Post-Apokalyx - O Calvário dos Usurpadores e a Ascenção dos Fanáticos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Post-Apokalyx - O Calvário dos Usurpadores e a Ascenção dos Fanáticos

Mensagem por Jason Pallas em Qua Ago 31, 2011 5:18 pm

Nathalie: Não acreditei quando perdi meus poderes. Não tinha acreditado que tinha subido tanto, para nada. Senti-me traída, enganada. Eles conseguiram, finalmente, me derrotar. Tratar-me como lixo. Isso me obrigava a reagrupar com um tanto de seres inferiores. A Camarilla, com a sua Príncipe Tirana, Paola Martini, não significava mais nada para mim além de uma fonte que eu queria destruir. Eu e os outros antigos Tremere concordariam comigo. Mas o nome de nosso antigo clã se tornou praticamente um palavrão depois daquele fatídico período em todo mundo, que todos os seres sobrenaturais chamaram pelo mundo de Apokalyx. Ou o que quer que seja isso. Nos tornamos a escala mais baixa do mundo vampírico, nossa essência morreu, e temos que nos unir ao resto que sempre teve o seu lugar na sarjeta. Mas eu juro que iríamos nos vingar. Custe o que custar.

Spoiler:

Nathalie Lisier Ardène. Francesa. Batedora Anarquista. Caitiff. Oitava Geração. Antigamente, pertencia ao clã Tremere, antes do Conselho dos Sete ser destruído, acabando com quase completamente a sua taumaturgia e levando o clã à sua destruição. O fato é que no momento em que o clã mais precisou, a Camarilla deu-lhe as costas. Os Caitiff de origem Tremere, além de perderem muito dos poderes cainitas, só conseguem manter seus poderes da linha primária, até o nível 3. Pelo menos até agora.

Sonja: Hoje, eu posso dar risada daqueles que nunca acreditaram em nós. Sempre nos acharam um bando de desorganizados que faziam missões suicidas afrontando a Camarilla. Veja só, hoje somos a força que a Torre de Mármore teme. Principados e Arquidioceses foram destruídos. Provamos que os True Brujah sempre foram uma mentira e que nós sempre fomos capazes de evoluirmos. A única coisa que está no nosso caminho é a seita que ainda é liderada pelos Ventrue - apesar desta liderança ser contestada, eu sei disso. Sei porque lutei muito para acabar com vários destes filhos da puta. O fato é que não sei se isto é um prenúncio da Gehenna. Mas mesmo se o for, não importa agora. O que importa é que o sonho de Nova Cartago está cada vez mais próximo.

Spoiler:

Sonja Valladottir. Islandesa naturalizada francesa. Baronesa Anarquista de Montpellier. Brujah. Sexta Geração. Os Brujah, nos dias do Apokalyx, além de baterem de frente com os Ventrue ao sairem da Camarilla e contribuírem com atentados a algumas perdas dos Sangues Azuis, finalmente tiveram sua guerra contra os chamados True Brujah, que acabara com o despertar de um Antediluviano que todos julgavam morto. Sem a conveniência da máscara, que fora totalmente destruída depois deste período, foi mostrado para quem quisesse ver, vampiros, humanos, garous ou qualquer ser, que os True Brujah não passaram de usurpadores. Isto fez um levante entre os mais revoltados filhos de Troile, que destruíram seus homônimos. A divisão entre idealistas e iconoclastas continua, porém parecem trabalhar muito mais pela união do clã, apesar de haver disputa entre as facções. Os Brujah agora possuem Temporis e sendo assim, capazes de resgatar mágicas sabedorias que foram esquecidas em Cartago.
avatar
Jason Pallas

Data de inscrição : 08/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Post-Apokalyx - O Calvário dos Usurpadores e a Ascenção dos Fanáticos

Mensagem por Jason Pallas em Sex Set 02, 2011 4:49 pm

Acontecimentos do Apokalyx (Especial para Brujah e Caitiff-Tremere):

- Troile levantou-se para a sua vingança. Na mesma altura, Brujah voltara para o tempo presente, com o seu Temporis. O resultado da luta é desconhecida, alguns dizem que Troile e Brujah estão lutando até agora, através dos tempos. Outros dizem que a luta foi interrompida por algum motivo próprio dos avançados cainitas. Porém é sabido que todos os que se diziam True Brujah foram afetados pela maldição do Antediluviano, com uma fraqueza intensa. Tinham que gastar o dobro do sangue para que suas habilidades funcionassem. A marca da traição dos True Brujah aparecera como um símbolo Brujah de cabeça para baixo. O que ironicamente, condizia com o real Símbolo Anarquista. Algo parecido com o que ocorreu com os Tremere Antitribu.

- Os Brujah, que descobriram seus infiltrados, não tiveram nenhuma pena em eliminá-los. O que foi um tanto complicado, já que apesar de poucos, os True Brujah eram de geração um tanto elevada em sua maioria. Mas a maldição do Antediluviano contra seus homônimos os ajudara. Com a eliminação dos antigos donos da Temporis, os próprios vampiros da antiga Ralé reclamaram essa disciplina. Pois não seriam Ralé por muito tempo.

- O ódio lendário dos Tzimisce e Salubri Antitribu finalmente gerou algo contra os Tremere. Uma tentativa de ritual avançado do Conselho dos Sete saiu errado. Ele serviria para destruir de vez certos inimigos de Sabá. O problema é que a Taumaturgia havia falhado. Algo havia atrapalhado o ritual. Fora o próprio Tremere que se apresentara como Saulot. Além de Goratrix, que era antiga morada de Tremere, mas que teve a sua alma destruída por uma semente de vicissitude do Tzimisce. Uma luta se fez, deixando o Conselho dos Sete totalmente arrasado, com seus membros mortos. Na verdade, foi um massacre de dois Antediluvianos. O que se sabe é que aquela massa de carne embaixo de New York que era Tzimisce simplesmente sumiu, se foi. Não se sabe como o Antediluviano dos Demônios ocupou-se de Goratrix. Nem se sabe onde Saulot e Tzimisce estão agora. Simplesmente sumiram. Tremeres por todo mundo se mataram e perderam sua magia, perdendo assim também seu status de clã, numa segunda "Semana do Pesadelo".

- Brujah simplesmente deixou a Camarilla. Não admitiam mais serem subjugados por Ventrue e Toreador. Os clãs dominantes da Camarilla, por algum motivo, deixaram sua força bruta sair. Talvez a transferência de alguns Brujah de origem mais elevada com Temporis para aquele tempo atual, além da total quebra de Máscara com o Sabá em posição de ataque desde que sentiram a fragilidade da seita adversária, obrigou a Camarilla a se preocupar com coisas maiores.

- Quando Tremere mais precisou, Camarilla deu-lhe as costas. Sua Taumaturgia ficara cada vez mais falha. Portanto, para a Torre de Mármore, Tremere já se fazia totalmente inútil. Deixaram que, durante os constantes ataques de Sabá, os Tremere tomassem a frente junto com os Nosferatu, na falta de Brujah e Gangrel. Vários Tremere foram dizimados. Os que restavam, tiveram que lutar com quase nada de sua magia. A Camarilla só ganhou porque muitos Ventrue e Toreador resolveram sair da Zona de Conforto e lutar. Ao redor do mundo.

- O orgulho ferido de vários dos Feiticeiros, fez com que a unidade da Pirâmide se dissipasse, mais uma vez. Não conseguiam mais se afirmar como Tremere, a essência do clã havia sido destruída. Alguns queriam ficar bem longe. Outros, foram obrigados a se juntar em latrinas com os Caitiff. Outros apenas apoiavam a Camarilla por fraqueza de espírito... mas alguns como Nathalie Lisier Ardène, queriam vingança. E a volta do poder. Para isso, só tinha uma alternativa... aliar-se aos Anarchs, que vinham sendo uma força crescente. E talvez usá-los para voltarem a se chamar Tremere, um dia...

- Os Anarchs, liderados por Brujah e Gangréis Urbanos, além de vampiros sem clã e vários dos antigos Antitribu de Sabá que cansaram da alternância entre Lasombra e Tzimisce, se fortaleciam. Esperou que o Sabá voltasse fraco e impotente, para fazer frente a eles. O Sabá não aguentou uma segunda guerra seguida. Há algumas arquidioceses levantadas, mas a influência atual de Sabá é mínima. Quase zero, por causa dos abandonos de alguns antigos aliados e o enfraquecimento. Como eram a dos Anarquistas antes. Inversão de papéis.

- Brujah se tornou um clã majoritário, de modo que tinha a sua linha de frente de antigos guerreiros e rebeldes atuais. Mas estranhamente, rebeldes, guerreiros e os seus filósofos e historiadores, que estavam cada vez mais presentes, faziam reuniões secretas, longe de qualquer traço de civilização. Muito diferentes daquelas antigas reuniões de Brujah abertas a outros vampiros e tão descuidadamente elaboradas, onde um queria ver quem gritava mais alto que o outro. Parece que a natureza dos Fanáticos havia mudado. Eles mantinham sua paixão, porém agora tinham um jeito diferente de expressá-la. Diferente e muito mais perigoso. Raramente algum cainita desavisado que conseguisse a façanha de invadir uma reunião Brujah, voltava para contar a história. E se voltava, ficava tão chocado que qualquer coisa que o fizesse lembrar do clã dos Anarquistas o faria sair correndo.

- Os Caitiff de origem Tremere também se reunem, mas quando são vistos juntos por alguém, são ostensivamente ridicularizados. Ventrues e Toreadores ignoram. Assamitas e Giovannis atrapalham. E outros clãs simplesmente ridicularizam e imitam como paródia entre si, como os Malkavianos bem fazem. Só os Brujah talvez, tenham algum tipo de atenção. O que é estranho, já que eles não têm nada que seja relativo à Magia de Sangue... até agora.
avatar
Jason Pallas

Data de inscrição : 08/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Post-Apokalyx - O Calvário dos Usurpadores e a Ascenção dos Fanáticos

Mensagem por Jason Pallas em Sex Set 02, 2011 11:42 pm

O que aconteceu com os clãs?

- Gangrel Rural - Apelido Atual: Predadores
Se isolou no meio da mata. Diz-se que eles desenvolveram uma comunhão tão forte com Gaia que é comparável até às Tribus Garous mais tradicionais. E que estavam em guerra com os mesmos para dominar as áreas dos lobisomens. O fato de ter que entrar numa mata fechada deixa até mesmo um Brujah mais experiente, cauteloso.

- Gangrel Urbano - Apelido Atual: Pragas (Camarilla) ou Selvagens de Concreto (Anarchs e Independentes)
Braço direito dos Brujah naquilo que os próprios chamam de "Nova Revolução Anarquista". Deixaram um pouco de lado os ideais de natureza de seu clã, apesar de continuarem animalescos à seu modo. Mas a nova fúria dos Gangrel Urbanos lembra mais a antiga fúria anárquica dos Brujah no tempo da Jyhad. O clã se tornou hábil em crescer nas dificuldades, desde quando era usado simplesmente como bucha de canhão de Sabá.

- Brujah - Apelido Atual: Fanáticos (Camarilla) ou Anarquistas (Anarchs e Independentes)
Nunca, em toda a sua história, os Fanáticos foram tão poderosos, nem mesmo na Antiga Cartago ou na Idade das Trevas. E talvez nunca se viu tanta vontade de serem ainda mais hegemônicos. O aprendizado de uma nova disciplina e a capacidade de recriar o clã formou os novos Brujah, líderes e porta-vozes dos Anarchs, que juntavam o que havia de melhor nos antigos guerreiros-filósofos e nos modernos rebeldes e punks. Diz-se que há dois tipos de Brujah em um único clã, mas que todos sabem exatamente o seu papel dentro do grupo. Claro, divergências acontecem, mas raramente elas vêm à público. E para sempre definirem seus planos, tornaram-se em geral, mais espertos, portando-se com maior desenvoltura e tornaram-se mais misteriosos e imprevisíveis. Uma herança dos usurpadores True Brujah, talvez. Mas certamente ainda vale a máxima: "Nunca irrite um Brujah. Talvez seja a última coisa que faça na vida..."

- Toreador - Apelido Atual: Generais (Ventrue) ou Viciados (Anarchs, Independentes e Camarilla exceto Ventrue)
Toreador foi um dos clãs que mais teve que rever seus conceitos de "arte", depois que vira os seus aliados quase morrerem no final da Jyhad. Agora, com uma nova Jyhad se aproximando, e com as saídas de Brujah e Gangrel, além das indecisões do clã Nosferatu (que parece querer ser o próximo clã a querer fugir da Camarilla enquanto há tempo), fez com que os novos Toreadores se aplicassem mais em disciplinas físicas. A influência dos antigos Toreadores Antitribu também ajudou, de certa forma para que isso acontecesse. O clã Toreador se tornou um clã mais sanguinário, agora que não tinha mais dever nenhum em se esconder entre os humanos já que, bem... não existe mais Máscara e a Camarilla agora age como Sabá... atualmente, são o único clã que pode ser considerado como aliado ao clã Ventrue. Até porque, se os Ventrue caírem, algo muito pior poderia vir depois deles...

- Ventrue - Apelido Atual: Soberanos (Toreador) ou Tiranos (Anarchs, Independentes e Camarilla exceto Toreador)
Liderança ameaçada. Essas duas palavras causaram nos Ventrue uma espécie de megalomania inacreditável. Os principados que são regidos por Ventrue são opressivos, tanto com relação aos rebanhos humanos de sua cidade quanto aos servos da Camarilla... essa, por incrível que pareça, é a única forma de poder que sobrou aos Ventrue. Em várias reuniões, alguns grupos de clãs expressam internamente o desejo de tirar líderes, que já se tornaram obsoletos... mas o único clã unido o suficiente que pode realmente ameaçar o poderio dos Ventrue são os...

- Giovanni - Apelido Atual: Líderes (Camarilla, exceto Ventrue e Toreador) ou Oportunistas (Anarchs, Independentes, Ventrue e Toreador)
Sim, eles mesmos, os Necromânticos. Não se sabe porque exatamente eles decidiram aliar-se a uma Camarilla tão fraca. Mas pode-se dizer que, se eles podem ainda fazer frente aos Anarchs, é graças aos filhos de Augustus, que se destacaram pelo sucesso na Jyhad contra os restantes Precursores do Ódio e Samedis. Tanto que já está na moda ver pelo mundo, alguns principados no poder de algum Giovanni. A causa mais provável é que, ao longo do tempo, mesmo que os Giovanni não se envolvessem diretamente na Camarilla, sempre fizeram alguns acordos com eles. Acordos estes, que agora os novos membros da Camarilla estão cobrando. E talvez seja um preço caro demais para os atuais líderes pagarem.

- Nosferatu - Apelido Atual: Ratos (Camarilla e Independentes) ou Pilares (Anarchs)
Os Nosferatu sabem de muita coisa. Por isto mesmo devem estar ensaiando uma saída em massa da Camarilla. Apenas não fizeram isso ainda, por receio do despertar de seu Antediluviano, e muitos vêem a Camarilla como um porto - ainda - seguro. Mas claro, já há um número de Nosferatus desertores, nas linhas de combate dos Anarchs, principalmente depois do fim da Máscara. A possível saída dos Nosferatu da Camarilla deixa os Ventrue e Toreador em pânico, já que podem revelar segredos e pontos fracos que os Anarchs jamais poderiam nem pensar em saber. Senão, seria o fim da Seita. Por isto mesmo, os Anarquistas chamam eles de "Pilares da Camarilla".

- Assamitas - Apelido Atual: Ocultos
Ninguém sabe o que os Assamitas realmente querem. Parece que eles estão apenas observando o circo pegar fogo, para depois agirem. O fato é que boa parte deles, com os acontecimentos de Apokalyx, voltaram à sua fortaleza impenetrável em Alamut para talvez esperar a volta de Haqim. Só agora, estão voltando para traçarem um novo caminho pelo mundo, já que ele não veio. E o cenário diante dos olhos deles é certamente aterrador. Para os grupos dos Antigos Assassinos espalhados pelo mundo, foi fácil eliminar os poucos Assamitas Antitribu que sobraram, traidores de Haqim. Com a volta de Ur-Shulgi, nenhum traidor do sangue seria perdoado. O fato é que eles se preparam para uma nova Jyhad...

- Seguidores de Set - Apelido Atual: Cobras
Ao contrário dos Assamitas, dos Giovanni e dos Ravnos, parece que os Seguidores de Set não estão muito ligados à nova Jyhad. A maioria deles que está fora das regiões da África e do Oriente Médio, são espiões que observam as novas concepções dos antigos clãs. Ou então, buscam algum conhecimento em relação ao seu Antediluviano. Alguns deles podem se tornar historiadores bastante úteis, tanto para a Camarilla, quanto para os Anarchs. Mas obviamente, nem sempre muito confiáveis.

- Ravnos - Apelido Atual: Ludibriadores (Camarilla) ou Gitanos (Anarchs e Independentes)
O número é pouco, mas o clã é relevante. Ravnos se aliou aos Anarchs, definitivamente. Isso inclui alguns antigos Ravnos Antitribu de Sabá. O que causou isso, foi principalmente a necessidade de sobrevivência do clã, além do intenso "espírito livre", que os ciganos tanto falam. O fato é que os membros mais novos foram bem acolhidos pelos Anarchs. Aos poucos, os mais velhos também se interessaram pela nova força, talvez por tudo o que ela poderia oferecer...

- Lasombra - Apelido Atual: Decaídos
Atualmente, os Lasombra nada mais são do que líderes da decadente Sabá. Sofrera duras perdas, tanto da parte dos Anarchs, quanto da Camarilla. Não se unem a nenhuma das duas. Alguns querem reviver a Mão Negra. A maioria se encontra independente, disposta a matar tudo e todos em sua frente. Os Lasombra Antitribu da Camarilla, principalmente, tomaram este último caminho. Está tomando um rumo agonizante à extinção.

- Tzimisce - Apelido Atual: Moldes
Tzimisce teve várias perdas em seu exército, em vários escalões. O que os mantém de pé, na verdade, é o orgulho de derrotar muitos antigos Tremere. Apesar do mérito não ser totalmente deles, contando com os Salubri Antitribu e com a Segunda Semana do Pesadelo. No entanto, de alguma forma, eles têm uma perspectiva bem melhor que os Lasombra. Apesar de ser um clã ainda frágil em número, eles continuam a se resguardar no que sobrou de Sabá. Apesar de saberem que a Mão Negra está próxima de um fim oficial.

- Salubri / Salubri Antitribu
Mortos na Jyhad entre Camarilla e Sabá e mais um pouco depois no Golpe dos Anarchs contra Sabá. Fim. Pelo menos levaram a essência de Tremere consigo. O único Salubri ainda vivo, talvez seja o próprio Antediluviano.

- Malkavianos - Apelido Atual: Excêntricos
Eles estavam certos. O tempo todo. Os filhos de Malkav anunciaram para quem quisesse ouvir a decadência e o fim de Camarilla e Sabá e o nascimento de uma nova força pela mão de clãs que sempre foram desacreditados por Ventrue, no alto de sua arrogância. Na época, os Malkavianos eram expostos ao ridículo e sempre tratados com desdém quando davam esse tipo de opinião. Mas na hora da decisão, era para os antigos Lunáticos que vários Ventrue recorreram. Hoje, apesar de alguns surtos, a opinião Malkaviana é sempre levada em consideração dentro da Camarilla - claro, sempre com um filtro para identificar o que é verdade e o que é loucura.

- Caitiff - Apelido Atual: Lixo (Camarilla e Independentes) ou Soldados (Anarchs)
Os atuais Caitiff se mostram como uma força um tanto mais respeitavel entre os Anarchs. Mesmo que a Camarilla insista em negar, foi a capacidade de improviso de Caitiffs e antigos Panders que se uniram ao grupo dos sem clã, que decidiu a favor deles. Já os Caitiff dentro da Camarilla, se mostram sem muito estímulo para continuar a lutar por eles. Talvez consigam ficar por pura falta de coragem. Ou saiam e sejam severamente punidos por falta dela. Mas certamente, há um grupo de Caitiffs que definitivamente não se importa com a Camarilla. Um grupo que já foi um clã formado...

* Caitiff -> Linhagem Tremere - Apelido Atual: Párias (Camarilla), Fracassados (Anarchs e Independentes, exceto Brujah) ou Reflexos (Brujah)
Este grupo de antigos Feiticeiros, em especial, é extremamente destratado por quase todos os clãs. Anarchs fingem um respeito, para depois vomitarem sangue a cada vez que passam um Pária para trás. A Camarilla então, nem faz questão em esconder todos os anos de ódio contido pelos Tremere e descontá-los nos descendentes sem poder, do clã. Por incrível que pareça, apenas os Brujah fizeram questão de ter este grupo por perto. Não se sabe o motivo exatamente dos Brujah quererem observar este grupo. Nem os próprios Anarchs entendem. Mas ninguém realmente é louco de questionar os Fanáticos nessas questões. Talvez, para acompanhar os reflexos do lendário poderio Tremere que se dão entre estes Caitiffs quando estão juntos... e que poucos entendem.

- True Brujah
Destruídos pelos próprios Brujah, com uma ajudinha do Antediluviano, que deixou claro que não teve outra criança além de Troile. Triste para eles.

- Filhas da Cacofonia
Descobriu-se que foi apenas uma linhagem Caitiff que originou-se de uma Toreador, por volta do século 17 ou 18. Só. O fato de desenvolverem uma disciplina nova se dá pela capacidade de adaptação dos Caitiff.

- Samedi e Precursores do Ódio
Destruídos pelos Giovanni.

- Old Clan Tzimisce / Nagaraja
Sumiram. Não se ouviu falar mais deles depois do Apokalyx.

- Baali - Apelido Atual: Satânicos
Estão sempre por aí, aterrorizando uma ou outra cidade com seus investimentos demoníacos. Porém a influência deles é muito mais no mundo inferior do que realmente, na sociedade vampírica.
avatar
Jason Pallas

Data de inscrição : 08/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Post-Apokalyx - O Calvário dos Usurpadores e a Ascenção dos Fanáticos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum