Andrei Chikalito -- Malkavian -- Camarilla

Ir em baixo

Andrei Chikalito -- Malkavian -- Camarilla

Mensagem por painkiller em Qui Abr 19, 2012 6:14 pm

Nome: Dierlon
Personagem: Andrei ´´Monstro de Rostov´´ Chikatilo
Clã: Malkavian
Natureza: Excêntrico
Comportamento: Diretor
Geração: 10º
Refugio: Apt alugado no suburbio
Conceito: Assassino canibal


Experiência:


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos
- Força: 2
- Destreza: 2
- Vigor: 2

Sociais
- Carisma: 3
- Manipulação: 3
- Aparência: 2

Mentais
- Percepção: 4
- Inteligência: 3
- Raciocínio: 3


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos
- Prontidão:1
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva:2
- Empatia:3
- Expressão:2
- Intimidação:2
- Liderança:
- Manha:1
- Lábia:3

Perícias
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 1
- Etiqueta:1
- Armas de Fogo:1
- Armas Brancas:2
- Performance:
- Segurança:1
- Furtividade:
- Sobrevivência:1

Conhecimentos
- Acadêmicos:1
- Computador:1
- Finanças:
- Investigação:2
- Direito:
- Lingüística:2
- Medicina:
- Ocultismo:3
- Política:
- Ciências:
Habilidade Secundaria.
Rede De loucura 2


Pontos de Bônus. Adicionado mais sete pontos pelos dois defeitos.
Gastos:
7 para Disciplina Demência. 2 ponto no Talento Lábia, 4 pontos em pericias( Segurança e Sobrevivência) 4 pontos em Rede de loucura. 3 pontos em Antecedentes Influencia e fama. 2 pontos em Força de Vontade. Total 22 pontos distribuidos.
VANTAGENS

Antecedentes (5)
Geração 3
Recursos 2
Influência 2
Fama 01


DISCIPLINAS(3)
Demência 3
Auspicios 1




Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção: 2

- Autocontrole ou Instinto: 3

- Coragem: 5


HUMANIDADE:5

FORÇA DE VONTADE:7


QUALIDADES e DEFEITOS
Consumo Conspicuo 4 pontos de Defeito
Andrei não abandonou o hábito de canibalizar suas vitimas, e seu abraço adaptou seu organismo, a nova existÊncia.
Dormindo com o Inimigo 3 pontos de Defeito
O contato com seu senhor, membro da Mão Negra, é perigoso, se descoberto, pode gerar sua morte final.

OBS:


PRELÚDIO

Sua Vida.
Andrei Chikatilo, tornou-se o primeiro serial-killer conhecido da Rússia no século XX. Quando criança era, juntamente com seus irmãos, atormentado pela história do seqüestro e assassinato de seu irmão mais velho, Stepan, que teria sido canibalizado durante a grande fome que assolou a Ucrânia na década de 1930. Apesar da veemência de sua mãe ao contar a história, nunca foi encontrado nada que comprovasse a existência de algum Stepan Chikatilo, não há registros de seu nascimento nem de sua morte.

Durante a juventude, Andrei sofreu muito com uma disfunção sexual que o tornou temporariamente impotente, causando-lhe certo abalo psicológico. Apesar do casamento, na década de 1960, do qual nasceram seus dois filhos, Andrei sempre acreditou que havia sido cegado e castrado ao nascimento, o que o levou a ter comportamentos mórbidos de violência e vingança.

Formado, Andrei começou a trabalhar em uma escola para rapazes, situada em Rostov , onde tornou-se alvo das brincadeiras dos alunos, que inicialmente o chamavam de "ganso" (devido a seu pescoço comprido e estranha postura), mas depois passaram a chamá-lo de "maricas", uma vez que passou a molestar estudantes no dormitório. Apesar de sua idade e tamanho, Andrei sentia-se intimidado pelos alunos, por isso passou a levar sempre consigo uma faca.

Sua verdadeira face foi descoberta quando seus crimes vieram à tona: durante anos Andrei Chikatilo matou e canibalizou dezenas de vítimas, na sua maioria crianças, que ele encontrava em estações de ônibus ou trens. Detido certa vez para averiguações, foi libertado logo depois, quando ficou comprovada a incompatibilidade entre seu sangue e o sêmen encontrado nas vítimas (algo raro, mas possível de ocorrer). Isso só fez com que Andrei passasse a agir com mais despreocupação. Sua prisão só foi possível graças a determinação de dois investigadores, envolvidos com sua primeira detenção, que lembraram de seu nome depois que ele foi visto saindo de um bosque próximo a uma estação de trens, algo compatível com os locais onde as vítimas eram escolhidas e depois abandonadas.

Em seu julgamento, Andrei definiu-se como um "aborto da natureza, uma besta louca", ao qual "só restava a condenação à pena de morte, o que seria até pouco para ele", nas palavras do próprio. Seu desejo foi atendido, com sua execução ocorrendo na prisão, em 14 de fevereiro de 1994, pelo pelotão de fuzilamento. Mas, antes disso, Chikatilo ainda pode chocar toda a sociedade russa, com as descrições sangrentas de seus crimes e de como fervia e arrancava testículos e mamilos de suas vítimas.

Sua Morte.

O clã Malkavian sempre teve um interesse morbido na existência pertubada do monstro de Rostov, seus afazeres nefastos geravam grandes prazeres e revelações, a mente doentia e distorcida de Malkavians Russos. Ainda quando professor, o Monstro de Rostov, foi acolhido por Vasil Vasiloch,um Malkavian da Mão Negra, que das sombras observava o seu protegido, manipulando as investigações e implantando memórias, na mente de Andrei, e todos a sua volta.As revelações através do uso de Demência, combinadas as atrocidades de Andrei, eram preciosas para o clã Malkavian Russo, que cercado de inimigos e da poderosa força mágica que controlava a Russia, esmagava qualquer outra força vampirica que tenta se impor.
O danse macabre ganhou grande profundidade, pois Vasil era infiltrado na Camarilla local, se passava por um Ventrue industrial decadente, tanto que o neófito fora abraçado dentro da tradição da Camarilla, e não como um Sabá, isso ocorreu no dia de seu fuzilamento, o corpo fora retirado e minutos depois, recebeu o sangue amaldiçoado do clã Malkavian.

Sua Não Vida.

Andrei, mantén exatamente os mesmos hábitos, de quando era aidna mortal, noite pós noite, sai em caça de vitimas, cometendo atrocidades pelo mundo, dilacerando os corpos e mentes de suas vitimas, nessa ordem, suas vitimas ficam tão petrubadas, que oferecem pouca ou nehuma resistência ao assassino canibal, um fato curioso é sua disposição macabra em devorar a carne, esse apetite profano, gera uma comunhão transcendental, aplicada com Olhos dos Caos e sua conexão com Rede de Loucura, compartilhada por incontavéis, Malkavianos de várias seitas. Andrei acredita que só aatravés desse cadeia de assassinatos, pode encontrar o pai sombrio, quando mortal era a culpa, e violência incontida, somada a manipulação de sua mente por seu senhor. Andrei, exerce influência na polícia, local, consegue convencer detetives a lhe ceder informações, manipula suas mentes facilmente, implantando alucinações, através de Demência, seu carisma e habilidade de manipulação o mantém firme, sua influência reside no departamento de homicídios.

Andrei nessas noites ainda tem contato, esporadico com seu Progenitor, mantém uma certa distância, e ambos acham isso mais saudável, Andrei, talvez por não ter sido iniciado nas tradições da espada de Caim, se tornara um membro da Camarilla, seu senhor se limita, de ter deixado seu legado sangrento a todo o clã Malkaviano, na forma de um cruel assassino que gera revelaçoes pertubadoras, a quem claro, tenha a visão para vislumbrar.

BANCO DE XP
-----

BANCO DE DADOS
-----
avatar
painkiller

Data de inscrição : 23/03/2010
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum