Stockholm by Night - The Darkest Winter

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Qua Out 25, 2017 2:57 pm

† Stockholm †


A crônica será situada em Stockholm, que é o maior e mais importante centro urbano, cultural, político, financeiro, comercial e administrativo da Suécia desde o século XIII. Sua localização estratégica sobre 14 ilhas no centro-sul da costa leste da Suécia, ao longo do lago Mälaren, tem sido historicamente importante. Uma vez que a capital sueca está situada sobre ilhas conhecidas por sua beleza, a cidade é destino de turistas de todo o mundo, tendo sido apelidada nos últimos anos de "Veneza do Norte". Stockholm é conhecida pelos seus edifícios e monumentos extremamente bem preservados, por seus arborizados parques, por sua riquíssima vida cultural e gastronômica, e pela gigantesca qualidade de vida que oferece a seus moradores. Há décadas, Stockholm figura como uma das cidades mais visitadas dos países nórdicos, com mais de um milhão de turistas internacionais anualmente. Nos últimos anos, tem sido citada entre as cidades mais "habitáveis" do mundo, sendo uma das mais limpas, organizadas e seguras do mundo.
. . .

† Sankta Lucia Day - 13 de dezembro †

The night treads heavily
around yards and dwellings
In places unreached by sun,
the shadows brood
Into our dark house she comes,
bearing lighted candles,
Saint Lucia, Saint Lucia.

No mundo mortal, é dito que celebrar o dia de Santa Lucia ajudará a viver os curtos dias de inverno com bastante luz. No Mundo das Trevas, no entanto, é o dia em que a sociedade vampírica de Stockholm volta a funcionar com força total. Muitos dos anciões da cidade permanecem em torpor durante os meses de abril a setembro, despertando apenas com a chegada do inverno. As longas noites que sucedem após o início da estação, proporcionam um enorme leque de possibilidades para os cainitas da região, que seguem sobre o comando de Gustaf e Lucy, os Príncipes da cidade.

Os dois governam a região por séculos - alguns estimam que desde a formação da Camarilla - desde que o antigo Príncipe supostamente morreu. No início, muitos lutaram pelo título até que estes dois estabeleceram uma desconfortável trégua. Nenhum dos dois estão dispostos a desistir do título de Príncipe ou mostrar fraqueza diante um do outro, o que certamente poderia levar a sua queda. Apesar de tudo, a cidade funciona muito bem. Todas as tradições da Torre de Marfim são seguidas a risca, principalmente a primeira. Não é a toa que a cidade é considerada uma das melhores no quesito qualidade de vida. E isso se estende a não-vida dos cainitas presentas na cidade.
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Dom Nov 05, 2017 3:57 pm

† Tristan Thorn †

Veneza - Mausoléu Giovanni ~ 1 de dezembro...

Muitos dizem que o sono dos Malditos é frio, como se você pairasse em meio ao nada. Folken Arkus Giovanni pode não concordar muito com isso. A única coisa que é certa, é que não existe nada glamoroso ou confortante durante o descanso de um Cainita. É um momento diário de extrema vulnerabilidade, mas ainda assim, talvez eles estejam certos.

O despertar, no entanto, é completamente oposto. É como um turbilhão de sentimentos, ações, reações, lembranças e intuições. Por uma fração de segundo, em meio a toda confusão mental, a Besta faz sua voz ser ouvida, afinal, ela sempre está lá, aguardando uma oportunidade para emergir e saciar sua sede descontroladamente. Lembranças de tempos já esquecidos as vezes fazem uma leve passagem pelas imagens que vem a mente do Ceifador. Seria um aviso do que está por vir? Impossível saber. Os inimigos são muitos e também marcam presença. As pontas soltas. As oportunidades perdidas. As ilusões de outros caminhos que poderiam ter sido trilhados. Mas tudo isso não dura mais do que um segundo. Felizmente, o Giovanni já refinou sua mente a ponto de não ser tomado pelas emoções, as únicas coisas que guiam suas ações e pensamentos são a lógica e a razão.

Tudo indica que hoje será um dia especial para Folken. Se tudo correr de acordo com o que fora conversado no dia anterior, Diego e ele irão adentrar a Umbra para obliterar Sauron e, consequentemente, colher os espólios de tamanha empreitada. Seu ritual após despertar é quase sempre seguido a risca, mas hoje ele é quebrado com um bater na porta. Pela intensidade da batida, Folken pode notar que deve ser algo importante. É Signor Rossi, o carniçal mais antigo do Mausoléu, geralmente fica a disposição dos anziani para resolver problemas que surgem inesperadamente, ou transmitir mensagens importantes. Folken se lembra de sua primeira vez no Mausoléu, quando fora recebido pelo mesmo Carniçal que, mesmo naquela época, já parecia ser um velho e respeitado membro da casa. Ainda assim, após todos esses séculos, ele continua sendo um carniçal.


— Boa noite senhor Folken, já faz algum tempo, não é mesmo? - Ele diz com o tom suave de um tio querido. — Infelizmente, não temos tempo para dialogar no momento, Diego necessita de sua presença imediatamente, temo que as noticias não são boas, ele o espera em seu escritório. - Apesar do provável alarde, ele fala com a calma de um monge.

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 14/15
- Força de Vontade: 10/10





† Yosuky Mikaella †

Los Angeles - Capela Tremere ~ 1 de dezembro...


Mikaella desperta após mais um dia de descanso.

Tudo o que fez nos últimos meses foi estudar sobre o Mundo das Trevas e realizar pequenas tarefas para Leonard, ao menos oficialmente. Não-oficialmente, Mikaella sonha acordada com as respostas para as perguntas que consomem sua não-vida. Onde está Haruka? O que planejam para elas? Ficar ou fugir? Conseguiria ela, uma recém-iniciada em meio a tantos monstros, escapar da jaula que o destino preparou para ela?

Mikaella; Teste Lógico
Raciocínio+Ocultismo = 6 / Dif = 8
9, 1, 2, 7, 9, 6 = 1 sucesso

De repente, em meio a tantos pensamentos e perguntas sem resposta, algo estala na mente de Mikaella. Ela não sabe exatamente quando Haruka virou uma cainita, mas ela sumiu por exatos sete anos até retornar e abraçar Mikaella. Em duas semanas, no dia treze de dezembro, irá completar um ano que foi abraçada por sua amada e odiada irmã. Seria tudo uma mera coincidência?

No fundo, Mikaella sabe que Leonard esconde muitas coisas dela, mas o pouco que lhe foi permitido aprender, já é o suficiente para a aprendiz entender que não existem coincidências no Mundo das Trevas. Sete é considerado por muitos como o número da perfeição. Sete são os conselheiros do Círculo Interno do clã Tremere, que comandam sete Pontífices, que comandam sete Amos. Sete Chakras. Sete notas musicais. Além de diversas citações bíblicas sobre o número sete.

Los Angeles é um território dominado amplamente por Anarquistas e cainitas sem bandeira. Isso faz com que a Capela necessite ser discreta e com poucos membros. O mesmo pode-se dizer do Elísio, lugar onde Mikaella compareceu algumas vezes, ao lado de Leonard, é claro. Hoje, no entanto, Leonard não estará presente e, estranhamente, não deixou nenhum afazer ou mensagem para Mikaella. São sete horas da noite, outra coincidência?

A única certeza é que a jovem Cainita já está cansada de descansar.

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 12/13
- Força de Vontade: 7/7




† Jack Hunter †

Stockholm - Galpão na área rural ~ 1 de outubro...

Jack Hunter, o Nosferatu mais fodido de todos os tempos, cansou de plantar e colher merda no Novo Mundo. Após ser envolvido em planos malucos e passar por inumeras situações das quais não tinha nada a ver com o Nosferatu, resolveu retomar o controle de sua não-vida miserável e, quem sabe, conseguir um pouco de glória. Rastreou seus principais inimigos, James Holland e Muslin, que, por ironia do destino, estavam trabalhando juntos. Jack brinca com a possibilidade dos dois terem começado a trabalhar juntos após uma conversa informal sobre ele. Malditos.

Jack Hunter; Pesquisar na SchreckNet
Inteligência+Computador = 4 / Dif = 6
9, 1, 3, 3  = 0 sucessos

Os dois pareciam ter grande interesse e prováveis negócios em Stockholm, na Suécia. Território completamente desconhecido para Jack, mas após pensar e chegar a conclusão que sua terra natal não estava lhe tratando bem, que mal poderia fazer se aventurar em um lugar completamente novo e de costumes totalmente diferentes? Pagaria pra ver. Infelizmente, não pode encontrar nada na rede de informações dos Nosferatu. Talvez não fosse habilidoso o suficiente. Ou não tinha o devido acesso? Não se sabe. Apesar de ser uma tremenda ferramenta de seu Clã, Jack parece não se interessar pelo assunto. Chegou em Stockholm de mãos atadas. Não sabe nada do que ocorre no Mundo das Trevas da cidade, a não ser que ela é controlada pela Camarilla. Também não sabe nada sobre seus irmãos de Clã.

Jack Hunter; Encontrar Abrigo
Raciocínio+Captação= 6 / Dif = 6
9, 3, 4, 9, 2, 6 = 3 sucessos

Jack havia chego na cidade através de uma companhia clandestina de avião, sendo assim, não precisou passar pelos aeroportos da cidade. Conseguiu a passagem através de seus contatos no submundo e por mais azarado que fosse, ao menos o transporte ocorreu de acordo. O avião pousou em uma área rural nos arredores do centro da cidade. O instinto do Nosferatu não falhou, e conseguiu encontrar um galpão em um fazenda em que os donos pareciam estar viajando. Os habitantes da cidade não parecem ser importar tanto com a segurança, visto que o galpão e o quarto dentro dele estavam destrancados. Dormiu com certa tranquilidade durante o dia, até que finalmente, despertou...

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 9/10
- Força de Vontade: 6/6


Última edição por Outis em Seg Nov 06, 2017 6:48 am, editado 1 vez(es)

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Tristan Thorn em Dom Nov 05, 2017 11:21 pm

Thorn estava um caos em pessoa. Sua empreitada no Novo Mundo lhe rendeu coisas demais. Repleto de espólios, status e ferramentas. Usar a Camarilla foi tão proveitoso, ao ponto de seguir fielmente o conselho de Diego desde o início. Com o cargo de Senescal oficial pela Camarilla, Tristan sempre soube dos riscos que tamanha empreitada lhe colocaria. Contudo, tal posto nutria o aval dos Anziani, logo, o Ceifador não seria punido por violar o código, de qualquer forma tais lembranças eram debeladas pelo Carniçal.

O Necromante apenas termina de se arrumar de maneira digna, até ir diretamente até Diego Giovanni.

- Boa noite, Senhor. Estou aqui, conforme solicitado - indaga Thorn, levemente impaciente pela situação.

_________________




Temple of the evil, Temple of the weak
no one knows how bad he feels
Late-night innuendo, temptation of the key
"Live with the Blacksheep, live with me"
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por HaSSaM em Seg Nov 06, 2017 9:57 pm

Who's that shadow holding me hostage?
I've been here for days
Who's this whisper telling me that I'm never gonna get away
I know they'll be coming to find me soon
But I fear I'm getting used to
Being held by you
- Stockholm Syndrome

Para onde ir?
Quantas vezes será que Jack se perguntou isso? Mesmo quando estava na sarjeta ele não fazia esses tipos de perguntas, mas naquele tempo Jack não tinha pretensões nenhuma, nunca havia chegado a nenhum lugar, porque se importar? Agora mais do que nunca, ele havia provador do sabor doce do poder, tudo se resumia a isso... Poder. Não era nada mais do que apenas um refém e ele adorava seu algoz, aquele sentimento de esta no topo, não mais na base da cadeia alimentar, mas sim dando as cartas. Jack havia chegado tão perto, tudo isso para que desabasse em sua cabeça. Todo seu império se tornaram cinzas, como na antiga babilônia, talvez tivesse voado alto demais, e a queda senhores, era amarga.

Seus olhos se abrem antes mesmo que sua mente saísse do devaneios das sombras. Olhos castanhos encaram a escuridão. Aquela era a unica parte de seu corpo que não fora tocada pela maldição. Seu corpo se ergue com o poder do sangue. Se não fosse isso, seria apenas mais um cadáver como tantos outros. Uma nova noite para Jack Hunter. Por sorte ou azar, ele ainda não havia deixado aquele mundo. Mas suas conquistas sim. Por isso não se incomodou de deixar para trás o novo Mundo e ir atrás de seus inimigos, afinal, não poderia começar a traçar seus planos se tivesse alguém pronto para derruba-lo novamente. Pelo menos era isso que tentava se convencer, mas a verdade era que Jack não tinha plano nenhum, estava frustrado e com sede de vingança e cobiça.  Aqueles abutres estavam fazendo negócios juntos e se era bom para eles, provavelmente era bom para Jack.

Jack se concentrou por um momento, a imagem nebulosa de sua antiga feição vieram em mente e ele fez sua transformação rotineira para poder sair a noite sem criar alvoroço. Começou então a vagar pelo galpão ainda na escuridão, bolando quais seriam seus próximos passos, ir até a camarilla? Falar com seus irmãos? O velho mundo trazia oportunidades novas. Jack parou perto do portão de saída, a luz noturna banhava seu corpo. Foi um golpe de sorte encontrar aquele lugar no meio do nada, ninguém faria perguntas do porque nunca havia movimentação durante o dia, e isso era um problema a menos ao qual se preocupar. 

Jack moveu para o lado, a mesma luz que banhava seu corpo, banhava também um objeto polido minuciosamente que refletia uma silhueta esguia e forte que ofuscada pela escuridão não estava totalmente nítida. Jack aproximou sua mão e seus dedos tocaram o reflexo do que sua face foi um dia, o contorno, o queixo fino, o maxilar bem delineado. Por ironia nunca se achou bonito. Jack abriu um sorriso amarelado, seus dentes podres foram refletidos, por trás daquela face esmaecida, estava um monstro esgueirando nas sombras na qual não podia abandonar. Jack passou a mão no rosto, unhas rudes amareladas, mais pareciam de alguma besta selvagem, acariciavam a pele áspera que antiga pustulas de pus estouraram e outras inchadas de onde deslizava um liquido incolor fétido, olhos fundos, o formato do rosto mais parecia um desenha mal acabado do próprio Salvador Dalí. Jack afastou a mão cerrada da face. No passado teria esmurrado o metal e berrado aos deuses por aquilo, como uma criança inconformada. Mas com o tempo aprendeu a tolerar... Apenas a tolerar. 

Jack colocou o chapéu na cabeça e deixou para trás o galpão ofuscado nas sombras¹, estava na hora de ir pra cidade, era hora de ver seus queridos irmãos e ali sim ele presenciaria um verdade show de horrores. Por isso ele não se envolvia nos assuntos do clã, a maldição ali naqueles rostos grotescos fazia ele se lembrar de sua própria e aquilo deixava sua não-vida ainda mais miserável. Não podia tolerar aquilo por muito tempo. Mas no momento eles eram uteis. Porque não se aproveitar da unica vantagem de seu clã? Ele usaria até o ultimo rato para que pudesse chegar onde queria. 

¹ Ofuscação 2 - Vou nas sombras até a cidade pra contactar os nosferatus.
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por yosukysammy em Qua Nov 08, 2017 9:25 am

O despertar me parece como uma tortura...

Mikaella se sentia cada vez mais sufocada, embora tudo o que tivesse feito nos últimos meses fosse estudar sobre o Mundo das Trevas, e executar pequenas tarefas sob a tutela de Leonard. A verdade é que já estava farta da rotina ao qual havia sido submetida. Pelo que podia se lembrar, em poucos dias iria completar um ano desde que vira sua irmã pela última vez, e também um ano em que sua vida mudou por completo.

Mikaella tinha a sensação de que tudo estaria se desenrolando por anos, desde que sua irmã saiu de casa, mas somente agora as coisas vieram a tona pra ela. De toda forma, ela ainda era como uma criança descobrindo aquele novo mundo, mas não era tola o suficiente para fazer qualquer coisa que pudesse soar como uma afronta a hierarquia de seu clã. Ela sabia sua posição e sabia que movimento errado era como implorar para que sua "não vida" fosse encerrada de uma vez por todas. E ela não poderia se dar a esse "luxo". Mikaella precisava descobrir o que estava acontecendo, onde o clã e a própria seita se encaixavam nisso e, por fim, qual era o seu papel e o de Haruka em meio a tudo.

E hoje parecia uma noite atípica. Não houveram ligações, não houveram tarefas a se cumprir. Era como se lhe sussurrassem para ir um pouco mais além e ela aproveitaria essa abertura, com a cautela necessária. Mikaella pega seu pequeno "diário", folheando as anotações que não pareciam fazer o mínimo sentido, rascunhos de seus estudos, datas, horários, tudo distribuído de forma caótica, sua forma de organizar seus pensamentos e teorias de forma que qualquer outro não pudesse ver sentido. Mas fazia sentido para ela. A última vez que vira Haruka, a coincidência entre números 7, tudo cuidadosamente anotado. Ela passava as folhas com cuidado, como quem buscasse algum ponto que lhe havia passado despercebido. Uma mínima parte que pudesse dar um norte, um caminho a seguir. Ela realmente esperava que não houvessem ligações...
avatar
yosukysammy

Data de inscrição : 04/08/2017
Idade : 22
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Qua Nov 08, 2017 10:29 pm

† Tristan Thorn †

Veneza - Mausoléu Giovanni ~ 1 de dezembro...

Foi um período de extremo caos, de fato, mas o Giovanni navegou com maestria em meio a Jyhad do Novo Mundo. Junto de um novo aliado no mínimo, promissor, usaram a fraca Camarilla de Las Vegas como ferramenta e a decretaram seu dominio. Sua influência em Las Vegas com certeza irá render bons frutos para a família e, consequentemente, para ele próprio. No entanto, até que isso aconteça, aos olhos dos Anziani, foi apenas mais uma missão cumprida.

— Oh, entre Folken, boa noite. - Apesar da aparência jovem, quando está na presença daqueles que confia ou respeita, deixa sua idade aparentar no modo como fala. — Sente-se, por favor. - Assim que o Giovanni se acomoda, ele prossegue, sem rodeios. — Você já ouviu falar de Emílio Giovanni?

Folken Giovanni; Lembranças Ocultas
Inteligência+Prestígio de Clã = 6 / Dif = 8
1, 3, 1, 2, 9, 8 = Falha

O Necromante bem que tentava, mas não conseguia puxar alguma lembrança referente ao nome. Diego notava, então continuava.

— Imaginei que não. - Ele suspira, embora não precisasse. — Foi a primeira pessoa que eu abracei, antes mesmo de Enzo. Foi o meu primeiro erro. Apesar de ter nascido na família, ele sempre foi rebelde, queria traçar seu próprio caminho. Ele é um dos raros seres que são imunes ao Laço de Sangue, mesmo assim, encenou obediência com maestria, até que a oportunidade de se desligar de nós surgiu a ele. - Ele faz uma pequena pausa. — Ele se envolveu com peixes grandes do norte, em Stockholm, então fizemos um acordo de não interferir nos negócios um do outro. Já fazia décadas que não recebia contato dele, porém ontem a noite, um de seus mensageiros trouxe uma mensagem no mínimo, preocupante.

Diego então retira um pendrive do bolso interno do paletó e espetou em um daqueles computadores/maletas utilizados no exército. Apesar de antigo, se adaptou bem as tecnologias atuais. Diego faz um gesto circular com o dedo indicador, provavelmente indicando a seus Escravos Espirituais para formarem um perímetro em volta da sala. Diego então da play em um arquivo de áudio que estava no pendrive.

!@#%$precisamos i!@%#*r a !@#$%inita noite.

— Segundo Emílio, essa mensagem foi capitada por uma de suas escutas na cidade. Eu sinceramente não sei o que pensar sobre isso. É improvável que tenham descobrido nosso principal plano, mas não impossível. Eu deveria averiguar pessoalmente, mas acredito que você é alguém mais adequado para a tarefa. O Norte é uma região bem diferente do restante do mundo, e Stockholm é altamente comandada pela Camarilla. Com seu Status, Reputação e experiência com culturas diferentes da nossa, acredito que terá mais facilidade para descobrir se isso tem algo a ver conosco ou não. Isso é claro se você aceitar ir até lá. - Teria o Necromante a intenção de recusar um pedido direto de Diego?

— Emílio me deve um favor, então pedi para que ele facilite sua estadia na cidade, mas não se engane, ele não é nem um pouco confiável. - Ele encara Folken, então finaliza. — E então, o que me diz?

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 14/15
- Força de Vontade: 10/10

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Qui Nov 09, 2017 12:45 pm

† Jack Hunter †

Stockholm - Esgotos ~ 1 de outubro...

Jack Hunter; Ofuscação
Manipulação+Performance = 7 / Dif = 7
2, 1, 9, 8, 4, 10, 7 = 3 sucessos

Sem rumo, mas não sem opções, Jack seguia até o centro da cidade em busca de seus irmãos de clã. Lembranças do que um dia foi sua face tomam conta dos pensamentos do Rato que, como de costume, a utiliza de fachada para cobrir a maldição que seu clã impos sobre ele. O processo já foi feito tantas vezes que dificilmente não sai como esperado. Uma camada sobrenatural o "protege" para andar livremente pela cidade que, com a aproximação do inverno, se torna ainda mais fria e escura. Cenário ideal para os cainitas que ali habitam.

Ao andar pela cidade, Jack começa a notar os padrões do gado. Escuta algumas conversas paralelas, percebe o modo como as pessoas movem e reagem ao transitar em meio a elas. Não parecem sequer imaginar que monstros como ele, ou piores, dividem a mesma cidade. O nível de limpeza, organização e segurança chega a espantar o Nosferatu que está acostumado com os subúrbios de New York.

Já nos esgotos, começa a se sentir um pouco mais em casa, afinal, esgotos são esgotos. Não importa a cidade, os esgotos não se diferem muito um dos outros, não existe nada aconchegante ou bonito no local destinado para os restos humanos.

Jack Hunter; Notar câmeras
Percepção+Prontidão = 4 / Dif = 7
6, 8, 8, 4 = 2 sucessos

Jack então nota algumas micro-cameras acopladas nas paredes conforme vai se aprofundando nas galerias do esgoto. Certamente só as notou por conta de seus amplos sentidos aguçados. Após segui-las por cerca de vinte minutos até chegar no que parecia ser um longo corredor. No início, um enorme portão de ferro impedia a passagem de Jack, que observava um pouco mais o comodo que antecedia a porta. Os poucos objetos e decorações que pendiam na parede parecem velhas o suficiente para que, assim como o Nosferatu, fossem desintegradas caso expostas a luz do sol. Jack então se aproxima do portão e nota que do outro lado existem diversas portas de ferro, como uma espécia de prisão de segurança máxima. O forte cheiro de fluídos corporais vindo de cada porta confirma que seres habitam em cada uma das provaveis celas.

Jack Hunter; Notar aproximação
Percepção+Prontidão = 4 / Dif = 8
9, 8, 1, 5  = 1 sucesso

Jack se distraia imaginando o que poderia de fato ser aquele local, mas seu instinto centenário o faz notar que alguém se aproxima.

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 9/10
- Força de Vontade: 6/6

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por HaSSaM em Sex Nov 10, 2017 7:29 pm

EU NÃO ACREDITO EM LENDAS.         
 Elas podem parecer atraentes,            
e elas podem ajudar a passar o tempo, 
mas eu as  conheço pelo que são: mentiras. 
- Cínico autarca pontifica - Clanbook Nosferatu 

O vento gelado uiva como um lobo solitário, perpassando por seu corpo. Jack não estremece, apenas continua seu caminho a passos largos envolto nas sombras. Aquelas sensações foram a muito tempo privada a ele. O inverno se aproxima, junto a ela longas noites que se arrastam deixando que os mortos a dominem em suas tramas e paranoias. Mãos nos bolsos. Olhos semicerrados. As ruas. O gado. O cheiro... "Que cidade estranha" Jack se sente ligeiramente desconfortável naquele lugar. A primeira vista ele não notou, mas logo se deu conta. Aquela cidade parecia sair de algum filme adorável da Disney. "Que tipo de Vampiros irei encontrar por aqui" seus lábios se retorcem num pequeno sorriso involuntário antes de pular para dentro do buraco que chama de lar, os esgotos. 

Jack desfaz sua magia deixando que sua aparência voltasse a ser o que era, ali em baixo aparências não significavam absolutamente nada. Mas nada daquilo de "e sim o que tem por dentro" para acrescentar. Todos ali eram monstros, sugadores de sangue depravados, talvez um pouco mais leais que os outros clãs, mas Jack não estaria dispostos a dar as costas para nenhum daqueles ratos nojentos. Ainda mais num lugar tão hostil e desconhecido como no que estava aquela noite. Jack caminha por lá sem pressa observando os arredores e decifrando por onde deveria seguir, quase como um instinto... uma experiencia. E então, achava o que queria. Alguém foi estupido deixando aquelas peças amostra tanto quando ele em ter sido pego tão prematuramente. 

Tendo agora uma direção, Jack acelerou os passos até chegar num tipo de portão de ferro. Analisou o lugar para tirar algumas conclusões, mas não conseguiu muita coisa. "Que tipo de coisas mantém ali dentro?" ele se pergunta olhando pro portão e balançando-o procurando onde ficava a fechadura, tentando entender se queriam manter os intrusos longe ou as feras dentro. e então faz uma leitura ainda mais profunda¹. Então pela sua visão periférica ele nota uma aproximação, infelizmente estava na hora de dialogar com seus irmãos e tentar tirar algumas informações uteis de seus inimigos. Estava na hora de puxar alguns sacos e dever alguns favores. 

- Boa noite irmão. - Ele diz se virando lentamente mantendo sempre as mãos a vista em uma demonstração de inofensivo. - Me chamo Jack, Jack Hunter. Venho do Novo Mundo. - Ele fez um pequeno aceno de cabeça e aguardava o recém chegado se apresentar. 

Jack se concentra² no estranho tentando entender se poderia ou não baixar a guarda

Código:
¹ Auspicios 3 - Utilizo para verificar que tipo de local é aquele. 
² Auspicios 2 - Utilizo para verificar como esta a aura do estranho.
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Tristan Thorn em Qua Nov 15, 2017 9:40 am

O Ceifador ouvia tudo em silêncio, indicando jamais questionar as intenções de Diego. Sabia muito bem que falava com um milenar. Muito mais que isso, mestre do seu próprio mestre, Diego Giovanni foi a luz no fim do túnel para o Necromante após o assassinato de Enzo para os Precursores do Ódio. E lembrar que Irina esteve tão perto das garras de Thorn... Apertou o punho e encarou o Anziani.

- Certamente teremos êxito. Como Senescal, entrarei nesse covil e irei extrair essas informações para nós. Sobre esse herege, por qual motivo não o destruiu no passado? Ainda mantém o vínculo de criador com esse imundo, ou existe algo que eu não precise saber no momento? - questinou, demonstrando um olhar visceral e repleto de ódio, automaticamente corrigido segundos depois para algo ameno. - O que eu preciso para começar? Eu só peço, como sempre, uma carta de recomendação da sua parte e um carniçal da família para me servir fora de nossas moradas, principalmente se tratando de proteção física, afinal, espiritualmente falando, não necessitamos de mais - finalizou, arrumando a gravata e olhando a lua pela janela.

_________________




Temple of the evil, Temple of the weak
no one knows how bad he feels
Late-night innuendo, temptation of the key
"Live with the Blacksheep, live with me"
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Qua Nov 15, 2017 6:06 pm

† Yosuky Mikaella †

Los Angeles - Capela Tremere ~ 1 de dezembro...


Quase um ano se passou e mesmo assim Mikaella pouco avançou no Mundo das Trevas. Lentamente, ela começa a perceber que o poder da imortalidade torna os vampiros calculistas, desconfiados e, principalmente, egoístas.

A ideia de uma seita, como a Camarilla, e até mesmo de um clã, como os Tremere, é magnífica no papel, mas a verdade é que cada um segue sua própria agenda. A Feiticeira ainda não tem a sua, afinal, foi envolvida nos planos de alguém. Mas quem? Seu instinto Samurai diz que tudo está conectado, desde o dia em que Haruka saiu de casa. Por mais maluco que tudo isso seja, aos poucos as peças vão se encaixando e a loucura começa a fazer sentido.

Mikaella resolve folhear seu diário caoticamente organizado, buscando encontrar alguma direção. Porém, pensamentos de Haruka inundam sua mente. Sua obsessão em descobrir a verdade é o combustível perfeito para a Besta incendiar a mistura de amor e ódio que Mikaella nutre por Haruka. Ainda é bem sútil, mais ela claramente está lá. Sempre que se alimenta de algum humano ou tem pensamentos vingativos, Mikaella pode sentir a presença do ser maligno que habita em sua alma.

Mikaella; Notar barulho
Percepção+Prontidão = 5 / Dif = 6
9, 1, 7, 1, 5 = falha

Sua concentração é quebrada por um estrondo, como se uma porta de ferro tivesse sido aberta com muita força. Infelizmente, Mikaella não consegue notar de que direção veio o barulho. Alguns segundos depois um grito que provavelmente é de uns dos carniçais que cuida da Capela.

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 12/13
- Força de Vontade: 7/7

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Qua Nov 15, 2017 6:50 pm

† Jack Hunter †

Stockholm - Esgotos ~ 1 de outubro...

Jack Hunter; Notar fechadura
Percepção+Prontidão = 4 / Dif = 6
8, 10, 9, 7 = 4 sucessos

Jack balança o portão que é composto de longas e grossas barras de ferro um pouco enferrujadas, mas firmes. O portão não se meche muito, apesar de fazer algum barulho. No centro do portão, Jack encontra a fechadura e logo de cara percebe que seria necessário uma chave muito específica para abrir o portão. É possível dizer que ambas a hipóteses do Rato estão corretas, ninguém entra e ninguém sai.

Jack Hunter; Toque do Espírito
Percepção+Empatia = 4 / Dif = 6
1, 9, 8, 8 = 2 sucessos



Ao utilizar o poder do Auspicios para ter uma leitura melhor do portão, Jack tem a visão de uma mão masculina inserindo uma chave que aparenta ser muito antiga. Jack tem a impressão de que a porta não foi aberta nas ultimas semanas. Jack então se vira para se apresentar ao possível irmão de clã que se aproxima.


— Boa noite, senhor Hunter. - Ele mantem a distância. — Me chamo Ludvig. - Você nota uma leve expressão de irritação ao falar que vem do Novo Mundo. — Mais um? Mas que diabos... Posso presumir que acabou de chegar e encontrou esse lugar por acaso?

Jack Hunter; Percepção da Aura
Percepção+Empatia = 4 / Dif = 6
2, 9, 4, 4 = 1 sucesso

Jack se concentra para verificar a aura de Ludvig, não é lá muito bom nisso, mas vez ou outra consegue alguma informação. Não foi dessa vez, já que tudo o que viu foi o tom palido, que apenas confirma aquilo que já era certo, é um vampiro.

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 9/10
- Força de Vontade: 6/6

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Qua Nov 15, 2017 9:05 pm

† Tristan Thorn †

Veneza - Mausoléu Giovanni ~ 1 de dezembro...

Dificilmente o Necromante recusaria um pedido vindo de Diego, tamanho é o respeito que o ancião tem. Esse respeito todo não é só por ser um dos atuais lideres da família, mas sim por tudo que já fez e por ser o Senhor de Enzo. Maior que esse respeito, talvez, somente o ódio que Thorn nutre por Irina, quem ceifou a vida do seu criador, Enzo. O mero pensamento sobre a maldita Precursora faz toda a sua alma tremer. Os Vormes Torturadores que habitam dentro de Tristan certamente apreciam esses momentos de puro ódio.

— Você não precisa saber, mas irei contar mesmo assim. - Diego fala em tom tranquilo, então muda sua face, deixando escapar um pouco de sua ira perante a situação. — Augustus é quem me impediu de eliminar Emílio na época. Seus motivos são ocultos para mim. - Faz uma pausa enquanto se senta na enorme poltrona atrás da mesa, então volta para o tom tranquilo. — Hoje, seria um tanto quanto trabalhoso, como lhe disse anteriormente, ele se envolveu com peixes grandes. O acordo de não nos metermos nos assuntos um do outro parece mais proveitoso, por hora.

Três batidas na porta interrompem a conversa. Quem entra na sala é o carniçal Signor Rossi.

— Pontual como sempre. - Diego admite, com um leve e malandro sorriso de canto. — Pois bem. Signor Rossi irá lhe acompanhar até Stockholm. - Ele decreta. — O território é amplamente desconhecido e perigoso, precisamos de nossas melhores mentes nisso.

— Eu sei de uma coisa ou outra sobre a cidade. - Rossi diz em tom modesto. — De qualquer forma, já requisitei informações mais apuradas com alguns contatos, senhores.

— Excelente. Até que tenhamos mais informações, vamos manter essa história apenas entre nós. Vocês podem partir quando quiserem. Fique com esse pendrive. - Diego lhe entrega o pendrive que contém o áudio. — Infelizmente é tudo que tenho. Mas sei que são mais do que capazes de se virarem. - Diego finaliza.

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 14/15
- Força de Vontade: 10/10


Última edição por Outis em Qui Nov 16, 2017 9:39 am, editado 1 vez(es)

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por HaSSaM em Qui Nov 16, 2017 9:17 am

"Mais um...?" Jack não entende porque ele disse aquilo, talvez muitos vampiros recentemente tenha chegado a cidade como James Holland e Muslin ou mais um nosferato? Jack fez uma prece silenciosa para que fosse seus inimigos, assim aquele carinha misterioso e horripilante teria suas respostas tão rápido que nem mesmo Jack poderia teria previsto. Jack se aproxima em passos lentos.

- Acaso? - Repete Jack num tom indagativo - Eu e você sabemos que não existe acasos - Jack abre um sorriso malicioso mas logo o desfaz rapidamente mudando o rumo da conversa se virando para um dos pontos eletronicos - Mas foram aquelas coisas ali mal escondidas que me trouxeram até aqui - Ele balança a cabeça ficando pensativo - Você disse "Mais um..."? O que quis dizer? - Jack então espera uma resposta.

Jack Não sabia com quem estava lidando, por mais leais ou unidos que seu clã possa ser, na medida do possivel, Jack não é nenhum tolo e sabe o erro que esta cometendo ao adentrar num domínio desconhecido, afinal, vampiros são seres solitários e mesquinhos. Nenhum deles iria querer dividir o gado ou mesmo o território com um estranho, e ainda mais, com um estrangeiro. Talvez estivesse na hora do imortal ser um pouco mais direto e descobrir logo o que veio procurar.
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis em Qui Nov 16, 2017 11:06 am

† Jack Hunter †

Stockholm - Esgotos ~ 1 de outubro...

— Pff... hahaha! - Ele deixa escapar uma leve risada. Então retoma o tom mais sério. — Pelo visto estão ensinando bem naquela selva que vocês chamam de lar. - Ele então observa enquanto você indica as micro câmeras. Sua reação parece ser de surpresa. — Não fui eu quem colocou essas porcarias ai. - Ele então da cerca de dois passos na sua direção e desfere um tapa que ao que tudo indica, pegaria no ar, mas para em outro Nosferatu que estava ofuscado bem debaixo do seu nariz.


— Viggo, foi você quem fez esse serviço porco?

— Me desculpe, senhor. - O Nosferatu fica realmente triste.

— Seu inútil... - Ele diz desapontado. Então desfere um soco no estomago do Rato. — Esse lugar deve permanecer oculto e não com uma trilha de rastros levando até porta. - Viggo apenas aceita a punição e não diz nada. — Quando eu voltar quero que todas elas estejam retiradas. - Ele finaliza, então vira para Jack. — Vamos Jack Hunter, seu lugar não é aqui.

Enquanto os dois seguem pelos esgotos, Ludvig continua.

— Alguns aventureiros chegaram a algum tempo. Ainda não descobri exatamente o que planejam, mas estão criando raízes. Não se apresentaram para os Príncipes, o que indica que são Anarquistas, ou pior ainda, do Sabá. Mas me diga Jack Hunter, porque veio até essa cidade? É mais um aventureiro ou tem motivos?

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 9/10
- Força de Vontade: 6/6

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por HaSSaM em Qui Nov 16, 2017 2:03 pm

Jack deu um passo para trás e se odiou silenciosamente por isso. "Maldição! Quanto tempo será que esta me perseguinto?" Jack se perguntou, mas não ficaria surpreso se fosse des do inicio do caminho tamanha sua falta de atenção. A alguns anos ele vem treinando seus olhos e sua mente para não cair em truques que ele aperfeiçoara tão bem e cá esta Hunter sendo novamente enganado. "Não se repetirá" Diz ele mentalmente para si mesmo sabendo que erros como aquele poderia leva-lo a destruição cedo ou tarde. 

- O que mantem atrás das grades? Se me permite perguntar - Pergunta Jack mais para saciar sua curiosidade do que outra coisa e então o segue para seja lá onde o levará, provavelmente um lugar onde ele se sinta mais avontade e não próximo demais de seus experimentos. - Até mesmos os aventureiros tem seus motivos - Diz Jack serio dessa vez - Os nomes James Holland e Muslin é familiar a você? - Ele agora para de caminhar - Precisa de todas as informações da SchreckNet sobre esses dois. 

Finalmente estávamos chegando onde queria. Informações.
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Tristan Thorn em Qui Nov 16, 2017 10:23 pm

Não, calma, Augustus em pessoa não permitiu que o bastardo fosse ceifado? Por alguns segundos, Tristan estremeceu como um neófito, antes de sentir um calafrio fatal na própria alma. As coisas não faziam sentido. Afinal, qual seria o interesse do Primordial num "qualquer"? Com as orbes em dúvida, fechou o cenho para prosseguir com o restante. Ter um carniçal tão antigo como suporte, de fato, deixaria o Ceifador deveras mais tranquilo. Contudo, sabia muito bem o que lhe aguardava. Enquanto Diego falava, tratou de adiantar algumas tradições, como iniciar o 1° Passo do Laço de Sangue o leal Rossi.

Thorn sempre foi muito prático, não gosta de jogar tempo fora com certas informalidades do destino. Assim que o Milenar finalizou com a explicação, tratou de esperar a Carta de Recomendação que pediu anteriormente e, por fim, pegou o pendrive, guardando-o no bolso interior do paletó. Ajeitou as luvas de couro, encarou Diego Giovanni e fez uma leve saudação com a face, antes de despedir-se do Senhor e acenar com o indicador para Signor Rossi o acompanhasse.

- Isso é tudo, Diego - colocando a palma da mão direita sobre o ombro esquerdo, fez uma inclinação corporal suave, uma reverência à moda antiga. - Não menos importante, descobri muitas verdades na América, inclusive a localização de Enzo, que acabou virando um Espectro Escravizado pela Dama Risonha, Senhora de Estígia que, por sinal, está me caçando por eu interfirir nos seus negócios além da Mortalha, como invadir o território da bastarda, recrutar um ex-soldado dela para as nossas falanges, além de fechar um Pacto de Sangue e Alma com um ser Abissal chamado "Valérius", mas isso é um mero detalhe- deu uma leve risada, entregando uma carta com todas essas informações detalhadas para Diego. - Assim que tiver tempo, leia esse material e me convoque, quero tratar o conteúdo dessa carta paralelamente com a sua missão, podemos fechar dessa forma? - indaga o Necromante.

_________________




Temple of the evil, Temple of the weak
no one knows how bad he feels
Late-night innuendo, temptation of the key
"Live with the Blacksheep, live with me"
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Outis Ontem à(s) 11:07 am

† Jack Hunter †

Stockholm - Esgotos ~ 1 de outubro...

Jack odeia o fato de ser tão facilmente enganado pelos seus próprios truques. E o pior, foi enganado pelo que parecia ser a escória do lugar. O que ele poderia esperar dos que estão no topo da pirâmide? Apesar de ter sobrevivido por mais de um século, alguns já possuem até mesmo um milênio de existência. A escada é quase que infinita e dificilmente Jack chegará ao topo dela um dia. Só lhe resta tornar a caminhada o mais interessante possível.

— Ora... O que mais poderia estar mantido atrás de grades e portas de ferro como aquelas? - Ele parece surpreso com a pergunta. — Prisioneiros, bestas hediondas, hereges, renegados, inimigos e todo o tipo de coisa que já tentou trazer o caos para essa cidade. - Ele conclui. — Os nomes não me são familiares. São eles o motivo de ter vindo até aqui, aventureiro? Ah sim, a SchreckNet é bem útil quando buscamos informações sobre o resto do mundo. - O tom dele é de superioridade quando fala de sua casa, como se o resto do mundo não fosse tão importante assim. — Informações de nossa região no entanto, são escassas.

Jack começa a perceber que o modus operandi daquele lugar é bem diferente do da América. Teria que manter a cautela para não cometer um erro que custasse sua não-vida. Mas o que mais intriga o Nosferatu, é saber o que diabos Holland e Muslin estão fazendo naquele lugar.

-----------------------------------
Status
- Pontos de Sangue: 9/10
- Força de Vontade: 6/6

_________________

Só pode ser os nóia!
avatar
Outis
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 24/04/2010
Idade : 26
Localização : Califa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Stockholm by Night - The Darkest Winter

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum