LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Beaumont em Sab Maio 21, 2016 8:54 am

Rami Malik
PDS 8/12 (Temporariamente)
FDV 7/7  
Vit  - 1 Ferido Letal 
Geração 11 por 1 Hora ???

De fato o ancião tremere já não estava mais por ali. A localização do vampiro agora se mostrava uma incognita, na verdade nem mesmo Rami saberia dizer com exatidão onde ele mesmo estava. Era como percorrer um caminho novo sem volta, as paredes se reformulavam com tanta frequência que j´´a não dava para saber qual foi a porta pela qual ele entrou, um labirinto auto formulável no qual rami se perdera sem nem mesmo andar muito. De todos os computadores havia um Holograma gigante em forma de tela de computador que ficava no que dava para entender como o centro da grande sala. Um grupo de fantasmas cybernéticos saía das laterais desse holograma como se fossem o pulso elétrico que gerado pelo mecanismo, no inicio assustava Rami mas com o tempo ele percebia que assim como as paredes, havia um padrão e os fantasmas não pareciam ter vida própria, era apenas uma forma tangível designada pela eletricidade formada pelo holograma. 

Abaixo do Holograma havia 3 tipos de entradas diferentes. Uma se assemelhava em muito a um disquete, a segunda era uma entrada USB e a terceira um Cubo com bordas de Silicone. as 3 entradas estavam vazias como se esperassem algo para ser encaixado. 

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Sab Maio 21, 2016 9:00 am

Continuo no jogo.
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sab Maio 21, 2016 7:19 pm

UMA TEMPESTADE DE SANGUE.
Narrativa de horror na Cidade de Las Vegas.

Suite 1506 Bellagios
Strip Boulevard, Las Vegas Nevada.

Meg Clark se sentou na mesa de forma a tentar relaxar um pouco, sua mente afiada e altamente disciplinada encontrava dificuldades para lutar contra o cansaço, fazia algumas noites que não dormia, trabalhava em turnos extras apesar de seu Supervisor em Langley, Thomas Eliberth já ter lhe chamado a atenção sobre isso, depois de mais de 13 anos como Analista da CIA ela se sente um pouco cansada, mas sua motivação nunca esteve tão afiada.
Ela podia de onde estava enxergar o turbilhão de luzes oriundas da cidade Brilhante, um pesadelo brilhante. Seu computador estava conectada em um poderoso Servidor todo construído em um serviço nas nuvens Terabytes de informações rodavam sem parar, 24 horas por dia, um computador rastreava senhas de banco, câmeras de caixas 24 horas, câmeras de trânsito, sites de navegação, plataformas de investimentos, reports policiais e médicos, monitorando ligações pré estabelecidos, e tudo isso transmitido a seu chefe, não, não era seu supervisor da CIA, era alguém que estava além dele e não era o Diretor,a té o Diretor de operações especiais trabalhava para ele.
Na verdade tudo começo quando Meg ainda era uma jovem advogada que saiu de Yale, com 23 anos pouca experiência e muita ambição, quando seu pai um repórter do Washington Post foi morto ela perdeu o rumo, ele era seu norte, ele tinha sido um policial a vida toda e quando se aposentou passou a escrever na coluna política do Washington post, e isso o levou a morte. Meg investigou a máfia da capital americana e esbarrou em grandes Lobbys que destruirão sua vida de um jeito terrível, ela foi acusada de ter matado seu namorada, ele se viu em seu quarto com o corpo de seu namorado com o crânio esmagado, nua e coberta de sangue, ela foi presa e cumpriu 15 anos de prisão até ser inocentada por uma grande firma de advogados.
Ao invés de processar o governo americano ela se inscreveu na CIA e passou nos testes, porém um sócio da firma de Advogados cobrou o favor, tempo depois ela se viu bebendo o sangue de um misterioso cliente de seu patrono, e desde então tem sido uma agente dupla, usando a máquina da CIA para perseguir aliados por todo o mundo.
Hoje ela é Analista Sênior de campo, o que lhe rende um salário 150 mil dólares por ano, um bom plano de saúde, aposentadoria e muito trabalho. Não é muito, mas para uma pessoa de 39 anos é o bastante.
O telefone toca, um aparelho que mais parece um radio comunciador, frequência de alta tecnologia, criptografa e transferida via Satélite 2iUS89 da Nasa.

- Como vão as coisas Mata Hari? Indaga uma voz rouca e robotizada.
- Estão bem Big Daddy, estou terminando de filtrar os dados solicitados, protocolo padrão, envio o pacote antes do meio dia de amanhã, com todos os pontos e nomes, inclusive da mansão de Siegel, fotos do Cassino de onde Thorn está, sistemas de segurança, refúgios, contas bancárias e atividades nas cidades vizinhas, já cancelei meus agentes de campo, todos dispensado, a força policial também, o FBI está saindo agora com um bom material que nós vamos pegar na capital.

- Excelente trabalho, espero te ver amanhã a noite na Casa Branca, enviarei para o campo de batalha carniçais e montarei um time de Membros locais. Em seguida a voz desaprece, e Meg sente uma profunda dor de cabeça.
Depois liga para uma agência de viagens..

- Phoebbe da American Travels, Boa noite com quem eu falo?
- Amanda Potmam. Mente Meg enquanto olha para o passaporte falso.
- Em que posso ajudar senhora Portmam?
- Uma passagem de ida para Washington d.c, amanhão as duas horas da tarde.
- Excelente, Vôo econômico ou executivo?
- Executivo por favor.
- Possui Milhas de viagem?
- Sim.
- O número do cartão de crédito?
- 1300 8000 4000 2876
- Só um momento, Senhora Portmam.
- Tenho um vôo amanhã pela Americam Air lines as 2:25, o número de confirmação uma vez que seu cartão é corporativo do Governo dos Estados Unidos.
- A senha de confirmação é Tango Kevin Merlin Passaporte. 1444
- Obrigado senhora, um Email para o enviar autorização de check in?
- Use o anexo.
Perfeitamente.
- Algo mais que posso fazer pela senhora?
- Não.
O telefone desliga e Meg continua ligada, tomando café fitando a tela do monitor.


Waldorf Astoria Hotel 10:22PM
301 Park Ave, New York, NY 10022
15 Andar, Suíte de Luxo 1501

Peter Minelli estava sentado no sofá principal do luxuoso quarto de um dos hotéis mais caros do mundo, ele tomava uma Gin Tônica gaseificada, enquanto assistia o noticiario, estava esperando pelo seu contato e mestre.
Ele arrotou em tom de soluço, se aconchegou ainda mais na cadeira, sentiu o peso da barriga, estava ficando gordo, mas dificilmente sem jeito o sangue vampirico que corria nas suas veias mortais era como uma dose cavalar de cocaína, ele era um Analista de Inteligência e espionagem da CIA, trabalhava no escritório de Langle, Virginia, foi transformado em Carniçal pela senhora Karina Dobson, uma misteriosa Vampira do clã Ventrue.

E de repente ela surge apenas de roupão, cabelos molhados, ele fica surpreso nem sabia que vampiros precisavam de banho. Ele dá um salto da cadeira.

- Senhora Dobson, boa noite.
- Boa Noite Pete, não precisa se incomodar, se sente.
- Obrigada senhora Dobson.....
- Pode me chamar de Karen. Interrompe ela.
- Sim, senhora Dob..erhh digo Karen.
- Como foi de viagem? Espero que tenha sido tranquilo, ouvi que teve um tornado na Virginia, espero que isso não tenha lhe trazido contratempos.
- Não minha senhora, absolutamente não. Diz ele transpirando.
- Eu te darei o que precisa, Pete, mas antes vamos aos negócios.
- Perfeitamente senhora Do..me desculpe Karen.
- Minha agente passou 4 meses em Las Vegas, o centro de metereologia não registrou nenhuma tempestade anormal, houve alguns eventos cismicos e tempestades de areia, nada fora do comum, ela reuniu os dados e estão nesse Pendrive, nomes,datas, contas bancárias e fotos, uma força tarefa com 3 agentes do FBI, 4 da CIA e a força policial local investigaram dezenas de nomes, e enviou para o ministério publico e outros órgãos do Governo, está tudo pronto, faltando apenas os recursos serem liberados pela Casa Branca.
- Excelente Pete, agradeço, seu pacote está naquela mesinha. Ao dizer isso ela sai indo em direção ao dormitório.
Pete sente uma fome voraz o preencher, como um gordo esfomeado ele avança no pacote, ma bolsa térmica com tubos de sangue, e os bebe de forma desajeitada, como um viciado dando um trago.

Ele se limpa e sente uma pontada de dor na cabeça, sente sua perna fraquejar.

- Sinto muito Pete, mas você sabe demais, era um dos meus carniçais preferidos, mas recebi ordens de eliminar você.
Em seguida o incrédulo Carniçal cai no assoalho carpetado paralisado pela neurotoxina misturada na vitae.
Em seguida a Ventrue pega seu telefone e faz uma ligação com o código internacional para Veneza.
- Está tudo Feito, esperando ordens.


5ª Avenida, Emporium Sociedade de Investimentos.
11:49 PM

Jan Pietersoon entrou na sala, e ao fazer todos ali presentes se sentaram exceto por uma mulher de vestido branco com corte anos vinte, ali havia 5 rostos, todos esperando Pitersoon falar primeiro, e todos ali reunidos pela vontade do Conselho de Anciões da Camarilla, o poderoso Círculo Interno.
Foram devidamente selecionados a dedo, tinham um objetivo condutor, reorganizar Las Vegas, a cidade havia sido doada a um Príncipe Ventrue chamado Bugsy Siegel, eventos denominados A Tempestade abalaram profundamente a corte da cidade, quase três anos para a Camarilla fazer algo, deixando para as forças locais resolveram o caso, porém o tempo passou e nada foi feito, ninguém punido pelo evento e nenhum evento enviado para o Conselho, então enviaram dois Arcontes, Lucius e Rezek, e ambos mostraram não ter habilidades para consertar a bagunça, e a coisa ficou pior ainda quando o Clã Tremere enviou alguns representantes que revelaram que Bugsy está sendo manipulado pelo Clã Giovanni e uma outra força não detectada. Então Karsh afastou Maris Strecks do caso e mandou Lucinde assumir, mesmo a contra gosto, em seguida nomeou um representante dele para acompanhar de perto o caso, Hardestadt fez o mesmo, enviando sua criança preferida, Jan Pitersoon.
Naquela reunião o grupo iria apresentar seus respectivos relatórios.

"Obrigado Cavalheiros. Diz Lucinde apontando uma cadeira para o recém chegado Ventrue se assentar.
Jan apenas meneia a cabeça a todos, que devolvem o cumprimento incluindo Innocentio Giovanni que era uma figura pouca a vontade naquela reunião.

- Eu convoquei o Clâ Giovanni para se explicar a esse conselho recém formado a respeito de Las Vegas, e Veneza enviou o senhor Innocentio para representar o clã e revelar a respeito da quebra da Promessa de 1528, do qual todos os senhores sabem impedir o Clã Giovanni de assumir cargos ou representações nas grandes seitas.
Um silêncio se segue.

- Sin, Singnora Lucinde, nostro clã está ciente das atividades em Las Vegas, e sim temos negócios na cidade, e manteremos.....
Em seguida todos da sala espantados pela firmeza do Giovanni que ao ser repreendido se mantém firme, e mantém a força do clã em um território da Camarilla.

- Sin, io repito, manteremos operações em Las Vegas, mas sem intervir nas seitas.

A sala silencia diante do imponente Giovanni que usa um terno escuro e chapéu de feltro.

- Obrigado Innocentio Giovanni, a Camarilla não representará nada contra o seu clã, mas Tristan Thorn responderá por seus atos diante do príncipe de Las Vegas, e qualquer Giovanni que se envolva será tido igualmente acusado de traição, e quebra da Promessa de 1528, o que poderá resultar na morte final de ambos.

- Nosso clã irá determinar imediatamente o afastamento dele, caso ele permaneça no cargo estará sem nosso apoio. Diz Innocentio olhando Lucinde.

A ancião Ventrue se levanta e abraça o Giovanni, que tira o chapéu colando contra a barriga, em seguida acena a todos, pega sua bengala, e antes de sair assina um documento sobre a mesa de carvalho.

Lucinde se senta olhando para Jan.

- Minha senhora, fico mais uma vez lisonjeado, estar trabalhando junto a luminar Justicar, já tomei todas as atitudes conforme plano enviado aos senhores, toda a informação será compartilhada, os nomes, perfis, refúgios, tudo foi monitorado, pelas forças policiais do governo americano, mas algumas pontas ainda estão soltas, e assim que elas forem apertdas agiremos.

- Isso é minha parte. Diz uma voz guturral, um homem de estatura mediana, careca e roupas escuras, ele é Boris do clã Gangrel, enviado por Karsh o Senhor da Guerra da Camarilla.
- Eu irei junto ao clã Tremere atuar na cidade, já temos uma grande base, pré montada, o ataque acontecerá primeiramente durante o dia, depois atuaremos a noite caçando traidores e defendendo a cidade nas entradas.
- Bom, isso deixa uma lacuna que será preenchida pela vontade iluminada de meu clã. Diz uma mulher usando roupas rasgadas, a Malkaviana sorri enquanto olha os outros,
- Eu conversei com a noite, e ela me revelou, de fato o príncipe desapareceu, ali está apenas uma casca, mais eu vi algo a mais que o clã Giovanni, eles estão mentindo e nos manipulando.
- De fato. Concorda Terence um espião Tremere, fizemos uma leitura no mundo espiritual e uma grande força está presente, devemos lacrar o mundo dos mortos e eliminar aquela coisa que está no lugar de Siegel.

- Isso é minha parte. Diz Boris.

A noite se estendeu até perto do nascer do sol, com todos os detalhes acertados eles partiram para Las vegas.......


avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Beaumont em Sab Maio 21, 2016 7:46 pm

Olá pessoal Boa noite !!  Very Happy

Bom como vocês já perceberam . @nonimous está a cargo da área politica da Grande Las Vegas. Com sua narrativa impecável eu sei que vocês vão curtir. 

Players que serão do Anonimous :

- Gabinete de bugsy siegel

- Bellagios Elysium
Tristan Thorn
Askalians

- La Quinta Motel
Rezek 
Walter Banes
Rebecca De Lorde


Última edição por Beaumont em Seg Maio 23, 2016 8:35 pm, editado 3 vez(es)

_________________
/  
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sab Maio 21, 2016 8:39 pm

Lisandra “Liz” Eckhart
Pontos de Sangue: 13/15
Força de Vontade: 6/10
Localização: Em uma estrada escura


No meio nada e com o carro desligado, parece que a sorte é algo que é levada a sério em Las Vegas, e parece que realmente a casa nunca perde, a entropia paira no ar, como se fosse um odor fétido.
O sistema elétrico do carro desapareceu completamente, nada funciona, a luz dos faróis desaparece, os sinais luminosos somem e dão espaço para as trevas noturnas.
Liz consegue enxergar um pouco, sua aversão a luz a faz um ser da escuridão, e aquilo quase não a perturba, exceto pelo fato que Las Vegas é uma cidade instável, e a possibilidade de uma armadilha passa pela cabeça da Setita de uma forma assustadora.
Ela repentinamente sente uma pontada na cabeça, deixando a tonta ao ponto de perder as forças, algo assustador, visto que se corpo morto vivo não sofre derrames ou baques causados por pressão arterial ou queda de glicose.
Então ela vê um grande deserto banhado pela luz, vê um imenso templo com hieroglifos, uma mulher sorrindo com um sorriso e face de demônio. E ouve o som chicoteante de uma grande tempestade ela recobra sua consciência mediante um forte farol em sua face, o que a deixa atônita.
O carro para de frente para o seu veículo e desce um homem usando um terno escuro e jaqueta, feições pálidas, porém serenas.
- Posso ajudar senhorita?
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sab Maio 21, 2016 8:55 pm

Tristan Thorn
PDS 5/15
FV 1/10
Vitalidade: OK



O vampiro abre os olhos no suntuoso quarto do Bellagios, o quarto é amplo e bem mobiliado, a mobília pesada data de décadas atrás, o ambiente é iluminado por uma luz fosca, pálida dando um ar mórbido ao ambiente. Sobre o criado mudo dois jornais, um deles especifico de finanças o outro é o Nevada News, o principal jornal dessa região.
O lençol de seda desliza suavemente por seu corpo, um relógio digital aponta 8:01 PM. Na parede escrita em sangue.

" Precisamos conversar, me encontre no saguão"
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Sab Maio 21, 2016 9:14 pm

Walter Banne
Laquinta Hotel
PDS 12/13
FDV 7/7

Vit Completa[/size]


O ancião faz uma pausa do discurso por um momento, os dois ouvem pneus raspando o asfalto de forma violenta, por um momento o ancião se concentra e olha para Bannes.
" Só um momento" Em seguida se retira do recinto.

Ele retorna cerca de vinte minutos depois, sua postura está mais altiva, de uma aspecto de resignação para uma quase euforia naquele ar sombrio do Elder Tremere.
Ele entra e se assenta mais uma vez de frente para Bannes dessa vez:
- Interessante você dizer isso Walter, isso parece ser um denominador comum, tudo aponta para essa mesma informação, Bugsy Siegel está envolvido diretamente com o fim da capela Tremere, com a destruição de Christopher Powers e ele está intimamente conectado com a Tempestade, e se aliou a um Necromante violando a Promessa de 1528, ele se tornou um pária, vou aguardar os outros apra revelar maiores informações, mas essas podem muito bem ser as ultimas noites de Siegel e sua corte corrupta.

Rezek e delorde
Off:Aguardando interação de ambos
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Lord_Suiciniv em Sab Maio 21, 2016 10:06 pm

Entrada de Cenario: 01 - Monjave Norte
Personagem: Lincoln Duarte

Dirigia minha moto emprestada pelas ruas dos EUA, até que em dado momento adentro os limites do condado de Clark, nunca estive nas redondezas, de modo que não sabia o que esperar do lugar.

"Espero que eu consiga alguma coisa legal por aqui, ouvi dizer grandes fortunas se constroem em Vegas... "

Enquanto rodava pela cidade, ficava atento para qualquer bar de beira de estrada que eu pudesse encontrar.
avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Black Thief em Sab Maio 21, 2016 11:16 pm

Rebecca dirigia rapidamente até o caminho do La Quinta Motel. Sua urgência era grande e sempre que possível ela cruzara um sinal vermelho para agilizar todo o caminho até finalmente chegar no local indicado pelo GPS, o La Quinta Motel.

A Tremere já saía de seu incrível Mercedes prateado com seus sentidos aguçados, prontos para captar qualquer coisa no ambiente, pois depois do que passara não podia dar maré para o azar. Ela já acionava o alarme do carro sem precisar parar para tal pois o controle do alarme nas chaves permitia isso. Ela já dava de cara com um Cainita, isso ela reconhecera de cara devido à sua palidez e por estar livremente em um recinto Tremere e claro... Sabendo que se tratava de um Tremere e pelas características já conhecidas, um sobretudo amarelo horrível e cabelos engordurados poderia muito bem ser Rezek, conhecido também como um Bruxo Vulgar, porém essas eram as únicas informações que sabia dele, se este fosse mesmo Rezek embora que fosse um Tremere estivesse bem claro. Não sabia exatamente sua posição no clã nem na Camarilla e não se precipitaria em ações da mesma forma que não se precipitou com o Astor, o mesmo Astor que já não sabia se ainda estava com a sua não-vida.

Ela se aproximara e dizia educadamente, mas com a clara urgência em sua encantadora voz e sotaque francês:

- Bonsoir, Monsieur... Sou Rebecca Delorde, vim para a reunião da Família. Maus ventos antecipam minha chegada... Preciso relatar algo de extrema importância a todos.

Rebecca não esperava nenhum tratamento cortês de nenhum cainita que tivesse a alcunha de Bruxo vulgar, mas isso era irrelevante agora, o que importava é que entrassem logo para que ela pudesse relatar a emboscada e a farsa que era o Príncipe Bugsy.


Carro:

_________________
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Sab Maio 21, 2016 11:25 pm

Thorn estava livre das amarras dos destino em que se meteu. A Guerra que travou contra o exército da Dama Risonha apenas serviu como teste para passar mais uma etapa de aprovação do Grande Valérius, um Renegado Milenar no qual o Necromante deposita apreço e planos para o futuro. Se até mesmo um milenar como Diego Giovanni o respeita, então, o Ceifador apenas seguirá o mesmo caminho.

De pé, parou por alguns instantes e intuiu¹ sobre as melhores diretrizes a tomar. Sabia que, no parâmetro atual da situação, toda precaução seria totalmente válida. O convide de Valérius para conversar apenas acendia mais um degrau naquele jogo de cartas que os dois travavam desde quando conheceram. Como um cavaleiro negro, apresentou-se diante o Renegado e prestou-lhe uma breve reverência.

- Eu estou aqui, Valérius. Como conversamos anteriormente, creio que passei no seu teste de lealdade. Então, vamos direto ao ponto, conte-me a VERDADE por trás de todas essas ações. Eu irei assumir o posto de Capitão de suas tropas e lhe servirei com lealdade e dedicação. Também irei administrar toda a construção e gerenciamento da nossa Fortaleza, enfim, eu já prolonguei, diga-me o que deseja – as palavras do Ceifador saíam com naturalidade e calma.

avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Dom Maio 22, 2016 11:02 am

Tristan Thorn
PDS 5/15
FV 10/10 Reestabeleci a FV Motivo: Noite de sono e considero como sendo uma segunda parte da narrativa.
Vitalidade: OK


As palavras ecoaram rumo ao vazio, Tristan tinha certeza que de algum modo Valerius as ouviu, e pela primeira vez respondeu com um silêncio assustador, teria ele perdido a confiança no Giovanni, impossível. Afinal ele se mostrou apto em todos os sentidos, o plano de anular as forças locais fora conduzido com uma maestria impecável.
Na parede a inscrição em vermelho sangue desaparece após Tristan tirar seus olhos, e retornar para aquela mensagem buscando algum sentido nada mais está escrito ali.
Tristan olha mais uma vez para o relógio digital, 8:21 PM, ele levou alguns minutos apra se refazer, sua batalha onírica havia lhe consumido muito de sua vontade, dizimando sua força de vontade, se ele não fosse uma montanha de resistência teria cedido, ficado louco ou se atirado na luz do sol, mas não. Ele é Tristah o Senescal Giovanni de Las Vegas, e aquilo soa estranho quando ecoa na sua mente, agora cheia de indagações.
Ele vê sobre a mesa sua agenda noturna, enviada através do E-mail corporativo, alguns reports do departamento Financeiro coma renda e resultados do Bellagios, Alguns comunicados do TI todos dando informação a respeito de uma manutenção no sistema, e claro reports do Chefe de Segurança a criança de Bugsy, John Sygan, todos em caráter de urgência.
Naquele momento o telefone da suíte toca insistentemente, como estava programado no terceiro toque cai na secretária.
- Senhor Friedmam, aqui é Melvin Berguerstone do International Zurique Bank, recebi uma ordem de trust, e precisamos da confirmação do senhor.
Tristan fica curioso diante do gerente do Zurique entrar em contato, geralmente é um banco a qual o Bellagios deposita vultosas quantias de dinheiro sujo, que é lavado e levado de volta apra os Estados Unidos, e solicitações de transferências é algo raro. Friedmam é um gerente financeiro que atualmente está de férias no Caribe.



avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Aradia em Dom Maio 22, 2016 11:47 am

Vou continuar.
avatar
Aradia

Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 26
Localização : Uberlândia - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Dom Maio 22, 2016 3:19 pm

Finalmente estava recuperado. Com a mente sã, nada mais importava ao Ceifador. Penou demais nas mãos infortunas por não nutrir de energia mental. Mas agora estava num novo patamar. Por mais estranho que soasse na própria mente ser um Senescal, não ligava quase nada para a Camarilla. Um título fugaz, numa cidade descartável, apenas isso. De pé, teve alguns devaneios, como Valérius não confiar mais... Balançou a face em negação, afinal, Thorn fez grandes feitos desde quando chegou em Vegas, ajudando Valérius em todos os sentidos, por isso mesmo o Milenar Renegado possui uma dívida de gratidão com o Necromante. É um fato notável, que abriu um tênue sorriso do Giovanni.

Questões burocráticas faziam Thorn perder o foco. Por isso, não tomaria conta disso, transferiria tudo para Antonella Giovanni. A prima de Tristan, que também é sócia e diretora-geral da Thorn Corp. Nella estava livre para contratar uma consultoria para gerir assuntos do Cassino, onde tudo será devidamente auditado, estudado, filtrado e comunicado para o Necromante, que apenas decidirá as coisas. Já com Valérius, finalmente proferiria:

- Eu estou aqui, Valérius. Como conversamos anteriormente, creio que passei no seu teste de lealdade. Então, vamos direto ao ponto, conte-me a VERDADE por trás de todas essas ações. Eu irei assumir o posto de Capitão de suas tropas e lhe servirei com lealdade e dedicação. Também irei administrar toda a construção e gerenciamento da nossa Fortaleza, enfim, eu já prolonguei, diga-me o que deseja – as palavras do Ceifador saíam com naturalidade e calma.

avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Aradia em Dom Maio 22, 2016 8:03 pm

Era como se eles achassem que poderiam impedi-la de sair dali. ”Não mesmo.” Desde que entrou ali, ela já tinha estudado tudo*, o material de cada revestimento e cada rota de fuga, devidamente planejada. Foi até lá de livre e espontânea vontade e não seria tratada como prisioneira. Cassandra sabia exatamente como era ser um bom anfitrião e, esse pessoal, definitivamente não era. Como quem sofre de TOC, aquilo incomodava a Cainita como um fino objeto perfurante transpassado em seu corpo.

O clima mudou com aquela ligação. Como se eu não fosse mais problema daquele imbecil agente. Aguardou, teria que ver como seria o desenrolar da história.

Estava boquiaberta com tamanha beleza. A pele, o corpo fora de padrão, e os cabelos que emolduravam o rosto com formato doce. Nem as roupas pesadas conseguiam esconder o rosto delicado. Sentiu vontade de tocar a pele dele. Não queria parar de olhar, quando, fatalmente percebeu que não se tratava apenas de apreciar a obra divina. Ela estava sendo alvo do primeiro passo do dom que nutria. E o fato de ser afetada por seu próprio veneno era humilhante e devastador**. Esticou as mãos para cumprimentá-la. Gastando suas forças mentais pressionou a bela Cainita. - Abra mão do seu dom. Ou, ao invés de conversarmos, terei que força-la a parar de usar seu fascínio sobre mim. Com olhar frio e voz feroz¹, ela interrompia a apresentação da Facínora.

Tendo em vista que a Baronesa tenha abdicado de usar o poder naquele momento ela continua soltando a mão da Mulher. - Sim, você sabe meu nome. Mas, eu não sei o seu. Ninguém te deu modos mocinha? Não estou aqui de prisioneira, vim até este lugar porque eu quis. Se eu, por um momento achasse que não teria condições de sair daqui a hora, não me aventuraria. Não se iluda. O tom ainda era firme, porém agora, era mais sutil. - Eu não me importo com a situação da Camarilla. Eu me importo com o nosso acordo e, a menos que, vocês consigam trazer minha carniçal até mim. Não vou ajuda-los em nada. Com eles eu me entendo, como o fiz antes. Ela dá as costa a Cainita confiando em seus sentidos aguçados para dar-lhe a visão necessária através de outros órgãos sensoriais.


¹ Teste de intimidação.
² Leitura de Aura na Rebecah.
*Por favor, gostaria da descrição detalhada do lugar.
** Gasto 2 PDS em força e 1PDS em destreza.
avatar
Aradia

Data de inscrição : 27/04/2010
Idade : 26
Localização : Uberlândia - MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Seg Maio 23, 2016 12:15 pm

Lincoln Duarte Nobrega
Pontos de Sangue: 11/12
Força de Vontade: 8
Estado de Existência: Normal


Rodovia 15 Norte. Deserto do Mojave Estado do Nevada
47 Km de Las Vegas.

O motoqueiro estava algumas horas pilotando pelas rodovias federais do oeste americano, a ultima cidade Glenhill era um pequeno povoado do qual o motoqueiro grandalhão apenas se lembrou de sua refeição, um turista metido a besta que foi depositado em uma caçamba de lixo, e que provavelmente so vai se lembrar de ter sido roubado por caipiras.
O vampiro Brujah havia se esquecido de quão longo as estradas no meio do deserto eram, e o Mojave era um verdadeiro inferno, só que a temperatura era digna do ártico, ele sente no rosto o vento congelante, seu corpo morto era açoitado pelas rufadas violentas do frio congelante do Mojave noturno, se não fosse pelos óculos escuros seus olhos teriam mais areia que a porra do Saara.
Entediado ele se resignou e sentiu o desconforto de ficar sentado tanto tempo em sua poderosa motocicleta.
Ele ponderou um pouco a respeito daquele maldito Ventrue que o ferrou e das diferenças entre Brujahs e Ventrues, após seu abraço o sangue Brujah tem falado mais alto, ele tem sentido uma paixão ardente pelas coisas, afastando traços outrora racionais de sua personalidade.
Ele ponderou tempos atrás não passar a eternidade odiando alguém, mas a paixão ardente queimava seu peito, rasgando qualquer aspecto racional de uma forma que o deixava ainda mais furioso, seu senhor deu risada quando conversaram sobre isso.
" É Nosso sangue garoto."

Ele afasta aqueles pensamentos ao ouvir as sirenes logo atrás dele, havia passado por uma base militar, no retrovisor ele vê oc arro do Xerife, isso ainda muito por alto, tendo em vista que o maldito além da merda de sirene manteve um farol alto, alguém devia multar esse pelego. Então o oficial dá dois sinais na sirene, dando ordem para que o viajante encoste.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Seg Maio 23, 2016 12:28 pm

Tristan Thorn
PDS 5/15
FV 10/10 .
Vitalidade: OK

A voz do Giovanni se eleva de forma razoável, sem parecer desespero ou um grito de desespero, mas de alguém que buscava apoio, ou no minimo resposta. Sabia que os mais antigos passavam longos períodos em torpor, o próprio Valerius segundo suas suspeitas estava adormecido a muito tempo tramando depor Bugsy e assumir seu lugar, mentes antigas planejam as coisas em medidas de tempo que deixam os mortais escandalizados e membros mais jovens profundamente irritados.
O plano de se tornar o capo das forças de Valerius era o fille Mignon de tudo isso, com Diego por trás nada poderia impedir, poderia exercer um poder imenso na Mortalha, angariando almas e em breve muito provavelmente outros Giovanni iriam querer usar as linhas para contrabandear drogas e fazer fortunas nos cassinos de Vegas.

Mas diante da indagação de Tristan, apenas um silêncio.

Em seguida uma forte batida na porta sucede o silêncio.
- Senhor sou eu, John, precisamos conversar, temos alguns problemas.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Seg Maio 23, 2016 4:29 pm

A Retomada de Vegas.

Ato II
Afiando as Garras.

Boris caminhou lentamente pela entrada principal da casa, tão suavemente quanto um felino, em verdade ele tinha muitos aspectos felinos na sua personalidade e um olhar selvagem como de uma fera encurralada, resultado de inúmeros Frenesis, na maioria deles a serviço da Torre de Marfim, e cá está ele mais uma vez, orquestrando a parte bélica da coisa, ele já fez uma boa limpeza na cidade, eliminando possíveis aliados que o falso príncipe fosse pedir socorro.
O departamento de polícia já estava sobre seu poder, ele andou pela casa de classe média baixa, a família foi fazer uma viagem premium de ultima hora, tudo claro pago pelos agentes da Camarilla para construir uma base de operações longe da Strip Boulevard e dos cassinos.Boris conseguiu a anuência da máfia, ninguém irá intervir, porque sabe que uma guerra vai estouras nas ruas, caso a máfia entre eles serão dizimados pelas forças da Camarilla, ele e Lucinde fizeram uma última ronda antes do grande ataque.

- Com licença. Disse ele com um tom pesado enquanto olhava para o Ventrue sentado na escrivania conversando com o secretário de defesa para pedir mais recursos para o FBI e CIA, tudo isso sobre a fachada de caçar mafiosos e sonegadores fiscais.
Na verdade a casa Branca estava mais preocupada com a sonegação fiscal, o que de brinde forçou Jan Piertezoon a ativar a agentes da Receita Federal, todos funcionários do Federal Reserv.

- Conseguiu alguma coisa? Indaga Boris para o Ventrue.
Jan apenas estende o dedo indicado mandando o Gangrel se calar, aquilo irrita profundamente, ele já havia trabalhado com o Sangue azul na antiga União Soviética, o mesmo tipo de trabalho um príncipe louco que ia ser deposto, o mesmo modus operandi, mas com mais diversão, no leste europeu podia rasgar mortais e vampiros ao meio que ninguém ia encher o saco. Mas com a Justicar na cola deles, tudo tem que ser feito e planejado minuciosamente, e com o minimo de sangue derramado possível.

- Sim, consegui mais homens, e a força nacional virá para a cidade na próxima noite,atacaremos durante o dia, a noite você, Lucinde e Lucius o Arconte terminam o serviço atacando a mansão de Bugsy, o Bellagios, assumiremos amanhã a noite, mas vou conversar com o Giovanni antes, ele parece ser um homem de negócios. Diz o ventrue desligando o telefone e entregando um documento para Boris.
- Que isso? Indaga o Gangrel entre os dentes cerrados, ele odeia aquele almofadinha, não se curva nem diante da Justicar porque o faria para ele?

- Solicitação para incluir Valerius na Lista Vermelha.
Ao ouvir isso um sorriso languido se fez presente no rosto pálido de Boris, que previa uma carnificina.

Até que enfim diversão.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Askalians em Ter Maio 24, 2016 1:13 am

Lisandra Eckhart



Aquela situação era algo realmente que ninguém gostaria de estar, sendo imortal ou não. Um carro desligado e que parecia não querer voltar a funcionar no meio do deserto e do nada só poderia fazer com que a vampira saísse dele e resolvesse caminhar a pé, mas não ainda.

“Será mesmo que vou ter que fazer isso!? A escuridão não é o problema mas, vai lá saber...”

Como que se um mosquito ou alguém tivesse atirado algo nela, ela simplesmente se sente estranha, tendo aquela visão estranha do deserto iluminado e afins. A mulher tinha um bom senso bem apurado e analisava muito as situações antes de fazer qualquer coisa. Imediatamente pensou que aquilo poderia se tratar de uma alucinação provocada por alguém e ela iria fazer de tudo e bem sabiamente para não cair.

Como parece que ela desperta de um sonho ruim com aquelas luzes no seu rosto, aquilo a deixa irritada, mas antes de ter certeza de estava dormindo ainda, desacordada ou simplesmente acordada, resolve agir com cautela para evitar problemas, principalmente quando o estranho homem, que não tinha certeza ainda se era real ou não estava parado ao lado de seu carro.

- Boa noite senhor. Estou precisando de um guincho e um telefone na verdade...poderia me ajudar?

E ela faz aquela expressão fofinha de garotinha indefesa que precisa de ajuda.

“Se ele der uma abertura já era... kkk”
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 31
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Ter Maio 24, 2016 12:12 pm

Rebecca Delorde
PDS 12/13
FDV 7/7
Vitalidade. OK


A jovem vampira vê apenas o vulto de frente para o Laquinta Hotel, o discreto prédio na margem de Las Vegas, a rua escura está imersa em silêncio, o lugar foi escolhido a dedo para suportar a reunião dos Tremere, discrição é um atributo vital.

Rebecca se decepciona ao avistar um Tremere na rua, mas imediatamente o reconhece, não se trata de Rezek, mas Terrence um vagabundo intimamente ligado as decisões da alta direção da Camarilla e do Clâ, oficialmente ele não ocupa cargos como o Astor Stanislav, mas é um vampiro temido por onde quer que passe.
Seu domínio de Taumaturgia e sua capacidade em gerenciar crises era algo que ecoava pela seita, isso era algo publico, até mesmo para alguém respectivamente jovem como Rebecca.

Quando ela estaciona se sente mais segura, o vampiro tem estatura mediana, usa roupas escuras, com o corpo tatuado, runas e simbolos antigos, ele é careca mas possui sombracelhas grossas, aspecto cadavérico, ele assusta Rebecca com seu ar soturno.

- Olá senhorita, estava te esperando. Diz ele abraçando a neófita.
- Vamos entrar, temos pouco tempo disponível.
Como ele pode saber, será que Stanislav disse algo, o telefone, Stanislav estava com um telefone.

avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Ter Maio 24, 2016 12:24 pm

Lisandra “Liz” Eckhart
Pontos de Sangue: 13/15
Força de Vontade: 6/10
Localização: Em uma estrada escura



O homem salta do carro, um senhor de meia idade, cabelos brancos usando óculos de grau, traja um terno discreto de cor cinza.
Ele é branco e tem um ar cansado, barba por fazer e tem um ar de professor universitário, um ar intelectualizado.
- Posso te dar uma carona, senhorita, aliás estamos em perigo.
Aquelas palavras perturbaram profundamente a Setita, se ela achava ser coincidência seu carro parar na estrada, agora ela sabe que existe algo por trás, alguém.
Ela sabe que as intrigas dos Membros são meticulosas, e combinadas com seus dons de sangue, podem ser algo que transmuta totalmente a realidade, e agora Liz se vê presa no plano sombrio de alguém, aliás eles tem até um nome para isso.
Jyhad.

- Senhorita, eu devo insistir, alguém deseja falar com a senhorita, assim que ele soube que estava a caminho de Vegas, eu demorei algumas horas para lhe achar.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Lord_Suiciniv em Ter Maio 24, 2016 12:50 pm

" Era só o que me faltava, a policia no meio desse fim de mundo... "

Eu então começo a desacelerar a moto e puxa-la para o acostamento, onde eu estaciono e sem desligar a moto, espero que o policial se aproxime para fazer seu trabalho.

- Algum problema, oficial? - Mantinha a calma e ativava os efeitos do fascínio contra o policial que viesse falar comigo, ao mesmo tempo que levantava a viseira do capacete e abria um sorriso inocente.

avatar
Lord_Suiciniv

Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Minha casa...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Black Thief em Ter Maio 24, 2016 1:19 pm

Quando a jovem predadora se aproximou melhor reparou que não se tratava do chamado "Bruxo vulgar", ao menos não as descrições que ela tinha do mesmo, mas sim um outro homem que ela mesma já tinha conhecimento mais pleno: Terrence, um outro feiticeiro que não só era de alto círculo em sua posição na Família como também tinha influência viva na Camarilla em geral. Era melhor, alguém que Rebecca tinha um pouco mais de informação, mas mesmo sendo melhor por meios lógicos, a Feiticeira não podia deixar de sentir um temor daquele homem fúnebre, o que significava que ele podia ser muito perigoso até mesmo para alguém que fora ensinado a ser perigoso forçadamente, como Rebecca, e pelo mesmo motivo ela não contraria o cumprimento com o abraço que ele o faz, retribuindo, fazendo o máximo para não expressar o leve temor, lembrando dos ensinamentos do tratamento intensivo do dr. Durant, embora que o tipo de criatura que estava lidando o tratamento não tinha como prever.

Ele parecia já demonstrar conhecimento que realmente acontecia, ou seria apenas a urgência de Rebecca que era tão transparente a fim de já crer que realmente ela poderia estar falando realmente sério apesar de ser uma neófita? Não sabia, mas era provável que não pois ele já sabia que a neófita vinha.

Ela lembrava que Astor tinha ligado o seu telefone e deixado em atividade enquanto falava com o suposto Príncipe, poderia ter sido para gravar a conversa, ou para deixar alguém com o conhecimento da mesma através do viva-voz, talvez os dois. Rebecca não tiraria conclusões precipitadas e concorda com Terrence sobre entrarem. Iria acompanhar Terrence que compreendia a urgência da situação fosse da forma que fosse, era melhor começar a falar quando estivesse com todos e quando lhe fosse dada a palavra.

_________________
avatar
Black Thief

Data de inscrição : 11/02/2011
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Tristan Thorn em Qua Maio 25, 2016 8:02 am

Compreendeu o silêncio de Valérius e apenas acenou positivamente com a face. Tudo a seu tempo, o mais difícil, que é a gratidão do Renegado, Thorn já conseguiu. Quando o Chefe de Segurança apareceu, o Ceifador o olhou com um certo desdém, mas logo corrigiu o olhar para algo mais compenetrado.

- O que houve, John? Que tipo de problema? – indaga o Necromante, demonstrando calma. - Vamos até minha sala. Valérius, até breve – com um aceno de mão, saiu do recinto juntamente com Cygan. Ambos caminharam até a sala onde Thorn atua como Senescal, que foi devidamente preparada para recebê-lo. Depois de fechar a porta, aproveitou que o recinto é hermético, totalmente vedado, ninguém conseguiria escutar a conversa e, se meios eletrônicos de espionagem estivessem sendo utilizados, um lindo aparelho presenteado impediria quaisquer informações, apenas chiados. - Diga, Cygan – sem olhar para o Chefe de Segurança, o Ceifador já estava sentado na confortável poltrona.
avatar
Tristan Thorn

Data de inscrição : 19/03/2010
Localização : Veneza

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Askalians em Qua Maio 25, 2016 8:23 pm

Lisandra Eckhart


Observa o homem e ainda cha tudo aquilo muito estranho e sem explicação inicialmente.

“Um idoso no meio do deserto... sei sei... e que do nada me ajuda... aham.. sei...”

- Acho que prefiro chamar um guincho... e.. perigo!? O que quer dizer!?

Acaba fingindo de desentendida por achar que aquilo seria algo mais prudente naquele momento.

“Sabia que não tinha como esse carro pifar... eu sabia..”

- Se existe alguém que quer falar comigo quando soube que eu viria, esse alguém sabe que não vou confiar em um senhorzinho me aparecendo no meio da estrada.

“Sou loira mas não burra e nem nasci ontem também...”
avatar
Askalians

Data de inscrição : 21/02/2016
Idade : 31
Localização : between life and death

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por @nonimous em Qui Maio 26, 2016 12:56 pm

Lincoln Duarte Nobrega
Pontos de Sangue: 11/12
Força de Vontade: 8
Estado de Existência: Normal





O policial usa roupas de um Ranger/Patrulheiro, se trata de um policial rodoviário, é um homem tão alto quanto Lincoln, mas não tão forte. Ele caminha vagarosamente até a moto do Brujah aventureiro, ele empunha uma lanterna em uma mão e mantém uma mão na arma que está na cintura.

" Documentos do senhor e do veículo senhor"  A voz do oficial sai de forma altamente profissional, sem nenhum sentimento, forte firme como qualquer militar faria na abordagem, o vampiro já está acostumado com procedimentos policiais, e esse não será o último.
Nesse momento Lincoln flexiona sua vontade interna para criar um magnetismo sobrenatural sobre o policial rodoviário, ele se concentra e sua habilidade de Fascínio emana de seu rosto como perfume, deixando as coisas mais amenas, menos tensas, fazendo com que o oficial fica mais propenso a indulgência.

A situação não parece estar favorável para Lincoln:

- Senhor, desça da moto e apresente seus documentos. Dito isso o oficial destrava a arma do coldre localizado na cintura.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: LAS VEGAS - O CONDADO DE CLARK - 01 Grande Las Vegas & Mojave Norte

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum