Andrien Chevalier - Nosferato - Camarilla

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Andrien Chevalier - Nosferato - Camarilla

Mensagem por Convidad em Seg Set 03, 2012 9:37 pm

1. Dados

Nome: Victor
Personagem: Adrien Chevalier
Clã: Nosferatu
Natureza: Perfeccionista
Comportamento:Esperto
Geração: 10ª
Refúgio: apartamento/esgoto.
Conceito: Ator frustrado/chantageador
Seita: Camarilla

________________________________________

2. Atributos

Físicos (7)
- Força: 1 +1=2
- Destreza: 1 + 1+1=3 (5pb)
- Vigor: 1 +1 = 2

Sociais(7)
- Carisma: 1 + 3 = 4 (distinto)
- Manipulação:1 + 4=5 ( convincente, malandro)
- Aparência: 0

Mentais(5)
- Percepção: 1 + 2=3
- Inteligência: 1 + 2=3
- Raciocínio: 1 + 1=2

________________________________________

3. Habilidades

Talentos(13)
- Prontidão: 2
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:1
- Empatia: 3
- Expressão:2
- Intimidação:2
- Liderança:
- Manha: 1
- Lábia: 2

Perícias(9)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 2
- Etiqueta: 2 (gasto 2 de exp)
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas: 1
- Performance: 4 (2 pb) (atuação)
- Segurança:
- Furtividade: 3 (4 de xp)
- Sobrevivência:
- Caçar:
- Camuflagem:

Conhecimentos(5)
- Acadêmicos: 1
- Computador: 1
- Finanças:
- Investigação: 1
- Direito:
- Linguística: 1 (Francês, Inglês)
- Medicina:
- Ocultismo: 1
- Política:
- Ciências:

________________________________________

4. Vantagens

Antecedentes:
Contatos: 5 (2pb)
Recursos: 3 (2 pb)
Geração: 3 (2 pb)

Disciplinas
- Ofuscação:3
- Potência:
- Presença:
-Animalismo:

Virtudes
- Consciência: 1 + 1 = 2
- Autocontrole: 1 + 2=3
- Coragem: 1 + 4=5

________________________________________

5. Demais Informações

Humanidade: 5

Força de Vontade: 7 (2pb)



Qualidades e Defeitos
Qualidade

- Reflexo falso (3 pontos)

Quando utiliza a Máscara das Mil Faces, um Nosferu com essa Qualidade pode criar uma falsa impressão de seu disfarce em mídias de gravação. Ele pode ser fotografado, filmado e até mesmo gravar uma imitação da voz da pessoa. Os Nosferatu que não possuem esta Qualidade não podem se disfarçar para máquinas utilizando a Disciplina Ofuscação.
(Vampiro, a Máscara; Clanbook Nosferatu 3ªed, pág. 71)

-voz encantadora (2 pontos)

Existe algo em sua voz que os outros simplesmente não conseguem ignorar. Quando você dá ordens, eles se encolhem. Quando seduz, eles se desmancham. Seja trovejante, gentil, persuasiva ou simplesmente ao conversar, sua voz chama a atenção. As dificuldades de todos os testes que envolvam o uso da voz para persuadir, enfeitiçar ou comandar são diminuídas em dois pontos.
(Vampiro, a Máscara; Livro Básico 3ª ed, pág 297)

- Sangue repugnante (2 pontos)

O Vitae correndo nas suas veias tem um gosto realmente horrível. Qualquer um que morda ou se alimente de você precisa ser bem sucedido num teste de Força de Vontade (Dificuldade 6) ou perder o próximo turno engasgado, com náuseas e vomitando. Qualquer idiota que tentar cometer Diablerie em você será obrigado a ter sucesso em 3 testes de Força de Vontade (Dificuldade 9) para conseguir.
(Vampiro, a Máscara; Clanbook Nosferatu 3ªed, pág. 71)

Defeito

- vitae infértil (5 pontos)

Durante seu Abraço, alguma coisa deu terrivelmente errado e fez com que seu sangue sofresse uma mutação sob o estresse de morrer e nascer de novo. Todos aqueles que você tenta Abraçar morrem. Não importa o que faça, você não consegue gerar nenhuma cria, seu sangue não poderá ser usado na Vaulderie ou criação de Carniçais, mas poderá ser usado normalmente para qualquer outra necessidade vampírica,
(Vampiro, a Máscara; Guia do Sabá 3ª ed, pág 95 - ADAPTADA PARA O FÓRUM)

-Infestação Parasitária (2 pontos)

Outras criaturas vivem sobre ou dentro de você. Seres exóticos que se alimentam de sangue – larvas, mosquitos, pulgas, piolhos, sanguessugas e inomináveis esporos de fungos – consideram as rugas, dobras e camadas escabrosas de sua pele deliciosas. Sua carne se movimenta e se contorce continuamente, e coisas vivas se enterram dentro de você, possivelmente até fazendo ninhos nas ‘cavidades’ de seu corpo. Apesar de todos os seus engenhosos métodos para desencorajá-los, essa horda repulsiva não se dispersa. Você não pode comandar esses vermes de forma alguma; Na verdade, os piores deles o desafiam pois estão fortificados e corrompidos graças a seu sangue imundo.
Toda noite, quando você despertar, jogue um dado. Divida o resultado por três, arredondando para cima. O resultado é o numero de Pontos de Sangue que você perdeu para os parasitas intoxicados pelo sangue que moram dentro de você. Além disso, a coceira constante o deixa nervoso; Aumente a dificuldade de todos os teste de Autocontrole por 1.
(Vampiro, a Máscara; Clanbook Nosferatu 3ªed, pág. 73)
-

Observações

Contatos (5):
1. Elisa wide: Mulher de meia-idade, diretora executiva do canal de TV local.
2. Matthew Bridge: chefe de controle aéreo (Aeroporto local).
3. Taylor Blue: assessor do prefeito.
4. Jack Hunter: Líder da ninhada
5. Crocodilo (Ninhada)
Recursos (3):
* Composto por um apartamento velho, numa rua pouco movimentada...
* Carro popular, que fica quase sempre estacionado na garagem do prédio.

Os recursos são obtidos, principalmente por chantagens, feitas a diversas pessoas e por vezes cainitas.

Refúgio: Apartamento antigo nos arredores da cidade e principalmente o esgoto, já que a ninhada precisa estar reunida para por em planejar e executar os planos.
-



Informações do personagem

- Idade antes do abraço:25
- Idade total: 67
- Data de nascimento:19/08/1946
- Aparência: Pense em um nosferatu...recheado com insetos e uma pitada de orégano. É isso.
- Personalidade: Não gosta de refletir muito, tem paixão por viver a vida dos outros e vai interpretar muitos papéis para fugir do fantasma que tanto lhe incomoda... ou seja ele próprio. As frustrações passadas por vezes o incomodam, mas rapidamente um outro papel o chama e ele rapidamente foge para aproveitar as glórias alheias e faz isso com o máximo de esmero e perfeição.


________________________________________

6. Prelúdio

“- Observe só aquele homem ali... Trajes caros, carro do ano, cargo de prestígio... Tudo o que sempre sonhou, não é? Pois bem... aquele ali serei eu durante as próximas noites... Adrien Chevalier ”

Frédéric Chevalier, francês, cresceu assistindo ao longe a bela Paris por entre os portões do orfanato que chamava de lar desde o nascimento, sequer sabia quem eram seus pais, pois havia sido abandonado em um saco em frente a uma delegacia local. Invejava as crianças ricas e gorduchas que em algumas festividades visitavam o local para a "caridade do ano". O tempo passava e a probabilidade do menino ter um verdadeiro lar diminuía, enquanto sua frustração perante a vida aumentava. Parecia que todas as outras crianças eram adotadas, mesmo as freiras largavam a santidade para viver paixões tórridas... porém o pobre magricela e azarado refugiava-se apenas em sua imaginação onde sempre podia ser quem queria, já que ser “Frédéric” lhe era um castigo.
Aos 18 anos se viu livre do orfanato e logo arranjou um emprego como garçom, seu mísero salário servia apenas para pagar um aluguel de um cômodo e algumas despesas. Refugiava-se aulas de teatro, embora nunca conseguisse nenhum papel de destaque, sendo no máximo figurante... o rapaz era talentoso, mas o azar parecia não querer lhe abandonar. A revolta e inveja em relação a todos que o cercavam causava repulsa a muitos que eventualmente afastavam-se do desgraçado.
Juntou dinheiro por alguns anos e decidiu tentar uma última vez o estrelato, mudou-se para os USA e prontamente reiniciou sua batalha. Alguns meses depois de intermináveis audições e muitas portas fechadas havia finalmente decidido, colocar um fim em sua existência pífia e insignificante....
As forças haviam se esgotado e o plano para dar cabo de sua vida já estava pronto, talvez um método nada criativo e bem usual, mas a possibilidade de chamar a atenção mesmo que por alguns instantes o conformava...
Decisão tomada!...e a passos cautelosos o jovem fracassado se aproximava da janela do sexto andar... primeiro uma perna, depois a outra e suas pernas já estavam balançando com o vento frio da madrugada, tudo o que precisava fazer era dar um impulso com as mãos e esperar pelo fim. E assim prosseguia até ser interrompido pela campainha insistente*. Curioso como sempre e com muito cuidado o jovem impulsionava o tronco para trás caindo sobre o sofá, podia sentir a batida frenética de seu coração e com respiração ofegante aproximava-se da porta onde um envelope havia sido colocado por debaixo da porta.
Abria rapidamente a correspondência e lia o que parecia ser alguma brincadeira de mal gosto, a carta lhe informava que seu perfil era ideal para um papel num espetáculo que faria turnê em breve pelo norte do país. Tudo parecia bom demais para ser verdade, afinal a sorte finalmente havia cansado de lhe pregar peças?...
O teste estava marcado para a noite seguinte e com certa esperança e um forte sotaque francês, Frédéric chegava a um velho teatro que ficava algumas quadras de seu apartamento.
Um homem de meia idade, cara de poucos amigos o recepcionava na porta:
- É você que é o Frederico?
*** sem hesitar o aspirante ator respondia:
-Oui, na verdade Frédéric senhor!
*Era prontamente respondido:
-Que seja, pode entrar...
Cabeça erguida, passos certeiros e agora cercado por um enorme teatro vazio e pouco iluminado... Ao longe nas sombras uma voz com sotaque semelhante ao seu dizia:

- Aproxime-se do palco criança, o show vai começar!
Frédéric sentava-se em frente ao palco e um feixe de luz cortava a penumbra revelando uma das visões mais bizarras que já havia visto...
Uma figura exatamente igual a sua despontava no palco e com voz idêntica repetia os mesmos movimentos e gestos que o desafortunado praticava durante horas de encenação para o espelho...
Um medo incontestável era visível nos olhos de Frédéric, a mescla de surpresa e horror travara o homem na cadeira de tal forma que nem ao menos se mexia.
- Oh pequenino Garçon! Tenho assistido ao espetáculo dramático de sua vida desgraçada há muitas noites, mas sinceramente achei que o suicídio seria um desfecho muito cafona para tudo isso e não renderia bilheteria, é claro. Aceite meu presente, talvez não goste de inicío, mas é difícil as coisas piorarem para um miserável como você.
***O “clone” perfeito desmanchava-se num ser putrefato e asqueroso, com pele gosmenta, presas grandes e pontiagudas e odor insuportável... e então o abraço consumava-se.

Iniciando a Não-vida


-Bem, quanto ao meu abraço, o ato em si foi traumático e Julian poderia ter sido mais gentil, talvez até poderia ter avisado sobre a minha transformação nesse monstro disforme, fedido e infestado por insetos que insistem em abrir caminhos pelas minhas entranhas, mas não!... Ao invés disso ele me presenteia carinhosamente com um espelho. Aprendi boa parte do que sei nas noites que sucederam ao abraço, pouco a pouco fui me familiarizando com minha nova maneira de existir e talvez minha primeira existência, pois me recuso a pensar o quão insignificante e inútil fora minha vida pregressa. Assim que compreendi a minha nova condição fiz questão de matar Frédéric e agora sou Adrien um ator bem-sucedido, ou um empresário de sucesso ou mesmo um neófito ventrue retardado... não sei, tudo isso depende, contudo podemos negociar!...
A verdade é que não quero holofotes, pois a arte de usurpar a vida de outrem me basta.

Dando boas-vindas à Ninhada

-As noites desde que Julian partiu estavam um tanto quanto solitárias sem mais papéis para interpretar, cainitas para subornar... Enfim, tudo estava monótono sem Julian. No entanto, as coisas parecem estar se encaixando desde que aliei a meus semelhantes na cidade. Precisava de um novo sentido para minha não-vida e “Jack Hunter”, um irmão de clã, me ofereceu a oportunidade de fazer o que mais amava: viver a vida dos outros em troca de proteção, sendo então aceito na ninhada da qual o “crocodilo”, um cainita bestial, também faz parte. Agora dedico minha não-vida a celebrar as conquistas alheias!... Eu lhes tiro tudo que posso e assim amenizo minha frustração por ser tão desgraçado.

objetivos: Adrien quero subir no prestígio do clã, pretende usurpar o lugar de pessoas cada vez mais importantes e aumentar sua renda com subornos. Seu objetivo é se tornar peça fundamental em planos que possam definir grandes decisões na cidade.
________________________________________

7. Banco de Dados

Saldo de XP: 0/0

Ganho de XP: 6 (já gastos)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Andrien Chevalier - Nosferato - Camarilla

Mensagem por Convidad em Seg Set 03, 2012 9:39 pm


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum