London by Night - The Isle of Fruit Trees

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: London by Night - The Isle of Fruit Trees

Mensagem por Guidim em Seg Mar 06, 2017 11:40 am

Receosa, eu cruzava o salão e suas respectivas medidas de segurança, tentava imaginar quantos esforços seriam necessários para manter a ordem num elísio daquela magnitude, quais foram os meios que Dee e seus antecessores adotaram para erguer tal império, logo eu me pegava pensando como seria um mundo onde não mais precisássemos nos aproveitar das fraqueza dos mortais e nos esconder dos mesmos, sendo eles tão fracos e cheios de fé, o que devemos temer?..

O Elevador rasgava as estranhas daquele edifício imenso enquanto nos revelava uma nuance de criações que colidiam numa só paisagem, As criações de Deus, as estrelas a lua e o horizonte infinito, e as criações de seus próprios filhos feitos á sua própria imagem... as criações destes últimos, tão engenhosas e tão ausentes de vida.

"Acho que não mencionei, porém sua introdução será com a senescal Lady Anne, com os acontecimentos recentes o príncipe está atarefado demais para receber cada neófito que cruza seus domínios."

As palavras da vassala rompia meus pensamentos desagradavelmente... Eu ainda mantinha a serenidade em meu olhar perdido e consentia com a cabeça mostrando sinal de positivo... minha resposta poderia ser tão vaga quanto a mente daquela vassala, mas a compreensão foi recíproca.

Enfim ao final da escala um salão era me revelado, confesso estar muito bem habituada com este ambiente, apesar de ainda ser considerada uma criança da noite, a recente convivência com meus pares me trouxe novas revelações e um diferente modo de ver minha jornada aqui neste mundo, e confesso me sentir muito á vontade dentre eles.

Lady Anne escreveu:"Sente-se por favor, me diga o que veio fazer em Londres, nossa humilde morada, e se apresente. Me fale de quem advém, e qual sua linhagem."

A voz daquela vampira soava mais doce que o som de Sinatra que decorava os ares, sua beleza engrandecia o ambiente e preenchia meus ouvidos... Tanta beleza... e apenas pena eu sentia dela, suas palavras belas eram tão vazias quanto á alma da vassala que á pouco havia me atendido, eu sentia o ar de descaso mesclado com cansaço, franzia meu cenho em sinal de empatia e com uma singela reverência de respeito dava minha graça.

-Malika de Los Anjos, venho de Nova Yorke representar minha senhora revelada á mim como Carmem Von Jour, Malkavianas e estudiosas da Gehenna...

Minha ultima palavra saía sussurrada quase calada, eu pressentia que o deboche estava prestes a tomar conta daquela minha apresentação, normalmente eles debocham de tal assunto, seria compreensível, apenas Deus ou algo maior poderia ter pena da ignorância e ceticismos de meus alheios, eu não os julgariam pois a ignorância é uma dádiva cedido á poucos.

Esperaria qualquer reação que Srta. Anne tivesse e completaria com meus objetivos á cidade, ela já estava cansada demais e não gostaria de alongar a conversa.

-Chego á vosso domínio para tratar de assuntos pertinente á nossa seita e que possam contribuir com a jornada de pesquisas de minha senhora, Vislumbrar as teias que tecem o mundo em era de caos é um dom que me assombra desde mortal... se tiveres pistas ou algum interesse á compartilhar comigo, serei muito grata... Creio que posso contribuir com o caso do sumiço do artefato, de um ponto visto muito além de apenas "PROCURE O QUEIJO E TRAGA DE VOLTA AO RATO" - Falo em tom sarcástico imitando os estados catatônicos dos vassalos autômatos que me atenderam no saguão do edifício... Não julgue-me como os demais 'buchas de canhões" que serão enviadas para a odisseia de busca, que farei o possível para que verdade seja revelada ao merecedores.

Apesar da tentativa cômica em minha frase, meu tom era firme e respeitoso. Ao passo que desenrolava meu discurso, eu esfregava incansavelmente minhas mãos em minha testa e pulsos, na tentativa de detectar ao menor sinal que fosse as manifestações involuntárias de meus estigmas, poderia parecer um tique-nervoso, mas era prudente, apesar de ser um dom divino a mim concedido, normalmente não são bem vistos ou as vezes mal interpretados pelos mais antigos, e confesso que em momentos de tensão e provações, sempre sinto-me mais vulnerável e exposta.
avatar
Guidim

Data de inscrição : 31/08/2010
Idade : 28
Localização : Diadema

http://www.twitter.com/fe_orlando

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: London by Night - The Isle of Fruit Trees

Mensagem por John Dalloe em Seg Mar 06, 2017 11:18 pm

Tom Halley
PV 11/14
FdV 5/5
Dia 3 - A Chegada  

Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

Rolagem:

"Há um guarda volumes aqui na antessala, deve se certificar de deixar todo e qualquer item de metal também." Responde a atendente que ira lhe acompanhar, aparentemente ninguém anda pelo elísio sozinho até que já tenha obtido algum grau de status dentro da seita e da camarilla de Londres. Quanto a suas feições físicas, ela é uma bela jovem de uns 23 anos de idade.



[... se Tom guardar todos os itens]

"Siga-me agora, senhor. Lhe levarei ao local das apresentações, o príncipe John Dee está meio indisposto assim a senescal Lady Anne lhe guiará por esse afazer". Enquanto fala isto Tom Haller olha profundamente em seus olhos e percebe que ali está um autômato, uma mulher treinada pela dominação para executar uma tarefa e nada mais, sua individualidade e personalidade não existem, e ali na sala como ela há outras idênticas. não de aparência, mas de sina.

Ela lhe guia para um elevador que dá visão para as partes de fora do Elísio, é uma visão magnífica o céu estrelado e ao longe até se pode ver a icônica roda gigante de Londres. Ali ele adentra um andar que parece um restaurante, ao fundo toca Frank Sinatra, ele acompanha a mulher e vê de saida uma jovem negra e percebe que ela como ele é do clã malkaviano, a rede malkaviana as vezes permite essa fácil identificação entre seus membros.

Ali numa mesa ele vê uma mulher toda elegante, desde suas vestes até seu modo de se portar indicam que ela é da nobreza.



"Sente-se por favor, me diga o que veio fazer em Londres, nossa humilde morada, e se apresente. Me fale de quem advém, e qual sua linhagem." Fala a vampira num tom de quem repetiu a mesma linha umas 10 vezes somente essa noite.

avatar
John Dalloe

Data de inscrição : 20/07/2016
Idade : 35
Localização : New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: London by Night - The Isle of Fruit Trees

Mensagem por Bad em Qui Mar 09, 2017 9:26 am

Tom segue as instruções sem dificuldades. até o salão... fica boquiaberto com o nivel do local mesmo sem falar nada suas expressões de surpresa são claras. Ao ver que uma companhaeira de sangue e loucura acabou de deixar o lugar a preocupação de tom fica clara em sua mudança de expressão apra um tom mais serio.

* Droga, porque logo apos uma companheira, o que será que ela ja disse lá. Terei que improvisar.*

Ao ouvir a Lady falando, aquela frase automatica como se tivessse ali apenas por formalidades...

- Boa noite, Lady anna certo ?... Tom faz uma pausa para analisar as expressões de Lady ... - Imagino que deva estar cansada, Vou ser sucinto. Sou cria de Antony, apesar de não saber o que ele faz por agora. Malkavian. Sinceramente eu sou vim aqui por causa dos rumores, parecida divertido, conhecer uma nova cidade, de quebra ainda ter chances de conseguir um favor do principe... Tom da uma risada... - Mas agora vendo a Lady anna realmente entedo o motivo de estar aqui. Em que essa beleza quer que eu seja util ?
Nesse momento tom faz uma reverencia e demostra respeito e total atenção para qualquer que seja a resposta de Lady.
avatar
Bad

Data de inscrição : 22/03/2010
Idade : 25
Localização : Brasilia - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: London by Night - The Isle of Fruit Trees

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum