkin)
Status (1)
Aliados (3) (Michael Lars) (Nathan Colarte) (Paul Elan)
Contatos (1) (Joshua Zahir)

Disciplinas (3)
Dominação: 2
Fortitude:
Presença: 1


________________________________________

5. Virtudes

Virtudes (7)
- Consciência:  3
- Autocontrole:  3
- Coragem:  4

Humanidade: 6

Força de Vontade:  7 (+3PB)

________________________________________

Qualidades e Defeitos
- Voz Encantadora (-2)
- Presunçoso (+2)
- Responsabilidade Especial (+1)
- Azar Sobrenatural (+4)

Informações do personagem
- Idade antes do abraço: 53 Anos
- Idade total: 60 Anos
- Data de nascimento: 09/10/1957
- Aparência: Um sujeito alto, medindo 1,86m, de corpo magro e feições agudas. Cabelo grisalho assim como a barba, levemente comprida.
- Personalidade: Obstinado, autoritário e egocêntrico. Gosta de posições de poder e usa os meios necessários para alcança-las.
“We’ll cleave you from the herd and watch you die in the wilderness.”
- Fraqueza do clã: Se alimenta apenas de mulheres jovens

- Inventário:
-
Glock 22 .
Magnum Desert Eagle
- 01 Faca de Combate
- iPhone X
- Ultrabook
- Rolls-Royce Ghost 2016
- Colete a prova de balas


________________________________________

6. Prelúdio

William nasceu em 1957 no Texas, embora tenha passado apenas os primeiros anos da sua infância no estado culminando em seu crescimento se dar principalmente em Nova York. Foi uma criança difícil, muito mimado pela capacidade aquisitiva de sua família, dona de uma empresa armamentista, e não havia muito longe do seu alcance. A convivência com o pai era escassa devido a sua vida na empresa mas sua mãe o mantinha companhia a maior parte do tempo.

Em 1969 sua mãe veio a falecer de uma embolia pulmonar e o pai retornou a sua vida de forma mais significativa, fazendo-o dele seu aprendiz. William trabalhava como assistente de seu pai e o acompanhava em reuniões e negociações, tudo no intuito de o deixar preparado para se tornar sucessor da firma um dia. Toda a expectativa e planejamento sobre o seu futuro fez com que nunca fosse uma criança de fato, acreditando firmemente ser destinado àquela posição de poder e desenvolvendo um gosto por isto. Durante sua adolescência além dos ensinamentos sobre administração e gerenciamento da empresa também foi quando começou a adquirir maior familiaridade com seus produtos, adquirindo o hobby de atirar com armas de fogo.

Ao completar de seus 17 anos lhe foi exigido que ingressasse em algum estudo superior que suplementasse o que já havia aprendido. Não tinha um interesse árduo na tarefa mas a relação com seu pai sempre fora de obediência e suas palavras foram o suficiente para o fazer se aplicar e, consequentemente, ser aceito na Columbia University em Nova York, onde buscou um MBA. Assumiu durante os estudos a função de líder de algumas iniciativas e projetos com seus pares, sempre ansioso pelo controle, e foi quando aprendeu de fato a lidar com outras pessoas. Aprendeu como exercer autoridade e convencer seus interlocutores de suas visões e conseguiu criar a ligação entre estas habilidades sociais e sua futura função de CEO, fazendo com que quando pegasse o diploma já estivesse completamente apto para o cargo. Apesar de todas estas conquistas uma das mais valorosas foi sem dúvida conhecer Paul Elan, um de seus aliados. Um ex-militar ferido em combate e consequentemente aposentado, ele buscava o curso administrativo pois havia recentemente com a ajuda de outros amigos da época de seu serviço militar abrir uma empresa de segurança privada. Não se tornaram amigos próximos, seus egos eram muito grandes, mas nutrem respeito e confiança um pelo outro devido a alguns projetos e visões que compartilharam. Foi também quando conheceu Margaret Thulp, uma moça com quem cursava a universidade e que rapidamente despertou seu interesse culminando em uma relação de três anos e ultimamente um casamento entre os dois.

No começo de 1984 a vida de William daria uma virada devido a boas e más notícias. Sua mulher estava grávida e ele seria pai de um menino, mas ao mesmo tempo seu pai começava a mostrar os primeiros sintomas de Alzheimer e teria que ser afastado do cargo trazendo grande pesar e responsabilidade ao mesmo tempo. Se até então sua vida profissional houvesse focado nas suas habilidades e conhecimentos ela agora alterava-se gradualmente para sua capacidade de alianças e a possibilidade de conhecer pessoas importantes. Neste período seu pai, enquanto a doença não estava muito avançada, começou a apresenta-lo para parceiros de negócios e outros conhecidos importantes levando-o a conhecer Michael Lars, Nathan Colarte e Joshua Zahir. Eles eram todos integrantes do que seu pai chamava de “teia de informações”, pessoas com as quais conseguia aprender mais sobre um próximo negócio ou sobre interesses políticos, podendo tentar manipular o mercado e ter um dedo nas decisões de legislação sobre armas. Michael Lars, particularmente, era o responsável por contratos militares e participante do seu maior cliente, as forças armadas, sendo alguém com quem mantém não apenas relações de troca de informação como também de negócios. Nathan é um político ascendente e forte defensor de legislações pró-armamento e é capaz de providenciar com informações sobre legislação e tentar influenciar decisões. Joshua é um detetive da polícia que é capaz de ajudar a livrar alguém de problemas olhando para o outro lado ou até mesmo desviando o olhar de outros. Apesar disso na maioria das vezes apenas compartilha informações sobre indivíduos. Quando finalmente seu pai tornou-se incapaz ele já era considerado o CEO por muitos e se tornara oficialmente, assumindo o controle da empresa. Destacou-se pelo seu trabalho e conseguiu fazer a empresa crescer ainda mais, tornando-a um negócio multimilionário. Diferente de seu pai a sua administração era mais objetiva e ambiciosa, um mundo de compra e venda de segredos e informações privilegiadas, tudo em busca de mais capital. Tornou-se conhecida por uma voz trovejante e severa e por suas decisões não serem questionadas duas vezes, tanto pela seu comportamento autoritário como por suas interações firmes.

Na virada do milênio, no ano 2000, Margaret foi descoberta com leucemia e teve seu prazo de vida estipulado em no máximo um ano. A notícia afetou William significativamente, mas seu filho foi o mais abalado, largando seus estudos durante um ano após a morte de sua mãe. Ele tornou-se mais próximo de seu pai devido a perda que compartilhavam e foram se tornando amigos apesar da sua relação parental. A empresa começava a sofrer impactos em seus lucros devido à falta de modernização de seus produtos e a dificuldade em acompanhar as novas tecnologias, tornando seu crescimento mais modesto, nunca entrando de fato em déficit. Um ano depois, porém, viria a solução de seus problemas no formato de um atentado em sua própria cidade. Com o ataque terrorista ao World Trade Center as políticas americanas e a opinião pública começaram a se alterar e a iminência de conflito tornou-se parte da realidade dos americanos. As vendas de armas, tanto para civis como para os militares, crescia exponencialmente e todos queriam se armar diante da ameaça de terroristas em solo americano, uma vitória para Larkin Industries. Lance, como chamava seu filho, sem as ocupações do estudo começou a aprofundar-se em um de seus hobbies, a informática, e após o longo processo de luto adentrou a universidade estudando programação e monitoramento de mídias digitais. Nunca foi o objetivo de William que seu filho herdasse a empresa, mas com o passar dos anos e o currículo crescente de Lance acabou por o contratar para a empresa onde tornou-se responsável por toda parte de ciber-segurança e mostrou-se um excelente funcionário.

Nove anos se passam e a situação na empresa é estável. Lance agora exerce suas funções plenamente tendo seu diploma e respeito de seus colegas de profissão, o afastando de qualquer acusação de nepotismo. William conforme envelhecia ia se tornando mais firme e autoritário, tendo sempre a última palavra nas decisões da empresa e participando pessoalmente de todas as reuniões possíveis. Em uma dessas reuniões conheceu Edward Parton, CEO de uma empresa automobilística e bilionário interessado em um projeto coletivo para as forças armadas. William ficou fascinado pelo indivíduo e sua sagacidade e o desejo de fechar negócio cresceu dentro de si, assim como admiração pelas conquistas de seu colega. Após toda a burocracia necessária e com o começo do projeto tornaram-se amigos e começaram a conviver e compartilhas suas visões empresariais, mostrando a William que Edward também parecia respeita-lo. Em um dos aniversários de Edward este organizou uma festa de gala em sua mansão, contendo figuras importantes e poderosas e convidou William que prontamente apareceu apesar de sua usual reclusão. Foi quando, em uma saleta privada, lhe foi revelado um grande segredo. Diante do descobrimento do mundo das trevas e suas criaturas William ficou chocado por alguns momentos mas logo começou a pensar sobre tudo que seu colega havia conquistado e as possibilidades que uma vida imortal, ainda que uma ‘não-vida’, abriam para ele. Aceitou o Abraço e tornou-se um membro dos Ventrue, a elite da Camarilla. Durante sua transformação e um grande número de noites subsequentes foi acompanhado por seu mentor em suas caçadas e foi bombardeado de ensinamentos sobre a Camarilla e sobre a condinção vampírica. Compartilhavam de algumas coisas em comum, como por exemplo a importância do poder, fosse no mundo humano ou na sociedade cainita, e muitos dos ensinamentos pareciam extremamente razoáveis para William que entendia como hierarquia e poder funcionavam. Descobriu que Edward era um membro respeitado dentro da Camarilla e versado em suas minucias e aprendeu a abaixar a cabeça e ouvir, por mais que uma posição diferente da de superior o incomodasse.

Nos anos que se seguiram começou a fazer seu nome. Finalizado seus ‘estudos’ já se sentia poderoso não apenas pela sua empresa, mas também pelo seu clã e habilidades, o que causou alguns pequenos incômodos para terceiros quando ele mostrava muito abertamente seu sentimento de superioridade. Tornou-se minimamente conhecido, principalmente pelo seu mestre e suas posses no mundo humano mas ainda tinha muito a fazer para estabelecer uma posição fixa naquela instituição. Sendo assim, voluntariou-se para ser responsável por fornecer armamentos para outros membros superiores na hierarquia do clã Ventrue, como prova de seu compromisso com o clã e seus dogmas. Apenas um problema se tornava crescente para si: seu filho começava a suspeitar e estranhar cada vez mais os comportamentos erráticos e os desaparecimentos de seu pai, causando certa tensão entre os dois. Finalmente William decidiu por revelar algumas verdades sobre o mundo cainita e transforma-lo em lacaio após o consentimento de seu mentor, instruindo como podia sobre o funcionamento do mundo e suas vantagens. Lance que há muito havia se tornado mais amargo e sofria há anos a morte de sua mãe descobriu na condição vampírica um novo combustível para sua vida, maravilhado pela expansão dos seus limites e se tornando ansioso para fazer parte mais efetivamente da mesma. Atualmente, ambos trabalham avidamente na Larkin Industries mas aos poucos William se aprofunda mais na sociedade cainita e busca seus conhecimentos e poderes. Ele deseja tornar-se mais influente e sentir-se mais protegido dentro daquele novo mundo e não pouparia recursos para conseguir.
 

________________________________________

Lacaio – Lance Larkin:

Personagem: Lance Larkin
Clã: Carniçal Ventrue
Natureza:  Arquiteto
Comportamento: Capitalista
Conceito: Chefe de Ciber-Segurança da Larkin Ind.

Saldo de XP: 0/0

________________________________________

2. Atributos

Físicos(3)
- Força:  2
- Destreza:  2
- Vigor:  2

Sociais (4)
- Carisma:  3
- Manipulação: 2
- Aparência:  2

Mentais (6)
- Percepção:  2
- Inteligência:  4 (Analítico)
- Raciocínio:  3

________________________________________

3. Habilidades

Talentos (4)
- Prontidão:
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:  1
- Empatia:  1
- Expressão: 1
- Intimidação:
- Liderança:  1
- Manha:
- Lábia:

Perícias (7)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução:  1
- Etiqueta:  2
- Armas de Fogo:  1
- Armas Brancas:
- Performance:
- Segurança:  3
- Furtividade:
- Sobrevivência:

Conhecimentos (11)
- Acadêmicos:  1
- Computador:  3
- Finanças:  2
- Investigação:  2
- Direito:  1
- Linguística:  1 (Inglês e Chinês)
- Medicina:
- Ocultismo:
- Política:  1
- Ciências:

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes (5)
Recursos (4)
Contato (1) (Clark Marsh – Agente da NSA)

Disciplinas
Potência: 1
Fortitude: 1

________________________________________

5. Virtudes

Virtudes (7)
- Consciência:  3
- Autocontrole:  3
- Coragem:  4

Humanidade:  6

Força de Vontade:  4

________________________________________

Qualidades e Defeitos
- Aptidão com Computadores (-2)
- Antecedentes Criminais (+2)

Observações
-
-
-

________________________________________

6. Prelúdio
Filho de William e herdeiro da companhia Larkin Industries. Conhecido por sua aptidão com computadores e suas habilidade em ciber-segurança, sendo responsável por esta área dentro da empresa de seu pai. Quando ainda era um adolescente teve problemas com a lei após hackear um servidor do governo, ainda que fosse só pela diversão do ato e conheceu Clark Marsh, um membro da NSA. Apesar de ter sido dispensado de cumprir qualquer pena teve que pagar uma multa de grande valor. Clark Marsh ficou impressionado nas habilidades do garoto e eles se tornaram colegas que trocavam alguns conhecimentos sobre informática um com outro. Já adulto a amizade continua, mas ambos costumam tratar de assuntos mais sérios. Majoritariamente ele auxilia avisando sobre possíveis ataques nos servidores da Larkin Inc.

7. Banco de Dados
avatar
Regicide

Data de inscrição : 09/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Larkin - Ventrue - Camarilla

Mensagem por Regicide em Sex Jan 05, 2018 11:48 pm

Desculpa postar de novo, percebi que esqueci de explicar um defeito no prelúdio!




1. Dados

Nome: Regicide
Personagem:  William Larkin
Clã: Ventrue
Natureza:  Autrocrata
Comportamento: Capitalista
Geração: 12a
Refúgio:  Cobertura Triplex de Luxo em Nova York
Conceito:  CEO da Larkin Ind.

Saldo de XP: 0/0

________________________________________

2. Atributos

Físicos (3)
- Força:  2
- Destreza:  2
- Vigor:  2

Sociais (7)
- Carisma:  4 (Distinto)
- Manipulação: 4 (Bom argumentador)
- Aparência: 2

Mentais (5)
- Percepção:  2
- Inteligência:  3
- Raciocínio:  3

________________________________________

3. Habilidades

Talentos (13)
- Prontidão: 1  
- Esportes:
- Briga:  
- Esquiva:  1
- Empatia:  1
- Expressão:  2
- Intimidação: 3
- Liderança: 4 (+2PB) (Autoridade)
- Manha:  
- Lábia:  2

Perícias (9)
- Empatia c/ Animais:  
- Ofícios:  
- Condução:  2
- Etiqueta:  3
- Armas de Fogo:  3
- Armas Brancas:  1
- Performance:  
- Segurança:
- Furtividade:  
- Sobrevivência:

Conhecimentos (5)
- Acadêmicos:  
- Computador:  1
- Finanças:  3
- Investigação:  
- Direito:  
- Linguística:  
- Medicina:  
- Ocultismo:  
- Política:  2 (+2PB)
- Ciências:  

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes (5)
Geração (1)
Mentor (3)
Recursos (5)
Influência (3)
Lacaio (1) (Lance Larkin)
Status (1)
Aliados (3) (Michael Lars) (Nathan Colarte) (Paul Elan)
Contatos (1) (Joshua Zahir)

Disciplinas (3)
Dominação: 2
Fortitude:
Presença: 1


________________________________________

5. Virtudes

Virtudes (7)
- Consciência:  3
- Autocontrole:  3
- Coragem:  4

Humanidade: 6

Força de Vontade:  7 (+3PB)

________________________________________

Qualidades e Defeitos
- Voz Encantadora (-2)
- Presunçoso (+2)
- Responsabilidade Especial (+1)
- Azar Sobrenatural (+4)

Informações do personagem
- Idade antes do abraço: 53 Anos
- Idade total: 60 Anos
- Data de nascimento: 09/10/1957
- Aparência: Um sujeito alto, medindo 1,86m, de corpo magro e feições agudas. Cabelo grisalho assim como a barba, levemente comprida.
- Personalidade: Obstinado, autoritário e egocêntrico. Gosta de posições de poder e usa os meios necessários para alcança-las.
“We’ll cleave you from the herd and watch you die in the wilderness.”
- Fraqueza do clã: Se alimenta apenas de mulheres jovens

- Inventário:
-
Glock 22 .
Magnum Desert Eagle
- 01 Faca de Combate
- iPhone X
- Ultrabook
- Rolls-Royce Ghost 2016
- Colete a prova de balas


________________________________________

6. Prelúdio

William nasceu em 1957 no Texas, embora tenha passado apenas os primeiros anos da sua infância no estado culminando em seu crescimento se dar principalmente em Nova York. Foi uma criança difícil, muito mimado pela capacidade aquisitiva de sua família, dona de uma empresa armamentista, e não havia muito longe do seu alcance. A convivência com o pai era escassa devido a sua vida na empresa mas sua mãe o mantinha companhia a maior parte do tempo.

Em 1969 sua mãe veio a falecer de uma embolia pulmonar e o pai retornou a sua vida de forma mais significativa, fazendo-o dele seu aprendiz. William trabalhava como assistente de seu pai e o acompanhava em reuniões e negociações, tudo no intuito de o deixar preparado para se tornar sucessor da firma um dia. Toda a expectativa e planejamento sobre o seu futuro fez com que nunca fosse uma criança de fato, acreditando firmemente ser destinado àquela posição de poder e desenvolvendo um gosto por isto. Durante sua adolescência além dos ensinamentos sobre administração e gerenciamento da empresa também foi quando começou a adquirir maior familiaridade com seus produtos, adquirindo o hobby de atirar com armas de fogo.

Ao completar de seus 17 anos lhe foi exigido que ingressasse em algum estudo superior que suplementasse o que já havia aprendido. Não tinha um interesse árduo na tarefa mas a relação com seu pai sempre fora de obediência e suas palavras foram o suficiente para o fazer se aplicar e, consequentemente, ser aceito na Columbia University em Nova York, onde buscou um MBA. Assumiu durante os estudos a função de líder de algumas iniciativas e projetos com seus pares, sempre ansioso pelo controle, e foi quando aprendeu de fato a lidar com outras pessoas. Aprendeu como exercer autoridade e convencer seus interlocutores de suas visões e conseguiu criar a ligação entre estas habilidades sociais e sua futura função de CEO, fazendo com que quando pegasse o diploma já estivesse completamente apto para o cargo. Apesar de todas estas conquistas uma das mais valorosas foi sem dúvida conhecer Paul Elan, um de seus aliados. Um ex-militar ferido em combate e consequentemente aposentado, ele buscava o curso administrativo pois havia recentemente com a ajuda de outros amigos da época de seu serviço militar abrir uma empresa de segurança privada. Não se tornaram amigos próximos, seus egos eram muito grandes, mas nutrem respeito e confiança um pelo outro devido a alguns projetos e visões que compartilharam. Foi também quando conheceu Margaret Thulp, uma moça com quem cursava a universidade e que rapidamente despertou seu interesse culminando em uma relação de três anos e ultimamente um casamento entre os dois.

No começo de 1984 a vida de William daria uma virada devido a boas e más notícias. Sua mulher estava grávida e ele seria pai de um menino, mas ao mesmo tempo seu pai começava a mostrar os primeiros sintomas de Alzheimer e teria que ser afastado do cargo trazendo grande pesar e responsabilidade ao mesmo tempo. Se até então sua vida profissional houvesse focado nas suas habilidades e conhecimentos ela agora alterava-se gradualmente para sua capacidade de alianças e a possibilidade de conhecer pessoas importantes. Neste período seu pai, enquanto a doença não estava muito avançada, começou a apresenta-lo para parceiros de negócios e outros conhecidos importantes levando-o a conhecer Michael Lars, Nathan Colarte e Joshua Zahir. Eles eram todos integrantes do que seu pai chamava de “teia de informações”, pessoas com as quais conseguia aprender mais sobre um próximo negócio ou sobre interesses políticos, podendo tentar manipular o mercado e ter um dedo nas decisões de legislação sobre armas. Michael Lars, particularmente, era o responsável por contratos militares e participante do seu maior cliente, as forças armadas, sendo alguém com quem mantém não apenas relações de troca de informação como também de negócios. Nathan é um político ascendente e forte defensor de legislações pró-armamento e é capaz de providenciar com informações sobre legislação e tentar influenciar decisões. Joshua é um detetive da polícia que é capaz de ajudar a livrar alguém de problemas olhando para o outro lado ou até mesmo desviando o olhar de outros. Apesar disso na maioria das vezes apenas compartilha informações sobre indivíduos. Quando finalmente seu pai tornou-se incapaz ele já era considerado o CEO por muitos e se tornara oficialmente, assumindo o controle da empresa. Destacou-se pelo seu trabalho e conseguiu fazer a empresa crescer ainda mais, tornando-a um negócio multimilionário. Diferente de seu pai a sua administração era mais objetiva e ambiciosa, um mundo de compra e venda de segredos e informações privilegiadas, tudo em busca de mais capital. Tornou-se conhecida por uma voz trovejante e severa e por suas decisões não serem questionadas duas vezes, tanto pela seu comportamento autoritário como por suas interações firmes.

Na virada do milênio, no ano 2000, Margaret foi descoberta com leucemia e teve seu prazo de vida estipulado em no máximo um ano. A notícia afetou William significativamente, mas seu filho foi o mais abalado, largando seus estudos durante um ano após a morte de sua mãe. Ele tornou-se mais próximo de seu pai devido a perda que compartilhavam e foram se tornando amigos apesar da sua relação parental. A empresa começava a sofrer impactos em seus lucros devido à falta de modernização de seus produtos e a dificuldade em acompanhar as novas tecnologias, tornando seu crescimento mais modesto, nunca entrando de fato em déficit. Um ano depois, porém, viria a solução de seus problemas no formato de um atentado em sua própria cidade. Com o ataque terrorista ao World Trade Center as políticas americanas e a opinião pública começaram a se alterar e a iminência de conflito tornou-se parte da realidade dos americanos. As vendas de armas, tanto para civis como para os militares, crescia exponencialmente e todos queriam se armar diante da ameaça de terroristas em solo americano, uma vitória para Larkin Industries. Lance, como chamava seu filho, sem as ocupações do estudo começou a aprofundar-se em um de seus hobbies, a informática, e após o longo processo de luto adentrou a universidade estudando programação e monitoramento de mídias digitais. Nunca foi o objetivo de William que seu filho herdasse a empresa, mas com o passar dos anos e o currículo crescente de Lance acabou por o contratar para a empresa onde tornou-se responsável por toda parte de ciber-segurança e mostrou-se um excelente funcionário.

Nove anos se passam e a situação na empresa é estável. Lance agora exerce suas funções plenamente tendo seu diploma e respeito de seus colegas de profissão, o afastando de qualquer acusação de nepotismo. William conforme envelhecia ia se tornando mais firme e autoritário, tendo sempre a última palavra nas decisões da empresa e participando pessoalmente de todas as reuniões possíveis. Em uma dessas reuniões conheceu Edward Parton, CEO de uma empresa automobilística e bilionário interessado em um projeto coletivo para as forças armadas. William ficou fascinado pelo indivíduo e sua sagacidade e o desejo de fechar negócio cresceu dentro de si, assim como admiração pelas conquistas de seu colega. Após toda a burocracia necessária e com o começo do projeto tornaram-se amigos e começaram a conviver e compartilhas suas visões empresariais, mostrando a William que Edward também parecia respeita-lo. Em um dos aniversários de Edward este organizou uma festa de gala em sua mansão, contendo figuras importantes e poderosas e convidou William que prontamente apareceu apesar de sua usual reclusão. Foi quando, em uma saleta privada, lhe foi revelado um grande segredo. Diante do descobrimento do mundo das trevas e suas criaturas William ficou chocado por alguns momentos mas logo começou a pensar sobre tudo que seu colega havia conquistado e as possibilidades que uma vida imortal, ainda que uma ‘não-vida’, abriam para ele. Aceitou o Abraço e tornou-se um membro dos Ventrue, a elite da Camarilla. Durante sua transformação e um grande número de noites subsequentes foi acompanhado por seu mentor em suas caçadas e foi bombardeado de ensinamentos sobre a Camarilla e sobre a condinção vampírica. Compartilhavam de algumas coisas em comum, como por exemplo a importância do poder, fosse no mundo humano ou na sociedade cainita, e muitos dos ensinamentos pareciam extremamente razoáveis para William que entendia como hierarquia e poder funcionavam. Descobriu que Edward era um membro respeitado dentro da Camarilla e versado em suas minucias e aprendeu a abaixar a cabeça e ouvir, por mais que uma posição diferente da de superior o incomodasse.

Nos anos que se seguiram começou a fazer seu nome. Finalizado seus ‘estudos’ já se sentia poderoso não apenas pela sua empresa, mas também pelo seu clã e habilidades, o que causou alguns pequenos incômodos para terceiros quando ele mostrava muito abertamente seu sentimento de superioridade. Tornou-se minimamente conhecido, principalmente pelo seu mestre e suas posses no mundo humano mas ainda tinha muito a fazer para estabelecer uma posição fixa naquela instituição. Sendo assim, voluntariou-se para ser responsável por fornecer armamentos para outros membros superiores na hierarquia do clã Ventrue, como prova de seu compromisso com o clã e seus dogmas. Apenas um problema se tornava crescente para si: seu filho começava a suspeitar e estranhar cada vez mais os comportamentos erráticos e os desaparecimentos de seu pai, causando certa tensão entre os dois. Finalmente William decidiu por revelar algumas verdades sobre o mundo cainita e transforma-lo em lacaio após o consentimento de seu mentor, instruindo como podia sobre o funcionamento do mundo e suas vantagens. Lance que há muito havia se tornado mais amargo e sofria há anos a morte de sua mãe descobriu na condição vampírica um novo combustível para sua vida, maravilhado pela expansão dos seus limites e se tornando ansioso para fazer parte mais efetivamente da mesma. Atualmente, ambos trabalham avidamente na Larkin Industries mas aos poucos William se aprofunda mais na sociedade cainita e busca seus conhecimentos e poderes. Buscando criar novas relações dentro da Camarilla e começar a adquirir novas informações acabou por se oferecer a um de seus superiores os serviços de sua empresa pelo clã, tornando necessário desde então que caso um membra precise de armamentos William é compelido a oferecer. Atualmente ele deseja tornar-se mais influente e sentir-se mais protegido dentro daquele novo mundo e não pouparia recursos para conseguir.
 

________________________________________

Lacaio – Lance Larkin:

Personagem: Lance Larkin
Clã: Carniçal Ventrue
Natureza:  Arquiteto
Comportamento: Capitalista
Conceito: Chefe de Ciber-Segurança da Larkin Ind.

Saldo de XP: 0/0

________________________________________

2. Atributos

Físicos(3)
- Força:  2
- Destreza:  2
- Vigor:  2

Sociais (4)
- Carisma:  3
- Manipulação: 2
- Aparência:  2

Mentais (6)
- Percepção:  2
- Inteligência:  4 (Analítico)
- Raciocínio:  3

________________________________________

3. Habilidades

Talentos (4)
- Prontidão:
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:  1
- Empatia:  1
- Expressão: 1
- Intimidação:
- Liderança:  1
- Manha:
- Lábia:

Perícias (7)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução:  1
- Etiqueta:  2
- Armas de Fogo:  1
- Armas Brancas:
- Performance:
- Segurança:  3
- Furtividade:
- Sobrevivência:

Conhecimentos (11)
- Acadêmicos:  1
- Computador:  3
- Finanças:  2
- Investigação:  2
- Direito:  1
- Linguística:  1 (Inglês e Chinês)
- Medicina:
- Ocultismo:
- Política:  1
- Ciências:

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes (5)
Recursos (4)
Contato (1) (Clark Marsh – Agente da NSA)

Disciplinas
Potência: 1
Fortitude: 1

________________________________________

5. Virtudes

Virtudes (7)
- Consciência:  3
- Autocontrole:  3
- Coragem:  4

Humanidade:  6

Força de Vontade:  4

________________________________________

Qualidades e Defeitos
- Aptidão com Computadores (-2)
- Antecedentes Criminais (+2)

Observações
-
-
-

________________________________________

6. Prelúdio
Filho de William e herdeiro da companhia Larkin Industries. Conhecido por sua aptidão com computadores e suas habilidade em ciber-segurança, sendo responsável por esta área dentro da empresa de seu pai. Quando ainda era um adolescente teve problemas com a lei após hackear um servidor do governo, ainda que fosse só pela diversão do ato e conheceu Clark Marsh, um membro da NSA. Apesar de ter sido dispensado de cumprir qualquer pena teve que pagar uma multa de grande valor. Clark Marsh ficou impressionado nas habilidades do garoto e eles se tornaram colegas que trocavam alguns conhecimentos sobre informática um com outro. Já adulto a amizade continua, mas ambos costumam tratar de assuntos mais sérios. Majoritariamente ele auxilia avisando sobre possíveis ataques nos servidores da Larkin Inc.

7. Banco de Dados
[/quote]
avatar
Regicide

Data de inscrição : 09/07/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Larkin - Ventrue - Camarilla

Mensagem por Arcebispo Altobello em Qua Jan 10, 2018 9:11 am

Bom dia, Miojo!

O personagem está incrivelmente coeso e conciso. Parabéns! Mas há uma coisa ou duas para serem ajustadas.

Armas de Fogo 3 - Quando se fala de Habilidades, tenha em mente o seguinte. 0 - você não tem nada em especial nesse campo e acompanha o senso comum; 1 - você se dedicou um pouco nesse campo, e pode ser considerado como um hobby seu (a maioria das pessoas para por aqui); 2 - você gastou parte considerável de seu tempo nesse campo estudando e treinando (você já está acima da maioria esmagadora das pessoas nesse campo); 3 - você é um profissional na área e poderia muito bem tirar o seu sustento disso; 4 você é reconhecido até mesmo dentre os profissionais, tornando-se uma referência no seu campo de atuação; 5 - você faz parte de um seleto grupo de pessoas considerada as melhores de sua geração nesse campo.

Tendo isso em mente, ainda que seja um hobby praticado ao longo de anos... perceba, é apenas um hobby. Larkin se dedicou de verdade a outras atividades como desenvolver sua liderança, seu conhecimento em finanças, rede de influência e etc. Peço que altere a explicação da habilidade no prelúdio ou diminua para 2.

Azar Sobrenatural - O defeito passou batido no prelúdio. Isso é algo que acompanha o personagem desde que nasceu, foi adquirido durante a vida ou algo deu errado durante o Abraço? De qualquer forma, por que Larkin nunca sofreu as consequências desse defeito? Seria interessante demonstrar quando o Azar influenciou na sua vida (ou não-vida).

Peço que as alterações futuras no prelúdio sejam destacadas em alguma cor, para agilizar a avaliação.

_________________
"Subirei aos céus, erguerei meu trono acima das estrelas de Deus
E lá, mais alto que as nuvens, serei como o Altíssimo." 
avatar
Arcebispo Altobello
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 23
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Larkin - Ventrue - Camarilla

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum