Sercas Natan - Malkaviano - Camarilla

Ir em baixo

Sercas Natan - Malkaviano - Camarilla

Mensagem por Songette em Sab Maio 15, 2010 12:17 am

Personagem: Sercas Natan
Clã: Malkavianos
Natureza: filantropo
Comportamento: Bon Vivant
Geração: 13
Refugio: Espanha - Suburibio
Conceito: diversao


Experiência:


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos
- Força: +1
- Destreza: +1+2
- Vigor: +1+1

Sociais
- Carisma: +1+3 (engraçado)
- Manipulação: +1+3 (argumentador)
- Aparência: +1+1

Mentais
- Percepção: +1+2
- Inteligência: +1+2
- Raciocínio: +1+1


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos
- Prontidão:+2
- Esportes:+1
- Briga:
- Esquiva:+1
- Empatia:+3
- Expressão:
- Intimidação:+3
- Liderança:
- Manha:
- Lábia:+3

Perícias
- Empatia c/ Animais:+2
- Ofícios:+3 (marceneiro)
- Condução:+1
- Etiqueta:
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:
- Performance:
- Segurança:
- Furtividade:+3
- Sobrevivência:

Conhecimentos
- Acadêmicos:
- Computador:
- Finanças:+1
- Investigação:+1
- Direito:
- Lingüística:+1(ingles)
- Medicina:
- Ocultismo:+2
- Política:
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
mentor: 2
recursos: 3


DISCIPLINAS(3)
Demência 4 (7pb)


Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção: +1

- Autocontrole ou Instinto: +1+3

- Coragem: +1+4


HUMANIDADE:+5

FORÇA DE VONTADE:+5


QUALIDADES e DEFEITOS

Mentor incorporeo Q5
Existencia Abençoada Q5
Proposito Maior Q1 (nao se machucar)
Temerario Q3
Digno de Pena Q1

(-15pb)


Imagem sem reflexo D1
Amnesia D2
Infeccioso D3
Compulsao D1 (cantarolar)

(+7pb)

Perturbação: Obssessao por seus óculos / Obssessão por obedecer Ruth, malkaviana temperamental, que vive em sua mente (descrita no preludio)

Itens:
Um óculos sem lentes, uma mochila com uma corda, um pequeno martelo e um formão, e um cartao de crédito, um isqueiro no bolso.

OBS.:
altura: 1,75
peso: 62kg
idade aparente: 18 anos
idade real: 30 anos
aparencia: cabelos loiros na altura dos ombros, camisa social branca de mangas curtas, calça jeans, sempre com seus óculos sem lentes na face

PRELUDIO
Nao se lembra de nada antes daquela noite: Sercas tinha a visão embaçada, num tom de vermelho, cantarolava baixinho a canção Cock Robin, enquanto caido ao chao - "Quem... matou Cock Robin?... Eu... disse o...". A malkaviana Ruth andava pelas ruas nesta noite deparando-se com o homem magro caido e sangrando, cantarolando algo q ela se aproxima para ouvir.

-...o Padal, "Eu" com meu pequeno arco e flecha...- cantava baixo e pausado, como se tivesse muito sono - ... eu matei Cock Robin...

-Oi! eu sou Ruth! - diz ela, limpando a fronte do rapaz do sangue que jorra da sua cabeça - Nao toque nos óculos, não me irrite! Você parece ser tão feliz... -ou seja, louco como ela.

Entao Ruth o abraça, no meio do abraço ela perde o controle de Sercas, ele suga todo o seu sangue. Sem saber do ato, ele a diableriza durante a mordida, seguindo o impulso da maravilhosa sensação. Sercas pega os óculos dela, olha bem para eles, armação dourada, sem lentes... - Que lindo! - e os poe em seu rosto. Entao olha para o corpo da sua salvadora... continua a cantar:

-Quem viu ele morrer? "Eu", disse a mosca

-Idiota! Olha o que você fez! - era a voz de Ruth em sua mente.

-Desculpa... - disse ele.

-Deixa pra lá... canta aquela música?

Sercas continua andando á deriva, agora cantando bem alto.

-"Com meus pequenos olhos, eu o vi morrer".Quem recolheu seu sangue?"Eu", disse o peixe...

Uma jovem assustada passa olhando para o homem com os cabelos loiros molhados com sangue, gritando. Sercas para em sua frente aproxima sua face da dela:

- Oi! Eu sou Sercas! Nao toque nos oculos, e nao irrite a Ruth! - afastando-se - E quem será a tocha? "Eu'', disse o pintaroxo...

Junto com Ruth, Sercas Natan diverte-se ao longo de sua pos-morte, tentando não irritá-la.
avatar
Songette

Data de inscrição : 07/03/2010
Idade : 27
Localização : São Paulo - SP

http://www.nborges.weebly.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum