New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qua Set 21, 2016 7:22 pm

Danio Benneti 
PDS 13/14
FDV 2/6 
Vitalidade - 1 Machucado (2 Agravados)




Um triangulo se formava no interior do quarto. Hamlim se projetava se encostando na parede enquanto a gigantesca criatura de cor negra se mantinha na entrada segurando a porta. O vampiro caitiff estava encurralado e seus olhos frenéticos deixavam isso bem claro. O lugar estava escuro e propicio para que o poder de Danio fosse manifestado. Aquela criatura de cor negra era de fato um dos carniçais Tzmisce que fazia parte da Diocese do Arcebispo Samus em New Jersey, não tinha como se enganar. O vampir já havia visto aquele tipo de criatura genérica caminhar por lá, eram vários quase que com o mesmo rosto e a mesma fisionomia máscula. Possíveis irmãos de Sangue na maioria das vezes quando o ritual se completava. 


Danio . Os braços do Abismo (9 dados) Diff. 7 = 5 Sucessos


O comodo que já era pequeno agora se inundava de tentáculos por todos os cantos. Hamlim ainda havia tentado se esquivar e forçar uma passagem pela grande criatura mas antes que ele pudesse conseguir já estava com o seu pescoço braços e pernas envolvidos por completo nos braços do Abismo de Danio. Havia um desespero latente na face do vampiro que tentava gritar mas era sufocado, suas presas estavam expostas e ele gemia tentando não sofrer ainda mais apertos. 

 - Acalme-se minha criança, nós não iremos te fazer mal... só queremos informações..

Hamlim : - Eu sei o que vocês vão fazer comigo ! Puta que pariu...Eu sei !!! - Os olhos de Hamlim escorriam lagrimas de sangue, derramar vitae daquela forma era um feito incrível levando em consideração a dificuldade de transpor aquele sentimento de medo. Hamlim estava apavorado, e os dois percebiam isso. O homem grande cruzava os braços com uma frieza incrível. 

Hamlim : - Olha escuta aqui ! Eu não sou ninguém cara...Me deixa ir, vocês nunca mais vão me ver, eu sou um porra de um caitiff que nem sangue concentrado tenho, não sirvo pra diablere caras, por favor eu imploro me deixa ir !!

Vallek Morton
- PDS 12/14  
- FDV 4/6
- Vitalidade Completa

-- A caçada foi boa... Se eu fosse humano ainda, minhas bolas teriam formigado e meu peru teria ficado duro, sem dúvidas. Só não sei se o seu amigo Dean vai gostar da lembrancinha, mas enfim... Quanto a parte de ficar pior, chegou a meu conhecimento que dois nomes talvez sejam de vital importância para o nosso sucesso... Me conte o que você sabe sobre Kashan e Herrick Draven.


Sanders teste de Percepção + Empatia Diff. 4 = 5 Sucessos
Vallek Teste de Manipulação + Empatia Diff. 6 = 2 Sucessos

Sanders : - Sabe Vallek a Nova Ordem Mundial acredita que a mente consenciente possui um padrão rítmico em todas as coisas, suas ações e seus feitos. Quando eu conheci você comecei a acreditar que o que eu havia aprendido como Iniciado, quero dizer como doutrinado pela ordem que eu estava enganado...Mas julgando seus padrões posso perceber que até você possui um padrão, por mais estranho que seja ele existe. Consigo ver também que você se encontrou com alguém realmente importante. 

Sanders inclinava a cabeça para frente, Vallek podia ver que seus olhos não possuíam a orbe de forma comum, haviam cristais metálicos que brilhavam levemente sob a luz em cor azul clara. Ele havia notado somente agora que Sanders retirava os óculos de grau para coçar um dos olhos. Quando o carniçal de Vallek os colocou novamente, a diferença se tornava imperceptível como uma máscara que cobria seu defeito. 

Sanders : - Resta descobrir se essa pessoa é importante para nós ou se podemos dar continuidade a nossa procura por Adonis..Deixarei que você mesmo tome essa decisão pois se eu confiei em você o mínimo que eu devo cobrar de você é sua total confiança...

Naquele momento uma dezena de quadros minúsculos começavam a se materializar em volta de Vallek e Sanders. Os agentes que estavam sentados nas cadeiras começavam a sumir como se Vallek estivesse começando a ficar imerso em uma espécie de realidade virtual. 

Sanders : - Engraçado não é ? O que é realidade e o que é Ficção ? O cenário que você viu era tão real não é mesmo ? Ou será que está é a ficção ? De qualquer forma seja bem vindo ao Banco de Dados da minha Cabeça. Através deste console poderemos ter acesso as minhas memorias e a todo o Banco de Dados da Nova Ordem Mundial que eu tenho acesso. Protocolo 3956111. Inicializar...





Kashan ....Estabelecendo Conexões Seguras....
Conexões Seguras Confirmadas...
Reconstruindo Perfil....Kashan Não encontrado....

Herick Draven....Estabelecendo Conexões Seguras....
Conexões Seguras Confirmadas...
Reconstruindo Perfil....Herick Draven Encontrado....Enviando...Decodificando....
Natureza Humana até ano de 2010...
Piloto de Motos....Preso em 1998 e condenado a 5 anos de prisão por Assalto e Direção Ofensiva...


Natureza Morta Viva.....Sugador 2010 Até os dias atuais....Caracteristicas Avaliadas...Super Força...Resiliência...Velocidade Acima da média de Sugadores Comuns...
Visto Pela Ultima Vez Durante o Ataque Ao lado de Elisha Hurley Fisionomia Levemente Alterada Com Deformações Visíveis no Rosto e No Corpo...
Localização Atual Desconhecida... 



_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por No One em Qui Set 22, 2016 5:13 am

O Gangrel fizera uso dos seus olhos bestiais num momento realmente adequado, visto que ele estava prestes a cair em um declive de tamanho considerável. No entanto, ele sabia que a sua amada não podia enxergar no escuro, e certamente tinha sofrido aquela queda. Apesar de saber que aquilo não poderia matar um vampiro, Tyron preocupava-se com os danos que a queda poderia ter causado a Branca, possivelmente colocando-a em torpor.

Usando suas garras para descer pelo declive, o Gangrel notara que nada ali fazia barulho, o que era bastante curioso. Poderia um lugar como aquele ser isolado acusticamente de forma natural, ou seria aquilo algum truque sobrenatural? De qualquer forma, o cheiro do local não afetava seu olfato, e era isso que realmente lhe importava naquele momento. Tyron conseguia sentir o cheiro da doce vitae de Branca e se aproximava cada vez mais.

Contudo, o cheiro de vitae também se tornava perigoso para o vampiro que não se alimentava fazia um bom tempo. Tyron sentia a Besta rugir, gritando por sangue e tentando assumir o controle, mas ele conseguia se segurar por enquanto. Precisava se manter firme para encontrar Branca.

E enfim a encontrou, desmaiada no centro de três outros túneis. Mesmo naquela situação, ela ainda parecia um anjo adormecido, e o Gangrel sentia um imenso alívio ao vê-la. Tyron rapidamente se aproximou da garota, avaliando a gravidade de seus ferimentos. No entanto, ele continuava sentindo a Besta rugir e sabia que ficar perto dela naquele estado era arriscado. O mais importante, que era encontrá-la, ele já havia conseguido, então agora poderia tirar alguns instantes para se alimentar antes de acordá-la.

Usando o seu olfato, Tyron tentaria rastrear possíveis ratos no local. Ele tentaria se alimentar o suficiente para sair do risco de frenesi. Por fim, voltaria para a sua amada. O Gangrel sabia que ela não conseguiria ver absolutamente nada no local, então retirou com cuidado o celular do bolso, devido às grandes e afiadas garras, e ativou o modo lanterna.

-Branca! - Chamou o Gangrel, tocando-a levemente com as palmas de uma das mãos e iluminando o seu rosto com o celular na outra - Você está bem, meu amor?

Caso Branca não acordasse, o Gangrel a levaria nas costas, deixando uma das mãos livre para defendê-los contra possíveis embates. Caso ela acordasse, o Gangrel lhe emprestaria o seu celular com a lanterna para que a garota pudesse se orientar pelo caminho. Por fim, seguiriam pelo túnel da direita.

[OFF/OBS] Rolar percepção+sobrevivência para caçar os ratos. Caso o teste falhe ou não seja suficiente pra obter nenhum PDS, pode repetir a ação. Mas não sairei muito além das proximidades de Branca.
[OFF/OBS²] Quando for utilizar a lanterna do celular, vou desativar Auspícius 1, pra não correr o risco de ficar cego.
[OFF/OBS³] Caso vá acontecer alguma nova rolagem pra resistir ao frenesi, eu uso Força de Vontade..
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qui Set 22, 2016 12:52 pm

Rugall Salles
- PDS 2/10
- FDV 3/6
- Vitalidade: Ferido Gravemente -2 Letal (1 Agravado & 3 Letais)


- Esqueça essa porta July. Aonde diabos está Lilly? Chame-a imediatamente. Preciso dela para me ajudar com Diana.Estou saindo com o Stratos. Fale para ela me ligar o quanto antes para cobrirmos o perímetro. Irei em direção a estação de metrô. Não se esqueça de subir e acalmar o pessoal no salão e veja se Diana causou mais algum estrago.

July acenava com a cabeça com um ar de preocupação, July porem não deixaria a presença de Rugall sem antes poder se aproximar dele e lhe roubar um beijo e um gesto de afeição, Rugall porem por mais que tentasse não demonstrar, as dores da tortura que sofreu estavam latentes em cada parte do seu corpo e logo July percebia.

July : - Meu amor como você pode querer sair assim ?? Você não está em condições de proteger Diana e nem a você mesmo ?

Um dos motivos pelo qual Rugall não conseguiu perseguir Diana era justamente o fato de estar muito debilitado, mesmo assim ele não podia perder muito tempo ou o perigo que Diana poderia passar podia ser pior. Ele se desvencilhava do corpo de July que ainda estava preocupada e seguia em direção ao estacionamento do Salão

Rugall Teste de Auto Controle(3 dados) Diff.7 = 1 Sucesso

A necessidade por sangue se tornava cada vez maior, era um abstinência que impossibilitava até mesmo Rugall de pensar de forma correta. Assim que ele chegou no carro depois de alguns minutos devido a sua condição. O vampiro recebe a ligação de Lily Charles que não parecia muito feliz.

Ao Telefone :
Lily : - Rugall !! Finalmente consegui falar com você, eu estou aqui no Departamento de policia de NY desde cedo com Joshua, o governo americano bloqueou sua conta bancária. Você não tem mais direito aos seus Bens e se não arrumarmos um advogado para você as coisas podem piorar, eu só tenho a agradecer a ajuda que Joshua está nos dando, a bomba seria pior se ele não tivesse nos avisado mais cedo. O pai de July está em um avião particular de Seattle para cá, mas parece que ninguém entra e ninguém saí da cidade, todos os aeroportos também estão em quarentena devido esse surto estranho de "raiva" que se alastrou na cidade. O sr. Parrot seu advogado ainda está no Hospital Saint Markus e parece ter contraído essa estranha doença que todos estão chamando de "Raiva Vermelha" ou coisa assim, já que um dos sintomas é o desejo por sangue, e o corpo fica com uns inchaços, desculpe não estar com tempo para você, minha vida está uma loucura !

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Sab Set 24, 2016 8:14 pm

Herick Draven
- PDS 5/15
- FDV 4/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)


- Maldição? Vc vai tirar? Não entendi VC não pode ser ele ?

O vampiro não podia estar acreditando, a sua frente aquele homem com a face arcaica, com a face abatida e aquele olhar cansado poderia mesmo ser o primeiro cainita ??


Herick Drave Teste de Vigor(2 Dados) Diff 9. = Falha Critica

Uma tontura começava a desencadear na cabeça de Herick.  O vampiro sentia dor, medo e seu equilíbrio estava seriamente comprometido, seus dedos não podiam tocar os pilares que segurava o abade ou sua mão queimaria de forma impressionante. O vitae em seu corpo voltava pela sua boca e mesmo que ele tentasse impedir que perdesse parte do vitae era expelido de seu corpo de forma impressionante. 

- Cain e VC ?? O pai de todos ? VC ta em minha frente ? 

Caim : - Não importa que você tenha desvendado o enigma de minha identidade. Me preocupa que outros venham a faze-lo. Eu estou em sua mente pois a cada noite que passa uma Filha de Malkav está cada vez mais próximo de desvendar a localização de minha natureza. ISSO NÃO PODE ACONTECER NEOFITO !

O grito de Caim era perturbador aos ouvidos de Herick , o vampiro fora obrigado a cair de joelhos segurando seus ouvidos e assim tentar se manter consciente para as seguintes palavras com o primeiro vampiro da história. 

Caim : - O segredo sobre a minha natureza e localização é a chave para sua própria existência e de todos os meus filhos. Faça o que eu digo Neofito, impeça a Filha da Sexta Geração de Malkav consiga achar a mim. E sua existência e de todos as minhas proles estarão a salvo. 

Porra Nenhuma 
- PDS 5/15
- FDV 6/8
- VIT OK
- Sentidos Aguçados 
- Olhos da Besta 
- Garras da Besta

Descer o declive não era o maior dos problemas de Tyron visto sua habilidade e natureza que possuía, o lugar estava calmo, mas compreensível devido o tamanho da profundidade a cerca do que desceu. 

-Branca! Você está bem, meu amor? 

Tyron Teste de Percepção + Medicina(5 Dados) Diff. 9-2 =7  = 1 Sucesso

A Garota estava desacordada, estava mole e não tinha qualquer sinal vital, ela estava morta é claro, mas apenas fisiologicamente. Não tinha traços de morte final ou qualquer machucado aparente pela queda. Mesmo que ela tivesse quebrado o pescoço ou batido a cabeça aquilo não seria suficiente para acabar com a vampira, quem sabe deixa-la em torpor, isso seria no minimo trabalhoso para o vampiro Gangrel. O vampiro ainda estava com a abstinência pelo sangue latente. Pensou em levar a pequena consigo mas melhor não ficar muito próximo dela por enquanto. Ele a deixou desacordada enquanto usou o olfato para rastrear o cheiro de Vitae, no primeiro caminho da direita, o cheiro era mais forte, o vampiro sentia um imenso odor de bosta misturada com outros dejetos, seu olfato era apurado o suficiente para distinguir que naquele caminho o cheiro de podre era mais forte do que nos outros dois, Não havia um único sinal de luz sequer, o que tornava a visão aguçada praticamente inútil mas para compensar O vampiro podia unir os olhos da besta com seu olfato apurado juntamente com o tato e agir semelhante a uma cobra e usar o ambiente completamente ao seu favor. 


Tyron Teste de Percepção + Sobrevivência(8 Dados) Diff. 8 = 3 Sucessos

O vampiro se afastava cerca de 40 metros de Branca, ainda podia enxerga-la graças aos olhos bestiais, apesar da falta de riqueza de detalhes, já no interior do duto que se estreitava, o corte do vento lhe dava a certeza que ele havia encontrado fontes de vida, sim era mais de uma. Um pequeno aglomerado que estava... No teto !!

Os ratos eram pouco maiores que cães da raça labrador, abismado Tyron se mantinha na defensiva enquanto observava  que as criaturas usavam as patas traseiras para se manterem de cabeça para baixo, suas faces eram grotescas e deformadas como se algo as tivesse queimado Eram arisco e pareciam prontas para avançar e direção a Tyron. A primeira horda era impetuosa e saltava em direção do Gangrel sem hesitar. 



_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Sab Set 24, 2016 9:34 pm

Rugall segura o telefone por um tempo, paralisado. Seu rosto demonstra uma feição pasma, misturado ao ódio e a sede de destruição que paira por sua mente.

Fora o fato de que terá que procurar por Diana em um frenesi insandecido.

Rugall voa para dentro de seu carro e sai pelas ruas de New Jersey atrás de Diana. Qualquer sinal de morte pode ser uma pista e Rugall reza para que os mortos sejam apenas pedintes e mendigos.

Maldição malditos porcos imundos e desgraçados. Vou pegar Diana e depois irei caçar estes filhos da puta que mecheram comigo. Ainda há muito sangue para jorrar em New Jersey.
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Dom Set 25, 2016 12:49 am

Herick mesmo em meia aquela tormenta de dor e sofrimento
Sabia o que ele pedia ia contra o que alisha queria .
Pensando
Preciso ser forte mentalmente não só fisicamente
Meu pai me desculpe entendo que o senhor deseja .
Mas nem todos de seus filhos tao seguindo sua doutrina e isso
Que ta fazendo alisha querer tanto te encontra .
Me ajude me entender melhor sua doutrina . seus desejos
Quero ser seu verdadeiro seguidor .
Me esplique melhor como devo agir
O saba quer em seu  nome se torna o pico da piramide
E me ensine esse modo de me comunicar assim poderei
Ter um elo maior com VC meu pai .
Herick nunca tinha tido um pai e tao pouco sentia falta
Mas por alguma forma aquilo a sua frente era mas próximo
Disso e de certa forma o fazia bem .
Farei tudo que tiver ao meu alcance pra ajudar pai
De todos .
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Dom Set 25, 2016 6:25 am

Rugall Salles
- PDS 2/10
- FDV 3/6 
- Vitalidade: Ferido Gravemente -2 Letal (1 Agravado & 3 Letais)

Rugall Salles Teste de Percepção + Investigação (4 Dados) Diff 7 = 0 Sucessos

Rugall vasculhava de carro pelos pontos próximos do Carpe Noctem, ela não poderia ter ido tão longe com sede de sangue, quase nua e louca por aí. O Vampiro passava pela praça Saint Louis que ficava a apenas um quarteirão do Salão, não via nada além de um grupo de Hippies e desabrigados que pareciam dançar em volta de uma fogueira, a praça era grande mas se Diana tivesse passado por lá certamente ela teria feito algum estrado. Rugall seguia pela galeria de lojas que ficava na parte sul. A galeria estava fechada pois também havia sido alvo de arruaceiros, a cidade a noite já não era mais brilhante e 24 horas como antigamente, os estabelecimentos fechavam cedo por cerca das 19 horas, Jersey City iria diminuir muito seu comércio se continuasse daquela forma. Rugall então sabia que havia alguns becos e lugares abandonados que poderia evitar. Não eram confiáveis e costumavam ter ação de ladrões e gangues locais. O vampiro pensou em ir para a estação de Metrô. andou por lá algum tempo, o fluxo vazio do local mostrava que nem os empregados ficavam por ali a noite, se ele não tomasse cuidado certamente seria abordado por pessoas mal intencionadas. O pior é que Rugall não via nenhum sinal de Diana. 


Herick Draven
- PDS 5/15
- FDV 4/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)

Meu pai me desculpe entendo que o senhor deseja . Mas nem todos de seus filhos tao seguindo sua doutrina e isso Que ta fazendo alisha querer tanto te encontra . Me ajude me entender melhor sua doutrina . Seus desejos, quero ser seu verdadeiro seguidor . Me explique melhor como devo agir O saba quer em seu  nome se torna o pico da piramide E me ensine esse modo de me comunicar assim poderei Ter um elo maior com VC meu pai .

Caim : - Não, Neofito você não entendeu absolutamente NADA do que eu disse ! - Naquele instante a cabeça de Herick doía ainda mais. Ele precisou segurar os tímpanos ainda mais forte para tentar se manter de joelhos às palavras de seu senhor. 

Caim : - Elisha é o nome da Sexta criança de geração de Malkav. Ela está cega e se você também estiver, você será inútil para mim exatamente como ela está sendo. A seita que se criou usando meu nome para angariar adeptos apenas segue o desejos de seus anciãos loucos por poder. Eles não seguem minha doutrina, eles seguem a ganancia pelo controle do Éden. A criança de Malkav não pode me achar ou todos vocês irão perecer !! É isso que você quer Neofito ? Deixar de existir se for esse seu desejo me diga de uma vez que eu irei reduzir sua existência a um monte de nada ! Faça um favor a sí mesmo e impeça Elisha de se encontrar comigo ou eu serei obrigado a destruí-la também...

O homem tinha um poder incrível onde apenas suas palavras eram capazes de causar uma incrível dor na cabeça no vampiro Caitiff. Contudo aos poucos a dor iria passando e a sensação de devoção se tornava cada vez mais impactante. Herick sabia que aquele poder incrível provinha do primeiro vampiro. 


(Off: Herick está sobre influencia de Presença NV 10 O personagem pode gastar 1 FDV e testar FDV Diff 10 para resistir por um turno)

Caim : - Não se preocupe meu filho, a dor irá passar, o corpo não é mais que uma casca. A alma é o que realmente importa, irei te contar o necessário para que acredite que o julgamento da criança de Malkav está errado. a 5 Décadas atrás eu conheci um homem em meio as minhas empreitadas, eu vivo por séculos as escondidas da sociedade seguindo para mim o ideal de sofrer a maldição importar por nosso Deus, minha maldição eterna e a sua também de nunca mais ver o dia, nunca mais poder constituir uma família e viver com fome...O resto da eternidade. Minha vida não possuía tanto sentido quando eu conheci o Monsenhor Emiliano, um homem de coração nobre e puro. sua vida é distingue em viver mais do que uma natureza egoísta como a maioria dos filhos de Seth. Monsenhor Emiliano me mostrou um objetivo melhor, e quem sabe um propósito. Escute Neofito, negar nossas necessidades físicas é um erro colossal, mas você deve buscar o domínio sobre o seus instintos. Você e eu somos a evolução, e não uma simples doença, precisamos usar nossas habilidades de maneira certa, Monsenhor Emiliano me fez perceber que todos temos uma segunda chance. Mas não devemos fracassar. Você possuí muito ódio, muita pungência no seu âmbito e enquanto estiver assim nunca irá evoluir como vampiro sempre será um neofito. 

Caim Se aproximava de Herick e dizia : 

Caim : - Me escute . Dirija a Besta, não seja dirigido por ela. Elisha está em um desejo louco por me achar, ela não é a única a minha procura. Outros poderão acabar me encontrando e eu preciso ficar aqui com Monsenhor e controlar meus poderes para que eu não destrua todas as minhas proles, se eu acordar antes do tempo a Gehenna irá acontecer e nem você nem Elisha irão sobreviver. Impeça Elisha e qualquer outro de continuar com esse objetivo sem sentido de me encontrar, siga meus conselhos e você irá desenvolver a sí próprio com mais perfeição...

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Dom Set 25, 2016 11:08 am

Herick de joelho segurando seus ouvidos
Nunca tinha sentido aquele sentimento
De ser repreendido por um pai e como tal ainda
Dando lhe concelho .
Herick olhava para Cain com orgulho.
Sim meu pai irei impedir que encomodem seu sonho
Irei falar com alisha . e assim. Construiremos uma nova
Familia consciente de mantar o pai em sucego .
Pensando
Irei brandar minha fúria quando Viper morrer .
Meu pai não desejo desafia lo
Mas minha fúria . meu ódio e só por um vampiro . Viper
So terei descanso quando der a ele a sua morte final .
Ele e sua mao negra tao corropendo todos seus outros filhos
Obrigado meu pai por falar comigo . me guie nessa impreitada
E eu vou honrar lo ate o ultimo doa meus dias
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Fuuma Monou em Dom Set 25, 2016 2:19 pm

As poderosas criaturas do Abismo surgem no quarto inundando-o com sua tenebrosa aura. Elas agarram Hamlin e o prendem, impossibilitando que o mesmo pudesse mover-se ou mesmo gritar. Lágrimas de sangue escorrem pelo olhos do Caitiff que clama por sua não-vida. O carniçal ao meu lado ficava indiferente ao comportamento do cara.

"- É esse cara que vai nos levar ao seio da Camarilla? Como ele pode dar trabalho para a Seita?" - Esses questionamentos surgiam em minha mente. Se encontrar e capturar esse sujeito dera tanto trabalho à Samus, talvez o Arcebispo não merecesse realmente o posto... Mas logo esse pensamento se desfaz. Só o agora é importante, e o dia já está para nascer. Meu corpo mostra isso, mas felizmente consigo me manter acordado (OFF: Se necessário, mais 1FdV para me manter acordado).

Olho para aquela criatura medíocre presa nos tentáculos. Meus olhos prendem-se nos seus.

"- Tento retirar informações desse imbecil agora ou o levo para Keyla?"

- Como já disse, só quero informações. Sua sobrevivência dependerá do que você me responder. Se você me disser tudo o que quero saber, eu posso te libertar. - Um sorriso fraternal se formava em meu rosto. Agora era o momento de fazê-lo calar-se e concentrar-se no que eu iria forçá-lo a falar. - Tudo dependerá de sua colaboração.

Parava um pouco de falar. Agora era o momento crucial. Esperava que o Caitiff armazenasse tudo o que eu havia dito.

- Como você deve saber, o sol está nascendo. Nós dois estamos caminhando para o sono diurno. Você irá se comportar até o anoitecer, e nos contará tudo o que precisamos saber? (Carisma) - Dou alguns passos à frente indo em direção ao Hamlin, parando a alguns centímetros de seu corpo. Agora estou entre ele e o Carniçal.

"- Estou começando a forçar meu corpo e mente ao máximo, se continuarmos com isso eu posso acabar me ferrando. É melhor parar agora e recomeçar ao anoitecer. Se Keyla o enviou, acho que posso acreditar que passarei um 'dia seguro'." - Olho para o homem fazendo um sinal para que o mesmo passe para mim uma das estacas. Recebendo-a, concentro-me em meu sangue, fornecendo o necessário para meus músculos tornarem-se fortes e ágeis o suficiente (1PS rapidez + 1PS em destreza). Seguro o corpo do Rato com força e enfio a estaca em seu coração usando-me de minha velocidade sobrenatural.

OFF: Se a estaca acertar o alvo.

Levanto-me e ando até o carniçal. - Qual o seu nome? - Espero por sua resposta. - Pois bem. Agora preciso que você guarde nosso refúgio. Não permita que ninguém entre aqui até o anoitecer. Estou contando contigo. Complete essa missão e ambos, a Espada de Cain e eu mesmo teremos uma dívida para contigo. - Espero para ver a reação do homem, isso irá indicar o passo a seguir. - Agora podes sair um pouco, preciso preparar o lugar.

Assim que ele sair, ligo para Keyla e informo que um carniçal com as características do homem que acabara de sair me ajudou a enfiar uma estaca no coração do alvo, e que agora o alvo e eu estamos nos escondendo no esconderijo do Caitiff, enquanto o carniçal está cuidando do lugar. Assim que informar à líder, jogo o Caitiff em seu buraco e escondo-me no mesmo, recolocando a cama em cima do mesmo.

OFF: Se ela não atender, envio por mensagem para ela e para Lars.

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 28
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Undead Freak em Seg Set 26, 2016 9:29 am

Eu observei durante um tempo todo aquele aparato fazer a sua "mágica" diante dos meus olhos. Aquilo facilitava muito o acesso a certas... informações. Claro, não é nada comparado a nossa rede, mas ainda assim é um brinquedo deveras interessante, para dizer o mínimo.

-- Tenho que bater palmas dessa vez. É um brinquedo e tanto, Sanders. Chega a ser até mesmo... psicodélico, de certa forma.

Droga! Essa tecnologia está sendo um impecílio para mim. Acho que está na hora de obter um pouco mais de conhecimento sobre isso quando eu tiver tempo.

-- Eu creio que esse Herick deve ter alguma informação que pode nos ser útil. Se pudéssemos colocar a mão nele, talvez tenhamos alguma vantagem. Quanto a Kashan... é melhor evitarmos ele, por agora.

(Off): Se for possível nesse momento, gostaria de usar Telepatia para obter informações a respeito do funcionamento da arma disruptora, ou de qualquer outro conhecimento tecnológico que Sanders possua.

Creio que o meu foco agora seja esse tal de Herick, e o que ele sabe. Talvez a teia me ajude a complementar as informações que necessito.

-- Dean provavelmente vai querer me contatar logo, então me dê alguns minutos de isolamento para me concentrar e obter mais informações, ok? Me chame quando for partir. Por agora, acho melhor você tomar um pouco do meu sangue. Seu ânimo está tão morto quanto eu.

(Off): Alimento Sanders com 1 pds, depois volto para o meu alojamento e uso a teia para procurar informações adicionais de Herick e Kashan, enquanto aguardo Dean e/ou Sanders me contatar.

_________________
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Seg Set 26, 2016 5:34 pm

Rugall não pode acreditar que não existem rastros de Diana. Ela deve ter ido para outro caminho.

Com esta linha de pensamento Rugall abre as janelas de seu carro e aumenta seus sentidos. Assim ele refaz todo o caminho até o salão, tentando captar algo que talvez o tenha escapado e caso não encontre nada, irá até o metrô para verificar se Diana estará por lá.

Rugall em seguida liga para July. Muitas coisas em sua cabeça e ele precisa resolver todas elas o quanto antes.

Alô, Rugall? Conseguiu encontrar Diana? Estou tão aflita meu amor. Tenho receio de que Diana esteja doente como o seu advogado.

Não July, ainda não a encontrei. Diga-me, quanto ainda temos de dinheiro em mãos? Vou precisar de uma boa quantia. Conseguiu acalmar os funcionários?

Quanto a Diana, ela não está doente. Ela está se transformando July. Agora ela será como eu. Foi a única forma de trazê-la viva. Mas a primeira noite é sempre a mais difícil. Por isso preciso de Fox. Quando ele acordar entregue um celular a ele e diga o que aconteceu. Acredito que ele ajudará. Não esqueça de me avisar!


Rugall espera uma resposta de July para as perguntas que acabou de fazer enquanto dirige pela cidade à procura de Diana.
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Seg Set 26, 2016 10:37 pm

Herick Draven
- PDS 5/15
- FDV 4/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)

"Irei brandar minha fúria quando Viper morrer . Meu pai não desejo desafia-lo Mas minha fúria. Meu ódio e só por um vampiro . Viper Só terei descanso quando der a ele a sua morte final ."

Caim : - Enquanto nutrir tal sentimento, nunca irá evoluir suas habilidades. Um vampiro que não consegue controlar sua besta interior não saberá controlar suas disciplinas e tão pouco a própria vida. Você não passará de um neofito sem nada enquanto continuar perdendo seu tempo com o passado. 

Herick percebia naquele momento que nem seus pensamentos fugiam de Caim. Ele podia saber o que ele pensava provavelmente por possuir um alto nível de Auspicios. 

Caim : - Me diga neofito ? Por que Nutri tamanha raiva de se Sire ? Por ele ter te transformado em um cainita ? Deseja voltar a ser o mortal que era antes ? Por acaso algum outro vampiro jamais viu em você a capacidade que seu senhor viu ? Deixe a mágoa de lado, ou então ficará preso no passado para sempre...

Danio Benneti 
- PDS 5/14
- FDV 2/6  (descanso recuperado)
- Vitalidade Escoriado (1 Agravado) (Antibraço esquerdo recuperado por completo, apenas uma pequena debilitação permanece)





- Como já disse, só quero informações. Sua sobrevivência dependerá do que você me responder. Se você me disser tudo o que quero saber, eu posso te libertar. Tudo dependerá de sua colaboração. Como você deve saber, o sol está nascendo. Nós dois estamos caminhando para o sono diurno. Você irá se comportar até o anoitecer, e nos contará tudo o que precisamos saber?

Hamlim : - E o que mais eu posso fazer ? Ou você ou esse sol me matariam antes que eu pudesse tentar por os pés lá foraaaaaaaaaa !!!

O caitiff estava visivelmente desesperado . Havia uma leve alteração em sua pupila, mas aquilo parecia ser o instinto do vampiro tentando prevalecer. Danio se projetava na frente do Caitiff erguido segurando a estaca que fora dada pelo estranho homem negro. 


Danio Teste de Empalar Destreza+Armas Brancas (5 Dados) Diff.7 (Alvo imobilizado) = 2 Sucessos
Danio Teste de Força+1 ( 4 dados)+Potencia Diff. 6 = 2 Sucessos
Hamlim Teste de Absorção+Fortitude Diff 6 = 4 Sucessos
Danio Teste de Empalar Destreza+Armas Brancas (5 Dados) Diff.7 (Alvo imobilizado) = 2 Sucessos
Danio Teste de Força+1 ( 4 dados)+Potencia Diff. 6 = 5 Sucessos
Hamlim Teste de Absorção+Fortitude Diff 6 = 2 Sucessos

Parecia que Danio havia previsto que normalmente não conseguiria atravessar o peito do vampiro, O la sombra precisou tentar duas vezes para conseguir atravessar o coração do Caitiff com a estaca. A primeira vez a madeira parecia acertar um pedaço de metal, Danio então recuou e velozmente atravessou o coração do Caitiff com toda a sua força. Um pouco de vitae espirrou no rosto de Danio. Uma sensação de prazer nutria o vampiro que via Hamlim empalado sem poder se mover. Danio então olhou para trás e observou o altro e estranho negro de braços cruzados escorado na parede. 

- Qual o seu nome? 

Brother : - Eu não tenho nome, apenas nos chamam de Brother...

- Pois bem. Agora preciso que você guarde nosso refúgio. Não permita que ninguém entre aqui até o anoitecer. Estou contando contigo. Complete essa missão e ambos, a Espada de Cain e eu mesmo teremos uma dívida para contigo. Agora podes sair um pouco, preciso preparar o lugar. 

O alto negro nada dizia, ele parecia ter um forte sotaque nigeriano ou jamaicano. Ele apenas assentia com a cabeça em um gesto positivo. O homem não era de muitas palavras. Ele logo saía ao pedido de Danio, era disciplinado e estava parecendo ser um bom lacaio. Danio pode então aproveitar o tempo que restava para ligar para Keyla mas não obteve qualquer resposta. ele olhou no relógio do celular e viu 6:45 AM se lembrou que Danio já estava dormindo foi acordado pelo Caitiff então o tempo já havia passado. Tanto Keyla quanto Lars já poderiam estar em seu sono Diurno. Restava a Danio também se entregar ao dia. Acabou tendo de dividir o refugio com Hamlim, o que não era muito confortável para duas pessoas ali. 

(Off: A próxima noite chegou, pode descrever sua atividade, Pds em Destreza já passou)

Assim que chegou a próxima noite de Danio o vampiro percebia em se celular 1 recado . Keyla avisava que estava indo pessoalmente para ajudar Danio a extrair informações e que ele poderia começar e  preparar o local. O som da música de fundo do motel tocava brevemente era como se as coisas estivessem exatamente como deveriam ser...


Última edição por Beaumont em Qua Set 28, 2016 4:31 pm, editado 1 vez(es)

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por No One em Ter Set 27, 2016 11:12 pm

Alimentar-se em túneis grotescos como aqueles não seria tão simples. De fato, haviam ratos ali, exceto que esses eram gigantes e deformados. O número em que se encontravam era incerto, mas inicialmente apenas 4 resolveram atacá-lo de imediato. Felizmente, o Gangrel não tinha acordado sua amada antes da caçada, de forma que ela ainda se encontrava fora de perigo, a aproximadamente 40 metros dali. Tyron, no entanto, já não estava tão seguro. Apesar de certamente já ter enfrentado coisas bem piores do que alguns ratos gigantes, ele sabia que a vantagem numérica não deveria ser subestimada.

O Gangrel sabia que poderia fugir se quisesse, pegar Branca e seguir por um caminho diferente. No entanto, será que isso valeria a pena? Os demais caminhos com certeza não estavam livres de perigo e cedo ou tarde ele teria que enfrentá-los, além de correr o risco de encontrar algo ainda pior, então ao menos ali ele já sabia com o que estava lidando e poderia se livrar do problema sem colocar Branca em risco.

Utilizando o seu sangue para ampliar ao extremo a sua velocidade física, o Gangrel preparava suas garras para o ataque. Ele também mantinha-se focado na luta, utilizando o seu auto-controle e determinação para manter a Besta em cheque, uma vez que ele sabia que utilizar ainda mais a sua vitae em uma situação como aquela aumentaria as chances de entrar em frenesi.

[OFF: Caso ganhe a iniciativa]

-1 PDS pra rapidez, -1 FV para evitar o frenesi

Ação normal: Ofuscação 4, no intuito de utilizar a ofuscação como forma de evitar todos os possíveis ataques que viria a receber dos ratos. Dessa forma, os ratos perderiam as ações deles no turno e no final não teriam como se defender das ações de rapidez.

Ações de rapidez: um ataque contra cada rato visível que me atacou (totalizando 4 ataques). A última ação será um ataque que pode ser utilizado tanto em um dos 4 ratos que ainda tenha sobrevivido ao primeiro ataque (ou caso um dos ataques tenha falhado). No caso de ter conseguido matar os 4 ratos com essas 4 primeiras ações, vou utilizar essa última ação pra me alimentar de um dos cadáveres.

[Caso perca a iniciativa]

-1 PDS para rapidez, -1 FV para evitar frenesi

Ação normal: esquiva.

Ações de rapidez: se tiver como usar as ações de rapidez pra me esquivar dos outros 3 ataques, eu me esquivo e uso as 2 últimas ações pra atacar 2 ratos. Caso considere que não tenha como, vou usar todas as ações pra atacar os ratos mesmo (e me alimentar de um deles, depois de matá-los).
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qua Set 28, 2016 10:21 pm

Vallek Morton
- PDS 10/14  
- FDV 3/6
- Vitalidade Completa


Vallek Morton Telepatia(6 dados)+1FDV gasto para invasão sobrenatural Diff.7=2 Sucessos
Resistência Mental Ativa. (7 Dados) Diff. 6 = 3 Sucessos

No tempo em que a conversa entre Vallek e Sanders fluía, o vampiro sentia a necessidade de avançar a mente do Tecnocrata, a utilização daquela tecnologia se tornava cada vez mais interessante para ele. Usar a Arma Disruptora, ou aquele dispositivo de simulação virtual entre as outras habilidades que possuíam. Contudo, havia um momento em que a mente de Sanders de fechava, na verdade no momento em que Vallek se concentrou para romper a barreira mental do homem ele percebeu que havia sido identificado. A mente de Sanders era um blackout por completo, sem imagem ou cor. A voz de Sanders parecia murmurar dentro da cabeça de Vallek com uma frase que finalizaria com ele mesmo pronunciando. 

Sanders : - Você está tentando invadir a minha mente vampiro ?

Sanders estava com a face curiosa, esperava uma reação do vampiro e em alguns segundos continuava. 

Sanders : - Você nos deu a dica da controle mental então pedimos aos nossos Cientistas, para usarem um Antigeno que percorrerá nossa corrente sanguínea, ele serve para afugentar os invasores que tentem invadir nosso córtex através das córneas ou outros meios sensoriais primários. Infelizmente o Nano M não é 100% efetivo. 

A realidade então se dissipava e Vallek estava mais uma vez na sala com os operacionais nos computadores. Vallek podia ver que havia um Profile computado tanto de Vallek quanto de Sanders nas telas do computador.  

-- Dean provavelmente vai querer me contatar logo, então me dê alguns minutos de isolamento para me concentrar e obter mais informações, ok? Me chame quando for partir. Por agora, acho melhor você tomar um pouco do meu ....

Sanders se erguia da cadeira e impedia Vallek de completar sua sentença. Aparentemente nenhum dos operacionais havia percebido mas Sanders preferia não arriscar e os dois acabavam por sair da sala em direção ao alojamento de Vallek 

Sanders : - Isso precisa ficar escondido, você não passa de uma cobaia neste lugar, se me virem me alimentando do seu sangue nós dois teremos um fim nada agradável. Você e sua raça são predadores, nosso dever é apenas manter o controle de sua espécie e não permitir que proliferem. Enfim, quando estiver pronto eu lhe darei os detalhes de nossa próximo missão. 

Sanders entrava com Vallek no alojamento do vampiro, havia uma certa urgência por parte de Sanders para obter o Vitae de Vallek, assim que Vallek abria o ferimento o Carniçal tomava o sangue diretamente da fonte. Ele parecia um vampiro sedento pelo Vitae de Vallek e o mesmo precisou usar da força que tinha para impedir Sanders de tomar ainda mais Vitae. Sanders limpou os lábios de forma degenerada, pigarreou a garganta enquanto seus olhos tomavam a tonalidade Azul celeste mesclando com o alvo do alabastro por completo. O Carniçal se olhou no espelho e resmungou. 

Sanders : - Vou precisar de um Óculos ? Consigo ouvir,ver sentir o meu próprio coração bater de forma desenfreada, minha percepção sensorial aumentou drasticamente depois que comecei a tomar o seu sangue. Me sinto mais jovem por pelo menos uns 10 anos, mas sei quais são os prejuízos por fazer isso. 

Sanders estava começando a aprender a desenvolver o poder do Auspícios, sua velocidade de compreensão era boa apesar de que ele levaria um certo tempo para entender de fato como poderia ativar e desativar sua nova habilidade. O carniçal então relaxa fechando os olhos enquanto procurava a saída e uma forma de esconder suas características novas, olhos diferentes e a sede que tinha. Sanders estava cada vez mais fissurado no sangue de Vallek. 

Por fim o vampiro malkaviano ficava sozinho. Ele sentava no chão e aproveitava o silencio que o lugar podia proporcionar. A porta estava trancada então ninguém iria incomoda-lo, de olhos fechados o vampiro entrava em um transe singular. 


Vallek Teste de Tempo Malkaviano (7 Dados) Diff 6 = 4 Sucessos

Primeiramente o vampiro se conectava com Allen. Os dois eram praticamente irmãos. Vallek podia sentir a solidão que o vampiro sentia. Allen era durão e não tinha frescuras, mas passava naquele momento por uma espécie de crise, Allen sabia que o Sabbath não iria ajuda-lo. Restava a Allen se unir a Elisha, o próprio Allen estava cedendo ao poder manipulador de Adonis. O mago brincava com as memorias e os sentimentos de Allen como se ele fosse uma marionete. Vallek podia ver Herick Draven em um das memorias de Allen. Era uma noite no campo, eles estavam em uma mansão longe de tudo Herick e Elisha pareciam bastante íntimos, a vampira segurava a mão do vampiro que se mantinha fiel. Allen estava em uma sala de pé com outro Malkaviano ao seu lado e mais outros dois, totalizando 4 pessoas que mais pareciam os 4 cavaleiros de Elisha. 


A vampira que possuía naquele momento um aspecto menos estranho que o de antes, possuía um rosto angelical por meio daqueles longos cabelos negros. 

Ela alisava o rosto de cada um enquanto dizia 

Elisha Hurley : - Permitam que a verdadeira Iluminação atinja suas mentes como eu pudi ver, sómente assim encontraremos o objetivos que nos definirá !

O poder da rede Malkaviana de Vallek permitia a ele naquele momento realizar uma conexão com a própria Elisha, mas se conectar com Elisha poderia ser um caminho perigoso Vallek já estava percebendo que naquele momento sua mente já estava começando a lhe pregar peças sobre o que era real e o que não era. Cabia ao próprio vampiro continuar a conexão ou não. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qua Set 28, 2016 11:39 pm

Rugall Salles
- PDS 2/10
- FDV 3/6 
- Vitalidade: Ferido Gravemente -2 Letal (1 Agravado & 3 Letais)

Rugall está em um misto de desespero e preocupação. Sua mente acaba se focando em todos os problemas ao mesmo tempo aliada a sua sede não permitem ele pensar com clareza. Sua habilidade Auspiciosa porem se aflora e o som do motor do carro fica quase irritante de tão alto. Porem o sentido do olfato começa a se tornar mais útil. O aroma do perfume Carolina Herrera de Diana começa a ficar mais forte.


Rugall Sales teste de Caça Percepção+ Sobrevivência (3 Dados) Diff. 4 = 2 Sucessos

O cheiro possibilita Rugall a traçar uma rota que vai do local onde ele mora até o prédio da coluna de S.D Perry, Rugall estaciona a alguns metros do prédio e imagina que as coisas estão começando a fazer sentido uma vez que o instinto primário de Diana a faz se lembrar das pessoas que ela considera mais próxima. O Jornalista publicitário e homossexual S.D Perry é um grande amigo de Diana. Enquanto ainda está no carro, Rugall desativa sua habilidade para poder se comunicar no telefone com July. A jovem atende e parece um pouco mais calma do que minutos atrás. 

Não July, ainda não a encontrei. Diga-me, quanto ainda temos de dinheiro em mãos? Vou precisar de uma boa quantia. Conseguiu acalmar os funcionários?

July Ao Telefone : - Cerca de 400 mil no cofre meu amor, mas meu irmão Jason disse que se precisar ele pode nos emprestar alguma coisa. Os empregados não estão sabendo de nada além do que o necessário. Por sorte nenhum deles chegou a ver o estado de Diana atual. Faça alguma coisa meu amor. Diana pode estar correndo muito perigo !

Quanto a Diana, ela não está doente. Ela está se transformando July. Agora ela será como eu. Foi a única forma de trazê-la viva. Mas a primeira noite é sempre a mais difícil. Por isso preciso de Fox. Quando ele acordar entregue um celular a ele e diga o que aconteceu. Acredito que ele ajudará. Não esqueça de me avisar!


July Ao Telefone : - Tudo bem, eu tentarei chamar Fox mais algumas vezes. Traga Diana a salvo Rugall. Estou preocupada. Beijos !

Rugall desligava o telefone e olhava mais uma vez para o prédio comercial. O Prédio funcionava tanto quanto um Jornal, quanto uma estação de rádio para noticias áudio transmitidas. Havia uma grande porta circular a prova de balas e logo na entrada já era possível ver que Diana havia tentado forçar a entrada sem sucesso no prédio. Havia um policial que estava do outro lado da porta que estava trancada, ele segurava um rádio comunicador e o vampiro já deveria imaginar que ele estava chamando reforços. O vampiro Tzmisce tentava raciocinar por onde Diana poderia ter se metido. O prédio comercial possuía uma entrada pelo estacionamento que era mais fácil o acesso se o usuário possuir um cartão de passagem. Apesar de Rugall e Diana saberem disso nenhum dos dois possuía tal cartão, apenas os funcionários do jornal. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qui Set 29, 2016 7:41 am

Porra Nenhuma 
- PDS 4/15
- FDV 5/8
- VIT OK
- Olhos da Besta 
- Garras da Besta





Tyron  Teste de Auto Controle Diff 8+1FDV = 1 Sucesso
Tyron Teste Desaparecimento do Olho da Mente(10 Dados+esp. Esconder-se) Diff. 5 = 5 Sucessos

Tyron era exímio predador e sabia usar o local ao seu favor. O vampiro se camuflava na escuridão de forma simples e familiar, as criaturas pareciam perdidas, usavam o olfato na tentativa de achar sua presa mas era confuso para ela possuir uma ideia da localização atual do Gangrel. 


Ação 2
Tyron Randall Teste de Destreza + Briga(10 dados+Esp. Garras) diff. 6 = 4 Sucessos
Tyron teste de Dano Força+1+Pot.+Sucessos Diff. 6 = 7 Sucessos


Ação 3
Tyron Randall Teste de Destreza + Briga(10 dados+Esp. Garras) diff. 6 = 1 Sucessos
Tyron teste de Dano Força+1+Pot.+Sucessos Diff. 6 = 5 Sucessos


Ação 4
Tyron Randall Teste de Destreza + Briga(10 dados+Esp. Garras) diff. 6 = 4 Sucessos
Tyron teste de Dano Força+1+Pot.+Sucessos Diff. 6 = 8 Sucessos


Ação 5
Tyron Randall Teste de Destreza + Briga(10 dados+Esp. Garras) diff. 6 = 5 Sucessos
Tyron teste de Dano Força+1+Pot.+Sucessos Diff. 6 = 8 Sucessos

O vampiro Gangrel não dava qualquer chance para que os ratos pudessem reagir. Como um predador, ele dava o bote saindo de sua camuflagem preparado para rasgar as criaturas usando suas garras poderosas que fincavam na carne dos roedores se afundando enquanto puxava suas tripas no tempo em que estranhos gemidos poderiam ser ouvidos. A agonia dos roedores logo cessava. Os golpes eram mortais e nenhum deles ficou vivo. Tyron parava por um segundo e sentia que poderiam haver mais por ali. Escutava o som do grunhir dos roedores pelos tuneis entretanto a besta interior de Tyron repudiava o cheiro que ficava em suas mãos. O cheiro de podre era extremamente forte, e usar auspícios naquele momento seria um convite para náuseas. O vitae daquelas criaturas possuía um cheiro ruim, ou melhor dizendo péssimo. Era viscoso demais para ser um vitae normal e devido aos olhos da besta não era possível para o Gangrel identificar a cor do sangue com exatidão, apesar de ser quente e ainda estar parcialmente morno o sangue era agoniante e pinicava as mãos de Tyron dando a ele a vontade de querer lavar suas de tanto que ele queria coça-las. O vampiro se perguntava se aquilo seria nutritivo o suficiente para se arriscar e que tipo de formas de vida ele ainda poderia encontrar por ali. Havia uma interrogação grande na mente do vampiro que de certa forma estava desapontado mas tranquilo por ainda perceber que suas habilidades como caçador natural lhe eram favoráveis. 

Ele então voltava os metros restantes com certa agonia, limpado o sangue nas roupas amassadas que não eram trocadas a dias, o cheiro ficou preso em Tyron por completo. Aquele odor de urina de rato misturado com coisa podre. Um verdadeiro espetáculos de cheiros depreciantes. Ao se aproximar de Branca o vampiro a encontra ainda desfalecida porem com uma expressão de náusea. Ele ficava um pouco contente por saber que ao menos ela respondia a alguns estímulos, mas se ela não estava acordando provavelmente a queda havia sido forte o suficiente para ceda-la, mas não leva-la ao torpor. Do contrário ela estaria completamente imóvel. Restava ao Gangrel saber o que fária com uma vampira desacordada, várias galerias de esgoto a desbravar e um grupo de roedores esquisitos mortos dos quais Tyron não conseguia ter a minima vontade de se alimentar. Ele se perguntava se aquela refeição seria mais nutritiva do que indigesta... 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Sab Out 01, 2016 1:41 am

Eu te respeito pai de todos os vampiros .
Sei que quer me guiar .
Mas não vontade de ser humano . talvez essa seja minha
Verdadeira natureza . me sinto livre . mas forte que jamais
Poderia sonhar ser .
Mas Viper .
Herick endagava olhando para lado ainda de juelho como os
Antigos cavaleiros faziam diante seus reis .
Não o deio ele . mas sua não vida e uma ofenca a mim
Agora posso dizer ao senhor 1 dos 1 .
Eu nunca perdi uma disputa . nunca corri de uma boa luta
E um desafio .
E viper e minha luta . minha guerra pessoal . uma parada mal
Acabada . mas logo terá seu desfeixo não tenho preca .
Herick esbolcava um pequeno sorriso de canto de boca .
Mas segurei que o senhor disse vou ser mas raciocínio e pouca
Fúria
Obrigado meu pai por abrir meus olhos .
Um dia o senhor tera muito orgulho de mim
E farei tudo ao meu alcance pro senhor continuar descancando .
Herick se erguia e falava olhando nos olhos da criatura .
Pensando
Alisha temos de nos encontra logo tenho muito o que falar com VC
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Sab Out 01, 2016 6:15 am

Herick Draven
- PDS 4/15
- FDV 4/5 
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)


Face a face diante do pai, Herick não conseguiria se erguer, seus joelhos estavam pesados demais e nem mesmo toda sua potencia sublime era capaz de por de pé o mais forte fisicamente dos vampiros. 

Obrigado meu pai por abrir meus olhos . Um dia o senhor tera muito orgulho de mim E farei tudo ao meu alcance pro senhor continuar descancando .

Caim : - Somente o seu próprio desejo poderá libertar sua alma bestial de seu próprio cárcere criado por você, até lá você definhará pouco a pouco em seu próprio abismo pessoal assim como muitos outros vampiros iguais a você. 



APRENDA A SE CONTROLAR NEOFITO OU ESTARÁ FADADO A SUA PRÓPRIA CONDENAÇÃO !!!!

Por que Tú Cavalgas tão Tarde na noite e no vento ?


Os olhos de Herick se Abrem e ele estava chorando lágrimas de sangue. Sua face vislumbrava o rubro do sangue que escorria e em sua cama manchas de sangue sujavam o bonito lençol de cor vinho claro ao qual ele estava deitado. Ao se olhar no espelho Herick podia enxergar a tatuagem que a Seita sabbath havia obtido como uma forma de escárnio e que nunca mais deixaria sua testa. Herick havia perdido tudo naquela vingança. Seu posto como Algoz, sua vida anterior. Hoje Herick não possuía mais objetivo estava confuso e a procura de Elisha sem sequer saber por onde ela estava, uma agonia misturada com temor inflava a besta de Herick, o que ele iria fazer ? 

Herick se via mais uma vez no quarto do salão de beleza do vampiro Caitiff Rugall Salles. Tudo parecia tranquilo, talvez aquilo não tivesse passado de um sonho ruim, mas era tudo tão real, tão nítido ! Não poderia ter sido apenas um sonho. Havia um pequeno e limpo banheiro onde Herick poderia tomar um banho e trocar de roupas. Um armário com roupas de seda e linho, roupas finas de alguém que possuía muito dinheiro. Aquele tal de Rugall parecia ter muito dinheiro. Já fazia tempo que Herick só estava com aquela calça suja negra de couro e tivera de usar o poder da ofuscação para mudar de face. Pouco tempo depois uma voz do outro lado da porta, batia.  

 - Fox ! Fox !! Você já está acordado !! Precisamos de sua ajuda depressa !!  

Alguém agoniado martelava na porta em desespero, parecia aquela garota da noite passada que lhe mostrou o quarto, o que será que aconteceu ?

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Fuuma Monou em Dom Out 02, 2016 11:19 am

Hamlin escreveu:- E o que mais eu posso fazer ? Ou você ou esse sol me matariam antes que eu pudesse tentar por os pés lá foraaaaaaaaaa !!!

- Que bom que você entendeu a situação. Agora fique quieto para que eu possa fazer o meu trabalho. - Pego a estaca com Brother e enfio no coração do cainita. Em um primeiro ataque a estaca não parece mover-se nem um pouco, é como se uma parede de metal estivesse entre a estaca e o peito do infeliz. Contudo, a missão é mais urgente. Afasto-me um pouco, o suficiente para ter impulso, e ataco diretamente o coração de Hamlin, o acertando. Um pouco de sangue respinga em minha face. Um sorriso se forma em meu rosto. Paro alguns instantes para apreciar aquela obra de arte. "- Eu poderia agora desmontá-lo e ele ainda estaria consciente durante todo o processo. Ou talvez mandar o carniçal levá-lo até o sol por alguns instantes só para vê-lo sofrer um pouco..." - Esses pensamentos e mais alguns outros surgem em minha mente, mas somem rapidamente com o peso que o 'sono' tem sobre minhas faculdades.

Agora está na hora de dormir. Quando o carniçal sai do quarto, ainda fico tentado a pegar minha faca e cortar minha presa.

"- Eu tenho o poder sobre a sua vida. Se você sobreviver ao amanhã será somente por minha misericórdia... ou talvez eu só queira ver o que vai acontecer contigo... ver-te sofrer na mão de Keyla, assim como a sua criança sofreu mais cedo..." - O sorriso ainda estava estampado em minha face, mas como sempre ocorre, o sol fala mais alto e o sono me empurra às profundezas. Olho para o espaço vazio onde antes havia um antebraço e remonto os dias que passaram. Apesar de ver a falta de um membro como prova de minha entrada no Insight, está na hora de reavê-lo. Assim, ao entrar no esconderijo do Rato, concentro o meu sangue naquela região e depois entrego-me ao nada.

Acordo com uma sensação de formigamento no antebraço esquerdo. Olho para o mesmo e percebo que o processo iniciado na noite anterior havia surtido seu efeito. Minha mão estava de volta. Saio do esconderijo e começo a testá-la para saber o quanto de suas funcionalidades haviam sido reconstituídas. Abro e fecho a mão, e com isso percebo um pequeno 'delay'. Pego o celular e encontro uma mensagem, mais uma prova ao membro. Utilizo-me de meu braço esquerdo para pegar o celular e abrir a mensagem. Ainda assim o movimento é um pouco atrasado.

"- Quem sabe com o passar dos dias não recupero o movimento total?"

Olho para toda a extensão do quarto para saber se o carniçal fez seu trabalho. Depois aproximo-me da porta para escutar o som do local. Quero saber se alguém está por perto e se posso sair. A Fome começa a soprar em meus ouvidos o seu desejo por sangue. Muito de minha vitae havia sido utilizada para remontar meu braço, agora era a hora de repor o que foi perdido.

O som do lado de fora indicava que nada fora do normal havia acontecido. A música tocava, provavelmente as garotas trabalhavam e o segurança deve estar lá fora nos protegendo. Pego o celular e ligo para Keyla:

- Enquanto você estiver vindo para cá, preciso que você traga algo que possamos usar para prender o Rato, ele é forte e pode tentar escapar. Ou então conseguir um local que possamos transportá-lo.

OFF: Se ela não atender, envio isso por mensagem.

Espero pela resposta da líder. Quando ela terminar, procuro ouvir novamente através da porta. Se não houver nenhum som, abro-a com todo o cuidado para não fazer barulho e, aos poucos, coloco minha cabeça para fora, observando se o caminho está seguro para sair do quarto (Furtividade).

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 28
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por No One em Dom Out 02, 2016 8:11 pm

Desaparecendo diante dos seus olhos, o vampiro rapidamente destroçara os ratos monstruosos. Para alguém com uma força física como a dele, não fora difícil matar cada um com um único golpe. No entanto, embora estivesse pronto para finalmente se alimentar depois disso, Tyron sentia um cheiro verdadeiramente podre vindo daquele sangue. Inicialmente, ele acreditara que aqueles eram apenas ratos carniçais modificados por algum Tzimisce, mas aparentemente eles eram mais que isso.

Desistindo de se alimentar, Tyron limpava suas garras nas suas roupas velhas e sujas e retornava para sua amada. Os outros ratos no teto não dificultaram sua passagem, provavelmente tendo percebido que isso só faria com que eles acabassem como os outros quatro. Chegando lá, o Gangrel podia perceber que Branca exibia expressões nauseadas, mesmo desacordada, visto que de fato o cheiro do sangue podre emanava do vampiro próximo a ela. Aquilo confirmava para o Gangrel que ela não estava em Torpor, o que era um grande alívio para ele.

Contudo, ele achava melhor não lhe acordar por enquanto. Afinal, ele pretendia seguir ofuscado com ela durante o caminho, e Branca não era muito furtiva, ainda mais naquele estado, o que contribuiria bastante para que ela acabasse se revelando na hora errada. Colocando-a nas costas, mas deixando a outra mão livre para defendê-los, o Gangrel fazia uso novamente da sua Ofuscação, desaparecendo junto à sua amada (Ofuscação 5). Como não havia ninguém os observando, o desaparecimento seria instantâneo, tudo que lhes restava era manter-se em silêncio. Desse modo, o Gangrel retornou ao caminho da direita, visto que lá ao menos ele já sabia o que lhes esperava caso a Ofuscação fosse quebrada.
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Undead Freak em Ter Out 04, 2016 7:04 am

-- Você está tentando invadir a minha mente vampiro ?

-- Muito bom... Talvez você seja mais adequado do que o seu amigo Dean. Vampiro, você diz... Talvez ainda não tenha percebido como as coisas tenham mudado...

Eu não dei muita importância ao que aconteceu. No entanto, parece que Sanders ficou deveras interessado ao que acabou de acontecer.

-- Você nos deu a dica da controle mental então pedimos aos nossos Cientistas, para usarem um Antigeno que percorrerá nossa corrente sanguínea, ele serve para afugentar os invasores que tentem invadir nosso córtex através das córneas ou outros meios sensoriais primários. Infelizmente o Nano M não é 100% efetivo.

Aquilo me fez rir. Talvez ele não tenha entendido, mas realmente me fez gargalhar.

-- Sabe, agora vejo como somos parecidos. Meu coração não bate, eu não respiro e você está quase virando o C3PO. Parece que nós dois deixamos de sermos humanos.

De repente lembrei de quando era humano. Eu lembrei de quando o meu coração ainda batia, quando eu ainda respirava e, obviamente, lembrei de Annabelle.


Minha vontade de rir passou. Um misto de raiva e tristeza tomou o meu semblante.

-- Você fica ai falando "vampiro", nesse tom de desprezo pejorativo, mas você se esquece que um dia o meu coração bateu. Você se esquece que um dia eu respirei como você, que um dia eu amei, que um dia eu também chorei por perder uma mulher. Você pode me ver como uma ameaça vazia a ser abatida, mas você não sabe o que eu sofri e ainda sofro para estar aqui. Vocês se acham inteligentes pra caralho, mas a verdade é que vocês não sabem de porra nenhuma. Vocês não passam de uns filhos da puta.

No final eu acabei suspirando e me acalmei. Minha voz voltou ao normal. Foi quando eu sugeri de Sanders se alimentar e pedi meus minutos de silêncio.

-- Isso precisa ficar escondido, você não passa de uma cobaia neste lugar, se me virem me alimentando do seu sangue nós dois teremos um fim nada agradável. Você e sua raça são predadores, nosso dever é apenas manter o controle de sua espécie e não permitir que proliferem. Enfim, quando estiver pronto eu lhe darei os detalhes de nossa próximo missão.

Ele me seguiu com uma certa ânsia até o alojamento. Quando abri o meu pulso, ele avançou como um cão esfomeado, e eu tive que empurrá-lo com o outro braço para que ele não passasse da conta. Ele agora limpava a boca como um ogro que acabou de comer um porco cru, recém-abatido. Ele agora encarava a si mesmo no espelho, admirado com alguma coisa em si mesmo.

-- Vou precisar de um Óculos ? Consigo ouvir,ver sentir o meu próprio coração bater de forma desenfreada, minha percepção sensorial aumentou drasticamente depois que comecei a tomar o seu sangue. Me sinto mais jovem por pelo menos uns 10 anos, mas sei quais são os prejuízos por fazer isso.

-- Mortais que desenvolvem laços com vampiros aprendem um pouco dos nossos poderes. Não é nem um milésimo do que nós podemos fazer, mas ainda assim te dá uma vantagem enorme em relação aos outros mortais.

Ele então saiu, tomando o cuidado para não parecer diferente, suspeito... Finalmente estou em paz, e agora posso me concentrar.

Uma memória antiga veio a mim através de Allen. Ele está cada vez mais sozinho, cada vez mais desolado. Espero que ele não desista.

Aguente, filho da puta. Não quero te perder também.

Eu pude ver Elisha através de Allen. Eu também pude ver Herick Draven. Havia algo acontecendo ali... algo estranho. Era como uma reunião. Todos estavam intimos demais com ela. E de repente... minha mente se liga a ela.

Não!

Eu cortei a conexão imeditamente. Fiz tão bruscamente que cheguei a cambalear. Elisha está sob o domínio de Adonis, e através da teia seria fácil para ele me iludir, como tentou fazer antes. Não há mais nada a especular. É hora de agir.

Elisha precisa morrer...

_________________
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Ter Out 04, 2016 9:00 am

A situação continuava a se complicar. Rugall tinha uma Diana semi nua correndo faminta pela cidade e ela parece ter escolhido seu destino.

Embora esteja certo de onde Diana teria ido, não há sinal dela e tudo parece estar estranhamente calmo.

Rugall pensa no que fazer, se entra em contato com o segurança que está dentro do prédio para perguntar o possivel paradeiro da mulher louca que passara por ali ou se vai até a entrada do estacionamento colher mais pistas.

Talvez seja a melhor opção, talvez Rugall esteja esteja com muita coisa na cabeça ou talvez esteja apenas com pressa. Rugall resolve ir em direção à porta circular para tentar se comunicar com o segurança.

Ao se aproximar Rugall procura tentar escutar o que o segurança está falando pelo rádio.

Com licença senhor, preciso de uma informação por gentileza. Estou procurando uma mulher que talvez tenha passado por aqui. Ela passou por uns mal bocados a um tempo e está com alguns problemas psicológicos. Hoje ela teve um surto e fugiu e a procuro pois ela pode se machucar e machucar outras pessoas.
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Ter Out 04, 2016 8:51 pm

Danio Benneti 
- PDS 5/14
- FDV 2/6  (descanso recuperado)
- Vitalidade Escoriado (1 Agravado)

A noite parecia ponderada, a cama havia sido levemente movimentada para que o La sombra pudesse sair de seu refugio diurno. Ainda arremessado no buraco estava o Caitiff com olhos de desespero, apesar de paralisado não havia atingido sua morte final. Uma tortura desesperadora. 

Não havia som do lado de fora então o vampiro realiza uma ligação. Keyla a Ductus do bando sinaliza com breves palavras que havia intendido o pedido do vampiro e então desliga o telefone. La fora não estava um silencio na verdade apenas aquela musica característica do Motel que continuava de forma incessante a tocar. O vampiro abria uma pequena fresta da porta com cautela, seus olhos podiam ver uma silhueta muito semelhante a do grande negro, o homem parecia ter passado o dia inteiro ali. Danio tinha algum tempo até que Keyla chegasse...

OFF: Fumma vc tem ação livre até a chegada de Keyla. Brother porem está bem na frente da porta.


Porra Nenhuma 
- PDS 4/15
- FDV 5/8
- VIT OK
- Olhos da Besta 
- Garras da Besta
- Cobrindo o Grupo 


O vampiro precisava escolher um caminho, por enquanto todos pareciam iguais, era difícil tomar uma decisão mas por fim ele seguiu por aquele em que havia caçado. Usou o tempo que usou para caçar para também avaliar o lugar, os olhos da besta podiam não ver detalhes de cores, mas lhe dava uma imensa vantagem ao ver dificultosamente o lugar pelo qual caminhava. O som ainda era nulo e aquilo era de certa forma muito perturbador e fazia o vampiro pensar quando foi que o seu órgão auditivo foi lesionado a ponto dele não conseguir ouvir sequer a própria voz. Nunca havia tido conhecimento do local onde estava, mas aquela era uma parte esquisita dos esgotos de New Jersey, havia um lodo no chão que faria qualquer pessoa mais mundana escorregar a cair com facilidade. Os animais parecia evitar se aproximar do Gangrel, talvez seu poder predatório o fez parecer mais poderoso depois de estraçalhar alguns daqueles ratos deformados e gigantes. 

O vampiro então percorria um longo caminho sempre para baixo, um caminho inaudível, escorregadio e cada vez mais o cheiro de metano afundando em seus pulmões, um mortal não viveria ali por muito tempo sem sofrer uma intoxicação, chegava um momento em que o vampiro se deparava com um local redondo com um grande buraco no meio, era impossível ver o que tinha lá em baixo, seus olhos conseguiam ter uma visão bem limitada do que estava a sua frente, o buraco iria além do que ele conseguia enxergar. Voltar poderia ser uma possibilidade remota considerando todo o caminho que ele havia percorrido, se perder ali poderia ser muito fácil afinal. Como Tyron iria saber se estava indo para o caminho certo ? Quanto tempo ele iria caminhar por entre aquelas galerias até encontrar novamente alguma saída ? E a pior de todas as perguntas. Quanto tempo conseguiria aguentar sua abstinência por sangue. Sua mente focava em Branca mas ele nunca pensaria nela como um alimento, preferia deixar que a jovem o devorasse do que o contrário, o que faria Tyron preso cada vez mais em um profundo caminho sem volta, sem direção um confuso caminho para a perdição...

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 28
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por No One em Qua Out 05, 2016 7:26 pm

O percusso parecia cada vez mais incerto. Tyron andava prestando atenção aos mínimos detalhes, tanto para se prevenir de possíveis emboscadas como também para memorizar os locais por onde passava. Os ratos não haviam sido uma ameaça dessa vez, visto que os vampiros estavam ofuscados. O lugar também estava repleto de lodo e gás metano, e este último deixava o Gangrel ainda mais satisfeito por não ser mais humano.

Após percorrer o local misteriosamente silencioso por um bom tempo, o Gangrel encontrou uma espécie de buraco. Era impossível ver o seu fundo, mesmo com Auspícius e Olhos da Besta, fato que deixava Tyron receoso. No entanto, voltar todo o trajeto que já haviam feito também não era uma boa ideia, visto que eles poderiam facilmente se perder.

Tyron sabia que tinha que ser cauteloso antes de agir. O caminho mais propício de levar à saída parecia ser pelo buraco, mas dependendo de sua profundidade, a queda poderia causar sérios danos até mesmo a um vampiro vigoroso como ele, e nesse caso talvez fosse melhor procurar um outro caminho. Era óbvio que se tratava de algo fundo, visto que ele não conseguia enxergar o seu fim, mas o que importava era o quão fundo seria. Poderia aquela queda lhe levar ao torpor? Para avaliar isso, Tyron sabia que não poderia contar com a sua audição, simplesmente jogando uma moeda e esperando escutá-la chegar lá embaixo, então teria que improvisar.

Colocou Branca com cuidado no chão, tirou sua camisa suja com o sangue podre dos ratos e a jogou pelo buraco, esperando algum tempo depois para se assegurar de que tinha chegado ao chão. Colocou Branca novamente nas costas e por fim, usou o seu olfato combinado com Auspícius para avaliar a distância em que a camisa se encontrava e, consequentemente, até onde o buraco iria. Desse modo, o Gangrel pretendia estipular a profundidade do buraco e se ele seria capaz de suportar a queda sem o risco de torpor.
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Sab Out 08, 2016 8:55 am

Meu pai me pede pra deixar de lado a única coisa que me faz levantar todas
As noites
Que me impulsionou . que me fez levantar todas as vezes que cai
Mas uma coisa ele tem rasao não posso agir no impulso
Tenho de ser mais esperto . planejar mais minhas acoes
Descubrir mas desse novo mundo . me tornar mas forte
Me aproximar mas de Caim pra que meu pai tenha orgulho de mim
Sim tenho uma nova missão . um novo proposito impedir que
Meu pai acorde .
Alisha eu vou te achar e cuidar de VC .
Herick pegava uma camisa de ceda preta e tomava um banho
E se arrumava mantendo sua calca de couro . ficando só com
Sapatos e camisa de CEDA preta .
Apois se arrumar a porta começava a bater .
Herick sabia que não podia aparecer com sua verdadeira
Forma tomando a forma de negão
E abria a porta .
O que ouve mulher . o que ta acontecendo ???
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum