Uma verdade, diversas mentiras!

Página 2 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por giulio em Seg Jan 15, 2018 2:05 am

Lá estava eu, andando em um terreno hostil, a música até poderia ser agradável, mas de certo modo não me sentia confortável, pois, eu sabia, que aquele local havia dono.

"Bem que eu poderia me alimentar só por prazer, mas melhor não..." Terminava esse pensamento olhando uma humana com beleza incomum se divertindo, e sentindo o arrepio com a irá da primogênie em minha mente, e continuava até encontrar a área VIP. E observando no local os humanos que ali haviam "OBS 1". Assim que avisto a harpia, sinto algo mortal, o frio na espinha ao lembrar que a mesma tinha a língua afiada. Mas escondo todos aqueles sentimentos mortais ao ponto que a mesma se aproxima e com um pequeno sorriso de canto respondo a sua colocação e convite:

--- Será uma satisfação. Digo com o meu sotaque Italiano ao mesmo tempo que me acomodo.
Observando seu corpo e de certo a desejando enquanto olho suas belas curvas (seios) e saindo do transe após sua pergunta entro no assunto :

--- Sim, realmente pensei. Digo com o meu sotaque afim de conquista -nao meu idioma. --- mas como realmente acha que conseguirei a confiança deles? E com isso terei que me tornar, de certa forma um deles, mas é algo que eu já pretendia fazer. Faço uma pausa pequena, olho seus peitos desejando os mesmos e continuo: --- Mas o que eu ganho conseguindo o que você planeja?

OBS 1: Percepção da aura para ver se há algum outro vampiro fora Matilda, apenas para complementar a cena.
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 27
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Seg Jan 15, 2018 11:56 am

Malika de los Anjos

Aquele lugar sujo guardava segredos sombrios que Malika conseguia, pelos dons do menino, enxergar. Sua morte. Seu medo. O responsável por aquilo. Uma promessa era feito ao garoto. Vingança! A cena ainda perturbava sua mente. O homem agachado se alimentando vulgarmente de uma pobre vitima com violência como um animal faminto. O estranho lhe encarando com os olhos de pura maldade. Seus olhos queimam sua alma. Estaria ele envolvido nas mortes que ali ocorreram com os Anarquistas? Estava tudo muito confuso ainda. Muito cedo para fazer suposições aleatórias. No entanto, tinha problemas maiores pra resolver. Indagações urgentes. Como por exemplo, se aquela noite seria a ultima da imortal entre os mortos vivos.

Frank. Esse era seu nome. Tinha certeza disso agora. Ele estava encostado na parede olhando a janela, a movimentação dos carros. O clima. A chuva parecia ter passado. Ele olha para a imortal quando esta lhe faz uma pergunta. Seu semblante era o mesmo de minutos antes no beco. Desdem. Sua pergunta não tinha resposta. Ele voltava a olhar a janela. O lugar era simples. Filha de Malkav podia notar agora que se tratava de apenas um comodo o local, a sua frente estava a cozinha, ao lado o imortal e provavelmente as costas estariam uma porta para o banheiro. O lugar fedia a mofo. O aquecedor velho em cima na parede zumbia em seus ouvidos. Era o único som do lugar.

- Diz pra - Ele se vira para a Malkaviana - Como vocês conseguem viver? - Ele pergunta seriamente para a imortal. Seu semblante, por alguma razão, possuía um toque aversão. Estava muito além de apenas uma curiosidade. Era um julgamento precipitado.

-------------------
[STATUS]
PDS – 11/13
FDV- 6/6
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – ------


Giulio Rosemberg
Obs: Auspicios só funciona numa pessoa por vez, logo terá que se concentrar numa pessoa.

Giulio Observa tudo a seu redor. Mulheres dançando. Homens rindo e bebendo. Nenhuma pessoa ali te chama atenção de fato. Somente uma das meses em que o homem esta rodeado de belas mulheres. A mesa lotada de garravas de cerveja e outras porcarias. Ele fumava um charuto e falava alto. Estava feliz. E as mulheres ao seu redor usurfluiram dessa alegria. Logo o Toreador se acomoda e começava a dialogar com sua irmã de clã.

- Muito astuto da sua parte - Diz ela quando Giulio diz que terá que se torna um deles - Talvez possamos armar um esquema, ajuda de fora é algo que ninguém espera. E se você desvendasse o mistério dos sumiços dos Anarquistas? Poderia muito bem acabar toda essa guerra após pegarmos o culpado. Não seria algo a se pensar ? - Ela diz com graciosidade fazendo com que o imortal pensasse por conta própria. - Eu planejo? Não meu caro. É o que todos querem e conseguindo isso, conseguira finalmente o status que tanto almeja. - Ela olha a cara do jovem toreador meio constrangido por decifra-lo tão facilmente. - Ahh meu jovem, não se preocupe com isso, o gosto pelo poder é uma sede que todos nós sentimos. - Ela diz com um sorriso jovial nos lábios deixando o toreador mais confortável.
TESTE escreveu:
Giulio rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 7 para disfarçar sentimento que resultou 1, 6, 3 - Total: -1 Sucessos

----------------
[STATUS]
PDS – 14/15
FDV- 7/7
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – ------


 Stanislav Nottinghan

A brisa afaga seu rosto. Mais cedo o céu havia castigado a cidade com uma tempestade. A maré estava alta, gritando em violentas ondas. Stanislav se aproximava de sua moto. Uma carcaça velha que havia roubado. No momento, daria pro gasto. Ele seguia seu rumo deixando para trás uma trilha de corpos e cinzas. Estava na hora de terminar um serviço. Estava na hora de mostrar mais uma vez que não se podia brincar com os Tremeres. Era isso, ou voltar a idade media e deixar que todos os clãs escarneçam de sua linhagem. Isso não voltaria acontecer. Eles galgaram com unhas e dentes os pilares da hierarquia para serem reconhecidos como clã, agora precisam fazer valer toda a sua fúria sobre aqueles que tentavam mais uma vez menosprezar o clã.

TESTE escreveu:Anonimos rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para pilotar que resultou 7, 2, 8 - Total: 2 Sucessos

Nottinghan nunca foi fã de veículos. Mas qual era a dificuldade que alguém como ele poderia encontrar em pilotar uma coisa tão mundana daquelas? Sua inteligencia e habilidade por vezes o tiravam de diversas situações arriscadas. E nesse momento, ele contava com isso, estava a caminho do covil de seus inimigos. O motor da moto urra como um leão enfurecido. O imortal cortava o trafego, costurava entre os carros na medida do possivel. Do bairro de operários ao gueto. O vento em sua face aumenta, seus cabelos bailam ao sabor do vento. As ruas iam ficando cada vez mais desertas. A iluminação precária. Os pedestres ariscos. A sujeira em todos os cantos. em cada parede, se alastrando pela asfalto. Ruas mais apertadas. Foi forçado e diminuir. Estava próximo, podia sentir.

A musica chama sua atenção. A baderna lhe indicava o caminho. Ruas movimentadas no coração do bairro tão sujo quanto seu passado. O imortal chegava onde queria. Um bar de motoqueiros barra pesada. Mal encarados. Tatuagens. Barbas e cabelos grandes. Havia tambem um grupo de goticos no local. Piercings. Cabelos diferentes. Um amontado de lixo humano que poderia ser recolhido pelo caminhão. Não dava a minima. Dentro do bar uma musica alta. O local estava lotado. Muitos não conseguiam entrar e preferiam ficar do lado de fora bebendo, rindo, mostrando os motores pesados das motocicletas ali encostadas. A rua estava totalmente congestionada. A noite só estava começando...

Mais abaixo o Dossiê que a capela lhe forneceu antes de sair de lá. Achei que iria interagir com Philip.
Dossiê
DOSSIE:
Nome: Katrina Kosh
Idade de membro:Desconhecido. Especulasse que por volta da Guerra civil americana.
Acusação: Trair e roubar o clã Tremere.
Refugio: Desconhecido. Algum buraco com os anarquistas.
Lugar freqüentado: Desconhecido.
Armas usada: A própria mente
Clã: Malkaviana
Ultimo Lugar visto: Rua Street 58, casa 661. Dono: MC-Lost - Um  dos Anarquistas que desapareceu.
Segurança: Botus - Clã Gangrel
Inimigos: Chedy Clã Brujah
Mais abaixo uma foto dela meio desgastada

-----------------
PDS – 13/14
FDV- 8/8
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – ------



 Crowley Darkness  

O despertador não podia ser ouvido. Apenas trevas nublando sua consciência. Apenas o vazio. O sangue flui por seu organismo. Seus olhos se abrem turvos para uma nova noite. Estava na hora! Hora de colocar aquela cidade a baixo. Uma mensagem e eles queimariam a cidade inteira. Todo o sabá dependendo inteiramente de um sinal de aviso do guardião. Tal escolha gerou um debate sangrento entre as fileiras do sabá. Apos as sombras de Lucy quebraram as traqueias de um dos batedores nômades, ela conseguiu falar, e fazer com que os outros tambem depositassem a mesma confiança que Lucy possuía em seu pupilo. Agora, estavam nas mãos de Crowley fazer valer tal confiança. O rabo de Lucy estava na reta.

O guardião dava uma ultima olhada no local antes de entrar no bar. Mais uma moto chegava no local, diferentes das outras, aquela estava caindo as pedaços. Mais um degenerado para completar a bagunça. Com sua "bengala" em mãos, o imortal seguia seu caminho para dentro do lugar. Caso as coisas saíssem diferente do planejado, tal "bengala" poderia lhe colocar numa vantagem singela, mas dificilmente daria conta de todos ali, estava entrando no inferno e o diabo não abriria mão de sua alma caso fizesse merda.

Crowley atravessa a massa de pessoas. A musica estava alta, um metal na qual não conseguia ouvir as palavras, somente uma guitarra violenta e  voz rouca. Ali dentro, elas não conversavam, elas gritavam uma para outras. Era quase impossível passar por ali sem esbarrar em ninguém, muitas das vezes tinha que chamar a atenção de um ou outro para passar. O bar estava amontoado de pessoas lutando para conseguir uma bebida. Após alguns gritos e empurrões Crowley conseguia sua bebida, na confusão nem mesmo precisou pagar por ela. Não era questão do dinheiro e sim do tempo que fazia o imortal observar o local.

teste escreveu:Crowley rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 8 para ******** que resultou 6, 7, 8, 10 - Total: 2 Sucessos

O imortal lança uma boa olhada no local tentando entender algum padrão ali dentro. Talvez uma chance de se infiltrar. Não localizava nenhuma. Não havia portas dos fundos nem área vips. Apenas um monte de mesas espalhadas no local, ao lado do bar duas caixas de som gigantes. Ouvir o que as pessoas diziam exigia muita concentração e leitura labial, numa delas ele era bom. Nada de útil era retirada daquelas pessoas. Conversas aleatórias e sem sentido. Até que o guardião sentia que era observado. alguém observava o observador. Mas onde? Sentia olhos seguindo seus passos. Mas onde estava? Varrendo o local com os olhos não localizava a fonte até que duas bolas negros e sensuais lhe encaravam e então ela desaparece no meio da multidão. Teria ele sido descoberto? Ainda era muito cedo para dizer.

----------------
PDS – 14/15
FDV- 8/8
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – ------

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Seg Jan 15, 2018 4:23 pm

O sombrio se lembra da trajetória até aquele presente momento enquanto observava o bar de longe, Lucy havia intervido em seu nome, dizendo que era digno pra tal missão! Mas para isso ossos foram quebrados, e Lucy como sempre sairia como a dona da verdade, mas dessa vez o dela também estava na reta, muitos desejam o sucesso da missão mas a falha dele seria um prato cheio para oposição, Crowley sabia que sua cabeça estreia a prêmio para tal falha, a missão não era fácil, se infiltrar entre os humanos era uma coisa, Agora se passar por um membro tendo que criar uma falsa identidade era algo novo que colocaria toda sua habilidade a prova!

ANTES


O guardião dava uma ultima olhada no local antes de entrar no bar. Mais uma moto chegava no local, diferentes das outras, aquela estava caindo as pedaços. Mais um degenerado para completar a bagunça. Com sua "bengala" em mãos, o imortal seguia seu caminho para dentro do lugar. Caso as coisas saíssem diferente do planejado, tal "bengala" poderia lhe colocar numa vantagem singela, mas dificilmente daria conta de todos ali, estava entrando no inferno e o diabo não abriria mão de sua alma caso fizesse merda.

Bom, chegou a hora!

Crowley atravessa a massa de pessoas. A musica estava alta, um metal na qual não conseguia ouvir as palavras, somente uma guitarra violenta e  voz rouca. Ali dentro, elas não conversavam, elas gritavam uma para outras. Era quase impossível passar por ali sem esbarrar em ninguém, muitas das vezes tinha que chamar a atenção de um ou outro para passar. O bar estava amontoado de pessoas lutando para conseguir uma bebida. Após alguns gritos e empurrões Crowley conseguia sua bebida, na confusão nem mesmo precisou pagar por ela. Não era questão do dinheiro e sim do tempo que fazia o imortal observar o local.

AGORA


Este lugar está muito cheio é impossível ficar aqui dentro por muito tempo!


O sombrio se entrega ao diabo ao entrar naquele verdadeiro inferno, poderia muito bem desiste na metade do caminho, mas isso seria algo que nunca faria, desistir não existia em seu dicionário, um soldado terminar a missão ou morre tentando. Crowley consegue pegar sua cerveja como planejado, primeiro passo de uma extensão missão tinha sido dado, tenta usar suas habilidades naquele inferno barulhento, mas com a combinação deles ele consegue concluir que nada de interessante acontecia.

O imortal lança uma boa olhada no local tentando entender algum padrão ali dentro. Talvez uma chance de se infiltrar. Não localizava nenhuma.  Apenas um monte de mesas espalhadas no local, ao lado do bar duas caixas de som gigantes.

Apenas conversas aleatórias eram detectadas mas até que seus sentidos detectam algo, agora ele estava sendo observado, mas por quem? Onde?


Putz, tem alguem na minha cola, onde foi que eu errei...


Sombrio esvazia sua mente de perguntas e suposições, se concentra, e de forma discreta começa olha em sua volta para achar o observado, o Local não tinham área VIP e nem uma saída de emergência, apenas uma porta para sair e entrar...

Até que no meio da multidão, um olhar negro, marcante e sedutor e pego te olhando, mas rapidamente desaparece entre a multidão. Nesse momento passa um frio por sua espinha...


Não é possível, isso deve se uma armadilha...
Calma, ainda está no caminho certo, não faça nenhuma cagada!



Crowley tenta conter seus sentimentos, não saberia que tinha sido descoberto, ele se concentrar e em seguida caminho em direção as mesas procurando um lugar para se sentar caso não tenha vai para a saída ficar​ do lado de fora, como havia muito gente lá mesmo, bebendo e conversando talvez conseguisse algumas informação e também encontrasse os olhos marcantes, já que só tinha aquela passagem, ao menos  o que tinha visto até o momento!
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Seg Jan 15, 2018 6:46 pm

 Crowley Darkness  

Olhos negros como a noite lhe espreitam. Seus passos eram seguidos. Perigo. O guaridão sentia-se preso numa arapuca. Não havia fuga. Ele mesmo se colocou ali dentro por vontade própria. Pensamentos aterradores tomam conta da mente do imortal. Ele se colocava em movimento. Procurava uma mesa onde pudesse se sentar. Não achava. O local estava abarrotado de gente. Ele então seguia para o lado de fora. Antes que pudesse chegar na porta uma mão feminina repousa em seu ombro.

- Ola - Ela dizia com um sorriso no rosto. - Vejo que é novo aqui, me chamo Shamanta! - Ela diz estenda a mão para o vampiro.

Olhando por cima dos ombros conseguia ver uma jovem linda que o abordava. Sim. Ela era a dona dos olhares que lhe seguiram nos últimos minutos. Pele clara. Cabelos castanhos. Olhos sedutores. Não parecia um cadáver que roubava vidas como o Crowley. Apenas mais um humano que foi atraída pela escuridão.

TESTES escreveu:Crowley rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 7 para ******** que resultou 9, 3, 7, 3 - Total: 2 Sucessos
Mulher rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 7 para ******* que resultou 2, 8, 3, 3, 8, 4, 10 - Total: 3 Sucessos

----------------
PDS – 14/15
FDV- 8/8
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – ------

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Seg Jan 15, 2018 10:24 pm

ANTES

Crowley tenta conter seus sentimentos, não saberia que tinha sido descoberto,
Porém, olhos negros como a noite lhe espreitam. Seus passos eram seguidos. Perigo. O guaridão sentia-se preso numa arapuca. Não havia fuga. Ele mesmo se colocou ali dentro por vontade própria. Pensamentos aterradores tomam conta da mente do imortal. Ele se colocava em movimento. Procurava uma mesa onde pudesse se sentar. Não achava. O local estava abarrotado de gente. Ele então seguia para o lado de fora. Antes que pudesse chegar na porta uma mão feminina repousa em seu ombro.


AGORA

Por um breve momento sombrio congela, será a mão de seu algoz, mas o toque não era intimidador ou de força tento conter e sim um toque suave e leve de uma mão feminina!

De quem será essa pequena mão???

Então, um voz em meio a multidão ganhar uma atenção...
Olhando por cima dos ombros conseguia ver uma jovem linda que o abordava.


- Ola - Ela dizia com um sorriso no rosto. - Vejo que é novo aqui, me chamo Shamanta! - Ela diz estenda a mão para o vampiro.

Sim. Ela era a dona dos olhares que lhe seguiram nos últimos minutos. Pele clara. Cabelos castanhos. Olhos sedutores. Não parecia um cadáver que roubava vidas como o Crowley. Apenas mais um humano que foi atraída pela escuridão.

O guardião retriu com gratidão a jovem donzela com um sorriso de canto a outro!


Bom, agora é a hora!

-Olá, Shamanta!
-Bom, gostaria muito de lhe comprimentar mas como pode ver estou meio que com a mãos ocupadas
- monstra Crowley com uma garrafa de cerveja e com a outra se apoiando em sua bengala...
- Bom, estava indo Aqui fora Tomar um ar, chega mais, aí posso lhe comprimentar de forma descente já que está difícil me manter me pé Aqui - Crowley sorria meio sem graça devido a situação constrangedora por ser manco....
O sombrio tentar ser convincente em seus argumentos, o mesmo tanta fugir das perguntas diretas da jovem para ganhar mais tempo para sua resposta, então com sua fala mansa e carisma tentar convencer a jovem de ir para fora da multidão!

O sombrio não percebe nada de mais na linda jovem, mas uma coisa ele aprendeu durante esses anos, a camarilha usa os mortais como peões em suas tramas, e foi justamente assim que veio a perder sua família...
Ao chegar lá fora longe das distrações e da barulheira infernal ele usa mais de suas habilidades em conjunto, de forma discreta tenta ver se realmente essa linda mulher era o que parecia ser, tentar sentir seu cheiro, se havia sinais de batimentos ou pulsação em sua veias visíveis...
Afinal, quando quer até ele pode parecer o mais pacíficos dos mortais, pois já usou tantos esses disfarces!
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Guidim em Ter Jan 16, 2018 12:47 am

A noite seguia seu curso, a chuva cessava levando consigo a certeza de que aquele encontro casual com outro vampiro, num local onde os dons divinos haviam carregados ela. A incerteza era habitada no juizo de todos.

Os Vampiros se entreolhavam, Malika conhecia aquele olhar repleto de dúvida e desdem, era compreensivel assim como todos os outros olhares perdidos que a fitavam, por anos de vida ela conviveu com esses olhares, na fé ela triunfou e pôde, com a graça de Deus, olhar de volta com compaixão, liberta da vaidade comum entre os avarentos e oferta-lhes a resposta mais simples e reconfortante, empatica e capsciosa.

-Nós não vivemos meu caro, nós sobrevivemos... Basta apenas um sentido, um credo ou mesmo uma causa, aí nossa sobrevivencia torna-se um propósito e não mais um fardo.

Malika levantava-se delicadamente, melindrosa pela possivel reação de Frank, encarava-o com seu olhar profundo, demonstrando seu medo, seu receio e tambem sua dúvida por que raios estaria ali.

-E você... Frank... Qual seu propósito? Ja se perguntou se vale a pena viver, para ele? Ou apenas o vazio de sobreviver lhe satisfaz?

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Ter Jan 16, 2018 7:44 am

Malika de los Anjos

Tensão. Um momento delicado que com empatia Malika tentava se livrar. A jovem cainita se levanta do chão lentamente. Hesitante. Frank não reage e nem se mostra irritado, não era a intenção, mas carregava um significado. Ele talvez não a visse como uma ameaça. Mas então porque a deteria ali naquele local? Quem é que poderia estar chegando? A noite se enchia ainda mais de mistérios não solucionados. Seria seguro aguardar ali e ver o que iria acontecer. Malika perde tempo respondendo as perguntas do Brujah que não demostra nada, apenas fita o horizonte com seus próprios pensamentos. Até que Malika o questiona.

- Eu sou o que sou. - Ele se vira com um sorriso nos lábios - Não perco tempo cuidando de uma alma que não existe. De um paraíso no qual não sou bem vindo. - Ele gesticula com as mãos e seu tom começava a se alterar ficando mais agressivo - E meu proposito é fazer daqui um lugar melhor. livre. Sem esses cretino nos dizendo o que fazer! Nos usando para fortalecer seu próprio poder e ego! - Ele se próxima agora da imortal - Imagine um lugar livre. Sem diferenças. Sem preconceito. Sem esses jogos mesquinhos no qual nos fazem entrar. - Ele faz uma pequena pausa pensativo - Esse é o paraíso que busco. Esse é meu proposito.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Ter Jan 16, 2018 7:53 am

 Crowley Darkness  

O imortal retribui o gesto e mostra simpatia para sua janta. Mostrando as mão cheias a convida para o lado de fora. Um manipulador como ele seria difícil que ela recusasse. Ambos caminham juntos para fora do local barulhento e lotado. A mulher caminha ainda mais pra esquina do bar, um lugar que estava menos movimentado. E então pega a cerveja em sua mão e toma um gole.

- E então... Vai me dizer seu nome?

Perto dos dois havia outras pessoas conversando e bebendo. Ela ficava ali encarando o imortal com seus olhos lindos. pele branca e macia. Veias pulsantes. O imortal logo certificasse de que se taratva mesmo de uma mortal linda e pronta para ser abatida. Mas a missão era outra. No momento, estava em território hostil.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Guidim em Ter Jan 16, 2018 10:29 am

Frank se aproximava de Malika, se exaltava e fervia em seu propósito. Malika sorria. Uma alma que valeria a pena ser salva, Frank a surpreendia positivamente, sua visão só era um pouco limitada a sua infeliz imortalidade.

-Sua alma existe, você apenas se afastou dela, sua causa é nobre, mas poderia ser mais graciosa se buscasse pela paz completa, quando enfim conseguir sua almejada liberdade, verá que a paz lhe faltará.

Malika falava enquanto se aproximava ainda mais de Frank, diferente dele, que explodia em raiva ao falar de seu propósito, a Malkaviana exalava complacencia e ternura quando falava do seu, como se fossem dois opostos se unindo naquele breve momento.

Malika pouca importancia dava a seu estado desgraçado, apenas fitava o Brujah ferveroso, não o temia mais, mas ainda não compreendia seus atos, qual seria o interesse numa lunatica?

-Tenho uma promessa a cumprir, muito a compreender ainda. A chuva cessou mas minha noite ainda não, o infeliz deste beco.... Preciso encontrá-lo, as respostas virão, eu preciso ir.

Malika precisava saber qual sua condição e se poderia sair dali, explicava sua urgência e tentava compreender porque sua Jyhad e da Frank haviam enfim se encontrado.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Ter Jan 16, 2018 12:33 pm

Crowley consegue sair daquele inferno barulhento e de quebra arrasta a mina para o lado de fora com ele, mas o sombrio é calteloso, ainda haveriguva de que se tratava de uma morta.

O que essa mina quer?
Não tenho tempo para ficar de lero lero, e ainda nem estou com fome!
Bom, é melhor guardar o lanchinho para mais tarde!


Enquanto caminhavam para fora do bar e provavam um canto mais tranquilo, a mente de Crowley é entupida de perguntas e dúvidas, a mulher o leva para a esquina no bar seguida lhe toma sua bebida e dar um gole.

- E então... Vai me dizer seu nome?

Quem essa guria pensa que é?

Após uma segunda varredura o sombrio não tinha dúvidas que se tratava de uma bela e jovem mortal, mortalmente atraente e sedutora, mas o sombrio tinha um objetivo, uma missão. O sombrio sonda o ambiente, faz um breve reconhecimento para ver se não se tratava de uma emboscada. E então ele a responde...

-Mil desculpas, me chamo Antony!
-Mas meu amigos me chamavam de Tony
- e estende sua mão para comprimentar e sorrindo, em seguida tenta buscar seu olhar da jovem atraente para uar sua habilidade e quando consegue ele diz.

-  DIGA A VERDADE. O que você faz por aqui shamanta?

Vamos ver o que você quer de verdade!

O sombrio sabia que estava em território inimigo e não poderia simplesmente perde seu foco com uma morta e então já vai direto ao ponto tentando a força a dizer a verdade usado sua habilidade, caso fosse sucedido e se for uma armadilha irá descobrir.
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por giulio em Qua Jan 17, 2018 1:33 am

"Preciso saber o porquê os anarquistas estão desaparecendo, com isso posso ganhar um respeito dessa Ralé e assim, um certo Status ao qual almejo na seita."

Após o devaneio observo atentamente cada palavra que saia de seus lábios.
--Por onde, ou melhor, com quem devo falar para inicia o que tenho em mente? Fico nesse momento olhando sua resposta. --E quando posso iniciar? Temos de começar a agir o mais rápido possível...
Eu sabia que deveria começar a busca o mais rápido, tinha muitas perguntas, porém, não tinha tempo para planejamentos.
Mas uma coisa... Faço uma pausa e olho atentamente para ela... --Depois​ que eu conseguir entrar e começar, possa ser que não consiga me comunicar com você, então precisamos armar algo para nos ver ou em algumas noites nos encontrarmos secretamente para colocar tudo em dias e pensarmos em algo juntos. O que me diz?
Dê certo modo eu sabia que não poderia confiar 100%, mas eu tinha de ter um apoio, e no momento ela era a única pessoa ao qual eu realmente iria manter contato.
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 27
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por @nonimous em Sab Jan 20, 2018 1:57 am

Ele guarda bem o dossiê, em um bolso fechado dentro do pesado casaco de couro, criou um interesse genuíno naquela vadia Malkaviana, agora que ela tem um real poder de fogo e cruzou a fronteira dos traidores do clâ tremere seria marcada para a morte final.

Recebera o dossiê, não fizera uma unica pergunta ao líder tremere, sabia exatamente o que ia dizer, mais do mesmo.

Ao chegar no bar após cruzar a cidade deixando uma pira de cinzas do que foi o inimigo da traidora, ele estaciona a moto e coloca os óculos escuros, dá uma volta pelo local, busca identificar os vampiros presentes, precisava de informações onde encontrava a fugitiva, presumindo que ela está se escondendo.

Caso não encontre nenhum membro que possa motivar seu interesse ele entra no bar, iria conversar diretamente com aquele que pode passar informações.

O barmam.

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."



http://warleiramos.com/rolador/
´´
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sab Jan 20, 2018 3:21 pm

Malika de los Anjos

Dois imortais ali naquele quarto compartilhando sonhos. Desejos. Destino. A imortal dava pequenos passos para se aproximar do corpo musculoso do Brujah. Este não recua, apenas a fitava nos olhos, ele estava tenso, talvez nervoso. Após ouvir as palavras brandas que a filha de malkav tinha a lhe dizer com total atenção ele soltava no ar uma gargalhada forçada e então voltava a lhe fitar com um olhar assassino. Foi tudo muito rápido. Ela não esperava por isso. Não tava acostumada. As mãos calejadas de Frank se fechavam em volta de seu frágil pescoço, Seus pés deixam o chão por alguns segundos, Malika era jogada com violência contra a parede branca. Ainda apertando sua garganta a ralé se aproximava de seu rosto, sua pele parecia estar mais pálida, seus caninos estavam expostos, seus olhos... Eles tinham uma pequena coloração avermelhada lhe dando uma imagem animalesca. Veias dos seus olhos soltavam para fora.

- TA VENDO O QUE SOU!? -
Ele grita e apertava ainda mais sua garganta. Não conseguia respirar, não que precisasse, mas um humano poderia rapidamente perder a vida ali - Você acha que é melhor do eu acreditando em alguém todo poderoso que fala com você? Eu poderia facilmente arrancar sua cabeça. Onde estaria seu Deus? O que ele faria por você ? - Ele se aproxima ainda mais de seu ouvidos e falava de maneira mais civilizada - Não se engane, garotinha, você tem o mesmo monstro ai dentro obcecado pelo sangue, pela morte, querendo sobreviver apenas mais um dia as custas dos mortais - Ele por fim a soltava mas não se afastava, colocava as duas mãos na parede atrás da imortal - Paz? O mundo agoniza lentamente no caos e você com seus propósitos egoístas não consegue olhar um palmo a sua frente. Ele tira as mãos da parede deixando passagem livre para a Imortal e então caminhava de volta para a janela ainda irritado. - Talvez seja mais facil para você ignorar tudo ao seu redor e se isolar com sua fé.

Guidim rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 8 para ***** que resultou 10, 2, 1, 3, 1, 1 - Total: -2 Sucessos

Um Brujah perdendo a compostura. Tipico. Malika conseguia perceber nitidamente o brutamonte arrogante e miserável que aquele ser era em sua mais pura essência. Um porco egoísta que não tinha salvação, estava perdendo seu tempo ali gastando palavras com ele. Tinha uma missão a cumprir, junto a ela, uma promessa. A noite corria e seu tempo era curto. Tentado alcançar a porte ele se vira somente a cabeça lançando um olhar de repreensão.

- Ainda não pode ir embora - Ele dizia com a voz fria e cansada.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sab Jan 20, 2018 3:44 pm

 Crowley Darkness  

Os mortais boêmios e loucos curtiam a noite sem qualquer exceção. Riam, gritavam, bebiam. Fornicavam e se drogavam nos cantos escuros. Curtiam os prazeres da carne que o Guardião não se contentava mais. Talvez apenas se banhar em todo sangue e matança fizesse um sorriso aparecer nos seus lábios. Fora isso, era tudo uma perda de tempo. Como aquela mulher ali ao seu lado. O que ela queria? O que buscava? O imortal continua com o jogo mais alguns segundos, dizia seu nome verdadeiro e apertava a pequena mão delicada da mulher, esta lhe puxava pra perto e lhe beijava o rosto, antes de se afastar ela dizia em seus ouvidos.

- achei que tínhamos vindo aqui para fora para me cumprimentar decentemente - Ela se afastava com um sorriso provocativo no rosto.

Olhos nos olhos. Não tinha mais mentiras. Nem seduções baratas que lhe fizesse escapar dos domínios do imortal. Um comando, uma pergunta. Cansado de todos aquele jogos, e de talvez uma total perda de tempo. As ordens eram claras. As feições da mulher mudam de um momento pra outra, uma face gélida tomava forma no lindo rosto da mulher.

- Descobrir o que quer aqui! -
Ela responde sem entender o que aconteceu e meio encabulada.

Ela dava um passo para trás olhando com receio para o imortal. Sabia que agora estava em perigo, sabia que fora dominada por algo que ela mesmo não conhecia. Agora sentia medo. E provavelmente pensava em fugir.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sab Jan 20, 2018 4:06 pm

Giulio Rosemberg

O lugar fervilhava em loucura e luxuria. jovens aproveitando o pouco do tempo que tinham. Vidas tão breves sendo desperdiçadas levianamente. O imortal aproveitava sua imortalidade para tramar esquemas com Matilda afim de conseguir subir apenas mais um degrau naquela hierarquia, já estava tempo demais na base. No momento ele tinha a oportunidade. Era arriscado , sem duvida. Ouvira dizer por ai que o esquadrão que o princepe mandou investigar desapareceram do dia para noite. Agora Matilda lhe propunha a mesma coisa, sem qualquer pudor e o jovem aceitava faminto por um pouco de aprovação.

- E o que tem em mente para iniciar? - Ela pergunta curiosa - Bem... Pode começar indo nos locais dos assassinatos. - Ela incentivava de maneira discreta - Bem,  daqui a duas noite me encontrar aqui no mesmo lugar. - Ela se levanta do lugar onde estava sentada, lançava alguns olhares provocativos ao redor e voltava a atenção para o neófito. - Agora preciso me retirar, tenho alguns assuntos urgentes a tratar. Alguma duvida ainda sobre o que precisa ser feito ?

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sab Jan 20, 2018 4:35 pm

Stanislav Nottinghan

A moto era deixada ali por perto, nunca teve muito interesse nela. Óculos escuros. A Cada segundo que o inferno não saciava o sabor amargo da alma da traidora era um insulto aos tremeres. Aquela missão tinha um gosto mais peculiar. Não era como as outras missões desgastante para mostrar serviço. Cortar aquela cabeça lhe daria no minimo um pouco de satisfação própria.

@nonimous rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 7 para reconhecer que resultou 5, 1, 2, 4, 10, 4 - Total: 0 Sucessos

Gritos eufóricos. Musica alta. buzinas. As motos roncando no fundo com algum demente mostrando seus motores. Uma verdadeira bagunça. Punks ficavam mais afastados conversando em grupos. Parece que uma briga foi separada antes mesmo de começar. Eles se xingam. Dois bastardos medindo seu  ego, apenas competindo para ver quem mija mais longe. Nada de novo. O imortal continua. Sombras solitárias nos becos usando entorpecentes. Cheiro de maconha no ar. Nos outros cantos jovens fornicavam. Nada ali fora chamava a atenção do imortal. Estava na hora de pedir conselhos ao mais antigo dos conselheiros. O barman. O cara que sabia de tudo.

A parte de dentro não era grande coisa. Um lugar sujo e pequeno que não acomodava a quantidade de pessoas que ali estavam reunidas. Não dava para entender ao certo porque aquele lugar atraia tantos jovens. Mas o lugar estava abarrotado. Algumas mesas estavam espalhadas pelo lugar mas estavam lotadas. No bar as pessoas se empurravam para conseguir uma bebida. A musica alta forçava todos a gritarem uma para outros. Era impossível falar com o barman. Era impossível ficar ali dentro. Mais impossível ainda era deixar a tremere ainda entre os vivos. Tinha que pensar em algo, o relógio estava girando.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Sab Jan 20, 2018 10:51 pm

Em quanto conversar com Shamanta o sombrio pode ver que o povo ali realmente sabiam se divertindo fazendo de tudo um pouco, e começa achar que dificilmente iria encontrar outros sugadores por alí, e começa a desconfiar que as informações passadas não foram corretas, mas ele tinha que fazer dar certo, tinha que dar um jeito de concluir essa missão, e achava perca de tempo conversar com uma mortal até que, ela tem sua atenção novamente, pois o sombrio dizia seu primeiro nome, uma cidade onde ninguém o conhecia talvez não daria nenhum merda, por isso foi disfarçado,e em seguida após apertar sua mão ela o puxar se aproximando do imortal e diz ...

Shamanta escreveu:- achei que tínhamos vindo aqui para fora para me cumprimentar decentemente
- Ela se afastava com um sorriso provocativo no rosto.

Está ação o deixar desconcertado, ele sorri gentilmente e meio sem graça, mas não tinha tempo a perder, esse seria sua possível vítima essa noite ele iria saber a qualquer custo, após a frase de efeito de Shamanta os dois trocam olhares o sombrio pensou em se entregar a esse pequeno desejo mas isso não iria sastifazer e nem iria concluir sua missão, então sem mais delongas ele envia um comando com suas habilidades em meio de uma frase, sua vítima com sempre parece ficar catatônica por alguns segundos e lhe dar uma resposta que talvez já estivesse esperando e com o olhar vazio ela diz


Shamanta escreveu:- Descobrir o que quer aqui! -
Ela responde sem entender o que aconteceu e meio encabulada.

Sua vítima sente um medo repentino chegando se afastar com um passo para trás com receio do sombrio

que agora estava em perigo, sabia que fora dominada por algo que ela mesmo não conhecia. Agora sentia medo. E provavelmente pensava em fugir.

O sombrio fica meio sem resposta sua mente fica confusa...


Será apenas uma menina coriosa por um homem que possa ter despertado um interesse??
Bom, caso seja seria bom me enturmando ao menos com os mortais até chegar ao verdadeiro anarquista da da cidade, mas ela pode ser uma enviado deles e eles já sabem de minha presença no local!
Preciso ser calteloso!!


O sombrio prende o riso com a resposta de Shamanta mas não consegue evitar e começar da risadas

HHá sua malandrinha!!!
-Gostei desse seu jogo!!
- diz essas palavras ainda sorrindo,ele tentar ser carismático para não espantar sua possível vítima e continua a dizer
- Bom, após me machucar como vc pode ver do porque estou com uma bengala bem tosca, marquei com alguns amigos aqui, mas parece que eles não vem!
- Mas, nos os Salvatores adoramos uma farra até doentes HAHAHA
- O sombrio tenta descontrai e deixa sua vítima mais relaxada para que não fuja e não para de tagarelar
- Aí, te falar, chegando Aqui vi um indivíduo chegando em uma moto toda fudida e meu amigo também tem uma, mas lógica que em condições melhores- O sombrio fala sobre uma motocicleta que viu acima que chegou no lugar, ela estava bem ferrada mas usa esse artificio para tentar atrai a atenção se Shamanta - Talvez você já tenha até visto esse meu amigo, olha alí veja se você já viu iam moto desse aqui antes? A mas antes me dar um gole desse cerveja já estou com os lábios secos - e o sombrio termina a frase dando uma risada por esta falando muito, então enquanto distrai sua vítima com o assunto da moto e tentar mostrar por onde ela está, ele gojeta gostas de sangue suficiente para iniciar um laço sua vítima dentro da garrafa e simula estar bebendo, apois isso  ele balança a garrafa e voltar a chamar a atenção de Shamanta.
- A esquece acho que não dar para ver daqui, mudando de assunto, gostei da sua iniciativa confesso que fiquei meio sem graça quando disse que esperava eu me apresentar descentemete - O sombrio fitar novamente os olhos da mortal para um segundo comando, ele devolver a garrafa para Shamanta - era só para molhar a garganta faz assim Beba tudo, e depois vá até o bar comprar mais duas cervejas e volte aqui - O sombrio termina a frase com uma cara de safado para tentar despertar o interesse da mortal e entregar o dinheiro para ela comprar a cerveja, Claro que tinha que sondar mais essa jovem mas ele tentar ganhar tempo e ver se alguém a segue, caso nada aconteça ele saberá que essa  a jovem é uma possível ligação em potêncial com o povo anarquista...

Seja lá o que ela for, se não for uma armadilha vou estar criando uma conexão, caso seja quero saber de tudo e quem sabe vingir quer estou caindo na possível armadilha!

Off:
Usando Dominação nível 02
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por giulio em Seg Jan 22, 2018 12:44 am

Não saia de minha mente o fato de alguns enviados do príncipe terem sumidos, pois eu estava adentrando em algo pelo qual eu não conhecia, porem, aquela era a oportunidade pela qual eu desejava e iria agarrar com tudo, pensava tanto que de modo um sentimento mortal de certo modo me tomava, o que eu a muito tempo senti, era o medo, mas eu já não deixava o sentimento me dominar, e logo em questão de milésimos me retomava.
’’Certamente será por onde irei iniciar.
—Certamente, onde ocorreu as duas ultimas mortes disso que anda acontecendo. O local está sendo protegido por algum dos nossos, ou está totalmente sob controle dos mortais?  
Assim que ela se dispedi de nossa conversa, rapidamente me levanto, faço uma reverencia com a mão esquerda nas minhas costas como era normal em meu tempo vivo na italia... e concluo:



—Certamente iremos nos encontrar em duas noites aqui nesse mesmo local, a duvida final seria apenas sobre os locais dos últimos 2 assassinatos e sob quem está o processo de recolhimento de materiais do local. Dessa forma termino estendendo a sua mão para que eu possa lhe dar um beijo de até mais ver.
Após acompanhar com os olhos a sua retirada, me levanto de onde estou, sigo até a saída, para que eu possa estar encaminhando para o local onde ocorreu o ultimo assassinato ou o local onde estão guardados as possíveis provas dos crimes, afinal nós do clã das Rosas sabemos que todos os objetos deixam impressões vivas em si mesmo.
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 27
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Guidim em Seg Jan 22, 2018 7:49 am

Malika provava uma parcela do calor da ira de Frank, o Brujah, como em sua costumeira sina da imortalidade rendia-se á sua fraqueza, repreendendo seus anseios e rendendo-se á sua própria besta, afastando-se naturalmente de sua humanidade, crente de que sua maldição já tivesse sido concretizada, ele entregava os pontos.

-Não meu caro, nossa sentença ainda não foi deferida ... Ainda estamos aqui, convivendo com nossas bestas, é nossa escolha nos estregarmos a ela, ou expurgá-la...

A fala da criança da noite era engasgada e dificultosa pois o Brujah lhe apertava a garganta com tamanha força que era inútil tentar se desvencilhar ou reagir com força bruta, sua não-vida estava ameaçada, e Malika não entendia se seu destino findaria naquela noite, naquele quarto, naquela imundice.

As palavras de Malika eram doces e fundadas por seu credo e por suas verdades que somente ele poderia enxergar, ela clamava pela salvação de ambos, mas ele estava irredutível, preso em seu próprio propósito, rendido em sua própria maldição e á mercê de sua própria besta pouco atenção dava ás palavras da lunática.

Numa evidente tentativa de evadir daquele local, o ralé evidenciava que de certo modo eu estava ali, presa num evidente cativeiro.
-Se nossa Jyhad, seguem caminhos tão distintos, qual a lógica de me manter aqui, o que queres comigo?

A noite corria, Malika não poderia seguir sua jornada noturna, lembrava-se dos devaneios que o bilhete de Carmem lhe forneceu, lembrava do pesar que sentia ao escrevê-lo, o rosto, a silhueta que sibilava pelo beco, e por fim a agonia do garoto e o terror de um besta á solta, o estranhão maltrapilho com as trevas no olhar, a criança da noite começava a ficar apavorada, sabia que seus olhos captavam tudo, e que nenhum outro poderia ver aquilo, ela sabia do real perigo, e seus modos eram evidentes, o Brujah poderia notar que o desespero começava tomar conta da Malkaviana, que se via num beco sem saída, aguardava respostas, e via-se presa em sua mente e na realidade conturbada que pairava na noite.

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por @nonimous em Seg Jan 22, 2018 11:58 am

Ele atravessa aquele pandemônium, o caos em forma de festa, a algaravia dos tolos e selvagens. Observava os jovens, no beco, iniciando brigas, o mundo moderno decaiu e muito nos últimos cem anos, ele ainda se lembra dos pubs ingleses, claro selvageria é o outro lado do rio tanto para mortais quanto para os Kindred, seja em um pub com brigas e barrigas abertas no século passado, um bar em nova Orleáns regado a drogas e voodoo ou um bar de punks e motoqueiros, mortais extravasam seus sentimentos mais sombrios com música alta, drogas e sexo, os imortais seguem essas tendencias mas os gostos até mesmo do mais ralé dos Brujah pode ser refinado pelos sentidos imortais.

Não queria perder muito tempo ali, então ao chegar no barmam, e para isso ele vai se acotovelando e empurrando quem está na sua frente ele apenas mostra a foto retirada do dossiê para o homem.

- Você viu ela aqui hoje? Grita Stanislav, tentando sobrepor sua voz rouca áquela multidão enfurecida.

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."



http://warleiramos.com/rolador/
´´
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sex Jan 26, 2018 4:25 pm

 Stanislav Nottinghan

Mudanças. Para alguém imortal como ele deveria se acostumar com isso. Seculos vem e vão. Não havia como fugir disso, talvez apodrecer numa cova em torpor até algum seculo melhor. Alguns antigos fazem isso. Mas pra Stanislav Nottingham não poderia se dar a esse luxo sem se tornar um Astor, a posição que tanto almejava. E foi sua cobiça que o levou ali, naquele amontoado de humanos fedendo a bebida e cigarros. O imortal gritava na multidão esfregando na cara do garçom a foto. Ele balançava a cabeça negativamente dizendo que não conhecia. Mas seu olhos... Ahhh. Aquelas dois glóbulos oculares esbugalhados em medo cuspiam na cara do tremere a mentira. Ele voltava a atenção aos clientes, ignorando o imortal.

Anonimos rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para perceber que resultou 9, 9, 2, 9, 1, 1 - Total: 1 Sucessos

Sua tarefa não seria tão fácil quanto pensou. Talvez dar um tiro pro alto surtisse mais efeito, mas teria que enfrentar a furia de dezenas de anarquistas. Não era uma boa ideia. Olhando ao redor pensando no que fazer notava no fundo do bar o garçom conversando com um gordo de cabelos longos e barba escrespada. Ambos olhavam pro imortal no meio da multidão. A noite estava prestas a se complicar.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sex Jan 26, 2018 4:26 pm

Malika de los Anjos

Os ponteiros do relógio não param de girar. A noite corria. E lá estava Malika estagnada numa discussão sem futuro com um Brutamonte com força suficiente para esmagar sua cabeça na parede caso não fizesse o que mandava. Mas porque ela deveria obedece-lo? Porque deveria ficar ali sem qualquer proposito, pelo menos era desconhecido para a criança da noite. O que ela estaria ali aguardando? O que estaria reservado a ela?

- Eu não quero nada de você. Mas há alguém que quer lhe conhecer. - Ele diz sem olhar para trás - Acho que você vai gostar dela.

A noite abria um novo leque de surpresas e perguntas. Porque alguém se interessaria em conhecer a imortal? O que ela teria a oferecer? Estaria alguém ciente de seus passos e desejaria lhe ajudar em sua missão divida? Estaria Deus colocando por meio daquele troglodita alguém que realmente valha a pena ? Malika acumulava muitas perguntas aquelas noite sem soluções.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sex Jan 26, 2018 4:31 pm

Giulio Rosemberg

Medo. Que palavra era aquela pra um ser imortal ? A imortalidade era apenas um mito para os tolos, essa é a verdade não dita. A unica diferença entre ele e aqueles imbecil na pista de dança é que Giulio tinha uma chance de não ser tolo o suficiente para morrer nas armadilhas que a noite lhe reservar e buscar um posto mais alto para até então, em teoria, ficar seguro em sua própria imortalidade. O toreador se mantinha no controle e voltava a falar com matilda que lhe faz uma careta confuso.

- Eu não faço a menor ideia. - Ela diz dando de ombros - Ahhh Mas sei de alguém que andou espalhando noticias no Elísio. Seu nome é Frank. - Ela se debruça na mesa e escreve algo num papel - Esse é o endereço dele, é próximo ao local do assassinato ou algo do tipo. - Ela lhe entrega em mãos e ouve sobre os materias da cena do crime - Esse tipo de pergunta eu não poderei responder meu caro. Agora para conseguir uma posição melhor na hierarquia terá que andar com suas próprias pernas - Ela lhe da um sorriso gentil de reconforto e então se retira.

A morena era linda. A multidão se abria quando ela passava. Olhares desejosos a seguiam por onde ia. O imortal fica ali observando ela adentrar em uma antessala que daria acesso a área administrativa do lugar junto a ela seguiam uns três homem para o local. Só Deus sabe o que tais homens fariam ali naquela noite, mas Giulio tinha uma ideia.

O imortal se retirava do local deixando algumas fãs pelo lugar que o olhavam com admiração. As ruas diferente da parte de dentro estava deserta. A tempestade que a pouco atacou a cidade deixou os humanos trancados em sua residencia. Logo o imortal partia para seu destino.

Cinema:


Giulio chegava no local. Um cortiço mal frequentado na parte mais barra pesada da cidade. O lugar fedia a urina e podridão. Não era algo que o toreador estava acostumado. Chegou a checar o endereço diversas vezes para ter certeza. Era ali. Dentro daquele beco escuro que estaria algumas das respostas do imortal. O beco era ladeado por diversas caçambas de lixo. ao final deste uma porta pequena que dava acesso ao conjunto de apartamentos. O porta estava aberta e marcas no chão de água e lama mostravam um rastro.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sex Jan 26, 2018 4:34 pm

 Crowley Darkness  

O mundo das trevas não perdoa os fracos e nem mesmo os desatentos. Crowley, o guardião, estava tempo demais entre aqueles miseráveis mortos vivos para saber dos perigos que a noite escondia. Por isso mantinha cautela, precavido ele controla a mulher a seu bel prazer, forçando-a a dizer a verdade, nenhum detector de mentiras seria tão bom. Samantha, lhe entregava as cartas, mas suas respostas não eram satisfatória e deixava mais perguntas no ar, mais duvidas que assombrariam a missão do imortal. Ela dava um passo para trás nervosa, assustada. A expressão de meda naquele lindo rosto era inesquecível.

Crowley rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 8 para confundir que resultou 7, 1, 6, 1, 7 - Total: -2 Sucessos

Crowley adotava uma mascara amigável e humana para sobrepor aquele monstro sugador de vida que era na verdade. Tentava passar uma boa impressão. Enrolava a mulher com palavras descontraídas para que a mesma não fugisse. Mas era inútil. Ambos sabiam a verdade e se fingir de humano apos tantos anos matando e vivendo naquele mundo sujo e cruel era quase inútil.

- Eu preciso ir - A mulher dava as costas querendo fugir.

Off: Devido as circunstancia não foi possivel realizar a ação.

_________________
A ressurreição de uma lenda.

avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Sab Jan 27, 2018 5:57 pm

sombrio via suas tentativas de criar um "vinculo" forçado indo pro ralo, também fazia século que Crowley não saberia o que era ser ou tentar ser mortal novamente, talvez isso o tivesse atrapalhado, mas garças a perca desses costumes vez com que o sombrio mantivesse sua imortalidade, pouco importava para ele a máscara, mas sim a cautela de não ser pego de surpresa!

O sombrio ver a garota indo embora após tentar distrai e por seu sangue na garrafa, a conversa entre eles foi tão rápida a cerveja está tão gelada quanto ao do bar!

Quando a menina se retira ele tentar memoriza seu cheiro, apensar de se parece com muitos desse local ela deveria ter um bem específica, e a deixar partir e a seguia com os sentidos aguçados com um sorriso na cara, ele a segue com o olhar para ver com quem ela irá se contatar!
Ele deveria Mater ela por alí segurando seu braço, mas isso seria como acender um cigarro dentro de uma casa de fogos!


Vamos ver até onde essa vadia vai!

Crowley se mantém onde está, caso garota não represente nenhuma ameaça em potencial ele ficará por fora do bar onde vai tentar ouvir conversas daquele povo, vai que encontrar algumas pistas, e não ver os verdadeiros anarquista da noite para tentar uma aproximação!
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum