Leon Heizen N'Diaye - Gangrel AT Saba

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leon Heizen N'Diaye - Gangrel AT Saba

Mensagem por Undead Freak em Ter Nov 11, 2014 1:51 am

1. Dados

Nome: Samuel Dante
Personagem: Leon Heizen N'Diaye
Clã: Gangrel Urbano
Natureza: Monstro
Comportamento: Criança
Geração:8
Refúgio: Casa da Katrine
Conceito: Criança
Idade Aparente: 10 anos
Idade: 100 anos
Experiencia: Gasto 140/ Ganho 140
(+ 75xp pago ancillae)




2. Atributos 9/6/4

Físicos(4 Pontos)
- Força: 2 (1 Ponto com Experiencia)
- Destreza: 4
- Vigor: 2

Sociais (6 Pontos)
- Carisma: 2
- Manipulação:4(Convincente)
- Aparência: 3

Mentais (9 Pontos)
- Percepção: 4 (Atento)
- Inteligência: 4 (Analítico)
- Raciocínio: 4 (Emboscadas)




3. Habilidades 16/11/7

Talentos(16 Pontos)
- Prontidão: 2
- Esportes: 2
- Briga: 3
- Esquiva: 3
- Empatia: 2
- Expressão:2
- Intimidação: 2 (5XP Gastos)
- Liderança:
- Manha: 2
- Lábia: 2 (1 Ponto Comprado com Experiencia)

Perícias (11 Pontos)

- Empatia c/ Animais: 1
- Ofícios:
- Condução:
- Etiqueta: 2
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas: 2 (Comprado com XP)
- Performance: 3
- Segurança: 3 (Comprado com XP)
- Furtividade: 4 (Mover-se em Silêncio) (2 Pontos Comprados com Experiencia)
- Sobrevivência: 1

Conhecimentos (7 Pontos)
- Acadêmicos: 2
- Computador:
- Finanças:
- Investigação: 2 (Gasto 2x)
- Direito:
- Linguística: 2(Francês, Alemão, Inglês)
- Medicina:
- Ocultismo: 2
- Política:
- Ciências:




Vantagens

Antecedentes (8 Pontos)
Geração: 5( 5 Pontos Normais)
Mentor: 4 (2 Pontos Normais + 2 Ponto bônus)
Recursos: 3( 3 Pontos Bônus)
Status Saba: 2 (1 Ponto normal + 1 Ponto Bônus)

Disciplinas (6 Pontos)
Ofuscação: 4 (1 Ponto Gasto)(3 Pontos Comprados com Experiencia)
Metamorfose: 4 (1 Ponto Gasto)(3 Pontos Comprados com Experiencia)
Fortitude: 3 (3 Pontos Comprados com Experiencia)
Potencia: 2 (2 Pontos Comprados com Experiencia)
Rapidez: 4(4 Ponto Gasto)

Virtudes (7 Pontos)
- Consciência: 2
- Autocontrole: 3
- Coragem: 5

5. Virtudes



Demais Informações

Humanidade: 5

Força de Vontade: 8(3 Pontos bônus)

Qualidades e Defeitos
Sentido Aguçado - Olfato, Audição (2 ponto Qualidade)
Aura Enganosa (1 ponto Qualidade)
Rubor de Saúde (2 pontos Qualidade)
Voz Encantadora (2 pontos Qualidade)
Santidade (2 pontos Qualidade)
Frieza Lógica (1 ponto Bônus)
Resistência a Magia (2 pontos Bônus)

Defeito(7 Pontos Defeitos)
Criança (3 pontos de defeito)
Estatura Baixa (1 ponto Defeito)
Impaciente (1 ponto Defeito)
Sono Pesado (1 ponto Defeito)
Compreensão Falha (1 ponto Defeito)

6. Prelúdio
Observações
- Recurso se refere a minha mentora, ao qual ainda cuida de mim.
- Marcas de Frenesi estão na imagem



1915... A morte

Por volta do ano de 1900 a pequena cidade de Broksfield no estado da Pensilvania tornou-se um polo estratégico do Sabá. Varias fazendas de café e algodão tornaram-se quarteis generais de bandos que recebiam cainitas de todas as partes do país.  O sanatório de Saint Claire passou a ser comandado pelo Lasombra Ladislau Petrus, conhecido como um dos grandes criadores dos rituais da seita. Por varias vezes, em seus estudos, usava o gado para testes cruéis em rituais mentais.

A fazenda de algodão dos Heizen N'Diaye era umas das ultimas fazendas ainda ativas na região. Afastada da cidade e próxima ao sanatório, o local, seus donos e trabalhadores acabaram tornando-se alvo dos experimentos de Ladislau.

Em uma noite inverno de 1915 a fazenda Heizen N'Diaye  foi vitima de um ataque organizado. Pessoas foram sequestradas e levadas para alas secretas do sanatório e todo o resto foi destruído num imenso incêndio proposital que não deixou vestígio nem quem contasse sua estória. Ao menos era o que Ladislau pensava.

Leon Heizen N'Diaye crescera cercado de tutores que lhe prepararam para tudo menos para o pior. Ele tinha 10 anos na noite do incêndio, corria pelos corredores da casa, obedecendo as ultimas palavras de sua mãe moribunda. Ele nunca se esqueceria daquela voz lhe dizendo que corresse e nunca mais voltasse. O garoto tenta esconder-se, mas não pode suportar quando a fumaça tomou conta do lugar. Gritava mas não conseguia respostas, a floresta era sua única salvação. Cansado, com fome e mentalmente exausto ele cai.

Alguém familiar aproximava-se e alentava sua face naquele momento de tristeza à medida o garoto perdia a consciência. Antes que seus olhos se fechassem ele distingue uma figura. Era Eliza, uma das empregadas, junto dela havia outra figura, mas Leon não a reconhecia. Ele apenas as ouve conversarem sobre ele ser perfeito, ouve a palavra filho ate que adormece.

Eliza era a carniçal de Katarine, uma anciã Grangrel que viera com as primeiras expedições do sabá par ao local. Eliza tinha trabalhado na mansão em que o garoto viva para vigia-lo, “o escolhido de katerine”. A anciã havia visto em Leon o filho que havia perdido em uma cruel batalha anos atrás. Seus olhos, seus cabelos loiros, sua face branca eram idênticas ao do garoto vampiro mortas. A sensação da fagulha maternal crescia novamente dentro dela, o filho que havia perdido, a criança que pensou não poder mais ter. Seus olhos brilhavam com a possibilidade que desta vez ela iria cuidar e proteger sua cria. Talvez a escolha da fazenda por Ladislau não tenha sido tão ao acaso assim, mas ninguém nunca saberia.

1915  a 1917 ... Aprendizado

O destino se tornou incerto depois, como também egoísta, significado de muitas novas se abriam diante dos olhos de Leon, palavras como carniçal e membro passaram a pertencer ao meu linguajar. Mas o infindável fato era que "vampiros" existiam, e eram tão egoístas como qualquer humano que ele já chegou a conhecer. Mentora, criadora, progênie, cria. Um belo significado quando você é marcado para se tornar um "sangue-suga", outra criatura tão egoísta quanto qualquer outro humano, que apenas visava ao de seu interesse e zelava por aquilo que queria. Algo comum. Ainda assim algo que Katerine não havia previsto... Ela o ensinava como a uma criança, com historias, quase fantasiosas, sentado em seu colo apenas ouvindo. O Abraço tinha vindo muito antes do normal para um vampiro, e isto fazia com que seu desejo maternal ficasse ainda mais forte por causa da aparência, o que a fazia atenuar ao lhe contar e ensinar sobre o mundo cainita, isso provavelmente o prejudicaria algum dia no mundo em que iria entrar.

Durante o aprendizado Leon havia se mostrado realmente genioso, não seria diferente dele mesmo se não fosse assim, seria como trair a si próprio. Ainda isso não muda o fato que Katerina havia lhe dado uma nova vida e cuidava do mesmo... Talvez ela tivesse alguma carência maternal acentuada. Receber os treinamentos e conhecimentos que Katerine lhe dava eram exaustivos, para todos os fins Leon ainda era uma criança e muito daquilo não compreendida ou simplesmente não queria aprender, talvez por birra ou achar extremamente chato, o único motivo que Leon ainda continuava tentando era por desejar encontrar quem havia feito aquilo com sua família.

1937... A vingança...

Leon caçava-os, treinava, buscava e novamente voltava a caçar, se aperfeiçoando como um predados, um objetivo singelo de sua minha vida, algo que findaria seus assuntos pendentes quando humano. Achar os desgraçados que haviam destruído sua família. Era incerto e confuso, não haviam mais corpos. Onde as empregadas e empregados tinham ido parar? Como acha-las? Leon já vagava pela noite a algum tempo, se aperfeiçoando, para que pudesse dar encerramento dessa pendencia...

...

Jakie e Lizz eram  empregadas de minha casa, presas juntas em um dos quartos do manicômio, tendo suas mentes torturadas naqueles experimentos conduzidos por Ladislau. "Sombras. Sombras por todos os lados". Um dos guardas a puxava pelo braço. Começando-a forçar sobre a cama. Meus olhos observavam a cena de dentro da sala em silencio enquanto segurava a mão de Katarine, estavam ofuscados, havia um certo desprezo nos olhos dela ao observar a cena. Katarine se abaixava em meu ouvido e murmurava. " Ele foi um deles Leon, que invadiu sua casa."

Os olhos de Leon brilhavam mais uma vez. Vingança? Ódio? Raiva imensurável? Não, apenas o Desejo de findar os assuntos inacabados, assuntos mortais, apenas o desejo inocente de livrar o fundo dos porcos, porcos que caminhavam sobre duas pernas... Leon aproximava-se com os braços ao redor dele,  devagar, chegando ao pescoço, abria a boca e cravava os dentes para arrancar um pedaço de carne. O guarda caia morto no chão, tingindo o chão de vermelho.

Leon se aproximava das duas, com olhos avermelhados e boca coberta de sangue. Depois de dois anos morto, o pequeno gangrel nunca se sentia tão vivo... "Lizz e Jakie", se aproximavam observando-o de forma doce, haviam cuidado de Leon toda sua infância, e agora não passavam de pequenos animais assustados, buscando contato com algo familiar. Aquela noite o hospital, o manicômio havia tomado novas cores, tingindo as paredes de vermelho, Leon havia entendido, sombras haviam torturado suas mentes. Mas por que?

1935... Sombras

Já faziam vinte anos em que Leon estava preso em um corpo minusculo, era uma criança nos olhos de qualquer um que os sobreposse a ele.  "Criança da Noite", essa expressão nunca parece engraçada, ainda mais quando se torna literal. Katerine e Leon dormiam juntos, ela lhe agarrava como se fosse um filhote recém-nascido. A noite chegava e Katerine saia para caçar e apenas ficavam ali Leon e o Bispo, assuntos inacabados. Leon e o Bispo conversavam, seu tormento eram as sombras que Leon buscava encontrar a mais de uma década, caçando-as, finalmente eles vinham a tona.

O Lassombra, Ladislau, "O covarde não detinha da coragem ou da força para ferir, atacar o Bispo frente a frente, era fácil perceber seus planos sorrateiros, enfraquecer sua reputação, criar a duvida incitar a sua fraqueza para derruba-lo". E o que eram essas sombras? As sombras. Elas se esgueiram através da noite. Falando. Tentando  corromper. Fazendo a cabeça de suas vitimas arder. Gritar. Elas suspiravam. Murmuravam. Palavras ininteligíveis. Confusas. Distantes. Fazendo-os gritar. Matar.

Todas aquelas mortes haviam feito parte de experimentos, mentes despedaçadas com um único objetivo, derrubar o homem que estava a frente de Leon, roubar sua força e tomar seu lugar, usadas contra o Bispo, para que duvidarem da capacidade de comandar, para que sua existência exprima fraqueza e que facilmente possa ser arrancado e despedaçado enquanto  Ladislau clamaria seu lugar. "Leon Heizen N'Diaye, se tornava paladino do Sabá". O Pobre atormentado Bispo as vezes mal conseguia mais distinguir entre as sombras e a realidade. Agora o ritual de Ladislau estava pronto e sendo usado. Mas talvez eu fosse a equação improvável em seus planos, um erro que sobreviveu e que caçava-o.

1978... A Caçada

Tantos anos. Leon havia se aperfeiçoado para caçar Ladislau, apenas para caça-lo, sua vontade precisa estar forte para confrontar seus Rituais, mas não apenas isso, por mais que tivesse precisado treinar um pouco suas habilidades físicas para combate-lo, muito mais a capacidade para se aproximar dele,  Ladislau não era do tipo em que deixava-se pistas soltas, apenas podia contar com que viam ou ouviam, boatos e conseguir essas informações, para isso ele estava pronto. Sua mente precisava resistir ao tormento ou se tornaria igual a "Lizz e Jakie", animais assustados se encolhendo no chão, procurando algo familiar em que se agarrarem.  Leon se aperfeiçoava, Ladislau era tão difícil de se achar como procurar uma agulha em um palheiro, precisava acha-lo e não ser visto, pois toda vez que falhava, Ladislau desaparecia sem deixar vestígios por anos, descobrir seu paradeiro exigia mentiras, farsas e que nunca soubessem quem eu era.

1915... A morte...

Por mais de trinta anos Leon o havia caçado desde aquele dia ao lado do Bispo. Sua não-vida tinha um único sentido até aquele momento, uma unica caçada para findar, pendencias. Caçava Ladislau em seu próprio nome por vingança e em nome do Bispo Robert Alexy como seu paladino, tantos anos vividos por vingança, tantas noites vagando nas sombras das próprias sombras buscando-o, mentindo e para obter informações sobre aquele rato e finalmente o tinha em minhas mãos. Suas pequenas e singelas mãos seguravam Ladislau, seu cadáver pálido e disforme, soltava, um "back" surdo ao cair no chão.

Leon se afastava com seus lábios cobertos de sangue, havia sido sua primeira diablere, "não havia nada mais justo do que tomar sangue dos seus inimigos, nem nada mais justo do que a vingança".

"Assuntos pendentes não devem deixar pontas soltas."

2000...  A não-vida

Havia crescido, não fisicamente, mas aquela lição que recebi havia me ensinado, eu era um predador, aqueles que se opunham a mim eram caça. E eu caçava e caçaria todos aqueles porcos que tentavam se envolver em suas correntes de perolas, Pilar, torre sejam como fosse aquilo que chamam, apenas imagina como um grande chiqueiro, não eram pouco melhores que o monstro que eu havia caçado, eu iria faze-los pagar, todos e qualquer um que me lembrassem Ladislau ...
SPOILER:
Spoiler:





---------- Metamorfose 4 ----------
Metamorfose 4 - Forma de Combate - Tigre- Vantagens
Força:3
Destreza: 7
Vigor: 3
Ataque Garras: Força + 1
Ataque Mordida: Força + 2
Deslocamento: Corrida [(20+ ([3xDestreza]))x2 metros por turno.]
Forma de Combate mais aguçado olfato. As dificuldades de todos testes de Percepção são reduzidas em dois.
Articulações-Flexíveis.
Garras Retrateis .

SPOILER:
Spoiler:

- Forma de Fuga: Morcego
Força: 1
Destreza: 6
Vigor: 3
Peso: 1 Kg
As dificuldades de todos os testes de Percepção baseados na Audição são reduzidas em Dif 3.
Ataques feitos contra ele são feitos com +2 na dificuldade devido ao tamanho reduzido.




7. Banco de Dados

[01/11/13]  - Ofuscação 1 - 2 -> (5 XP)
[01/11/13]  - Ofuscação 2 - 3 -> (10 XP)
[01/11/13]  - Ofuscação 3 - 4 -> (15 XP)
[01/11/13]  - Metamorfose 1 - 2 -> (5 XP)
[01/11/13]  - Metamorfose 2 - 3 -> (10 XP)
[01/11/13]  - Metamorfose 3 - 4 -> (15 XP)
[01/11/13]  - Fortitude 0 - 1 -> (10 XP)
[01/11/13]  - Fortitude 1 - 2 -> (7 XP)
[01/11/13]  - Fortitude 2 - 3 -> (14 XP)
[01/11/13]  - Potencia 0 - 1 -> (10 XP)
[01/11/13]  - Potencia 1 - 2 -> (7 XP)
[01/11/13]  - Furtividade 2 - 3 -> (4 XP)
[01/11/13]  - Furtividade 3 - 4 -> (6 XP)
[01/11/13]  - Labia 1 - 2 -> (2 XP)
[10/11/13]  - Força 1- >2 (4 XP)
[10/11/13] - Investigação: 1 -> 2 (Gasto 2x)
[10/11/13] - Intimidação 0 > 2 (5XP)
[10/11/13] - Armas Brancas 0 > 1 (3XP)
[10/11/13] - Armas Brancas 0 > 2 (2XP)
[10/11/13] - Segurança 2 > 3 (4XP)

Ganho de XP
avatar
Undead Freak

Data de inscrição : 02/05/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum