Magnus Salvatori - Baali

Ir em baixo

Magnus Salvatori - Baali

Mensagem por Beaumont em Seg Mar 22, 2010 1:58 pm

Nome:Magnus Giorgio Salvatori
Personagem:Magnus Salvatori
Clã:Baali - Linhagem Azaneali
Natureza: Sádico
Comportamento:Autocrata
Geração: 11ª
Refugio: Cripta subterrânea em Milão
Conceito: Demônio das Sombras


Experiência:0


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos
- Força:2
- Destreza:3
- Vigor:3

Sociais
- Carisma:4
- Manipulação:4
- Aparência:2

Mentais
- Percepção:2
- Inteligência:2
- Raciocínio:2


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos(13)
- Prontidão:3
- Esportes:
- Briga:2
- Esquiva:2
- Empatia:3
- Expressão:
- Intimidação:3
- Liderança:
- Manha:
- Lábia:

Perícias (9)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução:1
- Etiqueta:
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:3
- Performance:
- Segurança:2
- Furtividade:
- Sobrevivência:3

Conhecimentos (5)
- Acadêmicos:
- Computador:
- Demonologia:2
- Investigação:
- Lingüística:2 Izaliano(nativo), ingles e latim.
- Medicina:
- Ocultismo:3
- Política:
- Ciencias:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
-Recursos:3
-Geração:2
----------------


DISCIPLINAS
Daimoinon:1
Dominação:1
Tenebrosidade:2
-------------



Virtudes (7)
- Convicção:2

- Instinto::2

- Coragem:4


TRILHA DAS REVELAÇÕES MALIGNAS:4

FORÇA DE VONTADE:4


QUALIDADES e DEFEITOS
-Aura Profana(-7pts)
-Voz "Trovejante"(-2pts)
- Mansão (-2 pts) (Seu refugio fica no porão da mansão)


-Dormindo com o Inimigo(+3pts.)
-Perseguido por Demônio(+4pts.)

OBS:
Pertences:
-Estaca de madeira;
-Adaga paquistanesa;
-Celular;
-1 livro de demonologia e 1 de Ocultismo;
-Carro popular (à decidir...);
-Trajando Sobretudo preto, calça e camisa preta, coturno preto;
-Carteira com 500 Euros.


PRELÚDIO

Magnus Giorgio Salvatori nasceu em 11 de novembro de 1976, em Roma. Sua mãe era prostituta, e seu pai ele nunca conheceu. Aos oito anos, o menino ganhou um padrasto que trabalhava no açougue local. Passou a ser alvo de maus tratos constantes, e sua mãe sempre foi omissa frente à presença de seu marido. Uma semente germinava dentro do garoto...


Quando chegou aos 14 anos, foi inscrito em um programa para educação de menores pobres, promovido pela igreja local, e por padre Giuseppe, um homem aparentemente inofensivo, mas que escondia maldade e perversão de todos os olhos. Ele abusava sexualmente de algumas crianças, e as freiras, quando não participavam das orgias depravadas, usavam de força bruta para ameaçar e conter os ânimos das crianças violentadas. Padre Giuseppe tentou estuprar Magnus aos 15 anos, mas o menino pobre já aprendera com a violência sofrida em seu lar, e com as lamúrias de dor de seus colegas de internato. O menino escondeu uma faca enferrujada de refeitório embaixo do colchão, e aguardou o momento certo para extirpar o membro do falso homem de fé. O processo não teve testemunhas, apesar de que os gritos de Giuseppe ecoaram pelos corredores, e Magnus sentira um prazer pervertido ao cometer tal atrocidade. A vergonha de seu pecado ceifou a vida do padre pecador, sendo acometido por tétano, provido da ferida causada, e por nunca ter procurado ajuda médica. O padre que entrou no lugar conseguiu colocar ordem no internato, e os abusos tiveram fim, mas a semente maligna de Magnus dera frutos, e sua sede era de sangue. Até completar os estudos, o garoto ceifara a vida de quatro freiras que cometiam atos vis de libertinagem, primeiro as seduzindo para o pecado da carne, depois as amordaçando e estripando, lenta e dolorosamente. Sua conduta exemplar e capacidade de dissimulação sempre fizeram dele o último dos suspeitos.


Magnus completou os estudos sem problemas com notas, e sem responder por seus crimes. Estava determinado a aprender as artes negras da bruxaria, pois adquirira aversão à figura da Igreja. O “estripador da sacristia” – como ficou conhecido – descobre que sua mãe fora assassinada e esquartejada pelo padrasto, que se encontrava foragido. Magnus vendeu a casa que lhe fora deixada e saiu em busca de sua vingança sádica. Seu padrasto foi encontrado em uma região rural, residindo com alguns familiares. Usando seu extinto depravado e seu rancor acumulado, torturou e esquartejou toda a família do açougueiro na sua frente, e finalizou degolando-o. Todo o processo foi observado nas sombras, por um ancião Baali chamado Alexander Crowley, que enxergou em Magnus um potencial imensurável para o mal.


Quando Magnus iniciou sua busca pelo conhecimento das artes ocultas, Alexander colocou-se no caminho, se apresentando como um tutor de artes negras. Dos dezoito aos vinte e seis anos Magnus foi instruído no caminho das artes da demonologia, do ocultismo e da geração de doenças através da putrefação. Sete meses após seu 26° aniversário, Magnus foi Abraçado por Alexander pelo método dos Baali, que consiste em ter seu sangue quase todo drenado e em seguida ser jogado em um poço de sacrifícios com um coração recheado de vitae vampírica. O processo arrancou todo vestígio de humanidade que existia em Magnus, na medida em que comia o coração e usava seus braços para escalar a parede de pedra do poço, ganhando assim a liberdade e surpreendendo Alexander, pois sua aura se tornara uma fonte de energia maligna capaz de desafiar a fé do mais devoto dos cristãos.


Alexander e seu mais novo pupilo saíram em rumo a uma jornada por poder. As pesquisas os levaram para o encontro da família Baali denominada Azaneali, maestros da escuridão, residentes na cidade-cripta de Charizel, berço de seu mestre. A experiência de Alexander e a energia maligna de Magnus compraram o ingresso deles para se tornarem membros da nova Família. Os dois permaneceram juntos em Charizel por quatro anos, até que a inveja de outros Membros devido à sua popularidade e a oportunidade limitada de crescimento fez Magnus querer seguir seu próprio caminho. Alexander Crowley libertou sua cria para escrever sua história.

Magnus seguiu em busca de moradia e almas para corromper, fixando residência em uma cripta subterrânea no cemitério de Milão. Em uma noite nebulosa, flagrou um necromante realizando seus ritos macabros em uma cripta abandonada, e ali nascia uma amizade de risco, entre Derfel Cadarn e Magnus Salvatori. O Baali tira proveito da aptidão financeira dos Giovanni para manter fundos retirados da igreja local, enquanto Derfel usa a experiência oculta de Magnus e conhecimento do local para seu aperfeiçoamento próprio. Com a união dos dois, novas forças são atraídas para Magnus, dessa vez sendo regida por um Lorde Demônio chamado Ba’al Eligor, miticamente conhecido por ser um demônio necromante. O anjo infernal aparece com determinada regularidade, oferecendo poderes em troca de sacrifícios, ou a alma já condenada do Baali. Magnus vem resistindo, pois sabem as reais condições que tal ato pode oferecer. A semente maligna de Magnus Giorgio Salvatori se tornou uma grande árvore de maldade, e frutos tão suculentos atraem compradores...

_________________
Agradecimento a todos os players que gostam da minha narrativa  cheers clown cheers
Melhor Cronica Oficial  = 2008/2009/2010  - A Mascara de Vênus - Herança do Mal
Prêmio Narrador-Grão-Mestre = Por tempo de Narrativa Storyteller
Prêmio Pilar de Vegas = Por Coordenação da Cidade. 
Narrando no fórum desde 2005
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Magnus Salvatori - Baali

Mensagem por Magnus em Qua Out 06, 2010 11:08 am

Agradeço por postar aqui minha ficha Beau... Acontece que ela está sem xp algum!!!

Aqui vai ela, certinha, só aguardando ser vista!

Nome:Magnus Giorgio Salvatori
Personagem:Magnus Salvatori
Clã:Baali - Linhagem Azaneali
Natureza: Sádico
Comportamento:Autocrata
Geração: 11ª
Refugio: Cripta subterrânea em Milão
Conceito: Demônio das Sombras


Experiência: 50+10(por ter narrado o ciclo passado)
Resíduo de xp: 5
XP gasto: 55

ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos
- Força:2
- Destreza:3
- Vigor:3

Sociais
- Carisma:4
- Manipulação:4
- Aparência:2

Mentais
- Percepção:2
- Inteligência:2
- Raciocínio:3 (8xp)


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos(13)
- Prontidão:3
- Esportes:
- Briga:2
- Esquiva:2
- Empatia:3
- Expressão:
- Intimidação:3
- Liderança:
- Manha:
- Lábia:

Perícias (9)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução:1
- Etiqueta:
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas:3
- Performance:
- Segurança:2
- Furtividade:
- Sobrevivência:3

Conhecimentos (5)
- Acadêmicos:
- Computador:
- Demonologia:2
- Investigação:
- Lingüística:2 Italiano(nativo), ingles e latim.
- Medicina:
- Ocultismo:3
- Política:
- Ciencias:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
-Recursos:3
-Geração:2
----------------


DISCIPLINAS
Daimoinon:4(+30xp)
Dominação:2(7xp)
Tenebrosidade:3(10xp)
-------------



Virtudes (7)
- Convicção:2

- Instinto::2

- Coragem:4


TRILHA DAS REVELAÇÕES MALIGNAS:4

FORÇA DE VONTADE:4


QUALIDADES e DEFEITOS
-Aura Profana(-7pts)
-Voz "Trovejante"(-2pts)
- Mansão (-2 pts) (Seu refugio fica no porão da mansão)


-Dormindo com o Inimigo(+3pts.)
-Perseguido por Demônio(+4pts.)

OBS:
Pertences:
-Estaca de madeira;
-Adaga paquistanesa;
-Celular;
-1 livro de demonologia e 1 de Ocultismo;
-Carro popular (à decidir...);
-Trajando Sobretudo preto, calça e camisa preta, coturno preto;
-Carteira com 500 Euros.
.
avatar
Magnus

Data de inscrição : 14/03/2010
Idade : 106
Localização : Cidade cripta de Charizel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Magnus Salvatori - Baali

Mensagem por joan silvergate em Qua Out 06, 2010 12:24 pm

Ficha sera transferida para o banco de dados.
pedimos para todos os jogadores/narradores a não postar aqui.
avatar
joan silvergate

Data de inscrição : 08/03/2010
Localização : Nova Iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Magnus Salvatori - Baali

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum