Terence Smith - Caitiff - Independente

Ir em baixo

Terence Smith - Caitiff - Independente

Mensagem por No One em Qua Mar 16, 2011 8:43 pm

Terence Smith - Caitiff - Independente

Nome: Gabriel
Personagem: Terence Smith
Clã: Caitiff
Natureza: Solitário
Comportamento: Valentão
Geração: 8a
Refugio: Não possui
Conceito: Sobrevivente recém abraçado


Experiência:


ATRIBUTOS (7 - 5 - 3)

Físicos (primário)
- Força: 2
- Destreza: 3
- Vigor: 5 (Resistente/Resoluto)

Sociais (terciário)
- Carisma: 2
- Manipulação: 2
- Aparência: 2

Mentais (secundário)
- Percepção: 3
- Inteligência: 2
- Raciocínio: 3


HABILIDADES (13 - 9 - 5)

Talentos (primário)
- Prontidão: 3
- Esportes:
- Briga: 3
- Esquiva: 3
- Empatia:
- Expressão:
- Intimidação: 2
- Liderança:
- Manha: 1
- Lábia: 1

Perícias (secundário)
- Empatia c/ Animais:
- Ofícios:
- Condução:
- Etiqueta:
- Armas de Fogo:
- Armas Brancas: 3
- Performance:
- Segurança:
- Furtividade: 3
- Sobrevivência: 3

Conhecimentos (terciário) (já considerado os dois pontos a menos)
- Acadêmicos:
- Computador:
- Finanças:
- Investigação: 1
- Direito:
- Lingüística: 1 (inglês nativo/espanhol)
- Medicina:
- Ocultismo: 1
- Política:
- Ciências:


VANTAGENS

Antecedentes (5)
Geração 5


DISCIPLINAS(3)
Potência 1
Rapidez 1
Fortitude 1

Virtudes (7)
- Consciência: 2

- Autocontrole: 3

- Coragem: 5


HUMANIDADE: 5

FORÇA DE VONTADE: 10 ( 5 pontos extras gastos)


QUALIDADES e DEFEITOS
Defeitos:
Vitae Infértil (5 pts)
Exclusão de presas - Inocentes (1 pt)
Intolerância - Pessoas de espírito fraco (1 pt)

Qualidades:
Noção do perigo (2pts)
Existência abençoada (5 pts)
Madrugador (1pt)
Autoconfiança (5pts)
Vontade de ferro (3 pts)
Ambidestro (1pt)
OBS:


PRELÚDIO
Ele é um orfão que apenas na 1a infância passou em um orfanato, que por sinal além de encontrar-se em péssimo estado, tratava as crianças como se fossem bichos.. Assim que viu-se capaz, fugiu desse orfanato e começou a viver nas ruas junto a alguns outros garotos mais velhos, que após pouco tempo, vendo que eles estavam seguindo um caminho suicida de drogas e roubos armados, já tendo competência para sobreviver sozinho, partiu para uma outra cidade onde ninguém nunca o tinha visto e começou a viver na rua praticando pequenos furtos.... Mais tarde, já adolecente, vendo que não haveria futuro para o que fazia, partiu para Los Angeles para tentar algo na vida, e acabou conseguindo um emprego de segurança de boate.. Após alguns meses nessa vida, Em uma noite de verão, ao sair de seu trabalho como segurança em uma boate no fim da madrugada, encontrava-se acompanhado (bem acompanhado) por uma moça morena e muito bonita, da qual não se recorda o nome... Ao dirigir-se a casa dela, andando a pé a noite por ruas pouco movimentadas e pouco iluminadas, ela deixou cair sua bolsa, e no que ele ao abaixar-se para apanhá-la foi golpeado com força na nuca e caiu desacordado... Quando acordou, sem saber ao certo quanto tempo se passou (o que soube mais tarde ter-se passado dois dias) acordou dentro da mala de um carro em um ferro-velho da periferia apenas com as roupas do corpo e muita fome e sede, algo quase incontrolável.... Após se orientar e conseguir voltar para casa (sim, tinha no bolso algum dinheiro ainda que o permitiu chegar em casa!) tentou comer algo da geladeira, o que o fez vomitar imediatamente.... Olhou um pedaço de carne que se encontrava na geladeira já descongelado, e por incrível que pareça o sangue da carne chamou demais a sua atenção.. chamou a atenção de uma forma incontrolável!
Bem, após esse momento pouco são que se viu bebendo sangue de carne descongelada e ainda faminto, mudou a roupa e saíu para seu trabalho na boate, pois dependia desse para sobreviver....Já chegando ao trabalho foi logo chamado a atenção pelo dono da boate por estar sumido a dois dias, e mesmo com a sua explicação do que ocorreu, ele não foi mais tolerante com o fato ocorrido... Trabalhou por algumas horas com uma irritação sempre crescente, até um ponto que foi o alge, pois tinha se iniciado uma briga dentro do lugar entre dois caras por causa de uma garota! Apartou a briga e condiziu um deles (o que parecia mais errado na história) para fora da boate pela parte de trás da casa, quando começou a sentir um odor que chamou sua a atenção de forma incontrolável.. Odor de sangue! Já fora de si, golpeou o cara deixando-o tonto e começou a beber o sangue dele, sentiu sua fome diminuindo, mas pouco a pouco viu que o cara estava ficando fraco e com um esforço sobrehumano parou de sugar o sangue e deixou-o caido logo ao lado da saída.... Voltou correndo para a boate, ainda sem saber bem o que ocorria e avisou ao dono do lugar para chamar uma ambulância pois o cara se encontrava muito mal... logo após isso, pediu para sair sem maiores explicações pois precisava urgentemente ir a um pronto-socorro pois estava sentindo que ia apagar (apenas uma desculpa para sair dali e pensar um pouco no que estava acontecendo!).
Mais tarde um pouco, ao vagar pelas ruas sem destino tentando compreender o que ocorreu, descobriu que não havia qualquer explicação para aquilo, mas ao que tudo indicava por atos e fatos é que algo nele tinha mudado, algo que o deixava muito parecido com uma criatura de lendas conhecida por vampiro! O que realmente o levou a acreditar nisso foi o fato de ao nascer do sol, em frente a janela do seu apartamento, sentiu dores incríveis e medo ao ter a pele atingida pelos primeiros raios de sol da manhã, e um sono anti-natural coincidindo com aquele momento.. Era hora dele se recolher ao seu quarto escuro e dormir.. Enquanto não dormia completante, começou a refletir sobre o que seria do seu futuro....
Já desperto, a noite, viu-se completamente perdido, e com a conciência de que deveria deixar a sua antiga vida para trás e iniciar algo completamente novo, desceu as escadas e foi de encontro ao telefone público que lá havia, avisou ao patrão que estava indo embora e não voltaria mais ao trabalho, avisou ao proprietário do apartamento que as chaves estavam debaixo do carpete da entrada, e como tinha o costume de pagar o mês adiantado, nada devia a ele...
Partiu a rodoviária apenas com uma mochila de roupas, e pegou o primeiro ônibus para Nova York, e lá chegando usou o resto do dinheiro que tinha no bolso para alugar um quarto de hotel da pior qualidade possível pois afinal, precisaria esse dia de um lugar para abrigar-se do sol até conhecer o suficiente do local para poder virar-se sozinho....
avatar
No One

Data de inscrição : 18/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum