New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Seg Ago 29, 2016 10:59 pm

New Jersey by Night - A Falsa Iluminação



Enquanto o governo americano tenta salvar a cidade de New Jersey de uma estranha epidemia de raiva que alastra a cidade. A seita Sabbath trás reforços para enfrentar o Governo Americano de frente, como se a seita já não tivesse que se preocupar com os membros sobreviventes da camarilla. New Jersey se torna uma zona de conflito urbano entre o Arcebispo Samus que com a ajuda do Bispado da cidade do México cria uma investida contra os mortais do governo que estão tentando conter a onda de violência na cidade. No meio deste conflito os verdadeiros protagonistas a puxarem as cordas ainda se mantem as escuras. O Sabbath sabe que a epidemia não foi ocasionada de frenesi não foi ocasionada pela seita. O pior é que agora até mesmo vampiros estão sucumbindo a esse estranho fenômeno e loucura que alguns malkavianos já adotaram o nome de "falsa iluminação". Esse descontrole está chamando muito a atenção e dificultando o controle de território do Sabbath. A Ordem da Razão, um grupo tático formado por mortais com habilidades e inteligencia acima do normal estão tornando o controle do Arcebispado de Samus bem mais difícil. E para piorar um estranho fenômeno ocorre na costa de New Jersey...





OFF : Sejam Bem vindos pessoas, vamos Iniciar mais um jogo , mais um ciclo e novas estórias na cidade macabra de New Jersey. Uma cidade caótica e quase distópica mas que ainda não fugiu da realidade de nosso mundo. A tecnocracia tenta ao máximo manter o ceticismo na humanidade e dar uma explicação "cabível" para os acontecimentos para a massa mas pelo visto a intervenção da Igreja foi necessária. 




Última edição por Beaumont em Seg Ago 29, 2016 11:10 pm, editado 1 vez(es)

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Seg Ago 29, 2016 11:07 pm

Seita Sabbath

Samus
Linhagem : Arcebispo de New Jersey - Tzmisce 6 geração
Disciplinas conhecidas: Vicissitude - Taumaturgia (Linha da Corrupção-Sedução das Chamas) - Fortitude - Potencia - Presença - Auspícios - Metamorfose 

Samus possui uma historia antiga com relação a Julius e Elisha. Em 1962 Samus preparou uma cruzada para tomar New Jersey e fortalecer a costa Leste com o poder da Seita mas subestimou as estrategias de guerra de Jullian e acabou tendo de bater em retirada se escondendo em Phillisburg para elaborar uma nova tomada. Samus tem reunido, exércitos, espiões e informações necessárias para um dia praticar sua vingança. Atualmente realizou uma nova cruzada que resultou em sucesso. Agora tenta auxilio com o Sabatth do Novo Mexico para iniciar uma empreitada a NY. 

Raven
Linhagem : Gangrel Urbano - Bispo  - 8ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Metamorfose - Potencia - Ofuscação - Rapidez - Animalismo.

Raven faz parte do grupo que observa a camarilla de New Jersey há algum tempo. Está comandando a operação que fará a invasão no cerco da camarilla . Raven são os olhos de Samus e um dos principais responsáveis pelo sucesso da cruzada ao enviar um grupo de espiões para deflagrar as defesas da Camarilla. 

Patrokos
Linhagem : Brujah AT Paladino - 7ª Geração 
Disciplinas Conhecidas :  Potencia - Fortitude - Animalismo - Dominação  - Presença - Auspicios

Patrokos serviu as linhas de roma, mas não era muito inteligente. Sofreu uma emboscada e sofreu o rito saba de iniciação com louvor, pois apesar de burro era muito forte e determinado. Tem vivido desde então servido as linhas de frente como um brutamontes, desenvolveu as disciplinas físicas ao máximo que podia mas nunca conseguiu entender como funciona as disciplinas de fato. É orgulhoso e mantem o caráter do "o mais forte vence" como principal mote. Hoje serve como protetor pessoal de Samus. 

Lady Lucy 
Linhagem : Alta Inquisitora Sabá La Sombra 8 Geração 
Disciplinas Conhecidas : - Tenebrosidade - Fortitude - Potencia - Ofuscação - 

Apesar de sua face bonita, Lucy é um monstro quanto qualquer outro membro da seita, a vampira possui praticas ardilosas de tortura e investigação , pertence ao grupo de Inquisitores do Sabá mas por necessidades práticas resolveu auxiliar o Sabá da Costa Leste na Cruzada para unificação do território a pedido do Prici. 

Lynxx
Linhagem : Removedora da Mão Negra - Gangrel - 8ª Geração 
Disciplinas Conhecidas :  Metamorfose -Presença - Demencia - Rapidez - Potencia - Ofuscação


Lynxx tem uma bela reputação em suas costas, a vampira desprovida de qualquer humanidade começou a caçar membros da camarilla assim que foi abraçada, ela criou um bando com o intuito apenas de torturar e levar a morte final de círculos da camarilla, foi caçada por uma equipe de Algozes onde teve seu bando morto porem ela ainda conseguiu sobreviver e assassinar os algozes que lhe atentaram contra sua vida, se tornou membro da mão negra e continuou fazendo o que adora fazer, humilhar e matar membros da seita rival. Apesar de ser Gangrel muitos acreditam que ela seja Malkaviana pois depois de diablerizar um vampiro do clã começou a desenvolver certas peculiaridades estranhas no comportamento

Synk
Linhagem : Removedor da Mão Negra - Ravnos AT - 9ª Geração 
Disciplinas Conhecidas :  Ofuscação-Rapidez-Quimerismo-Fortitude


Sink era o code nome do Ravnos AT escolhido. Perfeito em táticas de demolição, o vampiro já havia sido um terrorista famoso no inicio dos anos 90 para o IRA . Intencionando ações na Irlanda do Norte por muito tempo, sua habilidade em mesclar suas explosões é fascinante, sua rapidez é igualmente invejável, tudo o que um especialista em bombas precisava ser. Inteligente, rápido, audacioso . 

Viper 
Linhagem : Dominio da Mão Negra Gangrel - 7ª Geração 
Disciplinas Conhecidas : Metamorfose - Potencia - Ofuscação - Rapidez - Fortitude 



Viper é mais do que um mero assassino da Mão Negra ele possui uma obsessão por Cain. Acredita que um dia ele irá dar cria a um vampiro tão bom quanto o próprio primeiro vampiro. Há cada 5 anos Viper abraça um mortal que ele considera propício a servir a causa sabá. De todas as suas proles Lynxx foi a que ele mais tem orgulho, Viper é um caçador nato e adora por em praticas seu instinto predador sempre que tem oportunidade, escolhe suas presas a dedo e mede bem suas capacidades antes fazer o derradeiro ataque. 

Kashan 
Linhagem - Marechal de Campo da Mão Negra - Assamita 7 Geração
Disciplinas conhecidas : Quietus - Ofuscação - Rapidez - Potencia - Metamorfose - Fortitude - Auspicios 


Kashan é um dos poucos assamitas remanescentes e confiáveis da Mão nos arredores da costa Leste dos Estados Unidos. Kashan coordena os Kamut da região, organizando as missões e o movimento de cada grupo na maioria das vezes em campo. Kashan já teve a chance de participar do grupo de Emissários da Mão mas recusou pois prefere seguir o ramo militar do que politico da seita. Continua obcecado pelo Projeto Paradoxo 


Keyla 
Linhagem : Ductus Serpente da Luz - 9 Geração
Disciplinas Conhecidas : Serpentis - Presença - Dominação - Ofuscação - Potencia 

A Manipuladora vampira Keyla formou seu bando com o intuito de servir como infiltradores na camarilla logo após a derrota massante de Samus, Keyla era o principal link entre a Nosferatu Trash que morreu ao ser descoberta como traidora da camarilla. 

SM 
Linhagem:  Nosferatus Sabá 9 geração
Disciplinas conhecidas:  Potencia - Fortitude - Dominação - Presença - Auspícios

Sm é um nosferatu esperto e sádico, possui um jeito estranho de ser ou falar. Tem planos de montar um bando para torturar e interrogar usando a Trilha da noite. 

Darko 
Linhagem : Nosferatus Sabá- Bando de Kayla - 10 Geração
Disciplinas Conhecidas: Ofuscação - Rapidez - Animalismo

Recluso e discreto, usa um manto grande e marrom que esconde sua parcialmente sua face, é um grande espião apesar de ser um mero neofito. 


Lars 
Linhagem  - Gangrel Urbana - Sabá - Bando de Kayla Insight - 9 geração
Disciplinas conhecidas:  Rapidez - Metamorfose - Presença - Fortitude - 

Revoltada e impetuosa , essa gangrel consegue obter informação através da força bruta. Motoqueira nas horas vagas. 

Jax Pós Projeto Paradoxo
Linhagem  - Gangrel Urbana - Sabá - - 9 geração
Disciplinas conhecidas:  - Metamorfose - Potencia - Rapidez - Ofuscação - Auspícios 


- Depois de participar da cruzada na cidade,  Jax entrou em torpor e foi submetido aos experimentos do projeto paradoxo de Gotk para que o Tzmisce pudesse entender mais como funcionava a vicissitude nas mãos do Nosferatu Kane. O resultado foi uma criatura hedionda sugadora de sangue. Com o sangue e a pele alterados por Vicissitude. 

Unk "Richie"
Linhagem : Ductus La Sombra - 9 Geração
Disciplinas Conhecidas : Tenebrosidade - Fortitude - Potencia 

Unk é a prole de Maxillian e herdeiro do Bando Knights of Caine. Seu objetivo principal atualmente é descobrir quem e como foi que o correu a morte de seu Sire. O vampiro conta com a ajuda da Alta Inquisitora Lady Lucy na investigação. 

Nirrhtak
Linhagem : Sacerdote Tzmisce - 11 Geração
Disciplinas Conhecidas : Vicissitude -  Auspicius - Tenebrosidade 

O vampiro recluso possui habilidades com a carne impressionantes. Não possui qualquer tipo de remorso e seu maior objetivo é servir a seita. Conhece inumeros ritus e os pratica de maneira bizarra . Fez um pedido irrecusável a Unk. Ter sua prole de volta. 


Última edição por Beaumont em Qui Set 08, 2016 2:24 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Seg Ago 29, 2016 11:20 pm

Refugiados da Camarilla e Anarquistas sobreviventes

Athos Justino Vulgo "Dharma" - A mente
Linhagem : True Brujah - 6ª Geração
Disciplinas Conhecidas: Temporis - Presença - Auspícios - Fortitude - Potencia.
 

Athos foi o principal responsável por unir os anarquistas por uma causa em New Jersey, o vampiro era um antigo aliado de Julian e esteve em torpor tempo o suficiente para não ver os últimos acontecimentos até que Nally se viu obrigada a acordar o antigo membro do Clã Brujah. Depois da morte final de Nally Athos refugiou os vampiros remanescentes em seu refugio, uma antiga Catedral abandonada no planaltos do Piomente.  


Hal Seals
Linhagem : Zelador Tremere e Regente da Capela - 10ª Geração 
Disciplinas Conhecidas :   Taumaturgia(Movimento da Mente - Controle Climático) - Auspicios - Presença - Fortitude -  

Hal Seals era filho de um grande empresario de relíquias e curador no museu estadual de Newark. Depois de Abraçado ele voltou sua atenção a juntar artefatos para o clã e mesclar junto com as relíquias do pai. Após a misteriosa morte de seu pai ele herdou 50% de todo o império do sr. Seals e abriu a Cube Airlines a pedido de George Sears para que todas as relíquias do clã pudessem ser trafegadas livremente pelos Estados Unidos. Se tornou Zelador do Elísio a pedido de George Sears, primeiro Xerife de New Jersey. 

Hamlin - Um Pugilista fracassado
Linhagem : - Caitiff - 10 geração 
Disciplinas Conhecidas :  Potencia - Fortitude - Rapidez



Hamlin é o Caitiff mais velho e conhecido por todos em New Jersey. O vampiro já foi no passado um promissor pugilista que quase alcançou fama fora da cidade e foi campeão das municipais mas teve sua carreira interrompida pelo abraço. O Antigo xerife Sears ainda realizou uma busca com Vex e outros algozes à procura do Sire que abraçou Hamlin mas ele nunca foi encontrado...

Mark Peterson
Linhagem : Ventrue - 11 geração
Disciplinas Conhecidas : Fortitude - Dominação - Potencia 


Mark faz parte da segurança do elísio desde de que Julian precisou aumentar sua contingencia de carniçais na investida sabá em 1962 desde então o vampiro fez parte do grupo e serviu a camarilla muito bem, não tem mais que alguns anos como vampiro abraçado. 


Meg F night - Conspiradora
Linhagem : Toreador 8ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Presença - Auspicios - Dominação - Potencia

Modelo em Ascensão , há rumores de que ela já teve fama em algum lugar da França no seculo passado .  Não conformada com a renuncia de Strauss tentou descobrir por contra própria o que estava acontecendo. Esta desaparecida desde então mas boatos circulam que ela foi vista em contato com os anarquistas da cidade. Atualmente foi retida sob custodia pelo FBI, os motivos ainda são obscuros. 

Marvin "Ace" Burns - A Chave
Linhagem: Ravnos 9ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Quimerismo - Animalismo


O vampiro se aliou aos anarquistas depois dos últimos acontecimentos e da morte da Toreador na sua frente executada por uma ordem direta de Elisha. Atormentado com as visões de demônios e das lembranças da Toreador. Marvin procurou ajuda dos Anarquistas da cidade pois algo lhe dizia que a verdade a verdade estava com eles.    


Outros Personagens Importantes



Elisha Hurley - Anciã Malkaviana
Linhagem : Malkavianos - 6ª Geração 
Disciplinas Conhecidas : Presença - Fortitude - Potencia - Dominação - Ofuscação - Rapidez - Demencia - Auspicius -Metamorfose - Quimerismo.


Elisha é a mente perfeita a organizar todo o Império que New Jersey é Hoje. Depois da renuncia do antigo Regente ela assumiu o posto depois da avaliação da Arconte da Costa Leste. Depois de assumir o trono Elisha iniciou uma serie de novas regras a serem adotadas, tornou a camarilla de New Jersey mais temida e ofensiva o que acabou por criar conflitos em seu interior. 

Atualmente Elisha está com o objetivo sórdido de encontrar o terceiro mortal Caim ao qual diz possuir o conhecimento de sua localização. 


Madelaine Valen - Arconte da Costa Leste dos EUA
Linhagem : Filhas da Cacofonia Anciã - 7ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Melpominne - Presença - Dominação - Fortitude - Rapidez.  


Esta notória vampira possui um grande Status na sociedade vampirica da Inglaterra, veio à New Jersey para fazer parte da celebração de comemoração a chegada do Arconte na cidade. Convidada pela Própria Elisha Hurley.

Adam Bredley - Primogeno Ventrue de NY
Linhagem : - Ventrue - 7 Geração 
Disciplinas conhecidas : Presença - Dominação - Fortitude - Serpentis - Rapidez - Potencia



Este poderoso e influente Juiz faz parte da politica estruturada de Nova York e está alimentando a politica de boa vizinhança entre New Jersey e New York, faz parte do conselho da Primigenie de Nova York apenas por que Sergei permitiu, o que causa bastante raiva no mesmo .

Sergei "Mikhas" - Príncipe Apóstata de NY
Linhagem : - Ventrue - 7 Geração 
Disciplinas conhecidas : Fortitude - Presença - Potencia - Dominação - Quimerismo - Rapidez - Auspicios


Sergei é chefe do tráfico de armas na Big Apple, graças aos recursos providenciados para a cidade e a influência proporcionada entre Russia/EUA Calebros preferiu encoraja-lo a se tornar príncipe da Camarilla em um ardiloso plano elaborado pelo Nosferatus  

Ball B
Linhagem : Mortal Maldito - Traficante de Armas. 
Poderes Malditos :  (Desconhecidos)



Ele faz parta da gangue que trafica e exporta armas ilegais de New York para New Jersey através da Baia do Rio Hudson. Possui conexões na marinha mercante. Causa muitas dores de cabeça a Sergei. Não faz muito tempo mas um Brujah independente acabou descobrindo estranhas práticas envolvendo Ball-B. Aparentemente o chefe do tráfico de New Jersey é adepto de uma macabra religião que se utiliza de restos mortais humanos em suas pregações. Um grande grupo de especulações começaram a ser ditas desde então. 

Kevin Flaming - Primogeno Brujah

Linhagem : Brujah  9ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Potencia - Presença - Rapidez - Dominação 


Todos sabem muito pouco sobre Kevin ou seu passado. Ele chegou em 62 na época em que o Sabá estava tentando fazer sua ultima cruzada sabá na cidade. Ele vendeu armas a ajudou no apoio bélico da camarilla e embolsou alguns milhares com isso. Desde então ele ajudava Julian e Elisha no que fosse preciso nunca almejou Status, apenas gosta de ter conforto  e privilégios. Depois da morte de Morton e da rivalidade entre anarquistas e a Camarilla crescendo ele acabou escolhendo seu lado com Elisha.  

Calebros - Regente de New York

Linhagem : Nosferatus  8ª Geração
Disciplinas Conhecidas : Ofuscação - Potencia - Animalismo - Metamorfose - Fortitude - Rapidez - Auspicius. 



Calebros Já foi o mais poderoso vampiro em Nova York, é um vampiro recluso tipico de seu cla. Permaneceu assim até mesmo quando tomou a cidade para sí décadas atras. Para não ficar exposto Sergei e Calebros iniciaram uma aliança na qual o Vampiro Ventrue se tornaria um Regente de faixada apenas para os eventos na sociedade de membros, porem Calebros é a verdadeira mente que domina a cidade até hoje.   

Amalik
Linhagem  - Assamita/Drone -   Geração ???
Disciplinas conhecidas:  - Ofuscação - Rapidez - Quitetus




Não há muita coisa que Amin saíba sobre seu contato com o Alamut, estava combinado que eles se encontrariam no Falaqi próximos as montanhas mas desde que ocorreu o incidente que culminou na morte de seu mestre. Amalik nunca apareceu para ajudar Amin. 

Delegado Gary Jones 



O delegado Jones é Tio de Diana Jones. Gerente da franquia de saloes de beleza Carpe Noctem que está se alastrando pelo país. O delegado Jones é um devoto e responsável. Pai de duas meninas e um policial exemplar se não fosse extremamente impaciente e nervoso. Jones está se dedicando 100% para os eventos que culminaram na doença que está enlouquecendo a cidade. 

Inspetor da Homicidios Josh Ivel 



John é talentoso mas muito emotivo. Possui um senso critico muito forte e é extremamente apaixonado por Lily Stone. Chefe da Segurança do Salão Carpe Noctem. Apesar de extremamente envolvido no trabalho sua saúde emocional tem sido abalada pelos problemas que tem com a garota, isso fez do jovem um garoto violento e extremamente fanático por ela. 

Chris Christie Governador de New Jersey



Chris é um politico advogado do governo republicano, ousado e fanfarrão ficou maiormente conhecido por fazer cortes na educação convencional para uma forma mais dinâmica e moderna de ensino. Extremamente religioso está intensificando a segurança no estado com auxilio do governo federal  

Paul Kim Wisdom Chefe da Divisão OR do FBI
Seguimento : Mestre Tecnocrata da Correspondencia e da Materia
Esferas Conhecidas : Correspondencia - Materia - Primordio - Forças - Tempo



Comandante Kim é o principal Chefe no comando da operação conhecida como Ordem da Razão. Trabalhou por 15 anos na biblioteca do congresso, é formado em física e já fez parte da Inteligencia da CIA em 1982.   

Laura Flutz 
Seguimento : - Iniciada da Mente 
Esferas Conhecidas : - Mente - Vida - Tempo - Primordio

Laura é uma médica psicologa de dedicou sua vida profissional no estudo do comportamento antropológico humano é formada em 3 universidades diferentes e seu principal campo são os de estudos da mente humana. Psicologa, antropóloga e médica psiquiatrica . Laura Flutz desenvolveu sua própria psicologia para tratar seus pacientes. Envolve um sistema profundo de medicamentos e interrogatório diretamente na mente humana. Laura foi incorporada na divisão por causa dos últimos eventos envolvendo Adonis e seu controle massivo contra as pessoas.  

Kyle Sanders
Seguimento : Iniciado da Materia
Esferas Conhecidas : - Materia - Forças -  Correspondência - Entropia

Kyle Sanders serviu com o comandante Paul Kim na guerra contra o terror no ano de 2002 no Afeganistão. Excelente em combate tático e manipulação de equipamentos topográficos e outras quinquilharias . Sanders é um ótimo soldado e um excelente oficial de Campo. Foi chamado para o FBI a 2 anos para seguir com o treinamento para a unidade da nova ordem mundial. Um grupo da inteligencia mundial responsável por manter o controle de atividades terroristas de caráter sobrenatural. 

Dean 
Seguimento : Mercenário Acolito 



Adonis 
Seguimento: Mestre Desaurido da Mente e Espirito
Esferas Conhecidas : - Mente - Espirito - Entropia - Vida - Correspondencia - Tempo

Tudo começou quando um bando sabá resolveu caçar Adonis por ter assassinado um vampiro malkaviano AT a 5 anos atrás. A seita não sabia não sabia o processo então enviou Vallek Morton para buscar tais informações. Adonis aparentemente havia tirado a própria vida em um estranho ritual que alterou as percepções e a memoria de Vallek desde então. Os anos se passaram e a perturbação de Adonis se tornou mais frequente na mente do malkaviano. Agora Adonis ceifa a vida de todos os malkavianos que encontra em um estranho ritual de assassinato em série. 

Ingrid Bauer
Seguimento : Alta Inquisitora da Sociedade Leopoldo
Numinas : 

Ameliano Carppaccio  
Seguimento : Alta Inquisitor da Sociedade Leopoldo
Numinas : Fé 



O Caçador de New Jersey
Seguimento : Desconhecido 


Está foi a criatura vista por Herick Draven no subsolo do Hospital Saint Claire, ela possuía traços característicos de um humano com um os pelos corporais ausentes e uma musculatura rígida. Os Ossos estavam expostos para fora do corpo. Sabe-se apenas que essa criatura tem traços de modificação pela Vicissitude







avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Seg Ago 29, 2016 11:36 pm

Herick & Rugall


 Rugall Salles
- PDS 7/10
- FDV 2/6 
- Vitalidade: Ferido  -1 Letal (3 Pds para se curar)

Herick Draven
- PDS 8/15
- FDV 3/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)
- Mascara das Mil Faces ativa Aparência(Homem negro, magro de paletó)




Havia alguma coisa que ainda não fazia tanto sentido para os dois. Herick já não conseguia possuir uma noção de tempo desde que se viu encurralado entre as muralhas do templo Sabá e agora estava livre. A sensação de liberdade e de estar de volta em sua moto de 1000CC era embriagante. Rugall ainda tinha um ar paranoico na face, estava livre, mas até quando Nirrhtak o deixaria livre será que até que outro encontro ocorresse? Rugall agora sabia que seu Sire sabia que suas habilidades eram valiosas. Mas o que planejava Nirrhtak com o Tzmisce ?  Jersey City estava com um ar mais deserto do que jamais foi. Algumas lojas haviam sido saqueadas e chamas permutavam em alguns lugares, a cidade mais parecia um palco de um conflito civil do que uma megalópole de antes. Ninguém havia cuidado do Carpem Noctem desde a saída de Rugall na noite anterior. 



Algum vândalo certamente havia pichado  o letreiro de mais de 4 mil dólares que compunha a fachada do salão. Mas o prejuízo Rugall estava longe de ser somente isso. A dupla descia da moto e enquanto caminhavam em direção ao salão, Rugall avistava uma viatura policial. Mas o que estava acontecendo ?? Indagava Rugall mentalmente curioso . Ao adentrarem no salão, logo no longe estariam  Lily Charles e Joshua. Aparentemente o policial estava investigando as coisas por ali enquanto Rugall estava fora. 


Vallek Morton
- PDS 12/14  
- FDV 4/6 
- Vitalidade Completa





Ter o sangue inebriando seu corpo era uma sensação única para o vampiro Malkaviano. Aquele corpo tinha mais do que uma história na vida de Vallek, havia se tornado o rito de passagem de Dean como nova prole para o vampiro. A câmera havia gravado cada detalhe com perfeição.  O objetivo estava completo, restava a ele continuar seu plano. Havia muitas coisas em jogo para Morton naquele momento. O clã Malkaviano alvo de um desperto que tinha ambições de fugir de sua prisão usando seus irmãos no processo. Adonis já havia irritado demais a paciência de Vallek, não só de a Vallek mas atraído a atenção da Tecnocracia também.  O vampiro caminhava em direção a saída do recinto quando sente que não estava mais sozinho.  Seus olhos percorriam as ruas mas tudo o que via era o vazio e algumas latas com a chama a iluminar. Até mesmo o poste da rua oscilava até o perpetuo momento em que se apagava de vez deixando o local na mais completa penumbra da noite. Era naquele momento em que Vallek tinha certeza que não estava mais sozinho. A luz da câmera filmadora em sua mão ligava automaticamente captando um involuntário a frente do Malkaviano. 


-  Não fui eu, este apenas são seus atos repercutindo em formas Morton...
A voz familiar lhe trazia lembranças do momento em que Vallek diablerizou Laura. O primeiro festim que participou em New Jersey, era Lady Lucy a Alto Inquisitora que havia criado um bando em New Jersey. 

Lady Lucy : - Nós perdemos contato Morton, mesmo assim me admiro que você ainda não tenha deixado para trás nosso irmão Allen, é isso que difere os verdadeiros de nossa espécie. Nós reconhecemos um verdadeiro cainita de outro.  

Lady Lucy era como um brisa frigida em uma noite de inverno seco em New Orleans. Sua voz era sempre inalterável, graças a grande penumbra no local Vallek nunca conseguia ter certeza de onde estava a vampira, sua voz parecia vir de todos os lugares das sombras, ou quem sabe de nenhum. Vê-la era impossível , mas ele sabia que ela estava ali. Em algum lugar...

Lady Lucy : - A seita está passando por um momento delicado na cidade. Perdemos o nosso Bispo Ventrue Alexander, assassinado em seu próprio trono por um inimigo invisível e desconhecido. Perdemos 2 prisioneiros da Camarilla, estávamos contando que eles nos diriam onde estavam refugiados os membros sobreviventes da camarilla em New Jersey. Mas não estou aqui somente para te deixar a par do que aconteceu com a seita enquanto esteve fora. Estou aqui para lhe oferecer ajuda e reunir o nosso bando outra vez. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Seg Ago 29, 2016 11:47 pm

Danio Benneti 
PDS 14/14
FDV 3/6 
Vitalidade - 1 Machucado (2 Agravados)




Lars : - Cara, já descobrimos o refugio do idiota beleza, mas eu não vou ficar aqui esperando ele voltar até o fim da noite. Não vou me arriscar virar pó. 

Lars falava enquanto se dirigia para o lado de fora do Motel, parecia determinada a voltar. Enquanto isso a mente de Danio funcionava. As meninas estavam no quarto ao lado, Madson era sua escrava mental, lhe servia muito bem quando era imposto a força sobrenatural sobre sua mente.  Já se passa da 1 da manhã. Será que ele voltaria antes do sol estar próximo de se firmar ? O trabalho de Danio estava evoluindo mas não estava ficando mais fácil, um deslize e ele poderia por tudo a perder. Era imprescindível que ele caçasse o rato de surpresa. 


Uma mensagem então chegava no seu celular. Era Darko mandando informações de suas ações :



“ Meg F.Night é uma Toreador de Nona Geração que possuía uma relação intima com o antigo Príncipe de New Jersey.  Ela foi presa no evento que ocorreu no Salão de Beleza Carpem Noctem alguns dias atrás.  Ela está no prédio dos federais, o governo mandou uma ordem para que ela ficasse detida até segunda ordem. Ela não está no programa de proteção a testemunha isso descarta o envolvimento dos federais com a Camarilla. Algumas ordens de soltura para ela estão em andamento mas nenhum se consolidou, alguém forte quer ela presa e não somos nós, o FBI atacou mais uma vez o Jewel Palace. Alguém está tentando dificultar as ações do Sabbath e não é a Camarilla. Temos um novo inimigo entre nós... Samus suspeita de que chamamos a atenção da inquisição. As coisas vão ficar mais emocionantes daqui pra frente...”


Ao fim da ligação Danio já poderia começar a alinhar os pontos de seu raciocínio. Nesse tabuleiro de Xadrez não constava apenas o branco contra o preto...

Porra Nenhuma 
PDS 6/15
FDV 7/8
VIT OK





A noite passada havia sido um tanto valiosa em alguns sentidos. O vampiro Gangrel poderia cogitar o fato de que ser um membro da Mão exigia inteligência, algo muito maior do que as cruzadas Sabbath pediam. Naquela época Os Ductus eram as únicas mentes pensantes enquanto enviavam dúzias de vampiros recém abraçados a morte final para o domínio de uma terra. Esse tempo findou para Elyon... 

- Porra Nenhuma !!!!!!!!!!!!!!!!

Havia sido um pesadelo ou alguém desprovido de noção de perigo havia gritado bem no ouvido do Gangrel ? Ele erguia seu tronco de forma rápida e precisa. Suas mãos já estavam prontas para liberar suas verossímeis garras quando ele percebe que estava apenas na companhia de Branca. A jovem ainda não havia despertado mas suas ações culminaram a faze-lo. 

Branca : - O que foi ?! Teve um sonho ruim ? Tem alguma coisa que eu possa fazer para que você se sinta mais feliz ou tranquilo !! 

A garota praticamente arremessava seu corpo de forma a causar peso em cima do vampiro. No meio de todo aquele caos, a ingenuidade e sinceridade de Branca ou Lolita era a única coisa em que Elyon realmente poderia confiar. Os dois estavam a sós no refugio providenciado por Alexander. Na ultima noite o vampiro Comandante resolveu explorar um pouco mais a individualidade de cada um colocando-os em 6 pequenos cúbicos cada um. Branca violou o código no meio do dia e apareceu no cubículo de Elyon para dormir junto a ele. O cubículo era um quadrado de pouco mais de dois metros com um chão de terra e uma única luz no teto a iluminar. Pequenos animais e insetos decoravam o local e dificultariam um sono usual mas o Gangrel até que conseguiu passar o dia de forma mais tranquila que a garota. Depois de recuperar-se do susto Elyon e Branca deixam o local como recomendado na noite passada, o objetivo era descansar o máximo possível para que continuassem com o cronograma na noite seguinte. Os 6 recrutas se reuniam em uma espécie de circulo ornado com uma cachoeira de sangue a ser despejada em um córrego que formava um circulo por inteiro. A visão do Vitae podia ser perturbadora e viciante para os 6 em questão. Alexander vestia branco naquela ocasião. Ao seu lado um outro homem com vestes militares parecia esperar pelo grupo para que se reunisse. Seus olhos eram profundos como se nunca focasse sua visão diretamente aos olhos de seus interlocutores. Sua voz tinha um aspecto fúnebre que estremecia até o mais corajoso dos vampiros. Suas presas eram para sempre amostra, alvas como o alabastro. Não havia compaixão em suas palavras.  

- Me chamo Kashan e o estandarte para torna-los assassinos fieis já fora iniciado. Meu dever daqui para frente será firma-los como assassinos implacáveis e pelo o que obtive de informação alguns de vocês já são aptos a erguer nossas fileiras como Removedores, contudo não serei hipócrita. Metade não resistirão ao próximo seguimento da missão. Vocês podem ter certeza de minhas palavras...



Todos os 6 se entre olhavam com uma expressão de curiosidade e temor. O homem de origem Chinesa porem sequer firmou um olhar de espanto, parecia centrado em outra coisa com os olhos fixos no horizonte atrás de Alexander e Kashan. Garfield porem demonstrava inquietude, as ultimas palavras eram preocupantes...

Orfã e Avesso não demonstravam uma opinião formada, pelo menos não que Elyon pudesse perceber.  Havia uma preocupação no fundo da alma do vampiro, mas a preocupação não era com ele mas sim com a convencida “Lolita” que sorria confiante como se tudo aquilo não passasse de uma mera brincadeira.

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Ter Ago 30, 2016 12:36 am

Herick se mantinha na moto sentado olhando todo aquele lugar .

Pensando 

"o que sera q aconteceu ? sera que o sabá fez uma guerra civil
Aqui ? Ou uma enfestação zumbi?
Droga tudo ta mais difícil sem Elisha . Sem Viper . Terei
De começar do zero . mas por onde ?
Sera que foi uma boa ajudar esses dois ?
E tem policias aqui isso indica que ainda tem um pouco de civilização
Eu acho ou será lacaios do sabá urubusando .
Tenho de ficar atento com tudo isso e o pior de tudo e que
Não sabemos em quem confiar .
Acho que vou deixar esses dois aqui e dar um role pra ver se eu
Me encontro já que de tanto ficar naquele buraco nem sei que dia é hj"
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Undead Freak em Ter Ago 30, 2016 5:02 am

Eu caminhava triunfante até a saída, levando a câmera em mãos, com as evidências da minha pequena "brincadeira". Olhava para ela com um sorriso malicioso. Aquela "brincadeira" tinha de continuar, e a próxima etapa era entregá-la a Dean.

Assim que deixei o local, algo estranho aconteceu naquele recinto. Havia uma sensação estranha, porém não era desconfortável. Havia algo ou alguém ali comigo, embora meus olhos não percebessem nada de imediato, além de alguns latões velhos que pegavam fogo mais adiante.

O poste então oscilou algumas vezes, e por fim apagou. Eu estava imerso na escuridão absoluta da noite. Estranho, é tão... relaxante. É como estar sofrendo com um calor intenso e, de repente, sentir uma brisa refrescante, constante, que te causa um alívio súbito, tanto no corpo, quanto na mente e também na alma. A câmera acendeu automaticamente, revelando o que estava adiante.

-  Não fui eu, este apenas são seus atos repercutindo em formas Morton...

A voz me fez sorrir. Com a lembrança da voz veio a lembrança do rosto, e com a lembrança do rosto veio a lembrança do cemitério, a lembrança de Laura... e do seu cadáver sem alma, transformado em algo abominável enquanto o seu sangue me tornava mais forte.

-- Boa noite, Lady Lucy. Não sabe o bem que me causa ouvir a sua voz novamente.

-- Nós perdemos contato Morton, mesmo assim me admiro que você ainda não tenha deixado para trás nosso irmão Allen, é isso que difere os verdadeiros de nossa espécie. Nós reconhecemos um verdadeiro cainita de outro.

Ela saber disso não é nada de espantoso. Afinal Allen sempre foi muito ligado a ela, e nada impediria ele de, alguma forma, contatá-la e contar o que houve. No entanto, as primeiras palavras dela soaram estranhas, fazendo sentido apenas em uma situação específica. Embora seja ótimo ter Lucy me ajudando, preciso tomar cuidado. Nada impede que o estúpido Adonis ainda tente novamente mais de um dos seus "joguinhos".

-- É bom estar contigo novamente. Nunca foi a minha intenção deixar a guarita naquela noite, nem me envolver nesses joguinhos estúpidos, mas... contratempos surgiram. Aquele mago idiota resolveu atrapalhar o nosso avanço.

A voz dela vinha como o vento. Não podia vê-la, mas podia ouvi-la; às vezes ao leste, às vezes ao oeste, ao sul, ao norte... em todos os lugares. Era como se ela me envolvesse, como se fosse uma memória antiga repercutindo para fora da minha cabeça, ou um fantasma antigo que assombrava aquele lugar.

-- A seita está passando por um momento delicado na cidade. Perdemos o nosso Bispo Ventrue Alexander, assassinado em seu próprio trono por um inimigo invisível e desconhecido. Perdemos 2 prisioneiros da Camarilla, estávamos contando que eles nos diriam onde estavam refugiados os membros sobreviventes da camarilla em New Jersey. Mas não estou aqui somente para te deixar a par do que aconteceu com a seita enquanto esteve fora. Estou aqui para lhe oferecer ajuda e reunir o nosso bando outra vez.

-- Sua ajuda é mais do que bem vinda, minha querida. No entanto, nosso maior problema no momento é Elisha. Ela se tornou a principal hospedeira desse mago, por assim dizer. Temos que destruí-la, antes que o governo mande para cá a bomba nuclear que pretende. Eu escravizei um desses idiotas tecnocratas da Ordem da Razão, no entanto, como era de se supor, eles se tornaram ineficientes para a tarefa de caçar o mago. Será muito melhor trabalharmos juntos.

Eu estiquei a minha mão e passei delicadamente no nada, como se acariciasse o próprio ar, tentando senti-la, e então voltei a falar.

-- Não se preocupe com os fugitivos e os sobreviventes. Eu mesmo vou atrás deles para você, se quiser. Vamos cuidar do problema maior principal, e então estaremos livre para vingar o bispo e exterminar o resto dessas baratas. Eu só preciso terminar uma coisa antes. -- e apontei para a câmera.
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Fuuma Monou em Qua Ago 31, 2016 12:11 am

Esta é a primeira pista direta que nós encontrávamos do rato fujão. Deixo as garotas na cama e ando pelo caminho sendo guiado por Lars. Em minha face um sorriso de triunfo se forma. "- Eu agora possuo uma "escrava" mental trabalhando no local de descanso do Caitiff, o que me ajuda muito em montar um plano de ação." Chegando no quarto, olho atenciosamente para todos os pontos. Meus olhos mergulham na disposição das coisas no local, e principalmente o buraco. Seria possível remontar tudo como estava antes?

"- Independente de qualquer coisa, esse foi o primeiro passo direto nessa caçada. Agora preciso ver todas as opções antes de agir. Esse foi o motivo de minha vinda para esse lugar. Encontrar o rato e devorar sua alma, acabar com sua sanidade e usá-lo para destruir os filhotes de cachorro que se dizem cainitas." - A sensação que sinto nesse momento é indescritível. Cada vez mais perto de finalizar aquela missão, não posso deixar nenhuma ponta solta em meu plano.

Olho para Lars, ela está encaminhando-se para fora do motel. Seguro em seu braço com o intuito de pará-la. - Primeiro, nós precisamos remontar esse quarto. Independente de como iremos agir, se ele entrar aqui e perceber que descobrimos o seu esconderijo... tudo já era. E só você viu como estava tudo aqui. - Espero pela resposta da Gangrel para começar a mostrar meu plano. - Eu tenho domínio completo sobre a criança que está no outro quarto, e ela pode ter se tornado a nova fonte de alimento preferida de nosso alvo.... - Enquanto falava com a cainita, o telefone vibrava em meu bolso. Era Darko enviando uma mensagem sobre sua pesquisa em torno da tal Meg.

"- Isso está ficando cada vez melhor. Agora não temos somente que caçar um rato, mas duas frentes de investigação estão formadas. Contudo, esse final me preocupa... a Inquisição... já ouvi falar muito sobre eles nas reuniões dos Benetti, mas nunca tive a possibilidade de encontrá-los...." - Retiro os olhos da tela do celular e volto-me para Lars novamente. - Como Darko consegue esse tipo de informação...? - Falo como em um devaneio.

- Ao que parece, Darko conseguiu informações sobre a Meg. Ele diz que ela foi presa após algo que ocorreu em um salão de beleza chamado "Carpem Noctem", você saberia me dizer o que foi? Ao que parece ela é a chave para auxiliar nas buscas pela Camarilla, e também para descobrirmos quem mais está determinado a acabar com o Sabbath. - Levo minha mão à cabeça, jogando o cabelo para trás. - Em primeiro lugar, devo montar a armadilha para o nosso alvo mais próximo, ele está perto demais para deixá-lo escapar. Depois me preocupo com essa mulher. Cada coisa a seu tempo... - Aproximo-me de Lars, fico cara-a-cara com a cainita, acaricio seu rosto e o seguro delicadamente. - Posso contar com sua ajuda? - Esperava novamente por sua resposta. Desta iria resultar um dos pontos finais de meu plano de caça. - Mais uma coisa, você tem como avisar a Keyla sobre os que já descobrimos?

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 28
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Qua Ago 31, 2016 8:12 am

Rugall não deixa de notar os detalhes em seu salão e as duas figuras conhecidas na entrada. Mesmo sabendo que Lilly lhe era fiel, chegar assim e com Diana desacordada faria o detetive fazer perguntas demais.

Fox, pare a moto. Preciso entrar no salão mas não pela frente. Sei um caminho por trás do salão.

Rugall indica a Fox o que fazer para chegarem por trás do salão sem serem vistos. Pela rua que passa por trás do salão há uma sequência de becos que alcança os fundos do salão, que possui uma porta com uma combinação eletronica.

Venha comigo Fox. Tenho um lugar para passar o dia. Eu gostaria de conversar com você sobre algumas coisas e creio que gostará de acompanhar o renascer de Diana.

Rugall está ansioso. Lilly parece bem mad onde estará July? Que mais terá ocorrido enquanto esteve fora?
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qua Ago 31, 2016 9:44 pm

Vallek Morton
- PDS 12/14  
- FDV 4/6 
- Vitalidade Completa

-- É bom estar contigo novamente. Nunca foi a minha intenção deixar a guarita naquela noite, nem me envolver nesses joguinhos estúpidos, mas... contratempos surgiram. Aquele mago idiota resolveu atrapalhar o nosso avanço.

Lady Lucy : - "Aquele Mago idiota você"... Você está sabendo de mais coisas do que eu poderia imaginar. Está na hora de saber que aquele humano transcendeu a barreira que limitava sua mente a uma forma desprezível mortal. 8 Cainitas do clã Malkaviano tiveram suas cabeças reduzidas a uma massa podre cefálica depois de uma crise estranha de frenesi que quase matou outros de nós. Uma reunião com Samus o Arcebispo de New Jersey e Melinda Galbraith no Novo México fizeram com que uma decisão fosse tomada. Até que o Desperto causador do Caos em New Jersey não seja impedido. Todos os Malkavianos deverão ficar em quarentena e isso provavelmente incluirá você Vallek. Nossos irmãos Malkavianos estão descontrolados e eu imaginei que você pudesse me responder por que apenas o seu clã sofre desta anomalia. 

De fato a informação dada por Lady Lucy não era favorável para Vallek. Adonnis já havia tentado manipular o malkaviano, aos poucos o vampiro percebe que o seu clã se tornava uma ameaça poderosa para a própria seita. Adonnis estava ganhando aquela disputa, passo a passo...

Lady Lucy : - Nós temos instruções para impala-lo e procurar o desperto que destruí parte de nossa família. Estou aqui para fazer um julgamento a partir de suas próprias palavras. Sinta-se livre para expor sua própria opinião perante a decisão tomada pela Alta cúpula de nossa Espada. 

Como Inquisidora era dever da La Sombra proteger o Sabbath de inimigos internos. Vallek percebia facilmente que a vampira o avaliava.

Danio Benneti 
PDS 14/14
FDV 3/6 
Vitalidade - 1 Machucado (2 Agravados)
- Primeiro, nós precisamos remontar esse quarto. Independente de como iremos agir, se ele entrar aqui e perceber que descobrimos o seu esconderijo... tudo já era. E só você viu como estava tudo aqui.

Era uma ordem direta, a antiga Lars certamente arremessaria as garras no rosto de Danio somente pela atitude, mas o poder do sentimento entre eles já tornava a Gangrel mais amena, com um gesto de ombro ela os levantava rapidamente e começava a devolver os moveis para seus lugares sem muita dificuldade. 

- Ao que parece, Darko conseguiu informações sobre a Meg. Ele diz que ela foi presa após algo que ocorreu em um salão de beleza chamado "Carpem Noctem", você saberia me dizer o que foi?

Lars : - Não mas eu posso fuçar o NJDP depois e ver o que podemos encontrar. Existe um prédio dos Federais próximo a policia, segurança barra pesada. Seria arriscado uma invasão direta. Já o Carpe Noctem não fica longe daqui. Uns 20 minutos de carro. O Dono é um caitiff também. Será que ele sabe de algo ?? Rugall alguma coisa...

Danio aproveitava a situação para aprofundar a relação entre Lars e ele. A vampira tinha um aspecto animalesco na face. Seus olhos eram arisco até mesmo quando estava calma. Suas presas as vezes ficavam expostas e ela tinha um jeito estranho de ficar sem jeito. Não conseguia ficar muito tempo encarando o vampiro La Sombra. 

Lars : - Qual é Benneti ? Vai ficar melo dramático agora ? Somos um bando e estamos juntos nessa e... em outras se você preferir ! 

Lars virava o rosto e rapidamente se afastava do La Sombra. Estava tentando disfarçar o sentimento e mudar de assunto. 

Lars : - Eu irei na frente então. Vou te ligar assim que souber mais coisa na DP Temos 2 membros da Camarilla zanzando por ai agora. Essas merdas parecem moscas, precisamos desinfetar essa cidade rápido !!

Lars então deixaria Danio sozinho no quarto . O vampiro ficava com bastante tempo para pensar em suas ações. O relógio da cabeceira da cama marcava 2 da manhã. Danio checava as duas meninas no outro quarto. Elas haviam caído no sono. Dormiam nuas sem qualquer preocupação, a pousada ainda possuía 6 quartos além dos dois que ele visitara. Alguns estavam ocupados e fechados. quanto tempo Hamlim levaria para voltar ? O vampiro tinha tempo de sobra para pensar em sua próxima ação. 

(Danio Ação livre para escolher o que fazer)

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qua Ago 31, 2016 11:14 pm

Herick & Rugall




 Rugall Salles
- PDS 7/10
- FDV 2/6 
- Vitalidade: Ferido  -1 Letal (3 Pds para se curar)


Herick Draven
- PDS 8/15
- FDV 3/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)
- Mascara das Mil Faces ativa Aparência(Homem negro, magro de paletó)

A dupla seguia pelo Hall que estava violado, o que era estranho considerando que era 2 horas da madrugada. Rugall seguia em passos pomposos pela frente mesmo na situação deplorável que estava depois da tortura. Não tinha mais sapatos e sua camisa estava em frangalhos da sessão de eletrochoque que teve. Mas antes de seguir para o segundo salão Rugall se depara com Lilly em uma conversa com Joshua, o vampiro retorna antes que os dois pudessem vê-lo e faz com que Herick fizesse o mesmo. 

Sem intender muito o homem negro apenas carregava Diana com facilidade. Eles contornam o Salão seguindo de moto para os fundos do estabelecimento, dessa vez Rugall carregava Diana nos braços enquanto o Caitiff conduzia a moto, a parte de trás causava ainda mais surpresa ao vampiro. O local tinha sangue e marcas de conflito no local. nenhum corpo porem mas havia vidro quebrado e a porta havia tentado ser arrobada. Por sorte O Carpe Noctem possuía uma boa resistência e impediu uma invasão de arruaceiros. A parte de trás era composta primeiramente pela sala na qual Rugall usa para receber convidados ilustres para o dia da noiva. (O Carpem  Noctem de New Jersey não possui segundo andar, mas possui os mesmos compartimentos que descritos na ficha inclusive o andar subsolo.) Naquele lugar Rugall sabia que poderia conduzir Fox e Diana para o subsolo sem precisar chamar a atenção de Lilly e Joshua que estavam no Salão de festas localizado na parte da frente do edifício. O vampiro então seguiria para o subsolo onde o local era mais reservado . Não demoraria muito para que Rugall encontrasse July descansando em sua cama, aquela imagem seria reconfortante para o vampiro Tzmisce, por um momento poderia se sentir em casa novamente mesmo com tudo o que acontecia ... 

July : - Ohhhhh , Querido você está vivo !!! Meu Deus !! Olha pra você está ferido !!!! Eu senti tanto medo ! Ohhhh Diana !!! O que aconteceu com ela !!!???

July mal tinha tempo para ver o que acontecia ao seu redor. Sua preocupação era centrada na condição física atual de Rugall. O vampiro tinha partes de seu corpo machucadas e de forma ainda impressionante estava de pé. Herick observava o afeto que Rugall possuía com as mortais, de certa forma era difícil para ele entender como ele poderia se preocupar com seres tão frágeis que não resistiriam por muitos anos, a mente de Herick já descartava a possibilidade de humanos serem mais que criaturas tão fáceis de se matar...

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Qui Set 01, 2016 8:10 am

Rugall adentra no recinto sorrateiramente com Fox e Diana. Ao se encontrar com July ele a abraça tentando acalmar os ânimos de sua serva.

Acalme-se July, lhe contarei o que houve mas preciso de você agora. Ninguém deve saber que retornei, ninguém. Entrei pelos fundos para que o detetive não me visse.

Este é Fox, um aliado. Arrume um quarto para ele e Diana ficarem.


Rugall se vira para Fox.

lPreciso que fique aqui. Pelo menos por um dia. Diana precisará de você e precisamos discutir sobre o Sabbath. Eu tenho algumas perguntas e sei que você também tem as suas.

Esta que você acabou de conhecer é July, Aquela na frente do salão era a Lilly. São minhas servas de confiança.

Vamos deitar Diana em uma cama, um conforto será bom depois de tudo o que ela passou. Diga-me, o que fazia na fortaleza Sabbath?


July estava alegre. Agitada, preocupada, mas alegre em ver seu mestre e Diana de volta.

July, não chame Lilly aqui. Pode causar alguma suspeita no detetive. Temos que esperar ele ir embora. Agora diga-me. O que aconteceu aqui em minha ausência?
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Qui Set 01, 2016 8:33 am

Herick via tamanho apreço que eles tinhas um por outro
Sera mesmo que um vampiro pode conviver com humanos
Mas não passam de gado .e frágeis .a mente de herick se
Confundia mas ao ver aquele grupo
Mas ai era o local mas segura por enquanto . era bom pra ele
Se alimentar descansar e procurar por alisha .
Sim ficarei com vcs .quero tarde perto quando a pelada acorda
Herick esbolsava um pequeno sorriso de canto de boca
E se escorava na parede
Sim tenho muitas perguntas pra te fazer .
eu fui para la em meia muita confusão .to a procura de meu saírem
Quero matar ele . achei que estive se la ia aproveitar essa confusão
So sabá pra cubrir o que eu tinha em mente .
Mas acabei encontrando a guria pelada e VC
Não foi de todo ruim .ainda matei um dos amigos de meu sirem
No caminho.
E VC porque foi torturado o que eles queriam de VC ???
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Undead Freak em Qui Set 01, 2016 11:11 am

Lady Lucy : - "Aquele Mago idiota você"... Você está sabendo de mais coisas do que eu poderia imaginar. Está na hora de saber que aquele humano transcendeu a barreira que limitava sua mente a uma forma desprezível mortal. 8 Cainitas do clã Malkaviano tiveram suas cabeças reduzidas a uma massa podre cefálica depois de uma crise estranha de frenesi que quase matou outros de nós. Uma reunião com Samus o Arcebispo de New Jersey e Melinda Galbraith no Novo México fizeram com que uma decisão fosse tomada. Até que o Desperto causador do Caos em New Jersey não seja impedido. Todos os Malkavianos deverão ficar em quarentena e isso provavelmente incluirá você Vallek. Nossos irmãos Malkavianos estão descontrolados e eu imaginei que você pudesse me responder por que apenas o seu clã sofre desta anomalia.

Havia algo estranho em Lucy. De alguma forma, suas palavras soavam confortantes. Havia uma ternura, um carinho sincero em sua voz que me lembrava muito Annabelle. Lucy não lembrava minha Sire apenas na aparência, mas também em seu modo de agir. Se eu ainda fosse um mortal, certamente me apaixonaria por essa mulher, ou pelo menos estaria doido para trepar com ela de forma ensandecida.

Lucy : - Nós temos instruções para impala-lo e procurar o desperto que destruí parte de nossa família. Estou aqui para fazer um julgamento a partir de suas próprias palavras. Sinta-se livre para expor sua própria opinião perante a decisão tomada pela Alta cúpula de nossa Espada.

Eu me sentei no chão de pernas cruzadas. Por algum motivo as palavras dela não me incomodaram. Eu levei a mão ao queixo, e olhei para cima, encarando o céu negro acima de mim. Fiquei em silêncio por um segundo, reflexivo; por fim eu comecei a minha explicação, após juntar as melhores palavras que encontrei.

-- Bem, é estranho e muito inapropriado explicar esse tipo de coisa para um cainita fora da família, mas eu te explicarei tudo o que sei, e explicarei o que aconteceu naquela noite. Eu te devo essa explicação milady, então vamos lá...

Eu respirei fundo, como um verdadeiro contador de histórias se preparando para entreter a roda de jovens ao redor da fogueira. Era hora de gastar um pouco de saliva (na verdade muita...).

-- Era uma noite ordinária, corriqueira aquela na guarita... Eu ainda me lembrava da nossa luta contra a gárgula quando Allen chegou com duas pirralhas mortais. Cada um de nós se divertiu com uma... Os detalhes sobre o que fizemos com elas são irrelevantes, mas sim, elas morreram, é claro. Logo após isso um grupo armado e bem organizado atacou a guarita. O meu primeiro pensamento foi que os babacas restantes da Camarilla tinham se juntado para uma última investida suicida, mas não eram eles. Eu mais tarde descobriria que se tratava de um grupo de tecnocratas chamados A Ordem da Razão. Eu prontamente os ataquei para defender a guarita, chegando a dominar uma de suas metralhadoras, mas então...

Respirei mais uma vez, pois essa era a minha informação mais importante.

-- Então ele veio a mim... Adonis! Foi a primeira vez que ele tentou me dominar, mas eu resisti, apesar de tudo. Laura, uma das cabeças dos tecnocratas tentou me ajudar, apesar do meu ataque. Aparentemente eu era muito valioso para eles. A noite que se seguiu foi um inferno, de fato. Adonis tentou me dominar várias vezes, mas eu resisti. No final das contas, eu entendi como eu deveria evitá-lo, e então ele desistiu de mim, partindo para outros. Nessa hora eu me aliei com os tecnocratas, por falta de opção.

Fiz uma pausa, tentando captar alguma coisa. Alguma reação, som, ruído, etc.

-- Eu lutei ao lado deles, escravizando um dos manda-chuvas com o meu sangue. No entanto, eles não se provaram tão eficientes quanto eu esperava. Encontramos Elisha e Allen transmutados na falsa iluminação desse mago. Eu tentei ensinar Allen a superá-lo como eu fiz, mas ele não me deu ouvidos. Apesar de ainda manter a consciência e não me atacar, Allen ainda sofre com a influência do mago. No final, todos bateram em retirada, nós e os malkavianos que estavam sob a influência de Adonis. Eu estava voltando para o QG para elaborar um plano com os tecnocratas, quando você veio até mim.

Me levantei agora, olhando fixamente para frente, ao mesmo tempo para o nada...

-- O resumo disso é: Allen e os demais subjugados acham que isso é o começo da Gehenna. São uns idiotas. Não é a Gehenna, tampouco Cain. Tudo isso não passa de uma peça pregada pelo mago, que está usando a capacidade dos malkavianos de se conectarem a mente coletiva do nosso pai para "fluir" à vontade entre os planos, entende? Adonis consegue materializar qualquer coisa do Sithra Ahra, o Universo caótico, chamado de Universo Qliphótico pelos cabalistas que estudam o hermetismo e a mão esquerda. É por isso que esse merda está causando tanto estrago, mas no fim ele não passa de um humano, sendo mago ou não.

Eu não sabia o que seria de mim agora, mas não podia deixar de arriscar. Ser empalado agora seria um contratempo e tanto.

-- Adonis é poderoso, mas pode ser detido. Eu consegui. Eu entendi como. Bem... particularmente, acho que sou mais útil a você acordado, mas eu te entendo milady. Se acha que eu sou um perigo, eu irei contigo voluntariamente. Nunca foi minha intenção colocar a seita em perigo.

Eu não tinha muito o que fazer. Bastava torcer para que Lucy entendesse o valor das minhas palavras e do conhecimento que eu passei a ela. Com um pouco de sorte talvez eu possa despertar a simpatia e o bom senso da minha estimada Lasombra, podendo assim trabalhar junto com ela, ao invés de dormir a força, aguardando um destino incerto. Afinal, apesar de malkaviano, eu resisti ao mago.
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Qui Set 01, 2016 12:08 pm

Rugall escuta as palavras de Fox, atento aos detalhes.

Como havia lhe dito antes, parece que fui confundido com algum ex membro da seita e estava sendo torturado devido a esse fato.

Se não fosse por você acredito que eu e Diana não sairíamos dessa. Estou em débito com você. Por hora posso lhe oferecer abrigo, mas se houver algo mais em que eu puder lhe ajudar...


Rugall faz uma pausa, olha um pouco a sua volta, pousa seus olhos em Diana por alguns instantes e retoma a fala.

Não sei se reparou mas também tive alguns problemas em meu estabelecimento. diga-me, já houviu falar de Meg F Night?
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Qui Set 01, 2016 1:03 pm

Herick & Rugall

 Rugall Salles
- PDS 7/10
- FDV 2/6 
- Vitalidade: Ferido  -1 Letal (3 Pds para se curar)

Herick Draven
- PDS 8/15
- FDV 3/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)
- Mascara das Mil Faces ativa Aparência(Homem negro, magro de paletó)


Podem Continuar a conversa e depois me digam o que vão fazer. Ação livre até o inicio da próxima noite

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Sex Set 02, 2016 12:08 am

Herick escultava tudo o que rugal informava

Pensando

Esse cara ta tirando com minha cara . ele ta mentindo
Mas ta de boa eu to mentindo também .
Mas tenho me manter na minha .


- Esse nome eu não conheço . Eu deveria ?? VC deve ter muitos olhares
pela cidade seria muito VC achar Uma pessoa pra mim .? 
E não sendo impertinente queria me alimentar A ultima aventura me esgoto
um pouco não sou um cara de muita Ação .
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Sex Set 02, 2016 9:37 pm

Vallek Morton
- PDS 12/14  
- FDV 4/6 
- Vitalidade Completa

O relatório de Vallek era importante para Lady Lucy naquele momento. Suas palavras poderiam determinar o futuro do vampiro, talvez o Vinculli entre eles tivesse amolecido a inquisitora. Ele sabia que em outra estancia ela certamente teria imobilizado o Malkaviano e extraído a informação a força como havia feito para interrogar William no passado. 
Era difícil de imaginar como Adonnis havia influenciado tanto o destino de Vallek a ponto dele quase ser considerado um traído, naquele momento o vampiro percebia o quanto tinha reputação com a vampira La Sombra.

Lady Lucy : -  Você é o mais próximo da saída que tivemos até agora Vallek. O clã Malkaviano é o caminho pelo qual "Adonnis" percorre, eu verifiquei os seus registros e descobri que você tem um passado com esse mago antes mesmo de nós dois nos conhecermos. 

Vallek está sozinho e acompanhado ao mesmo tempo. Sentia a presença macabra de Lady Lucy rodeá-lo mesmo não sentindo ela fisicamente. Sua voz adentrava em sua mente mas não era obra do Auspicios. Apenas uma forma interessante que ela possuía de manipular o psicológico das pessoas. 

Lady Lucy : - O que planeja fazer em seguida Vallek ? Eu permitirei que você continue, mas esse será nosso segredo. Não poderá ter o auxilio da Espada de Caim diretamente até que a sua linhagem se estabilize. Um grupo de Removedores da Mão Negra foi acionada e está vindo para New Jersey. O Objetivo deles é simples. O extermínio de Adonnis. Mas se eles cruzarem o seu caminho, fique certo de que eles não serão tão complacentes quanto eu. 

As palavras de Lady Lucy tinham veracidade o suficiente para que o Malkaviano repensasse bem em seus próximos passos. Pelo visto Vallek seria caçado pela eternidade enquanto Adonnis usasse o clã como seus peões. 

Lady Lucy : - Elisha Hurley é um Alvo em potencial, então tome cuidado com "Kashan" mantenha este nome em mente. Se o Marechal da Sentinela do Leste dos Estados Unidos se envolver diretamente. Sugiro que fuja, ouvi histórias de que ele irá querer a cabeça de Elisha e Adonnis pessoalmente se seu Kamut falhar. Por fim e não menos importante, reveja seus supostos aliados Tecnocratas, eles tentaram invadir o Templo Sabá sem muito resultado. Mas acredito que o objetivo eles conseguiram. O Nome Herick Draven terá importância no futuro. Ele sabe de algo e por mais que tenha sido torturado, ele não revelou, os Tecnocratas o ajudaram a escapar. Mas ainda não sabemos o motivo. 

Herick & Rugall


 Rugall Salles
- PDS 7/10
- FDV 2/6 
- Vitalidade: Ferido  -1 Letal (3 Pds para se curar)


Herick Draven
- PDS 8/15
- FDV 3/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)
- Mascara das Mil Faces ativa Aparência(Homem negro, magro de paletó)

Diana estava um pouco melhor naquele fim de noite, os pesadelos que ela tinha já pareciam ter diminuído e na maior parte das vezes ela apenas sussurrava o nome de Rugall. July acomodava a amiga da melhor forma possível, havia trazido um lençol confortável para cobrir o corpo de Diana, um pouco de água para limpar a sujeira de seu rosto que ainda possuía uns respingos de sangue. Diana estava incrivelmente pálida, quase com o mesmo tom de pele de Rugall. 

July : - Nossa, o que aconteceu com ela... Vocês parecem ter sofrido muito lá fora. 

July não parecia tão abalada, estava frágil mas não tinha marcas de agressão ou qualquer outra coisa. 

July : - Querido, essa cidade está uma loucura, nós vamos sair daqui e voltar para Las Vegas assim que tudo melhorar. O Detetive Joshua veio logo após que ligamos para a policia. Você estava demorando, uns vândalos tiveram aqui e tentaram entrar a força no estabelecimento. Lilly tinha ido atrás de você na delegacia e eu não sabia o que fazer me desculpe, Lilly então voltou com Joshua e eles estão conversando a muito tempo. Parece que eles estão decidindo a melhor forma de sairmos daqui já que os aeroportos estão fechados, esta cidade está em zona de quarentena do resto dos Estados Unidos Salles ! O Centro de controle de Doenças nos prendeu aqui ! Eu queria tanto ver meu pai mas ele está em Nova York agora...

Foi nesse momento em que July caiu em desespero e começou a chorar. Rugall precisava ser um líder se quisesse manter a segurança de suas carniçais intacta. Herick nada dizia, estava com fome e para ele July não passava de um pedaço de bife, uma suculenta fonte de sangue. Ele não estava tão desesperado por sangue mas era sempre saboroso uma bela presa como aquela. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Sex Set 02, 2016 11:52 pm

Rugall se aproxima de July e a abraça ternamente. Esse caos todo com certeza afetaria mais July do que as outras servas e Lilly estava com Joshua.

July meu doce, estou de volta. Não precisa se preocupar tanto. Eu e Diana passamos por algumas dificuldades mas cá estamos. Este que nos acompanhou é Fox e nos ajudou a escapar. Ele é como eu e tem se mostrado um bom aliado, por isso será nosso hospede.

Rugall continuava abraçado com July e agora se dirigia a Fox.

Farei o que puder para ajudar a encontrar a pessoa que procura. Diga-me o nome desta pessoa, quem sabe eu a conheça. Quanto ao fator alimento, acredito que esta noite seja impossível, mas amanhã eu conseguirei o que me pede.

Retornando suas atenções a July, Rugall se mantém firme.

July, vá até Lilly e a convença a dispensar Joshua. Diga que é tarde e vocês precisam descansar.

Assim Rugall se desvencilha de sua carniçal e quando esta sai do quarto, conversa mais uma vez com Fox.

Até algumas noites atrás eu estava completamente anônimo do resto da sociedade cainita. Sobrevivendo independente dos conflitos inerentes de nossa condição. Cheguei na cidade a pouco tempo e fui pego de surpresa. Diga-me Fox, o que está acontecenso? O Sabbath tomou conta da cidade? Não sobrou ninguém da Camarilla? Existem anarquistas aqui? Para o que devemos nos preparar?
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por mitzrael em Sab Set 03, 2016 1:26 am

Herick mantinha se calmo diante a que doce
Presa .
Sim meu caro o nome e alisha ela e a príncipe
Regente da cidade vim ate a ela pra pedir ajuda
Pra matar meu sirem como já tinha te falado .
Pelo q pode ver o saba ganho temporariamente o poder
Dessa cidade . não sei ate que ponto a policia ta envolvida
E de que lado ela ta ou se ta duvidida .
O que sei q temos de encontra os demais da camarila
Se vc for capis seria grato
Pensando
Sera que essa história dele e real ? Parecia que ele era
Muito importante pro sabá . mas por qual motivo tenho de ficar atento
A cada detalhe .

Não sendo rude onde posso me descansar ?? Tive uma noite
Muito louca . não to acustumado a isso .
Herick falava com um sorriso .sem graça .
avatar
mitzrael

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 36
Localização : Sergipe ,Aracaju

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Bahamut em Sab Set 03, 2016 8:27 pm

Este nome... Elisha... Elisha Hurley não é mesmo? Sim eu a conheci. Eu vim para cá depois de conversar com ela. Tinha interesses em montar o salão aqui e ela liberou a minha entrada na cidade. Inclusive ela me convidou para ser Harpia do Elíseo. Mas pouco depois de nos falarmos ela sumiu e essa loucura começou. Infelizmente não a conheço muito bem para poder ter uma idéia de onde começar a procurá-la.

Tenho acomodações para você, logo July o encaminhará para um quarto. A não ser wue prefira ficar com Diana, embora eu prefira ficar com ela. Penso que ela se sentirá melhor ao acordar tendo alguém conhecido por perto.

Mais uma vez sou muito grato a você. Saiba que não esquecerei a ajuda que você me deu e que a minha casa também será sua pelo tempo que precisar. Estes são tempos difíceis e precisamos valorizar as coisas boas que a vida nos traz.


Terminando Rugall fixa seu olhar em Diana.
avatar
Bahamut

Data de inscrição : 04/10/2015
Idade : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Beaumont em Dom Set 04, 2016 11:14 pm

Herick & Rugall


 Rugall Salles

- PDS 3/10
- FDV 3/6 
- Vitalidade: Ferido Gravemente  -2 Letal (1 Agravado & 3 Letais)


Herick Draven
- PDS 7/15
- FDV 4/5
- Escoriado Agravado (1 dia de descanso)


A conversa entre os dois finalmente findava de forma mais amigável possível. Naquela cidade caótica dominada pela seita Sabbath, o maior numero possível de aliados poderia vir a ser benéfico e os dois pareciam ter intendido isso. Apesar do comentário de Rugall, Herick ou "Fox" como o vampiro havia se apresentado ao outro vampiro, preferiu escolher um dos quartos vagos, July então se despediu de Rugall com sereno beijo rápido nos lábios do vampiro e seguiu com Fox para mostrar seu novo aposento. 

Rugall finalmente pôde ficar mais uma vez a sós com Diana, seu rosto estava pálido e ainda havia um semblante de sofrimento, isso fez Rugall lembrar seus dias de abraço, a agonia de sentir seu corpo morrer, os pesadelos ao acordar e ver Nirrhtak segurando bebês e os destrocando como se fossem galinhas em um abate. Aquelas cenas aterrorizavam a mente de Rugall e sempre lhe dava forças para agir contra o Sabá. Aos poucos o vampiro iria se perdendo na manta negra do torpor diurno. Sentiu suas forças diminuírem e assim o vampiro acabou dormindo abraçado a sua tão querida Diana Jones. De forma baixa quase a sussurrar ele conseguia ouvir a moça chamar seu nome. 

Diana : Rugall...

Herick caminhava até a próxima sala daquele corredor de paredes negra e com o visual meio barroca e escura. July conduzia o vampiro até uma sala quadriculada e pequena que havia apenas um sofá confortável e alguns quadros de pintores anônimos. 

July : - No subsolo não há janelas, o lugar é perfeito para o sono de "vcs" eu sou responsável por cuidar de tudo enquanto o belo Rugall Sales dorme. Aqui estão as chaves desse quarto - July arremessava um molho com duas chaves douradas para o vampiro Caitiff. - "Aproveite o Dia" Rsrsrs. 

A moça então fechava a porta deixando o vampiro sozinho. Herick podia ter um momento de paz quem sabe mas até quando ? Estava confinado em New Jersey . A cidade controlada pelo sabá, tinha o domínio sobre todas as entradas e saídas. Os aeroportos estavam interditados e provavelmente as estradas também ...  Onde estaria Elisha Hurley ?? Para Herick restava apenas se entregar ao fim da noite...


-----------------------------------------Inicio da Próxima Noite--------------------------------


Rugal Teste de Despertar (Percepção+ Auspícios) Diff 8 = 1 Sucesso

Rugal despertava com o reflexo de sua mente, seus olhos se abriam já sentindo o peso em seu corpo. Ele rolava pelo chão ao cair da cama e como que por reflexo empurrava Diana que estava semi nua acima dele, suas presas estavam formadas por completo, seus olhos demonstravam o branco do poder auspicioso que ela possuía. Seus lábios estavam rubros do sangue que ela havia retirado de Rugall. O vampiro estava fraco, sentiu que a vampira havia lhe mordido no pescoço e tragado parte de seu sangue. Diana estava frenética, com uma força incomum, ainda mais forte que Salles. Ele tinha dificuldade em impedir que ela avançasse mais uma vez contra, mas ela queria. A vampira Criança da Noite urrava pelo sangue de Rugall como um animal anseia por comida. A dor que Rugall sentia em seu pescoço era profunda e o enfraquecia... Seria esse o fim do vampiro por sua própria cria ?

No outro Comodo Herick acordava com um zum zum zum na cabeça. Ele já não era o homem negro, havia perdido a concentração durante o dia que dormia, contudo ele estava em uma sala branca bem diferente daquela em que dormira. A sala era branca e clara e não possuía portas. havia apenas um espelho na frente onde do outro lado estava a face de Viper. Aquilo era possível. Herick e Viper eram a mesma pessoa ??  Herick tocava no rosto para ter certeza, havia muitas perguntas na cabeça de Herick naquele momento, onde ele estava ? Como ele parecia com Viper na frente do espelho ? Como ele saíria de um lugar sem portas ?

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Fuuma Monou em Dom Set 04, 2016 11:22 pm

Com tudo arrumado dentro do possível esconderijo do Caitiff, volto ao quarto em que Madson e a outra garota estão dormindo e fecho a porta. Procuro um lugar para sentar e, olhando para ambas, começo a pensar no que havia acontecido naquela noite, que parecia não ter fim... remontar todo o cenário é sempre a melhor forma de encontrar pontas soltas e montar um plano de ação.

"- Após acordar no esconderijo da polícia, houve o ataque e conseguimos fugir. Ao que parece, alguém está realmente atrás do Sabbath e já conhece os nossos pontos. Ao fugir com Lars..." - A imagem da cainita 'envergonhada', se é que isso é possível, me vinha a mente e afugentava minha linha de pensamento. Um sorriso se formava em meu rosto ao pensar nela.

"- Droga Benetti, concentre-se... Nós fomos perseguidos por aquele helicóptero, que felizmente consegui derrubar. Infelizmente fomos escorraçados e não conseguimos levar o helicóptero, mas nada que não possamos conseguir posteriormente. Depois veio o bar e o indício de que o Hamlin estava por estas bandas. Agora descobrimos que o rato está usando esse lugar como esconderijo, e ainda tenho em minhas mãos uma possível nova preferida dele."

- Acredito que não deixei nada passar... só esse gosto ruim no sangue... isso sim me está incomodando bastante... quem já viu, a comida com gosto ruim? - Dizia baixo, só para eu escutar. - Agora, o que virá a seguir?

Levanto e sigo para o corredor que liga os quartos, o mais furtivo possível. Aproximo-me das portas para descobrir quantos quartos estão ocupados naquela espelunca. Retorno ao quarto com as garotas. O salão onde a Meg fora presa fica retornando a minha mente. "- Há um carro lá fora, e pelo que Lars falou são somente vinte minutos. Isso significa que serão quarenta minutos entre ida e volta, e mais uns vinte a trinta minutos para dar uma geral no lugar." - Olho para o relógio, este marca duas da manhã. "- Consequentemente, consigo retornar antes das três e meia da madrugada... não acredito que o rato retorne para seu quarto antes disso.... então ainda tenho muito tempo."

- Mas não posso simplesmente deixar isso tudo aqui assim, se ele aparecer eu não terei como agir... - Continuo a falar baixo. Não quero que o cafetão daquelas duas apareça e cause algum problema, ou que algum 'vizinho' escute algo indevido.

Pego o celular e começo a escrever uma mensagem para Darko. - Encontramos o esconderijo do Caitiff e estou próximo do salão que você comentou. Não quero deixar esse lugar sozinho, tu podes vir..... - Apago tudo o que havia escrito. Não havia o porque mostrar essa fraqueza agora que eu estou tão perto. "- Só preciso deixar meu brinquedo novo pronto para me alertar sobre os passos do rato... e assim poderei fazer um reconhecimento geral do salão... mas e se algo de errado acontecer no caminho? Agora temos inquisidores andando por estas bandas..." - A dúvida preenchia a minha mente. Mas o tempo não iria parar para me esperar tomar uma decisão.

Eu me decidia. "- Esperarei até às três da manhã por alguma notícia de Lars. Ela aparecendo ou não, forçarei Madson e a outra garota a me avisar sobre a chegada do rato ou ordenar que, após o amanhecer, uma delas enfie uma estaca no peito do infeliz. Assim, quando chegar o anoitecer, poderei levá-lo comigo para ser interrogado." - Aos poucos começo a organizar minha ações futuras. "- No jogo de gato e rato, vence aquele que pensa vários passos na frente." - Enquanto pensava, ficava sempre a prestar atenção nos movimentos do corredor. Aquele carro estacionado seria o meu meio de transporte para o salão.

_________________
Sigo em frente... vivo numa noite eterna... as trevas me preenchem, me alimentam... sombras estão ao meu redor... elas falam comigo, me entendem... eu as entendo e compartilho de meu ser, minha alma... nós nos completamos e assim viveremos para todo o sempre.
avatar
Fuuma Monou

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 28
Localização : Natal - RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por No One em Dom Set 04, 2016 11:48 pm

Tyron refletia sobre a noite anterior pouco antes de adormecer. Centenas de criaturas bizarras haviam atacado o campo de treinamento, mas no final das contas, tudo não passara de um teste de inteligência e manutenção de recursos, estando longe de ser uma provação verdadeiramente física. Na verdade, os aspectos físicos sequer haviam sido explorados desde que eles tinham sido recrutados, o que tornava a Mão Negra muito mais interessante para o Gangrel. Afinal, ele já estava nos limites do seu desenvolvimento físico, tanto em questão de habilidade quanto em questão de vigor, portanto aprimorar a sua sagacidade era algo muito mais proveitoso.

Como planejado, o Gangrel descansara o máximo possível durante o dia, sabendo que na noite seguinte uma missão de verdade lhes esperava. No entanto, poucos momentos antes do anoitecer, uma voz gritara seu codinome bem próximo ao seu ouvido. Aquilo automaticamente colocara o atento Gangrel em posição defensiva, pronto para rasgar ao meio quem quer que tivesse sido louco o bastante para invadir o seu dormitório. Contudo, apenas a amável Branca estava lá, ainda dormindo após ter violado as regras do Soberano e se alojado em seu quarto no decorrer do dia. O que havia sido aquilo, então? Teria sido novamente sua falecida senhora ao atormentá-lo em seus sonhos? Nos últimos tempos, Kyria tinha feito questão de lembrar à sua prole do seu dever de vingança em seu nome, algo que Tyron planejava há mais de 80 anos desde o assassinato de sua amada criadora. Se tudo aquilo era fruto de sua culpa por ter procrastinado o ato por tanto tempo, ou se era realmente o espírito de sua senhora quem lhe relembrava, o Gangrel não fazia ideia. Mas de uma coisa ele tinha certeza: o momento de sua vingança de aproximava. O acordo que ele negociava com Avesso para ajudar-lhe nisso parecia promissor, e com a ajuda de outro ancião, Bristhon não seria capaz de contê-lo.

No entanto, e se aquilo não tivesse tido nada a ver com sua falecida senhora? O Gangrel era experiente demais para acreditar que aquilo tivesse sido apenas um mero sonho, e se aquilo não se tratasse de Kyria, então certamente era algo preocupante. De qualquer forma, seria melhor ficar atento.

-Não, está tudo bem. - Responde ele, quando a sua amada tenta acalmá-lo - Vamos, Alexander nos espera.

Ao sair, se depararam com Alexander e um desconhecido com aspecto militar. Porém, de início mal conseguiam prestar atenção neles, diante da decoração abundante em vitae. Ainda sem se alimentar desde a cansativa noite anterior, o Gangrel estava sedento por sangue, e só conseguiu prestar atenção no homem militar depois que ele começara seu discurso.

Eles enfim iniciariam as missões para se tornarem assassinos implacáveis, no entanto, segundo Kashan, o homem de aspectos militares, metade deles não conseguiria sobreviver ao seguimento do treinamento. Aquilo de fato era preocupante, e Tyron temia bastante que suas palavras fossem verdade, mas não por ele, e sim por Branca. A sua inocente amada não tinha noção da gravidade do perigo em que estava se submetendo e se o Gangrel não lhe fornecesse proteção em tempo integral, ela seria uma das primeiras a morrer. Mesmo Negra, a sua personalidade mais forte e bem mais esperta, não seria capaz de lidar com o perigo que lhes esperava, uma vez que a garota não tinha a menor aptidão física e sequer conseguia dominar seus poderes vampíricos.

Olhando para os demais, percebia que Garfild estava claramente preocupado, e com razão. Ele certamente era um dos que não conseguiria sobreviver às próximas etapas do treinamento, e tinha uma boa noção disso. China e Avesso tinham boas chances, levando em consideração que um tinha excelentes aptidões físicas e o outro, embora não fosse focado em combate, era um ancião e isso por si só já lhe era uma grande garantia de poder. Já Órfã tinha bem mais chances que Garfild, mas ainda assim também era uma das que provavelmente morreriam. Quanto a si mesmo, Tyron não estava preocupado, ele reconhecia que suas habilidades eram mais do que capazes para lidar com os próximos desafios. Sua única preocupação, como havia sido desde que tinha escapado das mãos da Camarilla, era com Branca.
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Undead Freak em Seg Set 05, 2016 9:28 am

--  Você é o mais próximo da saída que tivemos até agora Vallek. O clã Malkaviano é o caminho pelo qual "Adonnis" percorre, eu verifiquei os seus registros e descobri que você tem um passado com esse mago antes mesmo de nós dois nos conhecermos.


Era como se aquela brisa gélida trouxessem aquelas palavras de longe, como se uma mulher de voz sensual e controlada falasse de além do horizonte, usando o clima de forma sobrenatural para ressoar o que dizia apenas dentro da minha cabeça, unicamente para mim. Se não fosse pela gravidade da situação, tal cena seria um privilégio e tanto para mim.

-- O que planeja fazer em seguida Vallek ? Eu permitirei que você continue, mas esse será nosso segredo. Não poderá ter o auxilio da Espada de Caim diretamente até que a sua linhagem se estabilize. Um grupo de Removedores da Mão Negra foi acionada e está vindo para New Jersey. O Objetivo deles é simples. O extermínio de Adonnis. Mas se eles cruzarem o seu caminho, fique certo de que eles não serão tão complacentes quanto eu.


-- É um voto de confiança em um momento delicado. Da sua parte, entendo que é uma jogada arriscada, e agradeço muito por essa honra. No entanto, já é certo que não foi por acaso que o meu destino cruzou com esse mago... Bem, de um jeito ou de outro, ele terá o fim dele. Quanto ao grupo, terei cuidado com ele. Se tudo der certo, creio que terei feito um bom serviço para a seita e provado o meu valor uma vez mais.

-- Elisha Hurley é um Alvo em potencial, então tome cuidado com "Kashan" mantenha este nome em mente. Se o Marechal da Sentinela do Leste dos Estados Unidos se envolver diretamente. Sugiro que fuja, ouvi histórias de que ele irá querer a cabeça de Elisha e Adonnis pessoalmente se seu Kamut falhar. Por fim e não menos importante, reveja seus supostos aliados Tecnocratas, eles tentaram invadir o Templo Sabá sem muito resultado. Mas acredito que o objetivo eles conseguiram. O Nome Herick Draven terá importância no futuro. Ele sabe de algo e por mais que tenha sido torturado, ele não revelou, os Tecnocratas o ajudaram a escapar. Mas ainda não sabemos o motivo.


Eu anotei mentalmente cada informação que Lucy me passava... "Kashan", Herick Draven... Ela provou ser uma grande aliada, uma Lasombra de valor. Eu fiz certo em apresentar a ela, naquela noite no cemitério.

-- Quanto aos tecnocratas, eles são algo passageiro, não se preocupe. Eles se dobrarão a minha vontade, ou eu mesmo acabo com todos. O mais importante são as informações que me passou. Agradeço por isso. E antes que eu me esqueça, quero lhe dar essas informações, milady: Primeiramente, cuidado caso venha a confrontar esses pseudo iluminados. Adonis conferiu a eles certos.... aprimoramentos, por assim dizer. Eles se tornaram imunes a certas coisas, como estacas, além de terem força, velocidade e resistência aumentados. A outra informação é: para que um malkaviano não sucumba a esse estado patético, basta que ele, usando da vontade do seu espírito, se apegue a sua essência. O passado nunca foi tão importante como é agora. Adonis tenta desvencilhar a mente de tudo o que é conhecido e estimado para ela. Se o malkaviano se apegar a quem ele realmente é, o poder de Adonis é inútil. Foi assim que evitei sucumbir, e foi assim que aprendi a evitá-lo. Talvez essa informação em suas mãos possa ajudar os meus irmãos mais do que estando apenas comigo.

Eu creio que nada mais precisava ser dito. Eu sentia que logo Lucy estaria longe, portante fechei os olhos e me concentrei em sua voz, para um último momento de deleite, antes de retomar meus afazeres.
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: New Jersey by Night - A Falsa Iluminação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum