LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Aradia em Ter Jun 28, 2016 7:54 pm

Como cordas invisíveis, sentia a tensão vibrando. Um som um tanto desconhecido que pressionava a garganta da sagaz Tzimisce. Apelava para as palavras, sem saber se teria que se preparar para o pior. Ia calma, mais leve, mais suave. Queria que as cordas tensionadas deixassem de vibrar.

As palavras diminuíam a frequência e intensidade da tensão que pressionava, mas não o bastante para sentir-se confortável. Usava duas porções de sua vitae para empoderar sua destreza, uma para deixar-lhe mais vigorosa.

Olhava para o rapaz e sua empatia já permitia enxergar a atração natural que o rapaz sentia. Aproveitou para alimentar a sensação com o terceiro passo da disciplina. O transe reforçaria o sentimento e poderia ser útil no futuro. Agora apelaria para uma boa conversa, talvez assim poderia evoluir para um clima ameno.

A tonalidade da conversa não poderia melhor muito sem que antes a presença fosse cessada. – Rebecah, me parece que você é a chefe aqui. Peça para que seu grupo cesse com o segundo passo da presença. Isso está me gerando desconforto e desgaste. Estou aqui pronta para negociar e se possível colaborar. Não a mínima necessidade de me desgastar dessa forma. Apelou. ”Se estiverem disposta a negociar, vão cessar. Caso contrário só querem ganhar tempo me enfraquecendo. ”

- Rebecah, eu sinceramente agradeço toda a sua preocupação comigo e no modo como me porto ante a Camarilla. Você parece ser bem esperta. Mas, francamente, vamos nos ater a nossa negociação. Eu estou a menos de uma semana aqui, sou recém-chegada e, na verdade, eu apenas parei em Las Vegas, minha rota principal era seguir no dia seguinte ao incidente nesse motel do vídeo para o nordeste do país. Tenho negócios para tratar lá. Acontece que levaram meu carniçal e na tentativa de manter Anne por perto acabei demorando mais tempo aqui e vim parar nesse lugar. Fotos e ser conhecida não me causa nenhum pavor. Tenho mais de um século de existência sei me livrar da desconfortável presença da Camarilla. Agora que te contei como foi minha hospedagem em Las Vegas, gostaria de negociar. Podemos? Já sabe o que eu quero, basta me dizer o que você quer. Encarava a bela ruiva de volta. Colocava as pontas dos dedos em cima da mão dela, um gesto que mostraria não estar incomodada com a posição dela. O enfado, era na verdade, causado pelo Olhar Aterrorizante que esperava que cessasse depois de suas revelações.

_________________
"A tortura quebra a matéria e atingi o aspecto imaterial do ser.
É a única forma de tocar o que ainda não compreendo."
avatar
Aradia

Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 27
Localização : Uberlândia - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Qui Jun 30, 2016 9:52 pm

Cassandra Almodova
PDS 9/15
FDV 6/10
Vit: Completa
Força 4
Destreza 6
Vigor 2
Pionner Club



RED GAME



O jogo era jogado por muitos naquela sala. Cassandra sentia o peso da influencia em um lugar desconhecido, um ambiente hostil. Em um cenário no qual ela estava sozinha. Havia um certo desconforto em seu raciocínio, um sentimento eufórico de claustrofobia. Presa em amarras invisíveis da coerção verbal de Rebeccah e dos outros presentes. Havia apenas uma pessoa frágil o suficiente para ser manipulada, um garoto em meio a leões, seus traços delicados revelavam o quanto ele era diferente daquele rebanho audaz. Ainda com o olhar rebaixado Cassandra fitava a face do garoto por um segundo. 

Cassandra Teste de Transe(9 Dados) Diff 6 = 3 Sucessos

O jovem estava hipnótico, preso a uma atenção mórbida pelo computador ao qual usava como seu principal instrumento , a habilidade de Cassandra dificilmente era ignorada, sua beleza era protuberante quase fora do comum, um rosto angelical que contrariava a mente demoníaca escondida. O garoto sequer teve vontade de olha-la, estava fissurado em dar informações relevantes ao seu grupo, seu medo submisso chegava a ser maior do que o medo que Cassandra sentia naquele momento. 

Cassandra escreveu:– Rebecah, me parece que você é a chefe aqui. Peça para que seu grupo cesse com o segundo passo da presença. Isso está me gerando desconforto e desgaste. Estou aqui pronta para negociar e se possível colaborar. Não a mínima necessidade de me desgastar dessa forma. 

Um sorriso ingenuo tomava a face da vampira a frente de Cassandra, ela era tão natural que fugia de longe a ideia dela controlar tantos brutamontes e arruaceiros donos de bar. 

Rebeccah : - Isso foi um elogio não foi ? Hahahah, chefe ? Nahhh. Diga-se "relações" do grupo. A anarquia vai muito mais além do que um ato de tirania entre nós mesmos. Você está sendo acoada unicamente como uma forma de defesa da nossa parte devido as suas próprias palavas e atos realizados por você até aqui. Você não é uma peça qualquer em um guarda roupas antigo. Não posso me dar ao luxo de baixar a guarda. Acho que me entende, você também é uma sobrevivente. 

Sven : - Cassandra Almodova, 2015. Essa foi tirada em meio a propriedade do Príncipe de New Dheli. Acho que era ela mesma. 

O garoto mostrava o monitor de seu notebook outra vez. Cassandra estava próximo aos aposentos, ela possuía uma urna nas mãos. 

Rebeccah virava o rosto para a tela e observava o comentário do hacker voltando com o mesmo olhar singelo, voz tranquila criando uma contra parte em relação aos outros 3 vampiros que não cessavam o olhar aterrorizante. Mantendo as ações de Cassandra acoada. A vampira sabia que precisaria forçar 3 vampiros além de Rebeccah e aquilo certamente seria um ato de loucura, quanto mais aquele garoto havia pesquisado sobre ela. A resposta de Cassandra estava mais próxima do ela podia imaginar. 

Rebeccah: - Você faz ideia do motivo da camarilla estar focando em seus carniçais Almodova ? O nome Cipriam sempre vai ser lembrado por você não é ? Cipriam esteve em um lugar importante tanto para mim, quanto para a camarilla. A urna que você possui foi retirada bem de baixo do meu nariz...

Havia um misto de rancor e ingenuidade na face de Rebeccah, ela sem duvida tentava mascarar sua raiva de forma cortês. Respirava como um humano que tentava buscar calma. 

 Rebeccah : - No ano passado você recebeu uma encomenda de Cipriam, essa encomenda pertencia ao clã Tremere. Seu carniçal tentou fugir de Vegas mas foi assassinado no processo, a camarilla está atrás de você a mais tempo do que imagina. Sua passagem em Las Vegas não foi em vão, você é uma espiã, Cipriam tirou uma coisa importante daqui, não é possível que não saiba de onde veio aquela Urna. E agora a Camarilla está atrás de você, seus carniçais vão sofrer muito nas mãos de Clyde. Posso ter certeza. 


Obs: Sob influencia do Olhar aterrorizante. - 3 Dados em suas paradas de dados. ( Olhar aterrozante mais forte foi o de Duke) Pode gastar 1 FDV e fazer um teste de fdv diff 8 para resistir.   

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Sex Jul 01, 2016 4:36 am

A criatura robótica era fascinante, mas ao mesmo tempo aterrorizadora. Qual seria sua força? Felizmente, Malik não chega a medi-la, pois ela não faz mal algum a ele. Pelo contrário. Uma outra máquina se aproxima, escaneando-o por completo e detectando que ele não possuía nenhuma peça boa o suficiente para uso. Eles estavam achando que ele era um autônomo como eles! O tecnocrata, ainda ferido, vai se afastando das criaturas, tomando uma visão geral da situação e percebendo que ali era um verdadeiro lixão para robôs inutilizados. Eles estavam ali em diversas formas, todos abandonados.

Rami os analisava quando eprcebe algo diferente no autônomo loiro e feminino. A mão estava modificada para parecer alguma arma, o que denunciava que havia sido ela a autora do disparo. "Maldita! Infelizmente, não era tempo para enfrentar aquele problema, pois o drones liberam seus filhinhos dentro do galpão para procurar por eles. Os robôs fogem, mas Rami estava fraco demais para fazer qualquer coisa. Ele decide se manter escondido por ali, em alguma parte grande o suficiente para escondê-lo e dar a visão das coisas ali. Ele se senta e espera, vigiando os pequenos drones. Caso algum deles se aproximasse demais do local onde Rami estava, esse tentaria utilizar-se de sua habilidade de destruição de máquinas¹ para consumir um drône que esteja mais longe dele, a fim de chamar a atenção daqueles que se aproximavam. Era um gasto de energia, mas naquele momento seria um gasto necessário.

__
¹ Nível 2 da Linha de Tecnomancia - Consumir.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Dom Jul 03, 2016 6:16 pm

Rami Malik
PDS 4/10
FDV 6/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)

Rami compreendeu da pior forma o quanto aquelas criaturas podiam ser perigosas. Havia um protocolo que os fazia fugir assim que fosse acionado a vigilância daqueles Drones. O grupo de sintéticos buscava refugio em meio ao complexo, Rami tentava se movimentar mas a dor de ter seu peito atravessado pelo raio o limitava muito e forçou o vampiro a procurar abrigo em meio a duas britas grandes que serviam como a seu esconderijo provisório. 

Os robos vigilantes pairavam com maestria, fiscalizando cada pedaço do perímetro do local com uma luz forte a iluminar cada um dos cantos. Logo o local que era escuro agora estava muito mais iluminado e a cada segundo, os drones cobriam uma área mais próxima de Rami. Deveria haver pelo menos 6 deles ali dentro e mais alguns entrando mais profundamente pelo complexo e suas adjacências. 

Não havia outra opção, Rami teve de estudar o funcionamento dos reploids para consumi-los a partir de sua base. 


Rami teste de Consumir (7 dados) Diff 7 = 3 Sucessos
Dados de Resistência = 1 Sucesso

Concentrando-se em uma das maquinas a mais de 50 metros de distancia. Rami podia entender que o dispositivo funcionava com uma mecanicismo nunca visto no universo. Uma energia azulada servia combustível de força alimentando um nano transmissor feito de metal ainda mais resistente que o diamante. O consumo realizado por Rami funcionou drenando essa energia azul para que o dispositivo fosse obrigado a operar em modo de segurança. A ação inibiu unicamente o mais distante dos drones. O restante continuou sua ação enquanto o dispositivo atingido por Rami diminuiu sua taxa de vigilância para poupar energia. 


Rami teste de Furtividade (3 dados) Diff 8 = 0 Sucessos

Rami não sabia se ficava impressionado por entender uma logica totalmente diferente de sua realidade ou se desesperava por estar encurralado. O drone estava muito próximo de avista-lo usando  forte luz que verificava o perímetro, Rami pensava em tomar o outro caminho mas um segundo drone o encurralava . Uma luz azulada que se encontrava no topo dos drones mudava para a cor vermelha. Um jato estranho era cuspido por ambos os Drones, pela direita e pela esquerda. O jato tinha uma coloração esbranquiçada e dificultava o movimento de Rami, como se o estivesse colando-o o chão. Rami estava se tornando pedra a cada segundo exposto a aquele jato. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Ter Ago 23, 2016 8:16 pm

Beaumont escreveu:Rami Malik
PDS 4/10
FDV 6/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)

Rami compreendeu da pior forma o quanto aquelas criaturas podiam ser perigosas. Havia um protocolo que os fazia fugir assim que fosse acionado a vigilância daqueles Drones. O grupo de sintéticos buscava refugio em meio ao complexo, Rami tentava se movimentar mas a dor de ter seu peito atravessado pelo raio o limitava muito e forçou o vampiro a procurar abrigo em meio a duas britas grandes que serviam como a seu esconderijo provisório. 

Os robos vigilantes pairavam com maestria, fiscalizando cada pedaço do perímetro do local com uma luz forte a iluminar cada um dos cantos. Logo o local que era escuro agora estava muito mais iluminado e a cada segundo, os drones cobriam uma área mais próxima de Rami. Deveria haver pelo menos 6 deles ali dentro e mais alguns entrando mais profundamente pelo complexo e suas adjacências. 

Não havia outra opção, Rami teve de estudar o funcionamento dos reploids para consumi-los a partir de sua base. 


Rami teste de Consumir (7 dados) Diff 7 = 3 Sucessos
Dados de Resistência = 1 Sucesso

Concentrando-se em uma das maquinas a mais de 50 metros de distancia. Rami podia entender que o dispositivo funcionava com uma mecanicismo nunca visto no universo. Uma energia azulada servia combustível de força alimentando um nano transmissor feito de metal ainda mais resistente que o diamante. O consumo realizado por Rami funcionou drenando essa energia azul para que o dispositivo fosse obrigado a operar em modo de segurança. A ação inibiu unicamente o mais distante dos drones. O restante continuou sua ação enquanto o dispositivo atingido por Rami diminuiu sua taxa de vigilância para poupar energia. 


Rami teste de Furtividade (3 dados) Diff 8 = 0 Sucessos

Rami não sabia se ficava impressionado por entender uma logica totalmente diferente de sua realidade ou se desesperava por estar encurralado. O drone estava muito próximo de avista-lo usando  forte luz que verificava o perímetro, Rami pensava em tomar o outro caminho mas um segundo drone o encurralava . Uma luz azulada que se encontrava no topo dos drones mudava para a cor vermelha. Um jato estranho era cuspido por ambos os Drones, pela direita e pela esquerda. O jato tinha uma coloração esbranquiçada e dificultava o movimento de Rami, como se o estivesse colando-o o chão. Rami estava se tornando pedra a cada segundo exposto a aquele jato. 

Beaumont escreveu:Cassandra Almodova
PDS 9/15
FDV 6/10
Vit: Completa
Força 4
Destreza 6
Vigor 2
Pionner Club



RED GAME



O jogo era jogado por muitos naquela sala. Cassandra sentia o peso da influencia em um lugar desconhecido, um ambiente hostil. Em um cenário no qual ela estava sozinha. Havia um certo desconforto em seu raciocínio, um sentimento eufórico de claustrofobia. Presa em amarras invisíveis da coerção verbal de Rebeccah e dos outros presentes. Havia apenas uma pessoa frágil o suficiente para ser manipulada, um garoto em meio a leões, seus traços delicados revelavam o quanto ele era diferente daquele rebanho audaz. Ainda com o olhar rebaixado Cassandra fitava a face do garoto por um segundo. 

Cassandra Teste de Transe(9 Dados) Diff 6 = 3 Sucessos

O jovem estava hipnótico, preso a uma atenção mórbida pelo computador ao qual usava como seu principal instrumento , a habilidade de Cassandra dificilmente era ignorada, sua beleza era protuberante quase fora do comum, um rosto angelical que contrariava a mente demoníaca escondida. O garoto sequer teve vontade de olha-la, estava fissurado em dar informações relevantes ao seu grupo, seu medo submisso chegava a ser maior do que o medo que Cassandra sentia naquele momento. 

Cassandra escreveu:– Rebecah, me parece que você é a chefe aqui. Peça para que seu grupo cesse com o segundo passo da presença. Isso está me gerando desconforto e desgaste. Estou aqui pronta para negociar e se possível colaborar. Não a mínima necessidade de me desgastar dessa forma. 

Um sorriso ingenuo tomava a face da vampira a frente de Cassandra, ela era tão natural que fugia de longe a ideia dela controlar tantos brutamontes e arruaceiros donos de bar. 

Rebeccah : - Isso foi um elogio não foi ? Hahahah, chefe ? Nahhh. Diga-se "relações" do grupo. A anarquia vai muito mais além do que um ato de tirania entre nós mesmos. Você está sendo acoada unicamente como uma forma de defesa da nossa parte devido as suas próprias palavas e atos realizados por você até aqui. Você não é uma peça qualquer em um guarda roupas antigo. Não posso me dar ao luxo de baixar a guarda. Acho que me entende, você também é uma sobrevivente. 

Sven : - Cassandra Almodova, 2015. Essa foi tirada em meio a propriedade do Príncipe de New Dheli. Acho que era ela mesma. 

O garoto mostrava o monitor de seu notebook outra vez. Cassandra estava próximo aos aposentos, ela possuía uma urna nas mãos. 

Rebeccah virava o rosto para a tela e observava o comentário do hacker voltando com o mesmo olhar singelo, voz tranquila criando uma contra parte em relação aos outros 3 vampiros que não cessavam o olhar aterrorizante. Mantendo as ações de Cassandra acoada. A vampira sabia que precisaria forçar 3 vampiros além de Rebeccah e aquilo certamente seria um ato de loucura, quanto mais aquele garoto havia pesquisado sobre ela. A resposta de Cassandra estava mais próxima do ela podia imaginar. 

Rebeccah: - Você faz ideia do motivo da camarilla estar focando em seus carniçais Almodova ? O nome Cipriam sempre vai ser lembrado por você não é ? Cipriam esteve em um lugar importante tanto para mim, quanto para a camarilla. A urna que você possui foi retirada bem de baixo do meu nariz...

Havia um misto de rancor e ingenuidade na face de Rebeccah, ela sem duvida tentava mascarar sua raiva de forma cortês. Respirava como um humano que tentava buscar calma. 

 Rebeccah : - No ano passado você recebeu uma encomenda de Cipriam, essa encomenda pertencia ao clã Tremere. Seu carniçal tentou fugir de Vegas mas foi assassinado no processo, a camarilla está atrás de você a mais tempo do que imagina. Sua passagem em Las Vegas não foi em vão, você é uma espiã, Cipriam tirou uma coisa importante daqui, não é possível que não saiba de onde veio aquela Urna. E agora a Camarilla está atrás de você, seus carniçais vão sofrer muito nas mãos de Clyde. Posso ter certeza. 


Obs: Sob influencia do Olhar aterrorizante. - 3 Dados em suas paradas de dados. ( Olhar aterrozante mais forte foi o de Duke) Pode gastar 1 FDV e fazer um teste de fdv diff 8 para resistir.   

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Dom Out 09, 2016 9:23 am

O plano de Rami não havia sido muito promissor. A máquina apenas desacelerou o seu funcionamento, mas ainda permaneceu vigilante. Ainda por cima, outras duas o encurralavam. Ele esperava levar outro raio lazer, o que poderia acabar com sua vida, mas ao invés disso algo como uma cola aglutinante havia sido aplicado em seus pés, deixando-o imóvel. Ele percebia que os efeitos iam se expandindo e em pouco tempo ele viraria pedra. Isso não poderia acontecer.

Naquele instante, uma ideia paira sobre a mente de Rami. Apesar de serem drones, eles ainda estavam em alguma dimensão do Mundo Espiritual, conhecida como Cyber Reign. Isso classificava, então, aquelas máquinas como entidades espirituais, o que as tornava passíveis de serem controladas pelas suas habilidades na linha da Manipulação Espiritual. Não custaria tentar. O Tremere se vira para o drone mais próximo, e concentrando-se em sua Força de Vontade, se utiliza de sua Voz de Autoridade (- 1fdv, teste de fdv = Nível 3 da linha da Manipulação Espiritual):

- Destrua o outro Drone! AGORA!
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Ter Out 11, 2016 6:54 am

Off: Bem vindo de volta Rami. O tempo em que vc esteve fora manteve estagnado a sua ação e vc esteve impossibilitado de sair do cenário pois está em um reino Umbral. Vlw e vms continuar o conto. 

Rami Malik
PDS 3/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)

Em um gesto de sobrevivência e auto preservação o vampiro Tremere se lembra que está em uma dimensão que está longe do alcance do real. Sua voz possui uma tonalidade estranha agora e se comporta exatamente igual aos ruídos mecânicos utilizados naquele reino.  


Linha Espiritual - A Voz da Autoridade - (7 Dados) Diff. 7 = 2 Sucessos

O Drone mais próximo girava-se para o próximo disparando uma rajada de tiros azulados da mesma substancia que serviria como capacitor que alimentava suas funções. O raio era voraz e destruía com facilidade o outro Drone que caía inoperante ao chão. O Vampiro percebia que os Drones possuíam capacidade para mata-lo com facilidade mas a captura era sua prioridade. Sua perna direita estava colada ao chão da coxa para baixo. Não havia muito tempo para pensar e os 4 Drones restantes estavam se aglomerando. Todos com a sinalização vermelha e Rami com a perna presa ao solo. O que mais ele poderia fazer ?

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Sab Out 15, 2016 11:51 am

O plano havia dado certo. Com um drone a mesmo, Rami tinha mais chances, mas estava encurralado. Outros drones estavam ali. Se utilizando do mesmo artifício (- 1fdv, teste de fdv = Nível 3 da linha da Manipulação Espiritual), ele fala para o drone que estava ao seu lado:

-Solte-me agora! E me tire daqui!

Esperava que seu plano tivesse êxito, não queria morrer sem antes descobri mais coisas sobre aquele local.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Dom Out 16, 2016 10:04 pm

Rami Malik
PDS 2/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)

As ações dos Drones eram sistematicamente combinadas. Eles agiam como se fossem uma única grande criatura que possuía vários "tentáculos" e que juntos exerciam várias funções interligadas. Remi porem havia infectado um dos drones com um "vírus" por assim dizer. Corrompia o robô deixando-o defeituoso e sob seu controle. Aquela atitude havia sido rapidamente percebida pelos demais e quando percebeu uma guerra se formava entre os próprios seres sintéticos. 


Linha Espiritual - A Voz da Autoridade - (7 Dados) Diff. 7 = 1 Sucesso

A ordem de Remi era substancialmente distorcida. O Drone parecia em um conflito entre suas diretrizes atuais e as implicadas pela ordem do vampiro. O ser começava a girar em seu próprio eixo freneticamente enquanto os outros drones distribuíam tiros azuis no drone que não conseguia dar conta de todos os outros. Os outros por sua vez encharcavam Rami com um liquido emborrachado que iria endurecendo todo o seu corpo. Em segundos Rami estava engessado com um estranho material do qual ele não conseguia se livrar. 

O desespero e a euforia pela falta de sangue estavam latentes nas ações do vampiro Tremere, ele não poderia ser subjugado daquela forma mas assim aquelas criaturas cibernéticas haviam o feito. Uma Garra gigante de metal então o erguia puxava para fora o complexo. Era um gigantesco Robô gigante com metros de altura e com várias garras que iria recolhendo coisas e jogando em um saco feito com rede de metal. Rami estava preso qual seria o destino do vampiro naquele estranho mundo de metal. 


_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Dom Out 16, 2016 11:21 pm

Os plano de Rami não são bem sucedidos pela segunda vez e o drone começa a entrar em curto. Enquanto os raios azuis voavam para todos os lados, o tecnocrata via seu corpo ser tomado por aquela secreção borrachenta. Incapacitado de se movimentar, Rami se via levantada por garras metálicas gigantes. Estava quase sem vitae, imóvel, sem saber para onde iria. O medo despontava um pouco, ocupando o lugar da curiosidade daquele mundo. Seria o fim do neófito? Ele esperava que não.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Qui Out 20, 2016 12:58 pm

Rami Malik
PDS 2/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)


Sob as Presas dos Senhores...
RED GAME


O fato de ser inutilizado, estar ferido e praticamente sem opções apenas fazia do vampiro uma presa. Preso sob as rédeas de um construto gigante, ele era conduzido até o mais alto que seus olhos poderiam ver. A grande criatura metálica levava não só ele mas diversos outros seres em suas diversas garras que compunham a criatura içando voo com turbinas grandiosas em direção ao céu infinito. Depois da viagem, a criatura gigante aterrissa em um ponto mais elevado do cenário. No lugar que mais parece um lixão todos são despejados em um lugar com um monte de sucatas, o lugar mais parecia uma lata de lixo gigante, de forma quadrada onde a altura das quatro paredes deveriam ser de 7 metros ou mais de altura. No centro havia uma piramide de lixo de metal. Rami não era o único preso ali, ele escutava sons robóticos de seres sintéticos tentando igualmente se livrar daquele liquido emborrachado que havia secado. Eram criaturas pequenas e que não possuíam forma humanoide, eram os mais variados tipos de robôs que variavam em suas aparências. Um deles lembrava muito o carismático R2D2 da série fictícia, se não estivesse tão deteriorado por pancadas e lesões. Rami ainda estava preso como um lixo mas sua real preocupação foi quando ele ouviu um movimento mecânico nas paredes. Aparentemente as paredes estavam se fechando e se ele não tomasse decisões que salvassem a sua vida, logo ele seria imprensado como o resto de todo aquele lixo de metal e sucata. O tempo estava correndo contra ele.

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Sab Out 22, 2016 12:25 pm

Rami sentia-se uma verdadeira lata-velha naquela situação. Amordaçado, ele é levado para um plano mais elevado, onde se reune a outros amiguinhos em igual situação. Aquilo parecia mais clichê que cena de filme futurista, as paredes gigantes obviamente começariam a se movimentar a fim de transformar todos, inclusive ele, em lixo compactado.

-Previsível...

Com as paredes se movimentando, o Tremere precisava ser rápido. Enquanto se soltava da massa emborrachada, ele analisa o tempo de ação dos dispositivos, a fim de saber quanto tempo demoraria até tudo virar uma massa apertada e uniforme. Se o tempo fosse suficiente, ele executaria o Ritual da Presença Incorpórea para sair dali, mas sabia que seria muito arriscado e só o faria se tivesse certeza que teria muito tempo.

Caso isso não ocorresse, ele procuraria no meio lixo algum robô que apresentasse visivelmente um sistema de propulsão ou qualquer coisa que planasse do chão. Poderia consertar as máquinas defeituosas e se utilizar delas.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Seg Out 31, 2016 8:48 am

Rami Malik
PDS 2/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)


RED GAME


Rami teste de Força Diff 8. = 1 Sucesso

O vampiro conseguia soltar uma das pernas da massa que havia se formado em sua cintura. Até o momento ele poderia se locomover apesar de possuir uma borracha levemente pesada sobre sua perna direita dificultando sua flexibilidade. As paredes se fechavam em um ritmo lento o que dava muito tempo para que o tremere pudesse pensar, infelizmente realizar o ritual levaria quase uma hora apenas para a preparação e isso seria mais que o suficiente para que o vampiro fosse completamente esmagado. Sem muito tempo ele poderia calcular que em uns 15 minutos ou menos ele estaria completamente esmagado, as peças começavam a se destruir a cada prensa realizada pelas paredes que iriam se encontrando. Um fluido de cor azulada escorria dos metais de forma cremosa e brilhante, esse fluído parecia escorregar até um buraco pequeno do tamanho de um polegar que ficavam localizados no chão da estranho balde ao qual ele estava. Rami procurava então por peças e protótipos que pudessem ser usados para levantar o vampiro até o teto mas a maioria das criaturas que encontrava estavam quebradas e sem utilidade. 


Rami Teste de Percepção + Oficios Diff 6. = 2 Sucessos

O vampiro por sua vez encontrava uma espécie de computador de Bordo que estava funcional apesar de não estar conectado com nada, seria um bom mecanismo de interface para se hackear o local caso conseguisse adentrar em algum sistema. 



O estranho aparelho poderia avaliar seus sinais vitais, realizar um scanner da área em GPS, avaliar o peso e altura, gravador de áudio e vídeo.

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Seg Nov 07, 2016 10:54 pm

Com o dispositivo em mãos, Rami estava pronto para explorá-lo, mas o fluído azulado lhe chama atenção. Ele se aproxima da poça mais próxima, encostando nela, de modo a sentir sua textura e descobrir o que era. Queria identificar o que era aquilo. Era como se aquele espaço fosse feito para drená-la dos robôs, mas porquê? Caso não descobrisse, o Tremere voltaria suas atenções mais uma vez para o computador de bordo, se usando da ideia da possibilidade de hackear o local. Exploraria-lo como se não houvesse amanhã. Talvez não houvesse. O importante era sair dali e o tecnocrata se sustentava naquele computador de bordo.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Seg Nov 14, 2016 12:22 am

Rami Malik
PDS 2/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)




RED GAME

Rami Teste de Inteligencia + Ocultismo Diff. 9 = 1 Sucesso

O liquido era etério e diferente de tudo que Rami jamais havia visto, era como segurar um liquido neon que deslizava na mão como o mercúrio só que muito mais brilhante do que qualquer metal derretido. A funcionabilidade era desconhecida, mas parecia ser extremamente valiosa já que o processo era feito justamente para extração daquele fluído azulado. 

O tempo estava passando e cada vez mais Rami ficava apertado naquele quadrado, o local já estava do tamanho de um quarto pequeno, a mobilidade já estava começando a ficar sufocante e o vampiro observava suas possibilidades. 


Rami teste de Inteligencia + Computador Diff. 8 = 3 Sucessos

Depois de alguns poucos minutos Rami já estava apto a manipular o aparelho com quase total perfeição, havia avaliado as diretrizes do computador que adquiriu e usando o GPS pode ter os detalhes do local em que estava. O lugar era como um interior de uma grande base, havia diversos setores ligados por portas que se abriam e fechavam através de controle mecânico e não eletrônico, o triturador funcionava de forma mecânica e eletrônica. Ele conseguia acessar a intranet do local usando o seu estranho PDA arcaico mas para desligar o dispositivo era necessário a utilização de um cartão do qual ele não possuía e que deveria ser utilizado no andar 2F do complexo, a partir daquele momento Rami possuía o mapa completo do lugar onde estava, só precisava arrumar um jeito de sair vivo dali antes que virasse história. O tempo estava passando e Rami estava começando a ficar sem opções, a morte começava a estar cada vez mais tangível e se Rami não tivesse uma ideia logo ele poderia considerar o local o seu novo tumulo.  

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Sab Nov 26, 2016 7:51 pm

Rami encaixa o PDA no seu braço firmemente, aquilo seria muito importante se ele conseguisse sair dali fora do lixo prensado. Estava ficando cansado e a Fome lhe batia fracamente. Onde estaria o Ancião que lhe enfiara naquela aventura? Rami não fazia ideia e sabia que não poderia esperar que o mesmo aparecesse como salvador da pátria, hum héroi. Eles não estavam num conto de fadas. Aquele era o mundo real.

O estresse fazia o tecnocrata sentir seus poros destilarem vitae, que marejava suas têmporas, sinalizando sua preocupação. Ele tentava montar um plano com o que tinha. Havia descoberto o funcionamento do complexo, sabia onde estava a ignição para o maquinário, mas não podia chegar até lá. E se ele tentasse pará-la a força? Isso poderia lhe dar mais tempo ao menos. Ele procura rapidamente peças que poderia ser encaixadas nas frestas entre o chão e a parede móvel, tentando encaixá-las onde tivesse acesso. O tempo adquirido para olhar mais com calma para o local. Procurava agora por encanamentos. E se inundasse o local? Poderia chegar até a saída.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Dom Nov 27, 2016 9:58 pm

Rami Malik
PDS 2/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)




RED GAME


As opções de Rami Malik estavam ficando escarças, o vampiro começava a entrar em uma onda de desespero. A besta enclausurada em seu interior queria tomar conta, mas Rami sabia que se ele cedesse a besta o vampiro morreria imprensado ali naquele lugar. Ele nunca havia imaginado que teria um fim assim. Hacker audacioso desde a época de escola, sabia que sua vida precisava de emoção, sabia que era mais inteligente do que aquilo e sabia que não iria desistir tão fácil. Masika não havia visto nele potencial se ele fosse tão mundano a ponto de morrer ali. Por um momento ele até pensou no ancião Tremere que realizou a abertura do porta para lá, mas a verdade é que o Tremere já podia estar muito longe nesse momento, Rami morreria ali sem que ninguém soubesse de seu paradeiro ?

O vampiro então pensava e pensava, usava todo o metal que podia para impedir a que as paredes continuassem a imprensa-lo. Mas a força empregada por aquilo era impressionante. As barras aguentavam alguns poucos segundos e então cediam e o vestígio azulado despejava entrando nos buracos pequenos do tamanho de um dedo que serviam para drenar aquele líquido. Rami aproveitava o tempo que tinha para observar o local, percebeu que as paredes eram lisas e não havia canos com os quais ele pudesse inundar o lugar e mesmo que conseguisse o tamanho da sala já não lhe permitiria nadar até o seu topo. Como a sala já estava pequena Rami precisaria escalar o entulho para que não fosse esmagado por ele, conseguiu subir muitos metros e viu que pode subir metade do caminho usando as sucatas como escada. Olhou para o alto e viu que se conseguisse arrumar um meio de alcançar mais um metro conseguiria segurar a extremidade daquela caixa na qual estava e sairia antes que as paredes se encontrassem por completo. Faltava muito pouco para o fim de Rami Malik. 


RAMI VOCÊ CONSEGUIU MAIS UM TURNO, CASO VOCÊ NÃO TENHA UMA IDEIA QUE TENHA SUCESSO SEU PERSONAGEM ALCANÇARÁ A MORTE FINAL. NÃO POSTAR EM UM PRAZO DE 15 DIAS TAMBÉM RESULTARÁ A MORTE FINAL DE SEU PERSONAGEM. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Sab Dez 10, 2016 12:56 pm

O tecnocrata estava por um triz, não tinha muitas opções. Ele se amontoava sobre os entulhos imprensados, conseguindo vencer alguns metros, mas ainda não era suficiente para se ver livre dali. Ainda faltava um metro entre ele e sua liberdade. Se fosse mais atlético, talvez conseguisse utilizar as paredes como apoio e utilizá-las como base para saltos. Entretanto, a última vez que Rami havia feito algum exercício tinha sido durante o colegial, obrigado pela grade curricular. Apesar de ágil, o tecnocrata não tinha forças para se erguer para fora dali. As paredes se movimentando atordoavam seu cérebro, um fiapo de vitae escorria por suas têmporas. Não havia tempo.

Ele tinha apenas uma chance óbvia de parar aquilo, a que ele não queria utilizar desde o começo, mas pelo visto era a única forma de parar a parede e ter mais tempo para subir ali. Ele concentra-se na pouca vitae que tinha, utilizando-se de sua perícia com as máquinas (-1pds, Nível dois da Linha da Tecnomancia - Consumir). Sentia o resto de vitae ferver em suas veias, transpassar sua pele e se impregnar nas paredes do compressor. O pararia de qualquer jeito, o impossibilitando de funcionar de uma vez por todas.

Aquilo faria com que a Fome gritasse internamente, obviamente. Rami teria que aguentar (-1FdV, negar a Fome por uma cena). Evitando pensar na fome, ele poderia ter mais tempo para pensar em como sair dali. A primeira ideia era procurar alguma que ainda não tivesse totalmente compressada e fincá-la em uma das paredes. Procuraria várias delas, a fim de criar uma escada. Isso se tivesse realmente parado as paredes. Se tivesse.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Dom Dez 18, 2016 2:25 pm

Rami Malik
PDS 4/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)

RED GAME


As paredes já estavam próximas o bastante para aumentarem ainda mais a tensão de Rami, o vampiro já estava o mais alto que podia e ainda assim era difícil alcançar a lateral das paredes e quem sabe fugir daquele balde compressor gigante. Não havia outro jeito o vampiro então foi obrigado a usar o pouco de reserva que possuía para forçar a mecânica do objeto a deixar de funcionar. O poder de sua Taumaturgia começava a se ver latente. 


Rami Malik Teste de Taumaturgia Nv 2 - Consumir - Diff 5. = 4 Sucessos

O ritual de conexão entre Rami e o mecanismo se fazia presente, contudo o vampiro sentia que a vitae necessária para realizar o procedimento já havia se esgotado. Rami lembrava que Masika já havia alertado que o sangue de Rami era muito ralo e que sempre que ele estivesse fraco não conseguiria usar o poder do sangue para quase nada além de se manter em pé ou acordar de seu torpor diurno. Um sentimento de culpa se misturava com o medo da morte. Rami ja não tinha mais esperanças quando sentia que as paredes já começavam a imprensa-lo gradativamente. Tudo começava a se perder quando sua essência se intercalava com a Orbe vermelha que Habernas havia lhe entregado. A estranha bola de cor avermelhada começava a brilhar, rachando e partindo-se como uma casca de ovo. 

De seu interior um fluxo de Vitae seguia de forma sobrenatural e fantástica até a boca de Rami alimentando-o e lhe dando a força necessária para exercer o poder Taumaturgico e impedir as paredes de continuarem a funcionar. Rami estava tão apertado que não conseguia se mover e a dor de seus ferimentos expostos dificultavam ainda mais para aguentar a dor. Contudo ele ainda estava vivo e conseguiu fazer as paredes pararem antes que fosse esmagado por completo. 


Rami não teve muito tempo para descansar, se sentia um pouco mais saciado graças ao artefato que o Ancião Tremere havia lhe dado, contudo um som de alerta começou a tocar incessantemente segundos depois que o dispositivo mecânico parou de funcionar. Rami ainda estava preso pelas paredes que pararam enquanto pressionavam o seu corpo, apesar de estar livre do perigo Rami ainda estava preso pelas paredes que o apertavam. A dor era muita...Rami estava bem longe da segurança... 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Sab Dez 24, 2016 5:29 pm

O tecnocrática se sentia imbecilizado ao ter esquecido de suas próprias limitação e, pior ainda, das ferramentas que possuía. Como havia de esquece os próprios limites de sua vitae. Como poderia esquecer o vitae fundido que Habernas lhe entregou no começo daquela aventura. Havia tido sorte daquela vez. Havia conseguido, por um triz, parar a máquina compressora. Mas até quando conseguiria?

A dor era lancinante e ele pouco conseguia pensar com ela lhe acudindo a cada segundo. Apertava os olhos em dolo. O que poderia fazer? Como poderia escapar dali, a um metro de distância da liberdade e com a mobilidade totalmente comprometida. Esforçava-se para pensar quando um alerta fino lhe trespassou os ouvidos. Um barulho agudo. Um alarme.


- Merda! - Foi a única coisa que Rami conseguiu dizer num instante como aquele.

Sentia-se um rato engaiolado, esperando as insanidades de um cientista maluco lhe tornarem algum tipo de cobaia de um projeto qualquer. Ele se arrastava na única direção que podia, numa clara demonstração de necessidade de espaço. Tão mortal. No fim, alguns hábitos não podem ser facilmente abandonados depois da morte. O tecnocrata sentia-se sufocado; se respirasse estaria ofegando naquele instante. Mas não podia deixar-se levar pelas emoções. Não mesmo. Ele se acalma, fecha os olhos e inspira um pouco de ar dentro de seus pulmões ressecados. Obviamente aquilo era muito mais psicológico que físico. Ele consegue se acalmar um pouco, menos diante de toda aquela barulheira. Precisava arranjar um jeito de sair dali.

Ele se volta mais uma vez para o PDA. Ele já sabia que não era possível ter acesso ao triturador, mas tinha acesso a intranet do local. Através dele ele podia tentar acessar a rede dos sentinelas alados que lhe levaram até ali. Poderia hackear o sistema deles e trazê-los mais uma vez. Poderia utilizar a forma como chegou ali como a maneira de fuga.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Dom Dez 25, 2016 9:33 am

Rami Malik
PDS 4/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)

Movimentar-se era um processo difícil para Rami naquele estado e momento, a dor do tiro que recebeu dos drones aumentava pela pressão exercida de seus movimentos, o som não ajudava na concentração mas o Hacker arrumava um modo de invadir o PDA mesmo assim. 


Rami teste de Raciocínio + Computador Diff 5.(Invasão de sistemas) = 5 Sucessos

Manipular o PDA estava cada vez mais simples para ele, era fácil entender o sistema operacional que chegava a ser arcaico aos seus olhos. Enquanto havia sistemas extremamente avançados ao seu raciocínio outras coisas pareciam bastante desatualizadas. 

O grupo de 3 drones voadores eram convocados pelo PDA de Rami, os construtos voadores tinham uma formação um tanto diferentes dos últimos, desta vez eles não eram compostos do canhão Laser de outrora e um grupo de tentáculos cibernéticos saíam através de um compartimento, as máquinas envolviam os braços de Rami e usavam a proporção para puxa-lo para cima, Rami sentia uma incrível dor pela ação, mas o plano estava dando certo e Rami era retirado do dispositivo compressor gigante finalmente, Rami estava em cima do maquinário e então se localizava de forma melhor. O lugar era como uma grande usina, Drones trabalhavam incessantemente cada um em sua função, o cheiro de metal fundido era forte e vapores fumegavam aumentando drasticamente o calor naquele lugar Rami olhava no PDA e via que uma equipe de Drones mecânicos estava s aproximando  para fazer os reparos no maquinário que havia sido danificado por Rami. Observando o mapa do local o vampiro observa que a usina possuí um lance de escadas que levaria até o telhado da usina e avaliando a situação o telhado era a melhor opção de fuga para o vampiro, uma vez que observando o PDA aqueles veículos aéreos trafegavam de tempos em tempos para despejar dejetos tecnológicos na usina em um processo interminável de extração daquele liquido azulado. 

Rami também percebeu que havia um laboratório no andar B1 para onde todo aquele liquido azulado era conduzido, Rami já havia percebido que aquele néctar era bastante importante naquele lugar e talvez a curiosidade o incitasse a querer saber um pouco mais sobre o assunto. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Dom Dez 25, 2016 12:41 pm

A chegada dos drones através do sinal advindo do PDA deixou Rami mais absorto. Por que diabos ele não havia pensado nisso antes? Talvez o calor do momento o fez procurar soluções menos óbvias, mas cá estava ele sendo retirado dali. Os tentáculos se enrolavam no seu braço e ele sentia uma dor lascinante. Mas a sensação de sair dali era anestesiante. Um sorriso brotava em seu rosto. Sobrevoando o espaço, ele tinha uma visão melhor. Era um verdadeiro armazém de usinagem, onde a principal função parecia ser retirar aquele líquido azulado. Precisava descobrir porque e o mapa do PDA lhe atiçava mais ainda a curiosidade.

A aproximação de outros drones sugeria que ele pegasse a rota de fuga e se mandasse dali, mas era um Tremere e precisava descobrir mais sobre aquele mundo. Ele decide ir até o nível B1, em direção ao laboratório de fluídos, onde poderia descobrir mais sobre a função daquele armazém. Utilizaria os seus salvadores como meio de transporte, se soltaria dos tentáculos sobre a estrutura de um dos drones e o utilizaria como montaria. "Protegido", ele seguiria rumo ao nível  B1, evitando dar de cara com os drones reparadores. Não queria mais problemas.
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Beaumont em Ter Jan 03, 2017 11:56 pm

Rami Malik
PDS 4/10
FDV 5/7  
Vit  -2 Ferido Gravemente Letal (4 Pds para cura)

Off: O Receptáculo de vitae já se acabou. 

Com todo o cuidado que tinha Remi desceria utilizando-se dos drones o máximo que podia. Cavalgar nos dispositivos era uma tarefa árdua e exigia um certo equilíbrio para que as hélices não acabassem acertando nenhuma parte vital do vampiro que ainda naquele lugar podia sentir dor e as fraquezas que costumava sentir no mundo ao qual pertence. O vampiro Tremere seguia para a parte inferior da usina sempre atento ao mapa que tinha em seu PDA. Não ficaria difícil com ele usando aquilo, Rami descia pelas passagens apresentadas, seguindo mais e mais por um foço quadrado e sem escadas, ao observar mais atentamente, ele percebia que o chão era coberto de lixo metálico, todo o tipo de sucata morta havia sido depositada no andar B1 daquele lugar estranho. 

Rami começava ver a iluminação falhar então subitamente eis que todas as luzes se apagam e dão lugar a uma luz de tonalidade inteiramente avermelhada. A visão fica mais difícil de ser provida a Remi, mas ele consegue perceber que estava diante de um longo corredor enquanto ainda era carregado pelos drones que o conduziam mais adiante, dezenas de computadores se espalhavam por uma grande sala, tubos finos serviam para alimentar com o liquido azulado os computadores, uma barra gigante de energia exclamava 90% Operante . 

Malik podia ver que de acordo com o PDA toda aquela área da cidade era alimentada por aqueles computadores que por sua vez precisava do liquido azulado para funcionar. Mexer em qualquer um daqueles computadores poderia arruinar 1/3 de toda a cidade. Remi Malik via que a cidade possuía 3 pontos citados pelo PDA no qual era dividida a cidade. "Suburbio, A Rede, A Cova"  E por incrível que parecesse aqueles computadores alimentavam todo o subúrbio do local. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por R.Gato em Qui Jan 12, 2017 2:52 pm

White Raven / Madeleine Burnier

White Raven já estava a alguns meses em uma perseguição à Charles o carniçal que havia supostamente matado seu mentor. Meses de estudos, pistas e suposições foram por água abaixo quando descobriu que todo material veio de pistas falsas implantadas pelo carniçal. Sua cabeça precisava descansar então a experiente investigadora resolveu investir seu tempo no que realmente a interessava, espiritualidade e quem sabe, com sorte, ela encontraria algo sobre os Giovanni, clã tão admirado pela Malkavian.

Após algumas pesquisas, cobranças de favores a alguns clientes ela descobriu sobre Desert Oasis School que ficava em uma das poucas áreas independentes de LA e isso aumentavam as chances de encontrar algo sobre os Giovanni e melhorar seu entendimento sobre a vida espiritual. O último trabalho de Raven havia sido feito para os Assamitas em Santa Barbara, possibilitando a ida de carro diretamente para a escola abandonada. Munida de todo seu equipamento que costumeiramente levava em seu carro ela chega nas imediações acompanhada de seu fiel carniçal Gael.


Madeleine:

Gael:

_________________
avatar
R.Gato

Data de inscrição : 08/07/2015
Idade : 26
Localização : Belo Horizonte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por @nDRoid[94] em Qui Jan 12, 2017 4:14 pm

A ajuda dos drones levou o Tremere até o nível B1. A cada instante ali, o tecnocrata se impressionava mais ainda com as possibilidades encontradas no Cyber Reign. Aquele lugar era digno de estudo, poderia ficar ali por eras e eras. Quando chega ao local desejado, Malik vê as luzes do local tomarem um tom mais avermelhado. Aquilo, no mundo real poderia ser lido como emergência, perigo. Talvez o elemento perigoso fosse ele. Porém, ele não podia parar. Na sala dos computadores, o cainita pede que o drone que o levava pousasse. Ele pula de cima do mesmo, sentindo as dores de ferimentos, e se afasta do mesmo lentamente. Ele começa a investigar os computadores, acessando redes e vendo informações pertinentes. Talvez, por ali, conseguisse informações sobre a presença de Habernas e uma possível saída dali. Também procurava saber mais sobre as propriedades daquele líquido azul, o que ele era exatamente e coisas do tipo...
avatar
@nDRoid[94]

Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 23
Localização : Saint Étienne, França

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 05 : Interprise & Saída da Cidade

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum