Elena Pierce - Toreadora - Camarilla

Ir em baixo

Elena Pierce - Toreadora - Camarilla

Mensagem por Dave em Dom Mar 27, 2011 7:58 pm

Nome: Katherine Salvatore
Personagem: Elena Pierce
Clã: Toreador
Natureza: Sedurota
Comportamento: Perfeccionista
Geração: 11°
Refugio: Apartamento em nova York
Conceito: Estrela Pornô


Experiência: 0 (10 Gastos / 10 Ganhos)
19 de Xp que tinha com minha ficha Antiga, com a mudança ficaria com 9,5.. Arredondando, 10.


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos (3)
- Força: 2
- Destreza: 2
- Vigor: 2

Sociais(7)
- Carisma: 4 (Graciosa)
- Manipulação: 2
- Aparência: 4 (Corpo Atraente)

Mentais (5)
- Percepção: 3
- Inteligência: 3
- Raciocínio: 2


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos (9)
- Prontidão:
- Esportes:
- Briga:
- Esquiva: 3
- Empatia: 3
- Expressão: 1
- Intimidação:
- Liderança:
- Manha:
- Lábia: 2

Perícias (13)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução: 2
- Etiqueta: 2
- Armas de Fogo: 4 (+2pb) (especialização: Pistolas)
- Armas Brancas: 2
- Performance: 3
- Segurança:
- Furtividade:
- Sobrevivência: 1

Conhecimentos (5)
- Acadêmicos:
- Computador:
- Finanças:
- Investigação: 1
- Direito:
- Lingüística: 1 (língua original: Inglês ; línguas adicionais: Francês )
- Medicina:
- Ocultismo: 1
- Política: 2
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
Contatos: 1 (Produtor que me indica aos filme e sabe de "Algumas coisas" sobre a cidade)
Recursos: 4 (3 pb)
Status: 1
Geração: 1
Fama: 1


DISCIPLINAS (3)

Auspícios: 1 (10 Xp)
Rapidez: 1
Presença: 3 (7pb)



Virtudes (7)
- Consciência ou Convicção:2 +1

- Autocontrole ou Instinto: 2+1

- Coragem: 3+1


HUMANIDADE: 6

FORÇA DE VONTADE: 8 (+4pb)


QUALIDADES e DEFEITOS
SENTIDO AGUÇADO (Audição) (QUALIDADE: l PONTO)
AMBIDESTRO (QUALIDADE: l PONTO)
VOZ ENCANTADORA (QUALIDADE: 2 PONTOS)
RUBOR DE SAÚDE (QUALIDADE: 2 PONTOS)

FOBIA A COBRA (DEFEITO: 2 PONTOS)
REPULSA A CRUZES (DEFEITO: 3 PONTOS)
FOBIA A ARANHA (DEFEITO: 2 PONTOS)

OBS:
Aparência:
Cabelos: loiro dourado, longo e liso
Altura: 1,60
Peso: 69 kg
Cor dos olhos: verde água
Calça preta de couro
Bota ate o joelho de salto agulha
Sobretudo preto com detalhes em dourado

Arma
Magnun Desert Eagle
Dano: 9 // Munição: .357 magnun // #pente:9+1 // Alcance: 65m // Peso:1,7kg // CdT:2

PRELÚDIO

Minha historia não é uma das mais bonitas. Eu nasci em Londres, na Inglaterra, em 15 de março de 1873. Não conheci meus pais. Eu fui abandonada no orfanato com dois dias de vida. La não era um bom lugar pra se viver. A dona Clotilde era má, me colocava e outras meninas pra nos prostituirmos. Vivi assim ate meus 23 anos. Você deve ta se perguntando pq? Pq eu não Fuji ou coisa parecida. Pois se eu fugir, iria pra onde? La eu tinha comida, um lar (por pior que fosse).
Uma noite, um rapaz jovem foi ate o bordel aonde eu trabalhava. E insistiu que fosse atendido por mim! Afinal, não querendo me gabar, mas eu era a mais bela das moças ali. Então Clotilde mandou chamar-me.
_Você conhece esse rapaz, menina?
_ Não senhora. Nunca o vi por aqui antes.
Ela me olhou desconfiada e então disse.
_ Vá atenda-o, ele parece ter muito dinheiro. Faz querer voltar novamente.
Como de costume eu fui ate ele, e o levei a um dos quartos. La iniciei o que fazia todas as noites. A pele dele era diferente, fria, dura. Parecia estar morto. Ele era tão lindo, eu me apaixonei por ele logo na primeira noite juntos. Ele me prometeu me tirar daquele lugar, me levar pra morar com ele. Eu confeço que no começo não acreditei muito na historia.
_ Voltarei pra te buscar amanha. Esteja pronta pra hora que eu chegar.
_ Menino não acredito em contos de fadas, sabia? Essas coisas não existem.
_ Eu juro que venho. Você não merece esse lugar horrível. Quero vc ao meu lado pra sempre.
Com aquelas doces palavras. Eu não pude resistir ao seu encanto. Na noite seguinte eu fiquei La o esperando, esperando e esperando. Eu já me retirava pra dormir, quando escutei umas pedras baterem. Assustada fui olhar o que acontecia La fora. Ele estava La, queria que eu pula-se da janela. Meu coração queria pular, mas algo me dizia que não era uma boa idéia. Levada pela emoção eu fui. Não era muita a distancia do chão a minha janela. Apenas com minha camisola de renda eu pulei.
_ Pensei que não viria.
_ Eu disse que vinha não disse. Pois estou aqui. Esta disposta a vir comigo?
_ Claro. É o que mais quero.
Logo na esquina tinha um carro a nossa espera. Ele tirou o casaco pra mim. Parecia um sonho ali com ele. O carro parou na frente de uma grande mansão na colina. Eu fiquei deslumbrada com tanto luxo. A casa dele era a mais linda que eu já vi. La ele me levou a um quarto enorme.
_ No armário a vestidos. Escolha um bem bonito e venha pro jantar. Temos muito a conversar.
Ele beijou minha testa e se retirou do quarto. Ao abrir o armário, eu vi muitos vestidos. Um mais lindo que o outro. Foi uma decisão muito difícil, mas escolhi um vestido preto com detalhes em vermelho. Era o mais lindo de todos os vestidos que já havia visto em toda minha vida. Eu me perdi naquela casa. Tinha tantos quartos, milhares de portas. Ate eu achar a sala de jantar demorou um bom tempo. Mais assim que chegue fiquei mais deslumbrada com o tamanho da mesa. Era tão grande, mas tão grande que demoraria meia hora pra chegar à outra ponta. Eu sentei próximo a ele. Tinha um sino na mesa e alguns pratos e talheres. Assim que me acomodei na cadeira ele pegou o sino e tocou chamando mordomo.
_ Senhor.
_ Alfred, sirva o jantar a moça.
_ Sim senhor.
No que ele veio trazendo, percebi que ele só serviu meu prato. Eu achei muito estranho mais preferi não comentar. Ele ficou me observado eu comer bebendo um liquido que na época eu podia lhe dizer que era vinho. Depois do jantar ele me levou ate uma varanda. A lua estava tão linda. Ele me contou que não era exatamente um humano. E que tinha me escolhido e me dar continuidade ao seu clã. Eu no começo achei que fosse brincadeira. Mas não demorou muito pra perceber que era realmente verdade toda aquela conversa de vampiros. Eu fiquei assustada com a historia de ele querer me transformar em uma vampira. Minha primeira vontade era fugir daquele lugar. Eu pensei muito antes de dizer que aceitaria a proposta dele. Algumas noites depois, eu decidi aceitar. Afinal, talvez não fosse tão ruim. Quem eu queria enganar? Eu achava péssimo. Estava morrendo de medo do que poderia acontecer comigo.
Na noite seguinte ele foi ao meu quarto. Aonde combinamos que seria meu abraço. Eu vestia uma camisola longa de seda, branca. E ele um roupão de veludo preto. Ele me disse pra ficar calma, que não ia doer. Eu só lembro que fechei meus olhos e me entreguei ao momento. Na noite seguinte eu acordei com uma fome. Se eu pode-se comeria um leão. Ele estava na poltrona ao lado da minha cama com uma taça na mão com o mesmo liquido vermelho. Porem agora eu sabia que era sangue. Sangue humano! A única coisa que eu beberia apartir daquele momento. Ele serviu uma taça a mim. E eu tomei em uma golada só. Parecia que eu não comia a séculos. Tudo aquilo erra muito novo pra mim.
Vivi naquela casa por muito tempo. Ate poder andar pelo mundo sozinha. Então decidi me mudar pra nova York. La comprei uma grande mansão. Quase tão grande quanto à de meu senhor. Cheguei a voltar algumas vezes a Londres. Mas quando cheguei ao meu antigo endereço descobri que o antigo dono avia se mudado e colocado a mansão a venda. Nunca mais soube qualquer noticia dele. Queria um dia poder vê-lo denovo. Ele me mostrou um novo mundo e me deu uma nova vida. Sou muito agradecida a ele! Se ele pode-se me ver agora! tenho certeza que teria muito orgulho de mim. Mas agora eu estava sozinha, a unica maneira que consegui encontrar foi entrar na industria de filmes Adultos, como todas as garotas que conheci, comecei por baixo até conseguir ficar de frente as cameras. Hoje eu consigo sobreviver na cidade e muito mais, aproveito cada noite como se fosse a ultima.
avatar
Dave

Data de inscrição : 09/05/2010
Idade : 22
Localização : So far away

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum