Trieste by night (and also by day)

Página 2 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Ter Jun 14, 2016 1:34 am

Sem pensar nem por um segundo no assunto, pois já estava preparado para algo como aquilo acontecer, eu cubro o resto da pouca distancia entre nossos labios, selando aquele beijo proibido em local de trabalho, e ficando ali, a beijando por alguns segundos que poderiam parar o tempo.

Até que de repente, eu corto aquele beijo delicioso e deixo a moça de pé, me soltando dela e me afastando alguns passos dela. - Perdão senhorita, não tive a intenção de lhe atacar desse jeito, não sei o que me deu. - Fazia com que minhas bochechas ficassem coradas novamente e eu exibia uma expressão de extrema vergonha, olhando para o chão e segurando meus próprios braços.

Na verdade eu sabia exatamente o que eu estava fazendo...
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Ter Jun 14, 2016 1:47 am

Geovanna Marini


Sabia exatamente o que fazer para conseguir um beijo e aquele não foi nada diferente do que conseguia quando queria, mas para ela aquele beijo tinha sido diferente, mais gostoso que o normal, ainda mais porque durou alguns segundos.

"Bati meu record no tempo que levei para beija-lo... kkk"

Quando ele corta o beijo e a coloca de pé ela responde:

- Eu que peço perdão... eu sou a errada. Foi como se eu tivesse provocado isso...

O que não deixava de ser verdade, mas aquele draminha que estava fazendo era até que convincente, mas ela não sabia que ele estava fazendo algo do tipo, pois como ele, ambos sabiam exatamente o que faziam, mas estavam tentando enganar um ou outro? ou será que Geo estava realmente sendo balançada por ele?

Percebe que ele aparentava ficar tímido com aquilo e, achando muito fofinho aquilo porém demonstrava que o homem apesar de fofo parecia imaturo com aquelas atitudes. Então ela se aproximou dele, levantou o queixo dele e voltou a dizer:

- Não fique com peso na consciência. Vamos manter isso entre a gente ok?

E deu mais um selinho nele mostrando que, se tiver que respeita-lo como superior, conseguiria separar aquilo que aconteceu do trabalho completamente e isso talvez iria deixa-lo surpreso ou talvez outras coisas...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Ter Jun 14, 2016 1:56 am

- Não foi como se você fosse a unica que estava provocando também... - Falava ainda em tom envergonhado, mas quando a moça se aproximava para dar o selinho, eu enlaço sua cintura e permito o breve selinho, mas em seguida sussurro em seu ouvido. - Espero que isso não tenha acabado com os planos para o jantar mais tarde. Estou ansioso por ele... - Deixava o resto do pensamento no ar, para que a moça completasse com o que quisesse.

Em seguida, a solto e volto a criar um pouco de espaço entre nós, retornando a falar em voz alta. - Claro, vamos deixar isso apenas entre nós e manter o profissionalismo - Retorno com aquele sorriso gentil e carinhoso de antes.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Spatz em Ter Jun 14, 2016 6:57 pm

Geovanna estava tão exultante com os seus sentimentos e também com a sua grande habilidade para sempre conseguir o queria que sequer acabou racionalizando parte do que presenciou.

Apenas agora, quando ambos haviam se distanciado um pouco, ela pensou no estranho fato de que, quando se tocaram, o corpo de Nate estava bem frio, próximo da mesma temperatura gélida do ambiente, como se ele estivesse sem casaco, mesmo estando devidamente agasalhado e com a sua pele corada...

Porém, esses breves pensamentos foram cortados, pois, de canto de olho, tanto ela quanto Nate perceberam que havia alguém dentro da sala de reuniões, parado perto da porta aberta, olhando para eles na varanda em que estavam, como se os estivesse observando há algum tempo. Era Monica Spina, a secretária geral da diretora.

MONICA SPINA:

O seu rosto aparentava surpresa e um pouco de ciúmes. Após perceber que foi observada por eles ela faz uma expressão inequívoca de susto, finge então que estava andando, vindo em direção deles, como se nunca estivesse ficado parada lá os observando.

A voz dela demonstra um certo nervosismo que vai passando aos poucos à medida em que fala:

- Meus caros, a Srta. Fiorella Fontana, a nossa presidente regional, teve uma enxaqueca. Em razão disso ela cancelou o restante da reunião, será remarcada oportunamente. Como vocês eram os únicos que não estavam na sala vim aqui fora avisar-lhes...

Ela se virou de costas, para andar em direção à sala de reuniões, quando, de forma rápida, gira o seu corpo de volta à varanda, e voltou a olhar para eles, como quem fosse falar algo que havia esquecido ou então que teria decidido de improviso. O rosto dela focou na ruiva e começou a falar de forma séria:

- Geovanna, há uma grande notícia que eu quero lhe dar. Ia deixar para falar isso mais tarde, ao término da reunião, porém, como a reunião foi cancelada, aproveito para falar agora.

Em seguida a sua voz começava a denotar empolgação e ânimo.

-Você sempre foi uma excelente profissional, eu sempre quis tê-la em minha equipe. Infelizmente, por questões políticas, eu tinha de manter no cargo de assessor um homem incompetente, de modo que nunca havia vaga para alguém do seu potência, das suas capacidades e de sua elegância. Porém, para a nossa sorte, ele foi transferido para a sede do Banco em Roma hoje de tarde. Assim, tenho agora a honra de lhe requisitar para ser minha assessora permanente na secretaria da presidência! Pode me agradecer depois!

Ela demonstrava estar animada com o "convite"!

-Tenho certeza que você não recusará esse convite, é um cargo de prestígio, bem remunerado, com ambiente de trabalho agradável e menos estressante do que uma agência, além de ser uma excelente oportunidade de crescimento no Banco. Por fim, sabemos não é de bom tom renunciar a essas oportunidades na carreira....

Por fim, abre um pequeno sorriso ao término do que diz e prossegue:

- Aguardo-te amanhã na minha sala, às 10:00. Não se preocupe com a agência, eu mesma providenciarei um novo gerente geral para lá.

Após dizer isso ela se vira rapidamente e sai do ambiente, antes mesmo que a ruiva pudesse sequer pensar em uma resposta. Tanto Nate quanto Geovanna perceberam que Monica saiu de cabeça erguida, bem como tiveram a impressão de que ela abriu um grande sorriso de felicidade assim que deu as costas para eles...


Última edição por Spatz em Qua Jun 15, 2016 9:27 am, editado 1 vez(es)
avatar
Spatz

Data de inscrição : 08/05/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Ter Jun 14, 2016 11:20 pm

Geovanna Marini


Sendo meio que agarrada por Nate, ela também responde falando no ouvido dele:

- Não se preocupe. Não esqueci do seu convite...

E lhe dá um gostoso beijo na bochecha já que estava próximo à ela.

Apesar do clima agradável que estava lá entre ela e Nate, percebeu que uma colega os vira juntos e se beijando, mas aquilo não importava, pois ela simplesmente podia dizer que eram namorados fora do banco e assunto resolvido.

- Obrigada pelo aviso. Já estamos indo embora e amanhã estarei na sua sala sim.

Aquele pedido havia lhe soado muito estranho, ainda mais a proposta de ser secretária da diretora geral... enfim... se aquilo fosse uma armação para afasta-la de sua nova conquista aquilo não daria certo porque depois do beijo que trocaram não havia mais solução.

Após aquilo tudo, Geovanna virou-se para Nate e voltou a dizer:

- Bom, parece que acabou por hoje...

E ficou aguardando ele falar alguma coisa ou propor algo, que era o que ela esperava.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Ter Jun 14, 2016 11:33 pm

Fico calado durante todo a conversa com a mulher que nos flagrou, visto que o aviso era apenas para geovanna, e por fim apenas agradeço cordialmente pelo aviso a respeito do cancelamento da reunião.

Acho melhor, por via das duvidas, voltar na sala pra verificar se a reunião foi mesmo cancelada, não seria uma novidade, se estivessem querendo me sabotar aqui dentro, e faltar a primeira reunião, depois de ficar aos beijos com uma outra funcionaria, pegaria mal para minha imagem mais tarde, também preciso me certificar de conversar com essa mulher a sós também e garantir que ela não vá fazer nenhuma besteira. Droga, deveria ter imaginado que algo do tipo poderia acontecer, fui imprudente.

Após a mulher ir embora, volto a falar em tom casual com minha companheira. - Parece que sim, e também parece que não poderei falar com a diretora geral hoje no fim das contas, neste caso, apenas preciso buscar minhas coisas na sala de reunião e se o expediente tiver acabado, podemos ir lá pra casa, jantar. - Sorria ternamente enquanto caminhava para fora da sacada, esperando que a moça me seguisse.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Ter Jun 14, 2016 11:59 pm

Geovanna Marini


Olhou para o companheiro e sorriu de leve.

- Vamos pegar nossas coisas então e partir para a nossa reunião.

E virou-se para voltar a sala. Precisava se certificar que tudo realmente havia terminado ou se não passava de mais uma brincadeira..

"Será que não devo ir primeiro me arrumar em casa?... hnnn..."

Enquanto juntava suas coisas tentava chegar a alguma conclusão, mas não conseguia. Talvez seria melhor só ir e pronto, sem dar margens a mais nada...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Jun 15, 2016 12:06 am

- Sim, vamos sim.

Chegando na sala de reunião, e confirmando que realmente não haveria mais reunão, recolho meus documentos e os guardo dentro da minha maleta, para em seguida acompanhar geovanna para sala de reunião e depois para fora do banco.

- Vamos? - Seguia para onde tinha estacionado meu carro, uma lamborghinni aventador branco e convidava a moça para entrar no veiculo.

carro :
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Qua Jun 15, 2016 12:17 am

Geovanna Marini


Juntou todas suas coisas e foi com ele para onde seu carro estava estacionado. Quando vê o carro fica bem impressionada.

"Wow... Que lindo.... "

- Vamos sim...

E sorri gentilmente entrando no carro nele indo para a casa dele para a tal da reunião para falar de negócios...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Spatz em Qua Jun 15, 2016 10:46 am

Ao passarem pela sala de reuniões para recolherem os seus pertences percebem que Monica falava a verdade, não havia mais ninguém lá.

Descem então à garagem do edifício. Por ser um prédio histórico, com espaço interno pequeno, poucos tinham direito a uma das vagas de garagem criadas lá dentro. Por sorte, o cargo de Nate lhe concedia uma dessas vagas.

Os dois entram no super-esportivo e seguem em direção ao apartamento do recém chegado na cidade.
avatar
Spatz

Data de inscrição : 08/05/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Jun 15, 2016 9:36 pm

Dirijo meu carro em uma velocidade de passeio, sem ter pressa de chegar ao destino, até que finalmente chego, algum tempo depois, no meu predio, paro carro um minuto na frente do portão da garagem, para que eu pudesse alcançar o controle e acionar o mecanismo que abriria minha passagem.

Depois de já ter passagem suficiente, eu dou partida novamente e busco pela minha vaga, uma vez com o carro estacionado, e como bom cavalheiro, desço do carro e abro a porta para geovanna, para em seguida acompanha-la até o elevador, dentro do levador, o painel exibia 20 botões, mas eu não aperto em nenhum deles, ao contrario, retiro de meu bolso, minhas chaves e busco por uma pequena e compacta, parecida com uma chave de armário, e em seguida a insiro em um painel abaixo dos números, giro meu pulso, e em seguida retiro a chave do painel, o que faz com que as portas do elevador se fechem e ele comece a funcionar.

O elevador sobe alem do 20 andar e para no 21 primeiro, onde dá direto em minha sala de estar.

Apartamento completo :

- Bem vinda a minha humilde residencia. - Sabia que de humilde aquele lugar não tinha nada, e por isso digo aquela palavra com um leve tom de brincadeira, enquanto já vou entrando e deixando minhas chaves em cima de mesinha convenientemente posicionada perto do elevador e a maleta no chão, encostada nessa mesinha.

- Gostaria de tomar alguma coisa? antes do jantar? - Ia a conduzindo até os sofás, para que pudêssemos nos sentar.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Qua Jun 15, 2016 11:04 pm

Geovanna Marini


Saiu com ele do carro depois que ele lhe abriu a porta e foi seguindo para onde o rapaz ia, no caso o elevador. Observou ele estranhamento colocar a chave no elevador e assim o aparelho assumia outro tipo de controle, provavelmente desbloqueando algum andar de não acesso à outra pessoas.

"Quanto mistério..."

Quando o elevador parou e abriu as portas, não pode negar de abrir um pouco demais os olhos quando viu o tamanho do lugar, principalmente no quesito da tecnologia do lugar.

"Oh My God..."

Foi entrando no lugar e quando ouviu ele dizer humilde queria rir daquilo mas se controlou, porque imaginou que seria modéstia dele. Limitou-se a simplesmente responder:

- Obrigada.

Quando ele deixou a maleta perto de uma mesinha, ela deixou sua bolsa e sua pasta alí também e foi ao sofá, onde foi conduzida.

- Obrigada mas estou bem. Beberei algo se você quiser também, se não eu posso aguardar o jantar...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Jun 15, 2016 11:24 pm

- Gosta de vinho? Ganhei recentemente um delicioso de um conhecido meu, do vinhedo da familia dele, gostaria de provar? Garanto que vai ser o melhor vinho que você já provou.   - Eu me levantava e seguia para uma área mais reservada, onde eu havia guardado o tal vinho, junto de algumas taças e o saca rolha, eu então mostrava a garrafa para a moça.

Logo após mostrar a garrafa, eu levo o conjunto em uma bandeja até o sofá onde geo está sentada e sirvo ali mesmo, na sua frente, duas taças com o vinho e ofereço ela para a garota.

- Então, senhorita, costuma sempre aceitar jantares na casa de colegas de trabalho que acabou de conhecer? - Utilizava um tom leve, de piada, mais para puxar o assunto do que qualquer outra coisa. e encostava a taça de vinho em minha boca, deixando que o liquido tocasse em meus lábios, dando a ilusão que eu havia dado um gole, para também encorajar a garota a tomar o vinho dela.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Qua Jun 15, 2016 11:38 pm

Geovanna Marini


- Vinho sempre é muito bom.

"Que Italiano que não gosta de um belo vinho e uma boa tábua de frios?"

Observou ele ir pegar a garrafa, o saca rolhas e as taças de vinho em uma bandeja.

"Perfeito..."

Quando ele fez a próxima pergunta, não gostou muito do tom que ele saiu, ainda mais porque era ofensivo e era de subjuga-la como uma mulher fácil. Ainda bem que ele lhe ofereceu a taça de vinho, pois poderia tomar todo o conteúdo da taça em um único gole após a resposta àquela pergunta, já que ele não ofereceu nenhum brinde:

- Não. Aceitei apenas o seu convite, mas se eu quisesse poderia aceitar, pois sou uma mulher solteira e desimpedida.

"Se as coisas forem continuar assim o jantar vai ser lastimável..."
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qua Jun 15, 2016 11:49 pm

Observo como ela tomou toda a taça de uma vez, e dou uma risadinha de leve, oferecendo mais vinho, caso ela aceitasse, serviria na taça dela e em seguida eu respondo. - Fico feliz em ouvir isso, odiaria saber que você é uma dama comprometida. - Ignorava completamente o tom de patada que havia recebido.

- Aceita um aperitivo para acompanhar o vinho? Creio que eu tenha alguma coisa na geladeira - Entregava a moça mais um sorriso carinhoso e gentil.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Qua Jun 15, 2016 11:58 pm

Geovanna Marini


"Ufa... quase jogo meu louboutin na cara dele..."

Aceitou a segunda taça de vinho.

- Não se preocupe. Sou solteira.

Gostou do que ele disse. Isso era sinal de que talvez houvesse algumas intenções nobres em suas atitudes ou talvez não. Talvez não fosse querer quere usufruir de um produto que não fosse de primeira linha.

- Aceito sim o aperitivo, desde que eu lhe ajude a prepara-lo.

Se levanta do sofá de vagar com a taça na mão.

- Vou lhe mostrar um truque bem interessante para improvisar uns aperitivos. Quer ver?

Dá um fofo sorriso.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Qui Jun 16, 2016 12:15 am

- Neste caso irei aceitar sua ajuda. - Me levantava prontamente e oferecia minha mão livre para ajuda-la a se levantar também.

- Eu particularmente não sou muito letrado nas artes da culinária. - Admitia normalmente, embora também colocasse um leve tom de vergonha em minha voz, ela teria que esperar algo não muito gostoso, pois é extremamente difícil cozinhar algo que prestasse sem provar nada do processo. Alem do mais, vampiros não precisavam cozinhar, eu só havia comprado comida humana pois estava prevendo uma situação como essa, onde seria necessário ter alguma comida na casa.

Eu guio a moça, sem soltar sua mão, pelas escadas até o terceiro andar do apartamento, onde ficava a cozinha e lhe mostrava o conteúdo da geladeira que poderia ser útil para uma tabua de frios, eu havia comprado previamente dois linguiças de salame, que seria necessário cortar em fatias, um pote de azeitonas em conserva, um tablete de queijo mussarela e um tablete de presunto. Havia outros produtos na geladeira também, colocados ali meramente para não ser estranho eu ter uma geladeira vazia.

- O que você acha que da para fazer? - Eu falava enquanto retirava calmamente meu paleto e o depositava em cima de uma cadeira da cozinha, e em seguida tirava também minha gravata a dobrando calmamente e depositando em cima do paleto. E arregaçava as mangas da camisa social branca, tudo isso tendo certeza que a garota estava vendo meu gesto.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Sex Jun 17, 2016 12:02 am

Geovanna Marini


Aceitou a mão dele para se levantar com um sorriso sexy no rosto.

- Não se preocupe que eu posso ajudar. Eu até q sei me virar na cozinha.

Foi conduzida por ele ate o ondar onde se localizava a cozinha. Parecia ser o terceiro andar pelo pouco que havia entendido na casa dele.

Assim que chegou na cozinha e ele lhe mostrou o conteúdo da geladeira, pegou uma das linguiças, o queijo, o presunto e as azeitonas e colocou sobre a bancada.

- Você tem todo o essencial para bons petiscos com o vinho. Faremos uma bela tábua de frios. Agora só preciso de uma faca, uma tábua para cortar tudo isso e um belo prato para arrumar todos os frios, pode der?

Arremangou as mangas de sua blusa, colocou o avental que havia por alí nela mesma, lavou as mãos e se preparou para fazer tudo aquilo.

"Vai ser o primeiro homem que me verá cozinhar sem ser meu pai..."
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Sex Jun 17, 2016 12:13 am

- Excelente, então agora eu tenho certeza que o jantar não ficará ruim. - Mesmo que eu não vá dar nem uma garfada nele, mas se tudo correr bem, não chegaremos a preparar um jantar.

Eu escuto os pedidos da moça e vou em busca dos itens, pegando uma tabua que estava convenientemente posicionada numa parede próxima das facas de cozinha e de outros utensílios básicos de uma cozinha convencional. Quanto aos pratos eu os busco em um pequeno armário, tudo parecia estranhamente novo, nenhum arranhão, brilhando, como se tivessem sido retirados agora da caixa, o fato é que de fato eram novos, nada naquela cozinha havia sido usada ainda, não havia necessidade disso, até agora.

Após pegar tudo, alcanço também uma faca apropriada para o corte do produto em questão, que estava no suporte junto dos outros tipos de facas entrego para geo.

- Aqui está. - Sorria docemente para ela, e enquanto passava as coisas, sem querer querendo, coloco minhas mãos sobre as dela, as deixando ali por um segundo.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Sex Jun 17, 2016 12:27 am

Geovanna Marini


Estanhou os utensílios novos e pensou se ele realmente cozinhava alí ou se vivia comprando tudo pronto ou se ele era paranoico com o estado das coisas.

- É só cortar e arrumar tudo...

Enquanto cortava ele poderia reparar que o movimento do braço dela cortando o queijo e as outras coisas faziam com que o corpo dela se tremesse um pouco, principalmente  bumbum, que subia e descia enquanto ela cortava. Parecia que o movimento de corte do braço fazia com que ele subisse e descesse.

Depois que terminou de cortar cada uma das coisas que havia pego, inclusive as azeitonas em pedaços pequenos para degustação, arrumou tudo de forma organizada para ambos comerem.

TÁBUA DE FRIOS:
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Sex Jun 17, 2016 12:36 am

Observava a postura da moça para cortar a comida, principalmente seu bumbum e se perguntava se aquilo era proposital, certamente que não era necessário cortar a comida assim, mas também certamente deixava tudo mais... sexy. Por isso, eu me aproximava por atras dela, como se fosse a ensinar a cortar, mesmo ela sabendo fazer aquilo claramente melhor que eu, encostava meu corpo no dela e a envolvia segurando levemente suas mãos.

- Se importa? - Cochichava suavemente em seu ouvido, enquanto deixava que ela fizesse os movimentos necessários para cortar as coisas, uma vez que tudo estivesse cortado, eu dava espaço para que ela montasse o prato com a comida.

- Uau, ficou muito bonito o nosso trabalho, chega da pena de desfazer isso, comendo eles... - riu divertidamente, enquanto observo o resultado do trabalho.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Sex Jun 17, 2016 12:47 am

Geovanna Marini


Ficou toda arrepiada quando ele se aproximou dela por trás como se fosse ensina-la a cortar os frios para aquela tábua de frios.

- Não me importo.

Ia montando o prato com ele atrás dela e cochichando em seu ouvido. Aquilo era bem sexy e gostoso e enquanto dava os toques finais na tábua de frios, fazia questão se me mexer bastante para meio que ficar encostando nele para provoca-lo enquanto isso.

"Essa posição é bem sugestiva.. kkk "

Até que fingiu que uma azeitona rolou para o meio da bancada e ela precisava pegar, então se curvou sobre a bancada, parecendo que fosse deitar sobre ela deixando seu bumbum arrebitado.

"Será que ele vai aguentar as provocações? kkk"

E depois que pegou a azeitona que jogou foi voltando de vagar para provoca-lo, com a cabeça virada para trás de forma sugestiva e com um belo e lascivo sorriso nos lábios.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Sex Jun 17, 2016 12:56 am

Agora tenho minha certeza, ela está fazendo sim de proposito, parece que não vou precisar fingir comer alguma coisa no fim das contas...

Após perceber que ela jogou azeitona para o meio da bancada de proposito e em seguida se curvou para pega-la, fazendo com que sua bunda forçasse contra a minha virilha, eu faço o sangue se mover através do meu corpo para aquela região, para que ela sentisse alguma reação vinda de lá, pois depois do que ela havia feito, dificilmente um mortal não teria uma reação parecida.

Deixo que ela sinta normalmente a reação da minha cintura e quando ela fica em pé novamente eu sussurro no ouvido dela, com o mesmo tom de lascivia que se encontrava em seu sorriso. - Você, fez de proposito, não vou me desculpar por isso. - Fazia la em baixo pulsar uma vez contra a bunda dela, e imediatamente a beijava em seu pescoço, levemente, para dar pequenos calafrios e ia fazendo meu caminho até a boca.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Askalians em Sex Jun 17, 2016 1:22 am

Geovanna Marini


Fica animada quando sente a reação à sua atitude.

"Eu sabia.. kkk"

E sorriu quando ele começou a beijar seu pescoço. Ela apenas fechou os olhos e apreciou, ainda mais porque ia subindo os beijos e caminhando à boca dela, quando ele finalmente chegou nos lábios dela, ela virou-se de frente à ele e o abraçou durante aquele beijo. Com aquela posição que estavam, não iria estranhar caso ele a colocasse sentada sobre a bancada da cozinha e alí o problema fosse resolvido

Não percebeu que quando se moveu ainda estava com a faca nas mão, o que fez com que fizesse um corte superficial em sua mão.

O corte não era profundo, tanto que não percebeu. Só perceberia caso lavasse sua mão e veria que mesmo sendo superficial, ela iria apertar e faria com que o corte sangrasse, mas Nate poderia sentir o cheiro de um ferida aberta a fresca com um filete de sangue querendo sair...
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 32
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Lord_Suiciniv em Sex Jun 17, 2016 1:40 am

Rolador de dados:
Dados:3, 10, 7, 1
NATE rolou 4 dado(s) com dificuldade 6 para autocontrole e obteve 1 sucesso(s)

Uma vez que eu chegara em sua boca, começo a beijar com desejo, envolvendo sua cintura com meus braços e fazendo o corpo dela ficar colado ao meu.

No entanto eu começo a sentir leve cheiro de sangue, e o cheio me desperta um desejo menos humano por aquela mulher, decido naquele momento que iria me alimentar também dela,não apenas deixar que ela se alimente de mim.

Como o cheiro estava sutil, sou capaz de me controlar e imagino que não seria normal eu perceber primeiro que ela tenha se cortado, como não estava sangrando ainda, e por isso apenas intensifico o beijo, a empurrando com delicadeza contra a bancada e pressionando meu corpo contra o dela.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Trieste by night (and also by day)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum