New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Dom Set 03, 2017 11:11 pm

Herick Draven
- PDS 14/15
- FDV 2/6 
- Escoriado Agravado
- Garras da Besta Ativa
- Destreza 5

Havia muitas perguntas na mente de Herick e nenhuma resposta. Não parecia haver ninguem que pudesse conter o destino inevitável do mundo. Herick pela primeira vez estava tentando impedir algo, mas não fazia a mínima ideia de como faria. Ele procurou por janelas mas não encontrou, afinal aquilo era uma caverna e não havia nenhum traço de iluminação externa. A iluminação provinha de esferas vermelhas que flutuavam dos homens empacuzados e iriam diretamente para Malkav. O ser colossal que flutuava de braços e asas abertas bem no centro da caverna. Sendo Malkav um Antedeluviano Herick saberia que seu poder era descomunal, olhou em volta e percebeu que havia um exército de malkavianos servindo aos seus propósitos. Até mesmo Elisha era completamente fascinada pela idedologia revolucionaria de Malkav. 

Herick Pensou e pensou até que sentiu o seu corpo pesar. Era o dia que estava chegando. Ele como qualquer outro vampiro sabia que se não dormissem durante o dia ficariam incrivelmente fracos na próxima noite. Elisha então se materealizou subitamente bem na frente de Herick a partir da nevoa, um dos poderes da metamorfose que ela adquiriu com Kull, seu antigo mentor. 

Elisha : - Meu filho, o dia chegou mas desta vez o astro não está envolvido pela lua do renascimento de nosso pai. Precisamos descansar para termos forças e construir o novo mundo que nos aguarda. Venha querido. 

A vampira estava com suas asas de couro abertas e estendia a mão para que Herick a seguisse como sempre fez. O vampiro se lembrou de quando ela era a Senescal de Jullian Strauss, de modo discreto ela já tinha essa fome por mudança, ela já possuía aquele desejo pela anarquia e escolher Herick como seu possivel xerife já era um exemplo disso. Mas naquela altura, já não havia, Camarilla, Sabá, Ou mesmo a Inquisição e o Tecnocratas idiotas. Somente Elisha lhe estendia a mão. Por que não continuar servindo a ela ? 


OFF: Já é dia. Você pode tentar se manter em pé ou pode descansar até a próx. noite. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por No One em Seg Set 04, 2017 1:29 am

A conversa dos dois cainitas era interrompida pela aproximação da motoqueira, que piscava o farol ao ver o Lasombra. Ela não estava sozinha, sendo acompanhada por uma criatura de beleza totalmente inumana, porém perfeita e invejável, tratando-se muito provavelmente de um Tzimisce.

A linda mulher não conteve o seu alívio ao encontrar o outro cainita vivo, que aparentemente se chamava Benetti. Porém a mesma também se mostrava devastada pela perda de seu bando, que pelo diálogo seria o mesmo bando ao qual o Lasombra pertencia. Era interessante saber que os dois eram muito mais do que meros conhecidos, pois a partir de então uma abordagem agressiva se mostraria muito mais perigosa.

A mulher também apresentou o Tzimisce, que se chamava Nirrhtak. No One já havia ouvido falar sobre ele devido a sua fama em transformar bebês em criaturas grotescas e bizarras. Sem dúvidas, se No One ainda detivesse algum sentimento ou código de moralidade, ele acharia aquele cainita totalmente condenável e repugnante. Contudo, o Gangrel estava distante demais de quaisquer resquícios de humanidade e era completamente indiferente ao histórico do Tzimisce.

Por enquanto, No One limitou-se a observar, ainda mantendo-se escondido nas sombras criadas pelo Lasombra. O Tzimisce pareceu notar sua presença, porém o Gangrel apenas ignorou seus olhares. Ele estava curioso para descobrir o que mais aqueles cainitas podiam lhe dizer sobre aquela curiosa "raiva vermelha", e talvez sequer fosse necessário interrogá-los diretamente.
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por mitzrael em Ter Set 05, 2017 11:11 pm

vinha tantas memorias na mente de herick ,via qual era o desejo de sua mentora , apesar de toda sua loucura ela foi a unica que o enchego , que o aceito e de um geito torto encino o que era ser vampiro .

herick olhava para Elisha

Elisha : - Meu filho, o dia chegou mas desta vez o astro não está envolvido pela lua do renascimento de nosso pai. Precisamos descansar para termos forças e construir o novo mundo que nos aguarda. Venha querido.


Claro minha rainha vamos descançar , to com voce ate o fim .

Pensando
o mundo sempre foi uma merda , mesmo e meu pai disse que ele não queria acorda e ja quem acordo foi esse palhaço vamos ver o circo pegar fogo .

Herick pegava na mao de Elisha .

Voce tem de encinar a ter essas asas sao lindas . Twisted Evil Twisted Evil
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 37
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Qua Set 06, 2017 6:02 am

Tom Halley
- PDS 12/14
- FDV 5/5
- Vitalidade OK

Mara: - Meu nome é Mara, não se preocupe com o Nate. Ele adora coqueteis e passa horas preparando um ou outro. 

A resposta era mais do que conveniente para Tom que não demorou muito para começar o seu repertório musical. A sua música era ainda mais cativante, em um lugar onde estavam apenas ele e a mulher que ele procurava tomar para sí em um ambiente como um cruzeiro daqueles. Não era difícil para ele cativa-la, o vampiro pode sentir o cheiro da líbido da mulher aflorar e mesmo que talvez ela fosse uma mulher integra o suficiente para tentar nao cair na tentação imposta pelo vampiro. Era inutil para ela resistir, logo ela estava sentada bem ao lado do vampiro com olhos desejosos e um olhar de felicidade que ele sabia que se tratava exatamente. 

A moça de olhar rasgado era bastante sensual quando queria ser, sua blusa recaída pelo ombro, seus olhos cruzados a tentar fitar a boca do vampiro. Aquele momento era mais do que propício para que ele pudesse entre uma música e outra se alimentar dela e causar um prazer que ele tanto desejava. 

Quando os olhos dos dois se cruzaram e Tom Halley estava a ponto de roubar-lhe a vitae lhe causando intenso prazer. Eis que uma imagem lhe força a sua concentração. 

Havia chegado um dado momento em que a rede havia ficado tão forte que Tom Halley podia sentir uma intensa conexão com uma força maior do que ele jamais sentiu. Um ser poderoso que iria além de sua própria compreenssão que assumia o controle de seu corpo e parecia completar suas ações como se os dois fossem apenas um. Tom Podia ler a mente desta nova entidade da mesma forma como a entidade poderia ler a sua mente e caótica, esta entidade parecia estar em diversos lugares ao mesmo tempo. 

 Em cerca de segundos Tom Halley sentiu sua mente ser transportada para fora de seu corpo e jogado para as mais diversas partes do globo como uma poderosíssima manifestação de Projeção Psiquica já experimentada, Tom nunca possuíu a disciplina Auspicios mas sabia como ela funcionava mas nunca imaginou que fosse tão forte. Ele consegiu estar em lugares como Tamil Nadu(India), Michigan(EUA), Treaton(New Jersey EUA) e um povoado ao sul da Austria. Praticamente ao mesmo tempo e presenciar o despertar das 4 proles vampiros poderosissimos dos quais só havia escutado nas lendas. 


A Lady Praga - Despertando no continente asiático como uma criatura louca e atormentada.

Eater - A criatura demoníaca e desastrosa que engole o som por onde passa. A mais disforme e atormentada de todas as crias de Malkav.  

Nissiku - O Oraculo chalatão de poderes auspiciosos jamais vistos.

Lamdiel - Progenitor da famosa Linhagem dos Estudiosos de Dr. Douglas Netchuch, acordou na Europa e parece ser o mais sã de todos apesar de seu aspecto demoniaco mostrar o contrário. 




Os pontos onde os vampiros despertaram trouxeram consigo a voz da loucura em proporções fora do comum. Quando Tom Halley voltou em sí estava jogado ao chão com as narinas a sangrar sendo ajudado pela nova conhecida Mara que estava tentando levanta-lo. A iluminação do barco então começou a falhar e Mara começou a ficar preocupada. 

Mara : - Mas o que está acontecendo ? Você está bem ? Você começou a gritar e surtar !! Nossa cadê o Nate ! Eu não quero ficar mais nesse navio ! 

Tom ainda tentava entender o que havia acontecido, mas aquilo não havia sido um sonho. O barco daquele tamanho estava balançando ou era impressão ? Por que aqueles poderosos malkavianos estavam despertando ? Seria mais uma alucinação ? Parecia bem real o que estava acontecendo no barco. 

Teste:
Tom Teste de Carisma + Performance Diff. 6 = 3 Sucessos

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Fuuma Monou em Qua Set 06, 2017 9:48 am

OFF: Desculpem-me, tanto o Beau quanto o No One, por atrasar a crônica. Problemas grandes me impediram de estar aqui antes.

ON:

Ao ver Lars naquela moto nada mais fazia sentido. Um sentimento de quase euforia toma conta do meu ser e praticamente não ouço as palavras do outro cainita ao responder os questionamentos que faço sobre a loucura ter se espalhado por toda Jersey, somente que o Sabá se desfez de dentro para fora por toda Jersey. Durante tudo o que aconteceu naquela noite, minha mente sempre se voltava à Gangrel e agora ela vinha em minha direção. Caminho até um ponto em que a moto passe próximo deixando o Estranho com suas perguntas no ar. Quando percebo que ela está chegando perto, saio da bruma criada pelo Abismo, mostrando para Lars minha presença.

A Gangrel está acompanhada por outro cainita. Sua beleza seria invejável se minha atenção não estivesse completamente coltada para Lars, que agora para a moto bem à minha frente. Ouço suas palavras sobre o mais novo membro do Sabá ali presente e faço um movimento com a cabeça para saudá-lo . Nirrhtak. Todos na Seita já haviam escutado algum rumor sobre aquele Tzimisce, que utilizava Vicissitude em pequenas crianças mortais para criar monstruosidades, como as crias de Samus que enfrentei mais cedo. Contudo, percebo que o último membro do Insight original está abalado com algo. A bela cainita desce da motocicleta junto com seu companheiro de viagem. Ela aproxima-se de mim e seus sentimentos são esparramados.

"- Keyla morta, o Sabá desfeito... o que há mais para nós aqui? Um Rato da Camarilla em Topor? Talvez a melhor opção seja voltar à minha Itália." - Levo minha mão esquerda ao ombro de Lars. Seu pesar pode ser sentido a metros. Um sentimento mortal de proteção, algo que mesmo como mortal nunca experimentei, começa a tomar conta de mim e quando percebo as palavras já estão saindo por minha boca.

- O importante é que nós ainda estamos aqui. Nós sobrevivemos a loucura de nossos próprios Irmãos de Seita. Ao ataque de caçadores. Nós temos que reagrupar com aqueles que ainda apresentam sanidade, juntar as peças para descobrir o que aconteceu e recomeçar. - Olho para o Tzimisce e percebo que o mesmo está como que reconhecendo o outro cainita dentro da Mortalha. - E aqui mesmo há mais um membro da Seita ainda com a sanidade intacta. Antes de sua chegada ele estava me contando o que estava acontecendo nos outros pontos de New Jersey. Até pensei que pudesse ser alguém que você tivesse enviado, mas como ele preferiu ficar nas sombras esta possibilidade deixou de existir. Acredito que o melhor lugar para conversarmos agora é aqui, - Indico a Mortalha. - pois os cainitas loucos não conseguiriam nos perceber aqui. Vocês concordam? - Faço esta pergunta não só para Lars e para o Tzimisce, mas volto minha cabeça para a bruma, focando o local em que o Gangrel está.

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 28
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Undead Freak em Qua Set 06, 2017 11:02 pm

Senti como se o tempo acelerasse. De fato aquele nível de conexão com a rede não era normal. Era um esforço constante, como se em uma viagem do tempo eu estivesse voltando para mudar detalhes. Era mentalmente desgastante e mais profundo que um sonho lúcido, uma viagem no mundo astral. Usar a rede para alterar a realidade com a força do pensamento era como mutilar com um bisturi cada cordão de lógica, espaço e tempo que compunha a realidade. Na mesma hora eu percebi que era um poder enorme, mas que exigia um grande cuidado. Era perigoso... muito, na verdade.

"O mundo sentirá um novo renascimento...
O mal irá se manifestar das formas mais diferentes possíveis...
A evolução é questão de tempo..."

Vozes riam, choravam e murmuravam coisas... coisas que ora se entendia, ora não. Tudo ao meu redor girava. Quanto mais eu me aprofundava, mais desconfortável era. Era como se a qualquer momento eu fosse vomitar. E de repente...

"!"

Meus olhos enegreceram. Foi aos poucos, como se uma forma viva de piche caísse dentro de minhas retinas e começasse a se expandir de forma elástica até tomar conta de ambos os globos. Eu ouvia, mas nada via. Era uma escuridão total. Demorei para entender, mas notei depois que havia chegado no abismo absoluto.

-- Lau-Som-Bheu...

Aos poucos minha visão voltou. Quando consegui enxergar completamente de novo, notei que estava de joelhos ao lado de Elizie. Suas cicatrizes sumiram. Deduzindo pelo o que me aconteceu, talvez meus olhos tivessem mudado também. Do meu lado, um jato de sangue seco. De fato o esforço foi grande, causando em desgaste tanto físico quanto mental, me fazendo regurgitar um pouco do sangue que havia obtido. A aparência não havia mudado, mas até que fiz progressos para a minha primeira vez nessa intensidade de conexão.

"Talvez seja melhor descansar agora. Forçar tal conexão novamente pode ser perigoso. Além disso, preciso cuidar de Elizie. Ela deve acordar em breve"

Não havia conseguido tudo o que pretendia, mas estava feliz pelo progresso. Notei que estava muito fraco e que havia amanhecido. Esse fato agora era irrelevante, já que o Sol negro não nos fere. O que realmente me espantou foi a perda da noção do tempo. Passaram-se horas desde o início da conexão. De fato a dimensão que minha mente alcançou não tem a mesma contagem de tempo desta -- se é que tem alguma...

A caverna estava mais vazia. Alguns ali ainda celebravam, outros (os magos) usavam seus poderes para alimentar Malkav com uma magia que criava esferas rubras semelhantes a vitae.

"Creio que seja melhor sair um pouco também..."

Reunindo forças, me levantei e carreguei Elizie nos braços.

-- Venha, minha amada. Vamos procurar alimento para o seu despertar.

avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Sex Set 08, 2017 8:46 am

Rugall Salles
- PDS 5/10
- FDV 2/6  
- Vitalidade Escoriado (1 Agravado)
- Face Mortal
- Força 4

Por mais que a jovem estivesse revoltada, a ordem de Rugall era irrefutável. A moça seguiu os passos de seu mestre sem pestanejar. De certa forma foi vergonhoso mas nada daquilo poderia ser questionado pela serva de Rugall. Ela foi levada enquanto fotos eram batidas, o vampiro sabia que aquela cena certamente iria para algum quadro de revistas polemicas. 

Assim que voltou, o vampiro tzmisce tentou demonstrar um pouco mais de classe. Arrumou os detalhes que ficaram tortos em sua roupa de gala. Estava usando um traje negro escolhido pelo estilista que recaiu perfeitamente em contraste com a pele enrubescida pelo sangue do vampiro. Mais fotos foram tiradas para os tabloides, mas desta vez o sorriso de Rugall era o centro das fotos. Enquanto Rugall dava seu depoimento o delegado Brian completou : 


Delegado Brian Jones : - Exatamente ! Inclusive o Empresário da Carpe Noctem foi uma das peças chaves para descobrirmos um esquema ardiloso de tráfico de modelos que estava ocorrendo na cidade. Conseguimos encontrar a Modelo Meg F Night e salva-la ante que fosse deportada ou servisse de escrava para algum figurão, em depoimento descobrimos que Elisha Hurley conduzia esse tipo de atividade e certamente Elisha estava e olho em Rugall. 

O delegado então dava um tapinha nas costas do vampiro com um sorriso no rosto. 

Delegado Brian : - Felizmente não aconteceu nada mais trágico com o nosso estimado empresário. Agora vou leva-lo para o comitê, obrigado a todos ! - Dizia Brian conduzindo Rugall a uma mesa com microfones, água e uns biscoitos. Naquela mesa seria feita o comite e o pronunciamento tão aguardado. O Governador subiu as escadas quase que no mesmo instante do que Rugall e o delegado, mas do outro lado. Eles se encontraram no meio das mesas, Christie possuía um sorriso contente no rosto e acenava em meio as fotografias tiradas dele. Ele estendia a mão a Rugall e ao delegado. 

Governador Chris Christie : - Haa, então é você Rugall Sales, você é mais bonito pessoalmente do que nas fotos. Espero que vote em mim este ano, New Jersey precisa de um homem como eu ! Hahahah ! Delegado Jones, Jersey city está realmente segura nas mãos fortes do senhor. 




O Delegado, o governador e o empresário se sentavam e as perguntas continuavam. 

Reporteres :

 - Delegado, agora que o exército, e os Seals estão no comando da operação de varredura da cidade. O senhor acha que poderão descobri a possível causa da raiva vermelha ? 

- Governador Houve relatos de que cidades como Tamil Nadu na India e na Austria tiveram relatos da raiva vermelha também ... É verdade e provavelmente Michigan aqui nos Estados Unidos !! Como o senhor atribuí, explica e quais medidas tomará para que New Jersey não sofra desta calamidade novamente ? 

- Afinal é seguro voltar a viver em um lugar onde um possível vírus ecoou ? 

- Senhor Salles, como cidadão de Jersey City. O senhor voltará a viver aqui ? Ouvimos boatos de que o senhor estava se preparando para voltar para Las vegas em Nevada, inclusive vemos a filha do Juiz Sanders que é uma de suas colaboradores viajando para lá. Como explica este fato ?

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Arcebispo Altobello em Sex Set 08, 2017 10:32 pm

Galbraith assentiu a Altobello. Ordenou que ele e os demais líderes reportassem pessoalmente em trinta dias. - "Que desnecessário e improdutivo... Ou a Regente está muito anos-luz na minha frente, ou já foi completamente consumida pela paranoia." - O Bispo concorda com um aceno de cabeça, mesmo achando uma atitude exagerada. 

Novamente sentado à mesa, o Lasombra não pode deixar de se lembrar como havia se sentido enquanto falava com a Excelentíssima Regente. Estando diante dos maiores nomes da seita, era natural que sentisse o peso da atenção daquelas personalidades degeneradas, entretanto o sentimento era mais complexo. Como se existisse um expectador invisível o observando. Discretamente, o Guardião procura por algum vampiro ou qualquer outra criatura no recinto com seus olhos capazes de quebrar o invisível (Ativar Auspícios: Vendo o Invisível).

Após a última fala de Melinda Galbraith e sua Metamorfose Sombria, o Arcebispo Springfield, seu "Padrinho", o convida com os olhos para uma conversa mais privada. Altobello também levanta, preparando-se para ir até o encontro de seu irmão de clã. É quando Buffalo Head o interpela, apresentando problemas em sua Diocese. Uma negociação clandestina em seu território entre um desconhecido e um homem que deveria estar morto. Ball-B... Jorge não é apenas Bispo de Nova Iorque mas também um dos maiores chefões do crime da região, então tenta se lembrar de alguma informação relevante sobre o homem negro (Inteligênica + Manha/Influência [Submundo]). - Coloque Zóio e seu Bando no caso. Assim que chegar em Nova Iorque quero que me reportem. 

Passada a ordem, Altobello caminha em direção a Springfield e o saúda. - Sua Excelência! É revigorante vê-lo depois de todo esse tempo!

_________________
"Subirei aos céus, erguerei meu trono acima das estrelas de Deus
E lá, mais alto que as nuvens, serei como o Altíssimo." 
avatar
Arcebispo Altobello
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 23
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Bahamut em Sex Set 08, 2017 11:30 pm

Após as palavras calorosas e protetoras do delegado, eis que Rugall fica cara a cara com o governador.

Rugall: - Governador, é uma grande honra conhecer alguém tão distinto como o senhor. Tem feito um bom trabalho e pode contar comigo caso necessite de algo.

Os flashes piscavam freneticamente e logo as perguntas choviam para o palanque. Rugall se prontificou a responder as perguntas que lhe foram proferidas.

Rugall: - Hoje mais cedo fui me despedir de duas colaboradoras que foram de helicóptero cuidar de meus negócios em Las Vegas. Acredito que esteja se referindo a essa ocasião. Quanto ao fato de eu ficar aqui, posso dizer que tenho muitos interesses em investir nesta bela cidade. Não somente estabelecerei meu salão de beleza aqui como lançarei um novo segmento, uma revista de moda.

Neste momento, Rugall entrega o protótipo da capa de sua revista para o governador Christie.

Rugall: - Não há melhor lugar neste momento para se estabelecer. O trabalho que o governo do estado e do município tem feito para esta cidade é ímpar. Graças aos corretos investimentos do dinheiro publico e a boa liderança dos governantes, New Jersey continua sendo uma cidade maravilhosa para se morar. As forças armadas por sua vez, mantém a ordem e a segurança da cidade de forma impecável, tornando esta cidade em um exemplo de cidade segura para se viver. Além do mais, a inauguração do novo centro comercial apenas consolida toda a positividade que essa bela cidade transparece.

Rugall esbanjava positividade e segurança. Falava de forma relaxada, com um toque mínimo de sensualidade. Enquanto se expressava, sua boca mostrava um singelo sorriso e os leves movimentos de sua cabeça faziam seu cabelo cintilar de um lado a outro, provocando Rugall que vez ou outra o acariciava de forma despreocupada, afastando-o de seu rosto. Rugall focava o olhar na pessoa que lhe fizera a pergunta, mas vez ou outra passeava os olhos por entre os integrantes do recinto, procurando uma bela face feminina para encarar e seduzir discretamente com o olhar.

Rugall estava de volta esta noite.
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Dom Set 10, 2017 12:45 am

Danio Benneti 
- PDS 5/14
- FDV 2/7 
- Vitalidade -1 Ferido Gravemente (1 Agravado,3 Letal)
- Mortalha das Trevas 24 Metros


No One
- PDS 6/15 
- FDV 4/8  
- Vitalidade -1 Ferido (1 Agravado, 2 letal)
- Garras da Besta Ativo 

As palavras do La sombra pareciam muito inteligentes, o Gangrel nao conseguia escutar direito a menos que forçasse seus sentidos por meio do poder do Auspicios, a conversa estava demorando bem mais do que ele poderia imaginar. Lars concordem incontestavelmente com seu companheiro de bando. 

Lars : - Eu não vou me meter nesse breu, já estive em uma bruma dessas e ninguem escuta nada com nada ! Mas Você está certo Benetti. Ele foi o único que eu consegui trazer, nós eramos 5, os outros foram pegos por nossos próprio ou pelo exército. Eles estão com um contigente forte, não conseguiremos enfrenta-los de cara limpa. Minha ideia era buscar você para irmos a New York reportar o que aconteceu ao bispo Altobello. Ele é o Bispo mais próximo que eu conheço. Eu já vivi em New York algum tempo no passado. Realmente não sei se New Jersey ainda é do Sabá ou de alguém, essa loucura toda parece uma grande bomba malkaviana ou a Gehanna realmente veio a tona. Só precisamos de um carro e ter sorte de sair dessa cidade antes que o exército americano ou essas bestas malucas nos ataquem primeiro !

Quando Lars tocou no assunto da Gehenna finalmente o estranho e mácabro Tzmisce abriu a boca, seu sotaque não era americano legítimo, tinha um teor europeu, maligno como a maioria dos anciões Tzmisce. 

Nirrhtak: - O Sol Negro faz parte de uma antiga história contada para neofitos desobedientes. Conta-se que o Sol Negro é proludio do despertar dos Antedeluvianos. Eles se levantarão e a lua ficará vermelha no céu. O mundo está para definhar é melhor prepararmos nossos exércitos. 


Lars : - Ele está certo Benneti, você é o mais antigo entre nós. Está na hora de assumir a liderança. O que você decidir nós faremos. 

Ainda na escuridão da bruma o Gangrel ouvia e estava cada vez mais solida a ideia de que um antideluviano poderia ter acordado de fato. O Gangrel já viveu o bastante para conhecer histórias sobre Malkavianos tão poderosos capaz de despejar a voz da loucura em nveis alarmantes, apesar de ser extremamente louca essa ideia , ainda existia algum fundamento. Isso explica a fixação de Kashan em procurar pelo Malkaviano Vallek Morton. Talvez se reagrupar em New York fosse a ideia mais cabivel a se fazer. O Sabá era bem mais forte junto do que espalhado e pelo visto, o sabá havia definhado por completo em New Jersey. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Dom Set 10, 2017 1:09 am

Herick Draven
- PDS 13/15
- FDV 4/6 
- Escoriado Agravado


Herick de fato esava psicologicamente exausto. Tudo aquilo parecia um grande quebra cabeças sem o menor cabimento. O mundo iria surtar de vez ? Apenas Elisha parecia ser algo especial naquele lugar. Herick caminhou ainda pensando, mas já não se importava. Parte de sua vingança pessoal já estava feita. Elisha e Herick simplesmente se deitaram abraçados no canto da caverna. As grandes asas da vampira se fecharam cobrindo Herick e ela em uma escuridão eterna. O vampiro permitiu que seus olhos se fechassem e finalmente houve um descanso. O vampiro ibernou em seus pensamentos e sonhos. 

OFF: Os Eventos a seguir servem apenas como sonho para Herick. Ele de fato está sendo controlado enquanto dorme pelos Tecnocratas. 


Vallek Morton
- PDS 11/14
- FDV 5/7  
- Vitalidade OK

Vallek colocou sua prole nos braços desfalecida. Ele era gentil com ela de uma maneira que nem mesmo ele sabia dizer, depois de ter organizado os padrões de sua mente de uma maneira um pouco mais sutil do que estava antes. Ele seguiu com a nova criança da noite em seus braços , vagou pela caverna pensando em como alimentaria sua cria, infelizmente o peso do dia já havia se mostrado vigente. As pernas do vampiro Malkaviano queriam descanso, ele fraquejou, mas continuou até que subitamente seu caminho foi invadido por um ser alto e musculoso. Sua pele era deformada como a de um monstro e placas de metal resistente cobriam partes importante de seu corpo como um grande exoesqueleto. Uma carapaça de metal, aquilo não era um trabalho de um vampiro, nenhum Tzmisce manusearia metal daquela forma. 

Herick : - Morton...Finalmente eu consegui acha-lo atraves do nosso modelo cyborg, Escorpião de Prata. Talvez você não me reconheça mas sou eu Kyle Sanders, estou usando uma data link imbutida no cortex cerebral deste ser para me comunicar com você. Preciso que você me informe qual é a situação ? Quanto tempo temos e quais são nossos alvos prioritários ? Elisha ainda está viva ? 

Quando o grande ser omeçou a falar Vallek reconheceu que de alguma forma seu carniçal Sanders estava no controle daquele vampiro. Mais uma vez os tecnocratas brincando com os vampiros naquilo que eles chamam de "Imutáveis" uma mistura de vampiros e organismo cybernético. Sanders esperava a resposta de Vallek, Parece que o Tecnocrata ainda queria salvar o mundo ?

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Bad em Ter Set 12, 2017 8:41 am

Tom ainda confuso tentando assimilar tudo que aconteceu, tentando dividir o que realmente aconteceu do que poderia ser fantasia, não conseguiu, assimilou tudo como real e resolveu agir por instinto, aproveitara que a moça estava perto do seu corpo, enquanto deitado no chão já se levantou um pouco ficando sentado no chão, abraçava a humana a sua frente .

- Desculpe... acalme-se eu estou bem...

Nesse momento tom abraça a humana um pouco mais forte

- Ninguém precisa ficar sabendo disso, por favor vamos guardar isso entre nos.  

Antes da humana começar a pensar em reagir tom iria morder seu pescoço sugando seu sangue, mas não faria apenas para se satisfazer iria fazer até que ela tivesse um pouco da sua loucura para si. Mas senão bastasse isso tom ainda usaria demência 2 na moça para que tudo que ela dissesse a parti de então sobre o ocorrido foi considerado um possível delírio dela.

[ Caso consiga fazer isso]  

Deixando ela no quarto, tomo iria sair da cabine usando ofuscação 2 para não ser notado.

*Acho q meu rastro foi apagado com sucesso, ou pelo menos com êxito, preciso achar Aislin e saber o que realmente estamos indo fazer, e o que diabos foi isso...*

Tom caminhava apressado e irritado, se não fosse seu poder provavelmente todos iriam olhar para ele, pois não parecia nem um pouco relaxado com aquela situação.
avatar
Bad

Data de inscrição : 22/03/2010
Idade : 25
Localização : Brasilia - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por mitzrael em Ter Set 12, 2017 11:01 am

Herick se deixava ser abraçado pela sua mentora seu corpo estava muito cançado , apois toda aquelas batalhas , um pouco de paz seria bom , isso que Herick falava pra sim fechando seus olhos .

Herick se sentia seguro apois muito tempo quaze brotava um sorriso da boca de Herick .

Herick : - Morton...Finalmente eu consegui acha-lo atraves do nosso modelo cyborg, Escorpião de Prata. Talvez você não me reconheça mas sou eu Kyle Sanders, estou usando uma data link imbutida no cortex cerebral deste ser para me comunicar com você. Preciso que você me informe qual é a situação ? Quanto tempo temos e quais são nossos alvos prioritários ? Elisha ainda está viva ?


Herick esculva uma voz em sua mente , ele mantia os olhos fechados , e mentalmente falava .

pensando:
sim to te ouvindo .
a situação nada bom , os ancios malkavianos acordaram eles estao espalhados pelo planeta , aqui ta origem de tudo se vcs abatem ele os outros perderam o contato , se vcs falharem todos irao elouquecer nao pode ter erro , tem varios cainitas aqui , ja derrubei uma mas sao muitos ate pra mim , tem um ante deluviano aqui e como um Deus dos vampiros e extremamente louco vs vao ter trabalho , aqui nao tem janela e nem portas e uma carverna
nao menosprese eles venham com tudo vcs tem de vim com destruiçao em massa , nao pode deixar nem um malkvi daqui vivo pra que isso não volte acontecer .
Espero por vcs e me mantem informado .
Alisha esta morta , vcs tem de vim enquanto é dia que estao enfraquecidos esse é sua unica chance não desperdi se .
Twisted Evil Twisted Evil
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 37
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Fuuma Monou em Qua Set 13, 2017 3:25 pm

As palavras de Lars uniam-se às daquele outro cainita que não quis se identificar. O domínio Sabá em New Jersey é passado. A loucura espalhada entre os membros da Seita, junto com os militares, está dizimando todos os membros da Espada de Caim. Dessa forma, o melhor é realmente unir todos em um só exercito contra o mundo...

"- Que diabos é isso? Antediluvianos? Esse cara está louco?" - Era o pensamento que me surgia a mente ao ouvir Nirrhtak. Embora eu já houvesse escutado frases similares durante as reuniões dos cainitas Benetti, em minha mente isso tudo era brincadeira de criança, mas quem sabe... "- Além do mais, isso está muito diferente... a alguns dias atrás meu braço havia sido decepado por Lars só por minhas palavras ao bando... agora sou tratado como 'o que deve liderar', ela deve estar realmente muito abalada. Mas não deixa de ser um pensamento reconfortante." - Meu ego sobe de forma incalculável ao pensar no que foi dito pela Gangrel. Sair de um serviçal de Benetti para Líder é algo que realmente não fazia parte dos meus planos enquanto me dirigia à presença de Samus para receber o dinheiro das armas vendidas ao Arcebispo.

Ambos os recém-chegados estavam certos. O correto agora é sair de New Jersey o mais rápido possível e procurar por informações, além de estar a serviço direto de um novo Bispo não é nada mal. Mas como fazer isso? Mais ainda, o outro Gangrel parece não estar interessado em uma união, ou tem algo diferente em mente. Sua presença ali era uma incógnita completa. Primeiro ele ataca o carro em que eu tentava fugir com Hamlin, depois ele fala que precisou fazer aquilo... por último, participamos de uma troca de informações... quem é ele e o que ele deve estar querendo?

Olho para a direção do DP a procura de algum cainita louco que pudesse estar prestando atenção em nós. Se não conseguir ver nada de diferente, falo ali mesmo com Lars,

- Não é seguro aqui. O DP está infestado por cainitas loucos. Embora você não esteja confortável, se eles nos perceberem aqui será ainda pior. Por isso criei este 'lugar seguro', onde a mente perturbada deles não conseguirá penetrar e, mesmo que tentem algo contra nós, serão presas fáceis. Ademais, ainda quero ouvir a opinião do 'Sem nome'. Para retomar nosso poder, é mais interessante que todos os membros estejam unidos, como disse o seu amigo, como um exército. - Começo a me encaminhar para dentro da Mortalha novamente quando uma questão surge em minha mente. - Poderemos confiar em um Bispo que vive na cidade em que a anos Samus tenta governar? Se não estou enganado, a  tomada de New Jersey se deve a este ser o ponto mais próximo de NY, ou estou errado? - Continuo a andar para o interior da névoa negra do Abismo enquanto ouço as palavras de Lars. Dependendo da resposta da Cainita, falarei com o outro Gangrel sobre uma possível ida à presença de Altobello. Eu vi uma parte da extensão de sua força, como ele terá algo a ganhar com a união, é possível que ele também queira vir conosco.

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 28
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Undead Freak em Qua Set 13, 2017 6:10 pm

Embora o Sol não machucasse, a mera sensação da manhã causava um mal estar e um cansaço físico e mental fora do comum. Talvez fosse algo psicológico por vincular o dia ao torpor... De qualquer forma, eu me esforcei e levei minha amada criança nos braços. Seria vergonhoso simplesmente perder as forças e cair no chão com Elizie por cima de mim.

Caminhei como um condenado, em todos sentidos. Era como uma peregrinação no deserto. O calor era forte, me incomodava demais. Meu corpo a muito morto já não estava mais acostumado com essa sensação -- sendo que nem em vida eu gostava dela. A sombra que eu detectei enquanto caminhava olhando para o chão tinha uma silhueta humana. Quando ergui o rosto, havia um ser que parecia metade androide e metade homem. Era deformado e fundido em várias placas de metal.

Pronto, mais essa... Que merda vai acontecer agora?

Já me preparando para algo desagradável, fiz menção de colocar Elizie no chão, mas me interrompi quando eu o ouvi.

-- Morton...Finalmente eu consegui acha-lo através do nosso modelo cyborg, Escorpião de Prata. Talvez você não me reconheça mas sou eu Kyle Sanders, estou usando uma data link embutida no córtex cerebral deste ser para me comunicar com você. Preciso que você me informe qual é a situação ? Quanto tempo temos e quais são nossos alvos prioritários ? Elisha ainda está viva ?


-- Hummm... muito bom -- disse sorrindo a Sanders, mais uma vez "impressionado" com as suas gambiarras e bugigangas -- Quanto a situação...

Era complicado. Não havia como explicar aquilo em palavras. Como eu iria explicar para um mortal sobre o despertar do pai e o que aquilo significava?

-- Bem, por agora saiba que Elisha está sim viva, por assim dizer. Posso te dizer que tudo o que aconteceu nessa cidade está acontecendo agora em várias partes do mundo. A bomba nuclear não vai ajudar em nada, Sanders. Se eu fosse você, faria seu patrão desistir dessa ideia estúpida, pois ele teria que literalmente desintegrar cada centímetro do globo terrestre. Por agora não tenho como te explicar em palavras tudo o que está acontecendo, vou precisar de mais tempo. No entanto, se você está sentindo uma urgência tão grande em entender tudo isso, já sabe o que tem que fazer, não é? Você... pensou na proposta?
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Qua Set 13, 2017 10:12 pm

Jorge Altobello
- PDS 14/15
- FDV 10/10
- Vitalidade OK

O sentimento que o Bispo sentiu foi mais do que suificiente para alimentar sua preocupação, seu poder intuitivo auspicioso era extremamente minucioso e no instante em que se concentrou tudo a sua volta parou de chiar, o mundo se tornou preto e branco e um aglomerado de olhos brotou de todas as paredes da grande estrutura de sangue e carne na qual ele estava residindo. Nada passava despercebido por entre os olhos. Nenhum gesto sutil, nenhum abrir singelo de bocas. Tudo era observado por míl olhos ávidos.  


Quando o La sombra Regente de NY iniciou sua comunicação com Bufallo Head, sua concentração se perdeu. As imagens se foram e os burburinhos na sala tomaram conta de tudo novamente. Altobello era extremamente sensitivo e sabia que aquilo era obra de poderes místicos, mas devido aos acontecimentos precisou prestar atenção nas palavras de seu súdito e guerreiro. 

Bufallo Head : - Sr. Ele já está ciente e está agindo. Quando eu tiver noticias manterei o contato senhor. - Dizia o homem de físico avantajado se afastando para que Altobello e o Arcebispo de Springfield pudessem conversar. 

O vampiro La Sombra poderia ter terminado sua conversa e determinado suas ordens mas se viu pensando naquele nome Ball-B. Ele era o chefe do Cartel de drogas que transportava esse seguimento entre New Jersey e New York. Pelas notícias que tinha o homem Afro Americano havia sido morto em uma incurssão do DEA em Janeiro do ano passado, apesar do corpo nunca ter sido encontrado Altobello se lembra de um artigo no jornal em que os federais se glorificaram com a morte dele, o que dificultou a passagem de drogas do tipo entorpecentes. William, o policial ainda advertiu que o DEA estava atrás de uma possível cabeça da serpente, mas se contentou com Ball-B depois que as investigações terminaram. John Stuart, um Brujah AT que trabalha com tráfico de drogas no Bronx havia comentado há algum tempo o quanto era mais fácil sua vida na época em que Ball-B fornecia um produto de qualidade pela baía do rio Hudson. 

Infelizmente aquela época se acabou com a possível morte do Afro Americano contato de John, contudo se ele realmente esteve vivo esse tempo todo, porque ele esconderia de Altobello que estava vivo, ou será que John sabia que ele estava vivo e não contou a Altobello ?

Enquanto se municiava de todas as possibilidades o bispo finalmente se aproximou do poderoso vampiro La Sombra. Springfild usava uma longa manta de couro negra e entre aberta. Seu modelo fino e um tanto italiano de se vestir se encontrava em contrate com seu modo americanizado e atual de falar. Parece que Springfield tentava se parecer cada vez mais com um vampiro moderno e atual, até mesmo sua pele estava mais jovial graças ao sutil poder da ofuscação. 

Springfield : - É realmente uma ótima noite para encontra-lo. Ouvir dizer que NY está perfeitamente bem sob suas mãos. 

Springfield não poupava elogios. Apertou firme a mão de Altobello, demonstrou incrivel satisfação em saber da gestão de seu escolhido e continuou com a conversa em um tom taciturno e comedido. 

Springfield : - Primeiro New Jersey e agora Michigan. Já é a segunda cidade que começa a demonstrar sinais de fraqueza. Meus bandos estão se dirigindo para lá em um esforço sobre humano para que o mesmo que ocorreu com New Jersey não aconteça por lá. Meus informantes estão atribuindo toda essa desgraça a um único nome. Eater

A informação dada por Springfield, refez Altobello pensar novamente em tudo o que estava acontecendo de fato nos ultimos tempos...  

Teste:
Altobello Teste de Percepção Diff 4 = 6 Sucessos
Teste de Inteligência+Manha+Influencia Diff 6 = 3 Sucessos
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Qua Set 13, 2017 10:32 pm

Rugall Salles
- PDS 5/10
- FDV 2/6  
- Vitalidade Escoriado (1 Agravado)
- Face Mortal
- Força 4

Rugall se manteve passivo as perguntas, não havia motivos para se exaltar e até o momento tudo estava indo muito bem. O controle que ele teve foi brilhantemente elogiado e conduzido. Quando o vampiro mostrou a capa da revista de Moda da Carpe Noctem, dezenas de fotos foram tiradas e os flashes inundaram o palanque com um clarão alvo. Rugall estava no controle novamente e isso o deixou muito bem. Depois de quase uma hora de perguntas e respostas o governador Chris e Rugall deram as mãos mais uma vez tirando assim uma foto em definitivo de aliança entre Sales e o governo de New Jersey. O vampiro sabia que aquilo iria parar nos tabloids de todos os jornais do país. 

Com o fim da audiência Rugall foi convidado por Chris a fazer um pequeno passeio de helicoptero até a sua residência que ficava no ldo sul da cidade em uma mansão que ainda estava em reforma depois do incidente que houve em Treaton, Capital de Jersey City. As coisas então ficaram mais tranquilas para o vampiro. Ele podia agora voltar a encontrar Diana que estava no camarim com uma carta do Juiz Bradley que lhe havia consedido uma mansão para que ele pudesse morar enquanto o Carpe Noctem era reformado e que sua contribuição jamais seria esquecida. Rugall estava finalmente podendo descansar de toda essa loucura. Aos poucos as coisas estavam se organizando e Salles tinha liberdade para aproveitar um pouco a cidade de Jersey City. 

Teste:
teste de Carisma + Expressão + Fama Diff. 6 = 3 Sucessos

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Qui Set 14, 2017 4:21 am

Tom Halley
- PDS 14/14
- FDV 5/5
- Vitalidade OK
- Presença Invisivel Ativa

Seguindo seu instinto predatório, o Malakviano avança contra a garota sem lhe dar espaço para pensar, ela soltou um gemido rapido e agudo que expremiu exatamente o ímpeto rompante do vampiro que pôde sentir o doce nectar da moça escorrer pela sua boca enquanto o corpo dela relaxava sobre o seu. O gosto do sangue dela era quase tão suculento quanto o seu corpo, ele deslizou suas mãos pelas curvas da garota que agora não parecia mais do que um boneco molengo e desfalecido. 

Para completar, o vampiro escavou a mente da moça com sua própria loucura e abriu uma porta em sua mente que ela nunca mais esquecerá...

Tom então deixou Mara ali mesmo, deitada sobre uma poltrona desfalecida e meio desengonçada, o copo de bebida poderia explicar um certo grau de embragues e certamente como ela reagiria poderia explicar suas ações mesmo que ela citasse um "homem" visitando-a no meio da noite. Ele deixava a cabine sob efeito da ofuscação quase no mesmo intante em que um homem de cabelos grisalhos e roupas elegantes entrou. O homem não notou sua presença e dificilmente notaria uma vez que seus olhos não notariam  presença discreta do Malkaviano a sair pelos corredores. 

Tom apenas queria buscar as respostas para suas perguntas, seguiu de maneira apressada para a sauna. Seus pensamentos se recordavam de cada detalhe de sua viagem astral realizada. Os lugares que viu, Chicago, Austria, India. Lugares que tinha vontade de visitar mas ainda não havia tido a oportunidade mas que de algum motivo ele sabia que era. Como se pudesse viver a vida de uma outra pessoa por meros segundos, era confuso, o uso da rede malkaviana sempre foi. 

Quando Tom alcançou a sauna não precisou trocar de roupa pois ninguém quase o notara. Havia três tipos de sauna e para surpresa de Tom Aislin estava na sauna mista com uma fina toalha branca e frouxa a cobrir sua cintura enquanto ela estava sentada de costas para Tom. Ela cantarolava uma música enquanto enroscava seus dedos no cabelo de uma moça de aparencia jovem, 20 anos talvez quase tão bela quanto Aislin. A moça estava sentada de maneira lardada com os braços abertos e o pescoço esticado, não havia qualquer sinal de mordida, Aislin era uma predadora profissional. 

Teste:
Tom Halley Teste de Assombrar Alma (Man+Lábia) Diff 5. = 4 Sucessos

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Beaumont em Qui Set 14, 2017 4:51 am

Herick Draven
- PDS 13/15
- FDV 4/6 
- Escoriado Agravado


Vallek Morton
- PDS 11/14
- FDV 5/7  
- Vitalidade OK

Inundado em seus sonhos de maneira absorta, Herick Draven parecia perceber que estava em uma comunicação com outro alguém. Era uma voz familiar mas da qual ele não se lembrava bem. A conversa se prolongava como se Herick fosse uma terceira pessoa a observar um dialogo entre duas pessoas. Apesar de que Herick apenas conseguia ver uma única pessoa. Um homem de pele pálida e olhos completamente negros como o breu da mortalha. Eles dialogavam sobre o futuro da existência humana se é que havia algum futuro. Herick permaneceu ali, em seu sonho embriagado, confuso e extremamente lento de percepções...


Enquanto estava profundo em seus próprios pensamentos Herick sentiu uma conexão com uma das vozes que lhe disse 

"Herick, posso ouvir seus pensamentos. Me fale mais sobre esse Deus de que falou. Ele é o líder ? Onde está o Mago Adonnis ? Ele ainda está vivo ?" 



Mesmo não tendo um controle total sobre sua mente Herick sentiu que sua memória foi vasculhada e as informações foram roubadas de sua mente antes mesmo que ele pudesse responder. A imagem de Malkav se fixou em sua mente, um anjo enorme de longas asas, pele gutural e acinzentada de beleza alienigena e olhos tão frenéticos como sua própria mente doentia. A memória de Herick era vasculhada sem o mínimo de pudor, alguém manipulava a mente do Caitiff enquanto ele dormia...

Enquanto Herick servia de veiculo para comunicação entre Kyle Sanders e Vallek. A conversa continuava. As notícias não eram boas em nenhum sentido, e isso ficava visível na voz irritada de Sanders. 

Sanders na Voz de Herick : - Você não tem muito tempo Morton. As decisões estão muito acima da minha jurisprudência. As cinco convenções estão reunidas na Europa para tomar uma decisão final sobre a situação atual do globo e eles falam desde viagem temporal até destruíção em massa do planeta terra em ordem de um novo seguimento de vida em outro planeta. As coisas só vão piorar e não é me torando uma criatura em um corpo morto que vai me ajudar a resolver os problemas. Você tem habilidades incriveis mas...Preciso do seu sangue cada vez mais...Ahhggg...

Herick arremessava um soco ao chão forte o suficiente para abrir um buraco na terra e rovolver grande parte das pedras e terra do local. Sanders estava em um conflito interno e Vallek sentiu que Malkav teria resistência por parte da raça humana lá fora. O grande construto de carne e metal se ergueu mais uma vez de maneira automata como os imutaveis de outrora. 

Sanders na Voz de Herick : - Fique ciente de que faremos de tudo para conter as ameaças espalhadas pelo globo, temos muito para simplesmente jogarmos fora pela janela Morton. Tentaremos até o fim e você pode ajudar a manter este mundo a salvo. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por mitzrael em Qui Set 14, 2017 11:20 am

herick se espantava com tamanho controle que eles possuiam sobre seu corpo , Herick via agora que ele não passava de um fantoche nas maos daqueles cientitas loucos .

Voce disse mago ? e isso mesmo ? Adonnis ? sim creio que ele esteja morto eu sobrevevi por pouco .

façam tudo que poderem , sim ele é o lider tudo ta conectado a ele , ele é a cabeça da cobra derrubando ele tuda essa loucura terá um fim .

Voces tiveram alguma noticia de um vampiro chamado Viper? quero dar a morte final dele .

Twisted Evil Twisted Evil

avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 37
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Bad em Qui Set 14, 2017 3:26 pm

Tom ficou um tempo olhando aquela cena, aparentemente Aislin não tinha sofrido o mesmo que ele, o que o deixou mais confuso ainda, como algo tão potente so afetou sua mente ali naquele lugar, não tinha vontade de ir ate carl, purble ou dave... estava a pensar mas aproveitava para analisar a vampira a sua frente enquanto fazia isso...
Penso por um instante em tudo mas não conseguiu se decidir sobre nada... até que resolveu sair da sauna e ir em direção ao bar, la pelo menos tem bebidas, mas mesmo com a loucura da mulher se ele fosse visto, a conversa poderia fazer algum sentido e isso não seria muito legal.
Já estava alimentado, pelo jeito Aislin também, Esperaria fora da sauna quanto ela saísse iria aborda-la para conversar sobre o ocorrido, se ela sabia por que aqueles seres tão poderosos estavam despertando no mundo inteiro. E o que realmente nos esperava no porto, Tom não gostava de planejamento, isso era fato, mas também não precisava andar completamente a cegas sobre o que estava acontecendo, e isso o fez procurar respostar como quem mais poderia ter e estava ao seu alcance no momento.

Quando sair da sauna irar procurar um lugar tranquilo e dissipar a disciplina que o mantinha escondido, iria sentar pegar sua gaita e começar a tocar um som para relaxar, na entrada da sauna mesmo



Para não ser incomodado (ativa Presença 1), desta vez não tinha tanta vontade de agradas queria apenas aliviar sua tensão da situação enquanto esperava para conversar com Aislin
avatar
Bad

Data de inscrição : 22/03/2010
Idade : 25
Localização : Brasilia - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por No One em Sex Set 15, 2017 4:31 pm

No One ouvia atentamente ao que os demais diziam. Aparentemente, o plano da bela cainita era reagrupar-se em Nova York, procurando em seguido pelo auxílio de um Bispo chamado Altobello. No One tinha certeza de que não conhecia tal indivíduo, porém não deixava de achar aquele nome estranhamente familiar... Talvez ele já tivesse ouvido aquele nome em algum lugar, porém com uma memória perfeita (memória eidética) como a sua, era curioso que ele não lembrasse de onde.

O Tzimisce mencionava o evento como o início da tão esperada Gehenna. Era bom ver que alguns cainitas ainda acreditavam na filosofia principal do Sabá, embora suas visões não fossem nem de perto tão corretas como a da Mão Negra. Talvez aquele Tzimisce pudesse se tornar um aliado interessante no futuro. Contudo, No One ainda estava em dúvida quanto à veracidade do que o mesmo dizia. O Gangrel queria acreditar que a Gehenna havia chegado e que a Mão finalmente cumpriria o seu objetivo, como ele tanto ansiava, porém ele precisava de mais informações para avaliar se a Gehenna de fato havia chegado.

Por fim, Benetti concordava com o agrupamento, apesar de ainda não ter decidido se ir ou não para Nova York era uma boa ideia, principalmente levando em conta o histórico do Arcebispo Samus. Ele então dizia querer ouvir a opinião do "Sem nome", referindo-se a ele. Talvez uma apresentação mais adequada pudesse tornar as coisas mais amistosas entre os recém-conhecidos. Além do mais, a ajuda deles na busca ao Vallek Morton poderia ser útil.

-Eu não tenho verdadeiramente um nome, mas podem me chamar de No One. - Disse o Gangrel, saindo da mortalha e aparecendo para o público - Fui encarregado de investigar os acontecimentos recentes, visto que mesmo a nossa Regente ainda carece de informações sobre o fato. Muitos estão alarmados, suspeitando desde o retorno de Caim até ao despertar de um antidiluviano, porém ninguém tem certeza de nada. - Diz ele, fazendo uma breve pausa antes de voltar a falar - Foi-me repassada a informação de que um Malkaviano chamado Vallek Morton está relacionado de alguma forma a esses eventos, e encontrá-lo seria crucial para descobrirmos o que aconteceu. - Ele diz, olhando para cada um dos cainitas ali presentes - Esse é meu objetivo. Se estiverem interessados em me ajudar, então concordarei com esse agrupamento. Mas caso desejem meramente sobreviver à mercê desse caos, sem previsão do que lhes espera, preferirei seguir por conta própria.

Caso a resposta seja positiva por parte dos ali presentes, No One voltará a falar.

-Quanto a procurar o Bispo de New York, eu não tenho interesse em me submeter às vontades de um Bispo estrangeiro e desconhecido. Samus poderia ser uma opção mais viável, no entanto, ele também entrou em frenesi e destruiu quase todo o Sabá da cidade, não acredito que ele tenha retomado a consciência ou se algum dia a retomará. - Disse ele, avaliando a reação dos cainitas - Acredito que devamos seguir em busca de informações por conta própria, focando principalmente em descobrir o paradeiro de Vallek. Uma vez que tenhamos algo concreto, aí sim podemos pensar em buscar autoridades da seita.

[Caso seja necessário persuadi-los, pode realizar um teste de oratória: carisma+liderança+2 dados da qualidade líder nato]
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Bahamut em Sab Set 16, 2017 11:32 pm

Rugall estava de volta ao seu momento, porém de forma diferente. Agora o seu ápice vinha casado a flashes e video câmeras enquanto cumprimentava o governador.

Ao término da audiência Chris convida Rugall para um passeio de helicóptero e em seguir visitar sua residência. Rugall aceita o convite e pede para o governador que aguarde uns instantes para que ele busque Diana.

Rugall tem ressalvas em aceitar o convite, mas não hesitou. A posição de Christie nessa situação e o nível de esclarecimento dele com relação aos membros é uma incógnita para Rugall e ele não quer colocar a prova nada disso. Pior ainda, levar Diana a um ambiente ignorante à sua condição, pode ser muito perigoso.

Ao entrar na sala, Rugall vai de encontro direto com Diana e a abraça fortemente.

Rugall: - Fico muito feliz em ver que você está melhor. Eu não tive escolha com relação a você.

Diana: - Eu... Me desculpe meu amor.

Rugall: - Calma meu amor. Você ainda é uma criança nessa sua vida nova. Veja só, a audiência foi um sucesso!

Diana: - Eu houvi meu amor! Você foi fantástico, como sempre! Eu te amo demais! Olhe, o Juiz Bredley nos concedeu uma mansão para ficarmos enquanto o salão é reformado! Não é maravilhoso?

Rugall: - As coisas estão voltando a ser boas para nós. Vai ser bom ter um conforto extra mais uma vez. Acho que você merece um banho em uma jacuzzi.

Diana abre um sorriso que a tempos Rugall não conseguia enchergar. Um sorriso cheio de doçura que adorna e contrasta as feições da séria mulher profissional que serve os propósitos de seu senhor. Mas ainda assim, mesmo que imperceptível para os outros, Rugall encherga no sorriso uma mancha, uma mácula, algo que irá combater aquele sorriso pelo resto da existência. Algo que muito provavelmente irá consumir não só aquele sorriso, mas tudo o que a bela mulher tinha de bom e inocente, transformando-a em uma criatura predatória, assassina, fria e calculista. Ele mesmo havia mudado e embora ele saiba que em partes isso será essencial para a sobrevivência dela, não deixa de sentir uma certa tristeza pelo que a espera.

Rugall: - Venha! A noite ainda não terminou. Vamos de helicóptero até a residência de Christie e desta vez não sairei do seu lado.
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Undead Freak em Dom Set 17, 2017 12:49 am

-- Você não tem muito tempo Morton. As decisões estão muito acima da minha jurisprudência. As cinco convenções estão reunidas na Europa para tomar uma decisão final sobre a situação atual do globo e eles falam desde viagem temporal até destruição em massa do planeta terra em ordem de um novo seguimento de vida em outro planeta. As coisas só vão piorar e não é me torando uma criatura em um corpo morto que vai me ajudar a resolver os problemas. Você tem habilidades incríveis mas...Preciso do seu sangue cada vez mais...Ahhggg...

As reações de Sanders não mudavam. O meu sangue o perturbava. A falta dele ainda mais. A mentalidade dele também não mudava. Ainda era só um mortal jogando do lado da lei, da ética e da moral. Eu não consigo ver um sujeito desses no Sabá, se é que ainda vai existir Sabá depois de tudo isso.

-- Jurisprudência? Você está se detendo por causa de... jurisprudência?


Eu deveria ter rido, mas na verdade eu soltei um suspiro de decepção.

-- Humano demasiadamente humano, não é? Se for o caso, eu mato todos esses idiotas e você se torna o senhor supremo dos nerds da robótica. Você não está entendendo, Sanders. Você não está lidando com um zé ruela qualquer que ganhou presas a três noites atrás. Você está lidando com um ser que, literalmente, caminha nessas terras desde antes do dilúvio.

Eu olhei para Elizie por um momento, ainda adormecida em meus braços. Ela tinha um rosto tão lindo... e era ainda mais lindo quando estava assim, sereno, adormecido, sem nenhuma preocupação no semblante. Nesse instante me preocupei com ela, pois era evidente que eu estava amando-a mais do que qualquer coisa que já amei em vida ou em morte.

-- Você acha mesmo que ele não sabe o que vocês estão planejando? Você não acha mesmo que ele vê e ouve tudo o que está acontecendo, e que ele vai se adiantar para estar um passo a frente de vocês? Eu nunca fiz isso antes, Sanders, mas a verdade é que eu estou falando isso pelo seu bem. Pare com essa palhaçada de Nova Ordem Mundial, ou ele vai matar todos vocês. Ele pode fazer isso somente imaginando isso. Está vendo os meus olhos? Bastou eu mentalizar para isso acontecer. Se o meu poder mental está assim por cauda do despertar do pai, imagina o que ele pode fazer.

Sanders era um gênio, mas quando se tratava de ter bom senso era um completo idiota. Eu sinto que estou falando com uma parede, mas ao menos fiz a minha parte de alertá-lo.

-- Entenda, Sanders: ele controla o físico e o astral. Ele é um dos treze; e se os demais acordarem, tudo isso aqui vai acabar antes das suas preciosas bombas. Não seja burro e venha para o lado vencedor. Venha para o nosso lado. Malkav cuida dos seus filhos.
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Fuuma Monou em Dom Set 17, 2017 2:32 pm

Ainda do lado de fora da Mortalha, espero pela resposta de Lars quando algo que eu não esperava acontece. O próprio "Sem nome" resolve sair das sombras e apresentar-se de forma mais amigável, talvez seja consequência do aumento no tamanho do grupo, ou simplesmente ele viu que essa seria uma melhor forma de chegar ao seu objetivo. Independente de sua motivação, ele resolve afastar-se da Mortalha e, em um primeiro momento, resolve unir-se ao grupo para traçar os próximos passos.

No One escreveu:Eu não tenho verdadeiramente um nome, mas podem me chamar de No One.

"- Ele ainda tem receio de informar seu nome, ou então é mais uma dessas criaturas que sofreram lavagem cerebral ao ser trazido para o Sabá, assim como os Brothers... embora este seja um membro e bastante forte... é algo a se pensar..." - Penso enquanto o ouço falar e avalio suas palavras e comportamentos (Empatia).

No One escreveu:Fui encarregado de investigar os acontecimentos recentes, visto que mesmo a nossa Regente ainda carece de informações sobre o fato.

"- De quem ele está falando? Ele não tem como conhecer e estar sob ordens diretas da Regente do Sabá..." - Agora é que estou mais desconfiado de tudo o que sai de sua boca. Se fosse verdade, ele deve ser alguém muito importante dentro da Seita. Mas o que um cainita assim estaria fazendo aqui? Cada movimento de seu corpo, as expressões faciais.. tudo. Estou o avaliando enquanto fala. Assim que termina, respondo:

- Certo, mas antes de lhe responder qualquer coisa gostaria de ouvir as palavras de minha companheira sobre este Bispo Altobello. Fiquei realmente intrigado sobre a possibilidade de um Bispo que vive na cidade que Samus pretendia conquistar conseguir auxiliar o Sabá... Afinal, ela disse que já o conheceu. - Volto-me à Lars e espero por sua resposta, mas sem parar de prestar atenção nas ações de No One (Percepção). Assim que a Gangrel terminar de falar, volto minha atenção ao outro Gangrel. - Primeiramente, diga-me uma coisa. Você comentou sobre estar a serviço de alguém... quem seria este? - Espero que ele me responda. Aquilo sobre uma 'regente' realmente me deixou inquieto. - Como disse anteriormente, acreditamos que Vallek possa estar envolvido com o que aconteceu nesta noite, mas como você espera encontrá-lo? E quando o encontrar, qual o seu objetivo final?

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 28
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night – Cultos a Gehenna

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum