Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ignus em Seg Ago 05, 2013 2:43 am

O escopo desse guia é facilitar a vida de pessoas pouco experientes em fazer fichas. As regras abaixo tem por principal objetivo indicar de forma simples e rápida o que é preciso para que sua ficha seja aprovada e vc possa começar a jogar. Essa regras não “revogam” aquelas constante do tópico Regras de Criação de Personagem. Elas apenas tem o objetivo de explicá-las melhor.

Em primeiro lugar, seria uma boa ideia ler as fls. 100/111. Lá há uma boa base para você começar a criação de seu personagem. Em especial  vale a pena o “perguntas e respostas”, transcrito abaixo:

Perguntas e respostas:
PERGUNTAS E RESPOSTAS
As perguntas a seguir devem ser usadas como um trampolim para
completar a história do personagem da melhor maneira possível.
Mesmo que não haja tempo para prelúdios detalhados, você deve
tentar responder tantas destas perguntas quanto possível — escreva-as
se quiser, ou fale sobre elas com o Narrador. Quanto mais
Vampiro: A Máscara 108
você conhece seu personagem, mais real será sua aparência no começo
do jogo.
• QUAL É SUA IDADE?
Em que ano você nasceu? Qual sua idade ao ser Abraçado? Há
quanto tempo você existe como um vampiro? Qual sua idade aparente?
Você é mais maduro do que aparenta? Menos?
• O QUE HÁ DE ÚNICO SOBRE A SUA INFÂNCIA?
Como você passou seus primeiros anos? Como foram forjadas
suas motivações e atitudes básicas? Onde você frequentou a escola?
Como é sua família? Qual é sua lembrança de infância mais forte?
Você frequentou o colegial? Você cresceu em sua cidade natal ou sua
família estava constantemente se mudando? Você frequentou a universidade?
Você fugiu de casa? Você praticava esportes? Alguma de
suas amizades de infância durou até sua idade adulta?
• QUE TIPO DE PESSOA VOCÊ ERA?
Você era uma pessoa decente ou não prestava? Você era popular?
Você tinha uma família? Como você ganhava a vida? Você tinha
amigos verdadeiros? O que o mantém seguindo em frente dia após dia?
Alguém sentirá falta de você?
• QUAL FOI SEU PRIMEIRO CONTATO COM O
SOBRENATURAL ?
Quando você percebeu que estava sendo observado? Você acreditava
no oculto antes de ser Abraçado? Qual a primeira vez que você
encontrou um vampiro? Você teve medo? Descrença? Ira? O que mais o
assustou?
• COMO o ABRAÇO o AFETOU?
Como seu senhor o capturou? O Abraço foi doloroso? Você sentiu
algum prazer pervertido? A Fome o afetou? O assustou? Pareceu certo"?
Você é grato ao seu senhor? Você quer matá-lo pelo que ele fez?
• QUEM FOI SEU SENHOR E COMO ELE O TRATAVA?
O que você sabe sobre seu senhor? Ele foi abusivo, arrogante,
obscuro ou aberto? Por que você acha que ele o escolheu? Você ao
menos conheceu seu senhor? Quanto tempo você permaneceu com ele?
Ele o ensinou algo? Quanto tempo durou seu "aprendizado"? Onde
você ficou? Que lugares frequentou? Você conheceu algum outro vampiro
durante esse tempo? Você julga os vampiros em geral pelo que era o seu
senhor? Quando lhe foram ensinadas as Tradições?
• VOCÊ FOI APRESENTADO AO PRINCIPE?
O príncipe recebeu-o bem? Ele foi relutante em aceitá-lo? Precisou
ser subornado ou ameaçado? Seu senhor tinha permissão para criá-lo?
Você está fugindo do príncipe? Qual você acha que é a opinião dele
sobre você?
• ONDE É SEU REFÚGIO?
Onde você se esconde durante o dia? Você tem alguma casa permanente?
Você permanece no lugar onde vivia durante sua vida mortal?
Você se esconde em uma casa abandonada? Nos esgotos? Você tem
alguém que o proteja durante o dia?
• VOCÊ MANTÉM ALGUMA CONEXÃO COM SUA
VIDA MORTAL?
Acredita-se que você está morto? Você continua observando seus
parentes de longe? Você finge ainda estar vivo? Você abandonou sua
existência mortal por completo?
• ONDE VOCÊ COSTUMA SE ALIMENTAR?
De quem você se alimenta, e onde.7 Você considera algum território
como sendo só seu? O seu território de caça predileto é usado por
outros? Você compete com outros? Qual é sua presa predileta? Você
mata ao se alimentar? Você tem algum herdeiro específico? Você seduz
suas presas? As sequestra? As ataca na rua? Elas vêm a você?
• O QUE O MOTIVA?
Você busca vingança sobre seus inimigos? Você busca voltar a sua
vida mortal? Você tem ambições na sociedade dos Membros? Se você
pudesse alcançar algum objetivo, qual seria ele?

Superada essa fase é hora de pensar em como você quer que seu personagem seja. É recomendável pensar nisso e escrever seu prelúdio ANTES de começar a preencher a pontuação, pois os pontos devem ser consequência de seu prelúdio, não o contrário.

Ao escrever seu prelúdio não coloque diálogos (eles ocupam muito espaço e trazem pouca informação) e faça um texto conciso, coerente e coeso. Em especial seu prelúdio deve explicar quem você é, o que fez de notável antes e depois de virar vampiro, como foi Abraçado, porque seu Senhor o escolheu e o que você faz da não-vida atualmente (lembre-se por exemplo que dinheiro não nasce em árvores, mesmo vampiros tem de fazer algo para ter $). Seu prelúdio não deve ser muito longo.

A seguir, com base em sua história vá preenchendo a ficha, do começo para o final.
Nome é seu nome de usuário do fórum
Personagem é o nome de seu personagem
Clã corresponde a qual clã seu vampiro pertence. Note que alguns clãs te obrigam a escolher uma seita específica. Você não pode ser um Salubri AT na Camarilla, por exemplo.
Natureza e comportamento você deve preencher com um dos presentes no tópico arquétipo, em sistemas. Sua natureza é aquilo que vc realmente é e seu comportamento a forma como vc se revela para o mundo. Exemplificativamente, um serial killer provavelmente teria a natureza monstro, ao passo que poderia ter diversos comportamentos, a depender de como fosse visto pelos outros. Se ele se portasse como uma pessoa brincalhona que faz piada de tudo teria comportamento gozador. Se se portasse como alguém que reclama muito da vida seria um conformista.
Geração significa a distância entre vc e o primeiro vampiro, quanto mais próximo dele mais forte você será. A princípio sua geração será a 13ª, a menos que vc opte por comprar o antecedente geração. Caso opte por pegar esse antecedente gastará 1 ponto para cada nível de geração que queira abaixar até a 10ª (ou seja, se gastar 3 pontos ). A partir daí por uma house rule  do fórum custa 3 pontos para abaixar mais 1 nível (para a 9ª) ou 6 para baixar ao máximo possível (para a 8ª)
Refúgio é o lugar em que vc dorme durante o dia normalmente.
Conceito é o que vc fazia antes de ser vampiro. Normalmente corresponde a uma profissão.

A partir de agora é hora de colocar seus pontos em atributos e habilidades. Tenha em mente que:

0 significa que você é completamente incapaz em algo (0 em medicina significa que vc não saberia nem que deve comprimir uma hemorragia para evitar que o sangue escape; 0 em manha significa que vc não sabe nem onde estão as bocas de fumo da cidade, etc);
1 significa que vc tem um mínimo de conhecimento na área, mas que não é muito bom nela (1 em etiqueta significa que vc sabe que não se deve arrotar na mesa durante o jantar, 1 em briga significa que vc sabe levantar os punhos pra manter uma guarda se tiver que brigar em alguém, etc)
2 significa que vc tem um noção razoável em algo (2 em armas de fogo significa que vc atira razoavelmente bem e não tem problemas em desmuniciar ou carregar uma pistola, 2 em lábia significa que vc é capaz de mentir relativamente bem)
3 significa que vc domina algo no nível de um profissional  comum da área (3 em Direito equivale a um advogado normal, 3 em expressão equivale a um escritor profissional, 3 em investigação em um investigador da polícia, etc)
4 significa que vc é melhor do que um profissional regular da área (4 em briga significa que vc poderia ser um professor de artes marciais, 4 em computador que dificilmente há um sistema que você não seja capaz de hackear, etc)
5 significa que vc é um dos melhores do mundo naquela área (5 lábia significa que quase ninguém seria capaz de saber se vc estivesse mentindo, 5 em briga que você luta como um Batman ou Bruce Lee)

Note que algumas áreas costumam exigir pelo menos 1 ponto. Quase ninguém não teria 1 ponto em lábia, afinal todo mundo mente às vezes (exceto talvez um monge que tenha feito votos de nunca mentir e os leve a sério ou alguém para quem a mentira seja igualmente impensável), 1 ponto em empatia, que serve para que você possa entender as reações emocionais dos outros (exceto talvez um Tarzan da vida que tenha crescido sem outros seres humanos por perto), 1 ponto em condução (sem o qual você não saberia dirigir), 1 ponto em etiqueta (sem o qual você não teria a menor educação), 1 ponto em computador (sem o qual você não saberia mandar um email), 1 ponto em acadêmicos (sem o qual vc não teria o conhecimento comum de alguém que foi à escola) ou 1 ponto em ocultismo (sem o qual você mal saberia que é um vampiro e que deve beber sangue e ficar longe do Sol).

Outras habilidades não são tão comuns assim a ponto de praticamente qualquer um ter, mas a depender de sua história ou de outras habilidades que tenha são indispensáveis. Por exemplo, nem todo mundo tem liderança ou expressão, mas alguém que dá ordens para outras pessoas precisa dessas habilidades (da primeira para inspirar seus subordinados e a segunda para ser por eles compreendido). Nem todo mundo tem direito ou finanças, mas um grande empresário precisaria de um pouco delas.

Para terminar esse ponto é importante frisar que sua história pode te obrigar a ter valores altos em alguns atributos ou habilidades. Um médico precisaria de pelo menos 3 em Medicina e 1 em ciências. Um advogado de 3 em Direito. Um lutador profissional precisa de pelo menos 3 em Briga e pelo menos 2 em esquiva e esportes.

Em resumo, você deve ter pelo menos 1 ponto em tudo aquilo em que você não seja uma completa negação.

A seguir temos os antecedentes. A lista deles é relativamente grande e merece ser lida por vc. Não irei falar de todos eles ou o guia prático vai ficar muito extenso, porém ao menos 1 deles merece algumas linhas.
O antecedente mais comum de ser comprado é recursos, que represente quanto de dinheiro você tem. Com recursos 0 vc não tem 1 centavo no bolso nem nenhuma economia. Se você for rico e administrar seu próprio dinheiro vai precisar da habilidade finanças. Se seu dinheiro for administrado por alguém provavelmente vai precisar de um lacaio (outro antecedente) para fazer isso por você.

Disciplinas são seus poderes sobrenaturais. A descrição delas está no fórum. Se sua ficha é de iniciante você não poderá ter nenhuma disciplina acima do nível 3 no começo.

Preencha a seguir suas virtudes. O ponto é simples e não merece maiores considerações.
Sua humanidade corresponde à soma das virtudes consciência e autocontrole.
Sua força de vontade (fdv) corresponde a sua coragem. Por uma regra da casa mesmo com o gasto de pontos bônus (pb) vc não pode ficar com força de vontade maior que 8.
Qualidades e defeitos podem ser adquiridos exclusivamente com pb´s. Defeitos podem ser adquiridos para te dar até mais 7pb´s, o que, somado com os 15 a que vc já tem direito, totaliza 22 pb´s.
avatar
Ignus

Data de inscrição : 12/03/2011
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Bispo Altobello em Seg Ago 05, 2013 5:01 am

Bom, eu discordo da parte sobre habilidades. Eu entendo os níveis de maneira diferente e vou fazer minha listinha.


  • Nível 0: Você nunca teve interesse por essa área, entretanto, eventualmente no decorrer da sua vida, você esbarrou com isso algumas vezes. Seja nos documentários do Fantástico, na aula que você mal prestava atenção ou em seu círculo familiar você sabe algo sobre o assunto. Infelizmente não só você, mas praticamente o mundo inteiro sabe essas coisas tão corriqueiras. Você não deveria se orgulhar de nada disso. [Ex: Etiqueta 0: Sua mãe lhe ensinou a não arrotar à mesa; Manha 0: Você é um trombadinha que assalta velhinhas indefesas; Acadêmicos 0: Você sabe que a Estátua da Liberdade fica no Estados Unidos.]
  • Nível 1: Você já sabe algo sobre o assunto, apesar de pouco. A maioria dos hobbies, passatempos e curiosidades que adquirimos acaba virando um nível um na nossa ficha. Ou seja, você já gastou algum tempo praticando ou estudando tal assunto. [Ex: Armas de Fogo 1: Além do clássico aponta e atira, você sabe destravar e até recarregar armamentos comuns; Brigas 1: Você acabou de ganhar a segunda faixa no Karatê; Ciências 1: Você conhece muitas fórmulas e a aplicação de cada uma delas.]
  • Nível 2É comum muitos verem o nível dois como sendo um nível baixo, mas a verdade é que não é. Quando se tem um nível dois, você já é bom naquela área. Nossos esportes favoritos seriam nível dois, aqueles conhecimentos que temos interesses em aprender e desenvolver, mas não queremos nos tornar profissionais na área, são nível dois também. A verdade é que quase todo mundo chega ao nível dois e para por aí mesmo, sem desenvolver mais. Ou pelo menos seria assim se a vida real fosse um RPG. [Ex: Esportes 2: Você compete na liga sub-17 estadual de basquete; Sobrevivência 2: Você acampa com o seu pai todo verão desde que nasceu; Finanças 2: Você é capaz de gerir um supermercado.]
  • Nível 3, 4 e 5: Concordo plenamente com o que foi exposto pelo Ignus.

_________________
"Subirei aos céus, erguerei meu trono acima das estrelas de Deus
E lá, mais alto que as nuvens, serei como o Altíssimo." 
avatar
Bispo Altobello
Arcebispo La Sombra de New York - Sabá

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 23
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por MacDowell em Seg Ago 05, 2013 9:10 am

Quanto à "habilidades", minha opinião é idêntica ao do Questionador.

Parafraseando: Não é porque você tem uma certa habilidade ZERO que você não poderá fazer uma ação que a envolva, ou não saiba NADA sobre.

avatar
MacDowell

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ury Wayne em Seg Ago 05, 2013 10:28 am

A questão é controversa! No entanto, examinando o Livro Básico, inclino-me a pensar que a WW quis dar a cada um dos "blocos" de habilidades tratamento diverso. Digo isso com fundamento em alguns trechos, por exemplo:

As Habilidades também são divididas em três categorias: Talentos,
Perícias e Conhecimentos. Os Talentos são Habilidades
intuitivas inerentes ou aprendidas "nas ruas". As Perícias são Habilidades
aprendidas através de rigorosos treinamentos e determinação.
Elas podem ser aprendidas através de cuidadosa prática, mas também
podem ser estudadas e aprendidas através do treinamento.
Conhecimentos são o que são — "instrução pêlos livros" e coisas
semelhantes. Conhecimentos são tipicamente buscas intelectuais ou
estudos aprendidos na escola ou em estudos.
(Pag. 106)

Com relação aos Talentos:
Se você tentar
uma ação baseada em um Talento que o seu personagem não tem,
não existem penalidades na parada de dados básica do seu Atributo;
estas Habilidades são tão intuitivas que virtualmente qualquer um tem
algum grau de capacidade em cada uma delas.
(Pag. 120)

Perícia:
Perícias são Habilidades aprendidas através da prática, aprendizado
ou outras formas de instrução. Se você tenta realizar uma ação que envolve uma Perícia na qual você não tem nenhum nível, a
dificuldade é aumentada em um. Um trabalhador inepto não é tão
eficiente quanto alguém que tenha baixos Atributos mas que tenha
algum entendimento sobre como os procedimentos funcionam


Conhecimentos:
Se você não tiver nenhum nível em um dado conhecimento,
você não pode nem ao menos tentar realizar jogadas que o envolvam,
a não ser que o Narrador dê uma permissão explícita (como
quando o bom senso está envolvido). Se você não sabe espanhol,
você não pode tentar manter uma conversação em espanhol usando
apenas o seu raciocínio.

Assim sendo, acredito que por terem consequências diversas, tem causas diversas, e merecem tratamento diferente! Afinal, é muito mais complicado tornar-se um médico do que um caminhoneiro. Pelo menos até onde eu sei.

_________________
Descrição/Ação;Pensamentos;Falas;Off.

"Preparem seus prelúdios, porque suas planilhas já nos pertencem".
avatar
Ury Wayne

Data de inscrição : 27/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Bispo Altobello em Seg Ago 05, 2013 12:21 pm

Ury, concordo com você. Porém, a minha listinha continua válida independente dos pontos salientados. Repare que em nenhum dos exemplos apresentados vê-se a necessidade de testes. Ou são fatos meramente interpretativos, ou são feitos tão triviais ao personagem que o teste poderia ser simplesmente dado como bem sucedido.

_________________
"Subirei aos céus, erguerei meu trono acima das estrelas de Deus
E lá, mais alto que as nuvens, serei como o Altíssimo." 
avatar
Bispo Altobello
Arcebispo La Sombra de New York - Sabá

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 23
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ury Wayne em Seg Ago 05, 2013 12:46 pm

Notei! Apenas quis me referir à forma de tratá-las, acho que cada uma merece tratamento específico! Smile 

_________________
Descrição/Ação;Pensamentos;Falas;Off.

"Preparem seus prelúdios, porque suas planilhas já nos pertencem".
avatar
Ury Wayne

Data de inscrição : 27/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Gam em Seg Ago 05, 2013 3:16 pm

A definição final de Ocultismo está errada. Isso já foi discutido antes e tornado oficial, depois apagado e ignorado pela administração anterior. Vou ver com a administração atual se a gente oficializa de novo.

Ocultismo 0 não significa que você não sabe o que é ser um vampiro. Salvo o defeito "Vítima da Máscara", todo personagem criado é automaticamente tratado como se soubesse o básico que se espera para um neófito de seu clã e seita.

_________________
... só pode ser os nóia!
avatar
Gam

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por MacDowell em Seg Ago 05, 2013 4:59 pm

Claro que não precisa ter ocultismos pra saber que vampiro bebe sangue... huahuahauhauhauhauah Isso não é obvio?

Obvio também que não é preciso ter lábia para mentir, ou ter empatia pra ver que o cara ta triste e até mesmo posso mandar um email, mensagem de texto ou postar em um forum sem ter um ponto em computador.
avatar
MacDowell

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Dylan Dog em Seg Ago 05, 2013 6:32 pm

Concordo com o esquema do zero. Não ter conhecimento algum com assuntos que estão sempre ao nosso redor é meio tenso de falar. Se eu tiver sobrevivência 0 eu não sei quais plantas são venenosas e quais são comestíveis, mas eu sei reconhecer frutas comuns, por exemplo uma maçã ou uma banana. Seria bizarro se com Política 0 eu não soubesse quem é o presidente ou mesmo, no mundo dos cainitas, o que é o príncipe. Você é instruído a determinadas coisas de forma bem básica quando se torna vampiro, fora o fato de que se eu tenho computadores 0 eu não sei mexer em um celular (tem crianças que não sabem mexer em computadores mas sabem mexer em celulares). Vale lembrar que, pra cada teste, um atributo é rolado junto com uma habilidade.
avatar
Dylan Dog

Data de inscrição : 08/05/2010
Idade : 24
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ignus em Ter Ago 06, 2013 1:29 am

Se 0 não significa que vc é um imprestável naquela área, que pontuação significaria? -1?
avatar
Ignus

Data de inscrição : 12/03/2011
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por MacDowell em Ter Ago 06, 2013 9:49 am

vou te dar 2 exemplos:

Eu tenho etiqueta 0 e fui convidado para um Baile Toreador. Mesmo sem valor em etiqueta sei que preciso ir bem vestido e me comportar bem para não ser alvo de risos, a não ser que essa seja minha intenção, o que não é o caso. Sabendo disso, vou a uma loja  que jugo ser apropriada para a festa (que poderia ter um teste com dif +1). Na loja peso ajuda para um fucionario, que acaba me indicando a roupa.

No dia da festa, chego em meu Chevette, o que já percebo ser um erro. Eu ainda não saiu do carro, porque essa é minha primeira festa de gala, então fico olhando como os outros convidados tratam a anfitriã na entrada. Um comprimento de mão, falo alguma merda e entro... Acho que é isso... E então saio do carro para me arriscar...

^^^^^^^^^ esse seria um exemplo de um cara com etiqueta 0 tentando se aventurar em outro nicho social. Perceba que ele pode ter ido com roupas não apropriadas. No caso, ele ainda entraria na festa, mas todos ali ja saberiam com que ralé estava tentando se misturar.


Exemplo:
Eu tenho computador 0, e estou navegando na internet, tentando arrumar algum texto sobre a segunda guerra mundial, jogar no Word e fazer o meu trabalho em cima dele. (na verdade para achar um texto legal, eu rolaria inteligencia+acadêmicos, porque o que importa aqui é a qualidade das informações. E para fazer o trabalho eu rolaria Inteligencia+Expressão, porque eu ia maquiar aquelas informações para que o professor não percebesse que foi uma copia.)
Quando termino o trabalho, salvo em um pendrive e recebo uma ligação de um colega"Você tem alguma indicação para um programa que seja apropriado para um esboço 3D?". Eu sei o que ele quis dizer, mas não tenho a minima ideia de que programa seria esse. (eu nem poderia fazer teste nesse sentido. Porque com computador 0, eu não tenho familiaridade com programas mais complexos, nem acompanho as novas ferramentas tecnológicas.)

Obs: Observe que o único ramo de habilidades que não se pode fazer teste EM CERTAS ocasiões é "Conhecimento".
avatar
MacDowell

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ury Wayne em Ter Ago 06, 2013 9:50 am

Ignus escreveu:Se 0 não significa que vc é um imprestável naquela área, que pontuação significaria? -1?

0 significa que você é um imprestável! Principalmente para efeitos de avaliação.

Todavia, no jogo, interpretando, a ausência de pontuação em determinado caractere deve ser visto com parcimônia. Empurrar necessita necessariamente de briga? Desde criança brinca-se de desviar (queimado é um exemplo); quem nunca correu? Os talentos possuem algo de intuitivo em seu domínio, razão pela qual dispensa-se instrutor, a depender do talento, para seu aprendizado, exigindo mais prática do que ensino.

As perícias, por sua vez, necessitam de instrução! Apesar da prática ser de igual modo importante, nesse caso, dado a seu caráter empírico, exige-se uma forma de ensino; não se pode achar que alguém consiga desarmar uma bomba aprendendo mediante a autodidática! Mas em âmbito de jogo, é possível que alguém que nunca abriu seus carrinhos de controle remoto possa consertar um rádio? Bom, só a sorte dirá, mas não é impossível(apesar de sê-lo mais difícil)! Mas ainda sim ele pode tentar. Não possuir etiqueta não quer dizer que a pessoa, não saiba onde tem de fazer "pipi", ou que não pode fazer na perna do "coleguinha".

Os conhecimentos, devido a sua natureza cognitiva, sendo eminentemente ligada ao campo mental, impõe maior rigor em sua análise, tanto no que se refere à análise de ficha como da interpretação. Entendo que, nesse caso, uma personagem com 0 em dado conhecimento não pode realizar uma ação que envolva esse conhecimento. Por exemplo, mesmo que uma pessoa que possua como língua o inglês, não conseguirá, nem por sorte (dados),  falar em alemão, mesmo sabendo que essa língua exista. Não se pode verificar a pressão arterial, ainda que se saiba que ela existe, com medicina 0.

Para efeitos de avaliação, se você não possui pontos em uma característica, você é inapto naquela habilidade, afinal, não se rola dados na área de avaliação!
Mas repito, em meu sentir, a questão é controversa.

_________________
Descrição/Ação;Pensamentos;Falas;Off.

"Preparem seus prelúdios, porque suas planilhas já nos pertencem".
avatar
Ury Wayne

Data de inscrição : 27/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por @nonimous em Ter Ago 06, 2013 10:17 am

Acredito que a avaliação esteja levando a coisa de forma muito restrita, no sentido de que apenas com habilidades poderia desempenhar aquele feito, no Livro bem no ínicio da descrição encontramos o seguinte texto:
" Como mencionado anteriormente, as Habilidades são as Características usadas para descrever o que você sabe e o que você aprendeu a fazer. Enquanto os Atributos representam o seu potencial bruto, as Habilidades representam a maneira que você encontrou para usar esse potencial. Você pode não precisar de nada mais ao que aforça para arrombar uma porta — mas se você estiver tentando usar de força bruta para forçar uma parte do motor sem quebrar nada, talvez: fosse melhor você saber algo sobre" mecânica.

Logo o que podemos entender:

1)Habilidades além de determinar o que você aprendeu a fazer ou intuitivamente saão potencializações de seus feitos.

02) O sistema de Vampiro a Máscara não é mecânico como,o ..Gurps por exemplo, logo é um sistema mais abrangente.

03) Deve haver uma limitação na avaliação, sim, deve afinal ficaria sem sentido colocar pontos nas habilidades, se eu posso descrever no prelúdio o que sei eu não sei.

04) Acho que a avaliação deveria ter uma perspectiva bidimensional, se exigem uma qualidade ou defeito para representar algum buraco no prelúdio isso deveria beneficiar também o player, exemplo se o jogador alega que é um grande político mais tem política 01, mas tem a qualidade Líder nato, isso ao meu ver seria válido.

Acho que por hora é só.

avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Bispo Altobello em Ter Ago 06, 2013 12:00 pm

O nível 0 não quer dizer que você seja imprestável. Se você quer que seu personagem seja imprestável em alguma habilidade, sinta-se livre para interpretá-la de tal modo, porém, em questões de sistema, é impossível ilustrar.

Do que o nível 0 é capaz? O nível 0 é capaz de realizar o que a grande maioria da população é capaz de realizar. O que uma pessoa nem tão inteligente, nem tão burro sabe. O que uma pessoa nem tão inepta, nem tão apta faz.

De cem pessoas quantas sabem que o Sol é uma estrela? Se você tem um nível 0, você não é necessariamente a pessoa que vive largando pérolas por onde passa. Apesar de você ter essa opção, significa que você faz parte da maioria esmagadora que não buscou conhecimento/pratica no assunto.

Uma ilustrada rápida: Você já buscou aprender Japonês? Provavelmente não. Mas aposto que você sabe o significado de algumas palavras como Arigato e Saionara.

_________________
"Subirei aos céus, erguerei meu trono acima das estrelas de Deus
E lá, mais alto que as nuvens, serei como o Altíssimo." 
avatar
Bispo Altobello
Arcebispo La Sombra de New York - Sabá

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 23
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ury Wayne em Ter Ago 06, 2013 12:50 pm

O escopo desse guia é facilitar a vida de pessoas pouco experientes em fazer fichas.

_________________
Descrição/Ação;Pensamentos;Falas;Off.

"Preparem seus prelúdios, porque suas planilhas já nos pertencem".
avatar
Ury Wayne

Data de inscrição : 27/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Bispo Altobello em Ter Ago 06, 2013 1:03 pm

Ury escreveu:
O escopo desse guia é facilitar a vida de pessoas pouco experientes em fazer fichas.

Na realidade, esse não é o Guia final. É apenas um rascunho que o Ignus postou para que fosse debatido.

_________________
"Subirei aos céus, erguerei meu trono acima das estrelas de Deus
E lá, mais alto que as nuvens, serei como o Altíssimo." 
avatar
Bispo Altobello
Arcebispo La Sombra de New York - Sabá

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 23
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por kausnecro em Ter Ago 06, 2013 5:35 pm

Concordo em quase tudo com o @nonimous, o sistema storyteller não é linear como alguns outros sistemas.

Porem os conhecimentos, não acho que deveriam ser tratados tão abrangentes, pois de fato existem pessoas analfabetas(academicos 0), ou que não fazem nem idéia que, por exemplo, chumbo é um metal pesado e pode matar, respiramos oxigênio (Ciencias 0), nem vou entrar no tocante a direito e linguistica, e como o questionador disse, pessoas podem saber uma ou outra palavra mais ler uma frase completa ou sequer entender o sentido, ou a pessoa estudou ou ela não entenderá.


Última edição por kausnecro em Ter Ago 06, 2013 6:33 pm, editado 5 vez(es) (Razão : Não espera molhar o bico!)
avatar
kausnecro

Data de inscrição : 08/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por MacDowell em Ter Ago 06, 2013 5:39 pm

"nem vou entrar no tocante a direito e linguistica, e questionador, pessoas podem saber uma ou outra palavra mais ler uma frase completa ou sequer entender o sentido, ou a pessoa estudou ou ela não entenderá"

Foi isso que O Questionador quis dizer huahuahuahauah
avatar
MacDowell

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Bispo Altobello em Ter Ago 06, 2013 6:54 pm

Kausnecro, então você quer dizer que se meu personagem souber ler, eu devo OBRIGATORIAMENTE comprar Acadêmicos 1? Se eu citar no meu prelúdio um trecho como "... e ao me levantar percebi que o oxigênio não era mais necessário aos meus pulmões, assim como meu pulso havia desaparecido completamente. - "Estou morto?" - Pensei assustado. ...", deveria OBRIGATORIAMENTE comprar Ciências 1? 

Se você estivesse certo, e se a vida fosse um RPG, eu teria 1 em absolutamente todas as Habilidades, alguns 2 e eu já teria até alguns 3. Faria inveja em muitos vampiros de 100 anos por aí! 13/9/5... coitados...

_________________
"Subirei aos céus, erguerei meu trono acima das estrelas de Deus
E lá, mais alto que as nuvens, serei como o Altíssimo." 
avatar
Bispo Altobello
Arcebispo La Sombra de New York - Sabá

Data de inscrição : 08/03/2010
Idade : 23
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por kausnecro em Ter Ago 06, 2013 7:12 pm

Sim meu amigo e eu acho que nos aqui nesse forum fizessemos ficha nesses forum teriamos uma ficha melhor que muitos exemplos de anciões, olhe só quantos livros você leu?, quantas lingua consegue falar? digo que pelo menos 1 muito bem(ingles) e talvez umas 2 razoavelmente, academicos, talvez uma faculdade? então diria pelo menos 2, talvez 3 em academicos, ocultismo...isso nos sabemos demais a diferença seria que se existissem teriamos que descobrir qual das muitas lendas serião verdadeiras. direitos? todos sabemos eu não sei você mas como militar eu diria ter pelo menos 2(afinal a propria faculdade de direito ensina onde achar as leis não saber elas de cor), politica? só de saber esquerda e direita hoje em dia deveria valer pelo menos 1...
Agora na nossa propria sociedade...vá a uma escola publica, mais especificamente ao enseja(escrevi errado...), aulas para adultos que nunca terminaram o estudo...é tenso a maioria não sabe nem ler e escrever meu amigo. Como classificar uma pessoa que não sabe ler no sistema alem de Academicos 0?
Que dira saber que respiramos Oxigenio! tenho certeza que metade do mundo diria apenas ar, mencionar oxigenio já diz saber o basico de ciencias.

Detalhe muitas pessoas não sabem ver o pulso.

Todos nos aqui nesse forum sbemos dessas coisas pela nossa própria curiosidade e muito atraves do RPG. (tenho certeza que se a vida fosse o mundo das trevas todos aqui deverião ter pelo menos 7 em ocultismo!)
O 1 ponto ao meu ver e na teoria dos avaliadores representão o minimo, não vou entrar no merito de valores superiores a isso por ser muito vago o conhecimento como um todo...
avatar
kausnecro

Data de inscrição : 08/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ignus em Qua Ago 07, 2013 5:52 am

O Questionador escreveu:Kausnecro, então você quer dizer que se meu personagem souber ler, eu devo OBRIGATORIAMENTE comprar Acadêmicos 1? Se eu citar no meu prelúdio um trecho como "... e ao me levantar percebi que o oxigênio não era mais necessário aos meus pulmões, assim como meu pulso havia desaparecido completamente. - "Estou morto?" - Pensei assustado. ...", deveria OBRIGATORIAMENTE comprar Ciências 1? 

Se você estivesse certo, e se a vida fosse um RPG, eu teria 1 em absolutamente todas as Habilidades, alguns 2 e eu já teria até alguns 3. Faria inveja em muitos vampiros de 100 anos por aí! 13/9/5... coitados...

Sério mesmo que vc quer comparar a ficha que uma pessoa de verdade teria no mundo real com as fichas de Vampiro?


________________________________________________________________


Superada essa resposta direta, proponho uma reflexão.

Suponhamos que alguém diga que decidiu cavalgar um cavalo selvagem com empatia com animais 0 no prelúdio. Isso seria possível no sistema? Claro que sim, se o sujeito tivesse sorte num teste de, digamos, Destreza+Empatia com animais. Agora, sem ele ter nenhum ponto na área eu devo assumir que isso aconteceu a contento? Devemos sempre admitir que as personagens não tenham nem 1 ponto nas áreas em que fizeram algo de maneira bem sucedida tiveram sorte?

Agora vamos a um exemplo menos drástico, mas que deve seguir a mesma lógica da questão à pergunta anterior (afinal, como se diz, para que haja justiça, pau que dá em Chico tem que dar em Francisco também).

Um sujeito tem Lábia 0 e não diz em seu prelúdio que tinha dificuldades em mentir, contanto a vida dele normalmente. Não se deve estranhar, já que a manifesta falta de traquejo nessa área tenderia a fazer com que os testes dele fossem mal sucedidos e isso de alguma maneira repercutisse na história dele?

A partir daí chegamos a um ponto no qual deve-se decidir: admitiremos a suposição de que os PJ´s eram sempre sortudos em seus prelúdios ou devemos exigir algum pré-requisito para tornar o evento mais plausível?

Por fim, lembro uma coisa. O reset aconteceu em grande medida para controlar os power rangers do fórum. Admitindo que os jogadores não precisem "desperdiçar" pontos nessas coisas que não exigem testes permitimos que sobrem pontos para formar aquele batalhão maroto de neófitos que "coincidentemente" tem prontidão 3, esquiva 3, esportes 3 e briga, armas brancas ou armas de fogo 3 e Ocultismo 3.
avatar
Ignus

Data de inscrição : 12/03/2011
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por @nonimous em Qua Ago 07, 2013 8:43 am

Ignus excelentes colocações, mas pelo o que eu entendi jogadores na sua maioria querem criar heróis faz tudo.
Porém em certos momentos a avaliação se excede no dever de corrigir planilhas, em tempo digo que isso não tem acontecido ultimamente, eu pessoalmente defendo uma moderação ao aplicar essas regras.

E acredito que poderia haver um consenso de o que pode e o que não pode imputar na planilha na sua concepção inicial.

Ou que explicite por exemplo sou um bom gerente, não tenha nada de finanças ou acadêmicos, mas possuo lábia alta para fazer os outros trabalharem para mim, ou quem sabe um nível alto de Aparência. è um metódo alternativo, mas claro de olho em supercombos que vemos por aí.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ury Wayne em Qua Ago 07, 2013 10:24 am

A questão é o que está na ficha (prelúdio + planilha)!

A vida da personagem, de fato, está na história. A pontuação deve segui-la! Por exemplo, o avaliado passa o prelúdio todo descrevendo como seu personagem se parece com o Rambo, vem com 0 em etiqueta, e depois eu que tenho que convidá-lo para cear lá em casa?

Quer uma análise análoga a de uma pessoa normal? ótimo! Conte uma história real. Assim, se o seu personagem for alguém de um meio social elevado, mas dada a sua personalidade introspectiva e antissocial não seja requintado com os tratos sociais,  permita-se, dessa forma, não gastar ponto em etiqueta e, ainda, não ser indelicado ou deselegante durante um evento; tudo isso dependendo de uma análise conjunta de seu atributos mentais e seu comportamento à luz de sua própria história. Afinal de contas, ele não precisa ser um diplomata só porque seus pais o são.

A questão, aparentemente, se resume ao olhar do avaliador. Entretanto, afeta todo o jogo! Imagine um nerd tirando uma de Macgyver, ou o Jack Bauer sentando ao lado de um terrorista usando toda sua empatia, com fulcro numa noção de homem médio e abusando de seus atributos. "Ah mas ai é problema do jogador não saber interpretar, e do narrador aceitar!" É mesmo?! Então lhe pergunto, qual a razão de ser mesmo da avaliação?

Ter uma dada habilidade zerada, a meu ver, não significa necessariamente que o individuo é um retardado, no particular, apesar de poder sê-lo, como bem salientou o Questionador. Todavia, se a habilidade for algo que seja imprescindível para a conformidade da história da personagem, essa deve ter os respectivos pontos.

Torno a dizer, o problema é da história e não da planilha em si. Muitos querem uma avaliação pautada numa realidade nossa, contando-nos sobre seus feitos sobre-humanos ocorridos na aurora de sua jovial existência mortal. Válido lembrar ainda, que estamos tratando de critérios de avaliação, e não das infinitas possibilidades de uma ação no jogo.
Enfim, quer tocar um pandeiro na rodinha de samba uma vez, não vou pedir performance! Mas, se todo domingo tem churrasco e rodinha de samba em sua casa, você certamente vai querer participar!

_________________
Descrição/Ação;Pensamentos;Falas;Off.

"Preparem seus prelúdios, porque suas planilhas já nos pertencem".
avatar
Ury Wayne

Data de inscrição : 27/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por @nonimous em Qua Ago 07, 2013 11:28 am

È impossível pautar o jogo Vampiro: A Máscara em nossa realidade, o vampiro é uma metáfora de fragilidade, um jogo de ficção, logo usar parâmeros de nosso mundo é no minimo contraproducente . Vale lembrar também como dito de forma farta no livro que o personagem é o ator principal de uma trama de Vampiro, logo ele é o herói, o anti-herói, o protagonista ainda que seja cruel e desumano, suas perspectivas é que dão lógica ao mundo das Trevas.

Falando especificamente do fórum, aqui é uma organização para se jogar RPG, logo as regras se fazem necessárias, se não avaliação, moderação e tudo mais ficaria sem sentido, o que eu pessoalmente questiono é o excesso nas avaliações.Que reitero até agora não ocorreram.
avatar
@nonimous

Data de inscrição : 01/06/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Ury Wayne em Qua Ago 07, 2013 12:56 pm

@nonimous escreveu:È impossível pautar o jogo Vampiro: A Máscara em nossa realidade,

Não concordo com o introito, pois em minha concepção o Mundo das Trevas toma como base a realidade nossa. Não há simetria de correspondência entre esses, mas um se funda no outro, a meu ver. Da virgula por diante concordo contigo plenamente!

_________________
Descrição/Ação;Pensamentos;Falas;Off.

"Preparem seus prelúdios, porque suas planilhas já nos pertencem".
avatar
Ury Wayne

Data de inscrição : 27/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Guia prático de como fazer uma ficha (e conseguir que ela seja aprovada!)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum