Nina Doivin - Toreador - Camarilla

Ir em baixo

Nina Doivin - Toreador - Camarilla

Mensagem por Convidad em Seg Ago 15, 2011 9:46 am

Nome: arisa
Personagem: Nina Doivin (lê-se “Doavan”)
Clã: Toreador
Natureza: celebrante
Comportamento: conformista
Geração: 9°
Refugio: um apartamento
Conceito: viva la “vida”


Experiência:


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos (3)
- Força: +1
- Destreza: 1+2= 3
- Vigor: 1+1= 2

Sociais (7)
- Carisma: 1+3= 4
- Manipulação: 1+2= 3
- Aparência: 1+2= 3

Mentais (5)
- Percepção: 1+2= 3
- Inteligência: 1+2= 3
- Raciocínio: 1+1= 2


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos (13)
- Prontidão: 1
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva: 3
- Empatia: 3
- Expressão: 3
- Intimidação:
- Liderança:
- Manha:
- Lábia: 3

Perícias (9)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução:
- Etiqueta: 2
- Armas de Fogo: 2
- Armas Brancas:
- Performance: 2
- Segurança:
- Furtividade: 3
- Sobrevivência:

Conhecimentos (5)
- Acadêmicos: 3
- Computador:
- Finanças: 1
- Investigação:
- Direito:
- Lingüística:
- Medicina:
- Ocultismo:
- Política: 1
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
Geração: 4
Mentor: 3 PB
Recursos: 2 PB
Status: 2 (1 + 1 PB)


DISCIPLINAS(3)
Auspícios: 1
Rapidez: 1
Presença: 1



Virtudes (7)
- Consciência: 1+1= 2

- Autocontrole: 1+3= 4

- Coragem: 1+3= 4


HUMANIDADE: 2+4+1PB= 7

FORÇA DE VONTADE: 4+3PB= 7


QUALIDADES e DEFEITOS
Clube Noturno (2 pontos de Qualidade)
Bom-senso (1 ponto de Qualidade)
Rosto de bebê (2 pontos de Qualidade)

OBS:

Clube Noturno:
Muses’ Whispers, mais conhecido como Whisper apenas, é voltado para apreciadores de arte e artistas. É um lounge moderno com galeria de arte e palco para shows musicais e peças teatrais de pequeno porte. Seus preços salgados e o tamanho médio contribuem para o status de espaço “cult” exclusivo.


PRELÚDIO

Eu não tenho uma história triste, violenta ou trágica para contar sobre meu Abraço. Eu era uma jovem da última década do século 19 quando meu Senhor me conheceu em uma festa, e se interessou por mim. Eu e minha família éramos “novos ricos” e, portanto, apesar de termos a fortuna necessária, a alta sociedade da época ainda não nos aceitava. Mas eu estava decidida a continuar minha escalada social e eu sabia usar meu carisma nato e minha beleza a meu favor para conseguir um casamento com algum herdeiro de alguma família tradicional qualquer.

O alvo que eu havia decidido já estava noivo de outra menina bem educada e de boa família, mas isso não seria muito difícil de tirar do caminho. Uma das coisas que as pessoas mais adoram fazer é fofocar, especialmente sobre os membros de seu próprio grupo. Quanto mais depravado, corrupto, doente, e qualquer outro adjetivo do tipo eles descobrissem uns sobre os outros, mas deliciados eles ficavam. Se fosse sobre alguém que fosse considerado melhor em algum quesito, então... Enfim, a reputação imaculada da garota não durou muito tempo, e muito menos seu noivado.

Quando eu comecei a concentrar minha atenção em cativar meu “futuro marido”, um elegante senhor com aparente idade de 35 anos, Domenic Doivin, se aproximou de mim e durante alguns meses nos encontrávamos em diversos eventos sociais. Eu o conhecia de vista, mas nunca tinha tido a oportunidade conhecê-lo de fato. A atenção especial que ele me concedia me lisonjeava, e eu logo fiquei fascinada por ele, por sua simpatia, por seus conhecimentos espantosos, por seus mistérios. Quando ele finalmente se decidiu que eu seria útil e o Abraço aconteceu, eu não fiquei horrorizada. Surpresa sim, mas não aterrorizada.

Como todos os vampiros deveriam ser, eu fui planejada e devidamente educada sobre a nova sociedade da qual eu fazia parte, e vejo a vida vampírica como um presente e não uma maldição. Não fui arrancada da mortalidade para cair de pára-quedas na imortalidade. Sim, temos que manter nossa Besta interior à distância, nos alimentar de sangue e dormir durante o dia, mas nada vem de graça, afinal.

Mais tarde, quando perguntei a meu Senhor porque havia me escolhido, ele respondeu que eu era uma excelente atriz, mesmo sem saber, e que isso seria útil. E, de fato, foi. Se Domenic está na posição de prestígio e respeito de hoje, uma boa parte é graças a mim. Mas não me recinto disso, nem de qualquer outra coisa que eu tenha feito para qualquer outro vampiro mais velho, já que tem que haver alguém no poder, e sempre haverá pessoas dispostas a brigar por isso.

Eu não estou, prefiro curtir minha pós-vida e me dedicar às artes em geral, minha paixão, mas preciso manter minha confortável posição na sociedade se quiser continuar assim. Acho que quem não concorda com isso está em desacordo com a “vida”, com a ordem natural das coisas. Manda quem pode, obedece quem tem juízo.

Eu venho aproveitando minha imortalidade a um século desse modo e tenho me dado muito bem. Às vezes tenho que sair do meu caminho para conseguir algo para alguém, ou diminuir alguém que tem crescido demais, mas sou feliz. Dedico a maior parte do meu tempo a meus interesses e a meu clube, mas não sou idiota e também cuido da minha defesa pessoal. Há décadas eu treino tiro e cuido da minha condição física para caso eu não seja surpreendida pelos loucos do Sabá. Também faço a manutenção das minhas relações com os Membros tanto da Camarilla quanto dos de fora.





BANCO DE XP
-----

BANCO DE DADOS
-----

ULTIMA ATUALIZAÇÃO: -

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum