Victor - Victorius - Tremere

Ir em baixo

Victor - Victorius - Tremere

Mensagem por Beaumont em Qua Mar 17, 2010 10:33 am

Nome: Victor Batista
Personagem: Nome Verdadeiro: Victorius Venceslau Valentin / Nome Falso: Sebastian Sandoval Salvatore
Clã: Tremere
Natureza: Malandro
Comportamento: Bon Vivant
Geração: 8ª
Refugio: Capela Tremere
Conceito: Nerd

Experiência:


ATRIBUTOS

Físicos
- Força: 1
- Destreza: 4 (Flexibilidade)
- Vigor: 1

Sociais
- Carisma: 1
- Manipulação: 5 (Convincente e Eloqüência)
- Aparência: 2

Mentais
- Percepção: 2
- Inteligência: 5 (Analítico e Resolvedor de Problemas)
- Raciocínio: 5 (Prático e Perspicaz)


HABILIDADES

Talentos
- Prontidão: 00
- Esportes:00
- Briga: 00
- Esquiva: 01
- Empatia: 03
- Expressão: 00
- Intimidação: 03
- Liderança: 03
- Manha: 00
- Lábia: 03

Perícias
- Empatia c/ Animais: 00
- Ofícios: 02
- Condução: 02
- Etiqueta: 00
- Armas de Fogo: 02
- Armas Brancas: 00
- Performance:00
- Segurança: 03
- Furtividade: 00
- Sobrevivência: 00

Conhecimentos
- Acadêmicos: 00
- Computador: 05 (Quebra de Códigos e Vírus)
- Finanças: 00
- Investigação: 00
- Direito: 00
- Lingüística: 00
- Medicina: 00
- Ocultismo: 01
- Política: 00
- Ciências: 01

VANTAGENS

Antecedentes 05
---------------
Geração 05
Mentor 02 (Nome: Theodor Miither, Parentesco: Progenitor)
---------------


Disciplinas
---------------
- Auspícios 01
- Dominação 01
- Taumaturgia - Linha Primaria: Movimento da Mente 01

- Ritual Nível I – Proteção Conta o Mal da Madeira


---------------
Virtudes 07
---------------
- Consciência: 2
- Autocontrole: 3
- Coragem: 5
---------------


HUMANIDADE: 05

FORÇA DE VONTADE: 05

VITALIDADE

[ ] Escoriado
[ ] Machucado Modificador -1
[ ] Ferido Modificador -2
[ ] Ferido Gravemente Modificador -2
[ ] Espancado Modificador -2
[ ] Aleijado Modificador -5
[ ] Incapacitado

QUALIDADES / DEFEITOS
---------------
Ambidestria:
Voz Encantadora
Ás do Volante
Aptidão para Informática
Aptidão para Mecânica:

Novo Morador / Recém-Chegado
Exclusão de Presa (Pessoas Doentes)
Alergia: Drogas Ilegais (02 Pontos de Defeito)
Lançado ao Conselho
---------------

OBS:
Lançado ao Conselho (03 Pontos de Defeito)
Seja por causa de um regente altamente suspeito, uma falha no passado ou uma missiva superiora, seu personagem foi laçado ao Conselho - uma condição que ele não tem escapado. Isso não impede seu personagem de ter motivos e metas pessoais, mas o amor ao clã Tremere sempre vem primeiro. Você deve gastar Força de Vontade para ir contra a política Tremere; violar o juramento, para seu personagem, é literalmente tão difícil quanto para um vassalo de laço de sangue tentar trair seu regente. Quando o conselho ou seu representante devidamente apontado (leia: qualquer um superior ao seu personagem na Pirâmide) diz, "Pule", seu personagem pula, então espera para saber quão alto antes de cair.
Se de algum modo você arranjar para sair desse problema, digo participando da Vaulderie, aceitando outro Laço de Sangue ou usando o ritual Abandono dos Grilhões (pg.67), seu personagem pode ser ver marcado para a destruição se o grupo apropriado o encontrar. Se o Laço de Sangue não foi o bastante para mantê-lo na linha, e ele fez o bastante para merecer isso, então à destruição é o único meio para ter certeza que ele não será um problema mais tarde. O Narrador pode e deve usar todos os recursos Tremere disponíveis tanto para checar a lealdade do personagem quanto para caçá-lo como o renegado que ele é se ele falhar em entrar nos eixos.
Sistema MET: Quando você quer fazer alguma coisa que viole os comandos da hierarquia Tremere, você deve gastar uma Característica de Força de Vontade. Este Defeito mantém todas as ramificações sociais listadas previamente - suas ações serão altamente constrangidas, você pode ser incumbido em situações desagradáveis contra sua vontade, e você estará num mundo de dor se você tentar livrar-se do Laço.


Itens / Equipamentos – Portados
- Celular. - Documentos Pessoais. ((Documentos Pessoais Falsos no Nome de: Sebastian Sandoval Salvatore e Documentos Pessoais Verdadeiros no Nome de: Victorius Venceslau Valentin)). - Laptop. - Pen Drive de 32 GB. - 01 Pistolas Glock 22, Calibre 10 mm, Dano 05, Alcance 25m, Cadência de Tiro 04, Capacidade 15+1, Ocultabilidade J. (Companheiro do Narrador Pag. 49). - Munição Calibre 10 mm Caixa com 30 Balas. - Roupa Reforçada, Absorção de Contusão 02, Absorção de Armas Brancas 01, Absorção Balística 00, Penalidade de Destreza 00, Ocultabilidade Desnecessária, São Roupas Normais. (Companheiro do Narrador Pag. 61). - Mochila.


PRELÚDIO

//Quando Mortal, ou Melhor, dizendo quando Jovem nunca fui um Baderneiro ou Rebelde. Não que não quisesse simplesmente não tive a oportunidade//. //Às vezes me pergunto como entre tantos um espermatozóide tão fraco chegou lá, mais graças a isso estou aqui então não vou “reclamar muito”, meu problema quando Mortal sempre foi Minha Fragilidade, a Saúde Precária e os Problemas Debilitantes, Decorrentes que Impossibilitaram uma Vida “Normal”//. //Resumindo minha infância foi Sofrer e fazer os outros Sofrerem. Talvez por uma Infelicidade do Destino, Par ou Impa lá em Cima sei Lá. Diria que Deus não vai com a minha Cara se acreditasse nele ou se um Deus “Tão Bom” perdesse seu precioso ainda que infinito tempo dando todo esse “tratamento especial” pra mim//. //Bom entre os muitos problemas sofria de Falência Pulmonar, resumindo não tinha Força suficiente para Puxar o ar e dependia de uma maquina enorme do lado da minha cama o que na maior parte do tempo não era meu maior Problema//. //Dês do meu Nascimento ate ser transformado em uma Criança da Noite passei mais tempo no Hospital do que em casa, na verdade morava no Hospital “Um caso que necessita de observação e cuidados Especiais” ou em outras palavras um peso na Família tanto Emocional quanto Financeiramente//.

//Com as imposições de minha saúde sempre estudei com Tutores, Professores Particulares ou por iniciativa própria pelo Laptop que também era a “minha Janela” lá pra fora. Já estava acostumado com as minhas “Necessidades Especiais” depois de um tempo você se acostuma as Dores dos Tratamentos e a ser a Cobaia dos Médicos, nos inúmeros Novos Tratamentos que não chegam a Lugar Nenhum//. //O que me Frustrava realmente era ver o que minha “Existência” estava fazendo ao Relacionamento dos Meus Pais, Ter um Irmão mais Novo e Perfeitamente Saudável ((que substituía o Filho Primogênito Defeituoso)), e que ainda tinha Vergonha de Mim era só um de meus Problemas//. //Via o quanto tentavam me Esquecer e ser uma Família Feliz.... Normal como Eu nunca Permiti que Fossem e isso Doía mais que Qualquer Agulhada ou Novo Tratamento//.
//Me via um Estranho, Morto dentro Deles quando Finalmente Desistiram de tentar. Não suportando o Fardo, A Dor constante de Sentir algum Afeto por Mim//. //Mas ainda por pena ou mesmo pelos visinhos não podiam fingir tão abertamente não ter um Filho. Afinal as pessoas falam e hoje temos uma mídia presente sabe. Seria bem mais que incomodo serem Pintados como os Maus Pais que de fato haviam se tornado portanto ao menos aparentemente ainda se mostravam preocupados, Mesmo já tendo me esquecido, sendo tão visível o quanto nossa relação tinha se deteriorado eles ainda pagavam meu Caro Tratamento como “Bons Pais”, um Jeito Moderno de Esconder o “Retardado no Porão” e ainda ser Bem Visto na Comunidade. O Maximo que teria da Família da qual não mais Fazia Parte//.

//A verdade era que ter que sustentar o meu tratamento e a minha presença “Agonizante sem Morrer” tinha feito da vida deles um Inferno. Era Inteligente o suficiente pra perceber isso saber que Meu caso evoluiu de forma tão grave e o sofrimento de todos se tornou tão prolongado que os olhares mudaram, os olhos deles nem disfarçavam mais o que já sabia que pensavam. Eles achavam que “Eu sofreria menos se partisse em paz”. Como as pessoas são nobres. Queriam que eu morresse pro meu próprio bem. Quanta caridade não? Muita consideração deles. Todo apoio que um Filho busca dos Pais, Eu to muito Agradecido ((Mostra o Dedo Médio))//.

//Voltando a Narrativa Eles já não iam me visitavam há Dois Anos, mas quando cheguei aos Dezoito ainda Doente e “Invalido”, inviável para aquela Família ficou muito claro que não poderia continuar a “usá-los” pra me Sustentar//. //Eles já haviam rompido qualquer vinculo comigo, me viam apenas como uma despesa. Algo que queriam desesperadamente esquecer e viram sua Oportunidade ((Minha Maior Idade os Libertou da Obrigação e me Entregou a Minhas Própria Sorte))//.

//Bom sempre fui um Carinha Inteligente, Consegui pagar meu próprio tratamento sem recorrer a Instituições Sociais ((Assistencialismo)), ser tão dedicado aos estudos ((era a única coisa que podia fazer minha única distração)) e minha afinidade com as Maquinas e Aparelhos Eletrônicos em Geral rendeu-me Dinheiro Suficiente, da Manutenção e Criação de Web Sites, a Elaboração de Jogos e Softwares. Varias Atividades em diversos ramos Associados rendiam o Suficiente para manter os Aparelhos necessários a Manutenção da Minha Vida. Alem disso o Excedente ainda era acumulado e investido em outras áreas, em movimentações lucrativas aumentando ainda mais meu Montante//. //Meus Pais tinham achado a desculpa adequada pra “fugirem de vez”. Eu não Precisava mais Deles. Como se um Filho não Precisasse dos Pais mais Vamos Deixar os Bastardos de Lado//.

//O que Importa Mesmo é, “e o Agora”? Bom Passava meus dias como sempre, Testando Jogos ((Sim acreditem é um trabalho Remunerado)) e me Aperfeiçoando, conhecendo tudo que de outra forma nunca chegaria a Mim, enquanto movimentava meu Excedente pela Internet. ((Os remédios eram caros e ainda tinha as demais despesas com o Hospital, mais modéstia Parte sempre fui muito Bom)) Trabalhando ou me divertindo. ((Na maior parte do tempo os dois simultaneamente)) Estava me virando Bem, levando minha vida na medida do possível//.

//Um dia desses quando navegava pela rede achei uma biblioteca virtual que me chamou a atenção. Foi fácil entrar nela como de costume ((É fácil demais passar por esse tipo de sistema defensivo)) mais o que realmente me chamou a atenção foi encontrar outra “porta” lá dentro. Essa sim mesmo eu demorei Três Dias para Invadir, ate agora o sistema mais intricado e bem elaborado que já tinha enfrentado e Motivo pelo qual Estava tão empolgado, nunca demorei mas que algumas horas para quebrar qualquer Defesa. Ao menos On-line não haviam portas fechadas para mim, Conseguia Voar pela Net mesmo que no mundo real mal conseguisse andar//.

//Mais voltando a Esta Biblioteca, seu Programa tinha me segurado por Três Dias, tinha que ter Algo muito Importante lá dentro, portanto por motivos óbvios Estava em estado de entusiasmo. Quando consegui finalmente entrar fiquei boquiaberto, o que constava em muitos daqueles arquivos não podia ser real, deveria ser algum Culto Demoníaco e uns outros Perturbados assim. Mais as coisas começavam a fazer mesmo que a Contragosto “Algum Sentido” .... Muito do que constava ali apesar de mesmo inconcebível “poderia” ter acontecido. Se encaixava com as descrições ... Tinha mesmo “Alguma Lógica” mesmo tratando do “Sobrenatural”. Não me entendam Mal não acreditava nessas coisas//. //Para mim ao menos nessa época, nada existia se não comprovado cientificamente//. //Mais Aquele Sistema Defensivo e tantas barreiras tinham que esconder “Algo Importante”, então continuei minha leitura, mesmo debulhando todo aquele “Senhor dos Anéis Moderno” Estava Decidido a Tirar Daquilo Tudo algo que Valesse meus Três Dias entrando naquela Merda então Muitas vezes intercalava fatos citados nesse Acervo Virtual as Noticias Lançadas nos Jornais//. //O que Sinceramente Perturbava, por mais que não quisesse acreditar haviam coincidências de mais. Começava mesmo a questionar meu posicionamento e ceticismo. Mais ainda tentava acreditar em uma conspiração e em algo provavelmente criptografado entre aquela “Baboseira Toda”//. //Ate aqui Tinha entendido aqueles Homens como uma Facção, na verdade um Grupo Oculto e Religioso que acreditava na existência do Sobrenatural e Pior ainda, acreditavam compor esse Grupo como “Tremeres”. Uma denominação estranha que davam para si mesmo como “Vampiros Magos”, e com a qual se separavam dos outros “clãs de Vampiros” como um subtipo dentro da Raça//.

//Passei o dia inteiro lendo e lendo e lendo e lendo e ainda assim não era suficiente. Quanto mais me inteirava mais questionava o que seria “real” e o que não seria, ainda incerto sobre a veracidade dos textos mais sem duvida fascinado e absorvido pelos mesmos. Aquela Noite não conseguiria Dormir, continuaria a Leitura Entusiasmada e faminta por respostas que me conduzira o Dia Inteiro, visto Tamanho entusiasmo e excitação//.

//Estava a Pleno Vapor em “Minhas Descobertas” quando recebi uma Visita. Isso mais que qualquer Relato “Sobrenatural” era Estranho. Nunca tinha Visitas, nada e ninguém tinha qualquer Preocupação Comigo visto que Ate os Médicos agiam apenas com o zelo necessário. Com a preocupação que sua Profissão e Pagamento Exigiam que tivessem, assegurando o Salário de cada mês//. //Era Eu próprio o único a lembrar de minha Existência, o Único que não Desistira de Mim e que Ainda tinha uma Preocupação Verdadeira com meu Bem Estar. Receber uma visita então ainda mais tão próximo ao Termino no Horário de Visitas era Muito mais do que Estranho. Principalmente quando estava se Lendo sobre Um Culto de Idiotas que se achavam “Vampiros”//.

//Quando o Homem entrou tenho que admitir ter ficado surpreso. Para um Culto Bizarro como o Dele Ele Parecia muito Normal. Mas Mais Importante//. §Como descobriram minha Entrada§? //Tenho que admitir estar desapontado com minha atuação, sempre era perfeito em minhas invasões e ainda assim Tinha Deixado Rastros//. //Eles podiam ser Bons mais pra Mim Não tinha Esse Papo de “Eles São Muito Bons”, só importava não ter Sido “Bom o Suficiente”, obviamente não foi a capacidades deles e sim minha incapacidade que fez com que me descobrissem. Eles se mostravam um Desafio interessante e Eu me mostraria simplesmente um Melhor. Sabem como é talvez isso diminuísse meu Tédio ou mesmo Rendesse Alguma Coisa. Eu quase Morria Todos os Dias Não tinha Muito a Perder//. -> Então Pretende se Apresentar ou Vai Ficar ai Olhando?

//Ele olhava atentamente para tudo, observando cada aparelho e depois jogando sua atenção sobre mim, com um sorriso educado mais cheio de interesse como o de um magnata dos negócios ou mesmo um advogado repleto de mas intenções, sentou-se perto com uma visão direta de meu rosto. Sua pequena Inspeção Contudo não Deixara qualquer Duvida em Mim. Não era uma Pessoa Inocente e Estava-me muito claro que Tentaria Me Silenciar, Provavelmente de Forma Permanente//. Incógnito. -> Achou algo que Valesse a invasão? //Tiro disfarçadamente uma Foto Dele com a Webcam, e envio para meu E-mail, Para o Hospital, Para a Delegacia Local e para Três Instituições de Correios para entregarem Amanha Nas Delegacias de todo Estado Juntamente com uma Carta o Expondo como meu Assassino e Revelando Aquele Culto caso não Cancele o Pedido ((Ou não esteja Vivo para fazê-lo))//. Me Mantendo Inabalado Falo de Forma Marota. ->Talvez, ainda Tenho muito o que Ler, mais não Tenho presa, Tempo não me Falta Sabe. //Sorrindo Debochadamente//. -> Não saio Muito. //Fazendo o “Dedão Positivo” pro Cara//. -> Como você é Tão Bacana não Vou Decepcionar. //Agora faço o “V” de Vitoria com os Dedos da mesma mão já exposta//. //Ele me olhou em um Misto de Raiva e Malicia, parecia estar o Irritando mais seu olhar Também Velava algum Interesse//. Incógnito. -> Creio que compreenda a Gravidade de Uma Invasão. Pretendemos Processá-lo. §Faz-me Rir§. -> Claro que compreendo a Gravidade MINIMA de um Crime que Você Sequer tem como Provar. //Me Mantinha Relaxado na Cama, Teclando como Sempre Algo Sem Parar enquanto Olhava para ele como Bom Sonso. ((Gravo toda a Nossa Conversa, e Continuo Tomando Outras Medidas Preventivas))//. -> Já Cobri minha Entrada e Redirecionei meus Dados a Outro Terminal, Alem Disso mesmo que Fosse Condenado Obviamente não Ficaria Preso, A Lei é Útil pra Carinhas Como Eu. //Olhando Com Deboche e assumindo Progressivamente uma Expressão de Decepção//. -> Acha mesmo que me Entregaria assim? Por favor. //Como se Esperasse mais Dele//. -> Corte o Papo Furado e vá ao Assunto Sim? //Sorrindo Marotamente//. -> Tenho mais coisas a fazer já que Recentemente consegui um Material interessante, Pretendo Continuar minha Leitura. E Apesar de Apreciar a Companhia Você não Faz meu Tipo. //Estava o Provocando, minha Leitura era o Material que havia Copilado dos Dados Deles e Ele Obviamente devia ter feito esta associação. Mas não se mostrava Surpreso//. Incógnito, Visivelmente me Testando. -> Se já iniciou sua Leitura, sabe que pode se Tornar um Inconveniente para Nos? //Continuo Digitando sem Olhar para o Teclado enquanto Olho para Ele com o mesmo Sorriso Maroto//. §Não se Preocupe já Esta Bem Claro seu Porque Aqui§. //Ele parecia querer Ter certeza quanto ao meu Entendimento//. -> Também já me precavi quanto a isso. // Tentando analisar sua Movimentação, enquanto Falo de Forma Astuta, com um Sorriso médio sem exageros//. -> Se Me Matar como Creio que Tenha vindo Fazer. Exporá ainda mais seu Grupo. Alem Disso Seu Rosto. //Aponto para a Discreta Webcam//. -> Também já foi Repassado. E você recebera o Devido Mérito pela minha Morte. Se tornando Provavelmente o Próximo Alvo desse seu Clubinho como uma Queima de Arquivos. ((Ele Provavelmente Pretendia Apagar o Sistema de Segurança daqui, virar um “Homem Invisível” mais não Comigo Controlando o Sistema)) //Continuando a Teclar algo no Laptop//. -> De qualquer Maneira creio que seja inconveniente pra você, alem disso me assegurei que minha Morte traga Evidencia a seu Grupo. //Olhando Marotamente para Ele, enquanto astutamente espero sua resposta//. -> Não é isso que quer não é mesmo? Incógnito, Me olha com alguma bem camuflada surpresa. Parecendo ter seu Interesse Renovado naquela Conversa. -> E o que te Faz me Ver como um Membro desse Grupo em vez de Simplesmente Alguém Contratado para o Serviço? //Olhando-lhe com interesse//. -> Esta é uma de Minhas Únicas Variantes. Ainda Assim é Provável que Pertença ao Grupo. Já que Parecem Desconfiados e Reservados demais para Confiar o Anonimato da “Seita” ou do Contratante a um Estranho ou mesmo qualquer um de “Fora”. //Olho atentamente para Ele//. -> Se for Verdadeiramente de Fora desta Organização, estaria tão Encrencado quanto Eu. //Ainda o Analisando//. -> Você Provavelmente seria Também “Silenciado” tão Logo o Serviço estivesse Completo. Portanto. //Sorrio como seu Melhor Amigo//. -> Bem Melhor Seria Aceitar o Meu Pagamento, Viajar para Um Lugar de sua Escolha e Passar o Resto da Vida Aproveitando sua Aposentadoria. Incógnito. Como um Inocente. -> O que te fez crer que essas fossem minhas intenções? Nem porto qualquer Arma, ou semelhante. §A Fala Serio§. //Como se Tivesse achado a Pergunta Indevida//. -> Por favor. //Realmente totalmente Desnecessária//. -> Acha mesmo Preciso Uma Arma pra Me Matar? //Olhando atento e claramente certo de minhas convicções para o Outro//. -> Vi como olhou Atentamente para meus Aparelhos. //Sorrindo Sinicamente enquanto falo deixando no ar//. -> Minha Saúde Facilita muito seu Trabalho não é mesmo? //Prossigo antes que Possa Responder, Falando com Malicia//. -> Contudo Desista dessa Linha de Raciocínio. Minha Morte não será tida como Acidental muito Menos Decorrente de Falha dos Aparelhos ou mesmo de Minha Saúde Frágil. //O Encarando com Determinação//. -> Caso algo me Aconteça. Entenderam como Assassinato. Motivado Obviamente pelo que Descobri do Seu “Grupo”. //Reassumindo o ar Malicioso e Astuto//. -> Já Garanti isso como de Fato Ressaltei Antes. Incógnito, Olhando com visível interesse, estranhamente satisfeito com o rumo da conversa. -> Acha mesmo que não conseguiríamos cobrir nossos rastros? //Como se tivesse confirmado minhas certezas//. -> Vejo que como supus anteriormente Faz Parte dos “Tremeres” Não? //Olhando atento e satisfeitamente para Ele//. -> Pois Bem. //Sorrindo-lhe, como se Tivesse Chegado onde Queria dês do Principio. Como se mesmo confirmasse minhas suspeitas//. -> Esta Mesmo Disposto a Arriscar o Anonimato de sua Seita? //Analisando-o Claramente//. -> Acha mesmo Sábio Me Subestimar? Incógnito, me Olhando enquanto Sorri. -> Não seria Você, nos Subestimando? //Sorrio-lhe Gatunamente//. -> Talvez, mais Acha mesmo? //Falo com uma Malicia Palpável//. -> O que Sabem Sobre mim? //Zombeteiro, retomando a Fala Astuta//. -> Claramente Tenho muito Mais sobre o que Trabalhar do que Vocês Podem ter Conseguido Naquele Faliu e Convenientemente Impreciso Histórico Medico. //Sorrio Amargo//. -> Morrer é uma Constante para Mim. //Evidencio os Aparatos Médicos Ligados a Meu Corpo//. -> Mais não Vejo porque Deixar de Retardar esse Processo e Vou fazer Todo Possível para Deixar Bem Claro meu Descontentamento com quem quer que Mude Esses Meus Planos. //Minha Ameaça soara como pretendia. Venenosa e Visível//.

Incógnito, Visivelmente Interessado. -> Não Teme Por Sua Família? //Dirijo-lhe um Olhar Zombeteiro//. -> Não Sejamos Sentimentais. //Sorrio Largamente//. -> Mais se chegar a tanto Não me Poupe dos Detalhes quando Feito. //Falo como se não Temesse por Eles, Tendo Também Cortado meus Laços e os Esquecido quando me Esqueceram. Eles eram Agora Algo Irrelevante, Uma Arma Inútil Contra Mim//. Incógnito, Ri Sutilmente como se Já Estivesse Satisfeito. -> Você tem Características Interessantes, devo Admitir estar acostumado a Lagrimas e não a este seu sorriso Cínico. //Me Encarando//. Incógnito. -> Procede com Astucia quando o Esperado é Tensão e Desespero. //Se Levanta começando a Ir a Porta//. Incógnito. -> Tem Razão Minha Vinda Aqui tinha Como Objetivo Silenciá-lo. //Pequena Pausa//. Incógnito. -> Contudo conseguiu Despertar meu Interesse Rapaz, e enquanto me mantiver Assim Continuara Vivo. //Já Saindo a Porta//. Incógnito, -> Leia a Seção “100247” do Arquivo que Compilou. Achara o Termo “Abraço” Interessante. //Prestes a Fechar a Porta//. Incógnito -> Não Faça Nenhuma Estupidez, Conversaremos Mais Outra Noite. //A Porta já Se Fechava//. -> A Propósito esse Habito constante de Teclar enquanto Fala é Irritante. //Assim que Ele fechou a Porta e Saiu do local com passos Audíveis meu Laptop Inexplicavelmente começou a pegar Fogo. Tive que atira-lo a um canto e chamar os Enfermeiros, para prevenir um Possível Incêndio Totalmente Inexplicável, e como já previra Nenhum Deles Sabia de qualquer Visitante ...//.

//De qualquer Forma Este foi meu Primeiro Contato com o “Sobrenatural”, o Mundo por Trás do Véu e Muito já se Passou depois Disso. Hoje nem mais sou Humano o que Sinceramente é um Alivio. Não Respirar nunca Soou tão Bem. Na Verdade era Extremamente Complicado pra mim quando Vivo//. //Hoje, entretanto Aqueles Inconvenientes são Só Passado. O “Incógnito” Como Descobri Depois de Algumas Noites se Chamava Sammuel Laurent. Ele Passou a Agir como Intermediário Entre Mim e a Capela e Apos Alguns Contatos mais Superficiais, Começamos a Conversar de Verdade//. //Ainda Era Difícil Acreditar Naquilo Tudo. Tinha coisa que Não Descia na Minha Garganta Mais Não Podia Ignorar Uma Saída como Aquela, Eles Poderiam ser meu Passaporte para “Viver” mesmo estando “Morto”//. §Irônico Não§? //Eu que Lutei Tanto para Manter-me Vivo Buscava Então Uma Forma de Morrer//. §Algumas Coisas Não Fazem Mesmo Sentido quando Não se vê o Quadro Geral§.

//Pois Bem, Minha Meta Agora Era Chamar a Atenção. Precisava Fazê-los Entender que Precisavam de Mim, Não o Contrario. Ainda que Não Seja Falsamente Modesto Podem Acreditar isso Era Difícil//. §Droga Eu me Sentia Encarnando o Harry Potter Só que Sem o “Final Feliz” e Muitas, MUITAS Complicações§. //O Sangue Que Vários Deles me Davam Passou a Ajudar Muito meu Corpo. Pela Primeira Vez Pude Deixar o Hospital por um Tempo Relativamente Prolongado. Ainda Voltava Periodicamente, Mais Grande Parte de Minha Assistência Medica Começou a Ser Feita em Uma Clinica Particular, Adivinhem de quem//? //Bom sem Piadas, Conheci a “Sede” do Grupo ao Qual Denominavam Capela e Comecei a Estudar Como um Cão. Tinha que Quebrar meus Preconceitos Já Formados e Mesmo Aceitar o que Não Tinha Qualquer Explicação//. §Na Real Ainda Tenho Muita Dificuldade pra Engolir Algumas Coisas. Tipo Aquela Merda de “Existe Porque Existe”. Que Tipo de Explicação é Essa? Se é Assim Eu quero um Unicórnio pra Ficar Catando Mulher Virgem. A Não Existe Unicórnio? Por que Vampiros Podem Existir e Unicórnios Não§? //Mais Deixando Isso Pra Depois, Eu Ainda Era Mortal. Não Tinha Tempo Pra Ficar me Afundando Nessas Coisas. Eu Precisava Mudar o quanto Antes//. §Era Hora de Verem o Meu Potencial Nem que Pra Isso Precisasse dar uma Mãozinha§. //Comecei a Inspecionar Todo o Sistema Virtual da Capela. Naquele Local Não Tinham Muitos com as Minhas Aptidões, e Isto me Abria Possibilidades//.

//No Processo Acabei Chamando a Atenção de um Cara um Pouco Medonho, Admito que o Infeliz me Dá Calafrios//. §P
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Victor - Victorius - Tremere

Mensagem por Beaumont em Qua Mar 17, 2010 1:16 pm

No Processo Acabei Chamando a Atenção de um Cara um Pouco Medonho, Admito que o Infeliz me Dá Calafrios//. §Porra Ele Parece Saber o que To Pensando e Agora que Sei Melhor dos Poderes que a Gente Tem Acho que Sempre Soube Mesmo. Ainda tem aquela Aura de “Sou Importante” Em Volta Dele Tem Hora que da No Saco§. //De Qualquer Forma Ele Tinha Muito Interesse na Computação, e Nenhuma Afinidade com Essas Maquinas//. §Era o Maior Contraste, o Bicho Era Super Culto mais o Maior Analfabeto Tecnológico§. //Bom o que Importa é que Representava uma Oportunidade, Ele Era Muito Importante e Melhor Demonstrava Ter Algum Interesse em Mim//. §Hora do Show Então§. //Comecei a Me Focar na Fortificação da Rede, Bom Eu Tinha Entrado, Agora Tinha que Fechar as Portas que Usei e Fazer Barreira pra Ninguém Mais Passar//. §Mais Logicamente Ele Esperava Bem Mais de Mim e Não Ia Decepcionar§.

//Fui me Aprofundando e Reestruturando o Sistema Ate Criar um Complexo Invejável. Nem Sei se Conseguiria Quebrar as Defesas Daquele Lugar quando Terminei mais o Mais Importante. Depois de Muito, MUITO Trabalho Mesmo, Achei um Modulo Espião Infiltrado no Sistema. Consegui Isolá-lo e o Direcionei Para Arquivos Sem Muita Relevância Enquanto Avisava Meus Superiores de Minha Descoberta. Comecei Então a Fomentá-lo com as Informações que Meus “Superiores” Cientes Agora Por Minha Causa Escolhiam Compartilhar com Eles//. §Sabem Como é Melhor que Eles Pensem Ainda Estar Por Cima, Assim Conseguimos Manipular as Informações que Eles Recebem§. //Bom Essa Minha Manobra, Me Ajudou Muito e Theodor Miither Ficou Ainda Mais Próximo//. §Tá Bom Ele Não é uma Companhia Muito Agradável, Mais Não Tava me Aproximando Dele pra um Chá das Cinco Mesmo§. //O Programa Espião Parecia Ter Sido Plantado por Outro Cainita e Manipulando as Informações Theodor, conseguiu Destruir o Cainita em Questão//. §Eu Também Parecia Estar Sendo Testado Já que Depois Dessa Atuação, em Pouco Tempo Fui Abraçado§.

//Enfim Deixei aquela “Vida” pra traz. Na Verdade nem sei se posso dizer ter “Vivido” um dia, Mais minha condição atual é invejável, apesar de ainda ser um Neófito. O que chamam de “Jovem” na Sociedade a qual pertenço agora o Sangue fez Milagres ao Meu Corpo, Posso andar, ver lugares e interagir com pessoas que de outra forma nunca Veria. Posso fazer coisas que um “Humano Ferrado” como Eu Era nunca faria. Realmente “Morrer” foi à melhor coisa na minha “Vida”. O que não quer dizer que tudo sejam Rosas Claro//.

//Devo Admitir que Theodor foi Esperto. O Cara Me Lançou ao Conselho “Prendendo Meu Sangue” ao “Sangue do Clã”//. Solto Entre Lábios. -> Tsc. //Essa Maldita Afeição Artificial é um Empecilho Inconveniente. Impedindo muitas vezes que Haja segundo meus Interesses Próprios o que Suspeito ((Na Verdade Tenho Certeza)) Meu Mentor sempre Soubesse//. §O que Quer Dizer que me Conhece Demais, Sabe Bem Mais do que Gostaria que Soubesse§. //Me Prender Sem Duvidas foi Sua Pretensão e Objetivo//. -> Tsc e Eu Cai Nessa. §Lamentável§. ((Irritado)) //Bom No Final das Contas Ele Estava Certo, sou Egoísta Demais para me preocupar com o Clã alem de Mim Mesmo//. §Afinal o Clã Estará Vivo enquanto Um Tremere “Viver” e Assim Sendo Tenho Apenas que Cuidar de Mim Mesmo§. //Mais Esse Maldito Laço é o que de Certo me Mantém Leal, Fiel e Todas Aquelas Outras Palavras Bonitas. É Triste Mais Estou em um Estado “Burro” o Suficiente para Tentar Coisas Estúpidas Visando o Clã e o Mais Inconcebível Estou “Ciente” Disso//. -> Não Leva a Mal Não sou Adepto ao Altruísmo e Essa Historia de Herói é Babaquice. //Ta Ciente Disso e Continuar Sendo o Burro Pego de Otario Pras Parada mais Sem Noção é Foda. E PIOR EU NÃO CONSIGO RECUSAR//. ((Nada Feliz)). //Visando o Clã Independente de Minha Elevação Própria//. §Um Completo Absurdo§. //Sabe não sou um “Bom Camarada” Mais sou Inteligente o suficiente para não Divulgar esse Pensamento “Nobre” de Minha Parte. Vou Tentar Lucrar Juntamente com meu Clã e Bancar o “Bom Garoto” Ate Conseguir me Livrar Dessa Merda em Meu Sangue//.

//Continuando Passei Mesmo por um Longo e Laborioso Período Escolástico com Theodor. A Pouco Fui Liberado de sua Tutela e Tenho que Admitir Perder Algumas muitas Noites em Festas e coisas “Não tão Intelectuais” mais muito Divertidas ((Eu nunca “Vivi” Dêem um Desconto)). Agora Mesmo tendo Deixado Minha Conta Bancaria para Trás ((Que Foi Transferida para a Capela Responsável por Meu Abraço)), Estou Como Dizem “Começando do Zero”, um Termo um Pouco Melhor pra Falido já que Esvaziaram Minha Conta. Em Contra Partida Diria que com uma Saúde Invejável Para um Morto. Mais Vamos deixar o Humor Negro de Lado//.

//Sou um Alvo Fácil, sou Dispensável e Pior sou um “Tremere”. É Incrível a Quantidade de Problemas que Alguém Arranja só por ser Um dos que Chamam “Usurpadores”. Fala Serio o Povinho pra Guardar as Coisas. Só Porque tomaram uma Rasteira na Idade Media, é Isso Mesmo Idade Media//. §Vai ser Mal Perdedor assim na Casa do Caraiu§. // Bom de Qualquer Forma isso só faz com que Eu tenha que ser Ainda Melhor Entendem? Um “Tremere” não Pode Estar na Media Senão Ele Dança, Mais Também Não Pode se Destacar Demais Senão Fica Visado e Adivinhem só, Dança de Novo. Complico ai a Parada Ne? Mais Tenho umas Idéias, é só Ficar Esperto, Recentemente fui Transferido Para uma Outra Capela e Com isso Vim Parar Aqui como Aprendiz. Minha Principal Preocupação Por Enquanto é ser Útil e Bancar o Bom Garoto Enquanto na Verdade vou Acumulando Poder e Influencia//.

Objetivos Imediatos: - Aquisição de Capital para Futuros Investimentos e Projetos.
- Adquirir Influencia no Meio Tecnológico e Financeiro sem Deixar Minha Zona de Conforto ou me Expor Desnecessariamente. - Acumulo de Conhecimento Taumaturgico, Cientifico e Local Assim como Aquisição de Aliados sem Exposição Prolongada ou Riscos em Demasia.

BANCO DE XP
-----

BANCO DE DADOS
-----

ULTIMA ATUALIZAÇÃO:
avatar
Beaumont
Administrador
Administrador

Data de inscrição : 06/03/2010
Idade : 29
Localização : Aracaju/SE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum