Christopher Powers - Tremere - Camarilla

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Christopher Powers - Tremere - Camarilla

Mensagem por Convidad em Seg Out 15, 2012 8:56 am

Nome: Dierlon
Personagem: Christopher Powers
Clã: Tremere
Natureza: Excêntrico
Comportamento: Diretor
Geração: 10º
Refugio: Flat de Luxo no Centro
Conceito: Politico dos bastidores


Experiência:


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos
- Força: 2
- Destreza: 2
- Vigor: 2

Sociais
- Carisma: 3
- Manipulação: 5 ( Discursos)
- Aparência: 2

Mentais
- Percepção: 2
- Inteligência: 3
- Raciocínio: 3


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos 13
- Prontidão:1
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:
- Empatia: 1
- Expressão: 3
- Intimidação:1
- Liderança: 3
- Manha:1
- Lábia: 3

Perícias 5
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 1
- Etiqueta: 2
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas: 1
- Performance:
- Segurança:
- Furtividade: 1
- Sobrevivência:

Conhecimentos 9 + 6 pontos de Bônus
- Acadêmicos:1
- Computador:1
- Finanças: 2
- Investigação:
- Direito: 2
- Lingüística: 1
- Medicina:
- Ocultismo: 1
- Política: 4( Máquina Pública: Camarilla)
- Ciências:





VANTAGENS

Antecedentes (5) + 09 pontos de Bônus
Geração 3
Recursos 4
Influência 3 ( política)
Status 01
Mentor 03


DISCIPLINAS(3)
Taumaturgia 01
Dominação 02

Trilha Taumatúrgica: Corrupção 01
Ritual: Amarrar a língua acusadora



Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção: 2

- Autocontrole ou Instinto: 3

- Coragem: 5


HUMANIDADE:5

FORÇA DE VONTADE:7


QUALIDADES e DEFEITOS
Líder Nato 01 Qualidade
Amigo da Primigênie 04 Qualidade
Visado 04 Defeito
Inimigo 03

Gastos de pontos de Bônus:
6 Pontos em Conhecimentos
09 pontos em Antecedentes.
02 Pontos em Força de Vontade.
Total 17 pontos de Bônus.

Defeitos: 07 pontos Visa 04 mais inimigo 03
Qualidades 05 Pontos:

Totalizando 17 pontos para distribuir.




OBS:


PRELÚDIO

Sua Vida.


A família Powers têm ao longo de seus 250 anos atrelado como um fator de poder, Christopher o mais jovem de 4 irmãos da corrente principal, estava fadado ao anonimato, ou seguir os passos de seus irmãos mais velhos, cerca de 10 anos os separavam.
Porém a ambição insular e desejo ardente de controle estava no seio desse jovem, estudou Ciência Política em Yale, e pós graduação em Política Coletiva em Princeton, se tornou o mais jovem presidente da Associação American Riffles, aos 27 anos, todos os seus antecessores tinham mais de 50 anos. Líder comunitário, presidente da militância Democrata, era inquieto, e buscava seu caminho ao invés de aceitar a esmola em forma de cargos comprados de sua família rica e poderosa.
Congressista aos 29 anos, assistente do senador mais votado do Massachusetts, Cris Powers, era uma estrela em ascensão e com poder e dinheiro, sua influência crescia em Washington, seu nome era tido como o próximo senador de seu estado, mas negou temendo ser um alvo de seus muitos inimigos, se sentia melhor nos corredores do que exercendo o poder, escolhia candidatos, ao senado, delegados, presidentes de agências, se tornara um homem obcecado, com controle. Temendo que seu país, seu lar, seu mundo fosse atacado por agentes estranhos, na luta por preservação, as vezes se valia de armas nada ´´ morais ´´ assassinatos, sabotagem, espionagem e contra espionagem. Chris se tornara um estadista, e como estadista, via que os fins sempre justificava os meios, sempre, caso alguém morresse ou se ferisse, bem, essa era a quota parte a ser paga em nome da segurança nacional.
Mas a faceta de político conservador é apenas uma interface apresentável ao público, desde seus primeiros anos de faculdade ele têm se envolvido em sociedades secretas, sendo a de maior atuação um grupo que cultua o Deus Negro Huitzilopochtli, e seguindo a tradição americana se associar a uma sociedade secreta é passaporte para o jogo do poder, a seita cultua a morte, a reciclagem dos ciclos, e a primazia dos líderes, seus operativos estão infiltrados nos escalões de poder, seus rituais envolvem orgias sexuais, mutilação de inimigos, tortura, e uso de alucinógenos em busca da transcendência, Chris participa do culto que honra Huitzolopcht, seus membro na maioria professores, empresários e outros curiosos de filosofias não cristãs ( embora as semelhanças com práticas Diabolistas, não são meras coincidências)

Seu Abraço

Em um Congresso Democrata Christopher teve contato com um renomado cientista político, que fora professor de um dos seus professores, o homem demostrou grande interesse, conversaram por horas a fio sobre política, religião e economia mundial, e a amizade pendurou por anos, ele sempre revelava com antecedência os planos de rivais políticos, e misteriosamente corpos de inimigos eram achados em valas e noticiados, gerando um péssima reputação para chris, que percebeu que seu conselheiro estava o empurrando para um jogo sombrio, quando certa noite a conversa ganhou um tom mais agressivo, Chris, ameaçou nunca mais querer ver o mestre acadêmico, imediatamente seus atos se voltaram contra ele, ao tentar fugir ele correu para o centro da sala, e ele não podia nada fazer, seu corpo estava completamente enrijecido, naquela noite Habermas Grimmwood abraçou Christopher Powers, para preserva seu poder pela eternidade e a serviço do clã Tremere.

Sua Não Vida
Chris fez o juramento Tremere naquela noite de inverno de 1930, e desde então tem servido com um proposito feroz o clã dos Feiticeiros, seu senhor é da ordem dos Regentes, mas não tem ainda uma Capela, ele têm planos sombrios, e em uma jogada bem estruturada ele ensinou seu neófito seu segredo mais sombrio, sua trilha negra, aprendida com bruxos da Santeria na America do Sul, os dois têm servido aos propósitos do Alto Regente, do Pontifice, do Conselho dos Sete, Chris suspeita que seu senhor tenha negócios externos, já o viu conversando com homens misteriosos, sem o consentimento da Capela, vez ou outra ele recebe estranhos conselhos, dizendo para se declarar liberado, e sair de perto de seu ancião, ao que sabe, Habermas tem objetivos muito sombrios, desviando recursos do clã para eliminar inimigos, e sabotando outros Tremere, ele goza de grande respeito dentro da Camarilla, o que não pode ser dito dentro de seu clã.
Powers, facilmente, conseguiu abertura política, cria de um ancião renomado, foi apresentado, e noites se passaram e anciões aprenderam a ouvir a opinião de um expoente da política moderna, o mesmo ancião carcamano que critica Powers, o pede conselhos para assuntos diversos, Powers continua exercendo seu poder dentro da intricada política americana, mas se sente melhor no mundo vampírico, ele as vezes é enviado para negociar com anarquistas, Giovannis e outros mais, onde quer que a imagem dos anciões truculentos e seculares esteja desgastada, ele é convocado.
O clã Ventrue se ressente muito pelo clã Tremere ter abraçado Christopher, e tem se esforçado para mitigar o poder crescente do Neófito, e tenta apagar esse brilho, o Conselho da Primigênie o aprova como estadista, embora outros membros o vêem como uma ameaça, afinal como alguém tão jovem pode ser tão poderoso? A resposta é mais intrigante que possa se imaginar, como um cultista faxuto, Chris controla multidões em seus discursos altamente espontâneos, sem técnica, mas com grande emoção. Muitos temem seu crescente poder, seu inimigo o Ventrue Ancião Giulius Garreth têm atuado para diminuir a influência de Chris e seu ancião, a luta constante têm se tornado a cada noite mais densa, mais violenta, e ganhou uma nova dimensão, quando Marie Presley, a criança preferida de Giulius foi destruída, as suspeitas claro recaíram sobre a dupla Tremere, o criou um desconforto entre o clã Tremere e Ventrue, cedo ou tarde alguém vai descobrir que Chris e seu senhor têm, jogado os dois lados um contra o outro, mas membros de fora têm se perguntado quem realmente é o mestre desse conflito, e há quem diga que um poderoso Vampiro Adormecido no México tomou parte, e controlou todo o culto de Chris, e passou a controla-lo, de longe.

Sua influência: Christopher, mantém uma base de poder na máquina publica da Camarilla e das agências americanas, CIA, FBI, Congresso Nacional, Lobbys Milionários, políticos o procuram para Marketing de campanha, na Camarilla ele é um Neófito respeitado, e odiado pelos desajustados, e ouvido por seus superiores em reuniões, dentro do seu clã ele caminha mais vagarosamente, mas ainda assim, tem reconhecimento, as vezes ele gostaria de ter sido abraçado por um Tremere menos polêmico.Atualmente ele têm tido sonhos recorrentes de uma grande destruição anunciada, e um terrível monstro de chifres e pele pálida têm o aconselhado, no fim Chris teme que desde o seu abraço ele é controlado por um terrível inimigo do clã Tremere.

Aparência: Os olhos reluzem como esferas de metal, cabelos bem penteados com gel, terno italiano feito a mão, geralmente usa um chapéu, da época que foi abraçado, na metade do século.

Equipamento: Celular, Notebook, e uma equipe de acessores políticos.
Mote: ´´ Nada importa, se não a vontade coletiva de nossos Anciões´´

Explicando Qualidades e Defeitos:
Visado, devido ao grande poder de Powers e de seu Progenitor, muitos membros o prefeririam fora da jogada, e não tão raro ele sobrevive a tentativas de destruição.
Amigo da Primigênie: Um ancião viu o jovem Tremere levar candidatos pequenos a vitórias, e levou o como Secretário no Conselho, desde então sua presença é sempre requisitada como Agente institucional, ou seja para limpar a a merda de alguém.

Objetivos:

Esse jovem Tremere, acredita no progresso e na ordem, uma visão positivista do mundo, acredita que somente servindo lideranças e sendo servido poderá levar os mortais e imortais a um convivência harmoniosa e lucrativa para ambos os lados, não por humanismo, mas por sobrevivência, acredita na Camarilla como um ferramenta útil, para estabelecer ordem, tanto quanto no Estado, como fomentador da paz Social, e fará qualquer coisa para manter o Status Quo. Nem que para isso tenha que começar uma guerra civil, para eliminar os fracos.Secretamente forças externas têm controlado Chris, ele está aos poucos tomando ciência disso, embora não possa dizer com exatidão, exceto pelo seu senhor, que quando sozinho, emite súplicas a alguém chamado Baal pelo sua não vida na Gehena Vindoura.

Personagens Anexos: È um anexo, leia apenas se quiser aprofundar o personagem.
Habermas GrimWood, esse Tremere nasceu aos arredores de Londres pouco antes da Revolução industrial, foi um feiticeiro notável, sendo abraçado pelo clã devido a sua mediunidade, fora enviado as capelas na America do Sul, onde ganhou grande poder e influência, tem contatos no Caribe, onde aprendeu estranhos feitiços espirituais, vê em Christopher um joguete digno, e noite pós noite luta para manter sua cria longe da influência de outros anciões, e sobre seu julgo.

Giulius Garreth, Inimigo Leal.

Desde a alvorada da colonização esse Ancião Ventrue tem praticado sua influência no novo mundo e ilhas do Caribe, de conglomerados financeiros a carteis de drogas, Giulius pratica sua influência. E antes de Habermas abraçar Christopher Powers, ele o havia selecionado como possível candidato, porém O clã Tremere chegou primeiro levando sua possível cria , com o orgulho ferido o ancião Ventrue voltou sua ira sobre Habermas( um rival, agora inimigo) o fato de Habermas ter usado Chris para atacar Giulius só esquentou o conflito, Giulius acredita ser obra do neófito os ataques a sua base de poder, e o ressentimento do grande poder temporal tem frustado o ancião Ventrue, que temendo se passar por fraco está planejando um ataque direto ao neófito. Um fato culminou com a declaração de guerra, sua cria( que fora abraçada, no lugar de Christopher) foi destruída recentemente em eventos sombrios, obviamente Giulius, culpa o neófito Tremere.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum