Henry Crow -- Ventrue - Camarilla

Ir em baixo

Henry Crow -- Ventrue - Camarilla

Mensagem por painkiller em Qua Out 31, 2012 8:20 pm

Nome: Ignus
Personagem: Henry Crow
Clã: Ventrue
Natureza: Juiz
Comportamento: Juiz
Geração: 8
Refugio: Apartamento em uma cobertura
Conceito: Advogado / lobista
XP 121 /121

Atributos
Sociais 9
5- Carisma: +1 +4 Eloquente, Distinto
5- Manipulação: +1 + 4 – Bom argumentador, Convincente
2- Aparência: +1 +1

Mentais 6
3- Percepção: +1 +2 (12XP)
3- Inteligência: +1 + 2
5- Raciocínio: +1 + 4 - Orador Vigoroso, Emboscadas

Físicos 4
1- Força: +1
1- Destreza: +1
5- Vigor: +1 + 4 –Resistente, Resoluto

Habilidades
Talentos 16
- Prontidão: 4 (emboscadas)
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:
- Empatia: 4 (Motivações)
- Expressão: 4 (Conversação)
- Intimidação: 1 (3XP)
- Liderança: 2 (5XP)
- Manha:
- Lábia: 4 (mentiras impecáveis)

Perícias 7
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 1
- Etiqueta: 1
- Armas de Fogo: 1
- Armas Brancas:
- Performance: 1 (3XP)
- Segurança:
- Furtividade: 4 (Mover-se em Silêncio)
- Sobrevivência:

Conhecimentos 11
- Acadêmicos: 3
- Computador:
- Finanças:
- Investigação:
- Direito: 4 (processos)
- Lingüística:
- Medicina:
- Ocultismo: 1 + 1 = 2 (2XP)
- Política: 3
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes 8 + 4 (PB)

Influência (Política): 2; - ganho on game ao
Fama 1 (nicho social: ricaços, políticos e advogados) ganho on game
Status: 1 ganho on game
Mentor: 3 ganho on game (Primogeno Nosferatu de NY)
Lacaios: 2 ganho on game


---------------
Recursos 5
Geração 5


Contatos 2
-Delegado Chefe-adjunto da NYPD (Henry Crow fez com que algumas representações na Corregedoria ligadas a peculato e corrupção passiva desaparecessem)
-Mark Logan - auditor da Receita Federal

Aliados 3
-Promotor-chefe de NY (Crow discretamente ajudou-o a conseguir o cargo.)
-Mafioso Bryan “olhos azuis” Brandinni (posto em liberdade graças aos serviços advocatícios de Henry. Imediatamente subordinado ao capo que controla a cidade)
-Oscar Kelly – chefe da Alfândega no aeroporto de NY


DISCIPLINAS
-------------
Presença 4
Dominação 1
Fortitude
Ofuscação 1 + 2 (21)

Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção: 1 + 1

- Autocontrole ou Instinto: 1 + 3

- Coragem: 1 + 3


HUMANIDADE: 6

FORÇA DE VONTADE: 4 + 4 (4pb) = 8


QUALIDADES e DEFEITOS
Qualidades
Voz Encantadora: (2 pontos de Qualidade)
Ligação Reciproca (5 pontos)
Madrugador (1 ponto)
Reflexo Falso (3 pontos)

Caçado: (4 pontos de Defeito)
Deficiência Visual (1 ponto de Defeito) – ele usa lentes de contato
Vulnerabilidade a Prata (2 pontos)


Ventrue – Alimentação seletiva - apenas mulheres bonitas


PRELÚDIO
Nascido na classe média baixa da sociedade Henry Crow levou uma vida sem nada de extraordinário até começar a trabalhar como advogado após se formar na Faculdade de Direito.

Como o mundo jurídico descobriu em pouco tempo, o talento de Henry Crow na arte de advogar era mais do que evidente.

Desde que começou sua carreira de advogado Henry nunca perdeu um caso fácil, poucas vezes perdeu um caso mediano e por diversas vezes ganhou casos que seus colegas considerariam impossíveis.

Tendo em vista que a principal área de atuação de Henry era a criminal e que seus talentos consideráveis estavam à venda daqueles que podiam pagar um preço alto, muitos homens culpados conseguiram escapar da punição da Lei com o auxílio do Dr. Crow.

Henry nunca se incomodou de verdade com o fato de colocar homens que deveriam ir para trás das grades nas ruas. Embora seu discurso para a sociedade, inclusive nas oportunidades em que deu alguma entrevista, fosse o de que “todo homem merece uma Defesa que lhe assegure um processo justo em que não se presuma sua culpa antes de se analisar as provas e seu papel era esse”, a verdade era a de que ele pouco se importava com justiça, inocência ou provas.

O fato é que a capacidade profissional do Dr. Crow lhe permitiu abrir seu próprio escritório em Washington e erigi-lo à condição de uma das mais respeitadas Bancas do país.

O desenvolvimento profissional meteórico também atraiu para ele a atenção de seu senhor, um Ventrue conhecido como Dryan Smith que teve sua última cria assassinada (ou pelo menos assim se acredita, vez que seu refúgio foi atacado por membros da Espada de Cain e desde aquela noite nada se ouviu falar dele) pelo Saba há alguns anos e que procurava alguém promissor para substituí-lo.

Para testar a capacidade e o caráter de Henry, o Sr. Smith fez com que um de seus carniçais fosse preso após torturar brutalmente até a morte um carniçal Lasombra e contratou os serviços de Henry para defendê-lo.

Graças a um pequeno erro técnico praticado pelo policial por ocasião da prisão do carniçal, o advogado conseguiu que as principais provas levantadas fossem declaradas pelo Tribunal competente como ilicitamente obtidas e, dessa forma, acabou por pulverizar o caso para a Promotoria.

Mas ainda mais importante do que isso, durante o contato que Henry e Smith tiveram durante o curso do processo Henry se mostrou para seu futuro senhor como perspicaz e ambicioso o bastante para ser considerado digno de receber o Abraço.

Henry tomou conhecimento da existência dos vampiros na noite em que absolveu o carnical de seu senhor. Naquela noite Smith convidou Henry para sua casa sob o pretexto de comemorar sua grande vitória e discutir negócios.

Após servir um excelente vinho a seu convidado Smith começou a falar sobre a existência de poderes maiores do que os percebidos pelo homem médio. A princípio Henry achou que seu anfitrião iria começar a sobre religião, tema a respeito do qual Henry criou aversão pelo fato de seus pais tentarem sem sucesso convencê-lo de que a Bíblia era verdadeira e fazê-lo se tornar um bom cristão durante toda sua juventude, e já se preparava para arrumar uma forma de mudar de assunto, quando Smith decidiu dar a ele uma pequena demonstração dos poderes da noite.

Smith entregou uma caixa de madeira fechada a Henry e o instruiu a abri-la. Dentro do quadrado de ébano o advogado encontrou um revólver e seis balas. Espantado com a situação e começando a achar seu contratante esquisito demais e potencialmente perigoso Crow olhou nos olhos de seu anfitrião para dizer algo quando foi alvo de Dominação.

A seguir Smith fez Henry carregar a arma e apontá-la contra o peito do vampiro.

Ele então disse que havia meios de exercer influência muito mais refinados que a simples retórica que Henry conhecia e mandou que ele puxasse o gatilho, ordem que, naturalmente, foi obedecida.

Para o espanto do advogado o projétil que acertou Smith não pareceu lhe causar nenhum mal a não ser rasgar sua camisa social. Estupefado tanto com o fato de ter realmente atirado como com o fato de o homem a sua frente ainda estar de pé, ele recebeu ordem de atirar novamente até derrubar seu anfitrião. Atônito ele puxou o gatilho mais 3 ou 4 vezes até que o cainita, sempre mantendo um passo constante caminhasse até ele e tirasse a arma de suas mãos e, para demonstrar que a munição era verdadeira, atirasse ele mesmo em um vaso próximo.

Terminada a pequena demonstração, Smith disse que Henry tinha duas opções, aceitar um presente de vida eterna e poderes incríveis ou acordar em sua casa no dia seguinte sem lembrar do que tinha acontecido e condenado a uma vida humana de mediocridade.

Henry Crow não demorou dez segundos para se decidir pela primeira alternativa.

Após o Abraço seu Senhor passou os próximos anos cuidando da educação vampírica de Henry. O relacionamento entre eles embora amistoso sempre lembrou um pouco uma relação profissional entre um presidente de uma corporação e um de seus executivos. Smith era um tutor paciente e eficiente que não se incomodava que seu aluno fizesse muitas perguntas sobre o que estava sendo ensinado, porém não admitia ter de repetir uma lição já dada.

Sob orientação de seu Senhor – que em verdade tinha grande interesse em aumentar sua influência no mundo jurídico -, Crow continuou exercendo a advocacia após seu Abraço por mais algum tempo.

Algumas adequações tiveram de ser feitas para que ele pudesse continuar sua profissão, tais como não comparecer aos julgamentos realizados durante as horas de luz, mas medidas compensatórias foram estabelecidas, tais como entregar pessoalmente (e com uso de Presença) e logo após o anoitecer suas defesas escritas diretamente nas mãos das autoridades com poder de julgamento e se tornar autor de livros jurídicos com o intuito de ser academicamente reconhecido.

Passados dez anos de seu Abraço Henry decidiu atuar com menos freqüência em órgãos do Poder Judiciário do rebanho. O uso de disciplinas tornava o jogo muito fácil ali. Então dali para frente ele passou focar em seus casos mais interessados, os que envolviam clientes cainitas que estavam em problema com a Camarila.

Assim nos próximos 10 anos ele viajou mundo afora atuando em favor de Membros em Cortes de Sangue, viajando até onde era necessário quando era contratado para defender um cainita. Provavelmente o seu caso mais interessante envolveu um poderoso nosferatu de Washington, que posteriormente veio a se tornar membro da primigenie da Big Apple. Mas isso foi apenas mais tarde. Por um bom tempo Henry teve a oportunidade de residir na mesma cidade que o Nosferatu, dominando as técnicas da Ofuscação.


Quando ocorreu a retomada de NY Crow aproveitou-se do surgimento de toda aquela estrutura de poder sem dono e migrou para lá. Cobrando alguns favores antigos (que acabaram por fazer com que passassem a estar pagos) ele logo conseguiu se tornar influente na política local.

As habilidades herdadas por seu clã (presença) aliadas a um uso inventivo da Máscara das mil faces (aprendida com o mentor) fizeram com que Henry rapidamente se tornasse um lobista bastante influente. Por sinal, as rápidas aprovações dos projetos que reformulavam os esgotos de NY tiveram o dedo de Crow em seu desenrolar.


Atualmente Henry presta seus serviços com regularidade para alguns grupos, notadamente tabaco e armas de fogo (grupos controlados por Ventrue . Trata-se de um negócio simples $ em troca de assessoria junto aos parlamentares e/ou membros influentes do partido.


Quanto aos serviços advocatícios, para a maioria das coisas Henry não mais atua diretamente. Ele prefere usar seu lacaio para esses assuntos mais triviais.

BANCO DE DADOS

ULTIMA ATUALIZAÇÃO:

Apêndice 1: O motivo pelo qual Henry Crow passou a ser alvo de um caçador de bruxas
Spoiler:


O caçador de bruxas que persegue Henry é um ex-policial chamado Duncan Bass cujas histórias se cruzaram pela primeira vez quando Crow ainda era humano.

A irmã de Duncan (Sarah Bass) foi assassinada por seu namorado (Mark Logan, auditor da Receita Federal), que a havia esfaqueado em uma crise de ciúmes um dia pós seu aniversário de 26 anos.

Por força de compromissos pessoais Duncan não pôde ir à festa de aniversário dada por sua irmã na noite anterior ao crime, então, como morava próxima da casa dela decidiu passar para cumprimentá-la.

Para sua infelicidade, todavia, ele chegou na casa minutos após o crime ter sido cometido quando o assassino tinha acabado de limpar suas impressões digitais do cabo da faca.

Duncan viu o cadáver de sua irmã e entendeu o que acontecera imediatamente. Ele então rendeu Mark, tirou-lhe a faca das mãos, o amarrou a uma cadeira e o amordaçou.

Certamente ele podia simplesmente ligar para a polícia e meter o desgraçado que matou sua irmã na cadeia, mas ele sempre teve certa inclinação à violência e a perturbadora visão de sua irmã morta fez ele se descontrolar e buscar um pouco de vingança com as próprias mãos.

Provavelmente por conta disso, após ligar para a polícia Duncan começou a espancar Mark até que seus colegas de farda chegassem.

É verdade é que tortura não é algo incomum quando policiais prendem bandidos, todavia, quando o malfeitor tem um bom advogado os policiais que excedem os limites da lei costumam se dar mal.

Mark usou seu telefonema para chamar Henry Crow, advogado que já livrara um colega de trabalho corrupto de ir preso por aceitar suborno. Assim que chegou, Crow exigiu a realização de um exame médico em seu cliente para que as marcas de tortura ficassem provadas e orientou Mark a não dizer uma única palavra.

Posteriormente, após ter tempo de bolar uma história convincente e de obter informações sobre o caso, Crow orientou seu cliente a dizer que quando ele chegou à residência de sua namorada encontrou Duncan discutindo com Sarah por dinheiro e que tentou agir em sua defesa, porém foi subjugado pelo policial (que tinha um porte físico muito superior ao seu) e sua namorada foi esfaqueada por ele.

Para sorte do verdadeiro assassino, a Corregedoria de polícia já havia aberto processos para investigar excessos de Duncan (três interrogatórios violentos usados para obter confissões de homens que realmente eram culpados em 2 casos de estupro e 1 de homicídio) e havia registros bancários indicando que Sarah havia depositado dinheiro na conta de seu irmão.

Henry Crow levou esses elementos para a mídia, conseguindo convencer mediante astuto discurso tanto a opinião pública como a promotoria de que o verdadeiro assassino havia sido Duncan e não seu cliente.

Por conta disso, Duncan foi levado a julgamento pelo assassinato de sua irmã. O caso estava tão ruim para ele que sua defesa sequer pediu absolvição, mas sim reconhecimento de insanidade de Duncan.

Ao final do julgamento, Duncan foi declarado insano pelo júri e foi internado em um manicômio, local em que passou quase 15 anos.

Algum tempo atrás ele finalmente foi libertado, vez que os médicos do lugar apresentaram laudo em que afirmaram que ele já estava curado de sua enfermidade. A verdadeira razão pela qual os médicos apresentaram tal parecer é um mistério, vez que no cárcere Duncan se tornou mais agressivo do que nunca e desenvolveu um quadro de severa paranóia.

Contudo, como o manicômio e sua junta médica sempre estiveram nas mãos de Malkavianos talvez sequer haja uma razão coerente para explicar a liberação de Duncan.

Especulações à parte, a verdade é que Duncan sabe que vampiros existem em razão de sua estada em um manicômio em que Malkavianos usavam os internos, incluindo ele próprio, como rebanho e nutre um grande desejo de vingança contra o advogado que fez com que ele perdesse 25 anos de sua liberdade.
Apêndice 2: O refúgio
Spoiler:
Henry mora num apartamento de cobertura especialmente preparado para suas necessidades.

Ele dorme em um quarto do pânico no qual tem acesso a um sistema de segurança por onde é capaz de monitorar o resto da casa. Há sensores de movimentos cobrindo toda a casa e elas registram o horário e o local em que houve movimento em qualquer cômodo da casa.

Lacaio 1 - Advogado testa de ferro
Spoiler:
Nome: NPC
Personagem: Mark Bittencourt
Clã: X
Natureza: Conformista
Comportamento: X
Geração: X
Refugio: Apartamento de classe média alta
Conceito: Advogado


Experiência:


ATRIBUTOS (6 - 4 - 3)

Físicos 3
- Força: +1
- Destreza: +1 + 1 = 2
- Vigor: +1 + 2 = 3

Sociais 4
- Carisma: +1 + 3 (eloqüente)
- Manipulação: +1 + 1
- Aparência: +1 +

Mentais 6
- Percepção: +1 + 2
- Inteligência: +1 + 2
- Raciocínio: +1 + 2


HABILIDADES (11 - 7 - 4)

Talentos: 7
- Prontidão:
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:
- Empatia: 2
- Expressão: 1
- Intimidação: 1
- Liderança:
- Manha: 1
- Lábia: 2

Perícias - 4
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 2
- Etiqueta: 2
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:
- Performance:
- Segurança:
- Furtividade:
- Sobrevivência:

Conhecimentos - 11
- Acadêmicos: 3
- Computador: 2
- Finanças: 2
- Investigação:
- Direito: 3
- Lingüística:
- Medicina:
- Ocultismo:
- Política:
- Ciências: 1


VANTAGENS

Antecedentes 5 + 1
Recursos 4 – Crow faz questão que seu “sócio” tenha um bom salário.
Contato 2 – Um auditor da Receita Federal para quem Bittencourt providenciou uma conta discreta no Exterior
- Um primo que é juiz cível

DISCIPLINAS
-------------



Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção: +1 + 2

- Autocontrole ou Instinto: +1 + 3

- Coragem: +1 + 2


HUMANIDADE: 7

FORÇA DE VONTADE: 3


QUALIDADES e DEFEITOS
Deficiência Visual (1 ponto) – corrigida com óculos
A sua visão é deficiente. As dificuldades de todos os testes relacionados à visão são aumentadas em dois pontos. Como um Defeito de 1 ponto, essa condição pode ser corrigida com o uso de óculos ou lentes de contato; como um Defeito de 3 pontos, a condição é grave demais para ser corrigida.
(Vampiro, a Máscara; Livro Básico 3ª ed, pág 297)

OBS:


PRELÚDIO
Mark é o advogado que atualmente está encarrregado de fazer com que o tradicional escritório que Henry Crow fundou continue funcionando. Ele nunca foi transformado em carniçal por Henry não ver utilidade nisso no momento, tampouco deseja criar um auxiliar sem senso crítico para desempenhar seu papel de administrador de sua Banca e suas finanças.
Ele tem seus quase 50 anos, não tem filhos e terminou seu 2º casamentos há alguns meses.


BANCO DE XP
-----

BANCO DE DADOS
-----

ULTIMA ATUALIZAÇÃO: -----

Lacaio 2 - Guarda costas
Spoiler:
Nome: NPC
Personagem: Julian Tong
Clã: Carniçal Ventrue
Natureza: Perfeccionista – prática do kung fu
Comportamento: X
Geração: X
Refugio: academia de kung fu
Conceito: Artista marcial


Experiência:


ATRIBUTOS (6 - 4 - 3)

Físicos 6
- Força: +1 + 2
- Destreza: +1 + 3 (Reflexos rápidos)
- Vigor: +1 + 1

Sociais 4
- Carisma: +1 + 2
- Manipulação: +1 + 1
- Aparência: +1 + 1

Mentais 3
- Percepção: +1 + 1
- Inteligência: +1 + 1
- Raciocínio: +1 + 1


HABILIDADES (11 - 7 - 4)

Talentos: 11
- Prontidão: 3
- Esportes: 2
- Briga: 3
- Esquiva: 3
- Empatia:
- Expressão:
- Intimidação:
- Liderança:
- Manha:
- Lábia:

Perícias 7
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 2
- Etiqueta:
- Armas de Fogo: 2
- Armas Brancas: 3
- Performance:
- Segurança:
- Furtividade:
- Sobrevivência:

Conhecimentos - 4
- Acadêmicos:
- Computador: 1
- Finanças:
- Investigação: 1
- Direito:
- Lingüística: 1 chinês
- Medicina: 1
- Ocultismo:
- Política:
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes
Recursos 2 – rendimentos oriundos da academia de artes marciais da qual é dono
Contatos 1 – Ronald Mice – um aluno cujo real propósito na academia é vender suplementos alimentares e esteroides
Fama 1 – É conhecido pelos praticantes de artes marciais por ser dono de uma academia respeitada
Aliado 1 – George Tong um sobrinho que é policial


DISCIPLINAS
Potência 1
Fortitude 1
-------------



Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção: +1

- Autocontrole ou Instinto: +1 + 3

- Coragem: +1 + 4


HUMANIDADE: 5

FORÇA DE VONTADE: 5


QUALIDADES e DEFEITOS
Defeitos
Antecedentes Criminais (2 pontos)
Você passou por tempos difíceis na prisão. Você não pode comprar armas-de-fogo legalmente, e todos os testes sociais para os que sabem de seu histórico tem dificuldade +2. Policiais, em particular, são especialmente inclinados a te humilhar, e você pode dar adeus a chance de algum dia ter o benefício da dúvida daqueles que o conhecem.
(Vampiro, a Máscara; Guia do Jogador 3ª ed, pág. 27) – foi preso quando era jovem por um envolvimento com uma gangue de chinatown. Passou 5 anos preso.

Anosmia (1 ponto)
Você não possui olfato ou paladar. Os piores cheiros e sabores imagináveis não o afetam, na verdade, você nem reconhece sua presença. Você não pode tentar fazer um teste de percepção que envolva um desses sentidos. Contudo, qualquer ataque sobrenatural envolvendo odores e gostos horripilantes não o afetam. É bem verdade que os Nosferatus que cercam o lixo por tempo suficiente se tornam imunes a praticamente qualquer odor ruim, mas você simplesmente não reconhece gosto algum.
(Vampiro, a Máscara; Clanbook Nosferatu 3ªed, pág. 72) – Defeito de nascença

Qualidades
Temerário (3 pontos)
Você é bom em assumir riscos e ainda melhor em sobreviver a eles. Sempre que estiverem tentando alguma coisa particularmente arriscada (como saltar de um carro em movimento para outro), os personagens com esta Qualidade acrescentam três dados adicionais à sua jogada e desprezam um resultado de falha crítica num dado que resulte de ações desse tipo. Em geral, essas ações devem corresponder a uma dificuldade de pelo menos 8 e ter potencial de inflingir no mínimo três níveis de dano em caso de fracasso.
(Vampiro, a Máscara; Livro Básico 3ª ed, pág 297)
OBS:
Idade: 60 anos

PRELÚDIO
Os pais são chineses e vieram para os EUA no começo do século, antes dele nascer. Ele e o irmão mais velho (já falecido, pai de seu aliado) cresceram em Chinatown e se envolveram desde novos com as gangues locais. Em uma briga de gangue seu irmão morreu e ele e outros envolvidos na confusão foram presos. Ele passou 5 anos preso por isso e ao sair decidiu sair do mundo das gangues. Passou a dar aulas de artes marciais fora de Chinatown e, eventualmente, conseguiu abrir seu próprio negócio.

Henry Crow o encontrou ao procurar um guarda costas potencialmente útil simulando que queria aprender artes marciais. O cainita se interessou pela técnica do Sr. Tong, apostando que seu conhecimento seria mais útil do que juventude uma vez que ele fosse transformado em carniçal.

BANCO DE XP
-----

BANCO DE DADOS
-----

ULTIMA ATUALIZAÇÃO: -----
avatar
painkiller

Data de inscrição : 23/03/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum