Bruno (Rafael Ramirez) - Brian Smith Adams - Brujah

Ir em baixo

Bruno (Rafael Ramirez) - Brian Smith Adams - Brujah

Mensagem por Cain em Sex Mar 19, 2010 5:18 pm

Nome: Bruno
Personagem: Brian Smith Adams
Natureza: Fanático
Comportamento: Rebelde
Conceito: Agente do FBI
Clã: Brujah
Geração: 9ª
Mote: “Defenderei a humanidade, com o sacrifício da própria vida! – Nunca achei que fosse concretizar esses dizeres. Hehe”

Experiência:

ATRIBUTOS

Físicos
- Força: 3
- Destreza: 4 (Reflexos Rápidos)
- Vigor: 3

Sociais
- Carisma: 1
- Manipulação: 3
- Aparência: 2

Mentais
- Percepção: 2
- Inteligência: 3
- Raciocínio: 3


HABILIDADES

Talentos
- Prontidão: 2
- Esportes:
- Briga: 2
- Esquiva: 2
- Empatia:
- Expressão:
- Intimidação: 2
- Liderança:
- Manha: 3
- Lábia: 4

Perícias (9)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 2
- Etiqueta:
- Armas de Fogo: 4
- Armas Brancas: 2
- Performance:
- Segurança:
- Furtividade: 1
- Sobrevivência: 1

Conhecimentos
- Acadêmicos:
- Computador: 1
- Finanças:
- Investigação: 3
- Direito:
- Lingüística: 1 (Inglês e Espanhol)
- Medicina:
- Ocultismo:
- Política:
- Ciências:

VANTAGENS
ANTECEDENTES
Geração 4
Recursos 2
Contatos 2 (FBI)

DISCIPLINAS
Rapidez 1
Potência 1
Presença 1


VIRTUDES

- Consciência: 2
- Autocontrole: 4
- Coragem: 4

HUMANIDADE: 6

FORÇA DE VONTADE: 8

PONTO DE SANGUE:


QUALIDADES:
Vontade de Ferro 3

DEFEITOS:
Segredo Sombrio: 1


QUALIDADES:
Vontade de Ferro 3

DEFEITOS:
Segredo Sombrio: 1



ITENS / EQUIPAMENTOS
2 Pistolas Automáticas
Celular criptografado (impossível de rastrear)
Celular comum
Soco Inglês



OBS
- Seus recursos são provenientes do pagamento mensal do FBI. Os agentes encontram uma maneira de informá-lo onde estará o

pagamento, como por exemplo, dentro de uma lata de lixo, na Rua Osbour.
Mesmo assimo, Brian acaba não utilizando muito este dinheiro, pois precisa manter seu nível social de Brujah ralé.
Apesar de agir como rebelde, Brian demonstra não ser somente uma pilha de músculos. Parece ser um membro promissor do clã,

pois além de defendê-lo com paixão, também é um “pensador”, assim como os antigos Brujah.
- O objetivo da natureza do personagem: acabar com a raça dos vampiros.
- Deixei os agentes do FBI sem nome, história e etc., para que o narrador tenha maior liberdade.
- Tentei resumir a história o máximo possível para não ficar muito extensa de corrigir :/
- Considerar que o personagem possui senha e login no site do FBI, o que lhe dá acesso a algumas informações privilegiadas.

Não sei se precisaria comprar algo para ter isso...
- Acrescente-se que, no banco de dados do FBI, não há foto de identificação para o agente Abne, a identidade física de Brian

somente é conhecida pelos agentes que o recrutaram.
- Mestres, o foco do personagem não é caçar e nem matar vampiros, mas sim, informar.

Contatos:
John Sullivan e Peter Ambrose, ambos agentes do FBI.. Eles são os responsáveis pela "contratação" de Brian, portanto, lhe dão

ordens, realizam o pagamento, etc.



Prelúdio:
A verdade é que o governo norte-americano sempre soube, mas não age, porque vocês estão até mesmo lá, manipulando,

certificando-se de que não haja verba suficiente para este tipo de empreitada..

Quando digo isto, não sou mais um dos “conspiradores” de plantão, ou algum bloggueiro qualquer. Posso afirmar quais são as

convicções do executivo de nosso país, pois faço parte dele.

Não se espante meu amigo... Ahn... “Cainita”, certo? De, filho de Cain, certo? Bem... Você bem sabe que não permitirei que

continue vivo, mas é só que... Essa minha sensação... De poder, de vivacidade... Quero dizer, sei que, em tese, estou morto,

mas ao mesmo tempo, me sinto tão... vivo, novo, restaurado! Enfim, preciso compartilhar com algum de vocês malditos! O novo

plano da nação americana...

Sou filho de uma família americana tradicional: pai oficial das forças armadas e mãe dona de casa devota a sua família e

país. Por certo, eu não seria diferente.

Servi o exército e me formei oficial. Não fui enviado para nenhuma guerra, mas, conforme mais ia envelhecendo, mais almejava.

Passei a aspirar um cargo no FBI, ou CIA. Não demorou muito para que alcançasse meu objetivo e ingressasse na academia do

FBI.

Foi durante esse período de aprendizagem que “conheci” o desconhecido. Estava em época de “estágio”, acompanhando um agente

mais experiente em uma investigação. O caso: um homem morto, sem sangue algum em seu corpo, mas completamente intacto

fisicamente.

O fim da investigação? Você já imagina qual seja não é mesmo “irmão Cainita” ? Hehehehe.

Foi em uma fria noite de sexta-feira que vi meu primeiro vampiro. Que vi este mesmo vampiro rasgar a garganta de parceiro com

suas garras, e logo em seguida, partir para cima de mim. Atirei, mas sem efeito... Em segundos, eu estava no chão, com o

rosto ensangüentando e fortes dores pelo corpo, olhando assustado para o rosto de meu algoz. Ele tinha um sorriso diabólico

em sua face, e caminhava lentamente em minha direção, quando, de súbito, sua cabeça era quase que decepada por estrondosos

disparos de arma de fogo.

Sim, eu estava a salvo!

Me levantei assustado, mas ao mesmo tempo, aliviado. Distante, um homem corria em minha direção, ele tinha em suas mãos uma

dessas Barret de longo alcance, calibre 50. Se ele quisesse me matar, já o teria feito. Do outro lado da rua, vinha um outro

homem, com o mesmo tipo de armamento.

Bem... Eles disseram que também eram agentes do FBI, mas de uma unidade especial, uma unidade secreta, destinada unicamente a

pesquisar, identificar e caçar vampiros, e por esta razão, vinham acompanhando minha investigação desde o início.

Eles gostariam de ter me explicado mais, mas não havia tempo suficiente. Em breve, a polícia local já estaria por ali. Por

este motivo, questionaram meu sentimento patriota, e me disseram que, se eu realmente desejasse servir ao meu país, deveria

assumir a autoria do homicídio do meu parceiro, mas que, uma missão muito maior me seria designada.

Não sei porque acreditei tão cegamente naqueles homens, talvez porque eles tivessem salvo minha vida, enfim, não sei dizer.

De qualquer forma, quando a policia chegou, me entreguei e assumi a autoria do delito.

Fui preso e posteriormente exonerado do FBI, tendo sido condenado a pena de morte. Com sorte, no recurso, conseguiria uma

prisão perpétua.

Na minha primeira - e única - semana na prisão, amaldiçoei minha burrice e confiança cega. Entretanto, foi exatamente na

sexta-feira seguinte que decidiram me transferir à outra prisão.

Estranhamente, eu estava sendo transportado apenas com um outra prisioneiro, conhecido por ter integrante de uma gangue

famosa na cidade. Em nossa escolta, duas viaturas.

Bem... Foi uma fuga espetacular, quase que cinematográfica. Quando as portas do furgão se abriram, o tiroteio já havia

acabado – ao menos era o que parecia. As viaturas haviam sido quase que inteiramente destruídas, sendo que, a sorte do

motorista de nosso furgão não havia sido diferente.

O outro prisioneiro sorria, ansioso pela sua liberdade, afinal, o plano de sua gangue havia dado certo.

Os homens entraram no furgão e nos libertaram, sem falar uma única palavra. Mas, de súbito, quando já estávamos livres das

correntes e algemas, indo em direção aos veículos, o tiroteio recomeçou, e rapidamente, os bandidos foram alvejados.

Corri o mais rápido que pude. Apesar de ter tido a ajuda de criminosos, não queria ficar preso o resto de minha vida, ou

então pior, isto é, morrer.

Quando achei que estava seguro, entrei em um beco e parei para respirar. Para minha surpresa, dois homens haviam me seguido.

Sim, eram eles novamente... Estavam trajando roupas pesadas, de forma a esconder suas faces.

Naquele instante, eles apenas jogaram um punhado de roupas, dinheiro e um celular, tendo saído correndo logo em seguida.

Mais tarde, quando eu já estava hospedado em um hotel, recebi a ligação deles. Eles me explicaram que tudo havia sido

minuciosamente planejado. Tudo se resumia a um único fato: Eu precisava de uma razão para ter fugido da prisão, que não

estivesse ligado ao governo ou polícia. Algo legitimamente criminoso, mas que não estivesse relacionado com o meu passado.

Mais tarde, eles vieram pessoalmente ao hotel, para poder explicar o que eles queriam e esperavam de mim.

Basicamente, o FBI, apesar de todo o seu poder, jamais seria capaz de conter sua raça. Com o tempo, aqueles agentes

aprenderam que sua luta era em vão, pois, por mais que se esforçassem, haviam criaturas da noite demasiadamente influentes,

em todos os campos e países do mundo.

Eles precisavam inovar, fazer algo diferente. A solução: um agente duplo, um vampiro, dentro da própria sociedade vampírica,

que fosse capaz de conhecer os costumes, tradições e fornecer os locais de seus refúgios. Bem.... e eu, seria este agente,

digo, eu SOU este agente.

Oficialmente, para as autoridades, John é só mais um fugitivo, mas para o FBI, sou conhecido apenas como agente Abne, de

abnegação.

Bem... Eles me forneceram os dados do homem que futuramente seria meu senhor, e me educaram, de forma a me instruir como eu

deveria me portar a partir daquele instantes, para que um dia, eu pudesse conquistar a confiança de meu senhor e ser

abraçado.

Sim... Foram anos de trabalho disfarçado, sem fornecer uma única informação ao FBI, afinal, nós queremos parar de prender

vampirinhos sangue-fraco como você. Nós queremos seus senhores, seus mentores, suas organizações, enfim, nós queremos: a

extinção de sua espécie.

Sabe... Agir como um rebelde, o tempo todo, cansa. Mas devo dizer que, eu sou bom pra caral*** nisso!

Bem... hoje é meu segundo dia como “cainita”, e devo confessar que estou adorando isso! Valentine será o nosso primeiro

experimento, aos poucos, iremos acabar com vocês, um por um, refúgio por refúgio, é só questão de tempo, até que meu senhor

termine de me ensinar tudo que sabe, e que eu comece a obter informações mais valiosas.

Uma pena meu caro, você não estará aqui para ver isso... HAHAHAHAHA!



BANCO DE XP


BANCO DE DADOS

Ultima Atualização:
avatar
Cain

Data de inscrição : 06/03/2010

http://vampiros-a-mascara.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum