Eléison - Assamita - Independente

Ir em baixo

Eléison - Assamita - Independente

Mensagem por Convidad em Sex Ago 19, 2011 8:11 am

jogador: Eléison
Personagem: Sammir Hassan
Clã: Assamita
Natureza: Competitivo
Comportamento: Bom vivant
Geração: 12º
Refugio: Escola de esgrima nos arredores do metro em Barcelona, Espanha.
Conceito: Mercenário, em treinamento para ingresso na "Teia dos punhais"


Experiência:


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos
- Força: 1+1=2
- Destreza: 4+1 (flexibilidade, reflexos rápidos)=5
- Vigor: 2+1+1 PB=4

Sociais
- Carisma:1 +1=2
- Manipulação: +1 =1
- Aparência:2 +1=3

Mentais
- Percepção:1 +1=2
- Inteligência:2 +1=3
- Raciocínio: 2+1=3


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos
- Prontidão:1+2
- Esportes:1
- Briga:1
- Esquiva:3+1 PB ( esquiva-se e)
- Empatia:1+1
- Expressão:
- Intimidação:1
- Liderança:
- Manha:
- Lábia:1

Perícias
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução:1
- Etiqueta:1
- Armas de Fogo:2
- Armas Brancas: 3+1 PB (desarmar) 4
- Performance:
- Segurança: 2
- Furtividade: 3
- Sobrevivência:1

Conhecimentos
- Acadêmicos:1
- Computador:1
- Finanças:
- Investigação:1
- Direito:
- Lingüística:1 espanhol
- Medicina:
- Ocultismo:1
- Política:
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
geração 1
mentor 3
recursos 3 PB
rebanho 1


DISCIPLINAS(3)
rapidez 1
quietus 2

Virtudes (7)
Convicção: 1+1=2

- Autocontrole: 2+1=3

- Coragem: 4+1= 5

trilha do sangue: 5

FORÇA DE VONTADE: 5 + 2 PB= 7


DEFEITOS
Vitae infertil 5 pb
Toque de congelamento 1 pb

Senhor insano 1pb:
Nesse pouco tempo pós-abraço, agora bem mais consciente que meus sete anos como carniçal, tenho notado com frequência, atitudes estranhas de meu Senhor, o que explica os rumores que sempre ouço quando ha reuniões da teia. Existe uma tendencia agressiva quando Alamuh interfere ou emite mensagens de missões, presenciei varias ocasiões de quase combates mortais por motivos insanos por parte dele com membros da teia, é um perigo para mim, caso decidam que ele esta inapto para com seus deveres e juizos.


QUALIDADES

RESISTENCIA A MAGIA 2

OBS:

Carrega uma Daisho( camufladas costas ) e duas adagas e uma arma de fogo( sob a jaqueta de couro)


Daisho: nome que se dá ao conjunto de uma kataná com uma wakizashi (duas espadas de samurai similares, diferentes apenas no comprimento).

Kataná: espada curva com ponta em forma de cunha, empunhadura longa para duas mãos e lâmina comprida com corte unilateral, medidindo em média de 60 a 70 cm, podendo ser mais longa. Ideal para rápidos golpes de corte e resistente, foi adotada pela classe guerreira (bushi).


Wakizashi: é a kataná curta, medindo de 30 a 60 cm

Roupas especiais de couro grosso( armadura 1)
microkit de ferramentas para desarmes eletronicos (segurança 3)
"As espadas são carregadas em um porta desenhos, totalmente adaptado para funcionar como bainha para a as espadas, as espadas são colocadas em posição vertical com os cabos voltados para baixo, os cabos são ejetados, quando necessário através de um dispositivo lateral, permitindo que o utilizador agarre-os e desembainhe as espadas quando necessário. "


PRELÚDIO
Ate o inicio das cruzadas, a casta guerreira manteve a tradição de abraçar suas progênies e depois deixa-las viverem por conta própria, para sobreviverem ou morrerem. Em 1102 um pequeno bando de assassinos da casta dos guerreiros desafiou esse costume ao estabelecer um centro de treinamento no Império bizantino. Estes indivíduos recrutavam os mais promissores assassinos mortais que encontravam e compartilhavam com eles as informações acumuladas durante séculos de experiência e treinamento. Este grupo ficou conhecido com a “Teia dos punhais” e assumiram um lugar de elite em meio ao clã. Devotos da trilha do sangue sua missão é criar indivíduos letais que possam servir como braço direito da Haquim. A localização dos centros de treinamento e refúgios é quase impossível de ser descoberta assim como as identidades dos membros, que geralmente possuem mais de um identidade publica. A teia nunca reconhece sua existência fora do circulo dos assamitas. Apenas alguns integrantes da camarila e do INconnu tem conhecimento. Cada membro da teia é recrutado por suas pericias Marciais tanto tático como pessoal. O assamita tranforma-o em carniçal e o leva a um dos centros de treinamento, onde o novato passara os próximos sete anos em treino constante. Depois de um logo aprendizado se o assassino é bem sucedido, seu senhor o abraça em uma cerimônia solene e elaborada. Começa os próximos sete anos de seu segundo treinamento onde o aluno é jogado no mundo real, agora sob supervisão direta dos eu senhor, agindo com auxiliar e cúmplice em missões para clientes cainitas e de Alamut. No final dos sete anos do segundo treinamento o aluno passa por um novo teste, se passar segue-se as cerimônia de inclusão na organização da teia dos punhais.( livro do clã Assamita, LCA)

Onde encontrar alguém com características necessárias a ser um membro da secreta teia dos punhais?

Meados de 2001, Eu, identificado como Julian Smith , matriculei-me , na escola de esgrima Abel Melián em Londres. Quando conheci Meu professor Faris Hassan um Árabe de pele escura e aparência de 40 anos, que seria meu mentor ate os dias de hoje. A cada dia crescia mais e mais minha paixão pelo uso magnífico da espada, e meu mestre parecia estar mais convicto disso que eu mesmo. Após a morte de minha avó, meu ultimo vinculo familiar se fora com ela. De maneira que ser a espada era meu refugio do mundo e de todos. Ate que um dia apos uma semana se sair de casa, em desespero existencial, surge das sombras do meu quarto meu professor Faris Hassan e me propõe: Juntar-me a maior organização de assassinos do mundo ou ir embora?(LCA).
Foram sete anos como carniçal, e dias de estranha satisfação e terror no centro de treinamento da teia na Colômbia. Por fim consegui suportar a primeira fase dos treinamentos e ser bem sucedido no meu teste ainda como carniçal, recebi o abraço, e recentemente iniciei a segunda e menos dramática fase de treinos.Assumi a identidade de Sammir Hassan, hoje em processo de reajuste moral e religioso. Vivo sob supervisão de meu mentor com treinos, auxílios e missões, sempre que necessário, trabalhando para as seitas e facções políticas, humanas ou vampiricas. Assim me encontro sendo treinado para um dia estar apto a fazer o teste para integrar a Teia dos punhais. Meu senhor participa da organização e é encarregado de recrutar novos membros como fez comigo, mudando de cidade a cada 14 anos ou seja um ciclo de recrutamento da teia dos punhais. Hoje estamos em barcelona, na Espanha, nas imediações do metrô, ainda sob o disfarce de escola de esgrima, que funciona como nosso refugio. Tenho aprendido sobre as leis de Haquin e muito sobre armas brancas, insanidade peculiar de meu Senhor, que teima em ignorar a existência de armas de fogo, mas felizmente pude aprender o manuzeio de armas de fogo, no meu primeiro período de treinamento com a Teia. Houveram alguns problemas sobrenaturais na ocasião de meu abraço, fiquei inconsciente por muito tempo, e durante esse período eu tive sonhos onde um ser dizia que eu teria apenas uma chande de abraçar alguém em toda a minha não vida, se eu a perdesse nunca mais poderia abraçar ninguem, pois meu vitae desde de o inicio era para sempre infértil. Seria eu predestinado ou amaldiçoado? Já comprovei, meu sangue realmente é infertil. Embora não concordando , mas de certa forma sob a doutrina da trilha do sangue e as leis de Haquin, meu proposito é conseguir minha independencia e me tornar senhor de minha vida, nem que para isso eu me torne um despojado dentro do meu clã e da teia dos punhais, preciso estar preparado caso isso aconteça, e tenho sete anos para decidir. Não desejo uma vida de carniçal para minguem, embora eu saiba que isso tenha ajudado a me tornar o que sou hoje, em tão pouco tempo. Para minha natureza esse é meu maior desafio.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum