Uma verdade, diversas mentiras!

Página 5 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por giulio em Seg Fev 26, 2018 3:37 pm

De certa forma não conseguia entender o que estava acontecendo, todos com aparência de horror, não precisava do meu auspicio para ver que o medo reinava naqueles membros, menos Katrina, ela se mantinha olhando algo, algo sombrio se formava naquele ambiente, algo maior que a presença sombria do plano astral pelo qual eu me encontrava...

Algo se formava perante meus olhos, algo que me chamava a atenção, logo forma uma besta, "seria ele um carrasco? O próprio demônio das histórias ou uma besta dominada por Katrina?"

Meus pensamentos ferviam, mas logo me impressiono, aquela besta falava diretamente a mim, de forma que mostra que Katrina lhe faz mal.

-- Ela está lhe obrigando a acabar com os outros membros? Isso me diria se ela era a responsável pelos assassinatos.

--O que posso lhe fazer  para ajudar? Não tenho forças neste plano, me mostre uma forma para lhe ajudar?!

E me diga... Qual o seu nome e de onde você veio?
Terminava e aguardava suas palavras, pois certamente poderia obter algo mais ...

-- lhe ajudarei e assim você me ajuda...
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 28
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Seg Fev 26, 2018 6:02 pm

-
Crowley  
"Aquele que puser as mãos sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu o declaro meu inimigo!"
—Proudhon, 1849

A noite não estava sendo boa. Foi encurralado dentro de sua propria curiosidade numa sala, onde mentiu, se humilhou, implorou pela vida. Realmente a noite não estava sendo muito boa. Para qualquer vampiro em sua situação, teria alguns nomes em mente para se vingar depois. O ego ferido podia ser tão problematico quanto a um coração partido. Mas o vampiro deixava que o rancor e a magoa falassem mais alto em sua mente, e então o guardião dava um aviso a carlo que se aproxima ainda mais a face do rosto do lasombra.

- Ou o que? - Ele pergunta intimidadoramente.

Spoiler:

Crowley rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para intimidação que resultou 7, 8, 10, 1 - Total: 2 Sucessos
Carlo rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para resistir a intimidação que resultou 5, 6, 7, 7, 3 - Total: 3 Sucessos

Crowley contava toda sua historia fajuta. Carlos ficava ouvindo tudo atentamente. Parando poucas vezes para interronper e perguntar uma ou outra coisa em particular. Detalhes era tudo que ele queria. Logo após a porta era aberta e um homem entrava na sala [imagem no post anterior]

- Eu sou Bill. Vem comigo!

Crowley, ou melhor, Antony seguia o homem chamado Bill para fora daquela sala. FInalmente estavam fora daquela lugar. Sem qualquer arranhão. A não ser seu proprio ego que foi totalmente massacrado naquele lugar. Mas Lucy havia lhe ensinado que era melhor viver um dia para lutar no próximo. Heroísmo ou bravura era para os tolos. É claro que sua mentora repudiaria o que havia acontecido naquela sala. É claro que nenhum Sabá poderia descobrir o que havia acontecido ali dentro. É claro que Crolew nunca mais tocaria nesse assunto. E é claro que tais elementos pagariam por toda a humilhação que o fez passar.

Bill seguia para fora do Bar lotado e seguia rua afora para dentro da noite, se afastando cada vez mais do bar barulhento e adentrando nas ruas solitarias e silenciosas de chicago.

- Sabe Antony. Já fui jovem como você. Sentia odio de tudo e de todo mundo. - Ele dizia como se fossem velhos amigos. - Aqui não é um lugar pra você extravasar sua raiva. Aqui não é lugar para achar um bode expiatório para jogar sua fúria ou se vingar pelo mostro que se tornou, ou se achar o poderoso e abdicar as regras. Nós ainda temos Regras Caitiff- Ele dizia andando lentamente pela rua. - Vou te contar agora nosso ideal, nossos objetivos, nossos sonhos que um dia eram utópicos. Mas hoje... Estamos bem próximos de concretizarmos.

- Eu gostei do fato de você não ter se apresentado. Ninguem deveria seguir a quinta tradição. Como poderia saber de quem é essas terras se eu não o reconheço como dono.? O fato deu aceitar uma hierarquia, como príncipe ou xerife, é me colocar numa posição voluntaria de subordinação  e exploração, uma condição de obediência -Ele diz agora fitando os olhos do imortal. -Somos os filhos da democracia. Temos a faculdade de votar em nossos lideres quando em vida. Porque deveríamos agora perder esse poder? Quem os escolheu para serem melhores do que nós? Se Proudhon afirmou que Propriedade é liberdade, eu afirmo que Trabalho é Liberdade. Se cada um de nós se opor a seus governantes, quem eles governarão? Liberdade é igualdade, pois liberdade só existe no estado social. Liberdade é anarquia, pois não admite o governo da vontade. É nós fazemos somente nossa vontade!!

- Essa luta meu jovem, é sobre liberdade. Sem deixar que qualquer príncipe ou tirano comandar sua vontade. É sobre você poder fazer o que der na porra da cabeça.

Os dois imortais Caminham na noite escura dialogando sobre Anarquismo. Direito. Liberdade. Bill, diferente do que achou, era um vampiro calmo e fervoroso. Realmente acreditava no que poderia vir a se tornar a Camarilla. As cidades. livres das regras. Livres dos tiranos. Não fazia sentido a falta de igualdade, o status quo não fazia sentido. No devaneio de seus pensamentos e nas palavras de Bill, Crowley conseguia sentir que um carro estava seguindo os dois.

- Não se assuste. - Diz Bill percebendo a aflição do lasombra - É carlo e Juan que vieram ajudar na sua iniciação. - Ele diz parando na rua e colocando a mão na cintura.

Crowley percebia que ele havia parado de falar e estava de olho para uma espelunca chamada Circus, Tinha a aparencia de ser uma dos homens mais baratos e podres da região, mas as mulheres na porta diziam ser outra coisa, talvez fosse a ausencia de pano no corpo delas, talvez fosse os olhares pecaminosos lhe fazendo promesas. com certeza aquilo era mais que um simples hotel.

- Este lugarzinho aqui é o recanto onde o xerife gasto de se encontrar com sua humanazinha favorita, Rachel. Queremos a cabeça dela! - Diz Bill com um sorriso no rosto. -  Nos ficaremos aqui caso algo saia do controle.

Eles se afastam para o outro lado mais escuro da rua deixando o imortal ali sozinho. Uma missão dentro de uma missão. As coisas ficavam cada vez pior.


_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Seg Fev 26, 2018 7:24 pm

Malika

Malika não conseguia acreditar no que seus olhos Testemunhavam. Aquela criatura rosnava e gruinha pela sala. Partes dos seus ossos expostos para fora do corpo. Olhos cor de fogo do inferno. Pelo esbranquiçados. Chifres retorcidos. Grotescas aberração. Seria de Deus? Era loucura. Malika Temia. hesitava. refreava a besta em seu subconsciente que implorava por fuga. Sobrevivencia. Quase a dominara. mas seu espirito era mais forte. Curiosidade talvez. Precisava de respostas. Em meio a confusão balbuciava uma explicação olhando nos olhos de Katrina que se divertia com tudo aquilo. Boo ainda se mantinha receoso atrás da criatura sem mover um musculo. Ela tinha alguns segundos. Era sua chance. Encarando a criatura conseguia enxergar mas os padrões sumiram, não conseguia enxergar como antes, era uma aura fraca e intermitente, mas não saberia dizer se era do guri no Beco.

Spoiler:

Malika rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 8 para auspicius 2 que resultou 9, 2, 7, 4, 4, 3 - Total: 1 Sucessos

- Destrua a menina, em 24 horas! - Diz a mulher sorrindo.

O corpo da criatura se transformava num tipo de fumaça espessa e escuro pelo quarto, seu corpo sumia a seus olhos, seus rosto volvia novamente para Malika que sabia que havia sido jurada. Antes de partir Malika conseguia enxergar profundamente naqueles olhos vermelhos, a maldade que havia sido passada desapercebido antes. O quarto voltava ao normal. Katrina e Boo se retiram.

- Adeus menina! - Diz ela indo embora - Mande lembranças a Carmem se a encontrar, talvez ela seja a unica capaz de lhe salvar.
------
[STATUS] Malika
PDS – 9/13
FDV- 5/6
VTL – 5/7 (Saúde perfeita)
MDF – +1 vigor +1 Destreza

Giulio  

Giulio se mantinha calmo diante da aparição a sua frente. Controle era o que diferenciava os melhores artistas. Seja sobre suas artes ou sobre seus movimentos. A criatura grotescas rugi de forma medonha e assustada. Katrina ordenava que ela destruísse a menina, mas não naquele momento, dava um prazo de 24 horas.

- Ela tem controle dos espíritos! - Ele grunhi como um animal - Destrua a mulher de pele marcadas pelo demônio. Destrua a mulher e seus encantamentos. E lhe darei o que mais deseja. Respostas para suas indagações mais profundas.

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Seg Fev 26, 2018 7:52 pm

Stanis

O tempo era curto e a noite cheia de incertezas. O imortal não conseguia entender o porque de tudo aquilo. Leva-lo ali arriscando a localização do QG. Ou mesmo revelando o arsenal com todos os armamentos. Stanis desconfiava de todo aquilo, não que estivesse fácil demais, mas estava desnecessário demais. Porque não revelar logo o paradeiro da cainita ou mesmo lhe da alguma informação se assim era de fato do interesse de Cristina. Porque leva-lo ali. Porque o risco? Em busca de informações, stanis questiona a decisão de Cristina de leva-lo até aquele local. E então a pressiona atrás de respostas sobre Katrina. Apela pra um apelido intimo. intimida sobre uma grande ameaça. E ela apenas sorri se aproximando do imortal. Era a primeira vez que o tremere via aquele sorriso travesso em seus lábios.

- Quando nos conhecemos você me prometeu um acordo. - Diz ela colocando a mão na jaqueta do imortal -Aqui vai um... Eu lhe digo onde ela esta, você me conta sobre essa ameaça - Ela faz uma pequena pausa ponderando sobre o assunto - e me promete levar aquela víbora novamente para Nova Iorque. Que tal assim ? - Termina ela


Última edição por HaSSaM em Ter Fev 27, 2018 7:35 am, editado 1 vez(es)

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por @nonimous em Seg Fev 26, 2018 9:43 pm

Stanislav já não podia mais se resignar, estava em território de potencias inimigos. Hostil, minimiza ele mentalmente
a condição dos anfitriões, Anarquistas não são inimigos, são hostis, claro que nenhum dos lados, nem a Camarilla nem o movimento
dariam o primeiro tiro, e isso é tão aplicavel, certo e liquido quando que se depois do primeiro tiro dado, nenhum dos lados
cederia um milimetro sequer.
Stanislav não daria o primeiro tiro, mas se defenderia de uma injusta agressão, o que por algum motivo ainda não aconteceu,
e claro Stanis se pega tentando conter isso. Mas chegaria uma hora que as linhas seriam traçadas, e Stanis sabe muito bem de qual lado
da cerca ele está.

- Um acordo Justo. Pondera o imortal diante da garota que agora sorri.
Ele diz isso na tentativa de acalentar os ânimos dela, sabia que ser atacado ali, por ela e suas garras, seu aliado que os recepcionou e ainda
com o suporte de armas do do líder Jack Keller poderia reduzir drasticamente as chances de um contra ataque.

- Mas tenho um melhor, você me diz onde ela está e fico lhe devendo um favor, a qual farei questão de honrar, desde que esse favor não seja
informações sobre os inimigos de Katrina, em troca lhe presto um favor, uma gentileza entre amaldiçoados, e como garantia desse
favor podemos pedir um Membro imparcial a nossa relação, pode ser o Keller ou outro de sua escolha.Estou disposto a assinar um
documento, que me fará honrar o acordo. A natureza desse favor deve ser moderado, nada que implique arriscar minha segurança ou
comprometer a não vida de outro Kindred diretamente. Ele discorre com segurança sobre o contrato verbal, aquela coisa de prestação
de favores é universal, seja no Elísio, em um bar anarquista e até mesmo para um bando selvagem.

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."



http://warleiramos.com/rolador/
´´
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por giulio em Ter Fev 27, 2018 1:34 am

Eu observava toda aquela tensão naquele quarto, observando cada detalhe, focado em conseguir respostas de minha busca, após minhas palavras observo e escuto a criatura, ao qual não responde as minhas dúvidas, o que me levava a crer que a criatura tinha uma certa inteligência, e não  me dava opções, ela sabia tudo que eu precisava saber, ou seria apenas um flerte, Malika tinha apenas 24 horas, e ali a criatura falava sobre um pouco dos poderes de Katrina, ''espiritos?"

Nesse momento olho ara Katrina, observando as marcas que ele citou, sobre encantamentos?

Como iria fazer para quebrar os encanamentos? Tinha de arrumar um jeito, ela tinha de morrer, antes mesmo de invocar os espiritos ao qual obtinha em poder.

No momento fico parado em devaneio, pensando em tudo ao qual foi proposto,e observando  criatura:

--Como vou destrui-la? Nem mesmo entendo sobre encantsmentos... Me mostre alguma forma ou maneira, e eu libertarei você  dessa maldita, ELA NÃO  MERECE ESSE PODEEER!! Terminava agora determinado a acabar com Katrine e obter o reconhecimento que eu merecia.
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 28
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Ter Fev 27, 2018 9:54 am

Stanis

A mulher possuia 1,60 de altura praticamente, Cabelos longos, escuros como a noite. Suas feições inocentes decepcionava os mais tolos. Em seus olhos o brilho da argucia, sempre analisando e jogando com o imortal de modo sagaz. Stanis percebia que na maioria das vezes ela mentia. O que ela pretendia com isso? Era dificil ganhar a confiança dela. A vampira fazia parecer que tinha algum desafeto com Katrina. O Tremere, por sua vez, apenas ignora o fato e lança uma contra-oferta sensata o bastante para que a faça pensar no assunto.

- De que clã você é? - Ela indaga, seus lábios se contorcem num leve sorriso. - Gosto do seu acordo, se incluir levar Katrina para longe da cidade ainda essa noite. Eu aceito - Ela o encara no fundo dos olhos. Stanis não conseguia prever se aquilo era ou não uma de suas ciladas - Não me importo se for contra a vontade dela. - Ela se vira caminhando em direção a saleta onde se encontra Keller. - Preciso resolver uns assuntos com o Keller. É bem-vindo a se juntar a nós.



[STATUS] Stanis
PDS – 12/14
FDV- 8/8
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF –

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Guidim em Ter Fev 27, 2018 10:55 am

Meus olhos curiosos e apavorados cruzavam com o olhar de deleite de Katrina, ela se divertia com a situação, aquele demônio encarnado também deixava o Boo receoso, uma pura amostra de um ser embebido pela influencia do satanás. O fedor, o pesar do demônio preenchiam o comodo transbordando até meus sentidos, eu aguardava, até por fim que Katrina deferia sua sentença.

Sentia aquele demônio comungar com meu interior, rompendo minhas vias abrindo espaço para sua encrustação forçada no meu interior, o fedor, a angustia o pesar... A maldade no olhar de Katrina deixava claro que as 24 Horas que viriam realmente poderia ser as ultimas...

Haviam dúvidas antes do meu encontro com Katrina e sua trupe, agora, além das dúvidas ficou a angustia de uma jura de morte... Eu caía em prantos, fraca por ter sido subjugada tão facilmente, fraca por não ter conseguido projetar a verdade além de minha mente perturbada pela verdade, fraca por sentir medo do que virá á seguir... Com o corpo débil esticado ao chão, as unhas arranhavam o assoalho de madeira, tentando num ato de penitencia remover de mim a culpa da fraqueza e o temor da morte-final. Novamente sozinha e abandonada á minha sorte, eu me via desiludida e sem rumo na Jyhad.

Alguns segundos recompunham minha vontade, suspirava com o corpo esticado pelo chão, fitando o teto, os olhos abriam-se lentamente e verificavam que minha sina continuava, lamentações não trariam soluções, tomava coragem, os olhos se revelavam determinados... -Carmem...  Precisaria encontrar de uma vez por todas minha senhora, o perigo ronda sua Jyhad, ela poderia me ajudar na maldição que Katrina rogava sobre mim, e também havia respostas sobre a precedência da Gehenna. "Não, não devo pensar em tamanha desgraça..."

Me policiava para não ter pensamentos tão desgraçados quanto a realidade, me levantando e me esgueirando até a porta, queria ter certeza que aquela bando de demônios já teriam ido embora, não gostaria de topar com eles novamente... Por um instante, a raiva de Frank ter me entregado á eles se transformava em pena, algo muito ruim deveria estar prestes a acontecer com ele, afinal ele não me entregaria sem motivos, Katrina e seus comparsas estariam no encalço de Carmem, e eu deveria encontrá-la antes deles, além disso, ainda havia a promessa... a noite complicava-se a cada ato e a verdade ficava cada vez mais soturna e distante.

Certa de que os três ja tivessem deixado o prédio, me retirava daquele recinto maldito, rogava pela paz do local e intercedia pela paz, porém creio que o mal estaria dentro de mim nesse momento, desconfiada e inquieta procurava por todos os cantos se não estava sendo seguida, e retornava para meu refúgio... "Se Carmem não pode, ou não quer ser encontrada, tentarei encontrar quem possa me levar até ela..."  Pensava enquanto me lembrava das roupas do estranho que ainda habitavam o quarto de Carmem, talvez as nuances daquele estranho me leve a  alguma pista de minha Senhora.

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por @nonimous em Ter Fev 27, 2018 2:45 pm

Stanislav era atraído e repelido ao mesmo tempo pela garota, a forma rápida com a qual ela reagia, dando cartas as quais provavelmte ela não conseguiria ganhar criava a contra gosto uma aproximação de Stanis, aproximação emocional, repelia ao passo que era uma missão em nome da gloriosa pirâmide Tremere.

Gloriosa Pirâmide Tremere

Stanislav sorri no canto da boca quando repete aquilo mentalmente, parecia a porra do partido nazista, fanatismo sem logica, se aquilo fosse razoável não era necessário beber da transubstanciação do sangue, aquilo era um engodo, desde que passara da fase inicial do abraço Stanis tem questionado internamente a veracidade e razoabilidade da lealdade Tremere, e isso tem sido um conflito constante para ele, somado ao fato que ele matou mais Tremeres do que já se relacionou isso pode ter um fundo de razão, aquilo tudo não fazia sentido e estar na presença dela, acalentava suia alma e o fazia acreditar em liberdade, o acordo, além de sensato era verdade, não pretendia quebrar, cumpriria a risca o acordo, mas algo dentro dele conflitava, ele busca uma posição dentro do clã, a famosa, imperiosa e mortal ordem dos Astores,, uma polícia secreta tão letal quanto a Gestapo da Alemanha nazista, ao turno que ele tenta preservar princípios como justiça, lealdade, humanidade e manutenção do clã Tremere, mas talvez ele teria que defender o clã de inimigos externos como Katrina e de inimigos internos e seus fanatismos.

-E isso é relevante? Indaga Stanis. - Minha herança de sangue vai mudar como você me enxerga, ou como me trata? Se eu lhe disser que sou um Brujah você deixaria de mentir pra mim? Porque Brujahs são o cerne dos anarquistas, ou se eu falasse ser um Gangrel poderia ganhar sua identificação por também ter garras ou seu ainda lhe disser que sou um Setita? Me odiaria e perderia o valor de nosso dado a falaciosa questão religiosa? Me diga garota, o que acha que sou? Por hora só um aliado, contrato, uma alma a ser salva por você? Stanis divaga de forma filosófica além de sentir desconforto em mentir para ela, that hell minta.

- Sim, Katrina após conversar comigo para a segurança dela, deve imediatamente deixar a cidade, para seu próprio bem e de seus aliados, mas porque você a quer longe? Indaga Stanis sabendo que provavelmente é apenas uma mentira o que ela disse ou vai dizer.

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."



http://warleiramos.com/rolador/
´´
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Ter Fev 27, 2018 2:49 pm

A noite avançava e Crowley ainda naquela sala com aqueles desgraçados, mais uma vez o sombrio era intimidado, mas não poderia no momento responder a altura, e Carlos era o segundo nome se uma lista negra mental, porem Carlos apesar de um pela-saco, se mostrava atento as mentiras que o Sombrio cuspia novamente, dessa vez uma mentira mais elaborada com detalhes e fatos o sombrio se concentração em sua atuação, gravava toda acena mentalmente, afinal teria que repetir toda essa mentira com todos os detalhes, mas como dizia um velho coronel amigo de sei pai, " conte uma mentira várias e várias vezes até que ela se torna verdade para os outros, pois são assim que nascem as lendas".
O Crowley não tinha a intenção de se torna lenda nem porra nenhuma mas queria se assegurar na mentira que queira tornar real. Após todo odialogo outra pessoa entra na sala dessa vez alguém por quem o sombrio esperava..
.

Bill escreveu:- Eu sou Bill. Vem comigo!

Caralho até que fim...

Crowley sem pestanejar segue o homem, ambos saem do bar e adentrava as ruas escuras de Chicago, o sombrio da uma breve analisada em Bill ( favor descrever o mesmo), o observava e disfarçadamente ele o fareja, o sombrio queria saber mais informações sobre o mistérioso homem, cheiro de pólvora ou pólvora queimada poderia dizer se estava em "ação" ou não, mas um forte cheiro poderia representar uma arma de grosso calibre, detalhes podem ser bem importante nesse primeiro passo que o Sombrio conseguia dar.

Bill parecia ser o recrutador do movimento, explicava a "Antony"  os princípios dos anarquistas,  Crowley se identificou com as cosias que eram ditas, balançava a cabeça como sinal de positivo de quê concorda com tudo que era dito, sobre a liberdade, sobre os direitos iguais, mas tudo isso ele já sabereia como mortal, seu interesse era pelo movimento anarquista dos imortais, saberia que existem regras assim como ao dos mortais,as quais? O sombrio iria questionar alguns pontos e fazer umas perguntas mais afundo, mas percebes está sendo seguido...



Bill escreveu:- Não se assuste. - Diz Bill percebendo a aflição do lasombra - É carlo e Juan que vieram ajudar na sua iniciação. - Ele diz parando na rua e colocando a mão na cintura.

- Não me assustei, apenas mantendo minha guarda alta, afinal tudo isso é novo pra mim, e como assim ajudar em minha iniciação?

O sombrio fica curioso, teria ele conseguido a aprovação para fazer parte do movimento, caso passasse pelo teste de iniciação? Ele não saberia ao certo, mas saberia que não seria algo tão radical quanto a sua quando entrou para o sabá...

Após caminhar pelas becos e vielas escura de Chicago eles pararam em uma rua, lugar feio e fedorento, várias espeluncas abertas funcionando como prostíbulo, mulher nuas na beira da rua, uma rua escura com iluminação precária, coisa que parceria ser normal em todas as ruas  por qual passava, então Bill começa a falar qual o propósito por estarem alí nesses espeluncas...


Bill escreveu:- Este lugarzinho aqui é o recanto onde o xerife gasto de se encontrar com sua humanazinha favorita, Rachel. Queremos a cabeça dela!
-Nos ficaremos aqui caso algo saia do controle.

Crowley agora atuária como um agente duplo na parada, uma missão dentro da outra, teria que provar seu valor para o movimento e consequentemente essa ação seria algo a favorecer para sua verdadeira missão, desestabilizar a camarilla seria algo do qual faria com gosto, mas poderia ser o bode expiatório, poderia ser uma emboscada, se o xerife frequenta esse lugar o que impediria dele está lá dentro agora, saberia ele que não poderia confiar nos homens que estariam ali parados para da cobertura!
Essa missão poderia lhe custar a sua não vida, assim como a primeira, mergulhar em lugar sem um estudo prévio do que enfrentaria era algo que não agradava, mas teria que improvisar novamente mas dessa vez não teria que convencer ninguém a nada, era apenas matar, localiza e destruir...


Bom essa missão tem cido muito complicado até aqui, já não basta ter que me humilhar, implorar pela minha vida como se fosse um fracate , mostrar que queria fazer parte mas que não representava qualquer ameça...
Deixeme ver como vou fazer Isso


Por segundos o Sombrio mergulhava em seus pensamentos, teria se fudido muito até alí, mas ninguém aprovaria seu método sendo ele do sabá, mas o sombrio tinha um plano a longo prazo, não queria apenas saber a hora e local do suposto ataque, afinal fazer parte do movimento lhe daria uma segunda identidade, queria fazer além do que era pedido pela sua seita, poder entrar e sair de qualquer cidade pelas rotas anarquistas seria muito útil em missão futuras...

Pos bem...
1° - preciso saber se tem escadas de incêndio externa desse prédio ( favor descrever o prédio por fora, quantidade de andares e tudo mais)
2° Passo, irei abortar a primeira puta da quela espelunca antes de entra...
3° Vou mostrar interesse por seus serviços, irei fitar os olhos deles durante os elogios...
4° Assim que tiver seus olhos nos meus iria implementar uma sugestão (Dominação nível 2)
5° Irei implementar o seguinte... Quero que me acompanhe de forma discreta até ao bar, lá chegando irá discontrair nos pegando uma bebida com o bar-man, depois de forma discreta irá me mostrar quem é Rachel, em seguida vai fazer um stripper no palco de costume sendo mais sexy como nunca foi durante 06 músicas.
Acho que assim seria uma boa estratégia, enquanto estiver entrando vou fazer um rápido reconhecimento...
Se tem câmeras, quantos seguranças do local, se passar por algum segurança tentarei sentir o cheiro de pólvora assim como fiz com Bill,  depois no bar tenho que ver se tem outros imortais na área...
Acho que esse poderia ser um bom plano...


O Sombrio fica em silêncio por alguns segundos olhando para àquela espeluncas, os homens ali fora parado esperando uma reação do imortal, o Sombrio fazia um plano prévio em sua mente, não saberia dizer o que faria caso não desse certo, teria que ir provisar novamente, ele olha para Bill e diz...

-OK, esse é meu teste, não irei desapontar.
E olha para Carlos e diz - Vou te mostrar quem é o cuzão agora seu otário. E dava um sorriso malefíco.

O Sombrio seguia para a entrada do puteiro mancando com sua bengala, e executava seu plano mental, seria ele bem sucedido desta vez?
A sorte não estava ao seu lado essa noite...
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Qua Fev 28, 2018 3:58 pm

Giulio

Giulio tentava jogar com aquela criatura medonha. Um espirito. Uma aparição. Um ser de forma hedionda saindo das trevas. Seria uma alma amaldiçoada a vagar por ali eternamente? Giulio pouco conhecia sobre os espíritos, talvez nada. Somente boatos jogados ao vento sem qualquer fundamento. O Apartamento estava corrompido pela macula maligna da trevas. As paredes sangravam sombras vivas. O cheiro de podridão em cada canta. Em toda parte.

- ENFRENTE-A!! - O grito da criatura retumba em todas as direção. O chão estremesse, as paredes parecem ruir. A fúria da criatura abala a realidade do local. - Deixe seus medos para trás, nenhum magia pode vencer a determinação ou seria melhor eu destruí-lo aqui mesmo já que eis tão inútil? - Indaga ele ameaçadoramente em meio aos rosnados com dentes amarelos e afiados sobressalentes em sua bocarra.

A criatura se aproxima. Giulio sentia o fedor de seu Halito, a maldade em seus pequenos olhos negros, bestiais como a noite. Giulio precisava olhar para cima para poder encarar a criatura de perto, e então a criatura se tornava cinzas que se espalhavam pelo local, Giulio precisava fechar os olhos, as cinzas se tornavam um redemoinho ao seu redor, mas não havia vento, apenas cinzas e trevas. Abrindo os olhos novamente percebia que no local só havia Malika deitada no chão, chorando, inconsolável após a sentença de morte. As cinzas da criatura se amontoam em cima da menina que logo se levantava, decidida, ela seguia até a porta, a mancha negra das cinzas perseguiam ela por onde ia, como se fosse uma áurea ao redor de todo seu corpo, e então se retirava do apartamento, deixando somente Giulio no Local.

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Qua Fev 28, 2018 6:19 pm

MALIKA

A imortal havia sido condenada. Sentenciada. Veredito decretado: MORTE! A bíblia era clara sobre os acontecimentos pós morte de todo o justo. Céu. Paraíso. Um lugar onde todas suas aflições teriam fim. Finalmente poder estar em comunhão com Deus como nenhum outro mortal já esteve. Lado a lado. Face a face. Mas na bíblia não dizia nada sobre uma alma amaldiçoada que se alimentava de sangue e se esgueirava pelas sombras da noite. Malika já estava morta. Seu coração não palpitava mais. Não respirava. Era apenas uma carcaça se rastejando atrás de sangue. Seu destino era incerto. Nem mesmo Carmen saberia explicar o que vinha depois da morte. E como poderia? Ninguém voltou dela afinal de contas. Se recompondo, Malika se colocava de pé e caminhava até a porta, Silencio absoluto, Parecia não haver mais ninguém ali. Seus algozes pareciam ter desaparecido. A imortal deixava aquele apartamento para trás. Sempre observando os arredores em busca de algum perseguidor, mas só havia ela naquele bairro, sujeira e ratos.

Spoiler:

16:18:43 Dados:2, 7, 3, 7
MALIKA rolou 4 dado(s) com dificuldade 6 para Procurar e obteve 2 sucesso(s)
16:19:11 Dados:8, 1, 4, 7, 10
ESTRANHO rolou 5 dado(s) com dificuldade 6 para **** e obteve 2 sucesso(s)



Malika caminhava pela noite escura. Divagando sobre sua situação atual. Ainda restava cumprir a promessa que havia feito para o mesmo espirito que recebeu a ordem de destruí-la. Devido as circunstancias atuais, Malika manteria sua palavra? Primeiramente tinha que localizar Carmem antes de seus Algozes, talvez ela pudesse de alguma forma liberta-la de sua sentença. Talvez Malika pudesse alerta-la sobre os perigos que estava correndo, sobre seus perseguidores. Malika chegava no apartamento, o mesmo se encontrava já com as portas abertas, não se lembrava de te-la fechado, mas se lembrava da euforia como saiu daquele lugar a procura de respostas; e lá estava ela novamente, machuca e ferida com apenas 24 horas para o mal assolar sua não-vida. As coisas não melhoraram des que saiu dali.

O apartamento estava como o havia deixado. Luzes apagadas. Silencioso. Moveis no lugar. Nenhum bagunça. Seus pés cheio de lama é a unica coisa que imacula o apartamento. Parada na porta conseguia ver as roupas do homem daquela noite. Malika se aproximava. As respostas talvez estivesse ali todo o tempo, bem diante de seus olhos. Teria Carmem deixado aquilo ali para que Malika pudesse localizar? Aquele pergunta logo seria sanada. Seus dedos tocam o tecido grosso do casaco. E então tudo se esclarece na sua mente conturbada.
Spoiler:


Dados:4, 4, 6, 1, 8, 8
MLAIKA rolou 6 dado(s) com dificuldade 5 para Auspex3 e obteve 2 sucesso(s)

Trovões rasgam o manto negro. Riscos vermelho vivo nas trevas. Pingos. Gotas. Chuva de faíscas. Uma risada histérica rompia o silencio de sua mente. Ódio. Pavor. Sentimentos conflitantes no véu do momento. "Você dirá exatamente o que eu dizer a você, Dick". O rosto de Katrina surgia no nebuloso manto negro junto com o estranho que havia aparecido em seu apartamento. Estavam ambos em algum tipo de armazém. A imagem sumia de sua mente. Dava espaço a cor Vermelho. Sangue. Feridas. O quadro em sua mente se alarga de uma ferida, clareando momentaneamente o quarto impecável em que estava no momento. Carmem acariciava Dick em seus braços. Ambos estavam jogados no chão. "A ultima filha Apareceu, estão com ela... detenha-na!". As mãos de Carmem se apertam contra a traqueia do homem, ele não luta, não se debate, Ela era esmagada brutalmente. ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! ULTIMA FILHA DE EVA! A frase se repetia diversas vezes em sua mente, sem trégua, sem descanso, começou com apenas uma voz mas parecia que aumentava o numero de pessoas gritando em sua mente. O ritmo aumentava. Já não conseguia ouvir o que diziam, apenas barulho ensurdecedor dentro de sua mente. bagunçando sua cabeça. A besta urrava em desespero. Inquieta. As vozes persistiam. Não tinham fim. Estava quase perdendo o controle quando tudo fica absolutamente silencioso.

Spoiler:

28/02/2018 17:47:22 Dados:5, 5, 6, 3, 9
MALIKA rolou 5 dado(s) com dificuldade 8 para frenesi e obteve 1 sucesso(s)
Re-rolar 10: não
Ignorar 1: não

Malika se encontra com as roupas de Dick totalmente estraçalhadas em suas mãos junto com tufos de cabelo entrelaçados entre os dedos. pedaços de pano em sua boca, seus dentes expostos como uma fera. Sua cabeça doía e estava molhada. Passando a mão podia perceber que era sangue.  Malika já havia ouvido as profecias. Sabiam que a FIlha de Eva era o ultimo sinal para a Gehena que tanto estudava.

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Qua Fev 28, 2018 6:48 pm

Stanis

Clã. Lealdade. Deveres. Era mais forte do que Stanis. Era o sangue clamando por fidelidade ao clã. Respeito a magia que corria em suas veias. Temor pelas coisas que ouvira e conhecera ao longo dos anos. Gratidão por tudo que o clã havia concedido a ele. O que seria do magus alem de um esotérico frustrado buscando respostas.

Desconcertada. Era assim que a mulher ficava ao abrir a boca e não emitir nenhum som, seus lábios abertos se transformavam num lindo sorriso. Gentil. Carismático. Belo. Ela o fitava com inocência e timidez.

- Talvez um maldito Brujah! - O sorriso desaparecia lentamente - Procure por Frank Garcia. Porque Kratina esta a procura dele. Localizando ele, logo encontrara ela - Diz ela se aproximando e tocando em suas mãos, ela passava um bilhete a ele - Nos vemos por ai - Ela se virava e entrava na saleta a sua frente.

No bilhete um endereço. Não era tão longe dali.

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Qua Fev 28, 2018 8:18 pm

Crowley
Spoiler:

- Caso saia algo de errado eles te darão cobertura. - Diz Bill, este não tinha nenhum cheiro aparente de pólvora. Talvez uma colonia barata.

O imortal Dava uma averiguada na area toda. Pouco movimento, seja de carro ou de pedestre. O prédio possuía um total de 5 andares, muitos deles com luzes apagadas e outros acessas. Nenhuma escada de incêndio era vista. Mas o imortal percebia um prédio próximo e baixo que poderia alcançar pulando do terraço. As mulheres o observavam e o chamavam para conhecer o local, lançam piadas, brincam com seus corpos desnudos, seus olhares sedutores, fervendo em luxuria. As duas prostitutas quase brigavam pela presença do imortal. Uma sai vencedora. Morena. Baixa. Tem uma pinta no rosto. Ela te fala os preços. Diz suas condições "No cu eu cobro mais caro mas faço gostoso". Quanto mais interessado o lasombra se mostrava, mais promiscuidade ela dizia a ele, pelo valor certo ela faria qualquer coisa. E quanto mais elogiava, mais o seu preço abaixava. Era tão facil para o lasombra.


Rolagem:
Dados:9, 6, 3, 2
CROWLEY rolou 4 dado(s) com dificuldade 6 para Sedução e obteve 2 sucesso(s)
Re-rolar 10: não
Ignorar 1: não
Dados:5, 7, 10, 2, 4
CROWLEY rolou 5 dado(s) com dificuldade 6 para Sedução e obteve 2 sucesso(s)
Re-rolar 10: não
Ignorar 1: não
Dados:2, 4, 10, 10, 8
CROWLEY rolou 5 dado(s) com dificuldade 6 para Sedução e obteve 3 sucesso(s)
Re-rolar 10: não
Ignorar 1: não
28/02/2018 19:48:41 Dados:10, 9, 7, 5
CROWLEY rolou 4 dado(s) com dificuldade 6 para percepção e obteve 3 sucesso(s)
Re-rolar 10: não
Ignorar 1: não
19:51:52 Dados:10, 6, 7, 10, 3, 6, 6
CROWLEY rolou 7 dado(s) com dificuldade 2 para Dominação2 e obteve 7 sucesso(s)
Re-rolar 10: não
Ignorar 1: não

O imortal fitava seus olhos. Negos. Escuros. Olhos nos olhos. Um comando. Palavras poderosas suprimindo toda a vontade da mulher. Ela apenas concorda com a cabeça e pegava em seu braço levando-o para dentro. O lugar na parte de dentro era um bar pequeno com espaço para apenas 3 mesas ali dentro. Todo o ambiente era escuro, deixando que as luzes psicodélicas iluminassem o lugar, uma fumaça branca dificultava sua visao. Um homem velho estava no bar, uma mulher estava do lado dele com cara de tédio. E o pequeno homem tentando pexinxar por uma preço mais em conta.

-  2 cervejas ai Joe- Diz A prostituta de nome ashley que estava ao seu lado. - Rachel fica na cobertura, quer que eu vá lá mostrar? - Pergunta ela.

O barman lhe entrega a cerveja. O bar não tinha movimentação. mas tinha musica, lenta, suave. Um palco de poli-dance no meio do salão. Em meio a escuridão e fumaça o lasombra percebia que só havia o velho ali dentro e o barman de homens. Ninguem mais.

Spoiler:

Dados:4, 5, 3, 1
CROWLEY rolou 4 dado(s) com dificuldade 7 para Perceber e obteve falha crítica
Re-rolar 10: não
Ignorar 1: não

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Qui Mar 01, 2018 9:36 am

Bill mas parceria um vendedor de apólices de seguro do que um anarquista, toda hora lembrando a "Antony" que dariam cobertura em caso de imprevistos, Crowley não poderia contar com a presença desses filhos da putas, eles poderiam facilmente ir embora e deixa o sombrio na rabuda. Crowley, agora "Antony" avança e executa seu pequeno plano com várias possíveis falhas, mas até o momento andava bem, teria a Sorte voltado ao seu lado? O sombrio não saberia o certo,  ao adentrar o puteiro pode ver que era pior que imaginava...

Como​ um xerife da cidade frequenta esses lugares...
Crowley questionava a natureza dessas missão mas não tinha volta, a sugestão implementada na mente da puta foi um sucesso, a mesma não saberia que suas ações não era verdadeiramente sua é sim algo implementada pelo guardião. A puta era até bonita para esse lugar feio, a mesma se chamava Ashley, ele pega duas cervejas ao bar após entrar, os dois brindam, o Sombrio não percebe nada de mais no local, penas duas pessoas, sem segurança (talvez fosse o próprio bar-man), sem câmeras e sem cliente. Então Ashley o indaga...

- Rachel fica na cobertura, quer que eu vá lá mostrar?

O Sombrio não tinha muito o que fazer nessa parte de baixo, talvez a cobertura seja um lugar melhor, e o imortal lembra que será possível pular de um prédio para o outro em caso de merdas então...

- Sim minha doce Ashley, me acompanha por favor!

O Sombrio então parte subindo cada andar, sem saber o que lhe espera, agora torcia para a sorte continuasse ao seu até o fim dessa missão!
A final, essas missão poderia vir ajudar sua própria seita mais afrente!
Em quanto subir ele joga um pouco do próprio sangue em sua bebida e indaga a puta...
- Deixeme ver se a sua está mais gelada que a minha! Então o Sombrio fingia beber  enquanto subia em seguida ele olha para Ashley dar uma mexida na sua garrafa e diz...
- Experimente a minha, veja se esta tão gelada quando a sua, e ai o que achou?

O Sombrio tinha segundas intenções em todo território inimigo, precisaria de olhos e ouvidos em certos lugares, depois de Ashley beber ele pergunta...
-Poderia me dar seu número?

Vamos ver até aonde isso vai...
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por @nonimous em Qui Mar 01, 2018 3:40 pm

Stanis encara aquela despedida como uma perda, a garota em poucos minutos ganhou sua afeição, coisa que normalmente levaria anos para qualquer outro, nem mesmo seu senhor tinha esse carinho a qual Stanis passou a olhar a garota.
Mas ele mantinha uma fachada de cara durão, era a porra do estereotipo, e claro, aquilo era fundado em uma mentira.
Ele era Stanislav Nottinghan, tremere londrino a serviço dos Anciões Tremere, deveria rastrear, pegar o pergaminho de volta e destruir Katrina, nada que não tivesse feito algumas vezes antes. Aquela reflexão do seu eu, verdadeiro eu, ou pelo ao menos quem deveria ser, ou foi moldado a ser.

Quando as mãos se tocam, Stanis sente algo, mas aquilo seria impossível, aquela garota seria a ruína dele, ele está muito perto de se tornar o Astor Tremere, estaria livre dos desmandos dos anciões do clã, seria um algoz nas fileiras, isso significaria liberdade tanto quanto abrisse mão e se aproximasse dela, seria um Anarquista, livre dos grilhões lutando contra o sistema que agora ele protege.

- Obrigado. Diz ele em sussurro e não consegue deixar ocultar o sotaque britânico, talvez fosse proposital, queria ser salvo dele mesmo.
- Ei espere. Ele pega uma caneta e anota seu telefone.

- O favor, o ah...favor que fico lhe devendo se algum dia precisar ou estiver encrencada, me chame. Diz ele em forma de agradecimento pela informação.

Então ele segue porém ainda de costas ele para.
- Garota. Diz ele nunha tentativa de afastar ela emocionalmente.

- Eu sou um Tremere. Diz e continua andando pouco fodendo para as consequências, e inteiramente disposto a arcar por elas. E segue para o endereço marcado.

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."



http://warleiramos.com/rolador/
´´
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Qui Mar 01, 2018 5:12 pm

Crowley

Ashley, a prostituta, pegava em sua mão e o guiava naquela antro da perdição, Entre o Bar e a pista de Polidance Havia um corredor largo sendo dividido por uma fina cortida poida. Eles atravessam. O corredor leva a duas portas. Logo depois a duas escadas. Uma descia e outra subia. Eles sobem o primeiro lance de escadas, um atrás do outro. Escadas escura e estreita. Dava a um outro corredor com diversas porta. 4 em cada lado. A mulher seguia em frente lhe mostrando o caminho, nas portas mais cortinas dujas impedindo olhares curiosos, mas Crowley conseguia identificar algumas coisas. 1 Casal fazendo sexo. 2-3-4 silenciosas e vazias. 6, 3 pessoas jogadas no chão escoradas na parede de olhos fechados. Ciringas pelo chão imundo. No outro um homem negro fumando Algo enquanto a mulher dormia pelada da cama. Nos outros quartos não foi possivel verificar o que havia...

... No fundo do corredor surgem duas silhuetas, uma tão alta que Crowley não sabia se era realmente humana. E a outra minuscura se comparada a primeira. Elas logo se colocam de baixo da luz precaria do Corredor. Se tratava apenas de um homem e uma mulher, A mulher gargalhava forçadamente enquanto caminhavam, estava segurando no braço do homem que por sua vez era enorme, forte, ombros largos, mareno, cabelos crespos numa rastafari junto com uma barba por igual e suja. Seus olhos mostravam impaciencia e irritação. A mulher parece não se importar isso e começava falar alguma coisa.

- Lá esta a Rachel.
- Diz Ashley

O homem passava por Crowley e então parava no meio do corredor. E virava apenas a cabeça para trás.

- O que esta fazendo aqui? - Seu tom era de irritação. Ele se virava lentamente.


_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por giulio em Qui Mar 01, 2018 8:42 pm

Ali estava frente aquela coisa, sem definição de meu conhecimento, pura trevas falando comigo no plano astral, talves fosse um espirito, e estava aprisionado, procurando uma forma de se libertar, e achou a mim...

- ENFRENTE-A!! - O grito da criatura retumba em todas as direção. O chão estremesse, as paredes parecem ruir. A fúria da criatura abala a realidade do local. - Deixe seus medos para trás, nenhum magia pode vencer a determinação ou seria melhor eu destruí-lo aqui mesmo já que eis tão inútil? - Indaga ele ameaçadoramente em meio aos rosnados com dentes amarelos e afiados sobressalentes em sua bocarra.


Não era a questão de não poder fzer nada, era a questão de não ser besta e enfrentar de frente quem a controlava, aquela criatura se tornava idiota a pensar que eu iria bater de frente com a pessoa que a dominava.

Mal conseguia olhar para a criatura, pela sua monstruosa aparencia, sombras tomando o seu redor e todo o quarto. Da mesma forma que ela havia aparecido, ela se tornava em cinzas e se fundia com aquela escuridão do plano em que me encontrava.

E ao olhar novamente encontra-se apenas Malika, triste em seu canto, e desolada pela situação em que se encontrava de ter apenas 24 para encontrar a sua morte fianl, seria apenas mais uma para sua lista... "Maldita seja Katrina, ela esta assassinando, como eu já suspeitei momentos antes, e agora com Malika jurada de morte, posso usa-la para ter mais profundamente sobre isso.' Consumida pela escuridão de sua maldição ela se levanta tomada por toda aquela escuridão que a acompanha e sai daquele local. Sua aura era nitidamente negra, estava consumida pela maldição o que será que ela ira fazer. provavelmente irá atras de Carmen.

Logo em seguida. Retorno seguindo o fio prateado ao qual me liga ao meu corpo, passando novamente aquele caminho sobre a escuridão tomada no plano astral, o plano dos espiritos. Logo chego em meu corpo e abro os olhos, forçando imediatamente a mão averiguango se as chaves se encontram em minhas mãos, e olhando o banco do passageiro, procurando por Frank.

Assim que consigo olhar em seus olhos, digo-lhe: -- Frank, não leve a mal, mas o que você ganharia entregando Malika para Katrina, e afinal o que você sabe sobre o Trio que você estava aguardando em seu refúgio? Ela esta em perigo e preciso que me conte tudo que você sabe.

Assim que termino aguardo sua resposta, e sem seguido continuo:--Pode colocar essa arma no mesmo local que a retirou, vamos a um local. Temos de agir. Encontraremos Malika ela conseguiu sair daquele local, eu vi. Nesse momento ligo o carro e com os fárois apagados sigo em caminho a procura de Malika lembrando mais ou menos o caminho que eu fiz para chegar no local que a encontrei, pois se ela estava jurava de morte, certamente não iria negar que alguém a ajude, e seria nesse momento que eu poderia descobrir tudo que estava acontecendo.


OBS: Caso a encontre, segue a cena a seguir.

Assim que a encontro, paro o carro bem próximo, e abaixando o vidro digo-a: -- Venha, eu vi tudo, você tem apenas 24 horas, juntos podemos lhe ajudar.

OBS: Caso não a encontre, segue a cena a seguir.

Após andar por quase meia hora a procura de Malika sem sucesso. Paro o carro agora em um local seguro, olho para Frank:  --Pronto Frank, Pode me dizer tudo que sabes e prometeu me falar. Preciso descobrir quem está assassinando os Brujah, para que isso pare. Se possivel, me leve ao seu lider Anarquista para que eu possa ajudar.
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 28
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Crowley em Qui Mar 01, 2018 10:17 pm

A noite a avança em Chicago, o guardião seguia com sua missão com a determinação de um saldado, desistir já mais, a missão vinha antes de tudo, agora executando uma segunda missão, mas como um agente dupla, mas a conclusão dessa teria um propósito maior para sua principal missão, o sombrio tinham planos mais elaborados que dos seus colegas de seitas, apesar de um soldado tinha a independência de adaptar e melhorar a conclusão de qualquer uma delas, seu objetivo maior era com a seita e não com os anciões do sabá, seguia ordem até onde lhe fosse conveniente até hoje.

O guardião adentrava cada vez mas naquele puteiro imundo, Ashley o guiava pelos corredores e escadas, Ashley o tratava bem assim como  qualquer cliente, porém não depois de beber do sombrio, havia dado o primeiro passo para uma ligação muito forte, suas afeições mudam e com isso ela dar seu número ao sombrio, Crowley, agora "Antony" tinha grandes planos para a puta num futuro mais próximo, e brevemente mente usaria seus encantos com a sua vítima, ambos Continuam a suas as escadas estreitas, chegando a um corredor o sombrio percebi o que rolava em alguns quartos  até que avista duas sombras uma realmente monstruosa e a outra de estatura normal, sombras de um homem e uma mulher assim pode ver quando ambos se aproximam de uma luz que a proposta eram raras nesse corredor  então Ashley da um sinal e diz...

Ashley escreveu: - Lá está a Rachel.
Mas que porra, então esse deve ser o xerife ou um capanga para a proteger a mortal devido a ameaça anarquistas.
Assim pensava Crowley, não saberia ao certo quem poderia ser o sujeito, que a princípio aparentava ser bem forte, então o mesmo passa pelo Sombrio porem um pouco depois o sombrio para de ouvir os passos do sujeito então o mesmo vira a cabeça para atrás e lentamente virava seu corpo e diz...

- O que esta fazendo aqui? -

Seu tom era de irritação. Crowley não saberia o certo, mas se fosse em outra ocasião já teria matado metade dos que se opôs a ele nessa noite, mas não tudo por um bem maior, então ele pensa bem, uma jogada rápida e responde o cara.

- O mesmo que todos que estão aqui.
Ele sorri e dar uma tapinha de leve da bunda da Ashley e depois pega na sua mão e diz
- Não é não minha delícia?
E dar uma piscadinha para a mulher, ele precisa de uma saída rapida,  só queria a cabeça da Rachel e dar o fora desse lugar podre, mas não saberia qual seria a reação do homem que já estava enfurecido com algo, se o mesmo fosse do clã dos cabeças quente ele poderia entrar em um ataque de fúria a qualquer momento, então o Sombrio fica com a guarda alta, em caso de uma ataque corpo a corpo ele irá aparar os ataques com sua espada....
(02 pontos de sangue para destreza)
avatar
Crowley

Data de inscrição : 02/12/2010
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Guidim em Sex Mar 02, 2018 12:13 pm

As verdades se misturavam com as mentiras numa orgia desordenada de informações, Minha mente voava acompanhada da besta, Vozes, trevas, Carmem, Dick, Relâmpagos Katrina e mais vozes, uma série de acontecimentos revelavam Dick o epicentro do caos que unia as arestas desamparadas tremulas na Jyhad.

VOZES

Minha mente perturbada pelo caos, pela maldade, pela maldição, pela Desgraça que Katrina me rogava, iluminada pela Fé, enchoçada pela visão de um mundo melhor, dúvida rebatida, mais vozes, a besta rugia, queria estraçalhar as vozes se libertar antes do fim iminente que apontava no horizonte de desgraça e sangue.

-GEHENA   Num grito de misericórdia eu conseguia me desvencilhar do transe, um elã revelador e convidativo, a besta quase cravava suas garras em minha vontade, mas eu a continha, ela reagia da pior maneira possível, o fim dela e de todas as outras bestas estava próximo, o relógio da destruição já badalava tardio, o fim iminente se aproximava... Infelizmente.

“Mantenham-se vigilantes, porque vocês
não sabem nem o dia nem a hora.” — Mateus 25:13
.

Por fim a hora havia chegado, minha mente devaneava pelas visões, Seria Katrina a própria manifestação da Gehena? Seria ela a Ultima filha de Eva?  Qual seria a ligação entre Katrina, Carmem e Dick? Ainda restavam dúvidas, a decretação de meu fim seria um leve presságio perante ao que viria a seguir, assim como as Dez Pragas varreram o Egito antigo, um novo Êxodo estaria prestes a instaurar-se, e quem me ouviria? O Fardo da verdade era meu, meu fim estaria próximo, mas por mim, muito viveriam.. A promessa seria cumprida, a ultima Filha de Eva deveria ser erradicada, Os esquecidos, Carmem, o mundo... tudo culimava para extinção daquela missionaria do Apocalipse maldito dos Vampiros.

O armazém de minha visão poderia revelar mais detalhes do encalço de minha busca, tentaria relembrar detalhes, possíveis localização que se assemelha com o que já vi durante minha vida, minhas recordações eram regadas pelas lembranças de Katrina e de Carmem, estive ligada a mente das duas, a verdade que perturba minha linhagem se intensivava cada noite que se passava, a agonia de tudo o que olhos não podem ver chacoalhava minha mente num turbilhão de informações, precisava encontrá-las, Carmem e Katrina, não importava a ordem apenas precisava encontra-las.


[OFF] Caso não possua nenhuma ligação com o local da visão seguirei ao Elisio,  Caso Contrario, seguirei para o local da visão, gastarei PS para recuperar minha saúde nesse trajeto[OFF]

_________________
FalasPensamentos[Offs/Testes]

"-A verdade está aí dentro...
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sab Mar 03, 2018 9:20 am

Stanis

Por que? O imortal estava a seculos caçando e destruindo seus inimigos, fazendo aliados momentaneos em diversas cidades apenas para serem usados enquanto estivesse nas caçados e descartados na mesma rapidez. Não havia importancia, não mais. Apenas crescer naquela hierarquia na qual foi moldado. Mas no momento aquela despedida fugaz parecia diferente. mas porque? Ela o procuraria, se encontrariam novamente? No final ela era uma Anarquista, uma não-vida em constante perigo e encrentas, sim, ela o procuraria em breve. Stanis por garantia passava seu telefone para ela que guardasse e mantivesse interligados de alguma forma.

- Adeus 'Sr. Stanis! - Diz ela em despedida irônica.  

Stanis parava no meio do caminho, a chamava, podia ouvir a pausa nos passos firmes dela se detendo a caminho da saleta, revelava sua linhagem sanguínea. Silencio. Stanis continuava a caminhar, não sabia se sua reação foi boa ou negativa, mas dado ao histórico e boatos de seu próprio clã, estava claro que seria uma má ideia, mas Stanis arriscava, outrora nunca faria uma coisa dessas, mas algo ali naquela cidade, naquela mulher, o mudou. Após 3 passos em direção a saída podia ouvir ela falando.

- Isso explica muita coisa! - Seu tom de voz era suave, não havia furia ou rancor. Era apenas uma frase reflexiva quase que para sí mesma.

Stanis se colocava para fora do que parecia ser o QG dos anarquistas sem qualquer problema. Não avistara ninguem na saida, como se estivesse vazio. E então partia para onde o endereço marcava. Não estava longe, seria rapido.

-----

Stanis se decepciona parado na porta aberto olhando o apartamento vazio na qual o endereço indicava. Apenas um comodo, um aquecedor quebrado, uma janela aberta, um banheiro pequeno e minusculo. Averiguando mais a fundo percebia um Criado mudo revirado. Chão com marcas de botas e lama. impressões mais sutis no chão, talvez fosse algum tipo de salto alto. Uma cadeira quebrada no chão. Marcas de unhas e sangue no chão. Não parecia ser uma cena de luta, mas definitivamente alguma coisa aconteceu ali dentro. Novamente o imortal estava sem respostas.

- Não deveria estar aqui -
Uma voz surge atrás do imortal.

Uma silhueta. A luz do corredor batia por trás do homem, sua face era ocultada pelas sombras. Ele possuía um porte altivo, seguro, dava um passo para frente. Mãos cerradas. A luz finalmente iluminava seu rosto. Era Frank Garcia. No pouco tempo que passou na cidade conseguira conhecer aquele rosto. Aquele homem em particular. Um desordeiro Anarquista que estava em guerra constante com o patrimônios alheios. Criando confusão por onde ia apenas para dizer que não seguia nenhum tipo de Regra.

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Sab Mar 03, 2018 10:00 am

Giulio

Giulio retornava ao seu corpo após a viagem inesperada que teve, era previsto viajar, mas não estava em seus planos ficar de cara com aquele espirito imundo lhe pedindo favores. De volta ao seu corpo podia perceber que ainda se encontrava no carro, as chaves em sua mão. O carro estacionado ainda dentro do beco sujo. Mas estava absolutamente sozinho no local. Frank já não estava mais ali.

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por @nonimous em Sab Mar 03, 2018 5:00 pm

A despedida se tornou como qualquer outra despedida, sofrida. Um trauma que poderia fortalecer o elo entre a " garota" Anarquista e Stanis, aquilo definitivamente não acabou, afinal, ele deve um favor para ela, e Stanislav Nothinghan do clâ Tremere nunca deixava de honrar um acordo, no geral seu clâ também não. E era isso que mais desapontava Stanis no que tange a má fama de sua linhagem de sangue.

" Até breve " Sussura Stanis saindo do local.



No caminho ele não resistiu de pensar na grande informação que ele obtivera nessa empreitada, o covil Anarquista, fuking Wow, isso deve valer alguma coisa nos ouvidos certos, mas ele não pretendia fazer isso, era natural de se fazer, mas não o faria, algo o impedia.
Ética da fonte?
Nossa agora Cristina tinha uma outra designação fonte de informações, aquilo era desolador, ela era algo a mais.

Ele afastou esses pensamentos, como uma nuvem sombria ela se foi, e ele chega ao endereço de Garcia, o agitador social. Por mais que os textos de Proudhon fossem muito reflexivos, anarquismo não era algo que atraísse Stanis em si, ele preferiria um poder constituído controlado, dando valor a liberdades individuais, a Camarilla cumpria bem esse papel, desde que andasse na linha ninguém bateria na sua porta, e Katrina roubou algo dos Tremere e agora Stanis estava batendo na sua porta, e acreditem, ninguém gosta da visita de coletores de impostos, e ninguém nunca vai gostar quando um coletor de almas chega.

O apartamento, sangue, marcas, algo estava fora do lugar, e nem precisava ser um gênio investigativo. Quando Fank resolveu dar as caras, Stanis pensa consigo mesmo.

That hell, luck mam.

- Frank. Começa Stanis de forma tranquila.


-Precisamos conversar. E antes que continuasse o Tremere queria analisar a resposta gestual e verbal de Frank Garcia.

_________________
Status 01 Ancillae em ascensão
Líder Nato


" Seu tolo, entregou sua lealdade para mestres profanos, agora sinta a dor da traição, não precisar implorar por perdão, eu sou o arauto da morte, nosso clã já te julgou culpado, e pouco me importo, tudo o que sei é que você é uma ameaça, e será expurgada da pirâmide."



http://warleiramos.com/rolador/
´´
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por giulio em Seg Mar 05, 2018 2:31 pm

Assim que abro os olhos e não vejo o Frank no carro. Fico imaginando onde ele possa ter ido.

"Maldito seja essa Ralé, concerteza ele tem culpa em algo, e eu vô descobrir o que seja...

A chance que eu tinha de me infiltrar nos anarquistas foi embora.

Nesse momento olho se consta a arma no porta luvas e em seguida ligo o carro e com os fárois apagados sigo em caminho a procura de Malika lembrando mais ou menos o caminho que eu fiz para chegar no local que a encontrei, pois se ela estava jurada de morte, certamente não iria negar que alguém a ajude, e seria nesse momento que eu poderia descobrir tudo que estava acontecendo.

OBS: Caso a encontre, segue a cena a seguir.

Assim que a encontro, paro o carro bem próximo, e abaixando o vidro digo-a: -- Venha, eu vi tudo, você tem apenas 24 horas, juntos podemos lhe ajudar.

OBS: Caso não a encontre, segue a cena a seguir.

Sem sucesso em tudo naquela noite, estava sem saber para onde seguir... Logo vendo que a única forma que eu tinha era Frank e Malika... A segunda opção já não sabia onde encontrar, tinha de voltar ao Elísio para descobrir algo sobre ela . . . Porém essa era minha segunda opção...

Agora sem meio de seguir caminho após minutos procurando, sigo ao beco que da acesso ao local ao qual encontrei Frank, com o carro distante e escondido fico em modo furtivo, concentrado com auspicio (sentidos aguçados), acreditando que ele possa retornar até uma hora antes que amanheça.


Última edição por giulio em Seg Mar 05, 2018 2:58 pm, editado 1 vez(es) (Razão : correção)
avatar
giulio

Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 28
Localização : PB-JP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por HaSSaM em Seg Mar 12, 2018 2:42 pm

Crowley

Sangue. Seu poder agia de diversas formas. Seja na bebida da mulher ao seu lado criando um vinculo sobrenatural ou nas veias do imortal, aprimorando todos seus movimentos, aguçando seus talentos. Preparando-o para um combate iminente, era o que o lasombra especulava, afinal de contato estava invadindo o território de caça de outro vampiro, e o quadro ficava ainda pior, quando se travava do xerife da camarilla, mesmo não tendo conhecimento completo da hierarquia dos membros da Camarilla, Crowley sabia que era um cargo importante e temido, bastava agora entender se estava de fato na presença do Xerife ou não. O homem tinha um  porte altivo, inflexível. Parecia o tipo de pessoa que inspirava medo e respeito bastava apenas um único olhar. Ou as vezes nem isso. Crowley tenta manter as coisas pacificas, mas já era tarde demais para conversa.
Spoiler:


Dados:2 CROWLEY rolou 1 dado(s) com dificuldade 1 para Iniciativa e obteve 1 sucesso(s)

Dados:7 XERIFE rolou 1 dado(s) com dificuldade 1 para Iniciativa e obteve 1 sucesso(s)

Dados:9, 8, 9, 5, 4 XERIFE rolou 5 dado(s) com dificuldade 6 para Golpe e obteve 3 sucesso(s)

Dados:3, 6, 5, 3, 7, 7, 2, 1, 6 CROWLEY rolou 9 dado(s) com dificuldade 6 para esquiva e obteve 4 sucesso(s)

Os olhos treinados de Crowley perceberam a adaga deslizando paras as mãos do homem, percebeu seus pés girando e se posicionando para uma ofensiva, o corredor estreito dificultava seus movimentos, o negro avança, assim como havia previsto, a adaga em mãos pronto pra retaliar o rosto de Crowley sem qualquer pudor ou advertência. O som do coturno na madeira alerta sua aproximação. A lamina zumbi no ar. Como não podia se abaixar, o guardião saltava para trás bem a tempo de sair da direção, desviando no tempo exato. A lamina da adaga para a alguns centímetros da cabeça de Ashley que fica congelado no mesmo lugar. Um sorriso desafiador surge nos lábios do homem, seus olhos semi cerrado avaliam o imortal a sua frente, sua postura, seus movimentos.

- Vou gostar de te matar! - Rugiu ele entre os dentes

[STATUS] Crowley
PDS – 9/15
FDV- 7/8
VTL – 7/7 (Saúde perfeita)
MDF – +2 Destreza

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma verdade, diversas mentiras!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum