BRIGA NO BAR - II

Ir em baixo

BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Dylan Dog em Seg Jun 23, 2014 1:47 pm

Em New York, em um bairro violento e periférico, cainitas se reúnem em um bar chamado "La Proposta".
O dono do bar é o La sombra Kurt Marshall. Um cainita amargurado mas que trata bem seus clientes. Não muito raramente ocorrem brigas no seu estabelecimento, não que ele se importe, na verdade, essa é a grande atração do bar.
Marshall criou o campeonato "The last stand Kindread", onde o último cainita vivo paga a conta da reforma e ganha um suplemento vitalício de "True BloodMary", o drink para cainitas.

A noite está meio tranquila, o bar abriu uma hora atrás. Os primeiros clientes começam a chegar...









OFF: Postem suas chegadas. O objetivo aqui é diversão.
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Gam em Qui Ago 21, 2014 10:39 am


Um rapaz de aparência casual e tranquila entra no bar. Nada muito empolgante para um primeiro desafiante. Completamente desarmado (será que se garante tanto assim?) ele caminha com as mãos nos bolsos até o balcão, onde apoia-se para sentar. Sem nenhum outro desafiante, por enquanto, ele puxa um papo com o dono.

- Espera, você não tinha morrido? - Gil se assusta, agora que olhou bem para o rosto do infeliz.

_________________
... só pode ser os nóia!
avatar
Gam

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Magnus em Qui Ago 21, 2014 11:35 am

O homem gigante pára na frente da entrada no recinto. Checa no pedaço de papel amassado o endereço, está no lugar certo. Discreto como deve ser, calmo como não costuma, ele supõe.

O campeonato "The last stand Kindread" deve distrair a não-vida do guerreiro, que não encontra desafio à sua altura a uns meses. Abaixa a cabeça levemente para passar pela porta sem batê-la contra o batente superior. Olha calmamente o recinto, vazio se não fosse por um indivíduo sentado próximo do balcão. O coturno emite o som de seus passos. Observa o homem atrás do balcão e se aproxima.

-Quem é o dono do bar?

OFF
Descrição física: Negro, porte atletico, 2,11m, Em torno de 130Kg, olhos verdes.
avatar
Magnus

Data de inscrição : 14/03/2010
Idade : 106
Localização : Cidade cripta de Charizel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Shirou em Qui Ago 21, 2014 12:30 pm

Amin se aproximava do Bar, mas antes de entrar se utilizava de sua habilidade para se disfarça, talvez pudesse encontrar alguém que já o conhecesse. (máscara das mil faces, para se parecer com um jovem de 1.80, branco, de aparência saudável e humana).

Adentraria o local calmamente observando a todos que já estavam no recinto, procurando um lugar bem discreto para se posicionar tendo visão dos demais que ali se encontrassem.
avatar
Shirou

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Gam em Sex Ago 22, 2014 6:54 pm

Gilbert olha para o negão imenso que acabou de entrar e, metaforicamente falando, se caga todo.

- ... - Ainda meio perplexo pra falar em voz alta, ele apenas aponta para o cara atrás do balcão.

Gil vai ter que lutar com isso aí? Lascou-se. Ele olha pra trás, e nota o outro cara entrando. Bom, esse parece mais válido. Talvez possa ser seu primeiro alvo. Ou, sei lá, usar ele como um escudo-humano. O Ravnos começa a pensar nas possibilidades...

_________________
... só pode ser os nóia!
avatar
Gam

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Beaumont em Sab Ago 23, 2014 5:57 pm

Para David era um dia qualquer,  não havia muito o que fazer e o tedio não era algo que o vampiro gostava de suportar. Circulando pela cidade de NY seus olhos se chocam com um nome. "La Proposta" Conhecido por ser um ótimo lugar para manter o ego de um cainita aflorado e suas aptidões de sobrevivência mais aguçados ainda. O vampiro estaciona a moto perto e entra no bar. Seus olhos correm por entre o cenário. Ele ajeita sua pistola que está nas suas costas, tira o óculos e o mantem em sua mão direita. No momento certo ele Chamará a devida atenção. 

"O Bloodmary vai por minha conta esta noite..."

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Dylan Dog em Dom Ago 24, 2014 5:20 pm

Um cara de aparência simplória é o primeiro a entrar...

Gilbert escreveu:- Espera, você não tinha morrido?

- Sim! Mas na nossa legislação não há nada que me impeça de administrar um bar mesmo sendo uma aparição. O que vai ser hoje Gilbert? Por falar nisso, você não deveria estar no México ou em Vegas? O que deu lá com a tal La Sombra? - O barman tagarelava quando um homem negro gigante adentra o recinto...

Bomani escreveu:-Quem é o dono do bar?

O La Sombra fantasma levanta a mão que atravessa o balcão provando sua natureza sobrenatural pra lá de incomum.



O Barman - Kurt Marshal - Pergunta: "Vocês vão pedir algo?"


Do lado de fora Amin se ajusta sem interrupções por alguns minutos. Com seu disfarce pronto ele adentra o bar e se senta em uma mesa próxima a saída, é um lugar distante das outras três e únicas pessoas no bar. Como o lugar está vazio não é difícil notar a entrada de um homem branco de 1,80m.

- Ei! Você mesmo. Vai beber algo? - Grita o Barman, Kurt Marshall.

Logo após o som de moto é ouvido por todos. Mais um partici... Cliente...

Marshall atravessa o balcão como um bom fantasma e e vai até a porta...

David é recebido por um home de chapéu e roupas de gala. Ele parece furioso...

- Você está atrasado 30 minutos! Você deveria ter feito os testes de som! Eu fiz sozinho! Vou descontar do seu cachê! Vá se arrumar - Ele empurra David na direção do pequeno palco onde uma guitarra o espera.
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Magnus em Dom Ago 24, 2014 6:51 pm

Quando o sujeito fantasmagórico levanta o braço atravessando o balcão, não disfarço minha surpresa, um discreto sorriso ilustra meu rosto enquanto penso: "Tá aí, um atendente imune à brigas de bar." O homem sentado próximo do balcão não demonstra emoções, apenas aponta.

Outros dois homens adentram o recinto, um de forma discreta, se acomoda numa mesa. Outro, não tão discreto assim, entra observando e se ajeitando, como quem procura algo. Talvez já tenha encontrado. O homem de roupas de gala o recebe e reclama.

Apenas aguardo o momento de falar. A ansiedade aumenta, pois vejo gente chegando, mas nenhum interesse em briga. Meus dentes rangem, os músculos da mandíbula se retorcem diante de tamanha apatia da parte desses "clientes", que aparentemente vieram beber e ouvir música pra lembrarem de suas vidas antes da maldição de Caim. Mexo a cabeça lentamente para os lados, os ossos do pescoço estalam e aquele delicioso som é produzido. Meus punhos cerrados, alguns dedos também estalam. Meus caninos se revelam, penso "talvez se eu quebrar a Máscara algum babaquinha da Camarilla possa vir querer tirar satisfação. Fortifico minha pele, me preparando pro inevitável*. Na pior das hipóteses, esmago alguns crânios e vou embora.

Converso com o homem do meu lado, sem tirar os olhos do barman fantasma.

-As coisas vão esquentar por aqui, rapaz. Talvez seu lugar não seja esse, aqui eles não servem leite... heh heh!

Enquanto o fantasma paparica o homem que chegara a pouco, ando em passos rápidos** até o palco, pego a guitarra e a arremesso contra o amplificador mais distante, numa tentativa de intimidar os presentes.

Me aproximo do microfone:

-Hoje o show vai ser diferente pros filhos de Caim. Não vim pra ouvir música, vim para o "The Last Stand Kindread"! Preciso implorar um desafiante?

OFF

*Ativo a Pele da Víbora (1 ponto de sangue)
**Uso Rapidez pra chegar ao palco.
Um teste de Intimidação pra concluir toda a presepada, caso seja possível. Se fiz ações demais para um post, paro no diálogo com Gam. Ignore o resto do post... é que quero ver o pau quebrando logo aqui!
avatar
Magnus

Data de inscrição : 14/03/2010
Idade : 106
Localização : Cidade cripta de Charizel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Dylan Dog em Dom Ago 24, 2014 7:27 pm

- E a cobra começou a fumar! - Exclama o atendente com um trocadilho ridículo

Bonami rolou Manipulação+Intimidação = 6 Dif= 6-1(Brigão)=5 9, 4, 1, 9, 2, 2 - Total: 1 Sucessos

O Setita esbraveja no microfone, joga a guitarra na caixa de retorno, enfim... Começa a causar o maior estardalhaço!

Todos no ambiente sentem que aquele é o último cara com quem devem brigar.

avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por painkiller em Dom Ago 24, 2014 8:52 pm

Nada como quebrar ossos para que o dia estressante suma de nossa frente, é isso aí Senhor Gancho, hoje você vai ser feliz, hoje vai se dar bem, dizia rindo para mim mesmo, hoje o pau vai quebrar, assim eu, o maioral chego na bosta do bar, o gancho já estava firme na minha mão, a porra do bar parecia um salão de cabeleireiros, muito bem cuidado para o quebra pau que estava por vir e na rua há um ditado, quem leva o primeiro catillipapo normalmente não estará de pé, ao cruzar a porta do bar já ativo a minha rapidez, não queria perder tempo.

Cuspia o charuto no chão, olhava para o viadinho lá em cima com uma guitarra na mão, parecia alguém que merecia viver algum tempo, olhava então para o viadinho de óculos e mãos vazias, sim aquele puto parecia alguém que merecia realmente morrer.

[off] 5 ações para esquartejar o personagem do Gam, se ele morrer vou passar para o outro viadão do recinto que é o personagem do Beaumont
1 pds para rapidez e dois para destreza
avatar
painkiller

Data de inscrição : 23/03/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Dylan Dog em Dom Ago 24, 2014 9:30 pm

LOBO X Gilbert

INICIATIVA:

Lobo - Destreza(3) + Raciocínio(4) + 1D10 (5) = 12

Gilbert - Destreza (5) + Raciocínio (3) + 1D10 (1) = 9

O Brujah entra no bar mal intencionado já. Quando Kurt o vê ele usa um controle remoto pra ligar o sistema de som...






Lobo já está com o gancho na mão, ele atravessa o salão com rapidez, uma velocidade formidável, ele se posiciona bem atrás do jovem sentado na cadeira do balcão. Ele pode sentir o fungar do brutamontes no seu pescoço, só há tempo para... Morrer... Mas ele tenta se esquivar do primeiro ataque...

Lobo rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para acertar que resultou 3, 2, 6, 5, 7, 1 - Total: 1 Sucessos

Gilbert rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para esquiva que resultou 5, 3, 7, 1, 4 - Total: 0 Sucessos

Lobo rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para dano que resultou 4, 7, 10, 10, 9, 10, 5, 6 - Total: 6 Sucessos

Gilbert rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para absorver dano que resultou 1, 7, 5, 8, 7 - Total: 2 Sucessos

Gilbert - Sofreu 4 de dano

Lobo rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para acertar que resultou 3, 7, 5, 7, 6, 1 - Total: 2 Sucessos

Lobo rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para dano que resultou 8, 7, 3, 6, 9, 6, 7, 10, 7, 7 - Total: 9 Sucessos
coitado grite
Gilbert rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para absorver dano que resultou 9, 1, 6, 5, 5 - Total: 1 Sucessos


Gilbert MORTE FINAL


São dois ataques que levam. No primeiro o Ravnos tenta tirar o ombro, mas é tarde, o ombro é levado como se tivesse sido atingido por um guindaste, o braço é arrancado junto com parte do ombro e antes que o coitado grite o segundo ataque com o gancho acerta o peito abrindo-o e enfim o Ravnos se torna um monte de cinzas, seu braço que ainda estava no ar faz o ambiente ganhar um toque interessante, fazendo mais cinzas se espalharem pelo lugar.

Lobo vai na direção do próximo alvo... O guitarrista contratado por Kurt...

Lobo X David




avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Magnus em Dom Ago 24, 2014 10:26 pm

Um brutamontes entrou no bar e começou a brincadeira! Transformou o franzino em cinzas, sem piscar! Ele é muito veloz e forte, pelo visto corro sérios riscos aqui. É bom agir também, pra diminuir as chances de virar cinzas também. O amplificador do palco será minha primeira arma, vou arremessá-lo contra o que está mais próximo de mim, com toda força que Set me presenteia!*

OFF
*Quero usar Potência pra arremessar o amplificador contra David Hayter, avredito que ele é o mais próximo de mim. Caso tenha que usar um turno pra pegar a caixa e outro pra arremessar, usarei Rapidez também.
avatar
Magnus

Data de inscrição : 14/03/2010
Idade : 106
Localização : Cidade cripta de Charizel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Gam em Seg Ago 25, 2014 11:00 am

- Sim! Mas na nossa legislação não há nada que me impeça de administrar um bar mesmo sendo uma aparição. O que vai ser hoje Gilbert? Por falar nisso, você não deveria estar no México ou em Vegas? O que deu lá com a tal La Sombra?

- Sim, em um plano paralelo oficial eu ainda estou nesses lugares. A Lasombra vai ter de esperar, porque aparentemente entramos na única casa de todo o México que não poderíamos entrar... Aliás, a segunda. Confesso que não pretendo visitar aquele país de novo tão cedo.

-As coisas vão esquentar por aqui, rapaz. Talvez seu lugar não seja esse, aqui eles não servem leite... heh heh!

Gilbert dá um sorriso sem-graça diante da provocação.

- Haha... Er... - Ele pensa em alguma resposta que realce sua autoridade sem provocar o homem mal-encarado. - Na verdade, eu tava pensando em pedir uma cerveja. - E com certeza não era essa.

Gil é um vampiro bem humano. A linhagem Sacchetti dos Ravnos se mescla com o gado, levando seus níveis de enganação a patamares inéditos. É tudo falso, é claro, mas por vezes um vampiro se pega apreciando alguns pequenos prazeres da vida como qualquer outro mortal. Por exemplo, o sabor de uma boa cerveja. É lógico que nunca vai se equiparar a tomar um gole de sangue, mas quando vivo cerveja nunca se equiparou a sexo, e mesmo assim Gilbert gostava dos dois.

O homem então demonstra sofrer propensões destrutivas destruindo o instrumento de palco, revelando que seu tamanho imenso não conseguiu conter suas inseguranças subconscientes. Uma pena, porque Gil estava curioso para ver David tocando. Não que ele tenha muito tempo para pensar nisso, porque alguém ou alguma coisa acaba de arrancar seu braço direito.

- Oh, droga... - Isso definitivamente vai fazer falta.

Suas sinapses nervosas ainda estão calculando o nível estratosférico de dor que seu cérebro vai sentir, mas elas não chegam a ter tempo de terminar. O Ravnos recebe um segundo golpe, e esse é fatal. O tempo, inexorável, volta a agir sobre seu corpo, transformando-o no pó que ele há muito já devia ser, e as cinzas espalham-se pelo bar consagrando-o com a primeira morte da luta desta noite.

[OFF]
AHSDIUASHDDHADHUSuU apelão maldito XD

_________________
... só pode ser os nóia!
avatar
Gam

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Beaumont em Seg Ago 25, 2014 11:27 am

Antes mesmo de ter uma breve ideia do interior do local, o Toreador é surpreendido por um homem em trajes finos a lhe bradar com exaltação, um sorriso escapa do rosto do vampiro enquanto ele avista a destruição por parte de um alguém no palco. 

- Desculpe, não vim pra cantar agora. Além do mais, já destruíram seu espetáculo ! 

O sorriso e soberba de David desaparecem quando ele fita William no canto a conversar com alguém. 

"William...O que aquele Ancillae faz aqui ?.. Parece que por onde eu vou ele está..."

Antes que seu raciocínio tomasse parte total um vulto passa por seu lado direito, cortes enfeitavam o corpo de William de forma espetaculosa, rapidamente ele era dilacerado como carne moída ao fixar o olhar o Toreador poderia ver um gancho em sua mão tomando uma atitude no minimo brutal. Do outro lado a palavra do homem que estava no palco o fazia entender exatamente o que significava Last man standing.

"Os bloody Marys  começaram a ser servidos" 

Como já pressentia o arremesso de seu óculos escuros significava sua entrada para a carnificina . Seu sangue bombeava mais rápido pelo corpo, ele estava bem mais forte e pronto para a colisão , de braços abertos seu objetivo era colidir com o altor do primeiro banho de sangue , agarra-lo firme usando a velocidade de movimento do inimigo a seu favor, mesmo sistema usado entre os jogadores de football para travar seus oponentes sem arremessa-los ao chão e inibir o movimento de seus braços fazendo algo semelhante ao abraço do urso. (2 pds em força para usar a manobra Imobilizar Se for possível usar a manobra morder ainda nesse turno eu uso rapidez para fazer as duas ações sem penalidades e aumento apenas 1 pds em força) 
A posição em que eu segurei ele vai fazer ele de escudo para o arremesso do homem ao palco fazendo com que o projetil acerte o inimigo ao invés de David. (Gasto 1 FDV na manobra Imobilizar)

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Shirou em Qua Ago 27, 2014 10:55 pm

off: cadê a minha participação? '-'
avatar
Shirou

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Dylan Dog em Sab Ago 30, 2014 4:07 pm

Lobo avança contra David que teve tempo de observar o início da destruição e ativar rapidez e jogar o sangue para seus músculos (-2 PDS = Rapidez e Força +1).

David - Destreza(4 - Reflexos rápidos)+Briga(4 - Mordida) = 8 - Imobilizar dif/6+1 (colocar adversário em posição específica)  5, 1, 1, 9, 2, 9, 8, 9 - Total: 2+1 (FV) Sucessos


David consegue agarrar Lobo e com um jogo de corpo coloca-lo como escudo contra o amplificador que está pra ser arremessado


Lobo - Força (3)+Potência(4) = 7 - Soltar-se dif/6 8, 4, 6, 9, 10(6), 3, 7 - Total: 6 Sucessos


David - Força(2+1PDS) + Potência (3) = 6 Resistir dif/6 9, 2, 10(8 ), 8, 6, 3 - Total: 5 Sucesso

Lobo consegue se soltar e realiza seu ataque... Porém não sai como o planejado e Lobo erra o gancho pouco antes de um amplificador selvagem ser arremessado contra ele...



Lobo - Destreza (3) + Armas brancas (3) = 6 dif/6 6, 2, 1, 1, 9, 3 - Total: 0 Sucessos

Bomani - Destreza (5) + Esportes(1) = 6 Arremessar dif/6  9, 5, 6, 10, 3, 1 - Total: 2 Sucessos

DANO

Força (5)+1 (Sucesso extra) = 6 dif/6 4, 6, 5, 4, 8, 2 - Total: 2+4(Potência - 1PDS)=6/2=3 Sucessos

Lobo Vigor (3) = 3 dif/6 9, 3, 5 - Total: 1 Sucessos

Sofreu 2 de dano contusivo  



Lobo se liberta do agarrão de David mas logo um amplificador o atinge nas costas, nada muito doído para um Cainita...

Kurt se surpreende com tudo aquilo...

- É, agora começou a briga de bar.


OFF: Tirei as iniciativas e as rolarei no inicio de minhas postagens. Façam suas ações e boa sorte.


BRIGA DO BAR

Bonami

PDS 12/15
FV 8/8

Lobo

PDS 14/15
FV 7/7
Vit -2

David

PDS 12/14
FV 5/6

Amin

PDS 14/14
FV 6/6
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Beaumont em Sab Ago 30, 2014 5:40 pm

O plano foi levemente funcional para David que se impressionava com a força daquele que o iria atacar, não dava para passar o resto da luta o enfrentando em um braço de ferro, então David aproveitava o golpe que seu inimigo recebia para dar uma cambalhota girando em direção ao balcão do bar. Ainda com a rapidez ativa suas ações seriam sacar suas pistola , dar um tiro na cabeça de seu agressor e esquivar-se de um proposto ataque. com a cambalhota e o movimento David seguia por 17 metros até alcançar o limite de seu espaço de movimentação sem comprometer suas ações. Sua posição final então seria atras do balcão. 

"O lugar perfeito para ficar longe do alvo e com a mira perfeita para o tiro" (1 FDV gasto no tiro) 

Gastos de 1FDV . 2 PDS em rapidez e Destreza.
Considere a diff + 2 para me acertar por eu estar atras de uma cobertura = balcão
Considere dificuldade -2 caso alguém queira me atacar corpo a corpo uma vez que eu estou com uma arma de fogo e o tiro sai a queima roupa 

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por HaSSaM em Qua Set 03, 2014 4:23 am

Na verdade a imortalidade era somente para aqueles que abdicavam de sua liberdade, como aqueles decrépito anciões presos em sua própria paranóia, escravos de seus medos. Jack Não abriria mão do antigo cheiro de uma bar lotado em um sábado a noite em troca de uma eternidade enfadonha e medíocre. Diabos! Antes disso era cortaria suas bolas e serviria no Martine do príncipe no lugar das cerejas.

Jack entra no bar, já ofuscado, já havia ouvido falar sobre uma pequena luta que acontecia por ali, mas quando viu um amplificador voando pelos áres sabia que não seria uma simples noite tranquila com seu uísque e suas lembranças, o que era desagradável, afinal estava sem gasolina e grana para encontrar um bar decente. Se pagasse a gasolina, ficava sem dinheiro para Uísque. Um puta impasse. Deveria se contentar com aquilo ali mesmo, bastava colocar ordem no local, não levaria muito tempo.

Jack observava os lutadores, um deles era imobilizado por um outro, enquanto um terceiro jogava o amplificador no primeiro. Tudo indicava que o criador de confusão era aquele homem (Painkiller) Bastava então neutralizá-lo, para então desfrutar de uma boa noite no bar.
Jack se aproxima pela retaguarda do criador de discórdia, então com seu canivete em mãos lançava vários golpes certeiros, ou não, tanto faz. ** Xau pain What a Face

*divido a primeiro ataque em dois ataque. 
*ofuscação 2
* Rapidez. 


Última edição por HaSSaM em Qua Set 03, 2014 4:14 pm, editado 1 vez(es)

_________________
A ressurreição de uma lenda.


Rolador online: http://warleiramos.com/rolador/
avatar
HaSSaM

Data de inscrição : 18/04/2010
Idade : 25
Localização : Mundo das Trevas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por painkiller em Qua Set 03, 2014 1:53 pm

-- Você, vai se ferrar seu filho de uma vaca, vou lhe ensinar como funciona um ataque assim de verdade.

1pds para potência e 1pds para rapidez, 1 pds para me curar.

Caía em cima do retardado com uma chave de braço, sem brincadeira, sem zoeira, nada, o meu antebraço atingiria o seu pescoço bem na junção com a medula, se eu não arrancasse a cabeça dele com aquele golpe, iria detonar ele na base da mordida. Faria ele ficar no meu lugar, de frente para o outro imbecil do amplificador, poderia matar ele, mas primeiro mataria aquele fresco à minha frente.

[off] primeiras ações são para agarrar, depois para morder e se sobrar alguma ação, vou avançar pra cima do Magnus. Se sobrar só uma ação vou usar ela para esquivar.[/off]

-- Tu tá morto mané, tu tá morto vadia.
avatar
painkiller

Data de inscrição : 23/03/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Magnus em Qua Set 03, 2014 4:34 pm

Agora sim, o bar está animado! Com todos arriscando suas existências malditas em nome da vaidade...! Como é bom matar e ao mesmo tempo fazer a vontade de Set!

O grandão foi feito de escudo pelo artista, que rolou pra trás do balcão e sacou uma pistola. Uma atitude de guerreiro seguida por uma atitude de maricas.

Enquanto isso, um sujeito continua bebendo sentado, como se nada tivesse acontecendo. Talvez ele precise de um pouco de incentivo...

OFF

Proxima ação: Arremessar mais um amplificador, dessa vez no retardado bebendo. Usarei máximo de Potência.
avatar
Magnus

Data de inscrição : 14/03/2010
Idade : 106
Localização : Cidade cripta de Charizel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Shirou em Qua Set 03, 2014 5:34 pm

Amin que estava apenas observando a tudo se levanta calmamente da cadeira onde estava, pegava sua adaga.

( 1 pds para ativar rapidez e outro em força)

Parto pra cima daquele que já havia matado um desferindo um ataque pelo flanco direito e logo em seguida ataco o seu atacante dando lhe um ataque na altura da cintura visando atingir seu figado, realizava outro ataque também no figado sengo uma dupla estocada e tentando não ser atingido por ataques dos mesmo se afastava deles para manter uma distância mais segura dos seus alvos
avatar
Shirou

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por JosephineRaven em Qui Set 04, 2014 9:48 am

O motorista abria a porta para que Lady Graham descesse do seu Rolls Royce preto. A cainita se certificava de que estava no endereço certo, ela via o letreiro que dizia “La Proposta”, sim era aqui que a Ventrue deveria entrar.
Ela pega sua maleta de couro dura e adentra pela porta principal do estabelecimento. Juliette ainda não conhecia o dono do bar, só havia ouvido falar do Lasombra e ela sabia que seria uma boa oportunidade de negócios.

Graham precisava cumprir o desafio dado pelo seu clã: conseguir uma parte do bolo onde nenhum Ventrue ainda tinha metido o dedo, só assim ela finalmente seria aceita dentro da sua linhagem. Esse bar seria o tiro certeiro, na mão direita ela carregava uma maleta com meio milhão de dólares em cash, na outra o celular na qual ela faria a ligação assim que fechasse o negócio. A negociação seria rápida: a proposta, o dinheiro vivo, um toque mensurável de manipulação e carisma que só ela sabia dar e um aperto de mão para selar o acordo.

No entanto, quando Lady Graham adentra o recinto, ela vira que o cenário era outro. De um lado um negro gigante arremessando um amplificador em um sujeito que estava sentado bebendo, do outro alguém se escondendo atrás do balcão, além de um homem que parecia o capitão gancho colocando o terror nos outros.

Pois é, parece que a negociação da compra daquela propriedade vai demorar mais do que ela esperava…

Ela envia uma mensagem curta e rápida ao seu motorista:

SOS

Muito provavelmente o motorista e seu acompanhante do banco da frente, seus dois ghouls de confiança iriam aparecer em alguns segundos.
avatar
JosephineRaven

Data de inscrição : 30/10/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Dylan Dog em Dom Set 07, 2014 1:48 pm

INICIATIVA

David - Dez (4) + Rac (2) + 10 = 16

Jack - Dez (4) + Rac (3) + 8 = 15

Bomani - Dez (5) + Rac(3) + 5 = 13

Amin - Dez (5) + Rac(3) + 2 = 10

Juliette - Dez (2) + Rac(2) + 6 = 10

Lobo - Dez (3) + Rac (4) + 1 = 8

----------------------------------------


Lobo acabava de errar e ser atingido, parece que o fato de chamar muita atenção foi negativo pra ele. De fato o Brujah não foi prudente e para complicar sua situação, seu inimigo era um ex-soldado...

David se utiliza da velocidade (graciosa) de seu clã e como um bom soldado busca primeiro se posicionar de maneira tática. Ele salta o balcão, o impacto no chão faz tremer as garrafas de vidro ao seu redor, ele saca a pistola e faz mira...

Nesse momento uma bela jovem desce de um Rolls Royce preto que havia acabado de parar na rua. A Ventrue consegue ver uma agitação dentro do bar.

Jack via o carro preto parado na rua enquanto ele ainda estava perdido nos devaneios, mas logo ele se da por si e então se ofusca. Ele pode ver uma bela jovem caminhando para a entrada do bar, ela abre a porta e Jack aproveita para entrar sem ter que interagir com o ambiente.

Juliette fica perplexa com a destruição, mas afinal era um bar de um membro do Sabá, não?

Jack não pensa duas vezes e se utilizando dos dons de Cain aumenta abruptamente o fluxo de sangue, saca o canivete e se prepara para atacar...

Bomani continua com seu "show"... Lá se vai mais um amplificador...



Bomani - Destreza (5) + Esportes(1) = 6 Arremessar dif/6 = 4, 7, 2, 4, 2, 9 - Total: 2 Sucessos

Força (5)+1 (Sucesso extra) = 6 dif/6 8, 3, 8, 2, 3, 3 - Total: 2+4 (Potência -1PDS)=6/2=3 Sucessos

Amin - Vigor (3) - Dif/6 = 5, 9, 8 - Total: 2 Sucessos

Amin -1 Dano (contusivo) sofrido

Amin acabava de se levantar e sacar sua adaga quando um amplificador selvagem o atinge meio de raspão. Ele teve sorte desta vez... O Assamita já se utiliza da Rapidez de seu clã e avança em direção do amedrontador Lobo... (Considero o saque da adaga e a movimentação uma ação)


Julliete se depara com essa cena... Amplificadores voando e homens com ganchos enfurecidos. Todos escancaradamente cainitas... Não, não era o melhor momento para negociações. A moça ficava na porta do bar e chamava reforços... (3 Carniçais com fichas iguais, faça a ficha Josephine e me mande por MP)...

Lobo se enfurece e solta uma torrente de palavrões contra o Toreador que ele perseguia até o balcão, desferindo mais um ataque com força brutal...

Lobo - Destreza (3) + Briga (4 - Submissão)= 7  Dif/6+2=8(Cobertura balcão) 6, 2, 8, 8, 3, 9, 5 - Total: 3 Sucessos

Lobo consegue de forma fantástica saltar por sobre o balcão e agarrar o toreador, um movimento de mergulho fantástico, garrafas de bebida se estilhaçam ao fundo, ele se posiciona usando David como escudo vivo contra Bomani...

David - Força (2+1) =3 dif/6 6, 9, 8 - Total: 3 Sucessos

David - Força (2+1) =3 dif/6  4, 6, 2 - Total: 1 Sucessos (Ação de rapidez)

David se debate mas não consegue se libertar...


Jack Hunter - Destreza (4) + Armas brancas (0) + 2 (Backstab) = 6 dif/6  9, 4, 5, 6, 2, 1 - Total: 1 Sucessos

DANO

Jack Hunter - Força (4) + Potência (1) + 1 (Canivete) = 6 dif/6 7, 1, 1, 8, 1, 5 - Total: -1 Sucessos

Jack se posiciona atrás de seu alvo porém no seu primeiro ataque o canivete escorrega de sua mão, afinal, o nosferatu não sabia nem segurar a arma, ele fica desajeitado e não consegue executar sequer o segundo ataque, Lobo sente a presença de alguém atrás dele...

Amin - Destreza (5) + Armas brancas (5 - Facas) - 10 dif/6  1, 7, 6, 6, 9, 3, 4, 9, 9, 4 - Total: 5 Sucessos

DANO

Amin - Força (4+1) + Potência (3) + 1 (Adaga) + 4 (sucessos extras) = 13 dif/6  3, 4, 3, 4, 2, 7, 5, 8, 10(1), 5, 2, 7, 3 = 3 Sucessos

Lobo - Vigos(3) = 3 Dif/6  7, 9, 3 - Total: 2 Sucessos

Lobo -1 (Letal)

Lobo sentiu uma cosquinha e uma presença atrás dele, em seguida ele sente aço gelado penetrar sua carne, como caninos de um gato, sua pele começou a ser rasgada, talvez não tenha sido uma boa agarrar o inimigo...

Lobo - Destreza (3+2) + Briga (4) = 9 dif/6  8, 8, 5, 2, 9, 3, 8, 8, 4 - Total: 5 Sucessos

DANO

Lobo - Força (3) + 4 (sucessos extras)= 7 dif/6 1, 10, 10, 8, 1, 5, 10 - Total: 2+4(Potência) Sucessos

David -6 (Agravado)

Lobo morde a clavícula do Toreador que sente seus ossos virando farinha mediante a força brutal do Brujah...

Amin - Destreza (5) + Armas brancas (5 - Facas) - 10 dif/6 3, 6, 2, 3, 10(4), 3, 4, 8, 9, 8 - Total: 5 Sucessos

DANO

Força (4+1) + Potência (3) + 1 (Adaga) + 4 (sucessos extras) = 13 dif/6 8, 8, 1, 10, 7, 3, 7, 6, 8, 6, 9, 7, 2 - Total: 9 Sucessos

Lobo - Vigor (3) =3 dif/6 2, 3, 2 - Total: 0 Sucessos

Lobo -9 (letal) = MORTE FINAL

Lobo vibrava com a sua segunda morte por dentro, as ações eram muito rápidas, a ponto dele não se dar por si quando já sentia a lâmina fria do Assamita penetrar sua carne e a rasgar de baixo para cima, seu corpo vira cinzas quando a lâmina transpassa seu cérebro...

Amin nota a presa de sua já falecida presa no chão sem reação, um nosferatu atrapalhado com o canivete que sambava no chão e um homem cobra gigante no palco... Esse era o novo alvo...

Amin dispara contra o homem cobra e realiza seu ataque...

Amin - Destreza (5) + Armas brancas (5 - Facas) - 10 dif/6 3, 9, 4, 5, 5, 7, 8, 7, 2, 9 - Total: 5 Sucessos

DANO

Amin - Força (4+1) + Potência (3) + 1 (Adaga) + 4 (sucessos extras) = 13 dif/6 9, 10(1), 9, 10(9), 10(10)(9), 9, 9, 2, 6, 4, 8, 6, 10(8 ) - Total: 14 Sucessos

Bomani - Vigor (5 - Resistente) = 5 Dif/5 7, 10(7), 6, 9, 7 - Total: 6 Sucessos

Bomani -8 (Letal)

Amin não perde tempo e atinge a barriga do Setita gigante que se prova um alvo muito resistente, pois apesar de um ataque perfeito não encontrou a morte final. O corpo gigante de Bomani é jogado para o fundo do palco, Bomani sente todos os músculos mortos de seu corpo de contrairem, a pele de cobra oferece resistência mínima contra a lâmina... Ele tinha uma única certeza antes de ficar inconsciente... Era um Assamita.

Kurt Marshall tem um olhar de espanto e ao mesmo tempo de apreciação para a cena, o cara que nada queria matou dois em poucos movimentos... Ele agora ocupa o lugar que era do Setita no topo do palco.

De Lá de cima ele pode ver uma bela mulher na porta do bar que está igualmente espantada com o telefone na mão, algumas silhuetas masculinas adentrando o bar, atrás do bar, à uns 20m da entrada há um corpo de um rapaz loiro que estava sendo mordido pelo seu primeiro alvo, cinzas do seu primeiro alvo e logo atrás um Nosferatu com sorriso amarelo (literalmente).

A música foi interrompida e por um instante reina o silêncio, ou quase, ainda é possível ouvir gotas de bebidas caindo no chão atrás do bar...
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Shirou em Dom Set 07, 2014 3:46 pm

Amin olhava a sua volta e logo tentava se por novamente em uma posição estratégica para atacar o próximo alvo que lhe parecesse ser um desafio, o ultimo foi apenas por está próximo dele e do que havia chamado a atenção de todos por abater um alvo bem rápido, pena que não conseguiu descobri do que ele era feito, talvez fosse um vampiro jovem e por isso caiu tão facilmente ou talvez não fosse preparado para lutar, Amin logo usava de seus poderes e se camuflava (ofuscação 4 - desaparecimento dos olhos da mente usarei 1fdv)
avatar
Shirou

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por JosephineRaven em Dom Set 07, 2014 3:50 pm

Juliette já havia chamado os seus seguranças, ela sabia que seus serviçais chegariam em poucos segundos, no entanto, teria de fazer algo para salvar a própria vida. A Ventrue hesita por uma fração de segundos se ela deveria sair daquele local ou não, mas o bar era a última saída para que ela sobrevivesse ao agoge. Nas últimas semanas, a cainita vem procurando sem sucesso um local no qual ela pudesse ter influência que não fosse dominado pelos seus colegas de clã. Mas aparentemente o La Proposta é o único ponto que se encaixa nessa categoria, logo, ela precisa ir em frente.

Lady Graham observava o recinto, um cainita virando cinzas, outro sendo mordido e o outro se utilizando de uma adaga milenar. Juliette pensava rápido procurando a melhor estratégia para salvaguardar a sua preciosa não-vida aristocrática. Visivelmente, a maior ameaça daquele momento era o homem com a adaga.

Ela levanta os braços em um movimento de rendição, ainda com o celular em uma mão e a maleta na outra, e aproveita o silêncio momentâneo para empregar o máximo de sua oratória. Olhando fixamente para o homem da adaga, ela diz:

-  Sua adaga deve servir a um objetivo realmente honorário, meu caro. Deixe-me contribuir com ele. Não me ataque e eu lhe auxiliarei a alcançar a glória neste recinto. - Ela fazia uma breve pausa sem mover os olhos do seu olhar.- Primeiro de tudo, deve terminar o que iniciou, mate o homem-cobra. - dizia ela apontando para o coitado que estava em torpor.

Utilizo dominação 1 (lembrando da minha especialização convincente) nas partes sublinhadas + presença 1.



Caso dê certo, assim que o Assamita for para cima da sua vítima, Juliette se dirigirá com seus três ghouls para o balcão do bar onde estavam os outros dois presentes. Ela comandará os três ghouls para imobilizar o cainita dos dentes amarelos, enquanto ela mesma agarrará todos os copos de vidro que puder, tacando os no loiro um a um. Ainda buscando copos por cima do balcão, ela procurará por uma faca de cortar os limões dos drinks do bar e saltará diretamente em direção ao cainita, se utilizando de suas feições mais apavorantes para que ele tremesse tanto de medo que não sairia mais do lugar onde estava. (presença 2 no loiro).
avatar
JosephineRaven

Data de inscrição : 30/10/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BRIGA NO BAR - II

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum