Les Bons Temps - Parte 2.0

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qui Jan 05, 2017 12:27 pm

 Les Bons Temps


Jogadores
- Anahí Iosifescu (Inativo)
- Matt (Inativo)
- Brian J. Fischer (Inativo)
- Nicole Montäk
- Maverick Viper
- Stanislav Nottinghan
- Martin Svart


No ciclo anterior....

A cidade estava passando por alguns eventos incomuns. Em meio a explosões, alguns roubos e sequestros, dois vampiros parecem ter ligações com tudo na cidade: Jean e Quinn.
Um humano,Logan, que trabalhava para o Arcano vêm à cidade e através de uma armação, alia-se aos vampiros.
Logan, a pedido do xerife tenta investigar e descobrir até onde Jean e Quinn estão envolvidos,  mas é atacado na fábrica de Jean e morto a caminho da de Quinn. Sua namorada foi sequestrada e ele morreu antes de encontra-la. Pobre Clairy...
O vampiro Stanislav que também foi atraído a cidade acabou desaparecendo na noite a caminho do Elisium. Mesmo com a ajuda da loja Maalia, simplesmente desapareceu na noite.
Uma nova vampira, Alexia, muda-se também para a cidade com sua mentora em busca de aliados.

Atualmente...

Parece que o poder dos vampiros que controlavam a cidade estava ameaçado com o sequestro de Clairy. Tudo estava uma grande bagunça e outras raças sobrenaturais iam criando espaço e confusão...


Última edição por Askalians em Dom Mar 12, 2017 6:08 pm, editado 33 vez(es)
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qui Jan 05, 2017 12:27 pm

 Os Vampiros da Cidade




Os vampiros na cidade se comportam de uma maneira diferente dos outros. Existem regras especificas da cidade que, por exemplo, não permitem que humano seja morto e nem usar como alimento.

A maioria dos vampiros, não importando o clã, são obrigados por lei a conseguir sua fonte de alimento no banco de sangue da cidade, fazendo com que humanos não sejam feridos em hipótese alguma. Os humanos são incentivados a fazerem doações de sangue todo o mês em troca de dinheiro como politica do governo da cidade e os vampiros compram o sangue legalmente. Isso faz com que praticamente não existam mendigos na cidade e todos humanos
podem conseguir uma renda extra ajudando inclusive a diminuir o índice de pobreza da região. Todo vampiro que for acusado e pego consumindo sangue por outros meios será punido. Salvo em caso de união estável das partes.

Toda essa forma de organização evita problemas com humanos e até mesmo bruxas e lobisomens. Assim todas as raças podem conviver com harmonia e respeito. Esse era o antigo lema da cidade imposto pela regente Claudia. Com sua morte/possível assassinato, tudo ficou um pouco estremecido e vampiros mais jovens e brutais puderam ver uma brecha para matar sem ser punidos.


Última edição por Askalians em Sab Jan 07, 2017 9:21 pm, editado 4 vez(es)
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qui Jan 05, 2017 12:27 pm

 Personagens





































Última edição por Askalians em Dom Jan 08, 2017 12:04 pm, editado 6 vez(es)
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qui Jan 05, 2017 1:23 pm

Espaço reservado para informações extras!


Última edição por Askalians em Dom Jan 08, 2017 12:12 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Sab Jan 07, 2017 10:37 pm

Off: Os jogadores podem fazer já suas introduções chegando na cidade e fazendo o primeiro movimento dentro da cidade.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Marii-Tsuki em Dom Jan 08, 2017 1:39 am

Três noites atrás, seu Sire Alarick foi à câmara que Nikky usava como refúgio e anunciara que seu treinamento finalmente acabara e que estava na hora do teste final: sobreviver sozinha. Ele então lhe dissera para passar umas semanas fora da cidade em que viviam, porém, acrescentara, era para Nikky retornar após esse período, pois ainda tinha tarefas para ela.

As palavras de seu Sire deixaram Nikky em conflito. Ao mesmo em que causavam ansiedade e uma sensação de vazio pensar em passar tanto tempo longe de Alarick, a Nosferatu também se alegrava ao perceber a oportunidade de aumentar sua procura para quebrar o Laço de Sangue. Já pesquisara bastante a respeito na internet, porém o conhecimento que ela poderia obter online era restrito. Ela não desperdiçaria essa chance. Lera, há pouco tempo, sobre um grupo de bruxas que conheciam um ritual para romper Laços de Sangue então resolveu começar indo até lá.

Os preparativos foram feitos rapidamente. Contatou Peter, o mortal com quem mantinha mais contato atualmente e que lhe devia alguns favores, e pediu para ele lhe alugar a minivan. No veículo, guardou os suprimentos, seu computador portátil e outros itens que poderia precisar e fez um pequeno ninho para Stuart, seu Jacaré albino com alguns tecidos velhos. Depois partiu para a estrada.

Agora, Nikky conduz a mini van alugada pelas ruas noturnas de New Orleans, tendo acabado de chegar à cidade. Sob todas as peças de roupa que veste para esconder suas horrendas feições de possíveis curiosos, o que incluí um gorro, óculos escuros e uma máscara cirúrgica, quase vibra de animação. Os longos dedos enrugados agarram com força o volante enquanto em sua mente já traçava seu curso de ação. Primeiro, iria para a periferia da cidade, procurando uma entrada grande e discreta para descer aos esgotos, onde pretende estabelecer seu refúgio. Depois, se apresentaria ao príncipe e então partiria a procura daquelas bruxas.
avatar
Marii-Tsuki

Data de inscrição : 17/12/2016
Idade : 22
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Seg Jan 09, 2017 12:24 am

Nicole Montäk
PB: 14/14
FV: 05/05

Chegou finalmente à periferia da cidade depois de dirigir mais alguns minutos. A periferia era um local com casa um pouco mais populares do que o resto da cidade, onde parecia ser a moradia daqueles que um dia foram escravos de senhores feudais em épocas menos ilustres da história.

Para localizar onde estariam os esgotos, ela dirige seguindo algo que parecia ser um córrego que dividia o local em dois lados. Depois de mais alguns instantes, em um local que parecia ser mais afastado e totalmente recluso, não conseguia mais prosseguir dirigindo, a menos que fosse pelas águas do córrego. Mais alguns minutos e ela chegou ao que parecia o lugar:



Para que não houvessem deslizamentos, paredes de pedra foram construídas de ambos os lados para segurar a abertura do local. Não haviam casas alí perto, apenas uma vegetação um pouco fechada, mas nada muito alto e que fosse impossível de chegar.

avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Marii-Tsuki em Seg Jan 09, 2017 4:15 am

Ao encontrar a entrada que procurava, Nikky retorce sua boca em um pequeno sorriso triunfante por baixo da máscara. Ela pára no ponto mais próximo que consegue fazer a minivan chegar e desliga o motor. Depois sai desce do carro e olha em volta. Notando a falta de habitações, a Nosferatu dá a volta e abre a traseira do veículo. Nikky encara seu jacaré albino nos olhos e abaixa sua máscara.

- Chegamos, Stuart. Pode ir na frente verificar o túnel para mim?

Stuart dá um grunhido e move-se rapidamente para descer da minivan, passando por ela e desaparecendo dentro do túnel. Sozinha agora, Nikky recolhe sua mala de dentro da minivan e a fecha novamente, jogando as chaves por dentro da janela aberta do motorista. Abandonaria o veículo ali mesmo. Em poucos dias, ou horas, alguém o encontraria e explicações seriam exigidas, mas aquilo era problema de Peter. Se fosse esperto, e achava que ele era pelo que conhecia do mortal, o homem simplesmente diria que a minivan foi roubada, sem mais problemas.

Nikky caminha até a entrada e espera por algum sinal de Stuart de que o túnel estava limpo para entrar.
avatar
Marii-Tsuki

Data de inscrição : 17/12/2016
Idade : 22
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Seg Jan 09, 2017 6:42 pm

Nicole Montäk
PB: 14/14
FV: 05/05

Nicole parou o carro, estacionou e abandonou as chaves dentro do veículo perto da entrada para os esgotos enquanto seu fiel amigo Stuart ia correndo verificar o interior daquele local, como Nicole havia pedido.

Os minutos se passavam e não havia sinal algum do bixinho, já que deveria pelo menos indicar se o lugar estava limpo. Parecia que tinha sumido, mas o que poderia ter acontecido ao animal, afinal era um jacaré. Quais perigos os esgotos poderiam oferecer à um jacaré?

Nicole então estava parada frente a frente com a entrada dos esgotos. O que faria então agora que se via sozinha no local? O vento daquela noite começava a aumentar sua velocidade e estava ficando mais e mais gelado, indicando que a noite começava a avançar. As árvores e a vegetação balançavam com o movimento vento e faziam barulho como tal. Ao fundo, um longo uivo se ouvia cortando a noite em New Orleans...


avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Anahí Iosifescu em Ter Jan 10, 2017 8:54 am



Seu mentor, Louis Cypher, havia sugerido que Anahí passasse um tempo em Nova Orleáns, descansando e espairecendo.

"Cypher não faz sugestões. Por que motivo ele me pediria para vir a essa cidade repulsiva e repugnante, abandonada e esquecida por Deus?! Testar e desafiar os tênues limites da minha parca e escassa paciência?! Que propósito diabólico se esconde por trás dos seus desígnios inefáveis, Cypher? Suas palavras o cercam como uma névoa e o tornam irritante e insuportavelmente indecifrável."

Essa era a primeira vez que Anahí se lembrava de ter sido enviada a algum lugar sem um objetivo claro e específico - mas ela não era famosa por sua memória prodigiosa - de qualquer forma, duvidar e questionar Cypher era uma briga que não era sábio comprar, não se ela quisesse ver novamente a luz da Lua na noite seguinte.

"Mamíferos petulantes, pedantes e presunçosos."

Chegando à cidade Anahí dirigiu procurando algum lugar no qual pudesse se hospedar.

"O ar que os mamíferos respiram, pestilento, putrefato e virulento, irreversivelmente contaminado pela sua infinita e imensurável alienação. Como ousam se reservar o luxo e a audácia, o atrevimento de comemorar e festejar? O que celebram enquanto Eu caminho livremente, reclamando o usufruto do livre-arbítrio concedido a mim pelas mãos generosas de Deus? Enquanto a Morte espreita sorrateira e traiçoeira em cada esquina? Sua alegria é vazia, uma ofensa e um insulto à minha inteligência - fere meus olhos. Como se atrevem a invocar de forma negligente, arbitrária e leviana palavras de felicidade e de luz se não conhecem as profundezas desoladoras da escuridão? Como seus espíritos podem estar em paz se não conhecem as atrocidades da guerra? Como podem contemplar a verdadeira beleza se não conhecem a vituperação do verdadeiro horror?"

Anahí apenas esperava encontrar logo algum lugar para se hospedar - qualquer cabeça de porco - e sair o quanto antes daquelas ruas imundas.

"Pagãos ignorantes, merecem continuar chafurdando na miséria das suas existências insignificantes. Poderia apresentar a vocês o Diabo, e libertar a agonia do som de lágrimas e ranger de dentes dos 9 círculos do Inferno, mas seus espíritos não estão, e nunca estarão, preparados para conhecer a grandiosidade - não merecem o meu Amor - não merecem a honra e o privilégio de servir a mim. Merecem sofrer uma vida inteira de ilusões, sem enxergar 1 palmo diante dos seus olhos, ao invés de conhecer a terna e afetuosa Face de Deus, espiar seus pecados e exorcizar seus demônios com uma morte piedosa e misericordiosa."

A simples menção de permanecer naquela cidade, à mercê do tédio e do ócio, a inquietava - a ideia da pavorosa ignorância da companhia dos mortais a perturbava e enojava.

- Escória impura...!

Os humanos deveriam ser gratos por Anahí expressar o desprezo, o asco e a ojeriza que sente por eles com apenas 2 palavras de interjeição - jamais conhecerão a dimensão e a extensão da Sorte que os assistiu durante aquela noite.
avatar
Anahí Iosifescu

Data de inscrição : 27/12/2016
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Dylan Dog em Ter Jan 10, 2017 10:15 am


A moto seguia na frente do furgão branco com decalques de uma lavanderia fictícia. Brian estava pensativo, não pelo o que Janine disse sobre New Orleans, mas pela sua constante sensação de vazio.

Já faz mais de ano que eu entrei pra essa vida e algo ainda não se encaixa. Armaram pra mim, mas eu me sinto responsável por aqueles assassinatos, ainda mais depois de Vegas. Como eu pude ser tão frio? Realmente parece natural pra mim tirar a vida de alguém, mas não deveria.
Sinto como se algo nisso tudo nçao se encaixasse e o rosto daquela mulher vem a minha mente e um ódio repentino me toma. Me sinto traído, mas nem sei como nem o motivo e nem sei quem é ela.
Se não fosse por ela eu não estaria nessa vida, eu seria normal, disso que tenho certeza.


A casa fica na periferia da cidade. Um casarão de veraneio alugado por baixo custo por ficar ao lado de um cemitário, a moto e o furgão poderiam ficar bem ocultos. Todavia essa noite era de diversão, chegamos na cidade e era hora da Street Dogs se interar dos nativos e talvez arrumar um trabalho. Janine disse que a cidade tinha um clima festivo que mascarava algo pesado, sinceramente eu não entendi.
eu não beberia nada alcoolico naquela noite, ficaria só na coca-cola enquanto os rapazaes se divertiam, por óbvio eu dirigia o furgão.
Paramos próximos à um bar na downtown, a rua não era das mais bem frequentadas, era o tipo de lugar de gente como a gente se divertir e fazer negócios. Na cintura eu levava minha 9mm e do outro lado a minha faca, kit básico de sobrevivência nesse mundo.

- Hey, sem arrumar confusão, vou colher informações e ver se arrumo trampo, vocês se comportem! - disse Brian antes de entrar no bar. Ao entrar no local, Brian olhava ao redor para identificar quem eram as pessoas ali com negócios escusos, um traficante ou um cafetão? Talvez uma prostituta?
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Ter Jan 10, 2017 10:28 pm

Anahí Iosifescu
PB: 15/15
FV: 06/06

A garota não parecia estar nem um pouco feliz em ter sido mandada para aquela cidade. Não gostava da convivência com os humanos que a máscara a obrigava a ter, nem o fato de respirar o mesmo ar que eles e até mesmo estar na presença de humanos. Desprezava tudo isso, mas naquele momento precisava encontrar algum lugar para se hospedar, mas seria seguro o bastante para suas condições imortais? Provavelmente não.

Por onde andava nas ruas, atraia a atenção de homens bêbados que a olhavam de cima a baixo, assobiavam e faziam gestos obscenos ao verem Anahí. estava na Bourbon Street e o que não acharia alí seria habitação, apenas bares, prostíbulos e clubes noturnos que estavam abertos naquele horário.

Quase chegando ao final da Bourbon Street, viu que uma ruazinha perpendicular cortava ela e no final havia uma curiosa habitação para aquele lugar...


avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Ter Jan 10, 2017 11:06 pm

Brian James Fischer
Humano, Ex-Carniçal
FV: 06/06

Finalmente Brian havia chegado na cidade. Tinha saído de Vegas e o caminho foi longo, mas por mais longo que tenha sido, não precisava se ocupar com habitação, pois já possuía um lugar, por mais afastado que fosse da cidade, mas pelo menos era um lugar, ao lado do cemitério de New Orleans. Pela localização seria fácil achar e se esconder por alí também.



A noite já ia alta, por mais que tivesse planos de procurar um emprego na cidade, não seria possível naquelas horas, a menos que seu interesse fosse trabalhar a noite como garçom e barman em algum bar ou clube da Bourbon Street. Talvez isso fosse fácil até para se misturar com as pessoas e descobrir quem sabe o que poderia estar atrás do clima festivo da cidade.

Não estava sozinho, mas com alguns outros homens em uma espécie de furgão que seguia sua moto. No caminho acabaram parendo em um bar. Brian pediu uma coca-cola enquanto os outros rapazes se afogavam em cerveja, tequila e outra bebidas e se jogavam em um dos cantos perto do palco, já que o lugar devia ter apenas umas 10 pessoas.

Estava carregando algumas armas na cintura disfarçadas com as roupas que usava. Não estava no velho oeste então não seria bem visto pelas pessoas se aquelas armas fossem notadas, por mais que fossem apenas uma faca e uma 9mm. Todo cuidado era pouco...

Era um bar como outro qualquer, as havia um pequeno palco onde uma mulher fazia uma pole dance para distrair os homens que lá estavam.

O barman, atrás do balcão traz finalmente a coca de Brian e questiona:

- Posso lhe trazer mais alguma coisa rapaz?
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Anahí Iosifescu em Ter Jan 10, 2017 11:12 pm



Provavelmente Anahí jamais se acostumaria às reações que despertava nos homens.

"A maldade está nos olhos de quem vê, se tudo o que enxergam em mim é um pedaço de carne na qual podem saciar sua luxúria deveriam ter seus olhos arrancados das suas faces - vocês não os merecem - vocês não querem testar na carne uns dos outros quem tem o veneno mais forte - vocês não merecem a Paz e o descanso da Morte, merecem continuar sofrendo e mastigando os pregos das suas vidas miseráveis."

Cansada da pobreza espiritual daquele lugar Anahí continuou caminhando para longe, e para sua surpresa encontrou um lugar excêntrico, que a agradou de uma forma singular.

"♪ Era uma casa / muito engraçada / não tinha teto / não tinha nada... ♪"

Anahí se aproximou discretamente, e caminhou com cuidado e cautela em direção à casa, observando se havia sinal de moradores, ou qualquer sinal que poderia indicar que seria uma péssima ideia entrar, conforme observava se aproximava, procurando mais indícios, sondando através da escuridão das janelas repletas de pó e tentando ouvir através da madeira da porta antiga, repleta de fendas e fissuras...
avatar
Anahí Iosifescu

Data de inscrição : 27/12/2016
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Ter Jan 10, 2017 11:44 pm

Anahí Iosifescu
PB: 15/15
FV: 06/06

Longe dos olhares masculinos que tanto a incomodavam, ela poderia observar o local. Por fora parecia ter o tamanho ideal para no máximo duas pessoas viverem, mas era necessário avaliar o seu interior.

Pelo que a garota podia avaliar, a casa estava completamente vazia se não pelos ratos e insetos que haviam feito do lugar um refúgio também, mas era melhor ver de perto.

Caminhando com cautela, a garota então foi se aproximando da porta de entrada, que estava quase que caindo ao seus pés e entrou.

O lugar estava sujo, os vidros quebrados, portas com dobradiças meio estouradas, madeiras meio apodrecidas... qualquer um poderia entrar no lugar e tomar posse se não se importasse com essas pequenas coisas. Apesar disso, o lugar era bem espaçoso, com sala, 2 quartos, cozinha e banheiro. Não havia nenhum tipo de porão, mas um pequeno sótão, onde apenas um anão conseguiria entrar.
Caso ela decida ficar, precisaria dar um jeito com relação aos hóspedes e os vidros quebrados.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Anahí Iosifescu em Qua Jan 11, 2017 12:06 am



"Esse deve ser o pior lugar entre todos os piores lugares que há no Mundo - deve ser um sinal - você foi escolhido."

Anahí não se importa com luxo e conforto - a Vida não é um Resort de férias. Então ela procura o quarto mais inacessível do local, onde faria seu leito, e recolhe todos os materiais que pode encontrar a fim de bloquear as entradas. Uma vez tendo escolhido o cômodo mais esguio e tendo recolhido todos os materiais que pôde, e posicionado-os perto da porta, ela considera se já é suficiente - caso considere que suas provisões bastem Anahi pensa em voltar à rua e ir ainda essa noite se apresentar ao Príncipe - embora ficar naquele lugar fazendo companhia aos ratos e às baratas pareça muito tentador ela prefere observar os protocolos da Camarilla.

Retornar à rua desperta nela uma aflição antecipada - dessa vez ela pegaria um táxi, e procuraria pelo lugar onde ela mesma escolheria passar a noite - com sorte outro cainita teria pensado da mesma forma e estaria lá, esperando por ela para apresentar os segredos ocultos de Nova Orleans.
avatar
Anahí Iosifescu

Data de inscrição : 27/12/2016
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Marii-Tsuki em Qua Jan 11, 2017 1:34 am

A demora de Stuart começa a agitar Nikky. O réptil já deveria ter voltado. Alguma coisa devia estar errada.

Ao longe, a Nosferatu ouve um uivo e retorce seus traços em uma careta ainda mais horrenda. Havia ouvido boatos que as raças sobrenaturais conviviam em harmonia em New Orleans, mas ainda assim não deseja encontrar com algum lobisomem. Seu Sire lhe contara histórias a respeito de sua ferocidade e violência. E de como odiavam vampiros.

Nikky dá um passo em direção à entrada dos esgotos, ajeitando sua mochila nos ombros e se concentrando novamente. Não é a hora de distrações. Stuart poderia estar com problemas.

Aguçando seus sentidos, Nikky avança cautelosamente. Apesar da água que cobria o chão, esforça-se para não fazer barulho enquanto procura por algum sinal de outra presença nos esgotos, principalmente de seu jacaré.
avatar
Marii-Tsuki

Data de inscrição : 17/12/2016
Idade : 22
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qua Jan 11, 2017 10:31 pm

Anahí Iosifescu
PB: 15/15
FV: 06/06

Dos dois quartos que estavam disponíveis na casa, havia um que a porta estava mais inteira e poderia ser bloqueada, porém também tinha janelas com o outro, mas eram menores e na posição em que estavam, parecia que não iria pegar sol durante o dia, apenas claridade.

Depois da escolha do quarto, parecia que a sorte começava a ficar um pouco mais do lado da garota, então ela resolve juntar os pedaços de madeira apodrecidos que podia encontrar nos outros cômodos para encobrir as janelas e criar uma espécie de trava para a porta do local. Travar a porta seria a tarefa mais difícil, porém poderia conseguir tampar bem as janelas. Com todos os materiais reunidos, ela vola à rua. Iria se preocupar com sua segurança mais tarde, pois era hora de seguir certos protocolos da Camarilla e deveria se apresentar ao príncipe.

De volta à rua, resolveu que pegaria um táxi para algum lugar, mas para onde iria? como iria se apresentar ao príncipe que não sabia onde se encontrava?
O táxi não passou logo de imediato, com o horário da noite, o que demoraria tempo o bastante para que ela pudesse pensar no que fazer.

O movimento na rua estava pouco, porém ele existia e por mais que isso a incomodasse, um grupo de 2 rapazes se aproxima dela:

- Olá gatinha... esperando alguém!? Quer companhia!?
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Anahí Iosifescu em Qua Jan 11, 2017 11:01 pm



Anahí estava procurando um táxi, sem desejar o mal de ninguém, sem falar mal de ninguém, e então sua tranquilidade é perturbada por dois pedaços de excremento ignorantes e hereges - Anahí não desperdiçaria seu Inglês bem falado respondendo a eles.

Os acontecimentos da noite até então, embora desagradáveis, não haviam sido suficientes para ferir seu humor, mas essas duas criaturas simplórias e medíocres a ofenderam e a insultaram se reservando o luxo de pensar que poderiam falar com Anahí - inaceitável - imperdoável - Anahí olha nos olhos do garoto que lhe havia dirigido a palavra e invoca das profundezas pantanosas da sua alma os horrores mais perturbadores e inquietantes, e deixa que seus Demônios mais delirantes expressem seus caprichos lisérgicos através dos seus olhos.*

Anahí espera, sinceramente, que esses 2 vermes se recolham às suas insignificâncias para que ela possa voltar a procurar um táxi em paz. Então ela continua caminhando pela rua com seus espírito ainda inquieto, procurando por um táxi, ou caso pareça improvável que algum apareça em abordar algum motorista, ou pedir carona - ela estaria disposta a recorrer aos meios que fossem necessários.

* Presença 2 (Olhar Aterrorizante)


Última edição por Anahí Iosifescu em Qua Jan 11, 2017 11:33 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Anahí Iosifescu

Data de inscrição : 27/12/2016
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qua Jan 11, 2017 11:20 pm

Nicole Montäk
PB: 14/14
FV: 05/05

Aquele uivo tinha feito Nicole ficar mais preocupada do que já estava, uma vez que seu bixinho também não regressava, então o que lhe restava era simplesmente aguçar os seus sentidos e como uma nosferatu que era, adentrar o local e explora-lo, fazendo o mínimo possível de ruídos.

O sistema de esgoto da cidade não era lá um dos mais complexos e grande, mas parecia ter um tamanho razoável.

Mal começou a adentrar os esgotos e achou Stuart de novo. O animal estava como ela havia o deixado e aparentemente queria que ela o seguisse, pois assim que a viu, seguiu por um dos tuneis e a esperou. Foi fazendo isso por alguns túneis de esgoto diferentes até que chegou em um lugar onde parecia que túneis se encontravam e pela decoração, era a habitação de alguém.

Havia uma mesa, cadeiras e um sofá virado para as costas de onde ela estava. Stuart foi em direção ao sofá assim que chegou naquele lugar e uma voz alí detrás disse:

- Seja bem vinda à minha sala...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qua Jan 11, 2017 11:53 pm

Anahí Iosifescu
PB: 15/15
FV: 06/06

Com aquele olhar, ela conseguiu afugentar os dois humanos, mas ainda tinha o problema de que o táxi ainda não passou. Resolveu então caminhar e ver se conseguia encontrar algum, ou pelo menos um veículo pela rua, para que pudesse pedir carona. Precisava se apresentar ao príncipe de algum jeito.

Minutos se passavam e um carro na esquina da rua em frente onde ela estava andando explode. Foram pedaços de carro que voaram para tudo quanto foi lado e se Anahí não fosse uma filha da noite, teria se ferido com aquela explosão. Uma balbúrdia começava a acontecer, com pessoas correndo assustadas, esbarrando nela, quase que a derrubando e um grupo de curiosos que começava a se formar na frente do carro em chamas com a explosão.

No meio de toda aquela balbúrdia que se formava, um moleque passa correndo e da um grande encontrão na garota empurrando ela em cima de um homem que passava, que perde o equilíbrio caindo no chão junto com Anahí.

Ao fundo, um uivo de lobo ecoava pelo ar, mas parecia perto daquele lugar...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Marii-Tsuki em Qui Jan 12, 2017 2:05 am

Ao encontrar Stuart, Nikky se acalma. Ele não parecia ferido, ao contrário, começou a agir como se esperasse que fosse atrás. Devia ter encontrado alguma coisa. Nikky então o segue, ainda atenta aos arredores, se concentrando em gravar o caminho. Se pretende passar algum tempo na cidade, é vital que conheça a configuração daqueles esgotos de cor.

Depois de vários túneis e algumas bifurcações, os dois chegam à uma câmara com claros sinais de habitação. Nikky para de caminhar na entrada do lugar e observa seu jacaré ir até o sofá. Uma voz vinda de lá, avisa a Nosferatu da presença de mais alguém.

Askalians escreveu:- Seja bem vinda à minha sala...

De onde estava, ela não conseguia ver quem era, mas a atitude tranquila de Stuart indica que, fosse quem fosse, não representa perigo imediato. Então Nikky lhe responde de modo educado, ao mesmo tempo em que dá a volta no sofá para ver com quem falava.

- Obrigada. E desculpe a invasão. Acabei de chegar à cidade e ainda não conheço esses túneis. Meu nome é Nikky e esse é o meu jacaré albino, Stuart.

Ela parou, esperando que o outro também se apresentasse.
avatar
Marii-Tsuki

Data de inscrição : 17/12/2016
Idade : 22
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por corujAzul em Qui Jan 12, 2017 9:50 am

Matt havia partido imediatamente quando a notícia da morte enigmática da antiga regente chegara até si. Anos antes, perdido em sua busca por formas de dar continuidade ao legado de seu antigo Senhor Cassian, ele havia ouvido falar de New Orleans e se admirara com a forma como era governada. O sistema de alimentação estabelecido pelo Príncipe tanto ajudava a combater a pobreza quanto impedia que humanos fossem atacados, além de afastar atenção indesejada. Isso lhe parecera como uma jogada muito inteligente que deveria ser adotada por outras cidades.

A morte de Claudia não era uma notícia nada boa, especialmente sob aquelas circunstâncias nebulosas. Apesar de não ter conhecido pessoalmente a vampira, Matt desejava descobrir exatamente o que ocorrera e, mais importante, fazer o que pudesse para impedir que o tão harmônico sistema fosse destruído com a morte da regente.

Finalmente chegara a New Orleans. O deslocamento levara mais tempo do que ele previra. Depois de muitas noites cansativas de viagem, incluindo longas caminhadas e algumas caronas, ele desejava apenas encontrar um lugar qualquer para repousar durante o dia. Em seguida iria ao Elisium descobrir quem estava agora no comando da cidade para fazer a apresentação que as tradições da Camarilla exigiam.

Era uma prática fútil que lhe tomava tempo e paciência, mas na experiência que adquirira em sua não vida, Matt chegara à conclusão que era melhor seguir as regras sempre que possível. Evitaria problemas e facilitaria caso algum dia precisasse de ajuda. Ele sabia bem como sua causa, de ajudar os humanos pelas sombras, por si só já era mal vista pela maior parte dos vampiros. Tudo que não precisava era atrair inimigos, pelo contrário, cada vez mais necessitava de novos aliados. Talvez pudesse aproveitar a viagem e procurar por algum nessa cidade.
avatar
corujAzul

Data de inscrição : 20/12/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Dylan Dog em Qui Jan 12, 2017 6:54 pm

Brian sorri - Talvez, eu e meus rapazes trabalhamos no ramo de segurança para empreendedores de grande risco, você sabe se alguém anda precisando de serviços desse tipo? - Ele sorri esperando que um garçom de um lugar como aquele pegasse a ideia e aproveita para saborear seu refrigerante..
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Askalians em Qui Jan 12, 2017 9:35 pm

Nicole Montäk
PB: 14/14
FV: 05/05

Ao contrário do que Nicole esperava, seu jacaré albino parecia feliz com quem havia encontrado aquele lugar, e se ele havia gostado, as perspectivas eram ótimas.

Não tinha receio na presença se um ser estranho graças à Stuart, mas mesmo com isso, o clima do momento ficou bem mais leve quando, indo ver quem era o ser que estava no sofá virado de costas, viu uma figura tão horrenda e assustadora quanto ela... outro nosferatu, que estava com Stuart no colo e lhe acariciava a cabeça com a ponta dos dedos.

Era um vampiro que parecia bem mais velho e experiente, tinha feições horrendas e pele bem enrugada, careca porém lindos e profundos olhos azuis.

- Muito prazer. Meu nome é Jack. Bem vinda à New Orleans e bem vinda aos esgotos...

O homem dava um leve sorriso de canto de boca enquanto olhava para a garota. Chegava a se levantar um pouco,  para não derrubar o jacaré, para estender a mão em sinal de cumprimento.

- Seu amiguinho é bem companheiro e bonito...me encontrou bem rápido aqui...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Les Bons Temps - Parte 2.0

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum