LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Askalians em Sab Jun 04, 2016 11:35 pm

 Lisandra Eckhart


- Sim.. estou bem... já vai passar...

Liz olha para seus ferimentos e tenta fazer com que eles  se curem, se for possível.

Olha para o mortal tanbém e percebe que, por mais que passem pensamentos obscuros pela sua cabeça de fome ou algo do tipo, fica com muita pena do senhor que a salvou e, por mais q não achasse interessante a idéia de carniçais, queria muito ajuda-lo então na esperança que ele sobrevivesse, lhe oferece algumas gotas de seu sangue cainita com a eserança que ele se cure.

- É.. vai ser bom reve-la. Agora tente se recuperar...

"Se precisar eu me jusificarei com o respnsável por ele o porque que o ajude..."

No começo acha estranho a mudança de percurso e velocidade mas se adapta com aquilo.
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 31
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Seg Jun 06, 2016 8:16 am

Thorn esboça um leve sorriso ao notar o esquema amplamente preparado. Marciana estava na Umbra e, devido ao Vórtex gerado, já iniciaram o processor para aniquilar Valérius. Vislumbrou o Diplomata da Torre o chamar e seguiu de acordo com o plano. Saindo dos limites de Las Vegas, o Necromante estava alguns 53km distante do Condado de Clark, no meio de uma rodovia estadual.

Querendo ou não, possivelmente o Ceifador nutria mais Status dentro da Torre de Marfim do que Jan, ou até mesmo do mesmo patamar, curiosamente, ainda pelo diplomata ser Ventrue, colocava toda a situação ainda mais favorável, já que o Necromante é muito querido e respeitado pelos Sangue Azul. Isso se dá por diversas colaborações indiretas para a Camarilla, sempre respeitando os parâmetros de 1528.

Jan ainda estava cego, não notava o que realmente aconteceu, mas possivelmente Lucinde sabia, fato que o deixava mais tranquilo. Com o Renegado na Lista Vermelha, seria o próximo passo de acordo com o plano, aniquilá-lo e tomar para si o Reino Umbral do Maldito. Diego e Marciana estavam aqui, contudo, por ter enviado uma carta para Veneza desde quando começou a agir em Vegas, Thor, por direito Famíliar, é o maior detentor de tudo aqui.

- Você não compreende, Jan – com um semblante desapontado, suspiraria se tivesse tais condições. Vislumbrou a Lua no céu e voltou a deslocar o veículo, ficando ainda mais distante da influência de Valérius. Observou a Umbra mais uma vez, para verificar se realmente tudo estava limpo, se sim, prosseguirá. - Em momento algum eu assumi publicamente o título de Senescal. Eu não fiz pronunciamento algum. Não fui em nenhum Elísio falar com os membros da Torre. Sequer conversei com membros da Camarilla em todo o Condado de Clark, exceto o Príncipe Bugsy/Valérius e seus servos – virou a face para o Ventrue, encarando-o com brutalidade e, em seguida, indiferença. - Não escrevi para Lucinde, se o fizesse, já estaria morto, tudo que acontece em Vegas é provável que Valérius saiba – completou, demonstrando credibilidade. - Esses termos não são válidos, Sr. Pieterzoon. Primeiro, porque jamais quebrei a Promessa, segundo, será que realmente não percebeu que estou cooperando desde o início? Não, possivelmente não – lamentou, ainda frustrado. - A Torre sempre foi grata aos meus conselhos, tanto que sou famoso com os seus anciões, não existe motivo para alardes, muito menos para ameaças, esses detalhes não me assustam, não ligo para o cachorro do Bóris, muito menos para jogos intimidativos, então, irei lhe contar o que está por trás de todas essas ações – passou a mão na barba. - Estou ajudando vocês desde o início. Percebi que o Príncipe era totalmente controlado, como uma marionete, por uma espécie de Espectro Abissal muito poderoso, um poder que jamais presenciei. Eu joguei com Valérius, incitando-o a confiar na minha pessoa e ele pensou que me manipulou, tanto pelo poder destrutivo dele, quanto pelas palavras – começou a rir freneticamente. - Então, agindo como um “peão quimérico”, comecei a fazer tudo para ajudá-lo, mas, minha real intenção é salvar o Príncipe Bugsy. E eu o fiz. Salvei Bugsy da influência do Renegado. O Príncipe ainda está vivo, escondido numa moeda de um centavo. Moeda essa que eu dei para Diego, uma questão de segurança. Meu plano consiste em permanecer com Bugsy salvo e dar corda para Valérius agir, eu sabia que os Ventrue viriam, afinal, dentre todos os Clãs da Torre de Marfim, é o clã que mais aprecia minha pessoa. Como não pude escrever para Lucinde, correndo o risco de ser desmascarado, apenas forcei indiretamente a chegada de vocês. Eu já sabia que um emissário do clã Ventrue viria, tudo foi calculado, assim como essa conversa. Nessas condições, esse acordo me oferecido está declinado, por não ser válido. Eu jamais quebrei a Promessa. Jamais assumi publicamente o cargo de Senescal. Tudo que fiz foi para salvar o Príncipe da influência demoníaca de Valérius e forçar os Ventrue ao nosso resgate, para dar o xeque-mate sob meu plano e estratégia – e, por fim, o Necromante sorria, de fato, estava sendo totalmente sincero. - Eu não preciso começar a cooperar, já que estou cooperando desde o começo, antes de todos vocês terem ciência do que realmente acontecia. Enquanto estavam na escuridão da ignorância, eu, Tristan Thorn, estava agindo indiretamente, respeitando a Promessa, para o bem maior da Camarilla, como sempre foi. Por isso eu sou conhecido, respeitado, admirado e influente dentro da Torre, tendo a admiração dos Ventrue, foi por tudo que eu fiz¹ e venho fazendo. Não se preocupe, Jan, pegaremos o Renegado – decreta o ceifador.

--
¹. Thorn tem uma história de colaboração antiga com a Camarilla. Já rodou por diversos estados e cidades dos EUA, sempre auxiliando e aconselhando Príncipes. Por isso é tão famoso dentro da Torre.
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sex Jun 10, 2016 3:01 pm

Lincoln Duarte


Aquelas aberrações caminham de forma tropega, murmurando algo que não faz sentido, a pele é mais pálida do que a de Lincoln, eles estão sujos e com ferimentos cujo as feridas secas parecem chagas na pele, um deles está em estado avançado de decomposição, um cheiro de carne podre vem junto a uma brisa de encontro ao rosto do vampiro Brujah.
O policial por fim saca a arma.

- Que porra é isso? Indaga o policial olhando para Lincoln. 
A quebra de compostura do outrora frio oficial faz com que Lincoln se sinta mais seguro, ele nesse momento saca que odeia realmente tiras, mas esse cara tem sentimento, pelo ao menos qualquer um teria, diante dessas aberrações tropegas.
Lincoln já ouviu falar nos vampiros Nosferatu, seres de aparência e cheiro revoltantes, mas aquilo era diferente, eram como se fossem Zumbis, e isso faz com que ele se lembre de uma vez que ouviu em uma Algaravia sobre uma Família de necromantes italianos  que venderam a alma para o demônio, aquilo deu até um frio na espinha do Brujah, então ele se lembra que tem ouvido aqui e acolá sobre o príncipe de Vegas ser um desses mafiosos diabolistas que fazem pactos com demônios, uma relação rápida remete aos poderes de sangue, se os Brujah são furiosos por isso tem velocidade e força divina, esses necromantes podem muito bem fazer pactos com o inferno para levantar os mortos.

Antes que Lincoln possa repetir, o policial monta na sua moto.
- Me siga.
E partem acelerando furiosos como dois morcegos foragidos do inferno rumo o manto da noite.

Base área Nellis.
Nellis, Estado de Nevada 2:00 da manhã.


O policial vai na frente guiando o vampiro Brujah, os dois aceleram.
Algo está a espreita observando Lincoln, ele pode sentir, como um hálito do demônio na sua nuca, sente seu sangue ferver, não obstante ele sente um medo, sua boca fica seca quando ele chega na em uma base militar, cercada pelas montanhas do deserto, e um imenso muro de metal e arame farpado.
O policial vai na frente, para a moto perto da guarita, um homem negro sai da guarita, militar usando um fuzil dependurado nas costas.
Os dois trocam duas ou três palavras e o portão é aberto, em seguida os dois motoqueiros são autorizados a entrar, o lugar é imenso, e o vampiro Brujah percebe que o lugar é uma base da força área, ele consegue ver vários caças estacionados e 4 hangares do tipo galpão com oficinas funcionando, assim como vários carros negros oficiais do governo, um deles com a insignia da CIA. 
Minutos seguidos eles vão até um prédio que fica perto da torre de vigilância e controle aéreo, dentro uma casa normal, com mobília, porém antigo, com um ar escuro e sufocante.

O policial caminha até uma porta de madeira pesada bate na porta e entra em seguida, lá dentro uma mulher está sentada ao telefone, usa trajes finos, mas bem formais de cor azul, ele tem um broche no governo americano no peito esquerdo.
Dois homens mais velhos estão sentados em um canto da sala com um mapa de Las Vegas, alguns monitores transmitem filmagens de vários pontos da cidade.

- Senhor Lincoln seja bem vindo. Diz a mulher.
- Sou Karina Dobson, e fico satisfeito que o senhor tenha vindo até nós.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sex Jun 10, 2016 3:11 pm

 Lisandra Eckhart 

O cheiro de sangue é inebriante dentro do carro que atravessa o Mojave naquela madrugada, o motorista ferido sofre com os ferimentos a bala que sofrera, ele entre um intervalo e outro agoniza, no volante apenas uma mão, a outra tenta em vão conter o sangramento expressivo.
Lis assisti a agonia de seu salvador, então não se resigna, e doa um pouco de sua vitae sagrada, oriunda do Deus da Escuridão, na esperança que possa curar o mortal.


Quando ela oferece sua vitae ele com lágrimas nos olhos, talvez precinta a morte vindoura aceita, fazendo barulho ao sugar o sangue, o mortal está frio, a morte está perto, ou talvez iria em breve perder a consciência, o que seria uma tragédia, ao invés de ficar presa na estrada, ficaria presa no deserto do Mojave, poderia se perder e quando o sol nascer o fim viria com ele.
O mortal sorriu após sugar o sangue, ganha uma robusta cor na face, como se sua vitalidade tivesse sido recuperada, sua saúde está de volta.


- Obrigado senhora Lis, parece que estamos quites. Diz ele sorrindo 


- Chegamos. Diz ele no meio do deserto, vê se apenas a escuridão, um céu estrelado adornando a noite, e uma imensidão do nada. Curiosa a vampira se pergunta, que destino é aquele.
Seria uma armadilha daquele mortal. 
Ele abre a porta do veículo com sua pistola na mão.
- Vamos minha querida, já estamos atrasados, e apesar da imortalidade de vocês duas a urgência urge.


- Me acompanhe. 
Off quantos pontos de sangue vc cedeu para o mortal?
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sex Jun 10, 2016 3:24 pm

Thorn


No meio do nada a conversa ganha proporções épicas, Tristan lança sua jogada de encontro ao Ventrue, que parece sereno diante daquela negociação que poderia muito bem se tornar uma guerra sangrenta de aliados dos dois vampiros.
Tristan percebe que se Marciana está envolvida a coisa está mais complicada, não por ela, mas ostentar aquele domínio sobre as artes negras, um Anzianni está na cidade. A questão é quem.
O Ventrue europeu ouve tudo atentamente, o único sinal a qual ele emite quebrando sua face de frieza é sua mão direita que apoia seu queixo, seus olhos acompanham cada palavra de Tristan.
Após ouvir atentamente, ele acena a cabeça como se aparentasse confiança no que lhe foi dito e dá seu parecer:

Ao visualizar o mundo espiritual Marciana continua lá, atrás de uma pilastra negra e almas moribundas vagam sem destino ou motivação, o cinzento peculiar do mundo das sombras arranca toda a cor que o mundo da carne possui. Naquele momento Tristan sente uma presença estranha, ele tem certeza que não é o ceifador, é algo mais hábil em Necromancia, alguém mais discreto sua aparência não é revelada, mas ele também não é um habitante do além sudário.

- Suas palavras tranquilizam, Sr. Thorn entenda, sou um diplomata, seus juízes serão outros, esse aqui que vos fala tem um pepel menor sobre as acusações que pesam contra o senhor, mas não vamos fazer disso uma aflição, tenho certeza que diante da cooperação prestada até aqui pelo senhor, e tenho certeza que o senhor também irá prestar sua valorosa contribuição, e isso é o segundo ponto que venho lhe falar, nós vamos destruir Valerius em Las Vegas, e o senhor será convidado a nos ajudar, ele está na Lista vermelha, é dever de todos os vampiros do mundo caçarem esse monstro, e o senhor será parte nessa batalha, porém um novo príncipe se erguerá essa noite, Valerius a essa hora já está cercado, se tentar fugir para a Umbra nossos aliados o manterão ocupado, se ficar na sua mansão o local está cercado, entrarei em cotnato com Diego Giovanni, Siegel é um Ventrue da Camarilla, Diego Giovanni não pode ter controle sobre ele, mas isso converso com os Anciões de Veneza. Tudo o que lhe peço é, auxilie o novo príncipe, e nos dê informações que possam facilitar a transição, em seguida o senhor será livre de interferências, e responderá apenas ao príncipe que se erguer.
- Temos um acordo?
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Askalians em Dom Jun 12, 2016 8:34 pm

 Lisandra Eckhart


Fica feliz com o sacrifício feito para ajudar o mortal pois aquilo também faria com que ela sobrevivesse em pleno deserto. Não estava muito feliz com aquilo mas era o possível naquele momento.

O senhor de idade agradeceu porque graças ao seu sangue estava se sentindo melhor e sobreviveria mas aquela situação estava piorando em muito no ponto de vista dela então para Lisandra a melhor opção seria fugir daquele local.

Lisandra “Liz” Eckhart
Saindo do Cenário
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 31
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Seg Jun 13, 2016 8:55 am

As orbes do Necromante semicerravam na medida em que o Diplomata falava. Apesar de certas coisas ainda não estarem em órbita, aos poucos, a evidência dos fatos seriam satisfatórios. Marciana estava na espreita, quanta tolice por parte dela. Balançou a face em negação e sorriu.

- Se eu acabar com Valerius automaticamente virarei um Alastor? – deu uma risada. - Temos um acordo, se for exatamente nas condições que eu apresentei para o Senhor. Próxima etapa?

avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Seg Jun 13, 2016 11:31 am

TRISTAN THORN


- Razoável.  o Ventrue preferiu a palavra de uma forma nada emocionada, Tristan sabia que aquela negoaciação estava caminhando para uma linha perigosa, um desacordo era ruim, a Camarilla já havia colocado seus peões nas ruas da Cidade do Pecado, Las Vegas já era da Camarilla, Jan estava apenas tentando salvar a imagem e reconstruir a caótica corte da Cidade, onde um príncipe fora insidiosamente substituído,   alguns membros da Família eliminados de forma sistêmica, e um conselho totalmente desarticulado e dividido, e agora abertamente acovardado, e com absoluta certeza será punido e levado ao crivo da justiça implacável da Torre de Marfim.




- O senhor se tornou uma peça chave na ordem das coisas senhor Thorn, não pretendo criar um impasse entre a Camarilla e o senhor, o que penso é ao contrário devo dizer, penso em uma cooperação para definhar esse tecido trágico que se abateu sobre a cidade, sua cooperação é de fato, admirada por mim e farei os mais antigos repensarem algumas posições, sobretudo reafirmo, não sou o juiz, sou um diplomata enviado para para assegurar a paz social entre a Família, e ficarei mais que satisfeito em uma aliança entre o clã Ventrue e o clã Giovanni, nossas famílias apesar da Promessa de 1528 temos coexistido por centenas de anos, apesar do 4 de Abril, devo ressaltar que gentilmente os mais antigos de sua linhagem nobre, cedera Veneza para o Encontro dos mais velhos da minha da minha estirpe, isso sela honrosamente a aliança que cá está, este mero servo a sugerir ao senhor, com esses adendos:
- A saber senhor Thorn, se me expressei de forma inadequada, eu refaço, pesa contra o senhor a acusações de violação da promessa de 1528, tal alegação foi impetrada por um dos Sete clãs fundadores da Torre de Marfim, logo esse pedido será avaliado, e como eu disse anteriormente, será apreciado pro Veneza, tanto os da sua linhagem como os da minha e das outras seis que compõe o venerável Círculo Interno.  Cabe aqui, uma observação, tal Actio poenitentiae ( Pedido feito ao Círculo Interno pelos Clãs) impetrada por um dos clãs originais, será avaliada como dito, sobretudo, um Justicar, exceto o daquele clã demandante poderá ser incumbido de julgar o caso, o que vai acontecer não posso saber. O senhor terá direito de se defender, seja diante do Círculo Interno, do seu conselho de Anciões ou de um Justicar em um Conclave, não sei onde será a dirimido essa litigie.
- Em nome de seus valorosos conselhos, aliança em outros momentos, o clã Ventrue irá se posicionar a favor do senhor, sem prejuízo de se voltar contra a Família, e vou além caso nosso empreendimento em Vegas culmine com o fim de Valerius, e conste o total apoio do senhor, eu designarei o melhor dos meus Rabulas para apreciar a questão. O Ventrue faz o discurso, agora com um pouco de emoção na face pálida, em seguida sorri diante da indagação do Giovanni.
- Não posso deduzir isso senhor Thorn, apenas o Justicar responsável por essa Anátema, a saber Lucinde foi a solicitante e Di Zagreb dos Tremere foi o aceitador. Tal indagação poderá ser feito a ela pessoalmente.
- Por fim, coloque de forma clara seus termos.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Lord_Suiciniv em Seg Jun 13, 2016 9:49 pm

De jeito nenhum que eu vou ficar aqui com esses zumbies malditos, também não acho que seja uma boa ficar com um policial que alega trabalhar para o clã, não confio em tiras, e mesmo que ele esteja falando a verdade, vou acabar ficando nas mãos de um maldito ancião, prefiro acertar minhas chances sozinhos do que me envolver na brincadeira desses putos...

- Claro porra, vamos logo que eles estão se aproximando. - Olhava para traz com cara de apreensivo e medo, e finalmente dava a partida na minha moto para seguir o policial.

Na primeira saida da inter estadual que eu visse, deixava de seguir o policial e pegava a rua, acelerando minha moto e seguindo até onde a rua me levasse e colocava no som bluetooth do capacete, a musica highway to hell.



Lincoln Duarte: Saindo do Cenário
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Ter Jun 14, 2016 7:05 pm

Ajeitou a gravata italiana e vislumbrou o interlocutor. Jan nutria todo o orgulho do clã Ventrue, apoiado com toda a aptidão de quem estava com todas as cartas na manga, ou não. Tristan reclinou levemente a face para baixo, deixando alguns fios de cabelo lhe cobrir a face. O Necromante assente positivamente com a cabeça, retornando a encarar o Sangue Azul com brutalidade. Tal olhar durou breves segundos, sendo debelado para um semblante normal. Com um leve sorriso, continuou a prosseguir com o veículo, em baixa velocidade e andando no acostamento da rodovia.

- Veja bem, primeiramente, não tenho obrigação alguma de estar aqui e creio que você tem total ciência disso – num tom de voz grave, deixou tal condição muito bem transparente. - Eu não sou membro da Camarilla, logo, não respondo à sua liderança. Círculo Interno, Justicar e Príncipes, de fato, de nada me importam. E, como um não-membro da Torre de Marfim, também não respondo em nenhum Conclave. Também não respondo aos seus Diplomatas – parou o carro, desviando o olhar para Jan e sorrindo. - Porém, eu ainda estou aqui, lhe ouvindo. O que isso quer dizer? Quer dizer minha cooperação. Prova que estou agindo de boa-fé com a Camarilla, mesmo sem ter a obrigação de fazê-lo. Então, mais uma vez, provando minha boa-fé, eu, Tristan Thorn, o homem que libertou Bugsy do controle mental de Valérius, eu, o Ceifador da Família Giovanni, que preservou a alma do Príncipe de Vegas em segurança com um dos meus, eu, um Necromante, que revelou para vocês, a Camarilla, o principal jogador de Las Vegas, simplesmente, desejo, por direito, herdar todo o legado umbral de Renegado Valérius. E, como não violei A Promessa, muito menos quaisquer Leis da Camarilla, desejo ser amplamente reconhecido e valorizado pelos meus préstimos de boa-vontade. Ajudarei a eliminar o Anátema e, mesmo não precisando, responderei diretamente para a Justicar Lucinde sobre todas minhas ações. Essas são minhas condições, existe um monstro livre, tão poderoso que tive que sair totalmente do Condado de Clark para lhe falar tudo isso. Nós temos um acordo, nessas condições – decreta Thorn, estendendo a mão direita para Jan.
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Pablo Constanzo em Qua Jun 15, 2016 3:14 pm

Capra se dirigia àquela pobre cidade. Há boatos de que ela esteja sitiada, mas ele tem assuntos a resolver por ali e precisa enfrentar tais problemas.

Ele vai pela rodovia, que provavelmente seria o caminho mais vigiado e assim ele esperava que estivesse.
avatar
Pablo Constanzo

Data de inscrição : 10/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por F4Ng0rN em Qua Jun 15, 2016 5:19 pm

OFF¹: Foi mal gente, jurava que tinha postado semana passada =(
OFF²: Estou usando os conhecimentos de computação de Walter mais os contratos da empresa de Banes para acessar aos satélites militares americanos, o mais importante é conseguir desviar um para fazer uma varredura espectral na região, e os técnicos da empresa para invadirem o servidor de tráfego de Las vegas e assim acessar as cameras para criar essa rede, não necessariamente desautorizando/desconectando outros usuários.

Walter Banes



Villius recusa treiná-lo naquele instante nas linhas espirituais, porém Terrence se pronuncia apresentando-se como um perito espiritualista, a forma como o trata não parece recusar de todo o pedido de Walter. O raiar do dia no entanto logo chegara e todos tornaram-se ocupados com os preparativos. Walter tentava acessar o servidor de tráfego e estradas de Las Vegas ao mesmo tempo que os funcionários de sua empresa, que ainda tentavam também redirecionar um satelite sensorial para varrer a cidade com todos os seus sensores. Um grito ecoa na casa e Villius logo explica que trata-se de Terrence montando suas defesas.


"Com certeza Terrence é poderoso, ele poderia ser um mentor espiritual muito melhor que a pedida de fato."

As horas de dia seguem passando sem Walter ter muito sucesso em sua empreitada, quando de repente a letargia vence e Banes adormece. Ao acordar Terrence encontrava-se em sua frente.

-Boa noite Senhor Terrence, infelizmente não tive sucesso ontém na rede de monitoramente e acabei sendo vencido pelas horas de sol. Logo em seguida Terrence convoca-o para acompanhá-lo a um certo local. Lá chegando Walter nota uma estranha movimentação de humanos vestidos em terno, o que levanta algumas suspeitas em sua mente, logo sanadas por Terrence, apresentando aquele local como um centro de vigilância da CIA. Os olhos de Walter brilham, o local possuía equipamentos excelentes e a tarefa que ele arduamente falhou na noite anterior, estava ali, pronta diante de seus olhos. Sua vontade inicial era sentar em uma máquina daquelas e criar um backdoor para uso próprio, resistiu entretanto a esta tentação com todas as suas forças, pelo menos a princípio.

- Mas... com algo assim não precisamos da rede que tentei criar ontém, entretanto ainda precisamos fazer uma varredora espectral na região, acredito que nos mostrará distorções pontuais na cidade, o que nos ajudará a rastrear tais acontecimentos sobrenaturais. Com os recuros da CIA, acredito que tal tarefa será cumprida incrivelmente rápido
Um sorriso singelo surge em seu rosto.

A movimentação na casa era realmente grande e poucos pareciam se importar com a presença de Walter no local.
avatar
F4Ng0rN

Data de inscrição : 01/09/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Qui Jun 16, 2016 3:10 pm

Gabrial Capra.
Reserva de Sangue: 14/15
Força de Vontade: 8
Moralidade: 4
Status: Normal
Localidade: Strip Boulevard.

Gabrial Capra do clã Lasombra deixou a imensidão do deserto para trás, ele emergiu em uma apoteose luminosa
que era a Strip Boulevard em Las Vegas, ele tentou enxergar o fio por onde as cordas eram puxadas, mas foi em vão.
Depois dos revezes de tempos anteriores sua atitude prosaica não permitia que ele ficasse fascinado pela beleza
luxuosa da cidade.
Era apenas a seu ver uma bela gaiola dourada, sustentada por um Giovanni insano e um príncipe decadente, ele soube dos boatos
ele viu a movimentação, sabe que a cidade está cercada, o jornal em seu colo não deixava dúvidas que uma guerra 
estava sendo travada, a manchete com vários crimininosos de carreira e funcionários do Bellagios, Ceasers Pallace
e de outros Cassinos sendo arrastados por mandados de prisão comprados por algum

 mandatario da Camarilla não estava estampado,
apenas a mentira habitual a qual os mortais tem que engolir, um imenso sapo peludo.
Ele estava dentro de seu potente Evoke, um SUV que ageuntaria uma boa rachada de munição de fuzil, vidros escuros espelhados vomitava de volta
a explosão luminosa de luzes contra o Bellagios, ele contou ao menos dez carros dos federais. Sim a cidade está cercada.
Então como em um estalo ele se viu interessado na nova ordem das coisas, Lucinda ficou em Los Angeles, em uma sede do Arcano,
o que tranquilizava o Lasombra da autarca, e agora pró Camarilla.
Ele estava esperando que alguém o convidasse para o baile, claro que eles já perceberam a presença de Capra, e isso ficou em evidência quando o motorista, seu carniçal que outrora sofreu um atentado
sorri jocosamente em seu terno escuro:

- O senhor tinha razão, eles sabem de nós, tem dois carros nos seguindo, um está logo atrás o outro virou a esquina, ele deve contornar e nos cercar em menos de uma milha, o que faremos?
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Qui Jun 16, 2016 3:25 pm

Tristan Thorn
PDS 5/15 
FV 10/10 .
Vitalidade: OK


Após o discurso seu discurso, O Ventrue se mantém tranquilo, nem mesmo meneia a cabeça tentando contrapor a vontade do Giovanni.
Dentro do carro o ar condicionado está bastante agradável,o clima tensão daquela reunião vai desaparecendo a medida que um acordo é encontrado dos dois lados, por alguns instantes Tristan pensou que o Ventrue iria recusar e colocar o nome dele na Lista Vermelha, pensou em como sua família iria reagir, dariam asilo para Tristan em uma das gran Loggias, ou apenas assistiriam os cães da camarilla arrancar a carne dos ossos de Tristan, isso presumindo claro, se Valerius não destruísse ele primeiro.
Uma coisa curiosa é que aparentemente a horda de mortos vivos e aparições de Valerius desapareceu, o próprio Bellagios tinha alguns exemplares de zumbis, que era confundidos por atores, mas eles desapreceram da noite anterior para essa, ah sim, de fato os agentes da Camarilla eram muito eficientes em sabotas as defesas de seus rivais. Há quem diga que a velha Torre de Marfim joga na defensiva, afinal acumularam tantos recursos que não dispendem esses recursos caçando cada bando Sabá que aponta as fuças nas ruas de suas cidades, aplicam esse recurso em situações muito especificas que de fato representaria uma perda para a sociedade como um todo, ameaçando a Máscara ou algum ponto relevante.
Então Tristan se questiona o que diabos Las Vegas tem, dinheiro? Meio improvável, os anciões da Camarilla controlam bancos e sociedades financeiras por todo o mundo, proteger o orgulho da seita, totalmente improvável, a Camarilla so protege coisas intagiveis que atentem conta sua Constituição, as Seis Tradições, e essa não é o caso.
Aquilo intriga Tristan.


Jan Pieterzoon estende a mão sorrindo para Tristan, sua mão fria aperta a do Necromante.
- Sim, temos um acordo, porém o senhor enviara uma carta a Veneza relatando essa empreitada, e que os espólios sobrenaturais não poderão jamais ser empregados contra os anciões da Camarilla. O Ventrue diz isso olhando profundamente nos olhos de Tristan, seu olhar assume um olhar mais selvagem, deixando de lado o contorno diplomático, aquilo pelo visto era inegociável.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Qui Jun 16, 2016 3:42 pm

Walter Bannes
Posto avançado de guerra da Camarilla
PDS 11/13 
FV 7/7 .
Vitalidade: OK

No subúrbio de Las Vegas longe das luzes ofuscantes da Strip e seus casinos luxuosos, Walter se uniu a um grupo de investigação, eles monitoravam todo o fluxo de informação da cidade, transações financeiras, seja qualquer uma delas, taxas taxas compulsórias ao Banco Central depositada pelos bancos locais até a compra de uma água mineral, câmeras de sinais de trânsito, fotos via satélite,a cesso a rede mundial de computadores. Tudo feito por um imenso painel montando no segundo andar da casa, com um imenso monitor de 100 polegadas, e junto a ele acoplado outros 40 monitores menores, naquela sala cujo acesso se deu por um cartão magnético de Terrence tinha dez operadores, e uma mulher de terno escuro na parte mais alta supervisionando as operações. De fato a Camarilla detinha bastante poder, conseguiram deslocar uma célula da Cia para retomar Las Vegas.
- Senhor Bannes, te apresento a senhora Karina Dobson. Diz Terrence abraçando a mulher que sorri para ele.

- Então você é o famoso Walter Bannes, duplamente devo dizer, porém agora por ser um perito em alta tecnologia, alguns estão até dizendo Tecnomagica. Diz ela sorrindo. O símbolo da bandeira americana do lado esquerdo e o anel de uma leão e do cetro identificam o clã dela.
Ventrue.


- Não se preocupe com a discrição senhor Bannes, todos esses homens e mulheres são de confiança, são da Família. Diz ela fazendo uma alusão que poderia ficar tranquilo quanto a manutenção da Máscara, afinal todos ali ou eram carniçais ou estavam sobre controle da Torre de Marfim.
- Precisamos de dois favores seus Walter, que você sintetize essas informações e envie para computadores específicos. O outro de falo em breve.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Qui Jun 16, 2016 4:03 pm

A Primeira Onda de Ataque

Peter Vacalli ajeitou o colete a prova de balas enquanto olhava para o fuzil Ak47 depositado dentro do furgão, colocou o emblema da SWAT e olhou para seus homens, todos sentados em um dos três furgões que cercavam a imensa propriedade na Hodopai.
O lugar estava cercado tanto no campo área por dois helicópteros da policial local, eles tinham um mandado de busca e apreensão para o senhor daquelas terras, um mafioso da velha guarda chamado Bugsy Siegel, ele estava envolvido com prostituição, tráfico de drogas, assassinato e extorsão, ele comprou algumas ativos do grupo Mirrage, dono dos três Maiores Cassinos de Vegas.
As orientações pareceram bastantes incomuns, ao que parece o tal Siegel era absurdamente rico, corajoso e parecia estar acima da Lei, até o Procurador Federal enviar mandados de prisão para ele e sua gangue, que era composta por Elijah Cerroni, esse foi preso e desapareceu no dia seguinte seguinte, acharam apenas cinzas na cela.  Charlie Minamino outro mafioso, esse não se entregou sua equipe disparou várias vezes contra o peito dele que continuou andando, porém algum idiota detonou uma granada contra Minamino, que explodiu e depois desapareceu em cinzas, o policial foi preso pelo assuntos internos e nunca mais foi visto, depois Peter soube que ele está preso em Washington d.C, Peter não ligou, um mafioso a menos para se preocupar.
Toger Clyde fugiu, mas um mandado da Interpol foi expedido, sobrou apenas Siegel e um tal David Hayter, dono de uma rede de boites em Vegas, ele está desaparecido, seu advogado disse que ele iria se entregar, a imprensa nada noticiou. 
Peter saltou do carro seus homens fizeram o mesmo e imediatamente entraram em formação triangular, cercando a propriedade, um voz no rádio o guiava assim como seu óculos de visão noturna com sensor de presença.
- Grupo um entrou. Diz uma voz estática.
- Grupo três entrou, tudo limpo.
- Grupo 4 entrou tudo limpo, segundo andar.
Peter guiou seus homens para o subterrâneo, o mapa aparecia no seu visor.
- Equipamento de sondagem espectral colocado?
- Sim, chefe 1. Nos 4 pontos do Cristal.
- Supervisor da Missão com controle de visão.
- Satélites acionados, movimentação no subterrâneo.

Em seguida Peter ouviu tiros.
- Encontramos algo, perdemos três homens aqui em baixo.
- Aqui, líder da missão, reforço aéreo, possibilidade de fuga, alertem a policial local.
- Temos o alvo na mira líder da missão, não podemos acionar a polícia.
- Maldição. Diz Peter.
Em seguida ele pega seu grupo e vai até o subterrâneo da mansão, pedaços de corpos por todos os cantos, como se um animal selvagem tivesse atacado aqueles homens e mulheres.
- Ele está cercado na sala ao lado. Diz uma voz estática vinda do supervisor da Missão no centro de Controle.
- Não tem nada aqui. Responde Peter.
- Tem sim chefe. Diz um soldado tirando sua Máscara.
- O que você está fazendo seu idiota? Indaga Peter Quando os dois homens que acompanhavam Peter dão um passo a frente um gás venenoso sai do chão, gás ácido. Derrete a Máscara a os mata, o soldado avança sobre Peter, ouve se um rosnado e o corpo de Peter é arremessado contra a parede, seus ossos estalam sem quebrar, e ao cair ao chão Peter vê o soldado caminha entre o gás venenoso sem máscara, seus olhos emitem uma poderosa luz vermelha, " estou delirando, que tipo de gás é esse?"!! 
- Então eles mandaram você Lucius, o grande Arconte Gangrel. Diz uma voz Guturral.
- Sim Barão, e o senhor virá comigo por bem, ou em um pote de cinzas, o senhor escolhe, a mansão está cercada, câmeras de vigilância quebraram facilmente seu manto de ofuscação, e ao fazer isso será caçado onde quer que vá e nem mesmo o seu clã o protegerá, você sabe quem está por trás disso tudo.
- Irei de bom grado ó grande Arconte da Camarilla, e prostarei diante do seu Justicar e suplico mil perdões, se feri as tradições.
- Deixe sua defesa para o seu acusador, sou apenas um caçador.
Aquela coisa pega Peter nos braços, ele sente que sua perna está deslocada, nada quebrado aparentemente.
- Sargento Vacalli, o socorro médico está chegando, logo o delírio dessas drogas vai passar, emita seu relatório normalmente ao supervisor da missão.
Peter desfalece, ao acordar está em um quarto de hospital, sua perna está engessada, seus dois braços também. Um oficial da CIA e seu superior imediato estão na sala, ele pode ver dois soldados do lado de fora.
- Então Sargento, viemos colher seu depoimento.


Última edição por @nonimous em Sex Jun 17, 2016 1:28 pm, editado 1 vez(es)
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Pablo Constanzo em Qui Jun 16, 2016 4:29 pm

Obviamente a preocupação do lasombra era latente. O caos estabelecido naquele local mostrava o quão frágeis muitas vezes são as regras estabelecidas pela Camarilla, mas ele sabe o quão duras elas podem se tornar para proteger seus anciões e aquele momento parecia ser a segunda opção. Alguns calos foram pisados e a qualquer momento muito sangue poderia ser derramado. Sonhava o inocente vampiro que não fosse o seu.

O aparecimento dos homens seguindo-o são a confirmação que esperava. Os bastardos da camarilla não permitiriam a entrada de nenhum cainita na cidade sem o seu conhecimento. Ele já passara por isso antes. Todo esse aparato mortal mobilizado para suas defesas e direcionados contra seus possíveis inimigos. Capra não era um deles. Não agora.

-Pare logo a frente. Vamos conversar com estes primeiro e ver o que querem antes que o outro veículo chegue.

Capra pretende forçar o encontro com um carro primeiro. Caso sejam hostis, ao menos o número de inimigos será menor.
avatar
Pablo Constanzo

Data de inscrição : 10/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Sex Jun 17, 2016 8:18 am

Thorn sorria ao olhar de Jan, concordando positivamente com a face. O acordo estava firmado, agora, compreendia o que realmente estava acontecendo. A investida estava armada há algum tempo, tanto Marciana, quanto Diego, colaboravam com a Torre de Marfim para executar o Renegado Valérius. Um ser tão poderoso e abissal que construiu um verdadeiro Império Umbral em Vegas, desafiou os Grandes Soberanos do Mundo dos Mortos e ainda manipulou e usurpou a Camarilla, fazendo de Bugsy um mero fantoche.

- Claro. Como já lhe disse, Camarilla e eu temos uma história de cooperação mútua, sempre respeitando A Promessa – ele sorriu, quase dando uma risada. - Farei a carta. Qual é o nosso próximo passo? Alastores simplórios não são páreos para Valérius, necessitamos de Alastores Vermelhos e um plano perfeito para emboscá-lo, evitando que ele use todas as armas ou se prepara previamente para a batalha, caso isso acontecer, todos nós morreremos – decreta o Necromante.

Aproveitou o tempo livre e mentalizou a carta. Lizzie a entregaria diretamente aos lacaios espirituais de Veneza. A grande vantagem é a velocidade. Aparições se movem a 1.600km/h, isso as mais básicas, com o tempo e refino, algumas simplesmente volitam entre os planos imateriais, eis o conteúdo da carta:

Bom noite, queridos primos. Eu, Folken Arkus Giovanni, sob face de Tristan Thorn, venho por meio desta simplória carta umbral, que será devidamente enviada por Lizzie, que tem total acesso aos salões mórbidos de Veneza, apenas formalizar algumas questões.

De acordo com o nosso propósito e diretrizes, no início dos anos 90, fui devidamente enviado ao Novo Mundo para negociar almas e influência para Família. Nesse meio tempo, com idas e vindas, também começamos a nos aproximar da Camarilla. A costa leste inteira conhece o meu nome e meus préstimos, principalmente New York, que, na época, governada pela Príncipe Blair Hoffman, me foi muitíssimo útil e fiz bastante renome dentro da Torre de Marfim.

Blair é uma Ventrue e foi aí que comecei meus negócios com os Sangue Azul. Com o tempo, cidade após cidade. Conselhos após conselhos, a atração que os Ventrue nutriam pela minha pessoa e, principalmente, pelo meu poder, começou a entrar na velha fábula da mariposa e da fogueira. Depois de auxiliar, indiretamente, diversos Príncipes Ventrue, sempre respeitando A Promessa, fiquei muito renomado dentro desse Clã.

Cheguei no Condado de Clark pouco mais de um ano. Desde então, detectei o que ninguém havia visto desde os primórdios dessa pútrida cidade. O Príncipe Bugsy, na realidade, não passava de um fantoche de um ser Abissal Espectral, chamado Valérius. Esse ser controlava o Príncipe por completo. Fingi negociar com esse Renegado, prendendo Bugsy numa moeda e liberando o corpo vazio do Regente de Vegas para a Criatura. Contudo, o verdadeiro Bugsy estava a salvo.

Nesse meio tempo, comecei a incentivar Valérius a agir. É claro que tudo isso atrairia atenções, principalmente dos Ventrue. Era tudo que eu queria. Eu não poderia trair esse ser, pois ele perceberia. Então, agi indiretamente leal, mas, ao mesmo tempo, o sabotando para os Sangue Azul chegar e eis o que aconteceu. Peço que enviem Bugsy para os Ventrue, ele está de posse do Mestre do meu Mestre, o milenar Diego Giovanni, que chegou a me auxiliar aqui em Las Vegas.

Marciana Giovanni também está aqui. Eu compreendo o fascínio de todos vocês com a estrutura que Valérius montou. Mas deixarei algo bem claro. Quem chegou em Vegas primeiro foi eu. Quem articulou todo esse grandioso plano foi eu. Quem libertou Bugsy foi eu. Quem manipulou o Renegado Valérius ao erro foi eu. Quem tem prestígio junto aos Ventrue sou eu. Então, meus caros primos e primas, reintegro que 60% de todos os espólios umbrais e materiais de Valérius são meus! Os 40% restante, ficarão com Diego e Marciana, que chegaram apenas no estágio final.

Também assumo a responsabilidade de continuar com os meus dízimos espirituais. Eu, como um prestigiado membro da Família, também decreto que assumirei o cargo vago de Prefeito¹ do Condado de Clark. Os Giovanni já foram grande aqui, bem no início dos anos 80, mas, com o tempo e desleixo, tudo se foi.

Também deixo devidamente registrado que, meus 60% nos espólios umbrais, que é meu por direito, jamais será usado para prejudicar qualquer ancião da Torre de Marfim. Agradeço aos meus pares, Marciana Giovanni e Diego Giovanni por essa pequena cooperação nesse estágio final.

Muito obrigado,



Folken Arkus Giovanni




Tristan permaneceu com os olhos fechados o tempo inteiro. A sintonia entre Lizzie e ele proporcionava algo desse tipo, a Eterna Noiva sempre foi capaz de afundar dentro dos pensamentos oscilantes do Necromante. Franziu o cenho levemente e abriu os olhos, desviando o olhar para Jan. Com o semblante sereno, já iniciava uma tática em mente para o propósito maior.

- Está feito. Em poucos minutos Veneza já estará ciente da carta. Podemos agir, qual é o nosso próximo passo? – indaga o Ceifador.

--
¹. Cargo similar a um "príncipe", o Giovanni controla a cidade no âmbito familiar e umbral.
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sex Jun 17, 2016 1:34 pm

GABRIAL CAPRA
Gabrial Capra.
Reserva de Sangue: 14/15
Força de Vontade: 8
Moralidade: 4
Status: Normal
Localidade: Strip Boulevard




Mike estaciona vagarosamente o SUV atrás de uma limusine branca em frente ao Paris Cassino, na frente além de uma imensa fonte jorrante de água está uma réplica monstruosamente grande da Torre Eiffel, Capra olhando o monumento se lembra de suas noites em Paris com Lucinda, e de vidas atrás.
Mike pega uma arma no porta luvas, uma pistola .40 cromada, tipica arma do mercado negro, em seguida salta do carro e abre a porta para o mestre Lasombra antitribu.
O sedan Mercedes se aproxima da SUV de Capra, do carro salta uma mulher negra usando um Tallher escuro acompanhada de dois homens, jovens, na casa dos trinta, ela deve ter seus quarenta e poucos.
- Senhores, sejam bem vindos a Vegas. Por motivo de segurança preciso que me acompanhe, meu nome é Lucia Hall, estou a Serviço da Família, se é que me entendem, Senhor Capra, não lhe faremos nenhum mal, e peça seu Carniçal para guardar a arma.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sab Jun 18, 2016 7:23 pm

Tristan.




O Ventrue se mostra satisfeito com aquele acordo, sua face fria perde as linhas rugosas, e ostenta um aspecto liso e despreocupado.
O tempo avança inexoravel sobre a cidade, Tristan considerou aquela conversa como apenas alguns minutos, mas já era madrugada a fio, e junto com o avançar do tempo o perigo eminente do Sol.


- Creio que dado ao adiantar das horas, devemos buscar Asilo Senhor Thorn. Solicita tranquilamente o Ventrue.

- Se me permite eu e minha comitiva gostaria de se hospedar no Bellagios, e se me permite outras equipes, a maioria mortais vai se hospedar, claro tudo será pago, não desejo parecer um espião dentro de seus refugios.
- O plano senhor Thorn já está sendo executado nesse momento, Valerius está cercado em sua propriedade de campo, os Cassinos esttão cercados pela polícia, não se preocupe estão infiltrados devidamente, não vou criar tumultos, vampiros da Camarilla que contribuiram para essa farsa, estão sendo levados a raia da Justiça, falando nisso Lucinde está dentro de uma sala de guerra coordenando e estruturando a cidade, permanecêramos mais algumas noites até que um príncipe assuma as rédeas da cidade, momento esse que devo dizer o senhor estará livre desse acordo, Boris já está orquestrando o fim de Valerius e a Família Giovanni e alguns Tremere estão segurando a guerra no mundo espiritual. 
- E por último senhor Thorn, peço que recepcione o novo príncipe, por uma questão de segurança, compramos os Três maiores cassinos da Cidade, o dono um carniçal de extremo zelo e que serve a Camarilla a muitos anos será o gestor, Benedict é o nome dele, ele é o Presidente da da MGM Mirage, ele responderá o príncipe da cidade. Podemos ir?
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Pablo Constanzo em Seg Jun 20, 2016 10:58 am

Os mortais ali presentes não poderiam causar nenhum mal a Capra. Esta era sua visão e assim ele agiria para com eles. O estado mental deles é que o intrigava. Poucas vezes o lasombra pôde ver mortais que se portassem tão seguros diante sua presença. O treinamento proporcionado pelo alto escalão da torre parece ser mesmo muito eficaz. Tomara nota mental para investigar sobre isso. Seria uma tarefa para Mike.

-Bom noite senhorita Hall. - Diz enquanto faz um sinal para que Mike baixe a arma - Desculpe a minha ignorância, mas não sei ao certo o o motivo de Vegas estar sitiada e nem a quem você responde. Poderia me ajudar com estas informações?

O vampiro espera pela resposta, assim saberá a quem deve se dirigir. Em situações complicadas como esta não se pode queimar cartucho a esmo e Capra a muito se encontra em situação complicadíssima.
avatar
Pablo Constanzo

Data de inscrição : 10/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Ter Jun 21, 2016 8:04 am

Thorn fechava as orbes por breves segundos ao notar tamanha ingenuidade do Ventrue. Ou o Diplomata é deveres inocente e inexperiente na função, ou está se fazendo de tonto. Hospedar no Covil de Valérius? Depois de toda essa conspiração para pegá-lo? Levou as mãos até as têmporas e, se pudesse, suspiraria, pena que não pode mais. Finalmente reabriu os olhos e encarou Jan de forma visceral.

- Fora de cogitação hospedarmos lá. Nem você. Nem eu. Nem qualquer um da comitiva principal. Coloque as peças descartáveis para dormir e ficar no Bellagios – o Ceifador fez uma pausa, aproximando-se mais do Diplomata. - A comitiva principal, incluindo nós dois, ficaremos em outro local. Deixe a estratégia comigo, ficar no refúgio dele é pedir para morrermos fácil e rapidamente. Aproveitando tua presença, peço permissão oficial da Camarilla para coordenar esse ataque. Eu, com a ajuda de vocês, destruirei o Renegado – decreta o Necromante, desviando a face para recliná-la no banco e visualizar a linda Lua no céu.

Tristan explica os riscos de ficar no Bellagios, Valerius controla o recinto com muita influência e autoridade. Hospeda-se lá seria o fim da missão. Mais uma vez, o Giovanni mostrava o quão correto jogava com a Camarilla, acabou de salvar toda a comitiva. Deixar os descartáveis no Bellagios é uma opção, mas hospedar toda a comitiva lá, de fato, é suicídio.

- Passaremos a noite em qualquer lugar, menos lá. Comece o ataque durante o dia, no esplendor das 12h00, o pior e mais severo Sol. Lá pelas 19h, iniciaremos o verdadeiro ataque, mas, nessa altura, Valerius e seus asseclas já estarão enfraquecidos e entramos para o Gran Finale, que ainda nutre um grande risco de todos nós morrermos, você não tem opção, Jan, fará o que eu mandar, sua vida depende disso – afirma o Necromante, dirigindo-se até um hotel barato e hospedando-se, com ou sem Jan. Participaria do ataque no próximo dia, devidamente preparado.
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Qua Jun 22, 2016 11:23 am

Gabrial Capra.


A mulher se mantém imparcial, as luzes ofuscantes da Strip Boulevard se avultam sobre o grupo, pessoas passam freneticas
dando gargalhadas, ne medida em que Limusines e carros de luxo desfilam pela grande avenida, abarrotada de Cassinos.
a senhora Hall fica estática, quando percebe a ordem silenciosa que fez com que Mike guardasse a arma, ele dá um passo a frente,
e caminha para bem próximo de Capra.

- Essa cidade tem uma história complicada senhor Capra, mas a limpeza já foi feita, e fui enviada para recepcionar o senhor em nome de Jan Pieterzoon.
O nome dizia muitas coisas para Capra, Pieterzon é um Ventrue da alta hierarquia, um lorde dos países baixos com renome, poder e dinheiro,
não era um simples vulgajo que se escondia atrás de sua posição, muito ao contrário.
Era da aristocracia vampirica, ele era nata da nata da alta sociedade, respondendo diretamente ao círculo interno da Camarilla.
- O senhor Pieterzoon solicita a presença do senhor, em tempo ele pede desculpas, mas pela sua segurança, nós devemos escolta-lo, bandos do Sabá ainda depredam a cidade,
eles serão eliminados muito em breve, mas em virtude a alta estima que Jan Pieterzoon tem para com o senhor, peço humildemente que venha conosco e seja nosso hospede.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Pablo Constanzo em Qui Jun 30, 2016 2:03 pm

Muitas e muitas vezes aquele desertor já passara por emboscadas e muitas delas começavam assim. Fulano influente pediu para que o escoltássemos.

No entanto as coisas parecem mesmo ter mudado. Da última vez que Capra esteve em Vegas a confusão era generalizada e a torre de marfim se corroía por dentro. Se Jan Pieterzon realmente estava em Vegas era sinal de que a coisa desandou de vez e foi necessária a intervenção do círculo interno. E qual o motivo de Pieterzon querer falar com ele?

Capra iria seguir a sugestão e ir com os mortais. Pode ser que Jan queira mais alguém morto e se não fosse o caso, e realmente fosse uma emboscada, seriam eles a morrer.

-Tudo bem. Os acompanharei. Vamos Mike.
avatar
Pablo Constanzo

Data de inscrição : 10/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Seg Jul 04, 2016 1:27 pm

Tristan Thorn.



Jan Pieterzoon fitou o necromante por alguns segundos, aparentemente cogitou dar uma resposta, mas temia revelar algo que não deveria, algo que se revelado poderia comprometer seus planos, ele recebera ordens especificas. Não seria estupido em revelar certas nuances da retomada de Las Vegas.

- Claro, como não pude pensar nisso. Mentiu Pieterzoon.

- Agora senhor Thorn, eu gostaria de voltar para alguns assuntos pendentes, preciso cumprir minha agenda dessa noite, agradeço sua atenção e caso o senhor necessite falar comigo, ligue nesse número. Disse isso enquanto entregava um papel rascunho, com um estranho número escrito.

- Não se preocupe, é uma linha segura, as mensagens são redirecionadas e criptografadas, ainda que alguém conseguisse rastrear, dificilmente entenderia os chiados que serão emitidos em substituição ao som de nossa conversa que se manterá privada. E se não for pedir demais o senhor poderia me deixar no subúrbio da cidade?

Aquilo fez Tristan se preocupar, Jan estava escondendo algo, o que era natural, confiança é algo raro aos Membros tanto quanto um banho de sol, mas seria melhor verificar até onde isso ia dar.
Bom pelo ao menos ele descobriu que a Camarilla estava orquestrando os ataques a partir do subúrbio da cidade.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum