NY - Um "novo" começo.

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qua Nov 08, 2017 11:42 am

Magnólia - [Elísio]
FV 6/6
PS 10/13


O Prefeito demonstrava-se surpreso e espantado, ainda segurando a mão não tão gélida de Magnólia punha-se a desculpar pelo inconveniente. Desculpe-me senhorita Magnólia, mas és tão diferente dos demais, sua pele, seus... seus traços, realmente desculpe-me.
Era possível notar um homem encabulado, Magnólia podia notar também o olhar malicioso do homem enquanto tentava verificar a veracidade de que ela se tratava de uma vampira, ele a acariciava discretamente, tentando se conter enquanto conferia a maldição presente na Degenerada, era um misto de prazer com ânsia, ele a comia com os olhos, desejando... mas desejando oque?
Ora! perdoe-me pelo o inconveniente e pela indelicadeza - o homem repentinamente largava as mão de Magnólia, se tocando de tamanha perversão - Talvez, se fosse assuntos da prefeitura sim, seriam diretos comigos.... mas...assuntos envolvendo membros, melhor ser direcionadas ao Sr. Fuch - a cabeça era ligeiramente abaixada, como uma criança que sabia que estava fazendo traquinagens e se demonstrava acuada esperando o castigo.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Krauzer em Qua Nov 08, 2017 12:58 pm

Muitas coisas ruins já haviam acorrido com Lily no passado, ela já fora escravizada por vampiros traficantes e feita prostituta, ela já havia fugido de casa e morado nas ruas, mas por incrível que pareça, nunca havia sido presa. Maldito Sombra por resolver assassinar um humano logo no local e hora errada, e maldita seja ela mesma por não ter obedecido sua senhora e ter ficado em casa ao invés de "curtir a noite" com o playboy que provavelmente já tinha ficha na polícia.

A degenerada permite ser algemada levada à viatura. No caminho até a delegacia, ela pensava seus próximos passos: Ela não havia cometido nada de errado, não carregava consigo nada que induzisse a acreditarem que ela havia cometido o crime, ela tentaria convencer o delegado disso em seu possível interrogatório. Caso não desse certo, pediria para dar um telefonema à Alexandra, ela com certeza daria um jeito de livra-la dessa enrascada (embora isso a deixaria no mínimo desapontada com sua cria).

A criança da noite também não deixaria barato para Sombra, assim que se livrasse da prisão, iria ao elísio ou qualquer outro local frequentado por membros importantes e o delataria.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qua Nov 08, 2017 2:21 pm

Lily (Marri Carangi)
FV 5/5
PS 9/14


A Degenerada divaga sob seu passado e suas ações enquanto cortava a Grande Maçã no camburão de uma viatura, o policiais discutiam sobre o estado que foi encontrado aquele corpo, nunca haviam visto nada igual, e Armand choramingava aos sussurros para Lily, lhe pedindo desculpas, aproveitava a distração dos tiras e revelava apenas para Lily que se não levasse a droga que estava no pacote á Juan Fuentes, no Staten Island, ele estaria morto, ainda naquela noite.

Chegando na delegacia estava o verdadeiro Caos, viaturas trazendo o mais variados tipos de pessoas para serem fichadas, alguns baleados, alguns espancados, era um cenário deplorável, uma fila imensa se fazia num corredor movimentado á espera de falar com o delegado, aparentemente cada dupla de policiais fazia a escolta de seus respectivos suspeitos, o mesmo acontecendo com Lilly e seu gado, Armand.

-Esperem aqui, seus playboys filhos da puta, preciso tirar a agua dos joelhos. - Falava o Policial gordo, enquanto o negro permanecia de costas preenchendo uma papelada interminável.

Parecia uma espera sem fim, o direito do telefonema ainda não era fornecido, os policiais pareciam esquecer da presença dos dois jovens, os olhares maliciosos começavam a pairar sobre a bela garota, eram olhares que a lembravam dos tempos de quando estava presa e abusada, como se a cena fosse se repetir inevitavelmente. Uma idosa, maltrapilha e fedorenta, então, cruzava os corredores, ela involuntariamente tombava em todos pelo corredores, inclusive em alguns policiais, as forças nas pernas lhe faltavam e a idade já parecia ter minado suas forças, as pessoas abriam caminho com nojo de encostar nela. Ela aproximava-se de Lily enquanto passava rumo ao banheiro, e lhe sussurrava algo como. "-Vá ao banheiro garota.". a voz era tremula e agonizante, como se a morte pudesse lhe levar a qualquer instante.
Idosa:
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Undead King em Qua Nov 08, 2017 4:41 pm

Edgar atendia o celular, pronto para descobrir o que o chefe de polícia queria com ele naquela hora da noite.
Chuck escreveu: Chuck- Caaraaalhooooo O'neil, tava com essa porra no cu? Você quer me foder nãoquer não O'neil seu burgues safado? Se todo filho da puta que aparecer na sua boate voce der sumiço, vai começar a complicar as coisas pro meu lado, e eu não vou segurar o B.O sozinho não.
Chuck era um pouco extrapolado, o Lasombra desprezava um pouco o chefe de polícia, mas ele lhe era útil, então um relacionamento saudável existia. Contudo, a mensagem do Chuck era ruim, Edgar não tinha mandado matar ninguém, talvez a Harpia irmã de clã tivesse morto Spencer? - Ninguém sumiu por minha ordem Chuck, seja lá quem for o infeliz eu não tive nada com isso. Quem foi que sumiu? - Isso não era nada bom, o que quer que tivesse acontecido estava fora dos planos do Lasombra. Peter não era de matar ninguém, Edgar tinha que avisar o carniçal logo. De repente o Primogeno Ventrue levantava, indo em direção à mesma escadaria que aquele cara, Renê, Charlotte. Algo grande estava acontecendo, Edgar sabia disso, mas subir as escadas também com Eveline não lhe tirando os olhos seria um problema. Ele se contentaria primeiro em resolver o problema que se apresentava agora.
avatar
Undead King

Data de inscrição : 03/07/2015
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qua Nov 08, 2017 5:33 pm

Edgar O' Neil  - [Elísio]
FV 7/7
PS 6/14


Chuck- Entao temos um problema meu caro... Bom, temos nao, voce tem. Aquele branquelo que mais cedo esteve em sua boate foi encontrado todo estraçalhado em um beco proximo de sua boate, temos duas possiveis testemunhas que alegam nao ter visto nada, e duvido muito que tenha sido um desses drogadinhos filhinhos se papai... Bom pra sua informaçao entao, passaram esse cara... Nao sei que tipo de negócios vc tinha com aquele nóia, mas fique esperto, a merda pode respinga até você.


Última edição por Guidim em Qui Nov 09, 2017 10:24 am, editado 2 vez(es)
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Rian em Qua Nov 08, 2017 5:40 pm



Desculpe-me senhorita Magnólia, mas és tão diferente dos demais, sua pele, seus... seus traços, realmente desculpe-me.
- Não se preocupe, isso acontece às vezes.
Ora! perdoe-me pelo o inconveniente e pela indelicadeza
Magnólia sorria, simulando uma falsa vergonha. Por dentro ela estava feliz em descobrir que o prefeito era um safadão de carteirinha. Magnólia desviava o olhar rapidamente e logo voltava a fitá-lo com um sorriso no rosto que não revelava seus dentes. Um sorriso que não reprimia a atitude do prefeito, mostrando que talvez ele tinha alguma chance com ela, mas também sem se entregar de bandeja.
- Talvez, se fosse assuntos da prefeitura sim, seriam diretos comigos.... mas...assuntos envolvendo membros, melhor ser direcionadas ao Sr. Fuch
“- Parece um pobre cão abandonado, o poder do sangue é implacável...”
Magnólia colocava seu dedo embaixo do queixo do prefeito e levantava sua cabeça fazendo-o olhar para ela.
-  Pois saiba que hoje é seu dia de sorte, Bill! O que eu quero é sim relacionado à prefeitura...
Magnólia pousava sua mão direita sobre a mão esquerda do prefeito a acariciando e em seguida a segurando como se eles fossem um casal. Ela então se aproximava do mortal o fitando profundamente em seus olhos. Ela sabia que sua beleza era algo cativante e usaria isso ao seu favor. Ela não se aproximava demais, mas apenas o suficiente para insinuar que iria beijá-lo. E então diria cochichando.
- Aqui está muito cheio. Será que não podemos conversar em particular? Um sorriso se fazia em seu rosto, um sorriso malicioso denunciando que ela queria algo mais do que uma simples conversa.
Ela então soltava a mão do prefeito e voltava à sua expressão natural, como se não quisesse nada com ele. Um joguete feminino de sim e de não ao mesmo tempo.

_________________
                                                                
avatar
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 33
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Undead King em Qua Nov 08, 2017 5:57 pm

Realmente tinha sido Spencer, Charlotte não gostava mesmo dele. Edgar tinha que resolver essa situação, notoriedade era algo da qual ele não precisava   - Acho então que sei quem era, um tal de Specer. Acho que posso te ajudar com essa investigação, o desgraçado estava querendo proteção de mim, e claro que neguei. Não sei o que ele fez para quererem matá-lo mas a oferta dele foi horrível. Foi um ato de vingança com certeza, talvez até de uma gangue. E aproveitando que estamos trocando informações Chuck, algo de estranho nessa área da cidade além desse infeliz?
avatar
Undead King

Data de inscrição : 03/07/2015
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qui Nov 09, 2017 11:20 am

Magnólia - [Elísio]
FV 6/6
PS 10/13


A belíssima Toreadora jogava com o mortal, abusava de seus dons naturais e mesmo sem gozar dos poderes vampíricos se demonstrava uma ótima sedutora, como uma cascavel que hipnotizava seu alvo antes de dar o bote ou mesmo uma sereia encantando um pobre marinheiro para arrasta-lo até o fundo do oceano(poço) e sugar toda sua vitalidade.

Magnólia notava uma ereção se manifestando no Prefeito, ao aproximar os rostos, a respiração vigorosa e quente, e o suor começando a brotar de seus poros, sim, ele ansiava por ela.

-Creio que Constanzo possa nos ajudar com isso, podemos tratar de assuntos do condado num local mais apropriado. Bill acenava para o zelador, que de prontidão se apresentava para os dois. -Senhor Constanzo, alguma sala privativa para que posso tratar com senhorita Magnólia alguns assuntos da cidade?
Com um singelo "claro", Constanzo encaminhava a dupla para uma sala privativa no andar inferior, um corredor que se estendia por debaixo da sala do Principe. Uma mesa de centro e sem janelas, e trancas pelo interior.

E então senhorita, Magnólia, quais os assuntos que tanto queria tratar? O Prefeito a indagava, enquanto encostava a porta e passava a tranca, com a cabeça baixo, punha-se a afrouxar delicadamente sua gravata, o homem era tão maior pessoalmente, mal podia-se ver a porta atrás dele.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qui Nov 09, 2017 11:28 am

Edgar O' Neil  - [Elísio]
FV 7/7
PS 6/14


Edgard notava as peças se movendo no tabuleiro enquanto falava ao telefone, Magnólia saía com o Prefeito, Carlos subia para a sala, e restava apenas Eveline e suas duas companheiras naquela sala. As mulheres notavam a movimentação e assim que Magnólia e o prefeito saía, as três punham-se a se retirar também, parece que o real interesse delas era o Prefeito, e elas haviam o perdido para Magnólia. As três chamava o elevador e esperavam para deixar o recinto.

No telefone o chefe de polícia continuava. -Chuck - Cara, não vou me envolver nessa não, vou passar o caso para a homicídios, vou fichar os playboy e liberar eles, se você quiser visitar a cena do crime, se for de seu interesse posso te colocar la... foi coincidência encontrar esse cara, estou num caso junto com a narcóticos, parece que os filho da puta do condado da ilha andaram se matando, um tal de Juan, porto-riquenho, tomou o local pra si, então os suprimentos vão ficar cada vez mais difícil na cidade, até vocês estabelecerem contato, e parece que esse tal de Spencer e o playboy que prendi hoje, estavam fazendo a distribuição para esse tal de Juan.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Krauzer em Qui Nov 09, 2017 2:01 pm

Enquanto a viatura os levava, Armand choramingava e pelo jeito estava com a corda no pescoço.

- Tudo bem, vamos dar um jeito nisso! - Tentava tranquiliza-lo.

Chegando na delegacia, Lily sentia-se em um daqueles filmes policiais dos anos 80-90. Será que eles realmente utilizavam aquela tática de "policial bom e policial mau"? As algemas eram desconfortáveis, mas tirando isso, a vampira não sentia que a situação estava fora de controle, alguma hora ela acabaria sendo liberada.

O tempo passava e o tédio tomava conta da bela Toreador. Sua mentora já teria chegado em casa?! Estaria procurando-a?! Seja como for, sua noitada de farra já era. Lily desejava companhia, agora ela tinha a companhia de um playboy choramingando, criminosos, feridos e policiais comedores de rosquinhas. Não era bem o que ela planejava...

Entre todo aquele movimento, uma figura chamava sua atenção, uma velha senhora cambaleava até próximo a ela, e sussurrava:

-Vá ao banheiro garota.

Como?! Quem seria essa senhora?! em todo caso, talvez por curiosidade ou qualquer outro motivo, Lily decide segui-la até o banheiro.

Possíveis ações:

Em caso de alguém tentar interrompe-la ou perguntar aonde vai, Lily responde que precisa ir ao banheiro.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qui Nov 09, 2017 4:24 pm

Lily (Marri Carangi)
FV 5/5
PS 9/14


Teste:
Lily rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para dest+furt que resultou 9, 6, 8, 9, 1 - Total: 3 Sucessos
A Degenerada aproveitava da distração dos policiais e do excesso de movimento e se esgueirava para o banheiro, Armand a fitava com cara de desespero, torcendo com os olhos ao passo que sua amiga conseguia avançar rumo ao banheiro.

Assim que adentra a porta do fétido banheiro, Lily poderia sentir um vulto que sibilava por seu ouvido, no mesmo instante um tranco violento era sentido pelo seu pescoço, algo havia lhe puxado com tamanha força e rapidez que pegou a degenerada de surpresa, ela havia sido arrastada com rapidez para dentro de um dos banheiros, a velha a segurava pelo pescoço como ela havia o Nosferatu segurando o branquelo no beco instantes antes, e com sua feição derretendo como um bloco de gelo debaixo do sol, aos poucos o rosto do Nosferatu se revelava a ela mais uma vez.


Te achei sua piranha... posso dar fim em você agora mesmo e ninguém notará nem ao menos suspeitara quem foi, jamais.
Podia-se sentir uma podridão que exalava da boca daquele velho rato, sua força física era imensa, algo que Lily jamais havia visto igual, e com a segunda mão ele tampava a boca da degenerada a impedindo de gritar, os dedos eram ásperos e cumpridos, a carne em decomposição se misturavam com seus lábios como se fossem um só. ele era bizarro e nojento, e intimidador. Eu dei um deslize, um simples descuido, e eu sei que você vai me caguetar... mas quer saber, eu quero que se foda Miro e as tradições dele, eu já estou todo fodido com essa merda toda, só vim até aqui mesmo, para que saiba que quem se por no meu caminho vai ter o mesmo destino daquele arrombado no beco... ou estão comigo... ou contra mim. E ai? de que lado você esta sua vadia?

As mãos apertavam fortemente o maxilar de Lily, e aparentemente o Nosferatu se continha para não aplicar toda a força, ele levemente removia os dedos nojentos da boca da Toreadora, para que ele pudesse responder.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Rian em Qui Nov 09, 2017 8:26 pm



“- Um homem desse tamanho seria um excelente cão de guarda durante o dia...”
Pensava Magnólia ao ver o quanto o prefeito era grande. Ele agora ansiava por ela e a degenerada pelo que ele podia fazer por ela.
E então senhorita, Magnólia, quais os assuntos que tanto queria tratar?
- Eu quero promover um evento cultural nos principais museus de Nova Iorque. Uma exposição de artefatos históricos. O povo irá ganhar com uma nova atração cultural na cidade, podendo ver com os próprios olhos uma coleção de antiguidades  vindas direto da Idade Média. O senhor vai ganhar com uma boa campanha publicitária, a elite cultural da cidade o verá com outros olhos... e no final todos sairemos ganhando!
"- Convencê-lo de que ele também poderá ganhar algo se o evento realmente acontecer, poderá torná-lo mais cooperativo."
- Eu preciso me reunir com os representantes dos principais museus e que eles abram suas portas para este grande evento. Preciso que você marque uma reunião com eles amanhã à noite para que eu possa tratar do assunto com todos ao mesmo tempo. Uma agenda vinda direto do prefeito será muito mais fácil do que se eu procurá-los um a um.É claro que... Dizia ela caminhando para perto do homem com um sorriso malandro no rosto, e agora apenas sussurrando de forma sexy: - ...além da publicidade, você vai ganhar algo especial que eu vou lhe dar! Enquanto dizia isso, Magnólia enfiava sua mão direita dentro da calça do prefeito e apalpava o seu membro estimulando-o sexualmente.
- Também preciso que me dê os contatos dos diretores dos museus! Dizia ela retirando a mão de dentro da calça do homem e pegando seu celular. – Quanto mais rápido terminarmos isso, mais rápido você terá o que quer.

_________________
                                                                
avatar
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 33
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Krauzer em Sex Nov 10, 2017 2:29 pm

Lily conseguia se afastar das pessoas sem ser percebida, e quando entrava no banheiro atrás da velha senhora, muitas coisas aconteceram rápido demais para seu cérebro processar instantaneamente. Ela foi puxada pelo pescoço por uma mão extremamente forte, para dentro de um box do banheiro, quando se dá conta de que a mão pertencia à velha senhora, que na verdade não era uma velha senhora, e sim Sombra, furioso com ela por ter visto o que não deveria ver. A mão asquerosa do monstro tampava sua boca enquanto a outra a levantava pelo pescoço e a apertava contra a parede do box. Seus pés mal tocavam o chão.

- Te achei sua piranha... posso dar fim em você agora mesmo e ninguém notará nem ao menos suspeitara quem foi, jamais.

Repentinamente, o pavor tomava conta da Neófita, e a atingia de forma que ela mal ligava para o odor horrível que emanava do banheiro, ou mesmo do hálito pútrido que saia da boca deformada de Sombra e a atingia no rosto.


- Eu dei um deslize, um simples descuido, e eu sei que você vai me caguetar... mas quer saber, eu quero que se foda Miro e as tradições dele, eu já estou todo fodido com essa merda toda, só vim até aqui mesmo, para que saiba que quem se por no meu caminho vai ter o mesmo destino daquele arrombado no beco... ou estão comigo... ou contra mim. E ai? de que lado você esta sua vadia?


O Nosferatu deixava sua boca livre para falar, e Lily precisaria pensar rápido. Ele poderia tê-la matado, mas deu a ela a oportunidade de falar, ou seja, talvez quisesse algo dela em troca de sua não-vida.

Presença 1 ativada.

- M... me desculpe, hunf... eu não estava lá de propósito, apenas estava "amaciando" meu rebanho para o abate, eu... não vou entregá-lo, o que mais você quer de mim? - No fundo ela não estava mentindo, depois desse susto, dificilmente teria coragem de entrega-lo.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Seg Nov 13, 2017 2:52 pm

Magnólia - [Elísio]
FV 6/6
PS 10/13
VIT - Escoriado [/]


Magnólia iniciava suas jogadas e mergulhava de vez em sua tarefa tentando induzir o homem a fazer o que fosse melhor, lhe oferecendo barganhas intimas, ou mesmo deixando a parecer isso, jogava as vantagens na mesa, e o prefeito a ouvia atentamente, ele entrava facilmente no jogo da Toreadora, parecia querer ser usado por ela, e com o membro quente pulsando na mão a Degenerada mais uma vez a voz trovejante daquele homem grande, vinha quente aos ouvidos de Magnólia.

-Que se foda minha imagem ou o que eu possa ganhar com uma exposição de merda... Estranhamente um ímpeto de fúria mesclado com um frenesi ganancioso tomava conta do homem, suas mãos grandes davam uma volta completa no pulso da Degenerada e com muita facilidade o homem removia as mãos dela de dentro de sua calça, ele era incrivelmente forte, e possivelmente poderia quebrar o braço da vampira se assim quisesse.

-Sua maldita sanguessuga, não há recompensa maior nesse mundo que possa se comparar ao valor do Vitae, não me importo com minha imagem, ou o que posso vir a conquistar. O Homem puxava Magnólia ao seus braços, forçando um abraço violento. -Tudo o que eu quero esta bem aqui, dentro de suas malditas veias. O homem farejava o pescoço da vampira como se pudesse sentir o cheiro da vitae, seu braço era esmagado com tanta violência que parecia que o homem quisesse espremer ate que o liquido rubro pudesse escorrer e lhe saciar a sede. -Esse é meu preço, sua vagabunda presunçosa, preencha-me de vitae, e me arregace com o beijo.

O homem se entregava veementemente á seus caprichos, era voraz e ansiava pelas algemas do sangue, desejava a caricia de Cain, e nada mais parecia importar para ele, até mesmo o prazer do sexo parecia importar menos praquele homem comparado aos poderes do vitae, ele mantinha Magnólia presa em seus Braços, e lhe oferecia o pescoço como porta de saída daquele abraço violento.

Testes:
Bill rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para força que resultou 9, 3, 9, 5 - Total: 2 Sucessos +1 Potencia =3 sucessos
Magnólia rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 6 para vigor que resultou 1, 10 - Total: 0 Sucessos
3 de danos contusão = 1 de dano
Testes:
Bill rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para força que resultou 10, 9, 2, 4 - Total: 2 Sucessos + 1 Potencia = 3 Sucessos
Magnólia rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 6 para força que resultou 10, 2 - Total: 1 Sucessos
Presa ao abraço do carniçal.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Seg Nov 13, 2017 4:40 pm

Lily (Marri Carangi)
FV 5/5
PS 9/14


Teste:
Lily rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 7 para fascinio que resultou 6, 3, 4, 5, 2, 4, 5 - Total: 0 Sucessos

Marri barganhava por sua não-vida, desesperada usava seus dons do sangue e que pareciam não sentir efeito no asqueroso Nosferatu, mas a força que o Nosferatu aplicava em seu maxilar começava a vacilar, parecia que a proposta de Lily lhe havia parecido útil.

-Infelicidade sua criança, ter cruzado meu caminho... mas eu te conheço, sua senhora possui dinheiro, e vou precisar disso para minha cruzada... Sombra abaixava Lily, em sinal de clemência, parecia ter decidido poupar a não-vida da Degenerada. -Dentro das próximas noites, você vai rezar para que sua não-vida tivesse sido ceifada aqui mesmo, neste banheiro fedorento, seria um fim trágico demais para um membro do clã da rosa não? Um sorriso malicioso esboçava no rosto do Nosferatu, ele parecia se deliciar com sua escrotisse, ele pairava sua mão, agora delicadamente no ombro da Degenerada, enquanto uma leve camada cintilante parecia cobrir o corpo de ambos, era como se uma aura esmaecida cobrisse o corpo dos dois vampiros, ofertando-lhes novas aparências tanto para Sombra quanto para Lily.

Sombra da Esquerda, Lily da Direita.


-Vamos embora sua piranha, vou te tirar dessa espelunca, tenho planos maiores para ti. -Falava o Nosferatu agora com o dom da ofuscação lhe cobrindo com a imagem de uma policial, e sua voz, tão feminina quanto sua aparência. O maldito Nosferatu sacava um molho de chaves que parecia ter saqueado de algum policial enquanto estava na imagem da velha e trombava contra os policiais, e com toda facilidade do mundo removia as algemas da Degenerada.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Rian em Seg Nov 13, 2017 6:18 pm



O prefeito se mostrava agora uma pessoa completamente diferente. Na verdade ele estava quase possuído por uma espécie de Frenesi dos Carniçais e aquilo assustava bastante a degenerada que não estava acostumada a cair naquele tipo de situação, que para ela era extremamente desconfortante e perigoso.
Após ser imobilizada pelo carniçal uma expressão de dor surgia no rosto da degenerada.
-Sua maldita sanguessuga, não há recompensa maior nesse mundo que possa se comparar ao valor do Vitae, não me importo com minha imagem, ou o que posso vir a conquistar.
- Seu maldito! Dizia Magnólia tentando se soltar, mas a força do carniçal era bem maior que a sua e ela não era uma vampira versada nas habilidades físicas.
-Esse é meu preço, sua vagabunda presunçosa, preencha-me de vitae, e me arregace com o beijo.
Por sorte o maldito prefeito oferecia o pescoço como porta de saída. Uma excelente porta de saída na verdade. Escravo do sangue como um vampiro tudo que ele desejava era saciar seu vício fatal. Um sorriso surgia no rosto da Toreador e como uma vagabunda ela dizia:
- Como quiser, cretino! Sua pronúncia já estava alterada pelas presas que saltavam e a vampira cravava seus caninos no pescoço de Bill sugando-lhe o líquido da vida enquanto usava parte do mesmo sangue para reconstituir seus ferimentos.
( -1 pds para cura)
“- Provavelmente ele já ficará bem exausto após esta drenagem, como se tivesse gozado umas 2 vezes. Se ele não me soltar vou continuar sugando...”

OFF: Magnólia vai sugar 3pds neste primeiro turno. Se o prefeito continuar prendendo a vampira, ela irá sugar +1 pds no próximo turno.

_________________
                                                                
avatar
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 33
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Krauzer em Seg Nov 13, 2017 7:05 pm

O fascínio não surtia efeito no Nosferatu, mas a pressão levemente menor de sua mão indicava que ela havia acertado, ele precisava dela para algo.

-Infelicidade sua criança, ter cruzado meu caminho... mas eu te conheço, sua senhora possui dinheiro, e vou precisar disso para minha cruzada...

-Dentro das próximas noites, você vai rezar para que sua não-vida tivesse sido ceifada aqui mesmo, neste banheiro fedorento, seria um fim trágico demais para um membro do clã da rosa não?

- Como assim vou desejar ter morrido? Vou lhe pagar a quantia que você deseja, fico de bico fechado e você me deixa em paz, certo?! De quanto você precisa?

Ele a tocava, a ofuscava junto com ele e removia suas algemas.

-Vamos embora sua piranha, vou te tirar dessa espelunca, tenho planos maiores para ti.

- Como assim? Que tipo de planos? Para onde vamos?

Essa conversa estava assustando Lily, maldita seja a vez que ela entrou naquele beco, ela já havia sido escravizada uma vez, não suportaria isso novamente.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Undead King em Seg Nov 13, 2017 7:13 pm

Conforme Chuck Marshall informava Edgar, o vampiro observava que mais e mais o Elisio ficava vazio conforme os outros vampiros moviam suas peças e formavam seus círculos. O Lasombra olhava para a sala no andar de cima, escondida por suas cortinas. O suprimento de drogas sendo cortado pela súbita ascensão de um porto-riquenho chamado Juan, que tinha ligação com o Spencer e um outro cara que o Marshall prendeu. Charlotte tinha o controle do corpo de Spencer, e Edgar achava que não era mera coincidência um novo chefe surgir enquanto a Harpia estava querendo levar algo para cidade. A cidade estava tomando novos rumos naquela sala do andar de cima - Entendi. Faça o que achar melhor, não me importa, e tome cuidado com os desgraçados da narcóticos. E esse playboy, que tem conexão com o tal do Juan, segure ele na delegacia um pouco, eu quero conversar com ele. Seu pagamento vai ser entregue amanhã Chuck. - Edgar desligava o telefone, e se preparava para subir pelas escadas até onde estava ocorrendo aquela reunião. Conforme o vampiro subia, ele fazia uma outra ligação. O contato era Paul Becker. Edgar não sabia muito sobre como Paul trabalhava, mas sabia que o desgraçado sabia de muitas coisas relacionadas ao crime. Edgar precisava desse conhecimento - Parece que New York está animada Paul. Acredito que você já saiba que um tal de Juan está no comando do condado das ilhas, depois de um inferno na terra. Qual é a desse porto riquenho? - Edgar ouvia o que Becker lhe dizia sobre Juan, subindo degrau por degrau. O'neil sabia que Sombra estaria envolvido nisso, então ele fazia mais uma pergunta para seu contato - Qual é a opinião desse Juan sobre os chefes daqui? E como os chefes estão reagindo a essa ascensão do porto riquenho? - Edgar não era o único a lidar com negócios ilícitos na cidade, ele perguntava para saber principalmente como Sombra estava reagindo, Edgar sabia que os nosferatus não se expunham então era difícil até mesmo para Paul saber quem era Sombra, mas ele saberia dos negócios da região que o-  outro vampiro controlava
avatar
Undead King

Data de inscrição : 03/07/2015
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Ter Nov 14, 2017 7:43 am

Magnólia - [Elísio]
FV 6/6
PS 12/13


Magnólia cedia aos pedidos do carniçal e cravava suas presas naquele maldito enquanto lhe sugava. O homem urrava -RUUUAAARRRGHH!. O prazer do beijo rendia o homem num prazeroso êxtase, seus braços começavam a ceder e ao passo que seu sangue era drenado suas pernas também começavam a vacilar, a fraqueza da drenagem se misturava ao orgasmo do beijo, e logo o homem já estava de joelhos com uma vampira cravada em seus pescoço, recebendo aquilo que havia pedido.

Bill agora de joelhos, fraco e meio sonolento, ainda preso ao êxtase do beijo clamava por outro objeto de seu vicio. -VITAE. A voz que era antes trovejante e vigorosa, agora vinha sussurrante e fraquejada, quase não saia da boca do prefeito, enquanto ele permanecia ali, de joelhos, rendido ao beijo de Magnólia.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Ter Nov 14, 2017 8:00 am

Lily (Marri Carangi)
FV 5/5
PS 9/14


-Hahahahahahaha.
a policial (Sombra) se punha num riso instantâneo quando a Degenerada falava dos valores, e continuava rindo quando Lily se demonstrava assustada e incerta de seu futuro.

Sombra recompunha sua seriedade, e ajustava a "roupa" de policial que pairava sobre Lily enquanto falava. -Postura sua piranha, agora você é uma policial, e não uma vadia chorosa, mantenha a postura para não quebrar nosso disfarce. O tom de voz vindo da Policial era complacente,  nem parecia mais aquele maldito e asqueroso Nosferatu, era até mais confortável falar com ele naquele forma. -Você tem que entender que você não esta em condição de exigir nada, ou você faz o que mando, ou eu te mato, esta bem? Um sorriso compreensível e amigável era exibido pela policial, o tom amigável e complacente escondia as ameaças.

Agora, fique calma, pois agora eu sou a Torres. Sombra mostrava a plaqueta em seu uniforme indicando seu "nome" -E você é a Sanders. Apontava agora para a placa que estava no peito de Degenerada. -Até onde sei, sua senhora é uma maldita vaca falida, nós iremos até ela e você vai rezar pra ela ter dinheiro, o que duvido muito, caso ela não tenha, você vai me acompanhar durante algumas noites, e isso não será negociável. Encerrava o primógeno agora com um tom de voz mais ríspido e sério, suas ameaças e seu acordo não possuíam contra proposta. -Vamos Sanders! Torres virava de costa e se dirigia até a porta de saída, esperando sua "parceira" para deixar aquele recinto.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Ter Nov 14, 2017 8:21 am

Edgar O' Neil  - [Elísio]
FV 7/7
PS 6/14[/b]

Edgard observava os movimentos dentro do Elisio enquanto tentava ligar os pontos e através da sua rede de contatos conseguia algumas informações do que estava rolando pela cidade.
Chuck- Vou ter cuidado sim, esses malditos da narcóticos são baratas tonta no nosso quintal, vou segurar então esse moleque, e mais uma vez, foi um prazer falar contigo...
O Lasombra punha-se a subir os degraus, lentamente, enquanto acionava seu segundo contato, o misterioso Paul Becker. -Becker: Ora, ora, Edgard seu filho da mãe... Parece que o porto-riquenho já esta lhe causando algum stress não é mesmo??? Hahahaha, Cara, você ta se mostrando um tremendo vacilão sabia? não há mais chefes aqui... esse latino maldito acabou com a raça de todo mundo, é o monopólio do pó, é uma nova era meu amigo, o cara passou a régua em geral... perdi muitos contatos com isso, mas estou me reerguendo meu amigo, estou me reerguendo, inclusive posso te colocar na lista de Juan, tô precisando me reerguer cara, deixa eu intermediar o contato de vocês ai.

Paul se demonstrava desanimado, parecia que ele havia perdido muito com essa nova transição, e Edgard realmente estava por fora dos recentes acontecimentos, a mídia ainda não havia falado nada, era como se houvesse uma guerra silenciosa até mesmo entre os mortais, seria o gado capaz disso tudo sozinho? Edgard estava com muitas arestas aparadas em sua mão, muitas informações desconexas (Spencer/Charlotte, a carga, Juan, O estranho do elísio, Spencer Morto, Miro fazendo as coisas pelas costa do Sombra), e em cada informação estava um oportunidade de ascensão ao poder, as peças pareciam mover mais rápido e mais soturnamente do que Edgard imaginava, e o Magistrado precisava agir... já quase no andar superior, Edgard agora podia observar a porta de entrada que dava acesso á sala das cortinas, estava fechada, e nada mais era presente naquele andar.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Rian em Ter Nov 14, 2017 10:12 am



Por um instante o prefeito havia assustado a vampira. Mas após lhe sugar a vitar o homem caía em orgasmo e ela percebia que tudo não passava de uma necessidade frenética, desesperada pelo vício do beijo e da vitae. A imagem daquele homem daquele tamanho rendido aos pés da vampira dava a ela uma sensação única de poder, de domínio.

“- Ao que parece o velho Bill estava passando por uma crise de abstinência. Estaria o seu amo lhe privando de vitae? E por quê?”

Um sorriso malicioso despontava em sua face e ainda com os caninos sobressalentes e vermelhos em sangue ela lambia o pescoço de Bill fechando o ferimento e com a língua limpava os resquícios do sangue em sua boca.

Saciada, ela mordia seu próprio pulso e o entregava para que o prefeito se servisse. Permitiria que ele bebesse no máximo a mesma quantidade que ela havia absorvido dele.
Terminado o processo a vampira diria: - Se quiser mais já sabe o que deve fazer. Consiga a minha exposição! Dizia Magnólia destrancando a porta deixando Bill para trás como se nada tivesse acontecido. Suas palavras eram poucas mas havia firmeza em sua expressão.
“- Se ele anseia tanto por vitae, certamente fará o que eu quero...”

_________________
                                                                
avatar
Rian

Data de inscrição : 30/09/2014
Idade : 33
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Undead King em Ter Nov 14, 2017 6:35 pm

-Becker: Ora, ora, Edgard seu filhoda mãe... Parece que o porto-riquenho já esta lhe causando algum stress não é mesmo??? Hahahaha, Cara, você ta se mostrando um tremendo vacilão sabia? não há mais chefes aqui... esse latino maldito acabou com a raça de todo mundo, é o monopólio do pó, é uma nova era meu amigo, o cara passou a régua emgeral... perdi muitos contatos com isso, mas estou me reerguendo meu amigo, estou me reerguendo, inclusive posso te colocar na lista de Juan, tô precisando me reerguer cara, deixa eu intermediar o contato de vocês ai.
Edgar se questionava como ele deixou tudo isso ocorrer bem debaixo do nariz dele. Uma maldita guerra das drogas e ninguém lhe havia dito que isso estava ocorrendo. Até Paul tinha sido atingido por causa daquele maldito Juan, O'Neil também se surpreendia com a informação de que todos os chefes estavam mortos, e que agora aquele maldito porto-riquenho estava no topo. Será que o Sombra tinha perdido controle e influência nas ruas com isso? Malditas informações escassas. O Lasombra, é claro, ficava com uma raiva controlável, afinal ele sentia que era o último a saber da notícia - O que me impressiona nesse Juan não é a capacidade dele de monopolizar, e sim a capacidade de monopolizar sem que eu saiba. - Droga! Era inaceitável para Edgar, um chefe do tráfico, um homem influente no mundo do crime, ser informado de algo desse porte quando tudo tinha acabado! Edgar sabia que podia ter pego uma fatia do bolo se tivesse a informação antes, agora ele poderia estar começando um outro nível de negócios sendo dono de uma área de entrada de drogas. Para a mídia não ter falado, e Edgar ter sabido da merda toda só depois, era claro que tinha interferência vampírica na súbita ascensão daquele mortal. - Ficaria agradecido se você me pusesse na lista de compradores desse Juan, inclusive gostaria de um encontro pessoal com ele. Gosto de negociar cara a cara. - Edgar chegava perto da porta, estava pronto para bater, mas no momento em que a mão ia encostar na porta, ele parou. Deu meia volta e desceu as escadas - - Te conheço a algum tempo, Paul. Você é uma das minhas melhores fontes de informações, mas por que não me avisou desse Juan? Melhor, por que ninguém falou dessa merda que aconteceu no condado das ilhas? Preciso me encontrar com Juan está noite, marque para mim, e vou te ajudar a se reergue Becker. - Edgar deixava a raiva transparecer um pouco, tentando controlar-se. As palavras tinham um gosto amargo, e o que estava acontecendo naquela sala tinha haver com o mortal. Edgar não tinha sido convidado para aquela reuniãozinha, o que quer que tratassem ali não queriam que o Lasombra soubesse. Edgar tinha uma pretensão agora, depois de resolver tudo com Paul Becker ele iria ligar para Peter, a delegacia o esperava, e o Lasombra começava a ter uma idéia de negócio grande, aonde ele ganharia muito poder.
avatar
Undead King

Data de inscrição : 03/07/2015
Idade : 19
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qua Nov 15, 2017 10:40 am

Magnólia - [Elísio]
FV 6/6
PS 9/13


A Degenerada presenciava o quão potente era sua herança de sangue, ela e seus irmãos vampiros possuíam algo tão poderoso dentro de si que seria capaz de abater os mais forte dos homens, poderia fazer o mesmo com todos os demais seres sobrenaturais?

O homem ajoelhado recebia seu premio, o sangue lhe escorria garganta adentro, as pupilas dilatavam num negro profundo, como o abismo, e o rubro preenchia sua corrente sanguínea instantaneamente, o homem recobrava aquela força de antes lentamente, e sua pele já aparentava uma coloração mais vívida e atraente, estranhamente, por um momento Magnólia poderia jurar que ao passo que o sague Toreador encachava o corpo de Bill ele aos poucos tornava-se mais esbelto, mais atraente, seria sua potencia de sangue agindo sobre o homem?

Magnólia partia daquela sala privativa, o homem ainda permanecia no chão, aproveitando os últimos instantes de prazer, ele assentia com a cabeça, mostrando inclinação favorável ao pedido de Magnólia.

Já no salão principal, Magnólia era surpreendida, pois todos ali já haviam partido, o relógio já indicava 2:30 da manhã, e apenas o ríspido e maldito Lasombra era flagrado descendo as escadas que davam acesso á sala de cortinas... O que aquele maldito fazia lá em cima? O que Magnólia havia perdido? Porque um asqueroso antitribu seria convidado para sala e ela não? Ele falava ao telefone despretensiosamente, e Renê, ainda permanecia no balcão de entrada, este bocejava enquanto ajeitava os óculos no rosto.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Guidim em Qua Nov 15, 2017 10:53 am

Edgar O' Neil  - [Elísio]
FV 7/7
PS 6/14
[/b]


O'neil escreveu:- Te conheço a algum tempo, Paul. Você é uma das minhas melhores fontes de informações, mas por que não me avisou desse Juan? Melhor, por que ninguém falou dessa merda que aconteceu no condado das ilhas? Preciso me encontrar com Juan está noite, marque para mim, e vou te ajudar a se reergue Becker. -

Becker - Esse é o problema meu amigo, é muito estranho, as coisas normalmente não acontecem assim, esse tipo de disputa sempre faz muito barulho, mas dessa vez, nem eu pude prever as mudanças... É o que faço da vida O'neil, saber das coisas e apresentar pessoas, mas dessa vez eu tomei no cu... Mas já estou na fita do Juan, amanhã no inicio da noite podemos marcar de encontrar com ele, já é quase 3 da matina, não vamos conseguir nada hoje -UAAAAHHHH- tudo não dorme não caralho?. Falava Becker enquanto bocejava, eloquente como sempre, o filho da mãe sabia cativar as pessoas, e nem mesmo a "comida de rabo" pela ligação tarde parecia incomodar Edgard.

A conversa continuava, e o Lasombra começava a avaliar tamanhas possibilidades e compromissos que começavam a aparecer naquele fim de noite, a sala de cortinas ainda escondiam-lhe muitas respostas, e a tal de Magnólia, a preferida entre os neófitos da cidade voltava sozinha, o prefeito já não estava mais na companhia dela. O que aquela cainita possuía para que todos a adulassem? Por mais que o antitribu tentava, para Magnólia as coisas pareciam ser mais fáceis e muito mais recompensadora, a inveja de poder inerte no Losombra o açoitava ao ver a bela vampira desfilando pelo salão inferior, exalando sua beleza e preenchendo o Magistrado de inveja.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NY - Um "novo" começo.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum