New York by Night - O Segundo Movimento

Página 26 de 30 Anterior  1 ... 14 ... 25, 26, 27, 28, 29, 30  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Nov 23, 2016 10:43 pm

Samuel Hawkins
PV 12/13
FdV 05/05
- Dia 8
0035
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

A fila continuava andando normalmente, a medida que Samuel conversava com Eduardo, em breve seria a vez deles de pegar a sua porção da generosa sopa.

A expressão do mendigo mudava completamente quando Samuel comentava sobre aqueles que haviam morrido nas ruas. – Em todo lugar meu amigo. Ontem mesmo amanheceu morto um senhor super gentil, que me ajudou muito quando eu perdi meu emprego e fui despejado de minha casa. O nome dele era Francis, ele tinha a saúde de ferro, nunca o vi ficar doente e estava sempre sorrindo. Eu garanto a você que não foi o frio da noite que o matou! – Sua expressão agora uma mistura de raiva e pesar. – O problema é que a cidade não está nem ai para nós, não existimos, e se tem alguém por ai nos matando, melhor ainda, é como se estivesse fazendo um favor a sociedade, se livrando da nossa gente. Isso faz o índice de pobreza diminuir. – Eduardo definitivamente estava muito desgostoso com aquela situação.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Nov 23, 2016 10:53 pm

Liz Eckhart
PV 10/13
FdV 6/6
- Dia 3
0230
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

O homem após ouvir aquelas palavras de Lisandra, inventava uma desculpa qualquer e desligava a ligação com a polícia, mas não antes de agradecer pelo bom trabalho que havia sido prestado.

– Como vocês descobriram este endereço? – Ele guardava o telefone e se afastava da janela, voltando a se aproximar do casal.

– Fomos indicados, por um conhecido em comum. Não podemos revelar o nome dele, questões de segurança, espero que entenda. Nós temos dinheiro para pagar pelos serviços, é claro. – Joffrey finalmente abria a boca para falar, sua expressão era seria e também um pouco desesperada.

– Muito bem... Eu vou chamar ela, esperem aqui. – O homem então desaparecia atrás de uma porta, deixando o casal aguardando o seu retorno.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Askalians em Qui Nov 24, 2016 9:32 am

 Lisandra Eckhart

Finalmente começava a parecer um pouco mais aliviada depois que Joffrey começava a falar e lhe ajudava com aquela situação. Parecia que fazia mais de um século que o rapaz nada dizia.

"Glória à Set... ele abriu a boca..."

- Obrigada...

E esperou até a tal mulher aparecer.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Krauzer em Sex Nov 25, 2016 7:47 am

Samuel mostrava um ar de preocupação e empatia para com o falecido. Então isso estava ocorrendo em todos os lugares, não poderia ser coincidência!

- Lamento muito, espero que tenha ido para um lugar melhor! Tem alguma ideia de qual poderia ser a razão destas mortes?


Adiantando.


Samuel serve-se com uma generosa porção da sopa. O Nosferatu para por alguns segundos pensando no que fazer a seguir, mas move-se ao perceber que estava travando a fila. Não seria nada legal tentar comer a sopa á força e depois vomita-la na frente de pessoas que precisavam de comida.

Ele move-se, com o prato de sopa nas mãos, distanciando-se sutilmente de Eduardo, e procura a pessoa com aparência mais necessitada da fila, caminhando até ela, e lhe entregando o prato:

- Tome, pode ficar, vou pegar outro prato!

E assim, Samuel vai novamente para o final da fila, esperando um momento oportuno para sair do local sem chamar atenção.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por MEZENGA em Sex Nov 25, 2016 10:35 pm



*Várias informações eram conseguidas, baxt aproveitara o tempo para conhecer um pouco mais da cidade, enquanto as notícias sobre os membros da cidade iam chegando. Sua técnica em se alimentar baseava-se em ofuscar-se aparecer para uma pessoa sozinha e ordenar que ela esperasse e fechasse os olhos. nesse tempo, ela ofuscava a si e a sua vítima, bebia de seu sangue e depois partia. A aparência de sua ofuscação sempre buscava ser parecida com a vítima anterior. Aprender duas palavras não foi tão difícil, mas o idioma oficial do local ainda era bem complexo para Baxt, mesmo tendo uma memória incrível, não era fácil o aprendizado.

Aparentemente esse arconte fazia apenas caridade e nenhuma informação adicional surgia, nenhum contato do Justicar.*

"As vezes a mão do destino deve ser forçada. Acredito que o desaparecimento do Xerife pode fazer no mínimo o Arconte entrar em contato com o Justicar e isso nos facilitará em nosso propósito."

*Ainda nesses primeiros momentos, Baxt buscava se aproximar de Uriah no intuito de futuramente tentar aprender algo sobre seus poderes com espíritos.

Preparava sua roupa tática e buscava mais informações sobre a Xerife, por onde ela andava e começava a seguir alguns de seus passos, mantendo-se sempre ofuscado*.

Spoiler:





avatar
MEZENGA

Data de inscrição : 13/04/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por John Dalloe em Sab Nov 26, 2016 1:45 am

 John Dalloe  




Ele adentra a casa numa pressa frenética, o tempo corre e isto martela sua cabeça. Lhe resta duas noites, na verdade agora até menos do que isso - ele então olha seu relógio nas mãos cobertas pela luva do sobretudo reforçado que ele tanto gosta. Felizberto chega em John enquanto ele retira rapidamente mais uma Glock 22 do assoalho falso, mas o assamita hoje não tem tempo para o cachorro e ele lhe expulsa de perto com certa rispidez. É estranho, mas esse "monstro" se sente meio mal ao fazer isto - assim que, em sua cabeça ele promete que, sem dúvidas, depois que as ordens de Zenóbia tiverem sido cumpridas ele dará mais atenção ao seu novo companheiro de casa.

Ele acessa os sites em uma fúria para economizar tempo, seus dedos digitando com uma precisão que rivala a de um neurocirurgião na mesa de operações, logo em seguida guarda tudo no assoalho (incluindo o notebook) e parte para a segunda etapa de seu plano. Uma visita a André Roval, que possa talvez ser a última que este terá em sua vida, John precisa da ajuda de Brunna Law e tentará conseguir esta ajuda dando-lhe uma forma de punir aquele que tirou o sorriso do rosto de sua família - John entende de vingança, e o quão atraente ela pode ser quando bate na sua porta de surpresa. Ele cumprimenta o porteiro na saída, adentra seu carro e parte em direção a 322 Trinity Pl E, Mount Vernon respeitando o limite de velocidade para evitar problemas. Ele liga o rádio para distrair sua cabeça por algum tempo, afinal a ansiedade começa a lhe afetar mesmo com sua força de vontade anormal. No rádio toca Chapter Four de uma banda chamada Avenged Sevenfold, ele presta atenção a letra da música e sorri percebendo como a letra remete ao exílio de Cain após o assassinato de Abel. Amaldiçoado por Deus ele assumiu o nome Caine, e nós os filhos dele somos fadados a seguir seus passos.

avatar
John Dalloe

Data de inscrição : 20/07/2016
Idade : 35
Localização : New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Dom Nov 27, 2016 10:21 pm

Liz Eckhart
PV 10/13
FdV 6/6
- Dia 3  
0241
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

Cerca de 10 minutos se passam, enquanto Lisandra e Joffrey estão aguardando sozinhos, na sala de seu alvo. Uma ex-Seal que trabalhava agora com a segurança privada de vampiros.

Finalmente, a mulher aparecia na entrada do aposento. Sua expressão era seria, parecia estar analisando o casal que estava sentado em seu sofá. Uma expressão neutra, que não permitia identificar o que ela estava pensando.

Até que finalmente, ela voltava a andar, e se posicionava a frente do casal, estendendo a sua mão e com um sorriso amigavel no rosto. - Boa noite senhores, Sou Carmen Elektra, em que posso ajuda-los? - Após apertar a mão do casal, ela se sentava em uma cadeira de frente a eles, e cruzava as pernas sedutoramente.



- Conte a ela amor. - Joffrey dizia gentilmente, enquanto segurava a mão de Lisandra, como se quisesse lhe mostrar apoio.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Dom Nov 27, 2016 10:40 pm

Ian Baxt
PV 13/15
FdV 10/10
- Dia 20
0200
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

Baxt decidia seguir ofuscado os passos da Xerife local, e graças a seita local de carniçais do grupo Phoenix, o vampiro descobria mais ou menos onde a mulher estaria naquela noite, de modo que ele se antecipa e vai para lá primeiro, afim de aguardar a chegada da mulher.



No entanto, o vampiro não chega primeiro em seu destino. Ao chegar ofuscado na Igreja Apostolica da Ethiopia, ele rapidamente percebe que seu alvo, a xerife local, já estava la dentro. Aparentemente conversando com o padre local. A barreira da linguística se fazia uma vez mais presente naquele momento. Baxt não fazia a menor ideia do que estavam conversando ali, mas uma rápida leitura corporal indicava que o assunto era serio.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Dom Nov 27, 2016 11:03 pm

Samuel Hawkins
PV 12/13
FdV 05/05
- Dia 8
0036
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

Eduardo pensa um pouco, a respeito daquela pergunta e chama o vampiro mais para perto, para que ele pudesse sussurrar em seu ouvido. – O irmão do medico legista, que trabalha na IML gosta muito de fazer caridade, ele contou para um amigo meu, que também vive nas ruas, que os corpos chegavam lá completamente sem sangue, sem nenhuma explicação aparente. Eu por outro lado, acho que isso seja coisa de vampiros. – Ele falava muito serio, parecia acreditar naquelas palavras de verdade.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Dom Nov 27, 2016 11:18 pm

John Dalloe
PV 09 /
11
FdV 06 / 08
- Dia 8
2345

John levava cerca de 30 minutos de sua casa até a residência de Andre Roval. Como sempre ele estaciona algumas ruas antes do seu destino e caminha até a residência ofuscado. Enquanto o vampiro caminhava até seu alvo percebia que a rua estava bem movimentada para o horário, haviam vários carros estacionados dos dois lados da rua, a medida que ele se aproximava da residência de seu alvo a quantidade de carros aumentava, assim como ele conseguia ouvir uma musica alta, uma mixagem idiota de duas musicas atuais.

Ao finalmente chegar a residência de seu alvo, ele percebia que todo aquela barulheira, estava vindo justamente daquela casa. Aparentemente estava tendo uma festa lá, a porta da casa estava escancarada, o que permitia John perceber uma quantidade enorme de mortais adolescentes dançando e se divertindo no interior da casa. Bem como as luzes piscando em vermelho, branco, verde, azul, amarelo, roxo e repetindo o padrão.

avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Askalians em Seg Nov 28, 2016 8:20 am

 Lisandra Eckhart

- Muito prazer senhora Carmem.... Meu nome é Lisandra e este é eu companheiro, Joffrey...

Procurava ser bem educada e formal quando se dirigia a mulher.

- Senhora, viemos ao vosso encontro depois de sermos indicados com muita discrição para nos ajudar com nosso problema...

Faz uma breve pausa e segurando a mão do companheiro para ter certo conforto, continua falando.

- Estamos sendo seguidos e observados e temo por nossa segurança. Em outra noite, um rapaz sentado ao meu lado em um restaurante foi morto. Achei que morreria também. Até meu carro foi roubado...

Para mostrar veracidade à sua história meio que fantasiosa, ela usou fatos bem reais para mostrar que realmente estava com medo por ela e pelo companheiro.

- Tenho muito medo do que pode acontecer e por que!? Afinal, eu sou apenas uma professora...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Krauzer em Seg Nov 28, 2016 12:23 pm

A explicação de Eduardo perturbava Samuel. Ele sabia sobre os membros?! Ou apenas era algum maluco das ruas com teorias mirabolantes?!

O Nosferatu sussurra para Eduardo em resposta:

- Vam... vampiros? Você acredita mesmo neles? - Samuel se esforçava para não passar um tom de deboche, ou de completa descrença, mas de sincera dúvida, para não afastar Eduardo.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Nov 30, 2016 9:50 pm

Samuel Hawkins
PV 12/13
FdV 05/05
- Dia 8
0120
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

Log de Sessão feita pelo Whatsapp:

[28/11 21:08] lord suiciniv: Eduardo olhava para Samuel com uma espressão seria em seu rosto, ele não parecia estar brincando ali. - Claro que sim, que outra explicação você daria para o fato de não ter sangue nos corpos?

[28/11 21:09] Krauzer: Bem... Mas é algo um tanto difícil de se acreditar, sabe!

[28/11 21:10] lord suiciniv: Ele abria um sorriso tranquilo, de canto de boca para samuel. - Você não mora nas ruas a muito tempo não é?

[28/11 21:13] Krauzer: Samuel tentava se mostrar surpreso pela teoria de Eduardo - É, não muito tempo, por que? Vocês sabem de algo que não costuma sair nos jornais?

[28/11 21:15] lord suiciniv: Ele da de ombros, e da alguns passoas a frente, a fila havia andado novamente. - Ninguém dá ouvidos para nós, meu amigo. Alem do mais, ainda que algum jornal decida tomar o nosso depoimento, é muito facil se livrar da nossa gente. Você não viu o que aconteceu a alguns dias atrás, no central park?

[28/11 21:18] lord suiciniv: ( você lembrava que saiu em todos os jornais, o caso onde 5 policias foram mortos no central park, em uma operação contra possiveis traficantes. Houve um depoimento de um mendigo que estava dormindo no local e viu tudo, o mendigo disse que presenciou um dos policiais atirar 3 vezes contra a cabeça de uma pessoa e ela continuar andando, rindo e debochando, para finalmente disparar um tiro contra o policial que morreu no ato. No outro dia o jornal publicou uma errata dizendo que foi encontrado no sangue do mendigo traços de alucinogenos e que aliado ao medo que ele deve ter sentido no momento, imaginou tudo aquilo. )

[28/11 21:23] Krauzer: Samuel sabia que os mecanismos para preservar a Máscara eram vastos, mas obviamente não estavam surtindo o efeito esperado, ao que parecia, era um consenso entre os moradores de rua de que vampiros existissem. Alguém estava quebrando a mascara, e isso não devia ser obra de um único sujeito. - Realmente, muito estranho, você já presenciou algo do tipo ou conhece alguém que tenha presenciado?

[28/11 21:29] lord suiciniv: Ele balançava a cabeça negativamente. - Eu nunca presenciei, mas o bom senso também diz para ficar calado, então o assunto não é muito debatido por ai. O camarada do Central Park morreu sabia? Em um assalto, levaram o carrinho dele e em troca lhe deram 2 tiros na cabeça.

[28/11 21:37] Krauzer: O Nosferatu confirma com a cabeça, mantendo seu semblante sério. Ao que parecia, Eduardo não tinha muito mais informações para lhe fornecer. De qualquer forma, isso era algo perturbador, o grande medo da Camarilha estava para se realizar, as pessoas das ruas tinham conhecimento, ou pelo menos suspeitavam sobre eles, e sabiam que o governo e a mídia escondia a verdade.

[28/11 21:40] lord suiciniv: Ele balançava a cabeça positivamente, e então finalmente abria um sorriso enorme em sua boca, meio que para quebrar o clima. - Mas não se preocupe meu amigo, normalmente ninguém nos vé, essa é a nossa maior benção e também a maior maldição

[28/11 21:47] Krauzer: Samuel também sorria - Seu otimismo é contagiante, amigo! Pena que nem todos sejam como você, mas tem razão, pensar demais nestes assuntos não fazem bem para ninguém!

[28/11 21:50] lord suiciniv: Ele dava então dois tapinhas nas costas de Samuel - Exatamente, olha só, é a nossa vez. Boa noite Clara. - Ele sorria para a mulher que servia a sopa em seu prato, que também retribuia o sorriso e o cumprimento. Em seguida Eduardo da alguns passos para o lado, para que Samuel se sirva também

[28/11 21:58] Krauzer: Samuel cumprimenta a mulher que lhe servia, enquanto vê Eduardo se afastar.

Adiantando.

Após sair do local, Samuel pensa sobre quem possa estar quebrando a mascara ao deixar dezenas de corpos de mendigos para trás. Um de seus primeiros palpites vinha de seu próprio clã, saberiam eles de que se tratava?! E com este pensamento, o jovem cainita segue em direção ao principal refúgio Nosferatu da cidade em busca de respostas.

O vampiro após conseguir todas as informações que desejava do mendigo Eduardo, enchia o seu prato de sopa e a entregava para um mendigo mortal de sua escolha que parecesse precisar bastante daquele prato e retornava para o final da fila.

Seu amigo Eduardo achava aquela atitude estranha, mas ainda assim louvável, no entanto estava com muita fome também e foi buscar um lugar para se sentar e comer tranquilamente.

Percebendo uma oportunidade para ir embora se ninguém perceber, Samuel sai da fila e evade-se do sopão comunitário, indo até um beco mais escuro em busca de um bueiro e pulando la dentro, quebrando a sua ofuscação no processo, naquele território ele poderia usar seu rosto verdadeiro sem nenhum problema.

O vampiro caminhava pelos esgotos escuros por cerca de 30 minutos até finalmente chegar em uma grande estação de tratamento de esgoto, ele sabia que ali era o maior refugio do seu clã, um lugar seguro para se ser um nosferatu, porem perigoso para se ser qualquer outra coisa.

avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Nov 30, 2016 9:57 pm

Liz Eckhart
PV 10/13
FdV 6/6
- Dia 3  
0241
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]


A mulher ficava seria, enquanto ouvia a história que lisandra estava contando, balançava a cabeça positiva um momento ou outro e quando a setita terminava de falar, a Brujah tomava a palavra para si.

- É um prazer conhecer, vocês, primeiramente, antes de adentrarmos mais neste assunto, gostaria de saber se vocês estão cientes dos nossos preço. O pacote de proteção mais barato custa 200 mil dolares mensal. - Ela dizia tranquilamente
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por John Dalloe em Qua Nov 30, 2016 10:04 pm

 John Dalloe  



John se surpreende com a festa e se questiona se pegou o endereço certo, porém sua cabeça já começa a trabalhar as possibilidades. Talvez ele se dê tão bem com os computadores por ter uma frieza lógica que lhe permite tentar enxergar diversas possibilidades. Sem máscara, porém ofuscado, ele vai visitar a festa. Primeiro ele para na caixa de correio e verifica se o nome ali pertence mesmo aos Roval, em seguida vai em direção a casa para descobrir se trata-se de uma festa do próprio, ou quem sabe, ele está viajando e seu filho decidiu aproveitar-se da data para comemorar - para tanto ele olha principalmente os porta-retratos da casa (averiguando a existência de um filho(a)) e tenta encontrar esse filho pela casa, sempre tomando muito cuidado em não esbarrar nas pessoas, apesar que a própria ofuscação faz as pessoas lhe evitarem.
avatar
John Dalloe

Data de inscrição : 20/07/2016
Idade : 35
Localização : New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Askalians em Qua Nov 30, 2016 10:43 pm

 Lisandra Eckhart

Não havia gostado muito do valor que a mulher falou, afinal era uma quantia grande, mas tinha esse valor e sabia que em uma situação dessas, Joffrey iria contribuir para ajudar a apagar a quantia, afinal não era para qualquer um contratar o serviço dela.

Procurou não esboçar nenhum tipo de reação quando ouviu aquilo, pois queria mostrar a ela uma certa segurança também. No mesmo tom de tranquilidade da mulher, ela disse:

- Imaginávamos que seria um valor considerável mediante vossas habilidades e estamos dispostos a pagar o valor que pedir.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Krauzer em Qui Dez 01, 2016 8:39 am

Samuel deixava o sopão, rumando para o primeiro beco escuro que encontrasse. Lá, certifica-se de que não haja nenhum mortal a espreita e desce por um bueiro.

Ele caminha pelos escuros, úmidos e fétidos túneis sob a cidade. Parte deles construídos pelos humanos para evacuação de seus dejetos, e parte construído pelos próprios Nosferatus. Samuel era um dos poucos membros do clã na cidade que possuía uma residência na superfície, mas costumava frequentar o refúgio de seu clã ocasionalmente, por isso, conhecia o caminho para não se perder nos labirintos subterrâneos.

O Nosferatu chega a um enorme aposento, suficiente para acomodar dezenas de membros, onde seu clã costumava se reunir. Uma vez lá dentro, ele procura um pequeno grupo de Nosferatus para interagir, se aproximando e cumprimentando-os:

- Boa noite, companheiros! O que anda se passando por aqui?

Ele procura se inteirar da situação atual, para posteriormente abordar o assunto sobre os diversos mendigos mortos chamando a atenção dos mortais e o evidente risco que isso poderia causar na máscara.
avatar
Krauzer

Data de inscrição : 29/10/2013
Idade : 47

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qui Dez 01, 2016 3:18 pm

John Dalloe
PV 09 /
11
FdV 06 / 08
- Dia 8
2350

Rolagem de Dados:
John rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 7 para encontrar existencia de um filho que resultou 10, 3, 5 - Total: 1 Sucessos
John rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para perceber que resultou 9, 6, 4, 8, 5, 10 - Total: 4 Sucessos


John ficava surpreso em encontrar uma festa adolescendo acontecendo naquele endereço, chegava até mesmo a duvidar que havia pego o endereço errado, e para confirmar sua teoria se aproximava ofuscado da caixa do correio da familia. Suas preces não são concedidas e aquela de fato era a casa dos Roval. Essa confirmação criava na cabeça do vampiro a teoria de que o paraplegico tivesse um filho e que talvez os pais tivessem viajado.

Ele caminha a passos curtos para dentro da festa, ofuscado, o que resultava nas pessoas inconscientemente abrirem espaço para que o vampiro passe, havia muita gente naquela casa, o que a tornava um tanto quanto apertada, mas os mortais pareciam não se importar, e continuavam enchendo a cara de alcool. O vampiro olhava ao redor em busca de fotos de familia, mas não encontrava nenhuma foto de familia que contivesse a presença de um adolescente.

Quando o vampiro estava se dirigindo para a cozinha, percebe em seu canto de olho, uma coisa um tanto inusitada. Lá estava o seu alvo, sentado em uma cadeira de rodas, vestindo roupas casuais, porém ele tinha uma mordaça de BDSM em sua boca, o impedindo de proferir qualquer som inteligível, seus olhos arregalados em desespero, enquanto observava todos aqueles adolescentes em sua residencia. Pela expressão em seu rosto, ele não estava nem um pouco excitado com o que estava acontecendo, muito menos feliz.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qui Dez 01, 2016 3:36 pm

Liz Eckhart
PV 10/13
FdV 6/6
- Dia 3  
0243
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

Rolagem de dados:
Carmen rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para perceber que resultou 8, 9, 7, 2, 8, 8 - Total: 5 Sucessos
Joffrey rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para atuar que resultou 2, 7, 3 - Total: 1 Sucessos

Ao ouvir aquele preço Joffrey fica surpreso, engole em seco, mas faz o possivel para manter sua surpresa oculta, era muito dinheiro que estava sendo pedido naquele momento.

Carmen por outro lado mantinha sua expressão seria e tranquila, tirando suas proprias conclusões da expressão corporal daquele casal. Diante da resposta confiante de lisandra, a mulher abria um sorriso e prosseguia. - Muito bem, então vou lhe falar os nossos pacotes de segurança.

Pacotes escreveu:
Pacote Simples: Dois agentes ficarão 24h por dia com o cliente, direito a uma safe house, cameras de segurança para o refugio do cliente, veiculo blindado e escolta para movimentações importantes. Em caso de combate, conta com uma equipe treinada como reforço. Valor: 200 mil dolares mensal

Pacote Premium: Quatro agentes ficarão 24h por dia com o cliente, direito a duas safe house, cameras de segurança e sistema de alarme por biometria para o refugio do cliente, seguranças armados a paisana no perimetro do refugio, veiculo blindado a disposição do cliente, escolta sempre que necessario nas movimentações do cliente. Em caso de combate, conta com duas equipes treinadas como reforço. Valor: 600 mil dolares mensal

Pacote Adamantium: Oito agentes ficarão 24h por dia com o cliente, direito a quatro safe house em todo o pais, cameras de segurança, sistema de alarme por biometria e sensores de calor e movimento por todo o refugio do cliente, seguranças armados no perimetro e dentro do refugio, veiculo blindado a disposição do cliente, escolta em todos os movimentos do cliente. Em caso de combate, conta com quatro equipes treinadas como reforço. Nós efetivamente vamos tentar resolver o problema. Valor: 1 milhão e 200 mil dolares mensal.

- Por favor, decidam-se qual pacote desejam antes de prosseguirmos. - Ela falava com um sorriso em seu rosto.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qui Dez 01, 2016 3:43 pm

Samuel Hawkins
PV 12/13
FdV 05/05
- Dia 8
0125
Vitalidade:
Escoriado......................[ ]
Machucado................-1[ ]
Ferido........................-1[ ]
Ferido Gravemente....-2[ ]
Espancado.................-2[ ]
Aleijado.....................-5[ ]
Incapacitado..................[ ]

Não demorava para que Samuel encontrasse outros horrendos membros de seu clã, em uma rodinha de 3 membros conversando tranquilamente. O vampiro então se junta ao grupo, e após perguntar o que estava acontecendo um deles respondia despretenciosamente.

- Nada demais, o Ezekiel aqui conseguiu o direito de abraço com o principe ontem a noite, estavamos conversando a respeito de quem ele deveria abraçar. - Um outro membro da roda, então sorria, provavelmente o Ezekiel, ou pelo menos tentava, seu rosto desfigurado não possuia muitos musculos para um sorriso, e o esforço conseguia o deixar ainda mais feio.

- Alguma sugestão, irmão Samuel? - Perguntava Ezekiel após desistir de sorrir.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por John Dalloe em Qui Dez 01, 2016 11:16 pm

 John Dalloe  



John vê aquilo como uma oportunidade, que ódio suscitaria a imagem de um aleijado sofrendo em sua cadeira de rodas sozinho, na percepção de Brunna Law. Porém um cara vivendo de pensão para inválidos, que se ocupa dando festas e curtindo com jovens é outra história. Alguém digno de se tomar a vingança pela morte de seu filho em suas próprias mãos. Mas John primeiro precisa pintar essa cena, ele usará um ponto de sangue para parecer mais humano. Então identificará alguma jovem embriagada e que pareça a ser facilmente sugestionável. Quebra sua ofuscação em algum canto e volta, atuando como se fosse um jovem na festa, para lhe oferecer 100 dólares se ela fizer um lapdance no "aleijado", como um desafio de bêbados numa festa [ele usa um ponto de FDV para ser extremamente convincente se necessário].
avatar
John Dalloe

Data de inscrição : 20/07/2016
Idade : 35
Localização : New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qui Dez 01, 2016 11:43 pm

John Dalloe
PV 09 /
11
FdV 05 / 08
- Dia 8
2355

Rolagem de Dados:
John rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 4 para convencer que resultou 7, 3, 4 - Total: 2 Sucessos + 1FDV

John quebra sua ofuscação e procura uma jovem garota que estivesse já bêbada, e parecesse ser bem sugestível. Naquele ambiente, de adolescentes, regada a bastante alcool, encontrar uma garota com esses requisitos era mais facil que encontrar um cadeirante amordaçado. De modo que ele não precisou procurar muito para localizar o seu alvo.



Ele então chama a atenção da garota, e devido ao barulho da musica alta, ele precisa falar proximo do ouvido da garota, o que também lhe permite sentir um forte cheiro de alcool e vomito vindo da moça, ela provavelmente já tinha vomitado pelo menos uma vez naquela noite.

A moça abre um sorriso de orelha a orelha ao ouvir o desafio e a menção da remuneração de 100 dólares. - É claro (sic) que eu aceito (sic) mas eu quero ver o dinheiro (sic) antes. - A garota já estava virada de bebada, aparentemente John poderia pedir para ela fazer o lap dance pelada, e que provavelmente ela aceitaria.

- Ha ha ha, você não tem coragem. - John ainda tirava onda da cara da bebada a desafiando ainda mais a aceitar aquele desafio, ele então tira a nota de 100 dolares do seu bolso e mostra pra garota em um claro sinal de desafio também.

A garota bebada, parece ficar afetada pessoalmente pelo desafio e fala novamente, com aquele bafo de alcool e vomito - Fique vendo então (sic) - Ela da uma piscadela e um sorriso maldoso e da as costas para o vampiro.

Ela então começava a fazer um lap dance para Andre que parece ficar ainda mais desesperado. O lap dance é horrivel e bastante desengonçado, uma vez que a garota estava bastante bebada, mas definitivamente era um lap dance. Os outros adolescentes que estavam naquele comodo ao perceberem a intenção da garota abrem espaço e começam a incentivar a garota, daquele jeito todo peculiar que apenas os adolescentes mortais sabiam fazer.

Rapidamente John já sacava sua camera e começava a filmar aquela cena deplorável. A garota parecia fazer um esforço para parecer sexy e menos bebada, embora não estivesse surtindo muito efeito. Depois de cerca de um minuto de dança, com todos aqueles movimentos a garota acaba por vomitar em Andre, bem na hora que ela estava tentando esfregar os seios no rosto do cadeirante, o que resultou no vomito ser bem em cima da cabeça do homem.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por John Dalloe em Sex Dez 02, 2016 12:04 am

 John Dalloe  



Perfeito! Isso fora melhor do que eu esperava, hahaha! Como esses humanos são os piores dos animais, o caminho que Caine seguiu de se isolar da sociedade humana corrupta e decadente não poderia ter sido melhor. Porém Balflear sentia dentro de si um pouco de inveja ao ver a felicidade daqueles jovens, nem ele entendia isto direito mas era uma realidade. Suas convicções batalhavam as vezes dentro de si, tentando lhe lembrar que a felicidade era ser poderoso, mas os humanos sabiam ser felizes mesmo na pior das situações. A batalha interna não dura muito, pois ele se lembra de que é um homem com uma missão. Uma missão dada pelo seu sol, ou sua lua talvez fosse uma expressão mais adequada, Zenobia.

Ele retira seu celular e continua a filmar a casa (passando pela caixa de correio com o nome dos Roval), a festa e a galera se divertindo. Então começa a montar um vídeo que expresse justamente a vida feliz que André Roval leva, ou pelo menos faça parecer que esse é o caso, o ponto alto é a menina dançando nele na cadeira de rodas (porém cortando na parte dos peitos roçando e antes do vômito). Ele envia esse vídeo por mensagem MMS, utilizando o chip de Cyka, para Brunna Law. junto das seguintes mensagens:

Mensagens:

<Amigo Misterioso> Olá Brunna
<Amigo Misterioso> A vida não é justa é?
<Amigo Misterioso> Enquanto ela tira tudo de alguns, ela recompensa outros por seus erros.
<Amigo Misterioso> André Roval vive de pensão assistencial para inválidos, a qual ele gasta inteira promovendo festas e bacanais como esse que você vê aqui.
<Amigo Misterioso> ISSO É JUSTO, BRUNNA?
<Amigo Misterioso> ELE NÃO ACORDA DE MANHÃ CHORANDO E INDO PARA UM QUARTO VAZIO, SOMENTE PARA ENTÃO SE LEMBRAR DE UM VAZIO NA SUA VIDA!
<Amigo Misterioso> Mas o mundo dá voltas Brunna, e, hoje, ele deu a volta e te sorteou.
<Amigo Misterioso> Seja honesta comigo, me diga, você tem raiva dele? Gostaria de um pouco de justiça?
<Amigo Misterioso> SÓ QUERO UM SIM OU NÃO
avatar
John Dalloe

Data de inscrição : 20/07/2016
Idade : 35
Localização : New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Lord_Suiciniv em Sex Dez 02, 2016 12:22 am

John Dalloe
PV 09 /
11
FdV 05 / 08
- Dia 8
0005

Após aquele vomito deplorável, a garota desiste de fazer o Lap Dance, ela olhava para o cadeirante com uma expressão de nojo, e se afastava, Andre agora tinha vomito escorrendo em todo seu rosto, e aparentemente nenhum dos adolescentes fazia qualquer menção de ir limpar o coitado. O deixando naquela situação deploravel.

A garota então ia até John que ao perceber a aproximação da garota, guarda o celular imediatamente. Ela então chega bastante perto de John e diz em seu ouvido, o bafo de vomito agora mais forte que o de alcool. - Pode pagar (sic) agora, acordo é (sic) acordo. - John não vê problema naquilo e realmente entrega a nota de 100 dolares para a garota que satisfeita, da um beijo na buchecha do vampiro, deixando um pouco de vomito ali, pois ela não tinha limpado direito e se afastando em direção a cozinha.

John então começa a trabalhar no video através do celular mesmo, e quando estava quase terminando a edição recebia uma mensagem, de Pyotr. " Conseguimos tudo " era tudo que a mensagem dizia, mas John sabia exatamente o que aquilo queria dizer.

Ele então termina a edição e envia para Brunna Law, e aguarda uma resposta.

A resposta leva 15 minutos para chegar, mas finalmente ela chegava, e após abrir a mensagem, John lia " Sim ". De volta a sala de estar, onde Andre Roval estava estacionado, o vampiro percebe uma outra garota, provavelmente bebada, sentada no colo do cadeirante, com as duas mãos no rosto vomitado dele e dando um beijo em sua boca. Andre parecia sentir bastante nojo do que estava acontecendo, lagrimas começavam a escorrer de seus olhos.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por John Dalloe em Sex Dez 02, 2016 12:41 am

 John Dalloe  



Balflear ignora o sofrimento de André Roval, sabendo que logo ele teria fim e André Roval seguiria adiante além do véu. Talvez ele estivesse lhe fazendo um favor, ou assim ele tenta justificar um pouco suas ações - mas uma coisa é certa, ele já fez muito pior e não perderá seu sono ou mais de um segundo pensando na situação. Ele se retira da casa e vai para o carro deixar seu sobretudo (afinal ele foi visto com aquele casaco na festa), então se ofusca nas sombras da propriedade e põe sua máscara. Vai para a caixa de energia da casa e desliga a chave, caso necessário ele se ofusca de novo, agora ele tem de agir rápido...

Ele rapidamente vai para a sala e espera a maior parte das pessoas sair da sala para averiguar o que está acontecendo, assim ele se posiciona na cozinha (ou alguma porta/quina com rota da escape fácil) com visão para André e espera ligarem a chave de energia. Assim que a energia volta e as luzes se acendem, no mesmo instante para mascarar a luz da pólvora da munição queimando, ele ativa Quietus e dá um tiro no peito de André Roval; isto tudo enquanto filma com a outra mão. Ele então ativa rapidez pula a cerca, ou toma a melhor rota de escape possível e some na escuridão.
avatar
John Dalloe

Data de inscrição : 20/07/2016
Idade : 35
Localização : New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New York by Night - O Segundo Movimento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 26 de 30 Anterior  1 ... 14 ... 25, 26, 27, 28, 29, 30  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum