Darden Cameron - Humano

Ir em baixo

Darden Cameron - Humano

Mensagem por Cain em Dom Abr 18, 2010 1:33 pm

Nome: Rafael Quirino
Personagem: Darden Cameron
Natureza: Diretor
Comportamento: Competidor
Conceito: Detetive
Método: Investigativo

Experiência: 0

---------------
ATRIBUTOS

Físicos
- Força: 2
- Destreza: 2
- Vigor: 2

Sociais
- Carisma: 2
- Manipulação: 2
- Aparência: 3

Mentais
- Percepção: 3
- Inteligência: 3
- Raciocínio: 3



HABILIDADES

Talentos
- Prontidão: 2
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:
- Empatia: 1
- Expressão:
- Intimidação:
- Liderança:
- Manha:
- Lábia: 1

Perícias
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 2
- Etiqueta:
- Armas de Fogo: 2
- Armas Brancas:
- Performance:
- Segurança: 1
- Furtividade: 2
- Sobrevivência:

Conhecimentos
- Acadêmicos: 2
- Computador:
- Finanças:
- Investigação: 4 (Pistas Ocultas)
- Direito:
- Lingüística: 3 (Alemão, Italiano, Latim e Russo) - (Inglês / Britânico como língüa materna)
- Medicina: 1
- Ocultismo: 1
- Política: 1
- Ciências:



VANTAGENS

Antecedentes
- Aliados: 2
- Contatos: 3
- Influência: 2
- Recursos: 3



Númina e Outras Características:


Virtudes
- Consciência: 4
- Autocontrole: 3
- Coragem: 5


FÉ: 1


HUMANIDADE: 5


FORÇA DE VONTADE: 7



QUALIDADES e DEFEITOS:

Qualidades:
Ás do Volante
Biblioteca de Ocultismo (À disposição do Arcano)
Conexões com a Igreja (Com a Sociedade de Leopoldo)
Memória Eidética
Propósito Maior (Encontrar respostas sobre a natureza sobrenatural dos Membros)
Temerário

Defeitos:
Excesso de Confiança
Protegida (Natalie Baker)
Segredo Sombrio (Assassinou o Bispo Chalstrey)
Vício (Anfetamina)


OBS:
- INFLUÊNCIA 2: Trabalhou durante anos para o governo britânico e, durante suas dezenas de viagem ao redor do mundo, conheceu diversas figuras importantes. Ainda que de forma reduzida, muitos desses laços se mantiveram, e outros foram criados. Figuras importantes geralmente vêm até Darden para que ele medie conversas como tradutor, outros vêm para pesquisa e, finalmente, os que vêm para que ele os ajude como conselheiro na resolução de algum enigma.

- RECURSOS 3: Uma vez que o "trabalho" de Darden não é lá muito... lucrativo, Natalie investiu o dinheiro acumulado dele em imóveis que, futuramente, se tornaram valorizados. Hoje, os dois vivem dos aluguéis recebidos por estas casas e apartamentos. Natalie contrata agentes imobiliários e contadores para a manutenção dos bens e, pessoalmente, cuida dos investimentos para multiplicar os ganhos. Vez ou outra, recebe pagamentos em dinheiro por colaborar com as duas organizações das quais é associado, geralmente pelo cumprimento de uma missão ou ajuda em uma pesquisa.

- BIBLIOTECA DE OCULTISMO: Darden encontrou muitos livros com a chave entregue para ele por Chalstrey. Todas as pesquisas de décadas estavam lá, de rituais a métodos para se matar Membros. Darden ainda não teve tempo para se sentar com calma e ler detalhadamente o material e, enquanto isso, ele se encontra em segurança e a disposição de qualquer caçador nas bibliotecas do Arcano - o que, de certa forma, também serviu como cartão de entrada para Darden à ordem.

- CONEXÕES COM A IGREJA: Darden está em treinamento na Sociedade de Leopoldo, aprendendo os segredos dos Membros e a forma eficiente de extrair seus segredos, ou... levá-los à Morte Final. Na sede da Sociedade, ele estuda rituais e aprende sobre religião e a história da Família. Foi onde aperfeiçoou seu latim e onde deixou o ceticismo de lado em detrimento de uma postura mais fervorosa. Sua conexão se estende à qualquer igreja ou instituição católica ao redor do mundo que tenha conhecimento das ações da Família, e sua ajuda nestes lugares é garantida, seja ela na forma de abrigos, conselhos ou mesmo equipamentos apropriados para uma Cruzada contra o sobrenatural. Darden não partilha inteira e incondicionalmente da mesma visão da maioria da Sociedade, de que todos os vampiros devem ser destruídos. Para ele, a Sociedade não enxerga em tons de cinza, apenas em preto e branco; bom e mau. Assim como seu amigo Thorsten, Darden oculta suas intenções dentro da ordem - aprendizado. O detetive acredita que a maioria dos Membros é má, mas que a Família deve ser estudava, e que existem, mesmo que em uma pequena minoria, aqueles que procuram redenção e perdão - assim como os mortais.



Equipamentos

Equipamentos de Caça:
- Colt Anaconda .44 com 8 balas extras (dano 6; alcance 35m; CdT 2; pente 6);
- 3 Estacas de madeira (dano F+1; pode paralisar vampiros [3 ou mais sucessos numa jogada de ataque contra o coração, dificuldade 9]),
- Faca de caça (dano F+1),
- Sobretudo reforçado (armadura classe 1; proteção 1, penalidade 0),
- 3 Adesivos de anfetamina (permitem ficar 24 horas sem dormir, sem penalidades; apenas uma dose entre cada descanso)
- 2 Frascos de óleo de São Jorge, cedidos pela Sociedade de Leopoldo para eventual uso em caça (dano agravado por fogo sobrenatural, dificuldade 8 para absorção [1/turno: apenas uma parte do corpo exposta; 2/turno: metade do corpo exposto; 3/turno: todo o corpo exposto]. Personagens com a Númina Fé são imunes ao dano deste fogo, assim como seus pertences. Estruturas consideradas sagradas também são imunes. Vampiros subtraem 2 dados de suas jogadas de absorção contra o dano deste fogo).

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Outros Pertences:
- Automóvel conversível branco (corvette 77 t-top);
- Biblia com fundo falso e anotações de caça;
- Grande variedade de roupas e calçados;
- Crucifixo de madeira, outrora pertencente ao bispo Chalstrey;
- Aparelho celular simples [Motorola W396];
- Câmera digital profissional [Canon EOS 40D],
- Documentos falsos, referentes a alguém com a idade de sua aparência;



Préludio

Darden Cameron era um famoso investigador londrino, conhecido por resolver os mais variados mistérios que rondavam a capital britânica, lugar onde nasceu. Habilidoso e apaixonado por seu... hobby - como preferia chamar o trabalho -, Darden, muitas vezes, foi chamado de Sherlock por seus amigos, em uma evidente associação ao detetive fictício dos contos de Sir Arthur Conan Doyle. Em certa ocasião, seus amigos de trabalho lhe deram um cachimbo, de presente de aniversário, mais uma vez ilustrando e comparando as habilidades dedutivas de Darden com a do seu conterrâneo que morava na Baker 221B.

Bonitão, fala-mansa, gentil, inteligente e, acima de tudo, boa-memória, dizia se lembrar de todos os nomes e rostos das pessoas que já havia encontrado. Gostava de garotas inteligentes, de conversar sobre filmes e livros, dirigir carros conversíveis, saborear comida chinesa, vestir roupas italianas de marca, calçar sapatos caros, ouvir boa música, beber uísque de qualidade, e... fumar cigarro barato – se o desgraçado ia te matar de qualquer forma, não havia porque pagar caro por ele. Uma boa noite de diversão para Darden era vestir seu terno azul listrado Canali, calçar seus sapatos pretos Berluti, entrar em seu Corvette T-top 77 branco, levar uma bela executiva para jantar no Hakkasan, comer um Chow Mein, convidá-la para conhecer seu apartamento na Basil Street, ouvir Led Zeppelin durante o caminho, beber umas boas doses de Balantines, com pouco gelo e sem água, fazer amor ao som de Peter Frampton e fumar um Dunhill antes de adormecer já pelas 5 da manhã.

Nascido no distrito de Lambeth, Londres, no terrível inverno de 48, Darden foi uma criança travessa, com olhos castanhos grandes e intensos, cabelos lisos e claros, rosto marcante e bem desenhado, e bochechas coradas – era o tipo de garoto que fazia sucesso com as meninas da sua época; sempre teve facilidade em se relacionar com elas. Filho único, morou, durante toda a infância, em uma pequena casa construída no século XIX, com uma aconchegante lareira que aquecia bem nos períodos de frio congelante. Seus pais eram comerciantes; seu pai, Lewis Cameron, tinha uma oficina de relógios tradicionais que importava da Suíça, muito bem localizada na Haleyford Street; sua mãe, Rosie, conduzia, junto com um irmão, uma simpática casa de chá na Bonnington Square, com uma famosa e requisitada varanda vazada no segundo andar.

Aos seus 21 anos, em 69, formou-se pela Queen Mary University de Londres. Em seu primeiro trabalho conheceu Natalie Baker, sua maior companheira para a vida toda. Juntos, trabalharam em diversos projetos de pesquisa para o governo e, inclusive, viajaram em comitivas internacionais com chefes de estado. Aos 23, traçando um caminho diferente, Darden ingressou na Scotland Yard, como assistente de análise forense. Lá conheceu seu chefe, amigo e, posteriormente, rival – inspetor William Dexter. Lá também descobriu sua paixão pela investigação. O pensamento lógico, o uso das ferramentas cognitivas, a sensação de... caçador e presa; todas estas coisas cativaram Darden. Em pouco tempo – mais precisamente no outubro do ano de 74 -, Darden estava, junto com Dexter, dirigindo grandes investigações para o governo londrino; na época, para o conselho distrital conhecido como Greater London Council – que seria abolido, no governo de Margareth Tatcher, em 86.

De outubro de 75 a fevereiro de 76, trabalhou como agente de fronteira no aeroporto de Heathrow; de 76 a 77, voltou a trabalhar na área forense e, finalmente, em abril daquele mesmo ano, se tornou chefe de investigação do departamento civil da Scotland Yard, em Brompton. Com os anos 80 às portas, Darden e seu amigo e companheiro de trabalho, William Dexter, tiveram uma discussão acalorada, que ocasionou no afastamento de Darden.

Longe de seu trabalho e paixão, Darden inaugurou, em 81, seu Bureau of Investigation, em um prédio comercial na Brompton Road, 116, em frente ao prédio da Harrods. Ainda na primeira semana, chamou Natalie para trabalhar com ele. A jovem havia terminado um relacionamento há poucas semanas e estava dividindo um apartamento com sua amiga francesa, Marie. Rever Darden a fez se sentir melhor. Em poucos meses, os dois estariam sentimentalmente envolvidos e ela passaria a morar no apartamento dele, na Basil Street.

A vida de Darden era boa e ele era um quase-quarentão cobiçado pelas mulheres. Seu trabalho e estilo de vida, por vezes, se confundiam com o das histórias de cinema. Sempre estava rodeado de mistério e ação. Era influente na política e tinha uma vasta rede de amigos. Foi então que, no ano de 83, ao receber um telefonema de seu antigo companheiro Dexter, sua vida mudou drasticamente. Dexter o chamou para investigar uma série de óbitos envolvendo membros do clero. Na época, faltavam semanas para a nomeação do novo arcebispo de Londres, pois o antigo havia falecido com seus 82 anos, de morte natural. Três candidatos ao arcebispado haviam cometido suposto suicídio. Dexter achava a hipótese improvável e, ao se ver pressionado pelo governador e pela imprensa, lembrou do nome de seu velho companheiro, Darden. O detetive aceitou o convite para trabalhar no caso, com a promessa de que seria efetivado na corporação quando o mesmo fosse resolvido.

Nas semanas de investigação, Darden esbarrou em dezenas de mistérios de natureza religiosa. Grande parte deles, nas noites da St Paul's Cathedral, em Ludgate Hill. Parecia que não era um simples caso, ou, pelo menos, não parecia ser um caso... mundano. Todos os candidatos diziam que algo influenciava suas mentes, noites após noite. Darden, como um cético homem de ciência e fatos, não deu a devida importância para as informações e isso colaborou para o trágico final que seu caso teve.

Não tendo nenhum tipo de sucesso em seu caso durante as três semanas de investigação, Darden, sob as ordens de Dexter, organizou um cerco na catedral, dois dias antes da cerimônia de nomeação. Lá, conheceu Thorsten A. Dreweck, um homem que dizia ser um agente da Interpol - mais tarde, revelou-se um caçador, ligado à Sociedade de Leopoldo e ao Arcano. Também conheceu o bispo Cyril Chalstrey, que lhes contou estar vendo vultos e ruídos estranhos durante a noite. Chalstrey era um Fiel, era o único entre todos os candidatos - Darden descobriria isso mais tarde, após a morte do sacerdote. O bispo lhe deu uma bíblia e disse para que a usasse quando precisasse de respostas que sua própria razão não conseguisse responder.

Um dia antes da cerimônia, alguém furou o esquema de segurança; era um homem de mortalha branca, segurando um bastão arcaico com motivos religiosos. Ele se movia ruidosamente e conseguiu frustrar a resistência dos vários grupos de guardas que faziam a proteção dos quartos dos bispos. Foi ao de Chalstrey, mas o bispo conseguiu fugir. Era um Malkaviano. Darden, posteriormente, descobriria que o vampiro estava enlouquecendo os membros do clero, durante as noites, para que eles tirassem suas próprias vidas. Ele encontrou resistência em Chalstrey, e então optou por fazer isso de um jeito mais... prático. Novamente, a Fé do bispo impediu seus planos e foi então que Darden entrou. O detetive fora manipulado pela dominação do vampiro e, contra sua vontade, atirou contra o bispo, ferindo-o mortalmente. Quando Thorsten chegou para ajudar, o cainita fugiu, completando seu misterioso objetivo – parecia querer manipular a votação de alguma forma, para que outro ocupasse o cargo.

A morte de Chalstrey foi mascarada pelos dois, nunca sendo descoberta pelas autoridades. O suposto assassino, que fugiu, também nunca foi encontrado. Thorsten segredou a Darden que aquele era um vampiro, e também lhe esclareceu sobre muitas outras coisas. No início, o detetive pendeu para o ceticismo, mas aquilo que aconteceu era um fato muito difícil de ser sobrepujado por qualquer crença. À procura de respostas, Darden, em certo dia, encontrou a bíblia que o bispo havia lhe dado. Não havia sequer aberto o livro por semanas. Foi então que se deparou com um novo enigma. Parecia uma espécie de... diário, deixado pelo sacerdote. Nele, contou sobre sua morte com antecipação, e disse que era inevitável. Aquilo, de certa forma, tirava um pouco da culpa que tirava as noites de sono de Darden.

Seguindo as anotações do homem, Natalie e ele descobriram um número de um cofre bancário na Itália. Neste cofre, informações sobre um lugar na própria Londres. Era a Casa da instituição que, mais tarde, descobriram se chamar Arcano. Lá, encontraram Thorsten, que novamente os auxiliou com pistas sobre a busca do legado de Chalstrey. O bispo possuía muitos livros espalhados por toda a Europa. Alemanha, Rússia, Suíça... foram só alguns dos lugares que percorreram em sua busca. Por alguma razão, parecia que ele havia escolhido Darden para encontrá-los e reuni-los sobre a proteção da Casa. Levaram cinco anos para que os três, Natalie, Thorsten e Darden, encontrassem todas as centenas de livros do acervo do bispo. Quando todos os livros foram reunidos sob a Casa, um convite formal veio por parte de Benjamen Holmscroft, líder do Arcano, convidando Natalie e Darden para o grupo. Eles haviam reunido uma coleção importante de informações que, agora, estaria segura na Axis Mundi em Londres – a bilioteca da Casa principal.

.....Com o passar dos anos, Natalie e Darden fizeram muitas investigações para a Casa. Para enganar o tempo, passaram a fazer uso da alquimia, conhecida pela ordem, para permanecerem jovens. Isso prendeu sua lealdade ao Arcano e fez com que a caça deixasse de ser totalmente uma... opção. Darden sabe que a alquimia pode atenuar a idade por séculos, mas que não é definitiva. Recentemente, descobriu que o líder da ordem nos EUA, Jonathan Kelvin, vive há mais de séculos, mas que sua mágica não está tendo o mesmo efeito que costumava ter. Isso ainda não preocupa Darden, mas tem tirado o sono de Natalie.

Nas noites recentes, à convite de Thorsten, os dois foram para Valentine, em uma missão para uma outra organização, a Sociedade de Leopoldo. Graças à natureza flexível do Arcano, Darden não encontrou problemas em ajudar abertamente as duas Casas, e se beneficiar da colaboração das mesmas. Thorsten parece querer a ajuda de Darden em algum tipo de pesquisa e, mesmo longe da Casa em Londres, eles podem acessar as informações da Axis Mundi virtualmente, em qualquer uma das Casas espalhadas pelos EUA e, em especial, na de Washington. A vasta interação com caçadores mais... ortodoxos e o contato freqüente com perspectivas religiosas têm dado a Darden uma nova visão, menos cética e mais aberta; mais ampla. O detetive começa a se tornar mais convicto e sua racionalidade parece estar dando lugar a algum tipo de fé que vem amadurecendo e lhe protegendo mais e mais à cada noite sombria. Essa confiança adicional e a sensação que que há Alguém olhando por ele lhe dá coragem para se arriscar, mas também o deixa inconseqüente em momentos que não deveria. As inúmeras noites em claro e o uso freqüente da anfetamina deixaram Darden dependente de doses cada vez maiores, tanto para aliviar sua tensão quanto para efeito.



BANCO DE XP:


BANCO DE DADOS:


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO:
avatar
Cain

Data de inscrição : 06/03/2010

http://vampiros-a-mascara.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Darden Cameron - Humano

Mensagem por Cain em Dom Abr 18, 2010 1:34 pm

CONTATOS

- Jon Hall: É um caçador fervoroso e impiedoso... fanático é uma boa palavra para descrevê-lo. Jon é um velho barbudo decadente, de seus 54 anos, com voz arrastada e péssima higiene que vive em uma casa velha no subúrbio. Vive à sombra de uma espécie de dilema moral com Deus e caça todo e qualquer mal que encontra em busca de redenção por algo cometido em seu passado. Recentemente, um ferimento em sua perna o tirou das caças e ele teme que esteja velho demais pra voltar. Por isso, ele contribui com todo e qualquer caçador que possa... dar continuidade ao seu papel de vingador nas noites escuras fora de sua casa. Ele fornece informações sobre questões religiosas e morais a Darden, e, ocasionalmente, o ajuda com pequenos encantamentos e artefatos como água-benta, selos de proteção e outros de natureza similar. Jon é conhecido como louco em sua comunidade e seu território é evitado durante a noite pelos vizinhos. Sua casa pode, em situações desesperadoras, servir como um refúgio seguro para se passar um tempo; ele projetou rituais de proteção e outros mecanismos por todo o terreno onde vive; o que pode não repelir um ancião ou vampiro cauteloso, mas é o suficiente para manter afastados os neófitos ou Membros mais inexperientes. Tudo isso, é claro... desde que o hóspede não se importe com a bagunça, sujeira... ou qualquer outra surpresa desagradável que o lugar possa reservar.


- Lily Starr: É uma jovem que Darden conheceu em suas primeiras noites em Valentine. Lily tem 26 anos e possui o jeito devasso que mexe com toda a sorte de homens. Seu pai era dono do Annamolly, um pub muito bem freqüentado por caçadores e estudiosos da Família que gostam de se reunir sob um teto seguro para partilhar histórias e exibir troféus. Com a morte misteriosa dele, Lily assumiu os negócios, mas, sem muita experiência, quase fechou as portas. Por um lance de sorte, conheceu Darden, que, ao ouvir de seu problema, contou para Natalie. A secretária ajudou Lily e assim descobriram o valor das dívidas deixadas por seu pai antes de morrer. Sem dinheiro, a garota queria vender o lugar, mas Darden emprestou a soma que ela precisava e o lugar foi mantido. A garota ficou eternamente grata; os freqüentadores também. Tornou-se uma grande amiga de Darden e, como ouve muitas coisas de todo mundo, todos os dias, também assumiu o papel de informante. Ela pode lhe antecipar coisas que descobre, mediar conversas com outros caçadores e uma grande quantidade de outras tarefas sociais envolvendo os frequentadores; ainda por cima lhe garante uma boa cerveja com desconto camarada. Com seu jeito atrevido e sedutor, e suas mãos leves, Lily muitas vezes consegue surrupiar coisas... interessantes, que podem parar "acidentalmente" nos bolsos de Darden, pela quantia certa. Ela também tem uma vasta rede de conexão com o submundo e seus... "rapazes" podem conseguir várias coisas, desde drogas e munição ilicita até dar fim em um corpo ou limpar vestígios de uma cena de crime.

- William Dexter: Velho, com barba e cabelos brancos, e agora é extremamente influente em todo o Reino Unido e tem voz ativa na maioria dos comitês de segurança pública da ONU. Sua carreira caminhou em trilhos dourados desde que conheceu Darden no final da década de 70 até os dias de hoje. Separou-se e casou-se duas vezes, tenho três filhos no processo. Em 93, recebeu o título de Sir e nos dias de hoje se mantém atuante na política européia. Ele e Darden conversam pelo menos uma vez por semana e, ainda que sigam caminhos opostos, se lembram dos velhos tempos na Scotland Yard. Darden o chama carinhosamente de "tubarão branco", um termo que usavam, na época de trabalho, para definir as figuras poderosas e intocáveis da sociedade, que estavam até mesmo acima da lei. Dexter sabe do "trabalho" de Darden e está aprendendo a identificar a influência dos Membros na política mortal. Dexter é leal ao passado que teve com Darden e sempre intervém por ele como pode; também conversam, em ligações, sobre os enigmas e charadas que aparecem durante das caçadas.
avatar
Cain

Data de inscrição : 06/03/2010

http://vampiros-a-mascara.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Darden Cameron - Humano

Mensagem por Cain em Dom Abr 18, 2010 1:34 pm

ALIADOS

Natalie Baker
Personagem / Jogador: Darden Cameron.
Natureza: Arquiteta.
Comportamento: Perfeccionista.
Conceito: Secretária.


Atributos:
Força 2, Destreza 2, Vigor 2;
Carisma 4 (Especialização: Engraçada), Manipulação 2, Aparência 3;
Percepção 2, Inteligência 3, Raciocínio 2.

Habilidades:
Prontidão 1, Empatia 3, Manha 1, Lábia 2;
Etiqueta 2, Armas de Fogo 1, Condução 1;
Acadêmicos 2, Computador 2, Finanças 3, Investigação 1, Direito 2, Linguística 1 (alemão como aprendizado; inglês como língüa materna).

Antecedentes:
Contatos 5 (advogados, policiais, juízes, contadores e falsificadores de documento).

Virtudes:
Consciência 3
Autocontrole 4
Coragem 3

HUMANIDADE: 7
FORÇA DE VONTADE: 3

OBS: Ela precisaria tomar essa poção à cada 6 meses ou passaria a envelhecer 1 ano à cada 3 noites, até atingir a idade verdadeira dela (onde passaria a envelhecer naturalmente) de forma irreversível; ela poderia fazer uso da poção novamente para retardar o envelhecimento depois disto, mas os anos que passaram não voltariam mais.
Nem ela nem Darden conhecem a fórmula.
Ela consegue na Casa do Arcano quando acha que vai precisar novamente.

Equipamentos:
- Aparelho celular moderno [Blackberry 8900]; agenda com telefones; caneta de metal; estojo de maquiagem; Sig P220 (dano 5; alcance 30m; CdT 3; pente 7+1); notebook com acesso à Internet móvel; punhal (dano F+1); anotações relevantes sobre caçadas)

- Natalie Baker é a secretária e companheira de Darden, para todas as horas. Tem a aparência que tinha em seus 30 anos, porém com a sabedoria de seus reais 62. Colabora ativamente com o Arcano e sua caçada e, em troca, assim como Darden e Thorsten, tem sua vida prolongada magicamente. Possui vasto conhecimento em pesquisas mundanas e em computadores, nascido de uma necessidade que surgiu em meio às caçadas de Darden. Também pode facilmente realizar qualquer tarefa de natureza legal ou contábil, cuidando da documentação de Darden, inclusive quando uma falsificação é necessária. Organiza viagens, hospedagem e administra o dinheiro do detetive. Tem um temperamento calmo e é amável com seu eterno chefe, a pessoa que mais confia - e tem contato - no mundo.


----------


Thorsten A. Dreweck
Personagem / Jogador: Darden Cameron.
Natureza: Sobrevivente.
Comportamento: Fanático.
Conceito: Agente de Campo.


Atributos
Força 2, Destreza 3, Vigor 2;
Carisma 2, Manipulação 2, Aparência 2;
Percepção 4 (Especialização: Experiente), Inteligência 3, Raciocínio 2.

Habilidades:
Prontidão 1, Intimidação 2;
Ofícios 3, Armas de Fogo 3, Armas Brancas 2, Segurança 1, Furtividade 2;
Acadêmicos 2, Lingüística 2 (hebraico e latim como aprendizado; alemão como língüa materna), Ocultismo 3.

Antecedentes:
Recursos 2 (em essência, pagamentos por missões para o Arcano e venda ocasional de armas);
Reputação 3 (ótimo caçador, bom fornecedor de armas).
Virtudes:

Consciência 2
Autocontrole 3
Coragem 5

HUMANIDADE: 5
FORÇA DE VONTADE: 5

Equipamentos:
- Aparelho celular simples [Nokia 5130]; Colt Anaconda .44 com 24 balas extras (dano 6; alcance 35m; CdT 2; pente 6); colete de Kevlar (armadura classe 3; proteção 3, penalidade 1); Remington M-700 (dano 8; alcance 200m; CdT 1; pente 5+1); faca de caça (dano F+1); 3 estacas (dano F+1; pode paralisar vampiros [3 ou mais sucessos numa jogada de ataque contra o coração, dificuldade 9]; anotações variadas, espalhadas na forma de papeladas confusas e anotações escondidas em fundos falsos de livros).


Thorsten A. Dreweck é um investigador do Arcano, outrora um padre praticante membro da Sociedade de Leopoldo - lugar onde conheceu Darden. Nascido na Alemanha em 47, vive, assim como Darden, prolongando sua vida com fórmulas alquímicas fornecidas pelo Arcano. Conhece muito sobre os seres sobrenaturais e é um ótimo combatente com vários tipos de armas. Tem um jeito sádico e não é raro que torture criaturas sobrenaturais para alcançar seu objetivo e obter informações preciosas. Nos últimos anos tem andado de cabeça-quente e suas interações com Membros estão cada vez mais violentas. É uma figura versátil e muito conhecida. Sabe como fazer suas próprias armas e munições, inclusive munições modificadas para sobrepujar a resistência dos Membros; pode se dar ao luxo de gastar muita bala em suas noites de caçada. É confiável e leal, um grande conhecedor do sobrenatural, experiente, mas sua postura recentemente inconseqüente o torna imprevisível em situações que demandem cautela e pensamento lógico... ou frieza!
avatar
Cain

Data de inscrição : 06/03/2010

http://vampiros-a-mascara.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Darden Cameron - Humano

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum