Stefani Germanotta/Thanatoth Germanotta - Filhas da Cacofonia - Sabá

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Stefani Germanotta/Thanatoth Germanotta - Filhas da Cacofonia - Sabá

Mensagem por No one em Sab Jul 02, 2011 9:04 pm

Nome: Thanatoth
Personagem: Stefani Germanotta/ Thanatoth Germanotta
Clã: Filhas da cacofonia...
Natureza: Excêntrico
Comportamento: Galante
Geração: 8°
Refugio: Mansão de Abigor [Ancião tszimisce]
Conceito: Transmutação

Experiência: 14 GASTOS/16 TOTAL

ATRIBUTOS (13 - 9 - 5)

Físicos (5)
- Força: +1 +2
- Destreza: +1 + 2
- Vigor: +1 +1

Sociais (7)
- Carisma: +1 + 3 (Graciosa)
- Manipulação: +1
- Aparência: +1 + 4 (Olhar Hipnotizante, Belas formas)

Mentais (3)
- Percepção: +1 +0
- Inteligência: +1 +1
- Raciocínio: +1 +2


HABILIDADES (13 - 9 - 5)
Talentos(13)
- Prontidão:2
- Esportes:1
- Briga: 1
- Esquiva: 2
- Empatia:2
- Expressão:1
- Intimidação:
- Liderança:
- Manha:1
- Lábia: 3

Perícias (9)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 1
- Etiqueta:1
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas: 3
- Performance: 3 +1[6xp] +1[8xp] (ero-Exibihition, solos de keitar)
- Segurança:
- Furtividade:1
- Sobrevivência:


Conhecimentos(5)
- Acadêmicos:
- Computador:
- Finanças:
- Investigação:
- Direito:
- Lingüística:2 [alemão, Japonês]
- Medicina:
- Ocultismo:3
- Política:
- Ciências:


VANTAGENS


Antecedentes (0)
Geração: 5
Mentor:2
---------------
DISCIPLINAS (4)
Melpominne: 4
Fortitude:
Presença:
-------------
Virtudes (5)
- Consciência ou Convicção:2
- Autocontrole ou Instinto:2
- Coragem: 2

Cataros:4
FORÇA DE VONTADE: 9(7pb)


QUALIDADES
Racionalmente Frio 1
Vontade de Ferro 3
Noção do Perigo 2
Voz Encantadora 2

DEFEITOS
Brisa Frígida: (1 ponto de Defeito)
Mácula do Apodrecimento: (1 ponto de Defeito)
Digestão Seletiva: (2 pontos de Defeito)[homens]
Inimigo: (2 ponto de Defeito)
Compulsão: (1 ponto de Defeito)(GALANTEIOS AO EXTREMO)

OBS:
Experiência: 14 gasto com;
Perfomance [Habilidade] 3 - 4 -> 6 Xp
Perfomance [Habilidade] 4 - 5 -> 8 Xp


Aparência
Feminina:
Spoiler:
Masculina:
Spoiler:

Celular c/ phones
Spoiler:


Chackra roda sol usado bara combates; Roda - Sol
Spoiler:
elas podem ser consideradas como "faca" ... mas possuem um bônus...
dificuldade 4 e dano é força mais 1,tipo perfuração e corte, e o bônus é o seguinte: oferece um bônus de mais 1 em tentativas de desarmar o oponente; em caso de falha/empate, a arma/mão do oponente fica travada até a próxima rodada. podendo ser decepada (no caso da mão) se puxada sem jeito.
imagen do roda sol :

PRELÚDIO
Stefani Germanotta, possui atualmente 8 anos de Não-Vida , sendo abraçada em seus 17 anos de idade mortal. Ela é uma mulher de belas formas físicas, branca, de altura mediana, estranha para uns, uma diva para outros... Em sua forma masculina é branco, também de altura mediana, muitíssimamente belo, de formas físicas invejáveis. Muito excêntrica, pervertida, Adora brincar de maneiras diferentes com os outros, possui uma língua ferina, e é muito vingativa, atualmente está constantemente na forma masculina...

1986 — 2004: Infância e adolescência
Stefani Germanotta nasceu na cidade de Nova Iorque em 28 de março de 1986, vinda de uma família ítalo-americana, filha mais velha de Joseph, um empreendedor de Internet, e Cynthia Germanotta (nascida Bissett). Aos onze, Germanotta frequentou um convento, o Convent of the Sacred Heart, uma escola católica romana privada no noroeste de Manhattan, mas afirmou não vir de uma família rica, dizendo que seus pais ambos vieram de famílias de classe baixa, então trabalharam por tudo. Ela aprendeu a tocar piano aos quatro anos de idade, e escreveu a sua primeira canção de balada no intrumento aos treze; por volta dos quatorze, começou a comparecer em casas noturnas de apresentações livres ao microfone. Uma ávida atriz em musicais de ensino médio, Germanotta interpretou papéis principais como Adelaide em Guys and Dolls e Philia em A Funny Thing Happened on the Way to the Forum. Ela descreve a sua vida acadêmica na escola como "muito dedicada, estudiosa e disciplinada", mas também "um pouco insegura", costumava ouvir brincadeiras por ser tanto provocativa como excêntrica, então comecou a abaixar o tom. Não se encaixava, e se sentia como uma estranha. "Ela tinha um grupo central de amigos; era uma boa aluna. Ela gostava muito de garotos, mas cantar vinha em primeiro lugar"
Aos dezessete anos, Germanotta ganhou uma admissão antecipada para a Tisch School of Arts da Universidade de Nova Iorque em 23 de agosto de 2003, e morou em um dormitório da cidade na Rua 11. Lá, ela estudou música e melhorou as suas habilidades de composição ao escrever dissertações e artigos analíticos, focando em assuntos como arte, religião, questões sociais e políticas. Ela sentiu que era mais criativa do que algum de seus colegas:"Uma vez que você aprende a pensar sobre arte, você pode ensinar a si mesmo, é o que ela pensa. Pelo segundo semestre de seu segundo ano, retirou-se da escola para focar em sua carreira musical. Seu pai concordou em pagar seu aluguel por um ano, sob a condição de que ela se rematriculasse para a Tisch se fosse mal-sucedida. Porém Ela abandonou a sua família inteira, consegui o apartamento mais barato que podia encontrar, e se deu mal até que alguém á ouviu.
2004: A transformação

Stefani Fazia um show e tanto em uma casa noturna, com a fama que já tinha lá dentro fazia a casa lotar, mas um casal de clientes “especiais” estava ali.Observando-a durante a noite toda.
A dama não tirava os olhos dela, enquanto o cavalheiro não parecia prestar muita atenção nela...
Ela fez a casa ir à loucura com suas musicas autorais, finalizando como uma diva que era. No camarim quando já estava para ir, a dama lhe esperava na porta. Com um semblante de excitação, o que fez Stefani sentir-se constrangida. A dama apresentou-se como Sophtia e que havia notando a jovem ali na casa havia tempo, que já estava se tornando fã dela, pois ela era especial e Stefani tinha aquilo que a mulher procurava a muito tempo em uma pessoa...
Com um golpe na nuca de Stefani a mulher a fez desacordar. Tempo depois ela estava acordada em um quarto luxuoso com cobertas de seda e o quarto todo coberto, sem janelas ou entradas de luz...
-- Não se preocupe minha criança — Disse uma voz feminina, que Stefani levou m tempo para reconhecer como Sophtia – Ninguém mais a fará nenhum mal... Ninguém...

-- Mas que porra é essa sua louca?? – Berrou Stefani – A onde estou??
-- Acalme-se querida –Respondeu Sophtia – É uma longa história... Vamos começar desde o principio, OK?

Sophtia explicou um pouco sobre os vampiros, fazendo entender claramente que não era nenhuma brincadeira de mau gosto, disse sobre o clã. Seus dons e sobre a seita a qual seguia... O sabath...
Stefani demorou um pouco para aceitar sua mais recente situação, chorou muito, lagrimas de sangue... Mas Sophtia a mostrou o lado bom das coisas. Criou-a durante algum tempo ensinando-lhe tudo o que ela necessitaria...
Tempos depois Sophtia apresentou a Stefani seu melhor amigo, Abigor, um vampiro do clã tszimisce...e sua cria Greggory. Os quatro conviveram em paz por alguns anos, até estarem apenas em três.

*A união de Sophtia e Abigor *

A séculos atrás, um casal de amigos não muito convencional, faziam muitas algazarras, bebedeiras em bordeis, orgias no quintal de sua casas, e coisas que a sociedade nunca aprovou.
Certo dia enquanto ambos estavam em um bordel super diferente que estava estreando na cidade, Abigor o apaixonou-se por um cavalheiro de traços diferentes que estava lá dentro, a noite de Abigor foi intensa... E muitas coisas aconteceram... Coisas inexplicáveis, para a sociedade.
Sophtia, como sempre flertando com todos os cavalheiros do local, acabou envolvendo-se um que a fez ficar tão porre, tão porre, que ela subiu no palco, derrubou todas as dançarinas e os dançarinos, e começou a cantar e dançar. Fazendo um espetáculo. O que não demorou muito pra chamar a atenção da dona do local... Que a levou para dentro da suíte máster... Para “descansar”

À noite para ambos os amigos foi ótima... Mas custou caro, eles nunca mais veriam o dia...


Um pouco da Não-vida de Stefani
Stefani levou tempo para se acostumar à vida de Abigor e Sophtia...
Abigor nunca gostou dela, talvez por ser possessivo demais, mas ouve o dia em que ela conquistou Abigor, foi o dia em que ela, decidiu tornar-se ele...
***
Stefani sempre teve a vontade de saber como era ser um homem, saber como eles sentiam prazer, como eram tratados... Tudo
Foi então que ela pediu para que Abigor usasse de seu poder para fazer isso... A sensação foi desagradável... Mas o resultado final foi esplendido, tanto que se sentia excitada com sigo mesmo... O que fez Abigor gostar de sua “obra de arte”... Eles tiveram uma noite incrível, Stefani pode então sentir como era ser um homem...

2007: A morte de Sophtia e a culpa de Abigor

Sophtia iria a uma missão para o seu querido Sabath... Uma luta marcada contra uns idiotas da Camarilla...
Ela havia pedido para Abigor avisar uns informantes, para estes poderem ajudá-la em um ataque surpresa, deixando os membros da Camarilla em desvantagem...
Porém Abigor, que se encontrava escondido observando tudo, não viu motivos para chamar reforços, porém este foi o erro de Abigor... No meio da briga havia muitos membros usando ofuscação... Então o massacre começou.
Abigor foi visto por membros da Camarilla e acabou tendo que ir pra combate, os membros do Sabath não tiveram chance... Poucos sobreviveram... Porém Sophtia não estava nesta conta. Por muito pouco Abigor não foi morto, ele conseguiu ligar para Stefani a tempo, e esta veio a seu encontro, sem saber o motivo da morte de todos, ela ainda não estava preparada para um combate daqueles, então não ficou sabendo...
Abigor contou sua versão da história... E por culpa decidiu prosseguir nos treinos de Stefani...

Stef sempre achou que Greggory não gostava dela. Talvez fosse tão possessivo quanto Abigor. Ou fossem ciúmes ao extremo.
... Certa vez Stefanie encontrava-se concentrada em seu treino, então Greggory percebeu que era uma chance para atormentar a garota... Perguntou se ela precisava de ajuda. q ele poderia lhe ensinar uns poderes. Então para o sofrimento da garota ele ao invés de ajudar-lhe na técnica q ela esta “aprendendo”[que ele supostamente estava lhe ensinando], ele usou algo para lhe fazer sofrer. Que fizesse repuxar seus músculos causando-lhe uma dor aguda. Stef ficou dias com dores no local. Mas achou que por Greggory ser novo, um pouco mais velho q ela mais ainda assim novo, ele fosse inexperiente.
Muitas vezes Greggory dava conselhos errados a jovem, fazendo com que ela assumisse uma aparência detestável para Abigor. Acabando por levar bronca. Enquanto a jovem simplesmente não abria a boca para dizer o que realmente havia...

***
2008: Algum tempo sem Sophtia


Tempos depois, Em uma reunião do Sabath, Abigor acabou se envolvendo em uma briga com uma Anciã do clã Brujah, a antitribu fazia parte de uma associação feminista e sentiu-se ofendida pelas palavras de Abigor, pois o mesmo sempre valorizou a figura masculina, tendo Stef como um dos exemplos de suas criações.
A Brujah começou um escândalo, E então Stef teve de intervir, fazendo com que a anciã Brujah pegasse raiva dela. A anciã deu Algumas respostas agressivas a Stef e Greggory então resolveu se meter na discussão. Fazendo com que mais um Ancião de lá de dentro, Aliado da Brujah se revoltasse contra os jovens. Porém, a grande amizade do arcebispo e Abigor prevaleceram, fazendo com que ambos seus filhos não fossem punidos, mas isso teve suas conseqüências , ambos Anciões passaram a nutrir sentimento de vingança as crias de Abigor.


BANCO DE XP
A Mascara Rompida por Kyle Raymound: 23> 11
O Abissal Precursor do Ódio por Pestilence Demon : 20 >10
total: 16

BANCO DE DADOS
-----

ULTIMA ATUALIZAÇÃO: -----
avatar
No one
Gangrel AT
Gangrel AT

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum